Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Analista ... ?· Ministério do Planejamento, Orçamento…

Download Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Analista ... ?· Ministério do Planejamento, Orçamento…

Post on 09-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 1

    LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUES NESTA PGINA E NO VERSO DESTA

    1. Voc recebeu do fiscal o seguinte material: a) Este Caderno de Questes com o enunciado das 80 (oitenta) questes da prova objetiva, o enunciado da questo da prova discursiva e espao reservado para desenvolvimento da resposta (rascunho) desta questo. b) Uma (1) Folha de Respostas, destinada s respostas das questes da prova objetiva. c) Um (1) Caderno de Texto Definitivo da Prova Discursiva, onde voc dever transcrever a resposta da questo da prova discursiva.

    2. Somente aps autorizado o incio da prova, verifique se este Caderno de Questes est completo e em ordem.

    Notifique ao fiscal qualquer irregularidade IMEDIATAMENTE. Folhear o Caderno de Questes antes do incio da prova implica na eliminao do candidato.

    3. Verifique se as informaes contidas na Folha de Respostas e no Caderno de Texto Definitivo da Prova

    Discursiva esto corretas. Caso contrrio, notifique o fiscal. 4. Aps a conferncia, o candidato dever assinar no espao prprio da Folha de Respostas e no espao prprio

    do Caderno de Texto Definitivo da Prova Discursiva, caneta esferogrfica de tinta na cor preta ou azul. 5. Tenha muito cuidado com a Folha de Respostas e o Caderno de Texto Definitivo da Prova Discursiva para

    no DOBRAR, AMASSAR ou MANCHAR. A Folha de Respostas e o Caderno de Texto Definitivo da Prova Discursiva somente podero ser substitudos caso estejam danificados em suas margens superior ou inferior BARRA DE RECONHECIMENTO PARA LEITURA TICA.

    6. Para cada uma das questes da prova objetiva so apresentadas 5 (cinco) alternativas classificadas com as letras

    (A), (B), (C), (D) e (E); s uma responde adequadamente ao quesito proposto. Voc s deve assinalar UMA RESPOSTA. A marcao de nenhuma ou de mais de uma alternativa anula a questo, MESMO QUE UMA DAS RESPOSTAS SEJA A CORRETA.

    7. Na Folha de Respostas, a marcao das letras correspondentes s respostas certas deve ser feita cobrindo

    TODO O ESPAO compreendido pelo retngulo pertinente alternativa, usando caneta esferogrfica de tinta preta ou azul, de forma contnua e densa. A leitora tica sensvel a marcas escuras, portanto, preencha os campos de marcao completamente, procurando deixar menos espaos em branco possvel dentro do retngulo, sem invadir os limites dos retngulos ao lado.

    8. Ateno para o item 9.14.2 do edital: O caderno de texto definitivo da prova discursiva no poder ser

    assinado, rubricado e/ou conter qualquer palavra e/ou marca que o identifique em outro local que no seja o indicado, sob pena de ser anulado. Assim, a deteco de qualquer marca identificadora no espao destinado transcrio dos textos definitivos acarretar nota ZERO na respectiva prova discursiva..

    9. No deixe de transcrever a resposta das questes da prova discursiva para o Caderno de Texto Definitivo da

    Prova Discursiva, nico documento vlido para a correo das questes (o rascunho no ser considerado). Utilize no mximo a quantidade de linhas disponveis no Caderno de Texto Definitivo da Prova Discursiva.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 2

    10. Ao candidato somente ser permitido levar o caderno de questes da prova objetiva 30 (trinta) minutos antes do horrio previsto para o trmino da prova. Item 9.15, alnea c do edital. 11. Ser terminantemente vedado ao candidato copiar seus assinalamentos feitos na folha de respostas da prova objetiva ou no caderno de texto definitivo da prova discursiva. Item 9.15, alnea d do edital. 12. Ser ELIMINADO do Concurso o candidato que:

    a) for surpreendido durante o perodo de realizao de suas provas portando (carregando consigo, levando ou conduzindo) armas ou aparelhos eletrnicos (bip, telefone celular, qualquer tipo de relgio com mostrador digital, walkman, agenda eletrnica, notebook, palmtop, receptor, gravador, etc). Item 9.18, alnea c do edital. b) ausentar-se da sala de provas, durante o perodo de realizao de suas provas, portando a folha de respostas da prova objetiva, o caderno de questes, o caderno de texto definitivo da prova discursiva, celulares ou quaisquer equipamentos eletrnicos. Item 9.18, alnea h do edital. c) fizer anotao de informaes relativas s suas respostas da prova objetiva e da prova discursiva, em qualquer meio. Item 9.18, alnea f do edital. d) no permitir a coleta da digital caso seja utilizado o procedimento descrito no subitem 9.16 deste Edital ou no efetuar a transcrio do texto apresentado caso seja utilizado o procedimento descrito no subitem 9.17 deste Edital (9.17. Por motivo de segurana, a FUNRIO poder solicitar que o candidato transcreva, no ato da aplicao das provas, em letra cursiva, de prprio punho, um texto apresentado, sendo que, no ato de sua apresentao para posse, o mesmo texto dever ser reproduzido para confrontao com o texto transcrito durante a prova). Item 9.18, alnea k do edital.

    13. O tempo de durao da prova ser de 5 (cinco) horas. Este tempo inclui o tempo para preenchimento do Caderno de Texto Definitivo da Prova Discursiva. Reserve 30 (trinta) minutos para marcar sua Folha de Respostas. Os rascunhos e as marcaes assinaladas no Caderno de Questes NO SERO LEVADOS EM CONTA.

    14. Quando terminar, entregue obrigatoriamente ao fiscal a Folha de Respostas e o Caderno de Texto Definitivo

    da Prova Discursiva. A entrega do Caderno de Questes obrigatria se o candidato terminar as provas antes de faltar 30 (trinta) minutos para o trmino destas. ASSINE OBRIGATORIAMENTE A LISTA DE PRESENA.

    15. Por motivo de segurana a FUNRIO solicita que o candidato transcreva em letra cursiva, no espao prprio na

    Folha de Respostas, a frase abaixo apresentada.

    As obras humanas alteram-se, corrompem-se, modificam-se, transformam-se. (Machado de Assis)

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 3

    PROVA OBJETIVA

    LNGUA PORTUGUESA As questes 01 a 04 tomaro por base o seguinte texto:

    Uma negociao bem-sucedida se concretiza quando duas partes com interesses distintos cedem um pouco em favor da conquista de um objetivo comum maior. Sob essa tica, democratas e republicanos no tm muito a comemorar no acordo da semana passada que tentou pr em ordem as contas do governo. verdade que o presidente eleito Barack Obama conseguiu afastar o risco imediato do abismo fiscal cavado por anos a fio de gastos acima das receitas. Os dois lados conseguiram evitar que aumentos abrangentes de impostos entrassem em vigor imediatamente, o que poria em perigo a retomada ainda titubeante da economia americana. Obama e a oposio concordaram em no punir mais a classe mdia, por enquanto. O imposto de renda ser reajustado apenas para o 1% mais rico da populao.

