Jornal Voz do Itapocu - 1 Edio - 4/05/2013

Download Jornal Voz do Itapocu - 1 Edio - 4/05/2013

Post on 27-Mar-2016

214 views

Category:

Documents

1 download

DESCRIPTION

1 Edio do Jornal Voz do Itapocu, com circulao nas cidades de Barra Velha, Araquari, Balnerio Piarras, So Joo do Itaperi e Balnerio Barra do Sul. Distribuio gratuita nos pontos parceiros de distribuio. Acompanhe pelo Facebook: http://www.facebook.com/vozdoitapocu

TRANSCRIPT

  • JORNAL

    SBADO, 4 DE MAIO DE 2013. ANO 1 - EDIO 001 - DISTRIBUIO GRATUITA

    FGTS: CERCA DE 800 PESSOAS J SE CADASTRARAM EM BARRA VELHA

    E MAIS: ESCLARECEMOS AS PRINCIPAIS DVIDAS QUE SURGIRAM NA PRIMEIRA SEMANA / QUAIS OS DOCUMEN-TOS NECESSRIOS / SO CRISTVO: SAIBA QUAL A DATA DE FAZER O CADASTRO NA PRXIMA SEMANA

    Atingidas pela enchente nos bairros Itajuba e Medeiros foram os primeiros a se cadastrar

    PROTESTO NA PISTACOMUNIDADE DE SO JOO DO ITAPERI COBRA MELHORIAS NA CURVA DA MORTE

    O EQUILBRIO EN-TRE DESENVOLVI-MENTO E ECONO-MIA EM ARAQUARI

    NA ROTA DOSINVESTIMENTOS

    PG 11 PG 8

    POLTICALIA DA BANCA ASSUME CADEIRA NA CMARA

    ESPORTESURF EM BALNERIO BARRA DO SUL

    CULTURAHOJE TEM DANA EMBALNERIO PIARRAS

    PG 7 PG 13 PG 16

    PG 4

    Circulao: Araquari, Balnerio Barra do Sul, Barra Velha, So Joo do Itaperi e Balnerio Piarras

  • 2 EDITORIAL Sbado, 4 de maio de 2013.

    Fundar um jornal instalar um farolCom efeito, qual o destino de um farol?Alertar sobre algum perigo o navio que singra os altos mares, ou nortear-lhe a rota a seguir. Assim, o jornal, mostra ao povo as foras, fraquezas, oportunidades e ameaas, ao mesmo tempo em que orienta na direo a seguir.Grande , pois, a respon-sabilidade que um Jornal assume perante a comuni-dade. Alavanca da opinio deve o jornal cercar-se de cuidados, para que a opinio pessoal de seus redatores no venha in uir de maneira negativa no leitor.A comunicao , sem duvi-da, atualmente, a maior for-a que o ser humano possui. Comunicao com o povo por meio do rdio, televiso e jornal, tem seus mtodos

    e caractersticas prprias. Se o rdio e TV ganha em extenso, o jornal lhes leva vantagem em profundidade. Enquanto o rdio e TV des-perta a ateno,o jornal traz a notcia completa, deta-lhada, satisfazendo, assim, a curiosidade do leitor.O Jornal tem para com seu pblico deveres e responsa-bilidades que o inibe de deri-var para o sensacionalismo. rgo essencialmente in-formativo, a ele cabe colocar seus leitores a par dos prin-cipais acontecimentos sem deturpa-los ou altera-los.Da decorre a grande respon-sabilidade que pesa sobre a equipe envolvida, devero estes ser dotados de slida formao cultural, moral, tica e ter nimo contra as investidas de interesses subalternos.

    No sem razo que a im-prensa considerada o quarto poder. Sentinela vigi-lante, a ela compete retratar os atos daqueles que esto no poder pblico.Conquistar a simpatia dos leitores, o VI dever ter suas antenas receptoras constantemente voltadas para este propsito, a m de captar-lhe os anseios, para em letras de forma, fazer chegar at aqueles os quais esto afetos ao bem estar geral.O Jornal , pois, um farol a rebater as trevas e a voz a impulsionar conhecimento, habilidade e atitude.Essa a nossa proposta, ter voz e dar condies para que todos tenham.VOZ do ITAPOCU, a palavra sua.

    PREVISO DO TEMPOSBADO

    Sol e pancadas de chuva entre a tarde

    e noite

    (4/05)

    MX: 31 MN: 21

    DOMINGO

    Sol com chuva noinicio do dia

    (5/05)

    MX: 24 MN: 20

    SEGUNDA-FEIRA

    Sol com algumas nuvens

    (6/05)

    MX: 23 MN: 15

    Informaes do Centro de Informaes de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (Ciram) da Epagri

    EXPEDIENTE

    Tiragem: 5 mil exemplares / distribuio gratuita / semanrio Circulao: Araquari, Balnerio Barra do Sul, Balnerio Piar-

    ras, Barra Velha e So Joo do Itaperi

    Reportagem Carolina Nunes

    DiagramaoGermana Souza

    Edio Anderson Davi

    Departamento Comercial Claudia Prevedello

    ColaboradoresAngelita Borba de SouzaLgia Delazzeri Rodrigues

    BalbinottLino Pedro de Araujo FilhoVolnei Antnio de Souza

    Jornalista Responsvel Flvio Roberto DRT: 02494 JP

    UMA PUBLICAO REDAOAv Santa Catarina, 1192 - SobrelojaCentro - Barra Velha - SCCEP: 88390-000

    Colunas, artigos, cartas, e-mails enviados e assinados so de inteira responsabilidade de seus autores. O contedo no

    expressa, necessariamente, a opinio do jornal.

    CONTATOS

    (47) 3456 1194

    Reportagem - jornalismo@vozdoitapocu.com.brComercial - comercial@vozdoitapocu.com.brColunistas - colunas@vozdoitapocu.com.brColuna Social - social@vozdoitapocu.com.br

    VEJA ONDE ENCONTRAR O JORNAL DE FORMA GRATUITA TODOS OS SBADOS:www.vozdoitapocu.com.br

    FACEBOOK

    NOTCIAS DIRIAS DA NOSSA REGIO.

    Qual a sua opinio sobre os vecu-los de som que passam nas ruas fazendo propagandas e comunica-dos?

    1 Sou contrrio, trata-se apenas de poluio sonora.2 No me incomoda, mas tambm no me acrescenta em nada.3 Acho legal, divulga informaes de empresas e servios.

    VOTE NO FACEBOOK:www.facebook.com/

    vozdoitapocu

  • O Ministrio da Sade pror-rogou a campanha nacional de vacinao contra a gripe In uenza e o pblico alvo tem at sexta-feira, dia 10, para se imunizar nas unidades de sade municipais. At a ma-nh de ontem, dia 3, Balnerio Piarras, Barra Velha, So Joo do Itaperiu, Araquari e Balnerio Barra do Sul totali-zavam 12581 vacinados desde quando a campanha comeou, no dia 15 de abril. Juntas, as cinco cidades somam cerca de 19 mil pessoas no grupo de risco. A vacinao era para ocorrer at o dia 26 do ltimo ms, mas devido a baixa adeso da

    populao, o Ministrio de Sade estendeu o prazo por duas semanas. Na regio, as estatsticas seguiram a mdia nacional. At o dia 26, menos de 50% dos moradores que deveriam se vacinar haviam procurado as unidades de sade. A imunizao protege contra os trs subtipos do vrus In u-enza que mais circularam no inverno passado. A (H1N1), conhecido popularmente como gripe suna, A (H3N2) e B. O objetivo reduzir as complicaes, internaes e mortes decorrentes da gripe em determinados grupos da populao.

