Jornal Voz do Itapocu - 26ª Edição - 26/10/2013

Download Jornal Voz do Itapocu - 26ª Edição - 26/10/2013

Post on 15-Mar-2016

217 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

26 Edio do Jornal Voz do Itapocu, com circulao nas cidades de Barra Velha, Araquari, Balnerio Piarras, So Joo do Itaperi e Balnerio Barra do Sul, em Santa Catarina. Distribuio gratuita nos pontos parceiros de distribuio. Acompanhe pelo Facebook: www.facebook.com/vozdoitapocu

TRANSCRIPT

<ul><li><p>BARRA VELHA- TRIBUNAL DE CONTAS ALERTA NOVAMENTE PARA EXCESSO EM FOLHA DE PAGAMENTO- MATIAS E FBIO ABSOLVI-DOS DE CASSAO </p><p>BALNERIO BARRA DO SULPREFEITO VAI A BRASLIA EM BUSCA DE R$5 MILHES PARA ASFALTAR COSTA DO ENCANTO MUNICIPAL</p><p>ARAQUARIAMBULNCIA DOS BOMBEIROS VOLUNTRIOS INCENDIADA</p><p>JORNAL</p><p>SBADO, 26 DE OUTUBRO DE 2013. ANO 1 - EDIO 026 - DISTRIBUIO GRATUITA</p><p>SEM FISCALIZAO: FUNDEMA NO TEM PLANTO AOS FINAIS DE SEMANA PARA FISCALIZAR DEGRADAO AMBIENTAL</p><p>Circulao: Araquari, Balnerio Barra do Sul, Barra Velha, So Joo do Itaperi e Balnerio Piarras</p><p>PG 9</p><p>SO JOO DO ITAPERIMORADORES FECHAM RUAS EM PROTESTO CONTRA POEIRA E CAMINHES PESADOS</p><p>PG 4</p><p>CULTURAEXPOSIO DE FOTOS MOSTRA HISTRIA DA REGIO NORTE</p><p>PG 11</p><p>PG 10</p><p>PG 3</p><p>PG 8</p><p>PG 13</p><p>PR-TEMPORADA: MORADORES </p><p>RECLAMAM DE EXCESSO NO SOM </p><p>AUTOMOTIVO E DESRESPEITO A NATUREZA EM BARRA VELHA </p><p>Polcia Militar pretende antecipar Operao Veraneio para cobir </p><p>infraes aos finais de semana</p><p>Ademar Borges tambm confirma emprstimo de R$1 milho do Badesc para compra de equipamentos para a secretaria de Obras</p><p>At carro incendiado apareceu na vegetao na </p><p>margem da lagoa .Foto: Claudia S. Prevedello</p><p>Incorporadora So Paulo ter que pagar multa de R$10 mil por dia se descumprir ordem do juz </p></li><li><p>Barra Velha tem passado nas ltimas semanas por momen-tos tensos em se tratando de segurana pblica. O crescente nmero assaltos que tm ocor-rido na cidade est assustando os moradores, e com razo. O modus operandi dos as-saltantes tem sido o mesmo: homens armados invadem a casa, rendem a famlia, levam carro, eletrnicos e dinheiro. Ou ento, esperam quando algum estiver chegando em sua residncia para abord-lo porto.Os grupos que tem agido na ci-dade e em todo o litoral Norte so atrados pelas deficin-cias do sistema de segurana pblica na regio. Mas este texto no especificamente </p><p>para tratar do que temos acompanhado semanalmente nas pginas do Voz do Itapocu, como as questes polticas de influncia junto ao governo do </p><p>Estado para angariar recursos e homens, a necessidade da sub delegacia de Itajuba, de </p><p>mais efetivo e de uma unidade mvel para a polcia militar.A questo levantada nesta se-mana do incmodo que cer-tas situaes, como as que a </p><p>populao de Barra Velha j </p><p>comeou a viver novamente na ltima semana, trazem. Som automotivo no talo, des-respeito com a praia e com o meio ambiente de forma geral j esto gerando reclamaes, </p><p>e nem chegamos em novem-bro. Todos os anos as mesmas ocorrncias se repetem e a proximidade com a temporada piora cada vez o quadro.Como bem destaca a polcia militar nesta edio, 60% das ocorrncias envolvem som au-tomotivo. No estamos falando aquele que pode ser considera-do como um esporte, em um local adequado e evento es-pecfico, onde as pessoas que </p><p>tem como hobby turbinar os falantes dos carros se encon-tram e duelam para ver quem faz mais barulho. Mas sim daqueles importunos que usam a beira da praia ou da lagoa para organizarem sua prpria rave, sem se impor-tar com o ambiente em volta. Como se todo mundo fosse obrigado a escutar s o que ele grupo pequeno - e geralmente alcoolizado - acha conveniente. Nesta etapa, cabe ao cidado incomodado acionar as autori-</p><p>dades. Assim, procedimento padro, ocupa-se a linha de telefone da polcia, ocupa-se o tempo dos policiais em ir l conversar ou at mesmo reco-lher o equipamento. Quando viaturas, soldados e estrutura poderiam estar apenas