    (Revista Veja, edio 2.303, ano 46, n 4, 09 de janeiro de 2013.)

    Questo 01

    Sobre a identificao de encontros consonantais, encontros voclicos e dgrafos CORRETO afirmar que

    A) h dgrafo nas seguintes palavras: distintos, presidente e imposto. B) h ditongo nas seguintes palavras: quando, duas e oposio. C) h hiato nas seguintes palavras: negociao, muito e imediato. D) h encontro consonantal nas seguintes palavras: conquista, objetivo e aumentos. E) h tritongo nas seguintes palavras: imediatamente, titubeante e populao.

    Questo 02

    Observando-se os morfemas que estruturam as formas verbais CONSEGUIU e CONSEGUIRAM, pode-se afirmar que

    A) ambas esto no pretrito mais-que-perfeito e tm vogal temtica I. B) ambas esto no pretrito perfeito e tm o radical CONSEG. C) ambas esto no pretrito perfeito e tm vogal temtica I. D) apenas a primeira est no pretrito perfeito, mas ambas tm o radical CONSEG. E) apenas a segunda est no pretrito mais-que-perfeito, mas ambas tm o radical CONSEG.

    Questo 03

    O texto da revista Veja predominantemente informativo, mas os dois primeiros perodos so

    A) narrativo-expositivos. B) narrativo-dissertativos. C) descritivo-argumentativos. D) dissertativo-argumentativos. E) descritivo-expositivos.

    Questo 04

    Qual o papel textual da expresso por enquanto no trecho que informa que Obama e a oposio concordaram em no punir mais a classe mdia, por enquanto?

    A) Evitar que o advrbio MAIS fosse entendido como um intensificador do verbo PUNIR. B) Evitar que o advrbio MAIS fosse entendido como um indicador temporal do verbo PUNIR. C) Enfatizar a ideia de intensificao do advrbio MAIS em relao ao verbo CONCORDAR. D) Enfatizar a ideia de identificao temporal do advrbio MAIS em relao ao verbo CONCORDAR. E) Reforar a ideia de intensificao temporal do advrbio MAIS em relao aos verbos PUNIR e CONCORDAR.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 4

    As questes 05 a 08 tomaro por base o seguinte pargrafo, extrado da crnica Percebes?, de Caetano Veloso:

    Diante da TV, assistindo a um filme portugus no Canal Brasil, me deparei com uma experincia que j conhecia de antes mas que pensei que tivesse esquecido. O filme era falado em portugus europeu e estava legendado em portugus brasileiro. Foi vendo uma obra de Manuel de Oliveira no cinema que eu tinha passado pela mesma situao. Revivendo-a ao assistir televiso, pensei com mais convencimento que, dado o fato de os brasileiros em geral terem dificuldade de entender a fala lusitana, deve ser aceitvel que filmes portugueses passem com legendas no Brasil.

    (O Globo, 05 de maio de 2013.) Questo 05 O autor empregou o verbo ASSISTIR duas vezes. Na primeira vez, com a preposio A; na segunda vez, sem preposio. Essa mudana de regncia tem como motivo A) a diferena de significado desse verbo nos dois trechos. B) a influncia da lngua oral, que costuma omitir a preposio pedida por esse verbo. C) a expressividade que o escritor pretendeu atribuir a esse verbo. D) a inteno de no repetir uma preposio que j havia sido empregada anteriormente. E) a necessidade de utilizar uma linguagem simples e direta para o leitor. Questo 06

    O trecho O filme era falado em portugus europeu e estava legendado em portugus brasileiro est redigido A) em ordem direta nas duas oraes. B) em ordem direta apenas na primeira orao. C) em ordem direta apenas na segunda orao. D) em ordem inversa nas duas oraes. E) em ordem mista nas duas oraes. Questo 07

    A partir dos dados oferecidos pelo texto, possvel concluir que Caetano admite que filmes portugueses sejam legendados no Brasil, j que na opinio dele os brasileiros A) no temos o hbito de ver filmes portugueses no cinema ou na televiso. B) desconhecemos o significado de muitas palavras da linguagem lusitana. C) estranhamos a sintaxe e a ortografia praticadas em Portugal. D) no estamos acostumados com a pronncia dos portugueses. E) precisamos assumir nossa lngua como diferente da portuguesa. Questo 08 No trecho Revivendo-a ao assistir televiso, observa-se o uso de um pronome pessoal que tem um papel referencial no texto, pois para entend-lo preciso retomar a ideia do substantivo A) situao. B) televiso. C) obra. D) cinema. E) experincia.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 5

    As questes 09 a 12 tomaro por base o poema Tema e Variaes, de Manuel Bandeira: Sonhei ter sonhado Que havia sonhado. Em sonho lembrei-me De um sonho passado: O de ter sonhado Que estava sonhando. Sonhei ter sonhado... Ter sonhado o qu? Que havia sonhado Estar com voc. Estar? Ter estado, Que tempo passado. Um sonho presente Um dia sonhei. Chorei de repente, Pois vi, despertado, Que tinha sonhado.

    (Poesia Completa, Rio de Janeiro: Aguilar, 1968.) Questo 09 Na superposio das camadas de sonhos de que fala a primeira estrofe do texto, pode-se identificar A) um sonho principal e dois sonhos subordinados simultaneamente ao principal. B) um sonho principal, um sonho secundrio e um sonho tercirio. C) trs sonhos interdependentes desprovidos de hierarquia. D) dois sonhos secundrios e um sonho imaginrio. E) dois sonhos principais e um sonho secundrio. Questo 10 Sobre a estrutura sinttica dos dois perodos da ltima estrofe, correto afirmar: A) O primeiro perodo iniciado pelo objeto direto. B) O segundo perodo tem duas oraes. C) A ltima orao iniciada por um pronome relativo. D) O adjetivo que est entre vrgulas um adjunto adverbial de modo. E) Todos os verbos dessa estrofe so impessoais.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 6

    Questo 11

    No terceiro verso, o poeta empregou corretamente um pronome oblquo em posio encltica. Identifique nas frases abaixo a nica alternativa que caracteriza um desvio na colocao do pronome oblquo segundo as normas da lngua padro.

    A) De modo algum me deixarei enganar por suas palavras. B) Voc sabe que sempre me dediquei ao estudo das figuras de linguagem. C) Pensei que eles convidariam-me para a festa de formatura. D) A funcionria saiu do posto de atendimento deixando-me sem saber a resposta. E) S depois de muito tempo entendi o que as pessoas me queriam dizer. Questo 12

    Assinale a nica substituio feita com a expresso estar com voc que contm erro no emprego do acento de crase.

