Jornal Voz do Itapocu - 24ª Edição - 19/10/2013

Download Jornal Voz do Itapocu - 24ª Edição - 19/10/2013

Post on 26-Mar-2016

221 views

Category:

Documents

2 download

DESCRIPTION

24 Edio do Jornal Voz do Itapocu, com circulao nas cidades de Barra Velha, Araquari, Balnerio Piarras, So Joo do Itaperi e Balnerio Barra do Sul, em Santa Catarina. Distribuio gratuita nos pontos parceiros de distribuio. Acompanhe pelo Facebook: http://www.facebook.com/vozdoitapocu

TRANSCRIPT

R$547 MILREPROVADO EM PRIMEIRA VOTAO ALTERAO DE RECURSO DE ESCOLA PARA POSTO DE SADE EM BALNERIO PIARRASOPERAO VERANEIOGUARDAS-VIDAS J ESTO NAS PRAIAS DA REGIO AOS FINAIS DE SEMANAARAQUARIJUSTIA DETERMINA QUE NIBUS SEJA UTILIZADO APENAS PARA FIM ESCOLARJORNALSBADO, 12 DE OUTUBRO DE 2013. ANO 1 - EDIO 024 - DISTRIBUIO GRATUITABOCA DA LAGOA: APS 100 DIAS DE OPERAO SEM RESULTADO, FUNDEMA SOLICITA TERCEIRA DRAGALICENA: FUNDEMA PEDIU A FATMA AUTORIZAO PARA UTILIZAR DRAGA COM MAIOR CAPACIDADE DE EXTRAOCirculao: Araquari, Balnerio Barra do Sul, Barra Velha, So Joo do Itaperi e Balnerio PiarrasPG 8Dragas que fazem o servio no conseguiram chegar at o banco de areia que ameaa fechar a lagoa de Barra Velha4 MESESBANCO DO BRASIL DE SO JOO DO ITAPERI SEGUE FECHADO POR CAUSA DE ASSALTOSPG 11DEFESA CIVILEQUIPE DE BARRA VELHA CRIA NCLEO COMUNITRIO E ADERE A PROGRAMA DA ONUPG 5ESPORTESURFISTAS DE BALNERIO BARRA DO SUL SO DESTAQUE EM ITAJAPG 3PG 10PG 3PG 8PG 16Na mesma tecla. O Voz do Itapocu no tem se cansado de bater na mesma tecla quando o assunto meio ambiente em nossa regio, nesta semana com destaque para Barra Velha. So vrios os problemas encontrados, como o leitor poder ver mais uma vez nesta edio. A boca da lagoa segue a um passo de fechar completamente e mais de 100 dias aps o inicio da dragagem, as mquinas se-quer conseguiram chegar ao banco de areia que ameaa a lagoa. No foi a primeira, a segunda e nem ser a ltima vez que damos destaque para a situao em nossas pginas. Alm de aumentar o risco de enchentes na rea do entorno da lagoa, a falta de vazo en-tre mar e lagoa podem causar graves danos a todo um ecos-sistema rico que temos no lo-cal. uma situao que pede urgncia e a ateno da comu-nidade. Urgente tambm o esgoto sanitrio na cidade, que tem prazo para iniciar no ano que vem, na dependncia ainda da assinatura do contrato da Casan com o municpio, que mesmo aprovado, ainda no recebeu a caneta final.Enquanto isso, mais uma tem-porada de vero vir e Barra Velha ter a marca negativa dos poluentes em excesso no mar em praias como uma das mais frequentadas da regio, como a central. Oferecer es-trutura para os visitantes importante, uma boa calada para caminhada e ciclovia so um passo a mais que a cidade d em termos de turismo, mas oferecer uma gua prprio para banho de mar aos tu-ristas e moradores, seria um grande feito. So questes que o jornal segue acompanhando, co-brando e evitando que caiam no esquecimento. Barra Velha melhor no futuro passa, princi-palmente, por estas questes ambientais. E isso que o Voz do Itapocu quer. 2 EDITORIAL Sbado, 12 de outubro de 2013.Meio ambiente, de novoPREVISO DO TEMPOSBADO (12/10)MX: 27 MN: 18DOMINGO (13/10)MX: 26 MN: 19SEGUNDA-FEIRA (14/10)MX: 19 MN: 14Informaes do Centro de Informaes de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (Ciram) da EpagriEXPEDIENTETiragem: 5 mil exemplares / distribuio gratuita / semanrio Circulao: Araquari, Balnerio Barra do Sul, Balnerio Piar-ras, Barra Velha e So Joo do ItaperiReportagem Carolina NunesAlan WillianDiagramaoGermana SouzaEdio Anderson DaviDepartamento Comercial Israel VoigtDistribuioLucas de OliveiraColaboradoresAngelita Borba de SouzaLgia Delazzeri R. BalbinottDaniela CensiMarcos Zaleski de MatosVolnei Antnio de SouzaClaudia S. Prevedello Percival TeixeiraJornalista Responsvel Flvio Roberto DRT: 02494 JP UMA PUBLICAO REDAOAv Santa Catarina, 1192 - SobrelojaCentro - Barra Velha - SCCEP: 88390-000Colunas, artigos, cartas, e-mails enviados e assinados so de inteira responsabilidade de seus autores. O contedo no expressa, necessariamente, a opinio do jornal.CONTATOS(47) 3456 1194Reportagem - jornalismo@vozdoitapocu.com.brComercial - comercial@vozdoitapocu.com.brColunistas - colunas@vozdoitapocu.com.brColuna Social - social@vozdoitapocu.com.brVEJA ONDE ENCONTRAR O JORNAL DE FORMA GRATUITA TODOS OS SBADOS:www.vozdoitapocu.com.brFACEBOOKNOTCIAS DIRIAS DA NOSSA REGIO.No leu as edies anteriores do Voz do Itapocu?Acesse:www.issuu.com/vozdoitapocu e leia na ntegra a edio virtual do jornal, de forma interativa e prtica.Encoberto com chuva no decorrer do diaSol e pancadas de chuva entre a tarde e a noiteSol com pancadas de chuva entre a tarde e a noiteCOMUNICADOA Prefeitura de Barra Velha comunica a todos os contribuintes em dbito, que decorridos 30 dias da publicao do presente, por fora da Lei Municipal n 1.290/2003, estar encaminhando cartrio, para protesto, as Certides de Dvida Ativa relativas ao IPTU e demais crditos. Evite transtornos com a incluso do seu nome nos rgos de restrio ao crdito, SPC e Serasa. Comparea na Prefeitura para regularizar sua situao. No prximo dia 21, os mora-dores de So Joo do Itaperi iro completar quatro meses sem atendimento do Banco do Brasil no municpio. Isso porque o banco encerrou suas atividades aps quatro assal-tos seguidos realizados em sua agncia, o ltimo deles em junho. De acordo com mora-dores, a falta de uma agncia do Banco do Brasil na cidade tem sido prejudicial a popu-lao da cidade, em especial aos correntistas, que precisam se deslocar a Barra Velha para efetuar a movimentao de suas contas. A outra opo seria a movimentao via in-ternet.O Voz do Itapocu entrou em contato com a assessoria de imprensa do Banco do Brasil em Santa Catarina, que co-municou que o atendimento foi suspenso considerando a segurana dos funcionrios e clientes BB, tendo em vista que o posto foi alvo de quatro aes de meliantes. Com relao a reativao da estrutura fsica do banco na cidade, a assessoria informa ainda que o Banco do Brasil est constantemente revisan-do sua forma de atendimento com foco na excelncia e satis-fao de seus clientes e iniciou estudos para verificar a viabili-dade de instalao de nova es-trutura fsica no municpio de So Joo do Itaperi. Enquanto o Banco do Brasil avalia a possibilidade de vol-tar a atender na cidade, tanto a agncia do Banco Bradesco na cidade, que atende at as 13h30, mas que mantm um posto de atendimento para pagamento de contas na loja Agrofort, ao lado da agncia, quanto a lotrica da cidade, registraram um grande au-mento na movimentao de pagamentos. O Banco do Brasil j atendeu em dois locais na cidade. O primeiro, na rodovia SC-415, na entrada do Centro da cidade e o segundo, mais re-cente, na rua Jos Bonifcio Pires, prximo da prefeitura. Neste local, um aviso informa os clientes na porta: Desculpe o transtorno. Fechado, mo-tivo: assalto. J na rodovia, a antiga agncia ainda mantm a fachada do Banco, o que confunde a maioria das pes-soas que passam pela via.Segundo o vereador Antnio Carlos Lima, proprietrio da agropecuria e materiais de construo Lima, ao lado da agncia na SC-415, conta que comum pessoas pararem para pedir informaes sobre o banco. Sempre tem algum que para e vem aqui para per-guntar se o banco est fun-cionando. Eu acho que eles deveriam pelo menos cobrir a fachada, comenta. Banco do Brasil est a quase quatro meses sem agncia em So Joo do ItaperiVoc j parou para pensar na sua coluna vertebral? E a posio que ela est nesse momento, enquanto voc est lendo o jornal? fcil adivinhar, voc provavel-mente est em uma posio bem relaxada, sentado em uma cadeira ou deitado em um sof, sem nem ligar para a sua coluna...Geralmente no nosso dia a dia no damos importncia para esse fato, pois a rotina diria to corrida que no nos lembramos de se cuidar.O trabalho que desempen-hamos tambm influencia bastante. Trabalhos que nos obrigam a permanecer mui-tas horas em uma mesma posio so muito prejudi-ciais, pois afetam msculos importantes. A postura errada sustentada por muito tempo pode acarretar desconforto e dores, o que pode gerar limi-tao nas atividades dirias.O ideal investir em exercci-os que auxiliem na correo postural, como o Pilates e a Yoga. Nessas aulas voc aprende a se posicionar em diversas posturas e aprende a importncia da contrao da musculatura abdominal, que o centro de fora do nosso corpo.Alm de cuidar da sua sade, ter uma postura adequada deixa o corpo mais esbelto e bonito, o que muito bom para a auto estima.O que voc est esperando? Levanta da cadeira, v em frente a um espelho e se olhe, se analise, perceba como esto os seus ombros, seus quadris e sua coluna. O importante se conhecer e tentar entender como o seu corpo funciona.SadeFisioterapeutaDaniela Censi e-mail: dani_censi@hotmail.com3GERALSbado, 12 de outubro de 2013.Sade da Coluna VertebralSeguindo o movimento de-flagrado no pas, as agncias do Banco do Brasil de Barra Velha e Araquari anunciaram na ltima quarta-feira adeso greve dos bancrios. Eles seguiram a orientao do sin-dicato Bancrio de Joinville e Regio.As reivindicaes dos bancrios de Joinville seguem a mes-ma linha das propostas da Confederao Nacional de Traba-lhadores do Ramo Financeiro. Eles pedem reajuste salarial de 11,93%, piso salarial de R$ 2.860,21, plano de cargos e sa-lrios para os profissionais e melhores condies de trabalho, com o fim de metas consideradas abusivas. Jos Ilton Belli, presidente do sindicato afirma que foi reali-zada uma reunio com responsveis pela Caixa, Bradesco e Banco do Brasil. Na ocasio todos acharam melhor no ade-rir a greve, porm