Jornal Voz do Itapocu - 9ª Edição - 29/06/2013

Download Jornal Voz do Itapocu - 9ª Edição - 29/06/2013

Post on 19-Mar-2016

222 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

9 Edio do Jornal Voz do Itapocu, com circulao nas cidades de Barra Velha, Araquari, Balnerio Piarras, So Joo do Itaperi e Balnerio Barra do Sul, em Santa Catarina. Distribuio gratuita nos pontos parceiros de distribuio. Acompanhe pelo Facebook: http://www.facebook.com/vozdoitapocu

TRANSCRIPT

<ul><li><p>GERALESTTUA DA PRAIA DO GRANT SER REINAU-GURADA HOJE</p><p>JORNAL</p><p>SBADO, 29 DE JUNHO DE 2013. ANO 1 - EDIO 009 - DISTRIBUIO GRATUITA</p><p>PROTESTOS: MORADORES DE BARRA VEHA E BALNERIO PIARRAS TAMBM VO S RUAS</p><p>E MAIS: SAIBA QUAIS SO AS PRINCIPAIS REIVINDICAES DOS MANIFESTANTES NOS DOIS MUNICPIOS</p><p>Cerca de 600 pessoas participaram de manifestaes para reivindicar pautas municipais e nacionais </p><p>PG 4</p><p>POLTICAPREFEITURA DE BARRA VELHA </p><p>AINDA NO RENOVOU O CONTRATO COM A CASANPG 10</p><p>PGs 8 e 9</p><p>Circulao: Araquari, Balnerio Barra do Sul, Barra Velha, So Joo do Itaperi e Balnerio Piarras</p><p>GERALCOMEA CONSTRUO DE POSTO DE SADE EM ARAQUARI</p><p>PG 6</p><p>PG 5</p><p>ENTREVISTAPRESIDENTE DA FUNDEMA, DR. IV IBER FALA DAS PRINCIPAIS AES FRENTE DO RGO MEIO AMBIENTE</p><p>CONHEA A ESTAO AGROECOLGICA DE SO JOO DO ITAPERI</p><p>PG 12</p><p>ESPORTECARATECAS DA REGIO CONQUISTAM MEDALHAS EM ETAPA CATARINENSE PG 16</p></li><li><p>2 EDITORIAL Sbado, 29 de junho de 2013.</p><p>A democratizao dos meios de comunicaoMovimentos que defen-dem a democratizao dos meios de comunicao realizaram uma plenria no vo livre do Masp, na Avenida Paulista, em So Paulo, para traar uma es-tratgia de atuao. A ideia aproveitar o ambiente de efervescncia poltica para pautar o assunto. Concreta-mente cerca de 100 partici-pantes decidiram realizar uma manifestao diante da sede da Rede Globo na cidade, na prxima quarta-feira (03-07).A insatisfao popular em relao mdia foi mar-cante nas recentes mani-festaes populares em todo pas. Jornalistas de vrios veculos de comu-nicao, em especial da Rede Globo, foram hostili-</p><p>zados durante os protestos. No caso mais grave, um carro da rede Record, adap-tado para ser usado como estdio, foi incendiado. Os movimentos sociais, no en-tanto, ainda buscam uma agenda de pautas concre-tas para atender a diversas demandas, que incluem a democratizao das con-cesses pblicas de rdio e TV, liberdade de expresso e acesso irrestrito inter-net.Enquanto isso Barra Velha assiste o poder municipal se omitir perante o advento da Sociedade do Conheci-mento. Quais so as polti-cas pblicas de promoo da cidadania pela comuni-cao, desenvolvidas pelo poder pblico. Pelo con-trrio, h recusas por parte </p><p>de alguns setores em falar com a imprensa, se no quando a falta profissionalismo ou desco-nhecimento por parte da assessoria de imprensa.Informao e comunicao so aes distintas. A co-municao um processo global, que dever conter no mnimo e em termos li-neares os seguintes elementos: um emissor, um canal, uma mensagem (que dever conter asso-ciao de um significante e um significado comum aos interlocutores) um re-ceptor. A comunicao abrange no apenas a in-formao, mas tambm a interpretao, a explicao, a compreenso, a opinio, a divulgao, a promoo e a publicidade.</p><p>PREVISO DO TEMPOSBADO</p><p>Sol com chuva no incio do dia</p><p>(29/06)</p><p>MX: 24 MN: 18</p><p>DOMINGO (30/06)</p><p>MX: 19 MN: 16</p><p>SEGUNDA-FEIRA</p><p>Sol com algumas nuvens</p><p>(01/07)</p><p>MX: 17 MN: 13</p><p>Informaes do Centro de Informaes de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (Ciram) da Epagri</p><p>EXPEDIENTE</p><p>Tiragem: 5 mil exemplares / distribuio gratuita / semanrio Circulao: Araquari, Balnerio Barra do Sul, Balnerio Piar-</p><p>ras, Barra Velha e So Joo do Itaperi</p><p>Reportagem Carolina Nunes</p><p>Alan Willian</p><p>DiagramaoGermana Souza</p><p>Edio Anderson Davi</p><p>Departamento Comercial Claudia S. Prevedello</p><p>ColaboradoresAngelita Borba de Souza</p><p>Lgia Delazzeri R. BalbinottDaniela Censi</p><p>Lino Pedro de Arajo FilhoMarcos Zaleski de MatosGabriela Stahelin PereiraVolnei Antnio de Souza</p><p>Jornalista Responsvel Flvio Roberto DRT: 02494 JP </p><p>UMA PUBLICAO REDAOAv Santa Catarina, 1192 - SobrelojaCentro - Barra Velha - SCCEP: 88390-000</p><p>Colunas, artigos, cartas, e-mails enviados e assinados so de inteira responsabilidade de seus autores. O contedo no </p><p>expressa, necessariamente, a opinio do jornal.