    A) Estar sua volta. B) Estar s vezes com voc. C) Estar disposio de voc. D) Estar p com voc. E) Estar s boas com voc

    DIREITO ADMINISTRATIVO

    Questo 13

    Com relao definio de autarquia correto afirmar:

    A) As Autarquias so entidades da Administrao Direta criadas por decreto, sem personalidade jurdica, patrimnio e receita prprios, para executar atividades tpicas da Administrao Pblica que requeiram, para seu melhor funcionamento, gesto administrativa e financeira descentralizada.

    B) As Autarquias so entidades da Administrao Indireta criadas por lei especfica, sem personalidade jurdica, patrimnio e receita prprios, para executar atividades tpicas da Administrao Pblica que requeiram, para seu melhor funcionamento, gesto administrativa e financeira descentralizada.

    C) As Autarquias so entidades da Administrao Indireta criadas por lei especfica, com personalidade jurdica, patrimnio e receita prprios, para executar atividades tpicas da Administrao Pblica que requeiram, para seu melhor funcionamento, gesto administrativa e financeira descentralizada.

    D) As Autarquias so entidades da Administrao Direta criadas por lei especfica, com personalidade jurdica, patrimnio e receita prprios, para executar atividades tpicas da Administrao Pblica que requeiram, para seu melhor funcionamento, gesto administrativa e financeira descentralizada.

    E) As Autarquias so entidades da Administrao Indireta criadas por decreto, com personalidade jurdica, patrimnio e receita prprios, para executar atividades tpicas da Administrao Pblica que requeiram, para seu melhor funcionamento, gesto administrativa e financeira descentralizada.

    Questo 14 Pedro Francisco ocupa cargo de nvel mdio, no Instituto Educacional Padre Antonio Vieira, autarquia federal, e se submete a concurso pblico para o cargo de professor, na mesma instituio, logrando xito. A jornada de trabalho do cargo de nvel mdio das 08:00 horas at s 17:00, de 2a at 6a feira, com uma hora de intervalo, e a de professor das 18:00 horas at as 20:00, somente as 2as e 4as feiras. possvel esta acumulao?

    A) A acumulao de cargos no possvel, porque o cargo de nvel mdio no acumulvel com o de magistrio. B) A acumulao de cargos possvel em face da compatibilidade de horrios. C) A acumulao de cargos no possvel por serem ambos da mesma instituio. D) A acumulao de cargos pblicos est taxativamente vedada. E) A acumulao de cargos depende de aprovao da autoridade mxima da instituio, em face do interesse pblico.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 7

    Questo 15 Com relao dispensa e inexigibilidade de licitao, na forma da Lei 8666/93, correto afirmar:

    A) No caso de inexigibilidade, a licitao possvel, por haver possibilidade de competio, mas no obrigatria. Quanto dispensa, no possvel a concorrncia.

    B) A contratao emergencial constitui modalidade de inexigibilidade de licitao. C) A contratao de servio singular caracteriza dispensa de licitao. D) No caso de dispensa, a licitao possvel, por haver possibilidade de competio, mas no obrigatria. Na

    inexigibilidade, no possvel a concorrncia, em funo exclusivamente do baixo valor de aquisio. E) No caso de dispensa, a licitao possvel, por haver possibilidade de competio, mas no obrigatria. Na

    inexigibilidade, no possvel a concorrncia. Questo 16 Pedro Ernesto, diretor de compras de autarquia federal, sem vinculao efetiva com o servio pblico, vem a ser demandado pelo Ministrio Pblico Federal, em ao civil pblica, por ato de improbidade administrativa, no sendo conhecida a existncia de processo administrativo disciplinar. Em sua defesa prvia, alega no ser possvel esta responsabilizao, por no ser servidor de carreira, alegando, a ilegitimidade do Ministrio Pblico, em propor a ao judicial, por no ter havido ganho indevido, conforme se verifica da petio inicial. Com relao a esta afirmao, pode-se afirmar que

    A) correta, na medida em que somente o servidor efetivo pode ser demandado em ao de improbidade. B) equivocada, na medida em que o exerccio de cargo, na Administrao Pblica, sujeita o seu detentor a improbidade

    administrativa. C) equivocada, na medida em que o exerccio de cargo, na Administrao Pblica, sujeita o detentor a improbidade

    administrativa, desde que ajuizada a ao durante este exerccio. D) correta, na medida em que no se tem notcia de um prvio processo administrativo disciplinar. E) correta, na medida em que, a despeito do cargo pblico exercido, o Ministrio Pblico no tem legitimidade para propor

    a ao. Questo 17 Com relao ao conceito de empresa pblica correto afirmar:

    A) Empresa Pblica a entidade dotada de personalidade jurdica de direito privado, com patrimnio prprio e capital exclusivo da Unio, criada por lei para a explorao de atividade econmica que o Governo seja levado a exercer por fora de contingncia ou de convenincia administrativa, podendo revestir-se de qualquer das formas admitidas no Direito.

    B) Empresa Pblica a entidade dotada de personalidade jurdica de direito pblico, com patrimnio prprio e capital majoritrio da Unio, criada por lei para a explorao de atividade econmica que o Governo seja levado a exercer por fora de contingncia ou de convenincia administrativa, podendo revestir-se de qualquer das formas admitidas no Direito.

    C) Empresa Pblica a entidade dotada de personalidade jurdica de direito privado, com patrimnio prprio e capital exclusivo da Unio, criada por lei para a explorao de atividade econmica que o Governo seja levado a exercer por fora de contingncia ou de convenincia administrativa, devendo revestir-se sob a modalidade de sociedade annima

    D) Empresa Pblica a entidade dotada de personalidade jurdica de direito privado, com patrimnio prprio e capital majoritrio da Unio, criada por lei para a explorao de atividade econmica que o Governo seja levado a exercer por fora de contingncia ou de convenincia administrativa, podendo revestir-se de qualquer das formas admitidas no Direito.

    E) Empresa Pblica a entidade dotada de personalidade jurdica de direito pblica, com patrimnio prprio e capital exclusivo da Unio, criada por lei para a explorao de atividade econmica que o Governo seja levado a exercer por fora de contingncia ou de convenincia administrativa, devendo revestir-se sob a modalidade de sociedade annima.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 8

    Questo 18

    Com relao ao conceito de sociedade de economia mista, correto afirmar:

    A) Sociedade de Economia Mista a entidade dotada de personalidade jurdica de direito pblico, criada por lei para a explorao de atividade econmica, sob a forma de Sociedade Limitada, cujas aes com direito a voto pertenam em sua maioria Unio ou entidade da Administrao Indireta.