voltados a atentos para os crimes cada vez mais frequentes, observando e cap-turando possveis assaltantes ou traficantes, esto exercendo </p><p>sua funo de atender a socie-dade, mas por algo que no haveria sequer necessidade, se houvesse um pouco de bom senso e noo de vida real das turmas que j comearam a </p><p>atrapalhar a tranquilidade da populao. Depois, esses mesmos que for-am a comunidade a acionar a polcia, quando por ventura tiverem seus carros arromba-dos ou roubados, ou at mes-mo a sua famlia sob a mira de um revlver, vo para o Facebook cobrar atitude das autoridades, clamar por se-gurana e criticar os polticos. A, quando nem voc faz a sua parte, no adianta reclamar.</p><p>2 EDITORIAL Sbado, 26 de outubro de 2013.</p><p>Desrespeito e falta de bom senso</p><p>PREVISO DO TEMPOSBADO (26/10)</p><p>MX: 20 MN: 18</p><p>DOMINGO (27/10)</p><p>MX: 24 MN: 16</p><p>SEGUNDA-FEIRA</p><p>Sol com algumas nuvens</p><p>(28/10)</p><p>MX: 20 MN: 10</p><p>Informaes do Centro de Informaes de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (Ciram) da Epagri</p><p>EXPEDIENTE</p><p>Tiragem: 5 mil exemplares / distribuio gratuita / semanrio Circulao: Araquari, Balnerio Barra do Sul, Balnerio Piar-</p><p>ras, Barra Velha e So Joo do Itaperi</p><p>Reportagem Carolina Nunes</p><p>Alan Willian</p><p>DiagramaoGermana Souza</p><p>Edio Anderson Davi</p><p>Departamento Comercial Israel Voigt</p><p>DistribuioLucas de Oliveira</p><p>ColaboradoresAngelita Borba de Souza</p><p>Lgia Delazzeri R. BalbinottDaniela Censi</p><p>Marcos Zaleski de MatosVolnei Antnio de Souza</p><p>Claudia S. Prevedello Percival Teixeira</p><p>Jornalista Responsvel Flvio Roberto DRT: 02494 JP </p><p>UMA PUBLICAO REDAOAv Santa Catarina, 1192 - SobrelojaCentro - Barra Velha - SCCEP: 88390-000</p><p>Colunas, artigos, cartas, e-mails enviados e assinados so de inteira responsabilidade de seus autores. O contedo no </p><p>expressa, necessariamente, a opinio do jornal.</p><p>CONTATOS</p><p>(47) 3456 1194</p><p>Reportagem - jornalismo@vozdoitapocu.com.brComercial - comercial@vozdoitapocu.com.brColunistas - colunas@vozdoitapocu.com.brColuna Social - social@vozdoitapocu.com.br</p><p>VEJA ONDE ENCONTRAR O JORNAL DE FORMA GRATUITA TODOS OS SBADOS:www.vozdoitapocu.com.br</p><p>FACEBOOK</p><p>NOTCIAS DIRIAS DA NOSSA REGIO.</p><p>No leu as edies anteriores do Voz do Itapocu?</p><p>Acesse:www.issuu.com/vozdoitapocu e leia na ntegra a edio virtual do jornal, de forma interativa e prtica.</p><p>Sol com chuva no inicio do dia</p><p>Encoberto com chuva</p><p>ANUNCIE (47) 3456 1194 / comercial@vozdoitapocu.com.br</p></li><li><p>3GERALSbado, 26 de outubro de 2013.</p><p>Aps trs meses da primeira notificao, o prefeito de Barra Velha, Claudemir Matias, re-cebeu um novo alerta do Tri-bunal de Contas do Estado de Santa Catarina (TCE-SC). De acordo com o comunicado, a administrao local teria ex-cedido as despesas com a fo-lha salarial. O documento foi publicado no Dirio Oficial do TCE e recomenda que o gestor municipal tome providncias para sanar o problema. Hoje, a prefeitura municipal gasta aproximadamente R$ 1.700,00 com funcionrios.Pela Lei da Responsabilidade </p><p>Fiscal, fica vetado ao munic-pio comprometer at 54% da sua receita com a folha de pagamento dos funcionrios pblicos. Ao infringir, o mu-nicpio pode perder o repasse de verbas estaduais e federais, alm de ficar proibida a con-tratao de novos funcionri-os. Em Barra Velha a porcen-tagem chegou 57,39%, mas a secretria de Administrao e Finanas, Ana Carolina Lu-cena Gomes, ressalta que o municpio no ser afetado e ainda tem todo o direito de continuar recebendo convni-os e repasses.