um dia depois os funcionrios do Banco do Brasil viram que seria melhor nos acompanhar na greve. De acordo com o Belli, a paralisao s ter fim quando as me-lhorias reivindicadas forem atendidas. Banco do Brasil de Barra Velha e Araquari adere a greve dos bancrios4 GERAL Sbado, 12 de outubro de 2013Defesa Civil de Barra Velha cria Ncleo Comunitrio e adere a programa da ONUA coordenao da Defesa Civ-il de Barra Velha realizou na noite de segunda-feira, dia 07, uma cerimnia no salo da ig-reja de Medeiros para oficial-izar dois novos projetos para o municpio. Em pauta, a cri-ao do Ncleo Comunitrio da Defesa Civil e tambm a entrega oficial do certificado de compromisso e adeso ao programa Construindo Cidades Resi-lientes, da Organizao das Naes Unidas (ONU). Es-tiveram no encontro lideran-as polticas da cidade e um representante estadual da De-fesa Civil.Elton Cesar Cunha, coordena-dor da Defesa Civil de Barra Velha diz que a criao de n-cleos comunitrios auxiliar o trabalho da equipe municipal. Eles sero nossos voluntrios. Recebero treinamentos pre-ventivos que podero exercer se caso o municpio ou a co-munidade venha a precisar;O ncleo servir como um projeto piloto, que Elton pre-tende criar para aperfeioar o projeto. Seus planos so de im-plantar ncleos da Defesa Ci-vil em todas as comunidades barravelhenses. Vamos ver como o piloto ir caminhar, assim podemos ir moldando o projeto para levar aos demais bairros. Com a participao de todos da comunidade, o municpio s ter a ganhar, diz o coordenador. Barra Velha em parceria com a ONUO outro tema da noite foi a en-trega oficial do certificado de adeso ao programa Construindo Cidades Resi-lientes. No Brasil a campanha uma iniciativa da Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec) e do Ministrio da In-tegrao Nacional em parceria com a Estratgia Internacional para a Reduo de Desastres (EIRD) e a ONU. Seu objetivo reduzir os riscos por meio de 10 passos para construir cidades resilientes que tenham a capacidade de resistir, absor-ver e se recuperar de forma eficiente dos efeitos de um de-sastre.O desafio da Defesa Civil barravelhense ser implantar os 10 passos dor programa dentro de um ano. o que eu pretendo. Tracei esse perodo e espero conseguir cumprir, diz Elton. Com os passos executados o municpio rece-ber um certificado da ONU como sendo uma Cidade Re-siliente. No estado de Santa Catarina, dez cidades j con-tam com o certificado.1. Estabelecer mecanismos de organizao e coorde-nao de aes com base na participao de comunidades e sociedade civil organizada, como o estabelecimento de alianas locais. 2. Elaborar documentos de orientao para reduo do risco de desastres e oferea incentivos aos moradores de reas de risco: famlias de baixa renda, comunidades, comrcio e setor pblico, para que invistam na reduo dos riscos que enfrentam. 3. Mantenha informao atu-alizada sobre as ameaas e vulnerabilidades de sua ci-dade; conduza avaliaes de risco e as utilize como base para os planos e processos decisrios relativos ao desen-volvimento urbano. Garanta que os cidados de sua cidade tenham acesso informao e aos planos para resilincia, criando espao para discutir sobre os mesmos. 4. Invista e mantenha uma infraestrutura para reduo de risco, com enfoque es-trutural, como por exemplo, obras de drenagens para evi-tar inundaes; e, conforme necessrio invista em aes de adaptao s mudanas climticas. 5. Avalie a segurana de todas as escolas e postos de sade de sua cidade, e modernize-os se necessrio. 6. Aplique e faa cumprir regu-lamentos sobre construo e princpios para planejamento do uso e ocupao do solo. Identifique reas seguras para os cidados de baixa renda e, quando possvel, modernize os assentamentos informais. 7. Invista na criao de pro-gramas educativos e de ca-pacitao sobre a reduo de riscos de desastres, tanto nas escolas como nas comu-nidades locais. 8. Proteja os ecossistemas e as zonas naturais para atenu-ar alagamentos, inundaes, e outras ameaas s quais sua cidade seja vulnervel. Adapte-se s mudanas climticas recorrendo a boas prticas de reduo de risco. 9. Instale sistemas de alerta e desenvolva capacitaes para gesto de emergncias em sua cidade, realizando, com regularidade, simulados para preparao do pblico em geral, nos quais participem to-dos os habitantes. 10. Depois de qualquer de-sastre, vele para que as ne-cessidades dos sobreviventes sejam atendidas e se con-centrem nos esforos de re-construo. Garanta o apoio necessrio populao afe-tada e suas organizaes co-munitrias, incluindo a reconstruo de suas residncias e seus meios de sustento.Conhea os 10 passos do programaSecretaria de sade de Balnerio Piarras realizou 225 exames preventivos em setembroA secretaria de Sade de Bal-nerio Piarras tem realizado mutires de exames preven-tivos e clnicos para a pre-veno do cncer de colo de tero e cncer de mama em suas unidades, incluindo aos sbado. Segundo a secretaria, desde o incio da campanha, no ms de setembro, foram atendidas 225 mulheres. Para o ms de outubro, a equipe tem uma nova programao.Lucimir Uller de Bittencourt, secretria de Sade, diz que o foco do mutiro est sendo voltado para mulheres entre 25 e 59 anos que ainda no tiveram feito seus exames pre-ventivos. Em setembro, reservamos as quartas-feiras para realizar os exames, alm de um sbado para beneficiar aquelas que no pudessem comparecer no meio da semana. Nesse ms as unidades de sade estaro atendendo as pacientes com agendas abertas, sem estipular quantidade mxima de exames. Novamente vamos disponi-bilizar um sbado, que ser na prxima semana dia 19 e abriremos todas as unidades de sade para fazer os exames das 8h s 17h diz a secretria.Durante a semana as unidades de sade estaro alternando os exames, sendo esses, fei-tos cada dia em uma unidade diferente. Lucimir destaca que as interessadas em fazer o pre-ventivo devem comparecer na unidade do seu bairro para agendar sua consulta. Com o incio do Outubro Rosa, a secretaria de sade ir realizar constantes orien-taes nas unidades. Alm disso, os profissionais da se-cretaria tambm receberam convites de empresas privadas para ministrar palestras para sua grade de funcionrias. GERALSbado, 12 de outubro de 2013. 5Cicloturismo ir passar por Barra Velha, So Joo do Itaperi e Balnerio Piarras no prximo sbadoNo prximo dia 19, acontece em Barra Velha a 2 edio do Cicloturismo, evento que pretende reunir aproximada-mente 120 ciclistas para per-correr 90 km conhecendo os mais diferentes cantos de Bar-ra Velha e comunidades vizinhas. Equipes de vrias cidades j esto inscritas, su-perando as expectativa dos organizadores da pedalada. As inscries vo at a prxima tera-feira.Antonio Waldomiro Hein, or-ganizador do evento, se diz fe-liz com o aumento da procura que o evento teve em relao ao ano passado. Na nossa primeira edio contamos com 20 pessoas. Nesse ano a procura foi muito grande. Teremos ciclistas de Curitiba, Papanduva, Canoinhas, Itaja e outras. O circuito sair da praa Lauro Carneiro de Loyola no centro da cidade s 8h. Os participantes passaro por comunidades de Barra Velha, So Joo do Itaperi e Bal-nerio Piarras no seguinte trajeto: Quinta dos Aorianos, Sertozinho, Porto do Ita-peri, Limoeiro, Santa Luzia, Rio Novo, So Roque, Medei-ros, Pedras Brancas. A chegada est prevista para acontecer s 16h, com os ciclistas reunidos mais uma vez na praa central. No cicloturismo voc tem a oportunidade de conhecer pessoas novas e conhecer tambm lugares que voc no tinha passado ainda. uma experincia muito legal para aqueles que gostam de pedalar, diz Hein. Durante o percurso os participantes con-taram com a presena de um carro de apoio para atender as necessidades, alm de receber-em gua e fruta.Interessados em participar devem efetuar suas inscries enviando seus dados pessoais at o dia 14 pelo e-mail anto-nio.waldomiro@gmail.com ou ciclotur.barravelha@hotmail.com Justia determina que nibus escolar de Araquari no seja utilizado para outras funesO caso envolvendo o possvel uso irregular de nibus da rede escolar de Araquari para outras finalidades ganhou mais um captulo no inicio deste ms. A administrao municipal foi notificada pelo poder judicirio na Ao Civil Pblica ajuizada pelo Ministrio Pblico de Santa Catarina, suspendendo ime-diatamente o uso do nibus da Secretaria Municipal de Educao para viagens fora do contexto educacional sob multa de R$ 50 mil em caso de descumprimento.O veculo foi adquirido pela prefeitura com recursos pr-prios destinados educao, mas, alm disso, estaria sen-do usado para viagens com o grupo de idosos da cidade e servidores da prefeitura, cujos deslocamentos eram organi-zados pela primeira-dama do municpio, Maria Neusa. Destinos como Piratuba, ci-dade conhecida por suas guas termais, no Meio Oeste de Santa Catarina e Aparecida do Norte, situada no Vale do Paraba, em So Paulo, foram constatados na apurao feita pela promotoria. Alm desses locais, foram encontrados registros de viagens Nova Trento, cidade catarinense onde est situado o Santurio de Santa Paulina.Na ao, a promotora de Justia da comarca de Araquari, Fabiana Mara Silva Wagner, argumenta que a postura adotada demonstra desrespeito da administrao pblica com a sociedade, pelo fato de os custos das viagens serem arcados pelo Municpio e pelo Fundo Mu-nicipal de Assistncia Social. Faltou conscincia dos gestores sobre a gravidade dos atos praticados e de suas con-sequncias, ressaltou. Em entrevista coletiva conce-dida no ms de agosto, o prefeito de Araquari, Joo Pedro Woitexem, negou que tenha utilizado recursos da prefeitura para financiar via-gens de grupos da terceira