    B) Sociedade de Economia Mista a entidade dotada de personalidade jurdica de direito privado, criada por lei para a explorao de atividade econmica, sob a forma de Sociedade Annima, cujas aes pertenam em sua maioria Unio ou entidade da Administrao Pblica.

    C) Sociedade de Economia Mista a entidade dotada de personalidade jurdica de direito pblico, criada por lei para a explorao de atividade econmica, sob a forma de Sociedade Annima, cujas aes com direito a voto pertenam em sua maioria Unio ou entidade da Administrao Indireta.

    D) Sociedade de Economia Mista a entidade dotada de personalidade jurdica de direito privado, criada por lei para a explorao de atividade econmica, sob a forma de Sociedade Limitada, cujas aes com direito a voto pertenam em sua maioria Unio ou entidade da Administrao Indireta.

    E) Sociedade de Economia Mista a entidade dotada de personalidade jurdica de direito privado, criada por lei para a explorao de atividade econmica, sob a forma de Sociedade Annima, cujas aes com direito a voto pertenam em sua maioria Unio ou entidade da Administrao Indireta.

    DIREITO CONSTITUCIONAL

    Questo 19

    No tocante possibilidade de patenteabilidade de inventos, a Constituio Brasileira vigente estabelece regra geral, que define determinados requisitos. Com relao a estes requisitos correto afirmar que a lei assegurar

    A) aos requerentes de inventos industriais privilgio temporrio para sua utilizao, bem como proteo s criaes industriais, propriedade das marcas, aos nomes de empresas brasileiras e a outros signos distintivos, tendo em vista o interesse social e o desenvolvimento tecnolgico e econmico do Pas.

    B) aos autores de inventos industriais privilgio temporrio para sua utilizao, bem como proteo s criaes industriais, propriedade das marcas, aos nomes de empresas e a outros signos distintivos, tendo em vista o interesse social e o desenvolvimento tecnolgico e econmico do Pas.

    C) aos requerentes de inventos industriais e descobertas privilgio temporrio para sua utilizao, bem como proteo s criaes industriais, propriedade das marcas, aos nomes de empresas e a outros signos distintivos, tendo em vista o interesse social e o desenvolvimento tecnolgico e econmico do Pas.

    D) aos autores de inventos industriais e descobertas privilgio temporrio para sua utilizao, bem como proteo s criaes industriais, propriedade das marcas, aos nomes de empresas e a outros signos distintivos, tendo em vista o interesse social e o desenvolvimento tecnolgico e econmico do Pas.

    E) aos autores de inventos industriais privilgio temporrio para sua utilizao, bem como proteo s criaes industriais, propriedade das marcas, aos nomes de empresas exclusivamente brasileiras e a outros signos distintivos, tendo em vista o interesse social e o desenvolvimento tecnolgico e econmico do Pas.

    Questo 20

    Com relao ao qurum para aprovao de uma Emenda Constitucional pelo Congresso Nacional, correto afirmar que a proposta ser discutida e votada em cada Casa do Congresso Nacional

    A) em dois turnos, considerando-se aprovada se obtiver, em ambos, trs quintos dos votos dos respectivos membros. B) em turno nico, considerando-se aprovada se obtiver, em ambos, maioria dos presentes, independentemente do qurum

    regimental, dos votos dos respectivos membros. C) em dois turnos, considerando-se aprovada se obtiver, em ambos, maioria simples dos partidos dos votos dos respectivos

    membros. D) em dois turnos, considerando-se aprovada se obtiver, em ambos, maioria absoluta dos votos dos respectivos membros. E) em turno nico, considerando-se aprovada se obtiver, em ambos, trs quintos dos votos dos respectivos membros.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 9

    Questo 21

    A Presidncia das Assembleias Legislativas dos Estados de So Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, pela maioria relativa de seus membros, decide encaminhar, ao Congresso Nacional, proposta de Emenda Constitucional, regulamentando a distribuio de royalties, oriundos da explorao de petrleo. Encaminhado ao Congresso Nacional, o projeto protocolizado, recebendo o nmero de PEC 356/2013, sendo encaminhada para exame. Com relao ao narrado correto afirmar que a proposta

    A) no poder ser recebida, uma vez que no corresponde ao previsto na Constituio, j que a proposta foi encaminhada por somente quatro Assembleias Legislativas e o qurum de aprovao no foi o de 3/5 de seus membros.

    B) est apta a ser examinada, se for previamente homologada pelo Presidente do Senado Federal. C) est apta a ser examinada, se for previamente homologada pelo Presidente da Cmara dos Deputados. D) no poder ser recebida, uma vez que no corresponde ao previsto na Constituio, j que a proposta foi encaminhada

    por somente quatro Assembleias Legislativas. E) est apta a ser examinada. Questo 22

    So direitos sociais, estabelecidos pela Constituio Federal:

    I - dcimo terceiro salrio com base na remunerao integral ou no valor da aposentadoria; II - irredutibilidade do salrio, salvo o disposto em conveno ou acordo coletivo; III - proteo do salrio na forma da lei, constituindo crime sua reteno culposa; IV - proibio de trabalho noturno, perigoso ou insalubre a menores de dezoito e de qualquer trabalho a menores de quatorze anos, salvo na condio de aprendiz, a partir de doze anos; V - repouso semanal remunerado, preferencialmente aos fins de semana.

    Com relao s afirmativas acima, deve-se reconhecer como corretas apenas as opes

    A) IV e V. B) III e V. C) I e IV. D) II e III. E) I e II. Questo 23

    O servidor aprovado em concurso pblico e investido em cargo pblico se torna estvel aps um perodo de estgio probatrio, cuja durao ser de:

    A) 1 ano. B) 4 anos. C) 2 anos. D) 3 anos. E) 5 anos. Questo 24

    Em face do contido na Constituio da Repblica, correto afirmar que o tema da erradicao da pobreza

    A) constitui um direito social. B) constitui um objetivo fundamental. C) constitui um direito e garantia individual. D) no se encontra explicitada na norma constitucional. E) constitui um princpio decorrente da nacionalidade.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 10

    ADMINISTRAO PBLICA

    Questo 25 O instrumento de planejamento estratgico de mdio prazo que procura ordenar as aes do governo que levam ao atendimento dos objetivos e metas fixados para um perodo de quatro anos definido como: A) Oramento programa. B) Plano plurianual. C) Oramento de atividades. D) Lei de diretrizes oramentrias. E) Lei oramentria de investimentos. Questo 26 Considerando-se a estrutura conceitual de indicadores vinculada ao ambiente da gesto pblica por resultados, correto afirmar que a capacidade da organizao em manter seu nvel de prestao de servios de forma consistente ao longo do tempo demonstrada por ndices de: A) Sustentabilidade. B) Direo. C) Equidade. D) Sistemas. E) Objetividade. Questo 27 O princpio segundo o qual o oramento pblico deve conter todas as receitas e despesas referentes aos Poderes, seus fundos, rgos e entidades da administrao direta e indireta, inclusive as fundaes institudas e mantidas pelo Poder Pblico, denomina-se: A) Unidade. B) Exclusividade. C) Abrangncia. D) Integralidade. E) Universalidade. Questo 28 A liderana constitui um processo de influncia que facilita o movimento de uma equipe de pessoas rumo a determinada meta, seja ela comum ou compartilhada. Dessa forma, os lderes que, por meio do esclarecimento dos requisitos das tarefas e papis, orientam ou motivam seus seguidores na direo das metas fixadas, se caracterizam como: A) Primrios. B) Visionrios. C) Transacionais. D) Subjetivos. E) Transformacionais.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 11