</p><p>CONTATOS</p><p>(47) 3456 1194(47) 9959 1143 (Comercial)</p><p>Reportagem - jornalismo@vozdoitapocu.com.brComercial - comercial@vozdoitapocu.com.brColunistas - colunas@vozdoitapocu.com.brColuna Social - social@vozdoitapocu.com.br</p><p>VEJA ONDE ENCONTRAR O JORNAL DE FORMA GRATUITA TODOS OS SBADOS:www.vozdoitapocu.com.br</p><p>FACEBOOK</p><p>NOTCIAS DIRIAS DA NOSSA REGIO.</p><p>No leu as edies anteriores do Voz do Itapocu?</p><p>Acesse:www.issuu.com/vozdoitapocu e leia na ntegra a edio virtual do jornal, de forma interativa e prtica.</p><p>Sol com aumento de nuvens</p></li><li><p>Uma proposta que iniciou na Cmara de Vereadores, atravs de indicaes dos parlamen-tares Marciel Berlin e Leia da Banca, deve sair em breve do papel em Barra Velha. A falta de identi cao correta de nmeros das casas no munic-pio, di cultando aos Correios a entrega de mercadorias, car-tas e contas ao devido reme-tente, um problema antigo no municpio. Para solucion-lo, uma renumerao deve ser feita pela prefeitura, iniciando pelo bairro Jardim Icara.Um dos problemas que mais atrapalham o trabalho dos carteiros na cidade a falta de sequncia na numerao das casas, fazendo com que os mesmos no encontrem o des-tino correto de correspondn-cias. Consequentemente, a populao acaba sendo a mais prejudicada. De acordo com a vereadora Lia da Banca, com o crescimento da cidade e a falta de planejamento urbano, as ruas esto em completa de-sorganizao, isso acontece tanto em relao aos nomes </p><p>das ruas como tambm com relao numerao das ca-sas. Neste ms duas reunies com representantes dos poderes Executivo e Legislativo e dos Correios foram realizadas para debater este assunto. Na ocasio, foi sugerido pelo setor de cadastro do municpio que novos nmeros sejam coloca-dos gradativamente, como j acontece em algumas cidades, at que todos os locais com ordem incorreta sejam regu-larizados.</p><p>Estudo j iniciouDe acordo com o Diretor de Cadastro, Marci Jose Schlicht-ing, mediante visita realizada nas ruas do bairro Jardim Icara, foi constatado que havia algumas divergncias de ordem sequencial dos nmeros, inexistncia de nu-merao nas casas entre ou-tros problemas. Marci exps na reunio que em alguns casos, o nmero exposto nas casas no o mesmo que est cadastrado na prefeitura. O </p><p>prximo passo uma reunio com a Associao de Mora-dores do bairro, para debater como ser feito o processo de renumerao. </p><p>Carteiros encontram di- culdades em fazer a dis-tribuio de correspondn-cias no municpio Nesta estao fria, nosso </p><p>corpo ca mais enrijecido e acabamos tencionando os msculos, fazendo com que alteremos nossa postura, favorecendo as dores por nosso corpo. Por este motivo o yoga uma prtica fundamental, pois alm de auxiliar neste perodo de recolhimento e mudana, ajuda a garantir sade e conforto ao corpo. O yoga melhora o sistema imunolgico e fortalece os pulmes, prevenindo doen-as comuns nesta poca como gripes e problemas respiratrios.</p><p>O inverno o incio de um novo ciclo. Os dias cam mais curtos, mais escu-ros, nos mostrando que chegado o tempo de nos recolhermos. Assim como as plantas, que fazem com que suas folhas caiam para no desperdiar energia, assim tambm devemos agir, nos recolhendo, bus-cando dentro de ns o calor e o silncio da sabedoria.</p><p>O inverno o momento de deixar para trs todos </p><p>os aspectos que no nos servem mais, de buscar em nosso interior uma forma de transmutar velhos senti-mentos que no fazem bem para nosso corpo e nosso esprito, in uenciando na nossa evoluo espiritual. Por isso, no tenha medo de entrar com contato com voc mesmo, pois neste perodo de recolhimento que aproveitamos para nos observar, mudando o que j no faz mais sentido em nossas vidas.