    Vacinaovai at sexta-feira

    GRIPEINFLUENZA

    At dia 2, ainda faltavam se vacinar 6500 pessoas na regio

    Yoga uma palavra que descende do snscrito, uma lngua indiana dentre as mais antigas do mundo. O yoga masculino, ou seja, chamamos o yoga e o som da letra o fechado. O yoga uma prtica que nasceu h mais de 5 mil anos, e continua at os dias de hoje como umas das melhores maneiras de man-ter o corpo e a mente em perfeito equilbrio. O yoga vem da raiz snscrita yuj, que signi ca unir, religar, atar. Um dos objetivos do yoga o de nos unir com o princpio criador, de buscar nosso ser interno. Unindo corpo, mente e esprito conseguiremos estar em contato com nossa essn-cia divina e despertamos para uma nova conscincia. No existe um yoga que seja verdadeiro, o que existe so sete linhas clssicas, com estilos diferentes e que abordam prticas diferenciadas. A linha que apresento vocs o Hatha Yoga. Esta linha tem como foco as prticas

    fsicas e respiratrias com o objetivo de energizar os canais sutis da nossa conscincia, mantendo nosso corpo em equilbrio para uma sade perfeita. O hatha yoga tem como foco preparar nosso corpo para prticas de meditao.Dentre tantos benefcios que a prtica de hatha yoga proporciona, posso cit-la como excelente auxiliar no fortalecimento muscular, melhora postural, estimula a circulao sangunea, exibiliza o corpo, aumenta a concentrao e promove a longevidade, bem-estar e equilbrio emocional. O yoga uma prtica completa que traz serenidade, quietude e clareza mental. Para a prtica de yoga voc deve utilizar roupas confor-tveis, leves e que permi-tam o movimento do corpo sem interferncias. Seja bem vindo esta prtica que desperta fora, exibilidade, concentrao e serenidade. Seja bem vindo ao Yoga.

    OS NMEROS DA VACINAO NA REGIO

    YogaInstrutora de Yoga Lgia Delazzeri Rodrigues Balbinotti e-mail: ligiadelazzeri@yahoo.com.br

    3GERALSbado, 4 de maio de 2013.Foto: internet

    Quem deve ser imunizado:- crianas com idade entre seis meses e dois anos- idosos com mais de 60 anos- trabalhadores de sade - gestantes- indgenas, presos e as - mulheres em ps-parto de at 45 dias - Portadores de doen-as crnicas devem apresentar um atestado mdico para receber a vacina.

    CIDADE PESSOAS VACINADAS

    META POSTOS DE SADE

    BARRA VELHA 3476 6344 Centro, So Cristvo, Itajuba e Sertozinho.

    BALNERIO PIARRAS

    3001 4405 Santo Antnio, Morro Alto, Nossa Senhora

    da Paz, Nossa Senhora da Con-

    ceio e Bella Vista.ARAQUARI 3045 4900 Corveta, Itinga,

    Barra do Itapocu, Rainha, Itapocu,

    Morro Grande, Porto Grande e no pronto-atendimento (PA) Aci Ferreira de Oliveira.

    BALNERIO BARRA DO SUL

    2458 2600 Unidade de Sade Getel Mendes.

    SO JOO DO ITA-PERI

    601 845 Central, Santa Cruz, Santo Antonio e Porto

    do Itaperiu.

    Aulas de Yoga com a instrutora Lgia em Barra Velha: segundas e quartas s 16h e 19h na Av. Santa Catarina, 1192, sobreloja, Centro. Aula inaugura gratuita nesta segunda-feira s 19h, venha participar!

    Professores da rede munici-pal, funcionrios do frum e da prefeitura de Barra Velha iniciaram nesta semana o curso da Lngua Brasileira de Sinais (Libras), com obje-tivo de estreitar o contato de servidores pblicos com os portadores de de cincia auditiva, adequando-se a legislao brasileira. De acordo com a Coordena-dora da Educao Especial, Mrcia Aparecida Rodrigues, 44 pessoas esto divididas em duas turmas para realizar o curso, que tem uma carga de 80 horas. Nem todas as pes-soas que inicialmente tinham interesse compareceram para

    fazer a inscrio, por isso oito vagas foram abertas na quarta-feira, comunica. Estas vagas esto disponveis para a comunidade e os interessados podem fazer a inscrio na prxima quarta-feira, no local da aula. As aulas esto sendo minis-tradas por uma professora/instrutora e uma interprete, com turmas nas segundas-feiras na Secretaria Mu-nicipal de Educao e Cultura (SEMEC) iniciando s 19h s 22h. Nas quartas-feiras, o curso na escola Professora Antonia Gasino de Freitas, no mesmo horrio.

    Secretaria de Educao capacita profes-sores e servidores com curso de libras

    Fonte: Sistema de Informao do Programa Nacional de Imunizaes (SI-PNI)

  • FGTS: Cadastro em Itajuba encerrou ontem com cerca de 800 pessoas bene ciadas

    Encerrou ontem o cadastra-mento realizado pela Caixa Econmica Federal dos mora-dores das ruas atingidas pela enchente nos bairros Itajuba e Medeiros, em Barra Velha, que optaram por fazer o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Servio (FGTS). De acordo com a Secretaria de Assistn-cia Social, que auxiliou na ao, cerca de 800 pessoas foram at o Salo da Igreja Senhor Bom Jesus apresentar a documentao necessria para ter acesso ao benefcio. A partir desta segunda-feira, dia 6, a equipe de cadastro formada por funcionrios da Caixa e da prefeitura estar no salo da igreja do bairro So Cristvo, atendendo esta comunidade. O cronograma

    de cadastro dos moradores feito por ordem alfabtica, de acordo com a letra inicial do trabalhador bene ciado (veja calendrio abaixo). A Secretaria listou 366 ruas de Barra Velha que foram

    atingidas pela enchente, no qual cada moradores poder retirar at R$ 6.220.00. Seg-undo a Caixa, o valor solici-tado estar disponvel para o cidado cerca de 15 dias aps o cadastro.

    4 GERAL Sbado, 4 de maio de 2013.

    A partir de segunda-feira, cadastro acon-tece no bairro So Cristvo

    Os moradores que estiveram no Salo da Igreja Senhor Bom Jesus, em Itajuba, re-alizando o cadastro para o saque do FGTS caram sa-tisfeitos com o atendimento recebido por funcionrios da Caixa e da prefeitura do mu-nicpio. o caso de Lucia Bastel-mann, moradora da rua

    Otvio Oziris Munhoz tam-bm atingida pela enchente do incio do ms. A senhora de 61 anos esteve no posto temporrio de cadastra-mento na ltima tera-feira e contou que no encontrou di culdades para realizar o cadastro, Foi rpido e fcil, agora dentro de 15 dias vou receber o meu FGTS.

    Moradores aprovam atendimento

    TABELAS COM O CRONOGRAMA DE CADASTRO DAS PRXIMAS

    DUAS SEMANAS

    Para solicitar o saque do FGTS necessrio levar uma cpia e o original dos seguintes documentos:

    - Carteira de trabalho nas seguintes pginas: foto, quali cao civil, todos os contratos de trabalho. Se o traba-lhador tiver mais de uma carteira de trabalho, ser necessrio a apre-sentao de todas, com suas cpias.

    - Carteira de identidade

    - Um comprovante recente de residncia (at 120), como faturas de gua, luz ou telefone

    - Nmero do PIS

    - Carto do Cidado da Caixa: (caso no tenha, o cidado poder efetuar o cadastro, mas ter que solicitar o carto para o saque)

    Pessoas atingidas pela en-chente que no possuem comprovantes de residncia como: conta de luz, telefone e conta de gua ou traba-lhadores que moram com parentes ou amigos em ca-sas atingidas, como devem proceder? Na falta do comprovante de residncia, o titular da conta vinculada poder apresentar uma declarao autenticada em cartrio. Esse documento, juntamente com os documen-tos pessoais da pessoa de-vero ser levados na Secreta-ria de Assistncia Social para que seja atestando que o tra-balhador residente na rea afetada. Neste caso o contrato de aluguel tambm ser aceito para comprovar residncia.

    Donos de casa de veraneio atingidas pela enchente tam-bm tero direito ao saque do FGTS?No. Somente moradores resi-dentes do municpio tm direi-to ao saque do fundo de garan-tia do tempo de servio. Caso um veranista efetue o saque como morador de Barra Velha, a situao pode ser conside-rada fraude e ter implicaes jurdicas.

    Os cartes do Governo Feder-al emitidos pela Caixa substi-tui o carto do cidado?No. Somente o carto da Bol-sa Famlia ser aceito no lugar no carto do cidado na hora do saque nas casas lotricas e na agncia da caixa.