    Questo 29 A administrao pblica gerencial surgiu na segunda metade do sculo XX como estratgia para reduzir custos e tornar mais eficiente a administrao dos servios sob a responsabilidade do Estado, sendo correto afirmar que possui, dentre outras, as seguintes caractersticas:

    A) Concentra-se no processo e controla procedimentos. B) Tem alta especializao e autorreferente. C) Opera sistemas administrativos e centralizadora. D) Foca o cidado e concentra-se no processo. E) Orienta-se para resultados e evita procedimentos rgidos. Questo 30 Dentre as funes que integram o processo de planejamento governamental, aquela que consiste em fazer com que as tarefas sejam realizadas de acordo com o plano, organizando e distribuindo responsabilidades e delegando autoridades, definida como:

    A) Segregao. B) Execuo. C) Avaliao. D) Correo. E) Programao.

    GOVERNANA E GESTO DE TECNOLOGIA DA INFORMAO Questo 31

    O referencial estratgico da Estratgia Geral de Tecnologia de Informao (EGTI 2013-2015) do SISP estabelece a MISSO, a VISO e oito VALORES. O enunciado abaixo corresponde a qual VALOR do referencial estratgico?

    Assegurar aes que garantam a credibilidade entre os rgos do Sistema.

    A) Colaborao. B) Sustentabilidade. C) Confiana. D) Liderana. E) Transparncia.

    Questo 32

    Para o CobiT, os pilares fundamentais que sustentam o ncleo da Governana de TI podem ser representados por cinco reas-foco. A rea-foco que tem como prtica "a execuo da proposio de valor atravs do tempo, assegurando que a TI entregue os benefcios prometidos de acordo com a estratgia, concentrando-se em otimizar custos e em comprovar o valor intrnseco da TI", denominada:

    A) Alinhamento estratgico. B) Agregao de valor. C) Gerenciamento de recursos. D) Gerenciamento de riscos. E) Medio de desempenho.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 12

    Questo 33 Qual o nvel do Modelo de Maturidade do CobiT em que os processos de TI so padronizados, documentados e comunicados? A) Nvel 1. B) Nvel 2. C) Nvel 3. D) Nvel 4. E) Nvel 5. Questo 34 Dentre as alternativas abaixo, o processo que NO faz parte do estgio de Desenho do Servio do ITIL o gerenciamento A) de Capacidade. B) de Disponibilidade. C) do Catlogo de Servios. D) de Nvel de Servio. E) do Portflio de Servios. Questo 35 De acordo com o Guia Prtico para Contratao de Solues de Tecnologia da Informao V 1.1 SLTI e a Instruo Normativa para Contratao de Solues de Tecnologia da Informao - SLTI/MP IN 04/2010, correto afirmar que o Integrante Tcnico do Modelo de Contratao de Solues de TI participa A) somente da fase de Planejamento da Contratao de Solues de TI. B) somente da fase de Seleo do Fornecedor de Solues de TI. C) das fases de Seleo do Fornecedor de Solues de TI e de Gerenciamento do Contrato de Solues de TI. D) das fases de Planejamento da Contratao de Solues de TI e de Seleo do Fornecedor de Solues de TI. E) de todas as fases do Modelo de Contratao de Solues de TI. Questo 36 De acordo com o PMBOK, o processo de criar a Estrutura Analtica do Projeto (EAP) est relacionado com qual Grupo de Processos e qual rea de Conhecimento, respectivamente? A) Planejamento e Gerenciamento do Escopo do Projeto. B) Planejamento e Gerenciamento da Integrao do Projeto. C) Planejamento e Gerenciamento do Tempo do Projeto. D) Execuo e Gerenciamento do Escopo do Projeto. E) Execuo e Gerenciamento da Integrao do Projeto.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 13

    Questo 37 O sistema estruturante do Poder Executivo Federal, institudo pelo Decreto n 1.094, de 23 de maro de 1994, com a finalidade de integrar e dotar os rgos da administrao direta, autrquica e fundacional de instrumento de modernizao, em todos os nveis, em especial: I - o catlogo unificado de materiais e servios; II - o cadastramento unificado de fornecedores; III - o registro de preos de bens e servios. conhecido pela sigla A) SIASG. B) SIAFI. C) SIAPE. D) SIORG. E) SICAF. Questo 38 O Sistema de Administrao dos Recursos de Tecnologia da Informao SISP, do Poder Executivo Federal, criado pelo Decreto n 7.579, de 11 de outubro de 2011, integrado pelo rgo Central (Secretaria de Logstica e Tecnologia da Informao do Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto), rgos Setoriais, Comisso de Coordenao, rgos Seccionais e rgos Correlatos. Dentre as alternativas abaixo, indique aquela que NO identifica UMA COMPETNCIA DOS RGOS SETORIAIS (unidades de administrao dos recursos de tecnologia da informao dos Ministrios e dos rgos da Presidncia da Repblica). A) Coordenar, planejar, articular e controlar as aes relativas aos recursos de tecnologia da informao, no mbito dos

    respectivos Ministrios ou rgos da Presidncia da Repblica. B) Acompanhar e avaliar os resultados da regulamentao emanada do rgo Central do SISP, e propor ajustamentos. C) Fornecer subsdios ao rgo Central do SISP, por intermdio da Comisso de Coordenao, para a definio e

    elaborao de polticas, diretrizes e normas gerais relativas ao SISP. D) Cumprir e fazer cumprir, por meio de polticas, diretrizes, normas e projetos setoriais, as polticas, diretrizes e normas

    gerais emanadas do rgo Central do SISP. E) Participar, como membro da Comisso de Coordenao, dos encontros de trabalho programados para tratar de assuntos

    relacionados ao SISP. Questo 39 A Lei n 12.527/2011 Lei de Acesso Informao Pblica (LAI) estabelece que, no caso de indeferimento de acesso a informaes ou s razes da negativa do acesso, o interessado poder interpor recurso contra a deciso, no prazo de 10 (dez) dias a contar da sua cincia, dirigido autoridade hierarquicamente superior que exarou a deciso impugnada. Negado o acesso informao pelos rgos ou entidades do Poder Executivo Federal, o requerente poder recorrer A) Comisso Mista de Reavaliao de Informaes. B) ao Conselho Nacional de Justia. C) ao Ministrio Pblico. D) Controladoria-Geral da Unio. E) ao Gabinete de Segurana Institucional da Presidncia da Repblica.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 14

    Questo 40 O Guia de Elaborao de Plano Diretor de TI (PDTI) do SISP prev as seguintes fases que compem o processo de elaborao do PDTI: Preparao, Diagnstico e Planejamento. Para cada uma dessas fases, o Guia estabelece os processos que a compem. Dentre as alternativas abaixo, qual o processo que NO compe a fase de diagnstico? A) Avaliar os resultados Planejamento de TI anterior. B) Analisar o Referencial Estratgico da rea de TI. C) Realizar Anlise SWOT da TI. D) Consolidar o Inventrio de Necessidades. E) Identificar Estratgias da Organizao.

    DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

    Questo 41 O modelo de computao em nuvem em que, entre suas caractersticas bsicas, o usurio no precisa dispor de hardware e software nos moldes tradicionais, ou seja, em seu data center, e a capacidade de processamento e de armazenamento obtida remotamente da nuvem, denominado A) CaaS (Communication as a Service). B) DaaS (Development as a Service). C) IaaS (Infrastructure as a Service). D) PaaS (Plataform as a Service). E) SaaS (Software as a Service). Questo 42

    De acordo com o Guia Geral MPS de Software:2012, qual das alternativas abaixo NO faz parte do perfil de processos atribudos ao nvel de maturidade D (Largamente Definido) do Modelo de Referncia MPS para Software (MR-MPS-SW)? A) Desenvolvimento de Requisitos. B) Gerncia de Riscos. C) Integrao do Produto. D) Validao. E) Verificao. Questo 43 Uma das recomendaes do Modelo de Acessibilidade do Governo Eletrnico (e-MAG) no utilizar tabelas para diagramao, pois as tabelas devem ser utilizadas apenas para dados tabulares e no para efeitos de disposio dos elementos na pgina. Para esse fim, que recursos devem ser utilizados? A) Folhas de estilo. B) Bancos de dados. C) Frames. D) Menus pop-up. E) Applets.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 15

    Questo 44 XML Schema uma linguagem baseada no formato XML para definio de regras de validao ("esquemas") em documentos no formato XML, que prov recursos como namespaces e datatypes. Esta linguagem uma alternativa ao A) CSS. B) SOAP. C) JSP. D) DOM. E) DTD. Questo 45 A funo que invoca o compilador Java Script, que pode ser usada para converter um texto JSON em um objeto, denomina-se A) decode(). B) encode(). C) process(). D) eval(). E) map().

    ENGENHARIA DE SOFTWARE

    Questo 46 Considere o seguinte problema encontrado em projetos de desenvolvimento de software: Projetos reais raramente seguem um fluxo sequencial. Apesar de um modelo linear poder acomodar a iterao, ele o faz indiretamente. Como resultado, as modificaes podem causar confuso medida que a equipe de projeto prossegue. Esse um dos problemas que so algumas vezes encontrados quando aplicado o modelo de desenvolvimento A) em cascata. B) gil. C) espiral. D) incremental. E) unificado. Questo 47 Na Anlise de Pontos de Funo, fatores de ajustamento so usados para fornecer uma indicao da complexidade do problema. Tais fatores de ajustamento so baseados em 14 caractersticas gerais do sistema como, por exemplo, Comunicao de Dados e Desempenho. Qual das alternativas abaixo NO uma caracterstica geral do sistema usada no clculo do valor do fator de ajustamento? A) Entrada de dados online. B) Reusabilidade. C) Facilidade operacional. D) Processamento complexo. E) Disponibilidade 24x7.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 16

    Questo 48

    No processo unificado de desenvolvimento de software, qual a fase em que o planejamento do projeto completado, o domnio do negcio analisado e os requisitos do sistema so ordenados considerando-se prioridade e risco?

    A) Concepo. B) Elaborao. C) Construo. D) Transio. E) Produo. Questo 49

    Geralmente, um caso de uso tem diversas maneiras de ser realizado. Qual a denominao dada descrio de uma das maneiras pelas quais o caso de uso pode ser realizado, tambm chamado de instncia de um caso de uso?

    A) Panorama. B) Quadro. C) Cenrio. D) Prottipo. E) Iterao. Questo 50

    Sobre os princpios do mtodo de desenvolvimento Scrum, que so consistentes com o manifesto gil, julgue as seguintes afirmativas e assinale a alternativa correta.

    I - Testes e documentao constantes so realizados medida que o produto construdo. II - O processo produz frequentes incrementos de software que podem ser inspecionados, ajustados, testados, documentados e expandidos. III - O trabalho de desenvolvimento e o pessoal que o realiza dividido em parties claras, de baixo acoplamento, ou em pacotes.

    A) Apenas as afirmativas I e II so corretas. B) Apenas as afirmativas I e III so corretas. C) Apenas as afirmativas II e III so corretas. D) Todas as afirmativas so corretas. E) Nenhuma das afirmativas correta.

    SEGURANA DA INFORMAO Questo 51

    O que significa o tipo de ataque de DoS conhecido por Inundao na conexo ? A) O atacante executa um grande nmero de conexes UDP em um alvo, tornando-o incapaz de responder a conexes

    legtimas. B) O atacante executa um grande nmero de conexes TCP abertas ou semiabertas em um alvo, tornando-o incapaz de

    responder a conexes legtimas. C) O atacante executa uma conexo do tipo FIN em um alvo, tornando-o incapaz de responder a conexes legtimas. D) O atacante executa um pequeno nmero de conexes TCP do tipo FIN em um alvo, tornando-o incapaz de responder a

    conexes legtimas. E) O atacante executa uma conexo TCP com tamanho acima 1.440 Bytes em um alvo, tornando-o incapaz de responder a

    conexes legtimas.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 17

    Questo 52

    Est entre as finalidades da segurana da informao a preservao de

    A) confiabilidade, acessibilidade e integridade da informao. B) identidade, integridade e disponibilidade da informao. C) confidencialidade, integridade e disponibilidade da informao. D) confidencialidade, visibilidade e disponibilidade da informao. E) autenticidade, identidade e acessibilidade da informao.

    Questo 53

    Em uma comunicao segura, que tipos de tcnicas computacionais devem ser usadas para proteger do roubo de identidade?

    A) Tcnicas de acessibilidade. B) Tcnicas de controle de acesso. C) Tcnicas de confiabilidade. D) Tcnicas de autenticao. E) Tcnicas de integridade de dados.

    Questo 54

    Na segurana da informao, o que se caracteriza como incidente de segurana da informao?