</p><p>Aproveite o silncio deste inverno como uma beno para estar em contato com voc. Este recolhimento pode estar acompanhado de uma boa xcara de ch, uma sopinha ou quem sabe at um bom lme, auxili-ando na re exo interna, na busca do despertar da luz que habita o seu corao. Aproveite esta estao para transmutar energias negati-vas em sementes de amor para a prxima estao.</p><p>No deixa a preguia tomar conta do seu corpo, pra-tique Yoga.</p><p>YogaInstrutora de Yoga Lgia Delazzeri Rodrigues Balbinotti e-mail: ligiadelazzeri@yahoo.com.br</p><p>3GERALSbado, 29 de junho de 2013.Foto: internet</p><p>Aulas de Yoga com a instrutora Lgia em Barra Velha: segundas e quartas s 16h e 19h na Av. Santa Catarina, 1192, sobreloja, Centro. Aula inaugural gratuita, venha participar!</p><p>Nova numerao de casas em Barra Velha deve sair do papel em breve</p><p>Vereadores Marciel Berlin e Leia da Banca levantaram a questo na Cmara de Vereadores</p></li><li><p>Moradores reclamam de demora no atendimento do Programa Sade da Famlia em Barra Velha</p><p>4 GERAL Sbado, 29 de junho de 2013.</p><p>A demora para realizar con-sultas nos postos do Progra-ma Sade da Famlia (PSF) vem causando revolta por parte dos moradores de Barra Velha. Segundo reclamaes recebidas pelo Voz do Itapocu, a fila de espera nas unidades do Centro e do So Cristvo chegam a 60 dias.De acordo com o prefeito municipal, Claudemir Ma-tias, a populao precisa com-preender que os PSFs no so postos de emergncias. Temos que deixar claro que essas so unidades de preven-o. Se a pessoa est doente ela deve ir direto ao Pronto Atendimento, l ser feito o diagnstico, e se preciso, ser encaminhado para a reali-zao de exames. Para Matias, a soluo ser aumentar o salrios dos m-dicos, facilitando o aumento de profissionais na cidade. Os profissionais preferem trabalhar em clnicas particu-lares. Para solucionar isso, enviamos um projeto para a </p><p>Cmara de Vereadores para aumentar o salrio dos m-dicos. Assim conseguimos atrair mais interessados em trabalhar no municpio.O secretrio de Sade de Bar-ra Velha, Renato Jac Henz, secretrio de Sade, completa a explicao do prefeito. Segundo ele, a cidade vem de um momento difcil na rea, no qual faltavam mdicos para atender as famlias do programa. Os poucos que tinham, trabalhavam apenas meio perodo, mas o munic-</p><p>pio j est contratando novos profissionais e dentro de dez dias estaremos solucionando esse problema e diminuindo a fila de espera.Problema nacionalAtualmente o pas enfrenta um problema na rea de con-tratao de profissionais para atuar no SUS. Uma das medi-das estudadas pelo Governo Federal para solucionar est situao a contratao de seis mil mdicos cubanos para atuar no Brasil.</p><p>J est em construo o posto de sade do bairro Corveta, em Araquari. A nova unidade vem para suprir a demanda da comunidade de atendi-mento mdico em sua regio. Se-gundo o vice-prefeito Cle-nilton Carlos Pereira, a admi-nistrao municipal j estava trabalhando nesse projeto, junto s secretarias de Sade e Planejamento, h quase 10 anos.O posto ter 166 metros qua-drados e um investimento de R$247 mil, no qual veio por </p><p>meio de emenda parlamentar que , de acordo com a constituio, o instrumento que o congresso nacional pos-sui para participar da elabo-rao do oramento anual. Para o prefeito Joo Pedro Woitexem A construo des-sa unidade de sade mais uma conquista da cidade e com certeza, uma forma de melhor atender a populao. Segundo Joo Pedro, outra unidade deve ser construda, ainda esse ano, em Araquari e ficar na regio central.