    O Voz do Itapocu esclarece as dvidas mais comuns que os moradores tiveram na primeira semana de cadastro:

    Para o saque do FGTS o morador ter que apresentar o Carto Cidado. O saque poder ser realizado de trs formas: nas casas lotricas, na agncia da Caixa ou atravs do depsito em conta para clientes do banco. Quem no tiver o carto, deve solicit-lo por meio do telefone 0800-726-0207 ou em qualquer agncia da Caixa.

    Por que ter o Carto Cidado:

  • 5 Conferncia das Cidades acontece na sexta-feiraObjetivo reunir propostas de polticas pblicas para o desnvolvimento urbano das cidadesA prxima sexta-feira, dia 10, foi a data escolhida pelas ci-dades de Araquari e Balnerio Piarras para realizarem a etapa municipal da 5 Con-ferncia das Cidades. Esta a primeira fase da conferncia, que est sendo realizada em todo o pas e foi implantada pelo Ministrio das Cidades, com o objetivo de reunir propostas de polticas pbli-cas para o desenvolvimento urbano.As conferncias municipais foram convocadas pelo Poder Executivo, mas devem con-tar tambm com as presenas do Legislativo e da sociedade civil. Desta forma, entidades representativas de vrios seg-mentos da sociedade podero colocar em pauta temas im-

    portantes que devem ser le-vados para a etapa estadual e, na sequncia, nacional. Nesta fase tambm sero eleitos os delegados que representaro os municpios na conferncia estadual, no segundo semestre deste ano.A 5 Conferncia dividida em quatro eixos de discusso: a participao e controle so-cial no Sistema Nacional de Desenvolvimento Urbano (SNDU), o Fundo Nacional de Desenvolvimento Urbano (FNDU), os instrumentos e polticas de integrao interse-torial e territorial e as polticas de incentivo implantao de instrumentos de promoo da funo social da propriedade. A fase nacional acontece entre os dia 20 e 24 de novembro.

    5GERALSbado, 4 de maio de 2013.

    A Conferncia em Araquari ser realizada no auditrio da Prefeitura, das 8h s 18h de sexta-feira. Entre os grupos locais convidados pela prefeitura para participar esto representantes do setor empresarial, do setor de trabalhadores, organizaes no governamentais relaciona-das com a defesa do meio ambiente, represen-tantes da categoria pro ssional relacionada ao desenvolvimento urbano, representantes das localidades de planejamento e os membros da

    comunidade. Quem quiser acompanhar, no precisa se inscrever antecipadamente.A programao tambm contar com a palestra do coordenador do setor de planejamento da Associao dos Municpios do Nordeste de San-ta Catarina (AMUNESC), Luiz Antnio Luz Constante. O tema da palestra ser A importn-cia do Sistema Nacional de Desenvolvimento Urbano e os Desa os para sua Efetivao.

    ARAQUARI - AUDITRIO DA PREFEITURA

    Em Balnerio Piarras a Conferncia das Ci-dades acontece no auditrio da Univali, a partir das 13h. Os interessados em participar devem realizar a sua inscrio na Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Econmi-co Sustentvel ou atravs do e-mail: analisepro-jetos@picarras.sc.gov.br, at esta quarta-feira, dia 8.De acordo com a diretora de planejamento da

    prefeitura, Carolina Ferreira, importante a participao da populao para colaborar na elaborao de propostas baseadas nos temas estabelecidos pelo Ministrio. Para auxiliar os participantes, a Amfri indicou o engenheiro Joo Luis de Mantova, que falar principal-mente sobre o Sistema Nacional de Desenvolvi-mento Urbano.

    BALNERIO PIARRAS - AUDITRIO DA UNIVALI

    Divulgao: Ministrio das Cidades

  • Uma semana aps o retorno das aulas, novo calendrio esco-lar ainda no foi de nidoAlunos perderam dois meses do ano letivo por conta de interdio na Escola David Pedro Espndola, em Barra VelhaComo ca o calendrio es-colar aps dois meses de in-terdio? Esta a dvida que paira na cabea de toda a co-munidade escolar do colgio estadual David Pedro Espn-dola, em Barra Velha, que retomou as aulas apenas na l-tima segunda-feira. A questo segue sem uma de nio por parte da Gerncia de Edu-cao (Gered) da Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR), em Joinville. Na quinta-feira a diretora Elizabeth Nunes Barcelos Guiradelli foi at Joinville tratar do assunto com a co-ordenao pedaggica da Gered, mas retornou sem uma proposta de nitiva para apre-sentar comunidade. Eles

    (coordenadores pedaggicos) viro a Barra Velha na prxi-ma tera-feira para mais uma reunio, comenta a diretora. Como consequncia da ida em vo a SDR, Elizabeth tambm cancelou a reunio que faria com pais, alunos e profes-sores sobre a recuperao do ano letivo na noite de hoje, na prpria instituio. A reunio seria para apresentar e debater o novo calendrio, que ainda no est decidido, justi ca.A maior preocupao com as turmas do terceiro ano do ensino mdio. Eles precisam estar preparados para fazer o Enem em outubro e depois o vestibular no nal do ano, para aqueles que desejam en-trar na faculdade, explica.

    Na primeira semana aps o re-torno das aulas, nem todos os alunos dos cerca de 850 que se matricularam no inicio do ano retornaram a instituio. A baixa mais considervel foi no segundo ano do ensino mdio: 20 estudantes trocaram de es-

    cola e por isso a direo ter que extinguir uma turma.No inicio da semana, apenas 65 dos 86 alunos do segundo ano haviam retornando, obri-gando a direo da escola a reduzir para duas as turmas desta srie. Com a alterao,

    toda a grade de aulas das ou-tras 29 turmas ter que ser alterada. Muitos professores dos 54 que lecionam na David Pedro Espndola devem perder benefcios recebidos por aulas ministradas. A estimativa que alguns, especialmente os

    ACTs (contrataes temporri-as), tenham um prejuzo de at 10% de seus salrios.So problemas que vamos ter que administrar, conversar com alunos, pais e profes-sores, contar com a compreen-so da comunidade, avalia.

    Mais problemas: escola perdeu mui-tos alunos com in-

    terdio e ter que excluir uma turma

    6 GERAL Sbado, 4 de maio de 2013.

  • Lia da Banca assume cadeira na Cmara de Vereadores de Barra Velha

    TROCA NO PODERLEGISLATIVO

    Vereador Ivo Iber deixou a Cmara para as-sumir a Fundema

    Com um plenrio lotado, to-mou posse na Cmara de Ver-eadores de Barra Velha nesta quinta-feira, dia 2, a vereadora Marsileia Reits (PSB), popu-larmente conhecida como Lia da Banca. A candidata era a primeira suplente da sua coligao e assumiu o lugar do vereador Ivo Iber Gon-alves (PSB), conhecido no municpio como Dr. Ivo, que sai para assumir a presidn-cia da Fundao Municipal do Meio Ambiente (Fundema), no Poder Executivo.Lia fez 513 votos na ltima eleio, 97 a menos que o titular. Em seu primeiro dis-curso, a vereadora se emo-cionou ao lembrar dos apoia-dores de sua campanha e fez questo de frisar que dar prioridade ao seu bairro de origem, a Itajuba. Segundo ela, o bairro Ita-

    juba estava rfo, agora no est mais, lembrando o fato de que nenhum dos parla-mentares eleitos tm sua base eleitoral na comunidade. O ltimo vereador a representar o bairro foi na legislatura an-terior. Carlos Alberto da Silva (PR), o Tinho, no concorreu a reeleio no ano passado, e hoje ocupa a pasta de obras do municpio. Curiosamente, ela assume tambm como a nica vere-adora da Cmara.Ainda no seu discurso, Lia garantiu que trabalhar ao lado do prefeito Claudemir Matias, que seu correli-gionrio.Em prol da LagoaAntes de acompanhar Lia a sua nova cadeira, o Dr. Ivo usou da tribuna para justi car sua ida ao Poder Executivo. Estou assumindo a Funde-

    ma por duas questes. Uma poltica, para abrir espao a uma colega de partido, e o motivo principal a lagoa de Barra Velha. Junto com o pre-feito Claudemir Matias pre-tendo fazer um trabalho para no perd-la, no sei quanto tempo vai levar, destacou.Com a chegada de Iber ao cargo principal da Fundema, a ento presidente Maria Luisa Duarte de Oliveira assume uma diretoria na mesma pas-ta.