idade.Tivemos apoio de empresrios e quem viajou foi terceira idade. A terceira idade sempre recebeu apoio da prefeitura de Araquari e de vrias pessoas, vrias en-tidades e vrias empresas, principalmente por empresas dirigidas pelos filhos desses idosos. Ns no gastamos nada, absolutamente nada de dinheiro pblico. Foi dinheiro de terceiros e muito bem aplicado, disse na entrevista. Enade classifica 11 cursos da Univali com conceito quatroA Universidade do Vale do Itaja (Univali) obteve concei-to quatro em uma escala que vai at cinco em 11 cursos na listagem dos Indicadores de Qualidade da Educao Su-perior dos cursos de gradu-ao avaliados pelo Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), em 2012.O resultado foi divulgado na segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesqui-sas Educacionais Ansio Teix-eira (Inep) do Ministrio da Educao (MEC). A avaliao dos cursos re-alizada a cada trs anos e considera o rendimento dos alunos, infraestrutura e corpo docente. O desempenho dos estudantes conta 55% do to-tal, enquanto a infraestrutura representa 15% da nota e o corpo docente, 30%. Na nota dos docentes, a quantidade de mestres pesa 15% do total, j dedicao integral e doutores representam 7,5% da nota.Os cursos que receberam con-ceito quatro foram:Cincias Contbeis (Itaja e Biguau)DesignDesign GrficoDesign IndustrialDesign de ModaDireito (Itaja)JornalismoPublicidade e PropagandaRelaes Internacionais (Itaja)Turismo e HotelariaSanta Catarina a sexta colo-cada no ranking nacional Santa Catarina ficou na sexta colocao nacional, atingindo o conceito mximo no Enade 2012 em quinze cursos supe-riores. Outros 291 cursos tiveram nota satisfatria, entre 3 e 4. J 65 cursos apareceram com nota entre 2 e 1, menos que o recomendvel. O veculo foi adquirido pela prefeitura com recursos prprios destinados educao, mas, alm disso, estaria sendo usado para viagens com o grupo de idosos da cidade. Entrevista: criadores da comunidade no Facebook Balnerio Piarras Sob Nova Direo falam sobre a oposio que fazem via redes sociais6 GERAL Sbado, 12 de outubro de 2013.Como surgiu a ideia de criar este perfil no Facebook e quais so os seus principais objetivos?Tudo comeou em maro, de-pois da temporada, um grupo de amigos, reunidos, teve a ideia de criar alguma coisa que informasse, fosse independ-ente e chamasse a ateno para um assunto que a maio-ria das pessoas no quer nem ouvir falar, mas o que move o mundo: POLTICA! Assim nas-ceu a Comunidade Balnerio Piarras Sob Nova Direo.Qual o sentido do nome Bal-nerio Piarras Sob Nova Di-reo, o que vocs esto su-gerindo com ele?Como o grupo muito cria-tivo, surgiram vrios nomes, mas o vencedor foi Balnerio Piarras Sob Nova Direo originado de uma faixa colo-cada em um prdio vizinho prefeitura, em dezembro de 2012, sinalizando a nova administrao que iria as-sumir em 01/01/2013. uma stira da stira.Como funciona o sistema de atualizao do perfil? So quantos colaboradores? Algum centraliza as infor-maes para postar?A atualizao praticamente diria, tendo informaes pos-tamos. Nossos colaboradores efetivos so em nmero de dez, mas temos vrios colabo-radores espordicos, que nos mandam denncias, fotos e reclamaes. As informaes so enviadas por e-mail para todos os membros efetivos do grupo, depois de checa-das, o membro que estiver de planto posta.Quais as principais formas de acesso a informao sobre a administrao pblica que o grupo utiliza para chegar neste volume de denncias quase que dirias?So informaes obtidas nos sites oficiais da Prefeitura e da Cmara, contato pessoal, e-mail e jornais locais, aos quais fazemos o contraponto.O perfil utiliza vrios apelidos e termos pejorativos, alm de um texto muitas vezes lit-errio para narrar as denun-cias e informaes postadas. Como surgiu esta linha edito-rial? Os apelidos so para remeter aos tempos dos antigos mora-dores da regio em que cada famlia era conhecida pelo nome de um animal. Quanto ao termo pejorativo na ver-dade o espelho do que as pes-soas veem nessas figuras e no tem coragem de falar. Foi a forma que encontramos de informar e ao mesmo tempo divertir mantendo a ateno das pessoas nas denuncias que postamos.Na opinio de vocs, quais os principais erros da atual ad-ministrao? Algum acerto?A velha maneira de fazer poltica, prometer tudo, no ter escrpulo, com um nico obje-tivo: ganhar a eleio! Depois vem a cobrana de empregos, favores, no tem equipe, tem um bando. Exonerou concur-sados competentes e colocou estrangeiros incompetentes, alm de contratar aproximada-mente 500 funcionrios, in-viabilizando financeiramente a prefeitura vide notificao do TCE (Tribunal de Contas do Estado) relativo ao gasto com a folha de pessoal. Quanto aos acertos infelizmente at agora s promessas.Os integrantes do grupo tive-ram ou tm alguma preten-so poltica na cidade? Se consideram opositores do atual governo?Nosso grupo bem diversi-ficado: temos professores, advogados, arquitetos, admin-istradores e estudantes, at agora ningum teve cargo ele-tivo, isso no quer dizer que no futuro no possam vir a ter. Parte do grupo votou no ex-prefeito mais temos membros que votaram no atual prefeito e no concordam com a sua maneira de administrar o di-nheiro pblico. Portanto hoje somos oposio ao atual go-verno.Se vocs tivessem o poder da caneta de prefeito na mo, quais seriam as principais medidas?Pelo que presenciamos em nove meses desse desgo-verno, comparado ao governo anterior, cujo resultado le-gitimado pelo ndice FIRJAN, se tivssemos a caneta na mo no teramos dvida a primeira medida seria contra-tar o Pinguim Arrogante (Hum-berto Martins) para administrar a prefeitura, do qual tambm iramos cobrar os resultados.Facebook: www.facebook.com/salvepicarrasA Constituio Cidad, em seu artigo 1 consagrou o Brasil como Repblica Fe-derativa, alicerada no Es-tado Democrtico de Direito, fundando-o na dignidade da pessoa humana e nos valores sociais do trabalho e da livre iniciativa. Esse trinmio: HOMEM, TRA-BALHO E EMPREENDEDORIS-MO essncia na Carta Magna e, por isso, Ulysses a chamou de Cidad.A economia globalizada acirra a competitividade e, por con-seqncia, a busca freqente do aumento da produtividade, da excelncia e da qualidade, sempre mirando o crescimen-to do consumo e, porque no dizer: na ampliao do lucro. Vindo em seu bojo enormes complicadores nas relaes entre patres e empregados. Como conciliar: competitivi-dade, produtividade, quali-dade, consumo e lucro, sem violar a dignidade do traba-lhador. E esses conflitos do vazo ao assdio, a coao, ao dano moral; ao psicoterror; aos atos e atitudes arbitrrias, a insta-bilidade emocional, todos causadores diretos de danos personalidade, dignidade, integridade fsica e mental dos trabalhadores e, nessa correia de transmisso vem a degradao do ambiente de trabalho estresse; aumento do risco de acidentes e doen-as ocupacionais; excluso do convvio social; baixa na auto-estima; humilhaes; intimidaes; exigncias de metas e prazos exguos; perseguies; etc. De outro lado, se vem grandes e srios prejuzos ao prprio empreendimento, na forma de longas ausncias decorrentes de afastamentos, pesados pagamentos de in-denizaes a ttulo de danos morais e materiais, rescises indiretas do contrato de tra-balho, demisso por justa causa, sem falar na responsa-bilidade civil do empregador.Nesse cenrio verificam-se seus agentes tipificadores: o agressor pode ser o empre-gador, chefe ou preposto (as-sdio vertical descendente); colegas de trabalho (assdio horizontal) ou o grupo de sub-ordinados (assdio vertical ascendente) e a mista decorre da conjugao de aes do assediador vertical, do asse-diador horizontal e a vtima.As principais caractersticas do assdio moral so: 1) a abusividade da conduta; 2) a natureza psicolgica do aten-tado dignidade psquica do indivduo; 3) a reiterao da conduta e; 4) a finalidade de excluso.Basta a efetiva comprovao da existncia de nexo de cau-salidade entre a conduta de seu preposto e o dano pro-duzido vtima, para que se verifique a responsabilidade do empregador, independ-entemente de culpa.E, no pensem que isto pri-vilgio ou s acontece no setor privado, mas muito comum na administrao pblica pela prtica do clientelismo, do empreguismo, da proteo aos apaniguados, contratos de trabalho irregulares, oca-sionando instabilidade emo-cional e fraude a direitos tra-balhistas, entre outros.Artigo Jurdico Advogado Percival Teixeirae-mail: atendimento@advocaciateixeiraabreu.com.brASSDIO MORAL Autodenominado oposio a atual prefeitura de Balnerio Piarras, a comunidade no Facebook Balnerio Piarras Sob Nova Direo tem divulgado quase que diariamente informaes e criticas relacionadas a administrao pblica do municpio. Com mais de 450 seguidores, o grupo tem aproveitado das facilidades das redes sociais para levantar questes da poltica lo-cal, com doses de humor e sarcasmo. Via internet, o Voz do Itapocu entrevistou um representante da comunidade, que no revela a sua identidade, mas apresenta os motivos pelos quais os integrantes esto na linha de frente da oposio virtual, cada vez mais comum nos tempos atuais. Boletim de OcorrnciaRelata o comunicante Gilberto Jos Costa Carneiro que na data de 13/04/2013 foi vtima da enchente que assolou o municpio e na data perdeu notas fiscais da empresa Hotel Paulista Ltda., CNPJ 07.635.272/0001-07, sendo que os tales compreendem as notas nme-ro 001 ao 500. 