</p><p>De acordo com ela, o docu-mento apenas um alerta no qual leva em conta os ltimos doze meses de administrao, sendo assim, inclui nmeros do governo anterior. Os prprios responsveis por enviar o comunicado esto cientes que nessa porcenta-gem est includo dois meses da gesto passada. Quando chegar dezembro, tero os doze meses do nosso governo e esse nmero estar normalizado. Eles realmente s mandando o alerta porque precisam mandar. Ana revela que desde a chegada do co-</p><p>municado, a porcentagem de comprometimento j baixou mais alguns pontos. Ainda segundo ela, a gesto passada chegou a atingir o valor de R$1.900,00 com fo-lhas salariais. Na gesto Ma-tias, apesar de ter aumentado em aproximadamente 50 fun-cionrios, a folha salarial tem um valor mais baixo. O prefeito Claudemir Matias justifica o alerta dizendo que a queda de receita fez com que os nmeros da folha salarial subissem, comprometendo mais o oramento. Matias diz que a prefeitura est estudan-</p><p>do novos planos de ao para aumentar a receita, fazendo com que a porcentagem da folha caia novamente e a situ-ao volte a ficar estvel. Ainda de acordo com Ana Carolina, a Prefeitura mantm a prioridade de contratao de servidores como mdicos e professores, mas adotou pro-grama de conteno de cus-tos, dispensando servidores, reduzindo gastos com mate-rial de expediente, e horas de servios de mquinas da se-cretaria de Obras.</p><p>Prefeitura de Barra Velha recebe nova notificao por excesso de gastos na folha de pagamento</p><p>Projeto Retratos de Santa Catarina, da Record News, divulga Balnerio Piarras neste sbado </p><p>Neste sbado s 13h ser a vez de Balnerio Piarras ser divulgada pelo projeto Re-tratos de Santa Catarina, que exibido em mbito estadual, pela Record News, canal per-tencente Rede Record de Televiso. O projeto que j es-teve em mais de vinte cidades do estado, e pretende mos-trar todas as cidades de Santa Catarina, esteve no municpio na ltima semana gravando um curta-metragem. Entre os pontos explorados neste projeto esto: pon-tos tursticos, a produo da pesca artesanal e depoimen-</p><p>tos de moradores, turistas e personalidades como o ex-governador do estado, Leonel Pavan,que comentou sobre o apreo especial que tem pela cidade.O Museu Oceanogrfico, ain-da no inaugurado, tambm serviu de cenrio para o pro-jeto, alm de ensaios da Asso-ciao Parafolclrica Angelina Blahobrazoff. As gravaes foram acompan-hadas pela Secretria de Tu-rismo e Cultura (Setur), Susan Corra, que juntamente com a equipe da Setur e a apresenta-dora do programa definiram </p><p>um roteiro para as gravaes, Tentamos mostrar atravs das entrevistas e das belas im-agens do municpio que Bal-nerio Piarras est preparada para receber visitantes e turis-tas de todo o Estado, diversi-ficando os atrativos naturais, culturais e gastronmico.O vdeo ser disponibilizado na internet at o final dessa semana, onde tambm ser utilizado para divulgao tu-rstica do municpio, atravs da Secretaria de Turismo e Cultura em diversos eventos e mdias.</p><p>Programa ser exibido para todo o estado s 13h atravs do canal pertencente Rede Record de Televiso.</p><p>A ideia central do projeto, desenvolvido pela DV3, permitir as pessoas que nunca foram a determinado municpio de Santa Catarina, por menor que seja, possam saber mais sobre o mesmo, como surgiu o municpio, costumes lo-</p><p>cais, atrativos tursticos, onde fica, do que eles vivem, entre outras curiosi-dades.Os vdeos que fazem parte deste projeto podem ser acessados pelo site www.dv-3video.com.br</p><p>Projeto </p><p>Foto: Divulgao Prefeitura</p></li><li><p>4 GERAL Sbado, 26 de outubro de 2013</p><p>Moradores bloqueiam ruas de So Joo do Itaperi em protesto contra a poeira e o fluxo constante de caminhes</p><p>Moradores do bairro Porto, em So Joo do Itaperi, fecharam duas ruas na tarde da ltima segunda-feira, dia 21, em forma de protesto. A reclamao dos moradores da rua Romrio de Souza Borges e da rua Evilzio Justino Ra-mos contra a poeira em ex-cesso e os pesados caminhes das empresas de extrao de areia que transitam pelo local. Indignados, os moradores im-pediram o trfego de veculos e alertaram para que as autori-</p><p>dades resolvam o problema. De acordo com um dos re-sponsveis pela reivindicao e morador a 51 anos da rua Romrio de Souza Borges, Amilton Jos Pereira, solues j foram cobradas, mas at o momento nada foi feito. Tive-mos uma reunio na Cmara de Vereadores a cerca de 20 dias, e at agora