    7POLTICASbado, 4 de maio de 2013.

    Ainda no foi concludo o in-qurito que investiga a queima de documentos da Cmara de Vereadores de Balnerio Piarras por um assessor do presidente da Casa, Srgio Luiz da Maia (PSD), no dia 20 de abril. O caso foi desc-oberto aps uma denncia annima feita na prefeitura da cidade, que acionou a polcia civil e o Ministrio Pblico. A princpio acreditava-se serem arquivos do governo munici-

    pal, mas na ltima semana Maia assumiu ter solicitado a um assessor para incinerar ba-lancetes nanceiros de outras legislaturas.O material, que estava em boa parte queimado na piscina vazia de uma casa do centro da cidade, foi recolhido pelo Instituto Geral de Percias para anlise. De acordo com o Ministrio Pblico, a promo-toria criminal aguarda ainda a concluso do inqurito da

    polcia civil para se posicionar sobre o caso. O MP pretende esclarecer qual a natureza dos documentos e, principal-mente, se a incinerao estava dentro com a Lei. A reportagem do Voz do Itapocu tentou por vrias vezes contato com o delegado Rodolfo Far Valente Filho, que est frente da investi-gao, mas no obteve mais informaes sobre os rumos que o inqurito deve tomar.

    Ministrio Pblico aguarda m de inqurito policial sobrequeima de arquivos da Cmara de Balnerio Piarras

    Com espao privilegiado nas prefeituras da regio e sem nenhuma fora poltica em Barra Velha. Essa a re-alidade que a nova comisso provisria do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) quer mudar. Reconhecida pela direo estadual, atravs da presena do deputado federal Marco Tebaldi, a direo do PSDB na cidade foi registrada em abril no Tribunal Superior Eleitoral.

    PSDB de Barra Velha registra comisso provisria

    Veja quem so os membros que compem a comisso provisria do PSDB em Barra Velha:PresidenteClaudio Calixto Pereira Vice-presidenteIdelmar Luiz Hess Secretrio Cristiano Oenning Michels TesoureiroGilson Carlos De Borba MembroDiogo Fortes

    O bairro Itajuba es-tava rfo, no est mais

    ENTRA: LIA DA BANCA DIZ QUE VAI DEFENDER SEU BAIRRO

    SAI: DR. IVO QUER RECUPERAR A

    LAGOA

  • Polcia Rodoviria Federal apreende 160 quilos de cocana

    A Polcia Rodoviria Federal de Barra Velha realizou na noite de quinta-feira, dia 2, a segunda grande apreenso de cocana em menos de uma semana. Os policiais encon-traram 160 quilos em um compartimento de um camin-ho, placas EDV2901, de So Bernardo do Campo (SP). O motorista foi preso e encamin-hado para a delegacia da Pol-cia Federal de Joinville. No dia 26, a PRF havia apreendido 100 kg em um carro, tambm do Estado paulista.De acordo com o caminho-neiro, a droga tinha como des-tino Itaja. A investigao que interceptou a encomenda da droga partiu da Polcia Fe-deral de Joinville, que nova-mente montou barreiras na

    rodovia BR-101, no posto de Barra Velha.Fomos acionados pela Polcia Federal para fazer as aborda-gens, parando inclusive carros e motos. Quando zemos a vistoria no caminho, encon-tramos a droga em pacotes de um quilo, explica o policial ro-dovirio federal Gedson Lan-zarin. Estamos intensi cando a scalizando e enquanto hou-ver consumo, vai haver tr co. Por isso a incidncia de duas grandes apreenses em menos de uma semana, naliza. Na apreenso anterior, dois homens foram presos. A droga estava escondida no para-choque traseiro e em um fundo falso localizado no as-soalho do Honda/CRV.

    10 SEGURANA PBLICA Sbado, 4 de maio de 2013.

    Droga estava em um compartimento de um caminho com placa do Estado de So Paulo

    Um pedestre morreu na manh da ltima quinta-feira, dia 2, na BR- 280 em Araquari. Adilson Ferreira, 29 anos, foi atropelado no km 25 da rodovia, prximo a empresa Schneider, por volta de 5h, por uma mo-tocicleta. Ele j no apre-sentava sinais vitais quando os bombeiros voluntrios chegaram ao local.O motociclista Makey Franz, 25 anos, sofreu ferimentos leves e foi encaminhado ao Hospital Nossa Senhora das Graas. De acordo com os bombei-ros locais, ele no tinha suspeitas de fratura. A rodovia um local com constantes acidentes, que j chegou a ser fechada por protestos da populao.

    Pedestre morre atropelado em AraquariA comunidade do bairro

    So Cristvo, em Barra Velha, sofre novamente com a ao de arromba-dores. O ltimo caso de repercusso no bairro aconteceu na tera-feira. O fato que chamou a aten-o para esta ocasio, j que os furtos se tornaram comuns na regio, que os os donos da casa invadida esto divulgando na cidade um pedido aos bandidos: a

    devoluo dos HDs in-ternos dos computadores roubados. Isto porque a famlia tem uma empresa de criao de sites pro s-sionais, e todos os traba-lhos dos ltimos anos esto nas mquinas furtadas.Eles chegaram a dizer que os ladres podem car com todos os eletrnicos rou-bados, mas que devolvam apenas os HDs, conta uma moradora do bairro, que se

    sensibilizou com o drama da famlia e est ajudando na divulgao. O caso aconteceu na rua Juscelino Kubitscheck, no conhecido loteamento Santiago.Pela quantidade de objetos roubados, como computa-dores e televiso, a comuni-dade acredita que os infra-tores chegaram de carro em frente a casa, arrombaram a janela e carregaram o que puderam para o veculo. Os

    ladres no se intimidaram nem com o fato de ainda estar dia, revoltando ainda mais a populao do So Cristvo.Segundo populares, furtos como este so comuns no loteamento, por isso muitas casas esto se equipando com grades e cmeras de segurana. nica forma de se proteger, avalia outra moradora do local.

    Famlia tem casa invadida no So Cristvo, em Barra Velha, e pede que ladres devolvam HDs internos dos computadores

    Esto abertas as inscries para o concurso da Polcia Militar da 5 Regio. Esto sendo oferecidas cerca de 140 vagas para soldados responsveis pelo policia-mento do Norte catari-nense, com remunerao

    inicial de R$ 2,3 mil. As inscries para o concurso vo at o prximo dia 21, pelo site www.iobv.com.br. A taxa de inscrio de R$ 80, sendo iseno do valor os doadores de sangue que comprovarem a doao.

    Os candidatos interessados devem ter entre 18 e 29 anos. E devero possuir diploma de curso superior e Carteira Nacional de Ha-bilitao (CNH). O coman-do atua em 14 municpios: Joinville, Araquari, Bal-

    nerio Barra do Sul, So Francisco do Sul, Itapo, Garuva, Campo Alegre, So Bento do Sul, Rio Ne-grinho, Jaragu do Sul, Corup, Schroeder, Massa-randuba e Guaramirim.