7CLASSIFICADOSSbado, 12 de outubro de 2013.CLASSIFICADOS IMVEIS VECULOS EMPREGOSENVIE SUAS OFERTAS PARA CLASSIFICADOS@VOZDOITAPOCU.COM.BROU LIGUE 3456 1194A Secretaria de Assistn-cia Social de Barra Ve-lha, juntamente com os programas sociais, em parceria com a Conces-sionria Autopista Litoral Sul, proveram na ltima quarta-feira nas depen-dncias do Complexo Social, no bairro So Cristvo, um dia especial para as crianas cadas-tradas no Programa Bolsa Famlia. Para a diverso das 150 crianas pre-sentes, foram disponibilizados cama elstica e piscina de bolinha. Alm disso, tambm houve distribuio de brinquedos, pipoca, algodo doce, lanche e refrigerante. Este o terceiro ano que prefeitura e Autopista reali-zam o evento em conjunto.Assistncia Social realiza evento do Dia das Crianas em Barra VelhaPROPOSTA ESPECIAL PARA CONSTRUTORAS, IMOBILIRIAS E REVENDAS DE CARROS. SAIBA MAIS: CLASSIFICADOS@VOZDOITAPOCU.COM.BRSuperCar SeminovosCidade: Barra VelhaTelefone: (47) 3456 0134 - (47) 9607 2421E-mail: supercarseminovos@hotmail.comAgile Ltz ano 2010 - cor branco - Flex - nico dono - completo + air bag e ABS - computador de bordo - Ro-das de Liga leve 15`- 35mil km - R$ 28.500,00VW/Saveiro 1.8 ano 2001 - cor dourada - GNV docu-mentado - Rodas de liga leve 14`/Lona martima Barbada: Ipanema 95 automtica, rodas de liga leve, pneus novos, estofa-mento e lataria super in-teiro. Valor: R$ 7.300 Con-tato: 91159114 - Tratar com o MarioBarra VelhaVendo Fusca 1300LAno 1975, bege. 60 mil Km, original.Segundo dono.Telefone para contato: 3456 1194Sistema Nacional de Em-pregos (SINE) Cidade: Barra VelhaTelefone: (47) 3456-3884E-mail: sine@barravelha.sc.gov.brVagas disponveis Atendente p/ farmcia- Entregador c/ CNH (A) p/ farmcia- Repositor (masculino ) p/ Supermercado- Ajudante de carga e descarga- Ajudante de motorista p/ material de construo - HAVAN est contratando - Tcnico em manuteno de eltrica , eletrnico e in-formtica Os interessados devero comparecer no SINE com os documentos (CPF e RG) e a carteira de trabalho. Para a vaga de operador de caixa necessrio ter o ensino mdio completo, as demais vagas o ensino fun-damental completo. Frigorfico So JooCidade: So Joo do Ita-periTelefone: (47) 3458 3000E-mail: frigorificosaojoao@frigorificosaojoao.com.brContrata-se Motorista de entrega, servios gerais noturno, servios gerais. Para tra-balhar de segunda a sba-do. Benefcios: Registro integral, Unimed, seguro de vida, almoo e caf e uniforme gratuito incluindo a lavao. Os interessados devero comparecer com os documentos na rece-po do frigorfico. PinturaCidade: Barra VelhaTelefone: (47) 9219 9345 - (47) 99911670 - (47) 8447 2543E-mail:degu_@hotmail.comDiego Fischer Pinturas - Pinturas residenciais e comerciais, texturas e gra-fiatos, massa acrlica e cor-rida.Plsticos Zanotti Ltda.Cidade: MassarandubaTelefone: (47) 3379 4000E-mail: morgana@plasticoszanotti.comVaga: Preparador de Maqui-na Injetora. Necessrio experincia na funo. Salrio compatvel com a funo + benefcios. Inter-essados devero entrar em contatoCelso Corretor de ImveisCidade: Barra Velha Telefone: (47) 3446 0288 - (47)9995 1789 - (47)9647 8027E-mail: celsoimoveis@barravelha.comSrgio ImobiliriaCidade: Barra VelhaTelefone: (47) 3456 6272Site: www.sergioimobiliaria.comItajuba: Sobrado Gemi-nado 1 dorm, 1 suite, sala, coz, 2 WC, rea grill, lavan, gar. Aprox. 90M, 280mt da Praia do Sol. R$ 145.000,00Terreno (17X17) 289M - Rua: 1002 Distante 600mt da Praia no Bairro Itacolumi Divisa de Barra Velha e Balnerio Piarras. R$ 65.000,00Terreno Financiado Ita-juba prx. ao acesso de Medeiros com (12X25) 300m, Rua: 1147 - Entra-da de R$ 8.000,00 + 100 parcelaVendo ou troco sobrado na zona sul de Joinville, a 200m do PA e terminal sul, com aprox 300 m2, rea comercial embaixo, residencial em cima e uma Kitnet de 40m2 nos fun-dos. Tudo novo alv., laje e estrutura para mais um piso superior. Troco por terreno bem localizado ou imvel comercial na praia de Itajuba, BV ou Barra do Sul. Base: 350 mil. Ac proposta 47 34635330 ou 47 99747589.8 Sbado, 12 de outubro de 2013.GERALAps mais de 100 dias de operao, Fundema solicita terceira draga para boca da lagoa de Barra VelhaIniciada em junho, a retirada do banco de areia que se for-mou na foz da lagoa de Barra Velha completa 107 dias e permanece inacabada. Duas dragas trabalham no local fa-zendo a extrao de areia, mas devido a baixa profundidade na lagoa, elas no tm conse-guido chegar ao ponto princi-pal do problema. Para tentar solucionar o caso, a Fundema solicitou a Fatma autorizao para a utilizao de uma ter-ceira draga, com mais capaci-dade.A obra j ultrapassou em 47 dias a previso feita pela Fun-dema de Barra Velha ao Voz do Itapocu. A foz da lagoa foi comprometida com as fortes chuvas que vm assolando a cidade. Aliada s variveis da mar, criou-se um banco de areia que por pouco no fe-cha completamente o fluxo das guas entre a lagoa e o mar. Foram trazidas a cidade duas dragas, uma de tama-nho menor da empresa GS e a draga Filadlfia (foto), da em-presa Cubato Dragagens, que vinha retirando aproximada-mente 180m de areia por dia.Ivo Iber Gonalves, presi-dente da Fundao do Meio Ambiente (Fundema), diz que ambas no conseguem tran-sitar na lagoa, j que o calado de gua muito baixo. Nosso primeiro plano era abrir um canal para que elas pudessem passar, mas isso no foi o sufi-ciente, completa Ivo. A Fundema enviou h 15 dias um pedido Fatma, rgo am-biental do Governo do Estado, para colocar uma terceira dra-ga na lagoa. Essa outra faria o trajeto dentro da lagoa. Das imediaes da ponte at a foz.A empresa Cubato Draga-gens que hoje trabalha no local, detm a concesso na rea e por isso continua reali-zando seu trabalho particular. Como eles tm a concesso, continuam tirando a areia que pertence a eles, mas no conseguem retirar o banco de areia que est fechando a nos-sa lagoa, finaliza o presidente da Fundema.As duas dragas que esto trabalhando no conseguiram chegar at o ponto onde banco de areia se formouO servio realizado pelas dragas que fazem a extrao de areias do local alvo de crticas por parte do vereador Douglas Elias da Costa. Em vrias visitas feitas a obra, o vereador diz nunca ter visto a draga trabalhando no local onde est o banco de areia. Conversei com vrios pescadores e eles tambm afirmam no ter visto a draga trabalhando ali.Em conversa, os pescadores informaram ao vereador que as draga estariam retirando areia na regio que pertence a Araquari, um local onde j est fundo o suficiente. A draga est sugando toda a areia que tem no fundo e isso est fazendo com que os mangues sejam destrudos, descendo para o fundo da lagoa, afirma Douglas.O protesto do vereador se estende ao mandato de Ivo Iber Gonalves a frente da Fundema. Para ele, Ivo no tem cumprido com o que pro-meteu quando saiu do legislativo para assumir a pasta. Sabemos que o discurso que ele deu no era verdade. O Ivo quis sair porque no estava contente com a bancada, ele queria a presidncia da Cmara e no conseguiu. Ao as-sumir a Fundao Municipal do Meio Ambiente, Ivo se props a finalizar as obras refe-rentes a boca da barra e da lagoa de Barra Velha.Vereador Douglas Elias da Costa cobra agilidade na obra9GERALSbado, 12 de outubro de 2013.Outubro Rosa: Araquari divulga atividades no ms da conscientizao do cncer de mamaEsta semana foi vez da Pre-feitura de Araquari divulgar o seu cronograma especial para o movimento Outubro Rosa. O municpio partici-par da data com palestras e eventos de conscientizao e preveno da sade feminina. O tema principal trabalhado nessa data a preveno e di-agnstico precoce do cncer de mama.Em Araquari a expectativa da Secretaria de Sade atin-gir o maior nmero possvel de mulheres do municpio, Ns queremos conscientizar nossas mulheres sobre a im-portncia da preveno e dos exames preventivos e para isso desenvolvemos uma pro-gramao que segue at dia 26 de outubro, comenta Ana Paula dos Reis, enfermeira da secretaria de Sade.Prefeitura de Balnerio Piarras oferece seis cursos profissionalizantes para a comunidadeUnidade de Sade Porto Grande: Todas as sextas-feiras tarde, dias 11,18 e 25, com incio s 13 horas: Palestra para Mulheres com temas pertinentes Pro-moo da Sade da Mulher com a enfermeira Dariane e Doutora Daniela. Sem a ne-cessidade de agendamento.Unidade de Sade Itinga 1 e 2: Mutiro preventivo no dia 19 das 8h s 17 horas com agendamento prvio na Unidade de Sade.Unidade de Sade Central: (Unidade Mista e Pronto Atendimento): Mutiro pre-ventivo e outras atividades de promoo sade (palestra, roda de conversa) no sbado, dia 26, das 8h s 17h.Unidade de Sade Itapocu: Mutiro preventivo todas as quartas-feiras, entre os dias 16 e 23, das 8h s 17 horas. No precisa de agendamento prvio.Cronograma A Prefeitura de Balnerio Piarras firmou nesta semana uma parceria com a Cmara dos Dirigentes Lojistas do mu-nicpio e o Intellectus Treina-mento e Qualidade (ITQ) Bra-sil, para fornecer cursos de qualificao profissional para a comunidade.Os cursos oferecidos sero de secretariado, recepcio-nista, comunicao, tcnicas de vendas, consultor de neg-cios e atendimento ao pblico. De acordo com o Secretrio de Assistncia Social, Silvio Fernando Bastos Alves, os cursos tero como valor sim-blico de inscrio, 2 kg de alimento no perecvel, que sero doados a entidades sociais da cidade. Os cursos sero realizados entre os dias 16 e 18 deste ms, na sede do CDL, na Avenida Emanuel Pinto, 179, Sala 1 e 2.As inscries podero ser re-alizadas na Secretaria de As-sistncia Social, diretamente no CDL, no Centro de Refe-rncia de Assistncia Social (CRAS) do bairro Nossa Se-nhora da Paz ou do bairro Ita-colomi, at tera-feira, dia 15. Mais informaes pelo telefone 3347 2008.Vereador Marquinho (PMDB) agradece Deputado Federal Mauro MarianiEm sesso ordinria, o Vereador Marcos Lickmamm agra-dece em nome da bancada do PMDB, o Deputado Federal