    A) Eventos indesejados e/ou inesperados que tenham grande probabilidade de ameaar a segurana da informao de uma organizao.

    B) Eventos desejados e/ou inesperados que tenham grande probabilidade de ameaar a segurana da informao de uma organizao.

    C) Ataques desejados que tenham grande probabilidade de ameaar a segurana da informao de uma organizao. D) Eventos indesejados e/ou inesperados sem grande probabilidade de ameaar a segurana da informao de uma

    organizao. E) Ataques desejados que no tenham nenhuma probabilidade de ameaar a segurana da informao de uma organizao.

    Questo 55

    De acordo com a norma ABNT NBR ISO/IEC 27002:2005, os CONTROLES que envolvem controle de entrada fsica, proteo contra ameaas externas, documentao de procedimentos de operao e gesto de mudana, so, respectivamente:

    A) "gerenciamento das operaes e comunicaes" e "segurana fsica e do ambiente". B) "segurana fsica e do ambiente" e "gerenciamento das operaes e comunicaes". C) "gerenciamento das comunicaes internas" e "segurana fsica e do ambiente". D) "gerenciamento das operaes e comunicaes" e "segurana lgica". E) "segurana lgica" e "gerenciamento de ativos".

    Questo 56

    Qual procedimento deve ser usado para envio de email seguro, contemplando apenas integridade e autenticao?

    A) Aplica-se uma funo de hash na mensagem, criptografa-se o resumo gerado com a chave pblica do remetente, anexa-o mensagem original e envia-se o resultado.

    B) Criptografa-se a mensagem com a chave pblica do remetente, aplica-se uma funo de hash no resultado, anexa-o mensagem criptografada e envia-se o conjunto.

    C) Aplica-se uma funo de hash na mensagem, criptografa-se o resumo gerado com a chave privada do remetente, anexa-o mensagem original e envia-se o resultado.

    D) Criptografa-se a mensagem com a chave pblica do destinatrio, aplica-se uma funo de hash no resultado, anexa-o mensagem criptografada e envia-se o conjunto.

    E) Aplica-se uma funo de hash na mensagem, criptografa-se o resumo gerado com a chave pblica do destinatrio, anexa-o mensagem original e envia-se o resultado.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 18

    Questo 57

    Em se tratando de ataques DDOS do tipo TCP SYN flood com spoofing, cite uma medida para evitar o envio deste tipo de ataque para fora de uma rede corporativa e outra para evitar que este tipo de ataque entre numa rede corporativa, sem prejuzo dos servios de rede:

    A) Roteador de acesso deve bloquear pacotes de sada contendo TCP SYN e deve-se solicitar aos ISPs vizinhos o bloqueio dos pacotes IP destinados aos servidores vitimados.

    B) Roteador de acesso deve bloquear broadcasts para fora da rede e servidores da rede devem impedir a abertura de conexes TCP originadas fora da corporao.

    C) Roteador de acesso deve bloquear pacotes de sada contendo SYN ACK e servidores da rede devem impedir a abertura de conexes originadas fora da corporao.

    D) Roteador de acesso deve usar filtro de RPF para bloquear a sada de pacotes forjados e deve-se usar um firewall na entrada da rede que impea o estabelecimento de conexes TCP que no tenham sido totalmente estabelecidas.

    E) Roteador de acesso deve interromper conexes TCP cujo SYN ACK no for recebido dentro de um limite de tempo e firewall na entrada da rede deve filtrar pacotes contendo SYN ACK.

    Questo 58

    Os protocolos AH (Cabealho de Autenticao) e ESP (Carga de Segurana de Encapsulamento) do IPsec proveem respectivamente:

    A) AH prov autenticao da fonte e integridade dos dados; ESP prov autenticao da fonte, integridade dos dados e sigilo. B) AH prov autorizao da fonte e acessibilidade dos dados; ESP prov autorizao da fonte, acessibilidade dos dados e

    relao de confiana. C) AH prov autenticao da fonte e acessibilidade dos dados; ESP prov autenticao da fonte, acessibilidade dos dados e

    sigilo. D) AH prov autorizao da fonte e disponibilidade dos dados; ESP prov autorizao da fonte, disponibilidade dos dados e

    sigilo. E) AH prov disponibilidade da fonte e integridade dos dados; ESP prov disponibilidade da fonte e integridade dos dados e

    sigilo.

    Questo 59

    Qual a melhor definio para Firewalls?

    A) um conjunto de softwares que separa a rede interna de uma organizao da rede externa (Internet), permitindo a entrada de algumas requisies e bloqueando outras.

    B) uma combinao de hardware e software que separa as redes de uma organizao, bloqueando todo tipo de trfego. C) um conjunto de hardwares que separa a rede interna de uma organizao da rede externa (Internet), permitindo a

    entrada de algumas requisies e bloqueando outras. D) uma combinao de hardware e software que separa a rede interna de uma organizao da rede DMZ, permitindo a

    entrada de algumas requisies e bloqueando outras. E) uma combinao de hardware e software que separa a rede interna de uma organizao da rede externa (Internet),

    permitindo a entrada de algumas requisies e bloqueando outras.

    Questo 60

    Qual dispositivo usado na segurana de rede que investiga todo pacote que passa por ele, abrindo seu contedo e filtrando se necessrio?

    A) Sistema de explorao de vulnerabilidade. B) Sistema Firewall. C) Sistema de deteco de intruso. D) Sistema de eliminao de intruso. E) Sistema de preveno de intruso.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 19

    INFRAESTRUTURA DA TECNOLOGIA DA INFORMAO Questo 61

    Em uma empresa Y existem 3 usurios (Felipe, Joo e Maria). Marque entre as alternativas abaixo a que indica a sintaxe correta para inserir esses 3 usurios em um grupo chamado adm no sistema operacional Linux.

    A) adduser felipe adm; adduser joao adm; adduser maria adm B) chfn felipe adm; chfn joao adm; chfn maria adm C) groupadd felipe adm; groupadd joao adm; groupadd maria adm D) passwd felipe adm; passwd joao adm; passwd maria adm E) chgroup felipe adm; chgroup joao adm; chgroup maria adm Questo 62

    Qual das alternativas abaixo define melhor a funo do servio Active Directory (AD) em um ambiente com MS Windows 2008 Server ?

    A) O AD fornece um banco de dados distribudo que armazena e gerencia informaes sobre recursos da rede como usurios, computadores e outros dispositivos.

    B) O AD fornece um mapa dinmico com todas as informaes sobre recursos da rede como usurios, computadores e outros dispositivos.

    C) O AD fornece um banco de dados distribudo que armazena e gerencia informaes sobre todos os usurios de um domnio.

    D) O AD fornece um banco de dados distribudo que armazena e gerencia informaes sobre todos os dispositivos de um domnio.