    Polcia Militar abre concurso para vagas na regio Norte

    Fotos: Polcia Rodoviria Federal

    Pesquisas realizadas pela Associao Na-cional dos Jornais (ANJ) apontam o jornal im-presso como o veculo de comunicao de maior credibilidade junto a populao bra-sileira

    ANUNCIE NO

    (47) 3456 1194 / comercial@vozdoitapocu.com.br

  • 11

    Cruzes pregadas ao longo do km 77 da rodovia SC-415, em So Joo do Itaperi. Essa foi a maneira que a comunidade do municpio encontrou para co-brar nesta semana uma atitude das autoridades responsveis pelo trecho, que registrou 33 mortes do ano passado at a ltima semana. No ato, 33 cruzes foram colo-cadas beira do asfalto, mui-tas delas levando o nome das vtimas que perderam a vida no local, batizado de curva da morte. A populao pede ao Governo do Estado a insta-lao de redutores de veloci-dade e de outras medidas de segurana, como sinalizao e caz e o concerto de um de-clnio no asfalto da curva.O acidente fatal mais recente aconteceu no dia 24 de abril. Joelson Machado Sortum, de 18 anos, perdeu o controle de sua moto na curva do km

    77 e bateu de frente com um caminho. A morte do jovem foi o estopim para que a co-munidade escolhesse o feriado do dia 1 de maio para realizar uma manifestao na rodovia. Na cruz que levava o nome de Joelson, a famlia colocou o capacete da vtima, reforando a tristeza de outras 32 faml-ias que tambm perderam parentes no local desde 2012.Segundo o padre Carlos Afon-so Gonalves de Sousa, um dos organizadores do mani-festo, a parquia do municpio havia marcado com os is

    uma peregrinao em meno ao Dia do Trabalhador, mas o acidente de Joelson motivou o proco a mudar o foco do encontro e transform-lo em ecumnico. Ns estamos esquecidos pelas autoridades, quantas pessoas mais vo precisar morrer at que se tome uma providn-cia?, questionou o regilioso, que durante o protesto per-maneceu deitado no meio da pista at que todas as cruzes fossem colocadas, paralisando por alguns minutos o trnsito na via.

    SEGURANA PBLICASbado, 4 de maio de 2013.

    CRUZES BEIRA DA PISTA

    Comunidade realiza manifestao na curva da morteSo Joo do Itaperi: Contabilizando 33 mortes em menos de dois anos, moradores cobram do Estado melhorias na rodovia SC-415

    O prefeito de So Joo do Itaperi, Rovni Delmonego, tambm participou do ato, que reuniu cerca de 70 pessoas. Ele conta que o municpio j tentou vrias vezes procurar o Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) e a Secretaria de Desenvolvimen-to Regional (SDR) para cobrar medidas, mas nunca obteve sucesso. Pelo contrrio, no ano passado o Deinfra chegou at a emitir uma resposta de que no haveria dados de aci-dentes su cientes para moti-var alteraes no trecho. 33 mortes no so su cientes?, questiona.Outro poltico local presente no manifesto, o vereador Jos Porperio dos Santos Neto, tenta mais uma vez acionar o rgo do Estado. Ele enviou h um ms mais um ofcio ao Deinfra, atravs da Cmara de Vereadores, solicitando obras na SC-415. Moro h 21 anos aqui e j perdi muitos amigos nessa rodovia.

    Embora as medidas solicitadas ao Governo do Estado pudessem auxiliar na diminuio do nmero de acidentes no trecho da rodovia SC-415, que liga Barra Velha a Massaran-duba, a imprudncia dos motoristas ainda aponta-da por moradores e autori-dades como a causadora da maioria dos acidentes no local, alguns fatais.Segundo o policial militar Jos Luiz Michereff, o excesso de velocidade o principal problema. uma curva muito acentuada, muitos motoristas acabam saindo da pista por causa da velocidade, comenta. o que relata tambm

    Dbora Tavares, 23 anos, que trabalha em um com-rcio a poucos metros da curva. Para ela, comum presenciar acidentes no local, principalmente por falta de respeito aos lim-ites de velocidade. Apesar das placas indican-do a velocidade permitida de 60 km/h, comum ver carros trafegando prximo ao dobro do limite. Na quarta-feira, antes do fechamento da rodovia para a manifestao, no foi difcil presenciar carros em alta velocidade, mesmo com um grande acmulo de pessoas nas margens da estrada.

    Imprudncia que mata

    33 mortes noso su cientes?

    Padre protestou deitando na pista enquanto cruzes eram pregadas.

    A equipe da polcia civil de Barra Velha pde respirar mais aliviada quando os agentes prisionais de Santa Catarina anunciaram o m da greve da categoria nesta semana. Devido paral-isao feita por 13 dias pelos agentes da Unidade Prisional Avanada (UPA) do mu-nicpio, as celas da delegacia tiveram que abrigar cerca de 10 presos homens e duas mulheres. Isso porque os grevistas se recusaram a receber novos detentos.Segundo a polcia civil, a maioria dos presos na delegacia cometeu delitos leves, e por isso foi solta pela justia por falta de local para ser encarcerado. Agora respondero a julgamento em liberdade.De acordo com a delegada Tnia Harada, a delegacia no tem estrutura para abrigar presos por vrios dias, como aconteceu no ltimo ms. Ela conta que o

    preso deve car na delegacia apenas enquanto lavrado o agrante. Na sequncia ele encaminhado para o presdio, por isso a polcia civil no dispe de servios como cozinha e banheiros su cientes para atender aos encarcerados.

    Greve terminou aps acordo com Governo do Estado

    Os 28 agentes lotados na UPA de Barra Velha volta-ram ao trabalho normal na tera-feira graas a um acordo feito entre a categoria e o Governo do Estado. Den-tre as reivindicaes aceitas, esto a contratao de 117 concursados de 2006, a realizao de um novo con-curso neste ano e o reajuste de salrio e de grati caes, com aumentos gradativos de 15% sempre nos meses de maio e novembro at 2015, totalizando 233%.

    Termina greve na UPA de Barra Velha

    Nomes das vtimas foram lembrados na manifestao.

  • Aps con ito ministerial, pescadores artesa-nais tero que esperar mais duas semanas para iniciar a pesca da tainha

    Prezados leitores de Voz do Itapocu, com satisfao que ns recebemos o con-vite para participar desta coluna, escrevendo sobre nosso grande objetivo: a natureza. Quando dizemos ns, nos referimos a As-sociao de Preservao Ambiental Boca House, fundada e ativa no munic-pio de Barra Velha desde 2011, com foco principal na preservao e recuperao do meio ambiente na regio da foz do rio Itapocu. A unio de amigos com o objetivo de preservar a praia que frequentam, resultou na criao da Boca House. O nome est relacionado a construo da eco-casa localizada na boca da barra. Mais adiante, estes amigos resol-veram o cializar o interesse em proteger a natureza fundando a Associao de Preservao Ambiental Boca House, para promover a preservao da natureza por meio de uma asso-ciao de pro ssionais de diferentes reas do conhe-cimento, visando a gesto integrada dos recursos naturais, culturais e paisagsticos do municpio.Fundada em 28 de maio de 2011, a ata de fundao foi protocolada sob o n 5256, Livro 6, registrada sob o n 3769, Folha 3, Livro A-8 e o Estatuto Social foi protoco-lado sob o n 5255, Livro 6, registrado sob o n 3768, Folha 2, Livro 8.O foco das aes a

    conscientizao da popu-lao, veranistas e turistas, estimulando a cooperao de todos na preservao e conservao da natureza e, sobretudo, dar suporte ao governo para as tomadas de decises em temas rela-cionados ao meio ambiente.Ressalta-se a condio de no haver nalidade lucra-tiva por parte da instituio, onde os recursos estaro direcionados a pesquisa e desenvolvimento de projetos que resultem em benefcios para o municpio, populao e turistas. A as-sociao est em processo de obteno do CNPJ, para assim iniciar a execuo de projetos de grandes valores.De acordo com os objetivos da associao, o conheci-mento de seus scios e colaboradores, ns estare-mos trazendo nesta coluna informaes a respeito das aes da associao, alm de temas correlacionados a natureza, preservao e recuperao do meio am-biente, uso sustentvel de recursos naturais, sempre buscando contextualizar para a regio de circulao do jornal, alm de fatos globais relevantes ao tema. A Associao Boca House espera contribuir para a conscientizao e capaci-tao das pessoas para a melhoria da qualidade do meio ambiente que vivemos e, consequentemente, a nossa prpria qualidade de vida.At a prxima edio!