Mauro Mariani (PMDB), pela Emenda na rea da agricultura de R$ 150.000.00 disponibilizado ao municpio. Salienta o Vereador que a referida emenda ser muito bem vinda para o municpio de So Joo do Itaperi, onde os maiores benefi-ciados sero os agricultores.Vereador Marcos Lickmamm solicita pavimentao de RuasO Vereador Marcos Lickmamm (PMDB), prope indicao para o prefeito Rovani Delmonego, na qual visa que seja pavimentada as ruas Jos Diogo de Souza bairro Centro, e Morro dos Monos, Bairro Santa Cruz. Relata o Vereador a necessidade de pavimentao, uma vez que a Rua Morro dos Monos existem vrias empresas, no qual circulam um expressivo nmero de veculos, bem como demais usurios que ali trafegam. Foi rejeitado na sesso da lti-ma tera-feira pela maioria na Cmara de Vereadores de Bal-nerio Piarras, em primeira votao, o projeto de Lei do Poder Executivo que visa mu-dar o destino de R$547.814,14 que esto nos cofres do mu-nicpio. Inicialmente o recurso seria destinado a construo de um ginsio na escola Fran-cisca Borba, mas a inteno da prefeitura seria utiliz-lo na indenizao de parte de terreno e na compra de equi-pamentos do posto de sade Central, Osrio Domingos Corra. Na prxima tera-fei-ra, dia 15, acontece a votao final da proposta.O projeto de Lei que tem gera-do polmica o de n 43/2013, que altera a Lei 198/2011. Se-gundo o texto encaminhado a Cmara, o projeto visa Alte-rao da aplicao do recurso pblico, que tem como fun-damento, o fato que a Escola Municipal do bairro Itacolomi j conta com sua estrutura fsica praticamente finalizada e a necessidade urgente e im-periosa de alavancar recursos para a aplicao em outras demandas pblicas. Ainda na justificativa, o prefeito Leonel Martins completa que a in-teno utilizar o recurso no posto de sade. Por cinco votos a quatro, venceram os vereadores Oscar Francisco Pedroso, Maurcio Kche, Gercino Medeiros, Jlio Csar Teixeira e Oswal-do Moreira da Silva Jnior, que votaram contra o projeto de Lei. Foram favorveis: Ivo Fleith, Antonio Luiz Beduschi, Leandro Rech e Marly Dul-cinia da Silva Santana. Por motivo de sade, o vereador Francisco Coradini no com-pareceu a sesso. O presidente da casa, Srgio Luiz da Maia, votaria apenas em caso de em-pate. A surpresa da votao foi a re-provao do vereador Oswal-do Moreira da Silva Jnior, que faz parte da bancada da situao, mas acompanhou o voto da oposio. Ele justifi-cou que no favorvel a uma proposta que retira recursos do esporte do municpio. Caso a maioria vena na prxima sesso, o projeto aprovado. Vereadores reprovam em primeira votao mudana de recurso de escola do Itacolomi para posto de sade em Balnerio Piarras10POLTICASbado, 12 de outubro de 2013.De acordo com a secretria de Administrao e Fazenda de Balnerio Piarras, Ana Lcia Wilvert, os R$ 547 mil seriam destinados para duas finali-dades envolvendo o posto de sade central. A aquisio de equipamentos para equip-lo e para pagar a indenizao de uma rea particular em que parte da edificao da uni-dade foi construda de forma irregular. Ana Lcia comenta que esse valor faz parte da sobra da venda de uma rua, realizada na antiga administrao. O dinheiro da venda desta rua foi usado na contrapartida da construo da escola munici-pal do bairro Itacolomi. O valor que restou queremos investir no posto de Sade do Centro, explica. A secretria esclarece ainda que a utilizao deste dinheiro para a construo de um gin-sio, como est sendo indagado pela comunidade, no vivel devido falta de espao, No h espao suficiente para a construo de um ginsio. Se tivermos que desapropriar uma rea essa valor no ser suficiente para pagar a desa-propriao e a construo do ginsio. Quanto aos R$547 mil, Ana Lcia no sabe ao certo quanto seria destinado para a aquisio de equipamentos e a indenizao da rea do posto de sade, j que o valor da in-denizao ser estipulado por um juiz. Estamos estimando um gasto de cerca de R$ 420 mil com os equipamentos e cerca de R$100 a R$120 mil para a indenizao. O valor destinado aos equipamentos poder ser ampliando, Com esse valor conseguimos com-prar os equipamentos e pagar a indenizao, isso est cer-to, completa. Caso a rejeio do projeto permanea, o posto de Sade deve permanecer fechado, j que a secretria resalva que a principio no h outro meio para o municpio de arrecadar o dinheiro necessrio. Informativo da bancada do PMDB na Cmara de Vereadores de So Joo do ItaperiSecretria de Administrao justifica propostaA Secretria de Administrao e Fazenda de Balnerio Piar-ras, Ana Lcia Wilvert, garante que a prefeitura municipal no est demitindo funcionrios devido a notificao de alerta en-viada pelo Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (TCE). Nela, o TCE informa o prefeito, Leonel Martis, que no 1 semestre deste ano a prefeitura ultrapassou 90% do limite mximo legal com as despesas da folha de pagamento.De acordo com a secretria, como medida para diminuir a folha de pagamento, que no ms de setembro ultrapassou cerca de R$ 100 mil do limite, a prefeitura no est repondo os funcionrios que esto pedindo demisso, No estamos demitindo ningum. No estamos admitindo novas pessoas para os cargos que os funcionrios esto saindo. Segundo Lucia essa medida est atingindo diretamente algu-mas secretarias que necessitam de mo de obra. Estamos equilibrando os trabalhos, a secretaria que mais est sentin-do com a falta de funcionrios a secretaria de obras. Wilvert tambm nega que o recurso referente a escola muni-cipal Francisca Borba seja usado para saldar a folha de paga-mento, como aventaram vereadores da oposio na primeira votao do projeto. Segundo ela, no seria possvel destinar a verba para o pagamento de servidores, j que a folha tem uma fonte de receita definida exclusiva para esta finalidade.RefisEncerrado no final de setembro, o Refis de Balnerio Piarras ainda no tem um balano oficial. Segundo a secretria, uma empresa terceirizada ficou responsvel pela arrecao dos dbitos e ir prestar contar nesta semana.Demisses e folha de pagamentoXNo demorou muito para que o quinto integrante de uma quadrilha especializada em furtos a residncias no Norte de Santa Catarina fosse preso. Uma semana aps a priso de quatro homens do grupo, foi a vez de Jos Roberto Machado, o Gordo, 30 anos, ser preso em Joinville. A priso foi efetuada pelo grupo de Atuao Espe-cial de Combate ao Crime Or-ganizado (Gaeco) de Joinville, com um mandado de priso expedido pela justia.Segundo a investigao da polcia civil de Barra Velha, a quadrilha responsvel por vrios furtos de objetos em casas do municpio. Como o grupo j era investigado pelo Gaeco, que apurava a atuao dos bandidos em outras ci-dades do Norte do Estado, uma operao foi montada para a priso dos acusados. De acordo com a polcia, Gordo e outros integrantes da quadrilha j haviam sido presos em julho, mas acaba-ram soltos por uma deciso judicial. Aps novas prises, os policiais tambm identifi-caram um receptor dos obje-tos de furto. Como no tinha mandado de priso expedido e no foi pego em flagrante, o homem prestou depoimento e foi liberado. Ele ir responder em liberdade pelo crime. A investigao aponta que a quadrilha possua clientes fixos, que pagavam pelos obje-tos furtados menos da metade do valor de mercado. Como exemplo, a polcia cita o caso de uma televiso de 50 pole-gadas, que em uma loja custa em torno de R$4 mil, mas foi vendida por R$1,5 mil para um receptador. 11SEGURANA PBLICASbado, 12 de outubro de 2013.Quinto integrante de quadrilha especializada em furtos preso em JoinvilleHomem morre em acidente na BR-280, em AraquariOs interessados em realizar o Curso Bsico de Atendimento a Emergncias dos Bombeiros Militares de Barra Velha tm at sexta-feira para fazer a sua inscrio. O curso ser ministrado entre os dia 21 de outubro e 7 de novembro, das 19h s 22h, no quartel do municpio. A inscrio deve ser feita na prpria sede, na rua Vice Prefeito Jos do Patrocnio, n 63, no Cen-tro. Mais informaes pelo telefone 3456 3092. Segundo o Major Comandante do Corpo de Bombeiros, Fabi-ano Bastos das Neves, o curso voltado para a comunidade e tem como principal foco a preveno. Nas aulas sero repas-sadas noes de gesto de percepo de riscos, primeiros so-corros, preveno e atuao inicial em incndios e acidentes. Para participar o inscrito tem que 18 anos ou mais e ser alfa-betizado. A carga horria de 60 horas.Inscries para o curso bsico de Atendimento de Emergncias vo at sexta-feiraUm acidente na BR-280, em Araquari, deixou uma pessoa morta no ltimo final de semana. De acordo com informaes da Polcia Rodoviria Federal, Klaiton Kastehlen, 31 anos, era o motorista do Gol com placas de Joinville que bateu de frente com um Audi, tambm com placas de Joinville. Klaiton no suportou o impacto da batida e morreu no local. O carona do carro, 26, ficou gravemente ferido. Os dois ocupantes do Audi tiveram ferimentos leves.O acidente aconteceu no km 34, por volta das 18h30 do lti-mo sbado. Segundo informaes dos bombeiros, o carro da vtima bateu de frente com o Audi e ainda acertou a lateral de um caminho. Com a fora do impacto, o motorista foi jogado para trs do carro. A suspeita que ele estava sem cinto de segurana e no resistiu ao acidente. Menina atropelada por caminhoPor pouco a BR-280 no tem outra vtima fatal nesta sema-na. Uma menina de 10 anos foi atropelada por um caminho quando atravessava a rodovia. Por sorte, ele teve ferimentos leves e foi encaminhada ao hospital pelo Servio de Atendi-mento Mdico de Urgncia, j que os bombeiros voluntrios de Araquari esto sem ambulncia.O acidente aconteceu por volta de meio-dia da segunda-feira, dia 7. Segundo informaes de testemunhas, a