nada. Ns s queremos que um caminho pipa passe molhando a rua e evitando que a poeira suba.Amilton lembra ainda que a </p><p>ltima vez que uma melhoria foi realizada partiu de um ve-reador, A ltima vez que um caminho pipa passou aqui foi nos dias 10, 11 e 12 deste ms e foi pago pelo vereador Antnio Carlos Lima, caso contrrio no teria como fazer a cavalgada de Nossa Senhora Aparecida. Mas isso tem que partir da prefeitura, por isso vamos continuar fechando a estrada at isso ser resolvido, afirma. </p><p>Prefeito Rovni Delmonego estuda solues e cobra que empresas extratoras de areia minimizem transtornos </p><p>So Joo do Itaperi ir ganhar 10 outdoors da SanturSo Joo do Itaperi em breve ter 10 outdoors de divul-gao do municpio em ro-dovias catarinenses. Aps a solicitao da Secretaria de Esporte, Turismo e Lazer da cidade a Santa Catarina Turis-mo S/A (Santur), o diretor de marketing da Santur, Haroldo de Oliveira Silva, realizou uma visita ao secretrio Anderson </p><p>Catafesta e o vice-prefeito, Gilberto Azevedo, confirman-do o pedido. A Santur per-tence ao Governo do Estado. Entre os dias 12 e 13 de no-vembro, o reprter fotogrfico Norberto Cidade estar cap-turando imagens de So Joo do Itaperi com o objetivo de criar um inventrio fotogr-fico. Destas fotos, a prefeitura </p><p>ir escolher 10 imagens para exibio em outdoors disponi-bilizados pela prpria Santur. Alm disso, um banco de da-dos com imagens da cidade, mostrando as belezas naturais e incentivando o turismo em seu territrio, tambm ser criado. </p><p>Prefeito estuda solues a curto e longo prazoDe acordo com o prefeito Rovni Delmonego, solues j esto sendo estudadas para minimizar os problemas decorrentes do trfego de caminhes, da lama e poeira dessas estradas.Entre elas est a reestrutu-rao da estrada da beira do rio, que hoje est intransitvel para os caminhes que trans-portam areia. Esses cami-nhes sempre passaram pela beira do rio, mas uma parte da estrada desabou do lado de Barra Velha. Para resolver rpido So Joo ir ceder macadame e barro para ar-rumar, estamos aguardando apenas a liberao de uma licena da Fatma. </p><p>Enquanto isso no se torna possvel, Rovni cobra atitude dos proprietrios dos postos de areia em uma reunio re-alizada no ltimo dia 11. Se-gundo ele, os empresrios Adilson Otto e Levi de Souza, representantes das empre-sas extratoras de areia do Rio Itapocu, estiveram na prefeitura para discutir o fluxo constante dos veculos pesa-dos, que de acordo com o pre-feito deveriam transportar 18 kg, mas transportam 40 kg. Nesta reunio os represen-tantes se comprometeram a utilizar caminho pipa para minimizar o problema da poeira, Hoje (segunda-feira, 21) eu liguei para o senhor </p><p>Levi e cobrei novamente uma soluo. Se no for resolvido terei que pedir um auxlio para a promotoria, comenta Rovni. O municpio possui 250 quilmetros de estrada de cho, se ns formos molhar uma rua vamos ter que molhar todas, mas hoje a prefeitura no tem condies e ns no temos um caminho pipa, argumenta o prefeito. O chefe do Executivo informa tambm que est pleiteando junto ao Ministrio das Cidades R$5 milhes para asfaltar toda a extenso da rua Romrio de Souza Borges.</p><p>Quanto ao bloqueio realizado pelos moradores, Delmonego comenta que essa ao foi promovida pela oposio poltica ao seu go-verno. O Amilton j foi vere-ador e como vereador no resolveu o problema da rua onde mora, agora quer fazer agito. No tem o que fazer, se eles acham legtimo o que es-</p><p>to fazendo, deveriam ter um critrio. O problema a poe-ira causada pelos caminhes das empresas de areia, ento eles no deveriam deixar es-ses caminhes passarem, mas eu soube que teve gen-te doente que foi impedido de vir no postinho, isso no pode, reclama.</p><p>Oposio</p><p>Em complemento ao dis-posto no art. 1 do Decreto n 1.332, de 7 de janeiro de 2013, excepcionalmente no dia 28 de outubro de 2013, segunda-feira, Dia do Servidor Pblico, ser considerado ponto faculta-tivo nos rgos e nas enti-</p><p>dades da administrao direta, autrquica e funda-cional do Pod...</p></li></ul>