    As boas notcias que os pes-cadores artesanais de Santa Catarina esperavam do Minis-trio do Meio Ambiente nesta semana, no chegaram. Eles contavam com um aval de Braslia para iniciar a tempo-rada de tainha 15 dias antes do previsto, seguindo reco-mendao do Ministrio da Pesca e Aquicultura, feita em abril ao Governo do Estado. Entretanto, a pasta ambiental do Governo Federal vetou a

    antecipao. Com isso, a data para liberao da tainha, que est em perodo de defeso, continua sendo 15 de maio. A deciso do Meio Ambiente por manter a instruo nor-mativa 171/2008 do Ibama, que permite a pesca somente entre 15 de maio e 31 de julho. Caso acatassem orientao da pasta da Pesca, apenas a captura em redes de arrasto e canoas remo seria autoriza-da a partir do dia 1 de maio.

    A deciso no era muito aguardada na regio, como ga-rante o presidente da Colnia de Pescadores de Barra Velha, Jos Moacir Viana, mas em Florianpolis e no Sul do Es-tado gerou protestos. Alm de contrariar ambien-talistas, a antecipao da data iria gerar con ito do Governo Federal com o setor de pesca industrial, que no teria an-tecipado o direito de tirar a tainha do mar.

    Boca HouseOceangrafo / Diretor Presidente Associao de Preservao Ambiental Boca HouseLino Pedro de Araujo Filho e-mail: associacaobocahouse@gmail.com

    12 MEIO AMBIENTE Sbado, 4 de maio de 2013.

    MEIO AMBIENTE: QUALIDADE DE VIDA PARA TODOS

    tecipado o direito de tirar a tainha do mar.

    Iniciou nesta semana a campanha para distribuio de mudas frutferas e orna-mentais organizada pela Secretaria de Agricultura, Pecuria e Pesca de Barra Velha. Sero mais de 1500 opes oferecidas com va-lores que variam de R$ 4,20 a R$ 75,50, como o caso da Jabuticabeira Hbrida de 1,90 metro. De acordo com a respon-svel pela campanha,

    Teresita de Lourdes Nichet-ti, a prefeitura est organi-zando com o intuito de incentivar os moradores a cultivar plantas, por isso no ir lucrar com a venda das mudas. Conseguimos um valor mais acessvel porque iremos fazer um pedindo grande, desta for-ma no teremos que pagar o frete, o que deixa as mudas mais baratas. Teresita comentou tambm

    que esta a poca ideal para o plantio das mudas, j que no estamos em perodos de chuva e a temperatura est amena. A entrega das mudas ad-quiridas junto a prefeitura est prevista para acontecer no dia 17 de junho. A lista completa de espcies e valores esto no site do Voz do Itapocu, pelo link: www.vozdoitapocu.com.br/mudas.docx

    O que tem tirado o sono dos pescadores artesanais outro fator: a temperatura. O frio que os pescadores esto esperando ainda no chegou no municpio, como comenta Viana, ano passado a pesca foi muito fraca, as expectativas para esse ano que aparea mais peixe, mas tudo depende do frio que ainda no chegou na nossa costa. Viana lembrou tambm que em outros anos os mais de 100 pescadores artesanais do municpio chegaram a pescar 10 toneladas. Contando com a pesca em toda Santa Catarina, 2012 teve a pior safra de tainha desde 2006. No ano passado foram cap-turados 1513 toneladas, pouco menos da metade de 2011, quando foram contabilizados 3046 toneladas do peixe. Os pescadores artesanais podem pescar at 800 metros da costa. J a pesca industrial, faz a captura a mais de cinco quilmetros da costa.

    Em Barra Velha, as preocupaes so outras

    Comea campanha de distribuio de mudas Barra Velha: so mais de 1500 espcies com preos abaixo do mercado

    Tainha s a partir do dia 15

  • Para quem ainda no tem planos para esta noite, uma tima opo a 5 Mostra de Danas da Associao Para-folclrica Angelina Blahobra-zo (APAB), que acontece em Balnerio Piarras, no ginsio de esportes Aurlio Solano de Macedo, a partir das 20h30. A Mostra ir reunir seis gru-pos de vrias cidades da regio, incluindo uma apre-sentao da Escola de Ballet Bolshoi, de Joinville. As entradas custam R$ 10 e at a quinta-feira, cerca de 500 dos 800 ingressos j tinham sido vendidos, aumentando ainda mais a expectativa de casa cheia para esta noite. De acordo com a organizao, o espetculo inicia s 20h30 e est previsto para terminar s 21h50.Sero apresentaes curtas. A inteno que cada grupo apresente um pouco do seu trabalho, explica Elenita Ma-ciel Lazarin, uma das organi-zadoras do evento.

    Noite de espetculos em Balnerio Piarras

    MOSTRADE DANA

    Seis grupos se apresentam hoje no ginsio de esportes, incluindo a Escola Bolshoi

    O cotidiano barra-velhense no incio do sculo XX se desenha um tanto quanto curioso se nos atermos a alguns hbitos pitorescos presentes por estas ban-das. Nossas ruas traziam as marcas das rodas da car-roa que por ali passava e das patas dos animais que alimentavam aquele meio de transporte indispens-vel. A gua era coletada em poos muitas vezes dis-tantes, o que trazia muitos transtornos para as famlias que precisavam dela para as atividades do dia a dia, e a iluminao noturna somente adquirida base do lampio ou atravs da luz da lua. Tambm curiosa era a relao dos muncipes com a religio e a morte. Nosso municpio sempre teve uma forte relao com a igreja catlica e consequente-mente com os padres que por aqui passavam. Esta instituio e seus represen-tantes orientavam quanto as regras de comporta-mento e convivncia como tambm aconselhavam pais e mes no que dizia res-peito educao dos lhos, problemas com vizinhos,

    empregados, e demais problemas no resolvidos em famlia. A igreja e o padre estavam presentes na vida da nossa comunidade, ela e ele eram autoridade mxima, pois representavam a sabedoria e tambm o conhecimento sagrado. As rezas e missas eram sempre disputadas, repletas de pessoas pagan-do promessas e agradecen-do as graas alcanadas. Em caso de doena, alm da presena do sacerdote, surgia outra gura impor-tante daqueles tempos, a benzedeira. Ela trazia suas rezas e conhecimentos para auxiliar as pessoas desesperadas. Entretanto, muitas vezes, no era caso de reza ou benzimento, e o moribundo caminhava ao encontro do alm.No momento da morte, nossa comunidade adotava rituais que numa primeira olhada, nada difere dos rituais fnebres de outros municpios. Mas veja bem: somente primeira olhada. Na prxima semana, tere-emos os caminhos percor-ridos pelos barra-velhenses nos rituais fnebres at o incio da dcada de 30.

    A associao que organiza e leva o nome da Mostra foi criada no ano de 1996 em Balnerio Piarras, por um grupo de apreciadores da arte da dana, que aceitaram o convite da professora Ange-lina Blahobrazo para montar espetculos baseados no folclore russo. Desde ento, a APAB j fez apresentaes na Europa e foi campeo da mostra competitiva do Festi-val de Dana de Joinville, um dos principais do pas. Nesta noite a companhia ir apre-sentar duas danas do folclore russo, com o tradicional passo deslizante do grupo Berioska, da Rssia. Se o espetculo das an tris j vale o ingresso, a atrao principal da noite dispensa apresentaes. nica escola do Teatro Bolshoi fora da Rs-sia, o grupo brasileiro ir

    apresentar a tcnica de uma das principais companhias de bal e pera do mundo. Quem tambm promete ar-rancar aplausos do pblico so dois grupos de Itaja. A Trade Cia. de Dana de Rua j ganhou diversos prmios nos mais renomados festivais de dana do pas, totalizando 26 primeiros lugares. Enquanto o Ncleo Artstico trabalha exclusivamente com dana de salo desde 2007. Mais duas atraes com-pletam a programao. O Grupo de Danas Alems da FURB apontado por crticos especializados como um dos melhores grupos de danas populares do gnero no Bras-il. Alm disso, a plateia ter a oportunidade de assistir ao trabalho desenvolvido dentro da escola circo do Instituto Beto Carrero.