garota saiu de atrs de um nibus e atravessou a rodovia sem olhar o fluxo de veculos no km 27, em frente ao Instituto Federal de Santa Catarina. Motorista sai ileso de acidente graveO motorista de um Siena que bateu de frente com um cami-nho na BR-280, prximo a sada para a BR-101, pode con-siderar que nasceu de novo aps o acidente. A batida ocor-reu no comeo da tarde de tera-feira. Segundo informaes dos bombeiros voluntrios, a batida forte deixou o veculo destrudo e chegou a quebrar o eixo da carreta. Por sorte, o condutor do carro no sofreu nenhum ferimento e no preci-sou sequer do atendimento dos bombeiros.GordoOperao Veraneio: guardas-vidas j esto trabalhando aos finais de semana nas praias da regioO ltimo final de semana mar-cou o inicio oficial da Ope-rao Veraneio da secretaria de Segurana Pblica de Santa Catarina. Mais de 40 praias de todo o Estado j comearam a ser monitoradas por guar-das-vidas civis e militares aos finais de semana. Segundo in-formaes da secretaria, em Barra Velha, Balnerio Piar-ras e Balnerio Barra do Sul, 28 guardas vidas esto escala-dos para ocuparem os postos na regio nestas primeiras se-manas de Operao. Por en-quanto, nenhum caso de afo-gamento foi registrado.De acordo com o Major Comandante da 3 Compa-nhia de Bombeiros Militares, em Barra Velha, Fabiano Bas-tos das Neves, o inicio ante-cipado da Operao Veraneio visa mudar uma estatstica de anos anteriores. Historicamente, nas tem-poradas anteriores, foram registrados mias mortes por afogamento nos perodos de pr e ps-temporada, do que na alta temporada, quando o nmero de banhistas bem maior, porque nos anos ante-riores no havia guardas vidas nas praias fora da temporada. Neste ano, os banhistas esto mais seguros, pois podem se banhar prximo a postos guarda-vidas que esto guar-necidos, explica.A princpio a escala de guar-das vidas em Barra Velha de 12 homens, divididos en-tre a praia Central, a praia do Tabuleiro e praia do Cerro, em Itajuba. Segundo Bastos, este nmero ir aumentar de acordo com a proximidade da alta temporada, at chegar ao seu mximo em dezembro e janeiro. Em Barra Velha, 21 guardas vidas fizeram a recertificao neste ms. J o curso para novos guardas vidas est com inscries abertas at o dia 26 de outubro. Os interessados devem procurar o quartel dos bombeiros militares.Dados da secretaria de Segu-rana do Estado apontam que Balnerio Barra do Sul est guarnecida aos finais de sema-na por 10 guardas-vidas, en-quanto Balnerio Piarras por seis. Em todo o Estado, cerca de 200 guarda-vidas esto atu-ando aos finais de semana e feriados. Na alta temporada, a Operao Veraneio estima contar com 320 guarda-vidas civis e 50 militares. Thiago Correa da Costa, 28 anos, foi morto na ltima tera-feira, dia 8, com quatro tiros em uma rua no bairro Itajuba, em Barra Velha. A polcia militar foi acionada, mas no encontrou nenhum suspeito pelo crime. A polcia civil abriu investigao para apurar o caso. A principal sus-peita de que Thiago tenha sido vtima de um acerto de contas relacionado ao trfico de drogas. Ele apontado por testemunhas como usurio.O crime aconteceu por volta das 21h30, na rua 1145. A vti-ma havia acabado de sair de caso quando foi alvejado pelos quatro disparos. Um atingiu o pescoo, outro o ombro e dois acertaram o trax. Thia-go morreu no local. Segundo a polcia militar, apenas uma hora depois do crime que ela foi acionada, por isso no en-contraram nenhum suspeito em rondas pelo bairro. Alm de usurio, Thiago tambm j tinha passagem por furto de veculos e a residncias, alm de receptao.O corpo foi encaminhado para o Instituto Mdico Le-gal (IML) de Itaja, para reco-nhecimento de familiares. Homem morto com quatro tiros em rua de Itajuba, em Barra VelhaBarra Velha obteve o pior desempenho de balneabilidade entre as cidades da regio no relatrio divulgado no final de setembro pela Fundao do Meio Ambiente de Santa Catarina (Fatma), como noticiou o Voz do Itapocu no ltimo final de semana. O caso exps ainda mais os problemas causados pela falta de saneamento bsico na cidade, j que o esgoto da cidade despejado na lagoa e no mar. De quatro pontos avaliados, trs foram considerados como imprprios para ban-ho, por conterem quantidades elevadas da bactria Escherichia coli, uma bactria ba-cilar que habita o intestino de mamferos e est presente principalmente em fezes hu-manas. Para o presidente da Fundema, Ivo Iber Gonalves, o problema antigo e sua soluo no to simples. Ns sabemos que isso s ir se resolver quando for im-plantado o esgoto sanitrio em nossa ci-dade. Enquanto isso, no podemos fazer nada, argumenta.A implantao da rede de esgoto est in-cluda no novo contrato aprovado entre a prefeitura e a Casan. Aprovada no ltimo ms, a renovao do contrato entre as partes aguarda agora alguns ajustes para que seja assinada. Alm de melhorias no abastecimento de gua, o contrato estipula um investimento de R$ 54 milhes em es-goto sanitrio ao longo dos 30 anos de sua vigncia. Luciano Boss, gerente da estatal em Barra Velha, diz que no incio de 2014 deve ini-ciar a licitao para escolha da empresa que executar os servios. Sero colocadas re-des coletoras de esgoto alm da criao de uma unidade de tratamento.Um dos pontos com maiores ndices de col-iformes fecais na gua o ponto em frente Rua Antnia Higina da Graa Moura, local onde desemboca o rio Cancela. Ali um ponto que pega dejetos desde o bairro So Cristvo. uma situao bem crtica. Com a criao das redes coletoras, o rio Cancela no vai mais contaminar a praia como vem fazendo h anos, afirma Boss.12 MEIO AMBIENTE Sbado, 12 de outubro de 2013.Avaliao negativa em balneabilidade das praias expe falta de saneamento bsico em Barra VelhaLAGOA - Coleta: 24/09 RUA DR. PLACIDO GOMES DE OLIVEIRA, ALTURA N336PRAIA CENTRAL - Coleta: 24/09FRENTE RUA HUMBERTO PIMENTELPRAIA CENTRAL- Coleta: 24/09RUA ANTNIA HIGINA DA GRAA MOURAPRAIA DE FRONTE A LAGOA- Coleta: 24/09AV. ARMANDO PETRELI, NA ALTURA DO N555Os pontos avaliados em Barra Velha PRPRIO IMPRPRIOSegundo a Casan, implantao da rede de esgoto sanitrio inicia em 2014Um terreno tomado pelo mato e roedores. Quem passa pela Avenida Thiago Aguiar, no bairro Jardim Icarai encontra uma s-rie de lotes abandonados. Um deles, denunciado por mora-dores ao jornal Voz do Itapocu, abriga uma criao de ratos que rondam o local. Nas imediaes uma panificadora e uma co-zinha industrial se vem obriga-das a conviver diariamente com a presena dos roedores que, j habituados, trafegam pela via. A regio do Jardim Icarai j so-freu com outro mal parecido. A presena dos caramujos africa-nos foi pauta de vrias reunies da associao de moradores. Na ocasio, grande parte dos terrenos foram dedetizados por uma empresa especializada. Ao que tudo indica, o problema dos caramujos africanos foi re-solvido. Porm, a presena dos ratos nas vias pblicas j inco-moda a populao do bairro. A moradora com iniciais M. S. (que pediu para no ser identificada), 40 anos, diz ser constrangedor e nojento o caso de ter ratos to perto dos pedestres. Eles no esto nem um pouco preocupado com a nossa pre-sena, mas ns estamos com a deles. ridculo voc ter um ter-reno e no cuid-lo. So muitos os terrenos nessa situao aqui no bairro, mas aquele ao lado da panificadora o pior. Tem muito rato naquele mato, diz a moradora. Para ela, o fato de ter se tornado local de depsito para entulhos e restos de comi-das torna o local propcio para a procriao dos animais.Fernanda Vichinheski assistente na Vigilncia Sanitria de Barra Velha afirma que o setor ainda no havia recebido nenhuma denncia dos moradores, mas que seria aberto um protocolo no exato momento. Ns vamos entrar em contato com o dono do terreno pra que ele faa a limpeza e mantenha sempre limpo. Obedecendo as medi-das legais o proprietrio ter at 20 dias para limpar o local. Se a deciso no for obedecida, ele receber uma multa inclusa no IPTU.Moradores reclamam de terreno que atrai ratos no Jardim Icara, em Barra VelhaNem mesmo nos sonhos do pequeno Antnio, quando ele ainda era um menino l do outro lado do oceano, na longe Portu-gal, ele teria a ideia de que conheceria uma pequena cidade litornea no norte de Santa Cata-rina, em pleno Brasil. Aos 11 anos, o filho mais velho de uma famlia simples de Por-tugal, recebeu a misso de viajar ao Brasil em busca do pai, que havia se aventurado no novo mundo em busca de uma vida melhor. A falta de comunicao com a famlia preocupou a es-posa, que vendeu uma vaca e mandou o pequeno menino ao Brasil, com o endereo do pai em um pedao de papel amarelado.O pequeno era corajoso, pois apesar da longa viagem, chegou no Rio de Janeiro e empenhou-se em encontrar o pai. Chegando no endereo recomendado pela me, teve a surpresa de no encontrar quem tanto ansiava. Neste momento, o desespero to-mou conta do pequeno Antnio, pois o dinheiro j estava acaban-do, e ele no conhecia ningum na nova terra. Chorando em frente a uma con-feitaria, comoveu um senhor, lembrado apenas como Sr. Alvim, que o alimentou, o auxiliou na busca pelo pai, o aconselhou quanto aos estudos e o encami-nhou. Este senhor sempre era lembrado com muito carinho nas memrias do jovem imigrante tanto que quando foi se natu-ralizar, tempos depois, acrescen-tou o sobrenome Alvim ao seu nome de batismo. Nascia ento a gerao dos Ramos Alvim, que marcou Joinville, Araquari e Barra Velha. J crescido, trabalhou como es-tivador, formou-se como Guarda Livros e montou uma escola de datilografia e comrcio no Rio de Janeiro. O nome Guarda Livros j no existe mais com esta no-menclatura: hoje a conhecemos como contador, ou ainda, numa nomenclatura mais atual, conta-bilista. A