</p><p>Aps ser destruda pelo mar em uma forte ressaca, a es-ttua do pescador da praia do Grant, em Barra Velha, j est posicionada em seu lo-cal de origem. Ela passou por uma restaurao e a ce-rimnia oficial de reinaugu-rao acontece hoje, s 10h. Foi necessria a ajuda de um guincho para levar a esttua at o mesmo local onde outras duas representaes j haviam ficado. A escultora e restauradora Lu-cia Liamir Hernandes Klain dedicou-se exclusivamente a reconstruo desta, que pesa aproximadamente 120kg. A artista se preocupou em deixar todas as partes com dimenses reais e realar os detalhes da roupa, da rede e do peixe que o pescador est segurando. De acordo com Lucia, a parte que mais exigiu seu tempo foi o rosto. So muitos e pequenos detalhes, nesta parte eu demorei cerca de 10 dias. A escultora, que uma das restauradoras sacras mais procuradas da regio, j havia recuperado as esttuas da Sereia Janana e da Yeman-j, no Costo dos Nufragos. </p><p>O novo trabalho foi uma so-licitao da Fundao de Tu-rismo, Esporte e Cultura, que custeou a obra. </p><p>ESTADO DE SANTA CATARINA / PODER JUDICIRIOComarca de Barra Velha / 2 VaraRua Jos do Patrocnio de Oliveira, 1003, Centro - CEP 88.390-000, Barra Velha - SC - E-mail: barravelha.vara2@tjsc.jus.brJuiz de Direito: Iolmar Alves BaltazarChefe de Cartrio: Maria Paula Testoni </p><p>EDITAL DE CITAO - USUCAPIO - RUS INSCRITOS EM LUGAR INCERTO E EVENTUAIS INTERESSADOS - COM PRAZO DE 20 DIASUsucapio n 006.12.003099-9Autor: Gerson Pedro de Borba</p><p>Citando(a)(s): Rus incertos, desconhecido e eventuais interessadosDescrio do(s) Bem(ns): Um imvel urbano localizado na rua Joo Anselmo Bre-neissen, n 1.068, lote 23, cadastrado na Prefeitura Municipal de Barra Velha sob o n 417190, edificao com uma casa de alvenaria, distante 477,00 metros da rua Pedro Francisco de Borba Coelho, contendo a seguinte descrio, frente ao sul para a rua Joo Anselmo Brenessein com 12,00 metros. Fundos ao Norte com 12,00 me-tros, confrontando com Rafael Vieira, lado direito de quem da rua olha o imvel; ao Leste, com 23,70 metros, confrontando com Evelazio Jos Cunha Junior, lado esquerdo de quem da rua olha o imvel, ao Oeste, com 23,70 metros, confrontando com Edson Ricardo Regis, contendo a rea de 285,60 metros quadrados. Prazo Fixado para a Resposta: 15 dias. Por intermdio do presente, a(s) pessoa(s) acima identificada(s), atualmente em local incerto ou no sabido, bem como seu(s) cnjuge(s), se casada(o)(s) for(em), confrontante(s) e aos eventuais interessados que, fica(m) ciente(s) de que, neste Juzo de Direito, tramitam os autos do processo epigrafado, bem como CITADA(S) para responder(em) ao, querendo, no lapso de tempo supra mencionado, contado do transcurso do prazo deste edital. ADVERTNCIA: No sendo contestada a ao no prazo marcado, presumir-se -o aceitos como verdadeiros os fatos articulados pelos autor na petio inicial (art. 285, c/c art. 319 do CPC). E, para que chegue ao conhecimento de todos, partes e terceiros, foi expedido o presente edital, o qual ser afixado no local de costume e publicado 1 vez(es), com intervalo de 0 dias na forma da lei. Barra Velha (SC), 16 de maio de 2013. </p><p>Nova esttua da praia do Grant ser reinaugurada neste sbado</p><p>Comea construo de posto de sade no bairro Corveta, em Araquari</p><p>Foto: Divulgao Prefeitura</p><p>Foto: Claudia S. Prevedello</p></li><li><p>GERALSbado, 29 de junho de 2013. 5</p><p>Entrevista: Ivo Iber Gonalves, presidente da Fundema de Barra Velha</p><p>Presidente da Fundao Municipal do Meio Ambiente (Fundema) de Barra Velha, o ad-vogado Ivo Iber Gonalves, 54 anos, foi eleito vereador no ano passado com 610 votos pelo PSB, mesmo partido do prefeito Claudemir Matias. No inicio de maio, foi convidado pelo chefe do Executivo para as-sumir a Fundema, recebendo como princi-</p><p>pal responsabilidade a recuperao da lagoa de Barra Velha. Perto de completar dois me-ses no cargo, o Dr. Ivo, como conhecido, recebeu o Voz do Itapocu em seu gabinete para falar das principais aes frente da Fundao. Confira na ntegra a entrevista feita pelo reprter Alan William: </p><p>Quais so os principais pro-blemas ambientais que Barra Velha enfrenta atualmente?Problemas ambientais na re-alidade so aqueles que todo municpio pequeno tem. A ci-dade cresceu at aqui de f...</p></li></ul>