    CONHEA OS GRUPOS

    O que: 5 Mostra de Dana da Associao Parafolclrica Angelina BlahobrazoffQuando: Sbado, dia 4Onde: Ginsio de Esportes Aurlio Solano de Macedo - Balnerio PiarrasHorrio: 20h30Ingressos: R$10 (crianas menores de 10 anos no pagam)Mais informaes: pelo telefone: (47) 3347 0795

    SERVIO

    Os artistas de Barra Velha e regio j podem comear a aquecer voz e a nar os instrumentos. A Fundao de Turismo, Esporte e Cultura comeou a receber inscries dos msicos locais que dese-jam se apresentar durante a 17 Festa Nacional do Piro, que

    acontece tradicionalmente no feriado da Independncia. De acordo com o presidente da Fundao, iago Hen-rique Pinheiro, a iniciativa tem como objetivo valorizar as bandas locais e tambm os grupos que tm alguma li-gao com o municpio.

    At o momento j entramos em contato com cerca de qua-tro bandas e todas demons-traram interesse em tocar, queremos valorizar os artistas locais, comenta.As apresentaes selecionadas acontecero no palco monta-do na praa de alimentao da

    Festa. Para participar, os msi-cos devem ir at a Fundao, na praa Lauro Loyola, para entregar uma proposta de cus-tos para a realizao do show e debater possveis datas. As va-gas so limitadas e as bandas de Barra Velha tero priori-dade, garante iago.

    Barra Velha: Msicos locais j podem se inscrever para tocar na Festa do Piro

    Gostaria de parabenizar a equipe do Jornal Voz do Itapocu pelo novo projeto e desejar vida longa ao semanrio. Aproveitando o ensejo, agradeo o convite para fazer parte da equipe de colunistas e tambm a preocupao dos edi-tores em reservar um espao para a cultura, as tradies e as histrias locais e regionais. Estaremos destacando se-manalmente histrias de pessoas que zeram a diferena em suas comunidades, fatos que marcaram o cotidiano barra-velhense ou da regio, histrias curiosas e fantsti-cas que ajudaram a moldar a trajetria de nosso municpio at os dias atuais.

    Esquinas da HistriaProfessora e historiadora Angelita Borba de Souza e-mail: angelitaborba@hotmail.com

    Cemitrio Velho - Parte 1

    13CULTURASbado, 4 de maio de 2013.Foto: Divulgao Bolshoi russo

  • 14 VARIEDADES Sbado, 4 de maio de 2013.

    Volte seu foco para o que am-biciona e d seu melhor na vida pro ssional, Oua gente experiente e de destaque, mas evite contar muito com o auxilio dos outros. Para se dar bem em tudo que zer, aposte na espontaneidade.

    ries

    HORSCOPO

    TouroD um toque de alegria em tudo o que zer. Voc ter muito vigor e disposio para realizar tarefas mais difceis ou que exijam fora fsica. Momento indicado para se exercitar e investir na boa forma.

    GmeosAproveite tanta disposio para realizar tarefas que precisam ser concludas rapi-damente. Com entusiasmo e alegria de sobra, vai conta-giar as pessoas sua volta, Atividades em grupo podem ter melhores rendimentos.

    CncerProcure somar foras com os outros. Voc saber contagiar as pessoas com seus planos. Alianas, acordos e parcerias em alta. Mas, para precaver, certi que-se de que promes-sas sero cumpridas.

    Faa novos planos, es-tabelea novas metas e objetivos: pense mais em seu futuro. Poder encontrar di culdade para manter a concentrao e o foco, pois mil ideias passam por sua mente.

    Leo VirgemVitalidade em alta ao longo da semana. Com grande dis-posio, voc vai render em atividades que exijam maior empenho e habilidade fsica. Contudo, no que na de-pendncia de ningum. Evite dar crdito para boatos.

    LibraFocalize seus projetos pro s-sionais e pense com carinho em seu futuro. hora de atrair oportunidades para sua vida e ir ao encontro do que lhe proporciona satisfao e bem-estar. Planeje viagens com amigos ou parentes.

    EscorpioQualidade seu trunfo e com esse dom que voc vai se diferenciar ao longo da semana. Canalize sua disposio para o trabalho e de na objetivos claros em sua vida.

    Compartilhe sua alegria de viver com as pessoas. hora de animar seus contatos so-ciais e valorizar as amizades. Participe dos interesses alheios e ajude no que es-tiver ao seu alcance.

    Sagitrio CapricrnioTer vitalidade de sobra, mas modere seu lado ansioso diante das novas possibili-dades e oportunidades. Pode se dar bem com trabalhos que requeiram detalhamento, pesquisa, oramento e ca-pacidade empreendedora.

    AqurioExplore a vitalidade fsica e mental que ter, tanto para agilizar seu trabalho, quando para cuidar de outros inte-resses. As estrelas vo deixar seu jeito mais con ante, charmoso e espontneo.

    PeixesVai contar com muita con -ana essa semana. Momento para acreditar em voc, mos-trar o que sabe e se destacar em suas tarefas. Saber contagiar os outros com seu pique e poder de realizao.

    Piro de Peixe

    2 cabeas de peixe (namo-rado, robalo)1 cebola pequena1 pimento verde pequeno1 tomate pequeno sem casca e sementeCoentro1 limoSal gostoPimenta2 xcaras de gua2 colheres (sopa) de extrato de tomate2 xcaras de farinha de man-dioca cruaCheiro verde

    GASTRONOMIA

    IngredientesLimpe a cabea do peixe e a tempere com pimenta, sal, limo e um pouco de coen-tro por cerca de 30 minutos. Feito isso, coloque para ferver em fogo baixo e mis-ture a cebola cortada em cubinhos at dourar. Aps isso, misture o pimento e a pimenta, jogando gua para que essa mistura faa um caldo. Esse processo deve ser repetido at que a cabea esteja bem cozida, retire a cabea do peixe e reserve o caldo formado. Feito isso, pegue pedaos

    do peixe des ados e sem espinhos, acrescente ao caldo feito anteriormente, deixe ferver mais um pouco. Jogue a farinha aos poucos, sempre mexendo para que no embole. Acrescente sal a gosto e por ltimo o coentro.

    Antes do m do cozimento da farinha, veri que se a textura e consistncia do piro esto do seu agrado. Por m coloque cheiro verde gosto.

    Modo de Preparo

    Informaes Adicionais

    Com o inverno chegando, surgem novas tendncias e uma que com certeza no vai car de fora o militar. Nesta temporada ganha modelos e tons diferentes. O verde-oliva continua lideran-do o exrcito. Ele est em quase tudo, nos detalhes dos acessrios, nas estam-pas camu adas, nas calas, etc. Pode ser usado com tons escuros como o preto e o azul-marinho ou com tons claros, como o bege

    e o branco. Peas que combinam com o militar so cintos com tachas douradas (to prprias dos uniformes militares) que reala a silhueta, camisas jeans que do ao look um ar mais despojado. Mas se o que voc procura algo mais discreto, porm sem sair da moda, abuse nos acessrios com essa leitura de militar, como o clssico culo aviador ou pulseiras e bolsas com aplicaes de tachinhas ouro velhos.

    MODATendncias do inverno: Estilo militar em alta

    Em uma solitria camin-hada matinal, um morador de Barra Velha encontrou na praia uma medalha datada de 1976. Trata-se de pea alusiva ao lanamento da primeira linha de artigos esportivos TOPPER.A TOPPER uma empresa brasileira fornecedora de materiais esportivos, fundada pela So Paulo Alpargatas em 1975. Pertence ao conglomerado Camargo Corra.O curioso que mesmo decorridos 37 anos, seu estado de conservao perfeito.

    CURIOSIDADE

    Morador de Barra Velha encontra medalha na praia

    O curioso que mesmo decorridos 37 anos, seu estado de conservao perfeito.

    LOTERIASMEGA SENAResultado Concurso 1489 (02/05)

    01 - 03 - 31 - 32 - 43 - 52Prximo sorteio: 04/05 (hoje)Prmio: R$20.500.000,00

    LOTERIA FEDERALResultado Concurso 4758 (30/04)1 prmio - n 83217 - R$250.000,002 prmio - n 04229 - R$17.100,003 prmio - n 32914 - R$16.620,004 prmio - n 94442 - R$16.100,005 prmio - n 20413 - R$15.200,00

  • 15#SOCIALSbado, 4 de maio de 2013.