sorte era uma grande amiga de Antnio, pois em diversas situ-aes ela esteve ao seu lado. Ini-cialmente, na viagem ao Brasil, em seguida, quando encontrou o Sr. Alvim em frente confeitaria, e pela terceira vez quando cru-zou os caminhos do ento Sena-dor Abdon Batista. O senador acreditou no profissionalismo do portugus naturalizado brasileiro e o convidou para gerenciar um comrcio no sul do Brasil, mais precisamente em Joinville.Mais uma aventura na vida de Antnio, que aceitou o convite e partiu para Joinville. Apesar do navio que fazia o seu transporte quase afundar na chegada, tudo correu como o esperado, e o co-mrcio do senador cresceu muito com a interveno do Guarda Livros. Na cidade, viu uma grande chance de crescer profissional-mente, e comeou instalando uma escola de datilografia e co-mrcio aos moldes daquela no Rio. Alm de ajud-lo no progres-so financeiro, tambm o auxiliou a encontrar a mulher dos seus sonhos Amlia Ondina de Car-valho. Esta, que passou a assinar Alvim depois do casamento, era mulher independente, e assus-tava os pretendentes na Joinville do incio dos anos 20. Antnio gostou desta mulher frente do seu tempo, e em 1923 casou-se com Amlia. Tiveram trs filhos: Roberto Hlio, Horcio e Almalu-sa Ramos Alvim. A partir de 1926, comea a li-gao entre a famlia Alvim e Barra Velha. Segundo a neta, foi neste ano que o av construiu a segunda casa de veraneio da pequena vila. A famlia fa-zia a viagem de carroa at o Rio Itapocu, atravessava o rio de balsa e ficava de frias na vila de pescadores, pelo menos duas vezes por ano: no vero e no inverno. As frias eram mais longas, e a vila, que ainda fazia parte da cidade de Parati, atual Araquari, pouco oferecia. Por isso, era necessrio trazer tudo, tudo mesmo, at o frango a ser consumido. Adorava visitar Barra Velha e sempre dizia aos filhos que gos-taria de passar a velhice na ci-dade. Sua casa, localizada na atual Rua Paran mais precisa-mente onde situam-se os prin-cipais bancos da cidade era um refgio para Antnio e sua famlia. Na prxima semana, Esquinas da Histria segue falando so-bre este comerciante nato, apai-xonado por Barra Velha e sua brilhante trajetria. Fonte: Moema Ramos Alvim SchlterEsquinas da HistriaProfessora e historiadora Angelita Borba de Souza e-mail: angelitaborba@hotmail.com13CULTURASbado, 12 de outubro de 2013.Primeiro Luau Literrio de Barra Velha ser realizado na prxima sexta-feiraUma atividade diferente ser realizada pela Fundao de Turismo, Esporte e Cultura de Barra Velha, na prxima sex-ta-feira, dia 18, na praia Cen-tral do municpio, prximo ao hotel Bela Vista. Marcado para iniciar s 19h, o primeiro Luau Literrio de Barra Velha ir contar com apresentaes de poemas, poesias, cantorias e representaes, de acordo com o tema escolhido por cada participante, que ser livre.Segundo o Diretor de Cultu-ra, Juliano Bernardes, a ideia surgiu aps a realizao do Sarau Literrio, na Casa das Recordaes, A experincia foi muito boa, os alunos que participaram se envolveram com o momento, tiveram cri-anas que com as outras apre-sentaes pegaram o violo e tocaram, outras declamaram poemas que pegaram na hora. Essa mesma frmula ser usada no Luau Literrio, de acordo com Juliano, as escolas da rede municipal foram con-vidadas e iro participar, O tema ser livre, no teremos uma apresentao principal, o objetivo que todos se sintam a vontade para participar, co-menta. Mais informaes com a Fumtec (47) 3446-1231. Artesos de So Joo do Itaperi vo expor trabalhos na Feira de Artesanato da Schtzenfest, em Jaragu do SulOs arteses de So Joo do Itaperi desde quinta-feira es-to expondo os seus trabalhos na 2 edio da Handwerks-messe - Feira de Artesanato da Schtzenfest, em Jaragu do Sul. A feira que integra a pro-gramao da festa na sua 25 edio, acontece no Parque municipal de Eventos de Jaragu do Sul estar aberta a comunidade at o dia 20. Durante os dez dias do evento, aproximadamente 11 artesos iro expor e comercializar seus trabalhos, como chinelos decorados, bordados, crochs, panos de prato, biscuit, arte-sanatos de madeira, pinturas em quadros, caixas decoradas e obras de patchwork.Quem visitar o espao poder ver e comercializar os saberes e fazeres de So Joo do Itaperi. Nossa cidade tem muita coisa para mostra pelas mos de nossos artesos, um trabalho que muitas vezes no era divulgado, comenta Jol Rocha, gerente de Cultura do municpio. A feira esta aberta ao publico de segunda a sexta-feira, das 18h s 23h, aos sbados e domingos, das 10h s 23h.Foto: Divulgao Prefeitura Antnio Ramos Alvim Um portugus, naturalizado brasileiro e apaixonado por Barra VelhaA 3 Feira do Livro de Araquari, reuniu entre os dias 1 e 3 de outubro, mais de cinco mil visitantes entre estudantes e a prpria comunidade. A feira contou com vendedores de livros no salo de festas do Santurio Senhor Bom Jesus, no centro da cidade. Alm da exposio e venda de obras de diversos estilos literri-os, a pro-g r a m a o c o n t o u ainda com a t r a e s artsticas e culturais, apresentadas pela Casa da Cultura e alunos das escolas municipais.Em sua edio anterior o mes-mo nmero esteve presente e o obje-tivo dos organizadores inserir na comunidade essa cultura de leitura e assim, envolver toda a famlia.Feira do Livro de Araquari rene mais de cinco mil pessoasParte 1Foto: Prefeitura de Araquari VARIEDADES Sbado, 12 de outubro de 2013.Aproveite a semana para curtir seu amor. Voc no vai querer saber de solido, mesmo que ainda no tenha encontrado a sua cara-metade. A vontade se aventurar vai crescer.riesHORSCOPOTouroColocar suas coisas em or-dem e resolva as pendncias que sobrarem durante a se-mana passada. Se o romance no vai bem, pode pensar em se envolver numa aventura: tenha cuidado. GmeosAproveite a semana para descansar, curtir a compa-nhia das pessoas queridas. A carncia vai incomodar inclu-sive se estiver s. Mas voc vai recuperar o bom humor e ter charme de sobra. CncerCuidar da casa e estar com os parentes ser a melhor pedida. Voc pode criar mui-tas expectativas e se decep-cionar. Antes de investir na paquera, veja se seus senti-mentos so correspondidos.Voc no ter dificuldade para conhecer pessoas no-vas, conversar com conhe-cidos e fazer novos amigos. Aventuras amorosas no es-to descartadas. No trabalho, tenha cautela e escute seus superiores. Leo VirgemAproveite a semana para cuidar do que seu. D mais ateno s contas e organize melhor os seus gastos. No crie tantas expectativas na vida amorosa, pois h risco de se decepcionar.LibraSemana para fazer s o que gosta. Coloque seus inte-resses em primeiro lugar. Seu charme garante novi-dades no campo afetivo. Porm o excesso de confian-a na paquera pode colocar tudo a perder.EscorpioA Lua inferniza seu astral e voc no estar com humor para aguentar cobranas ou papo furado. Na paixo, pense bem antes de pro-curar encrenca. Na paquera, h boas chances de con-quista. Nesta semana, voc vai se divertir bastante na compa-nhia dos amigos e das pes-soas mais prximas. Cuidado com aventuras ou poder es-tragar o seu romance. No tra-balho nossas oportunidades. Sagitrio CapricrnioVoc estar mais atraente esta semana, mesmo sem fazer tanto esforo. Porm, nem tudo vai acontecer da maneira que deseja. Pense antes de agir para no se ar-repender depois. AqurioSe tiver a chance de viajar, mesmo que seja para alguma cidade perto da sua, v em frente. Tudo indica que vai se divertir. Excesso de confiana pode atrapalhar uma con-quista. Tenha cautela com as compras. PeixesFaa suas tarefas sem de-pender dos demais, pois al-gum pode tentar puxar o seu tapete agora. O desejo vai esquentar a relao, mas fuja de brigas. No trabalho no se envolva em brigas. Salada de fil de pescadaSalada: - 2 colheres de sopa de azeite extra virgem - 500 g de fils de pescada limpa - 1 colher de ch de sal - 1 sach de tempero de ervas e limo - 1 mao pequeno de alface crespa cortada em tiras Molho: - meia xcara de ch de azeite extra virgem - meio pimento verde pequeno picado GASTRONOMIAIngredientesModo de PreparoMODAAcessrios para a primavera-veroLOTERIASMEGA SENAResultado Concurso 1537 (09/10)06 - 10 - 33 - 50 - 51 - 56Prximo sorteio: 12/10 (hoje) Prmio Estimado: R$2.500.000,00LOTERIA FEDERALResultado Concurso 04804 (09/10)1 prmio - n 65.051 - R$250.000,002 prmio - n 67.779 - R$17.100,003 prmio - n 34.091 - R$16.600,00 4 prmio - n 89.257 - R$16.100,005 prmio - n 79.359 - R$15.200,00 Em todo o mundo, algo cerca de 20% da populao ca-nhota. O favorecimento de um lado do corpo para a realizao da maioria das tarefas permite que seja feito as coisas mais rapidamente. Isso acontece porque h uma tendncia muito forte para o domnio da mo direita, ou nesse caso a esquerda. Parentes prximos dos seres humanos, como os chimpanzs, apresen-tam a mesma probabilidade de serem canhotos. Um estudo revelou que as so-ciedades mais cooperativas, que compartilham ferramen-tas e tarefas, tm mais pessoas com a mesma mo dominante. Outros estudos propem que ser canhoto til em uma eventual briga, mas somente se a maioria das pessoas espera-rem por um gancho de direita.CURIOSIDADECanhotos 14Salada:Em uma frigideira, aquea o azeite extra virgem e frite o peixe at ficar macio. Retire do fogo, adicione o sal e o tempero de ervas e o limo. Desfie o peixe ligeiramente com um garfo. Reserve. As novidades da primavera-vero chegaram. Hora de re-novar as roupas e tambm os acessrios. Nesse vero alguns acessrios vo aparecer com um ar de vintage, outras com uma cara super moderna. s escolher o que mais agrada e se jogar. Comeando pelos culos de sol redondos, eles vi-eram ganhando evidncia em algumas estaes atrs, mas nesse vero s vai dar ele. Mu-lheres com o rosto fino optem por modelos pequenos, j as mulheres com o rosto mais arredondado, escolha o maxi redondo, so espetaculares. Outra tendncia dessa estao sero os acessrios em boli-nha, eles no aparecem apenas nos colares e nas pulseiras, tambm esto com tudo nas bolsas e sapatos. Com vrios tamanhos e cores. E falando em bolinhas, as prolas tam-bm vo aparecer. E no s com o formato tradicional, chegam com uma nova rou-pagem, muito mais modernas. Se tratando de bolsas, a escolha certa para a primavera-vero ser as de mo, prticas e super modernas, as clutchs contam com uma tira, que deixam a bolsa mais presa a sua mo de maneira confortvel. Alm de contarem com sobreposies de cores e s vezes, fluores-centes ou metalizadas.Para as mulheres que gostam de usar chapeus no se preo-cupe, nesse vero ele vai estar mais charmoso e elegante do que nunca, vale a pena apos-tar. Eles vo aparecer em ta-manhos muito grandes para proteger o rosto dos raios no-civos, alm de dar um toque de extravagncia. E por fim um acessrio que no pode faltar em guarda roupa nenhum, o cinto. Ele da um ar sofisti-cado a qualquer look. Nessa estao vai aparecer com me-didas maxi, para ser usado na cintura, marcando a silhueta. Deixando qualquer mulher com muita atitude. - 1 tomate grande sem se-mente e picado - 1 salso pequeno picado - 1 sach de tempero de ervas e limoMolho: Em uma tigela, misture o azeite extra virgem, o pi-mento, o tomate, o salso e o tempero de ervas e limo. Arrume a alface em um prato, coloque o peixe no centro e despeje uma parte do molho. Coloque o restante do molho em uma molheira e sirva, acompa-nhando a salada. Dica: Se preferir, utilize outro peixe para o preparo.15#SOCIALSbado, 5 de outubro de 2013.ANIVERSRIOSDA SEMANANa ltima sexta-feira, dia 4, a Associao de Pais e Amigos dos Ex-cepcionais (APAE) de Balnerio Barra do Sul celebrou 20 anos de fundao. Fundada em 02/10/1993, a APAE constituda por pais, amigos, pessoas com necessidades especiais, voluntrios, profissio-nais e instituies parceiras, pblicas e privadas, para a promoo e defesa dos direitos de cidadania da pessoa com necessidades es-peciais e a sua incluso social.#20 anos da APAE de Balnerio Barra do SulAGENDACAIU NA REDEUm debate ideolgico tomou conta das redes so-ciais nas ltimas semanas. Uma carta que deveria ser apenas uma resposta a um trabalho univer-sitrio ganhou repercusso em importantes blogs de nvel nacional, entre outros veculos de mdia do Estado e do Brasil. O responsvel por isso foi o estudante Joo Victor Gasparino, 22 anos, da 3 fase do curso de Relaes Exteriores da Uni-vali, que se negou a fazer um trabalho sobre Karl Marx, em que deveria propor trs questes sobre o filsofo alemo, uma das principais referncias da doutrina comunista. Ao invs de fazer o trabalho, o aluno escreveu um manifesto. Eu repudio o filsofo Karl Marx e tudo o que ele representa e representou na histria da humanidade, sendo um profundo exerccio de resistncia estomacal falar ou ouvir sobre ele por mais de meia hora, iniciou Joo em sua carta.A notoriedade ao desabafo iniciou quando o jovem encaminhou o texto para uma amiga do blog Di-reita J. Quatro dias depois, o contedo foi publi-cado no blog do jornalista Rodrigo Constantino, da revista Veja, conhecida pelo sua tendncia direi-tista. A partir dali, o contedo contra o marxismo espalhou-se pelo pas e uma discusso acalorada tambm. Enquanto por um lado ele recebeu o apoio dos simpatizantes considerados de direita, a postura do estudante foi rechaada no apenas por adep-tos do comunismo, mas por defensores de que a influncia do filsofo na histria da humanidade no poderia ser excluda da vida acadmica pelo simples fato de representar uma corrente ideolgica. #Karl Marx #ParabnsBier Coast12/10 - Msica ao vivo (MBP, rock e pop rock) a partir das 22hSamurai Snooker Pub12/10 - Banda Corrente Sangunea (rock) Santana Bar e Bola12/10 - Banda Setor 5 (a partir das 22h) Challenge Rock12/10 - Jardim Eltrico Ultima Tribo13/10 - Pagode com Diego SoaresBailo do Silva12/10 - Banda Barbarela (a partir das 23h)18/10- Ivonir Machado e Os novos Garortos (a partir das 23h) #Barra Velha #Balnerio PiarrasBEM NA FOTO11 de outubroBruna Stanquevis8 de outubro Maicon Marquetti11 de outubro Evillyn Cristina#Penha8 de outubroDouglas Valdrich13 de outubroEurides SantosTrs promessas do surf de Bel-nerio Barra do Sul fizeram bonito na 3 etapa do Circuito Surfuturo, organizado pela Associao de Surf Praias de Itaja (Aspi), no ltimo sba-do. Aproveitando o tempo bom e as esquerdas famosas da praia da Atalaia, em Itaja, Andr Heiden venceu a ca-tegoria Mirim, com competi-dores at 16 anos. Na mesma categoria, Lo Mendes ficou em quinta colocao. Quem tambm subiu no lugar mais alto do pdio foi Luiz Mendes, que venceu na categoria Es-pumeiro, para surfistas at 10 anos. A prxima e ltima etapa do Sufuturo da Aspi acontece no dia 29 de novembro, quando a Associao ir premiar os campees da temporada.Mais uma etapa do Surf Treino neste sbadoOs surfistas de Balnerio Bar-ra do Sul e regio vo voltar a cair na gua neste sbado, dia 12, quando acontece na praia do Bispo a penltima etapa do circuito Surf Treino, organiza-do pela Associao de Surf da cidade, com apoio da Secre-taria de Esporte e Turismo. O evento volta a reunir os com-petidores das categorias Open, Jnior, Estreante, Interna e Longboard. Nesta etapa, alm da inscrio, cada participante ter que doar um brinquedo, que ser entregue na cozinha comuni-trio do municpio, visando fazer um Dia das Crianas diferente para as famlias carentes de Balnerio Barra do Sul.16 ESPORTE Sbado, 12 de outubro de 2013.Surfistas de Balnerio Barra do Sul so destaque em competio em ItajaUm empate era o que bastava para que o Marclio Dias con-quistasse o ttulo do Campe-onato Catarinense da Diviso Especial, a segunda diviso do futebol profissional de Santa Catarina. E foi o que aconteceu. Jogando diante de sua torcida, a equipe de Itaja empatou em um a um com o Brusque e levantou pela ter-ceira vez em sua histria o ttulo da competio. Os dois finalistas subiram para a elite do futebol catarinense no ano que vem.O Marinheiro, como conhe-cido, havia empatado na par-tida de ida da deciso por 0 a 0. No ltimo sbado, dia 5, diante de um grande pblico no estdio Dr. Herclio Luz, o Marclio Dias abriu o placar com Toni na segunda etapa. O gol de empate do Brusque, com Joo Paulo, j prximo do fim do jogo, no foi o su-ficiente para evitar que o torcedor marcilista gritasse campeo.Alm de marcar o gol con-siderado do ttulo, Toni foi o grande destaque do Marc-lio Dias na competio. Ele chegou a ser negociado com o Figueirense durante a tem-porada, mas a transao no ocorreu devido a um desen-tendimento entre empresrios e o clube da capital. O atacante foi o artilheiro do time no campeonato, com 8 gols, ao lado do outro ata-cante, Tardelli. Somando os jogos da Srie D do Brasileiro, Toni marcou 10 gols, sendo o principal goleador do Marclio no ano. Andr Heiden - Foto: internetFoto: DivulgaoFoto: PrefeituraO Lagoa Esporte Clube, de Balnerio Piarras, largou com tudo no returno do campeonato de futebol amador da Liga Itajaiense de Desportos (LID), uma das mais tradicionais competies da regio. Jogando dentro de casa, o Lagoa no tomou conheci-mento do Bambuzal, de Itaja, e aplicou uma goleada de 5 a 0. Neste domingo, o time piarrense joga novamente diante de sua torcida, recebendo o Trevo s 15h.Contra o Bambuzal, que foi vice-campeo do turno, o Lagoa abriu o placar com Fernandinho. Sass duas vezes ampliou para os donos da casa, que fecharam a goleada com Mateus e Amarildo. A equipe de Balnerio Piarras est no grupo B, junto com Dom Bosco, ACPCN e Fiza Lima. Nesta fase, os confrontos so contra as quatro equipes do grupo A. Os dois melhores de cada chave avanam para as semifinais. Depois de conquistar o ouro no circuito Sesc de Corrida em setembro, no ltimo domingo o corredor barravelhense Valdir Joo Raimundo Jnior, o Ju-ninho, ficou com o bronze em outra competio disputada na cidade de Joinville. Juninho chegou na terceira colocao na categoria dez quilmetros entre 18 e 29 anos do Circuito Unimed em nvel estadual. No geral, ele ficou na 14 colocao, de um total de 124 com-petidores desta prova. O Circuito Unimed reuniu ao todo 560 participantes.Embora tenha ficado em posies inferiores da classificao no Circuito Unimed em comparao com o evento realizado pelo Sesc, o atleta de Barra Velha pode comemorar uma me-lhora no seu desempenho. Isso porque ele baixou o tempo de 40 minutos e 20 segundos para 38 minutos e 49 segundos percorrendo a mesma distncia. Alm da medalha, Juninho re-cebeu ainda uma premiao em dinheiro. A prxima etapa do Circuito Unimed est marcada para o dia 20 de outubro, em Cricima.Lagoa estreia com goleada no returno da LIDMarclio Dias campeo da Diviso Especial e est de volta a elite do futebol profissional de Santa CatarinaCorredor de Barra Velha conquista o bronze no Circuito Unimed, em JoinvilleOs jovens entre 10 e 17 anos de Barra Velha j podem treinar gratuitamente a arte marcial Muay Thai no municpio. As aulas oferecidas pela Fundao Municipal de Turismo, Esporte e Cultura esto sendo ministradas nas segundas, quartas e sextas no ginsio de esportes Alfredo Jos de Borba, nos perodos da manh e da tarde. Mais informaes e inscries pelo telefone: 3457 0642. As aulas so ministradas pelo professor Hermes. No treinamento so feitos exerccios de socos, chutes, joelhadas e cotoveladas. H alongamento, exerccios aerbicos e tcnicos e os prati-cantes no so obrigados a lutar.Barra Velha oferece aulas gratuitas de Muay Thai