    ANIVERSRIOSDA SEMANA

    6 de maio Ticiane Maciel 22 anos

    10 de maio Gabriela Dal Ri

    10 de maio Larissa Scottini

    8 de maio Andressa Steil19 anos

    BEM NA FOTO

    O vereador Douglas Elias da Costa recep-cionou, juntamente com os seus familiares e amigos, os folies e imperadores da Festa do Divino em sua casa no ltimo domingo, dia 28 de abril. No ano passado, ele e a sua me Maria de Lurdes foram os imperadores da parquia de Barra Velha.

    #Visita do Divino

    Da esquerda para direita: Marsileia Reits (Lia da Banca), Jair Jos Weter (Jair da Caixa), Ktia Regina da Silva e Cntia Leite.

    Com muito bom humor e simpatia, fun-cionrios da prefeitura de Barra Velha, da

    Caixa Econmica Federal e voluntrios recepcionaram os atingidos pela enchente que foram at o salo da igreja de Itajuba

    fazer o cadastro para retirada do FGTS.

    #Simpatia

    AGENDA

    CAIU NA REDE

    Uma suposta traio em Joinville que va-zou no Facebook essa semana, curiosa-mente, acabou transformando o vinho Sinuelo em um hit na internet. Tudo porque o sedutor da histria, um profes-sor de uma rede de ensino superior, con-vida a aluna que teria namorado - para tomar um vinho tinto suave da marca de Araquari. Assim que o chat privado caiu na rede social, no demorou muito para o assunto se espalhar e tornar o Sinuelo um dos assuntos mais comentados na web na tera-feira, dia 30.A histria que circula na rede, e tambm deve ganhar as pginas policiais, que o namorado teria roubado a senha do Facebook da moa e descoberto uma conversa com o professor, no qual marcado inclusive um encontro. Revol-tado, ele publicou via o prprio per l da namorada o bate-papo na ntegra. Em menos de um dia, mais de 20 mil pes-soas j haviam curtido e outras seis mil compartilhado.

    #Sinuelo#Parabns

    Acontece amanh o 3 ch e des le be-ne cente da Associao Jovens Senho-ras Solidrias, de Barra Velha, na sede da Associao, a partir das 15h. Onze lojas da cidade iro realizar um des le com suas peas de outono/inverno e a renda dos ingressos ser revertida para a instituio. As entradas custam R$15, com direito a caf da tarde.

    #Des le solidrio

    Hoje rola no Dyiks Bar e Pizzaria a festa o cial da etapa do Circuito Catarinense de surf amador, que est acontecendo neste nal de semana em Balnerio Barra do Sul. A banda Estado Letrgico embala a noite com muito pop rock. Alm disso, a carioca Andreia Dacal faz um pocket show e o DJ Canan manda ver no Hip Hop.

    #Festa do surf

  • 16 ESPORTE Sbado, 4 de maio de 2013.

    Previso de boas ondas e mui-to surf na 3 etapa do Circuito Catarinense Oceano de Surf Amador, que acontece neste nal de semana na praia do Bispo, em Balnerio Barra do Sul. Entre hoje e amanh, mais de 100 atletas divididos em seis categorias devem cair na gua em busca do pdio e da maior pontuao para o rank-ing da Federao Catarinense de Surf (Fecasurf), que ir de nir os campees da tem-porada 2013 aps seis etapas.

    De acordo com a Fecasurf, a expectativa de ondas na faixa de um metro, ideais para a prtica competitiva do es-porte. As categorias disputa-das no Circuito so: open (ab-erta), iniciantes (at 14 anos), jnior (at 18 anos), mirim (at 16 anos), infantil (at 12 anos), feminina (aberta), mster (acima de 35 anos) e de cientes auditivos, que a principal novidade na com-petio neste ano. Alm da disputa nas ondas,

    o evento tambm leva para Balnerio Barra do Sul uma proposta ecolgica, com o intuito de conscientizar os sur stas e a comunidade lo-cal a respeito da preservao do meio ambiente, do mar e de seres marinhos. Um dos destaques da iniciativa a prancha ecolgica, feita com garrafas pet, que ser apresen-tada ao pblico, com dicas de fabricao e at a oportuni-dade de fazer um test drive no nal de semana.

    Etapa do Circuito Catarinense de Surf Amador acontece em Balnerio Barra do Sul nesse nal de semana

    Depois de participar das duas primeiras etapas do Circuito, em So Francisco do Sul e Florianpolis, o sur sta Ricardo Michereff Jnior vai a Balnerio Barra do Sul em busca de uma aproximao maior com os lderes da categoria mster. Atualmente ele o quinto do ranking e acredita ter boas chances de car no pdio da etapa desse nal de semana. Eu tenho ido bem na competio, se as ondas colabo-rarem, as chances so grandes de car entre os primeiros. Com ondas boas, deve prevalecer a tcnica e a experin-cia, avalia o sur sta, um dos mais conhecidos da regio. Garantido na disputa pela categoria mster, ele aguarda o nmero de inscries disponveis para participar das bateri-as na categoria open. Alm de Jnior, Andr Incio tambm deve representar a cidade nesta etapa.

    PREVISO DEBOAS ONDAS

    Praia do Bispo deve receber mais de 100 atletas, divididos em seis categorias 5 no ranking: sur sta de Barra Velha busca se aproximar dos lderes

    Ricardo Michereff Jnior est no top 5 na categoria msterFoto Cludia Prevedello

    FUTEBOL DE CAMPOAps trs rodadas, Medeiros e So Cristvo seguem 100% no campeonato de Barra VelhaNo tem quem segure as equi-pes de Medeiros e So Cris-tvo no campeonato de fute-bol de campo de Barra Velha, organizado pela Fundao de Turismo, Esporte e Cultura do municpio. Aps trs rodadas disputadas, as duas equipes foram as nicas que venceram todas as partidas que disputa-ram. Neste domingo acontece a quarta rodada, no campo do So Cristvo, com trs parti-das. Os donos da casa so os nicos que podem perder a invencibilidade, j que o Me-deiros est de folga amanh.

    Classi caoCom os resultados da ltima rodada, Medeiros se isolou na liderana do grupo A com nove pontos, deixando o Rio Novo na segunda colocao com seis pontos. O Unio so-mou seus primeiros trs pon-tos na competio, deixando para traz Terraplanagem Tes-toni e Pdio/SMR, zerados.J na chave B, So Critvo as-sumiu a ponta com seis pontos em duas partidas, seguido de Bavec e Pedras Brancas com trs pontos. A equipe do Nova Esperana/Itajuba ainda no pontuou.

    Domingo, 9h304 rodada

    Campo do So Cristvo

    Terraplanagem Testoni x Pdio/SMR

    Rio Novo x UnioSo Cristvo x Pedras Brancas

    28/043 rodada

    Campo do MedeirosUnio 5 x 1 Pdio/SMR

    Bavec

    5 x 0 NovaEsperana/itajuba

    So Cristvo

    1 x 0 Pedras Brancas

    Rio Novo 1 x 3 Medeiros

    Balnerio Piarras estar representada em trs mo-dalidades na etapa regional dos Jogos Escolares de Santa Catarina (JESC) da catego-ria de 12 a 14 anos, que ac-ontece em Ararangu entre os dias 25 e 29 de junho. An trio das eliminatrias microrregionais, o mu-nicpio se classi cou no badminton masculino, representado pelo col-gio Crandon, no basquete feminino, com a equipe do colgio estadual Alexandre Guilherme Figueredo, e no vlei feminino, conquista da

    Escola Municipal Monteiro Lobato. Cerca de 500 alunos de nove cidades do litoral norte e vale catarinense estiveram nos espaos esportivos de Balnerio Piarras entre os dias 23 e 30 de abril para a disputa de oito modalidades na fase microrregional. Os classi cados para a etapa regional lutam agora por vaga nas grandes nais do JESC. A fase estadual ser em So Miguel do Oeste, en-tre 23 e 28 de julho. Os Jogos so organizados pela Fesporte.

    JOGOS ESCOLARESBalnerio Piarras classi ca trs mo-dalidades para etapa regional do JESC