    E) O AD fornece um banco de dados distribudo que armazena e gerencia os meios de autenticao e controle de acesso de todos os usurios de um domnio.

    Questo 63 Qual o protocolo usado para acessar um servio de diretrio, baseado no padro X.500, sobre TCP/IP ? A) Microsoft Active Directory Service B) Lightweight Directory Access Protocol C) Novell Directory Services D) Network Information Service E) Directory and Catalogues Access Protocol Questo 64 Como conhecida a tcnica que permite um sistema operacional rodar vrios sistemas operacionais convidados diferentes em um nico equipamento? A) Mquina virtual. B) Virtualizao de sistema operacional. C) Consolidao de sistema operacional. D) Virtualizao de aplicao. E) Consolidao de aplicao.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 20

    Questo 65 Qual alternativa abaixo menciona ferramentas usadas para configurar e gerenciar um Failover Cluster no sistema operacional MS Windows Server 2008 R2? A) Microsoft System Console (MSC) e Windows PowerShell B) Microsoft Management Console (MMC) e Windows BashShell C) Microsoft Management Console (MMC) e Windows PowerShell D) Microsoft System Console (MSC) e Windows BornShell E) Microsoft Management Console (MMC) e Windows ShellScript Questo 66 Em uma empresa X, alguns dos dispositivos de armazenamento esto ligados diretamente nos servidores; outros esto ligados via rede LAN da empresa com velocidade de 100 Mbps. Qual alternativa abaixo melhor representa, respectivamente, as tecnologias de armazenamento usadas pela empresa? A) Network Attached Storage e Direct Attached Storage B) Storage Area Network e Network Attached Storage C) Direct Attached Storage e Network Attached Storage D) Storage Area Network e Direct Attached Storage E) Direct Attached Storage e Storage Area Network Questo 67

    Sobre RAID, analise as assertivas e assinale a alternativa que aponta a(s) correta(s).

    I. No RAID 0 so no mnimo dois discos. Todos so acessados como se fossem um nico disco. No caso de falha de um disco no ocorre perda de dados.

    II. No RAID 6 so no mnimo quatro discos. Neste RAID o nmero de bits de paridade dobrado. Podem ocorrer falhas em at dois discos que os dados no sero perdidos.

    III. No RAID 10 so no mnimo quatro discos. Os blocos de dados so divididos usando RAID 0 em dois pares de discos usando RAID 1 entre eles.

    IV. O RAID 5 so no mnimo trs discos. Os blocos de dados e as informaes de paridade so distribudos entre os discos, caracterstica que torna a leitura muito lenta. Em caso de falha de um disco no ocorre perda de dados.

    A) Apenas II. B) Apenas I, II e III. C) Apenas I, III e IV. D) Apenas II e III. E) I, II, III e IV. Questo 68

    Seja o comando em Linux com a seguinte sintaxe: chmod 723 aula.txt. Qual ser a permisso do dono, do grupo e outros em relao ao arquivo aula.txt ?

    A) O dono pode gravar, apagar e executar; o grupo pode ler; os outros podem ler e apagar. B) O dono pode gravar, ler e apagar; o grupo pode gravar; os outros podem ler e executar. C) O dono pode apagar, ler e localizar; o grupo pode executar; os outros podem ler e apagar. D) O dono pode gravar, ler e executar; o grupo pode gravar; os outros podem gravar e executar. E) O dono pode gravar e executar; o grupo pode ler; os outros podem ler e gravar.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 21

    Questo 69

    Em uma empresa Z, considera-se que j foi realizado um Backup NORMAL no incio do dia de DOMINGO. A forma mais RPIDA para realizar o Backup dos arquivos modificados nos outros dias da semana conhecida como Backup A) rotineiro. B) diferencial. C) dirio. D) parcial. E) incremental. Questo 70

    Sobre Alta Disponibilidade e Balanceamento de Carga, analise as assertivas e assinale a alternativa que aponta a(s) correta(s). I. Alta Disponibilidade a garantia de que o sistema estar sempre disposio quando o cliente o requisitar; II. Os termos Tolerncia a falhas e Alta Disponibilidade podem ser empregados como sinnimos; III. Balanceamento de Carga um software usado para escalar uma tarefa entre dois processadores; IV. Em Sistemas com Misso Crtica, desejvel implantar Alta Disponibilidade com Balanceamento de Carga. A) Apenas III. B) Apenas I, II e IV. C) Apenas I, III e IV. D) Apenas II e IV. E) Apenas I e IV.

    REDE DE COMPUTADORES Questo 71

    Em relao s redes de comutao de circuitos e de comutao de pacotes, qual das afirmativas abaixo est ERRADA?

    A) Na rede de comutao de pacotes uma comunicao entre dois pontos podem ocorrer atrasos na transmisso, mas suas taxas so constantes.

    B) Em uma rede de comutao de circuito, os recursos necessrios comunicao ao longo do caminho so reservados. Em uma rede de comutao de pacotes os recursos para comunicao no so reservados e sim, so sob demanda.

    C) As redes de telefonia, na sua maioria, so redes baseadas em comutao de circuitos. D) A Internet baseada em uma rede de comutao de pacotes, faz-se o melhor esforo para entregar os dados, contudo, no

    existe garantia. E) Uma comunicao entre dois pontos, usando rede de comutao de circuito, alm de uma conexo contnua, tambm

    reservada uma largura de banda constante entre os enlaces. Questo 72

    No controle de congestionamento do TCP, quando uma perda detectada por timeout, a janela de transmisso decresce

    A) pela metade e entra na fase de partida lenta. B) para 1 MSS e entra na fase de partida lenta. C) pela metade, continua a reduzir de 1 MSS at que no haja mais perda e entra na fase de partida lenta. D) para 1 MSS e entra na fase de preveno de congestionamento. E) paulatinamente de 1 MSS at que no haja mais perda e entra na fase de preveno de congestionamento.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 22

    Questo 73 Qual faixa de IPs pertence rede 172.16.10.64/26 e quantas redes podem ser criadas a partir desta mscara? A) 172.16.10.127 a 172.16.10.132; Cinco redes classe /26. B) 172.16.10.120 a 172.16.10.125; Trs redes classe /26. C) 172.16.10.120 a 172.16.10.125; Quatro redes classe /26. D) 172.16.10.127 a 172.16.10.132; Seis redes classe /26. E) 172.16.10.127 a 172.16.10.132; Quatro redes classe /26. Questo 74 Em uma Empresa X, em andares diferentes, existem dois comutadores cada um com duas VLANs: VLAN A e VLAN B. Os dois esto interligados e cada porta desta ligao foi configurada como porta de entroncamento (Porta TRUNK) e habilitada para atravessar as VLANs A e B. O comutador sabe que o quadro (frame), que entra na porta TRUNK, pertence a uma determinada VLAN, porque foi definido um quadro estendido de padro Ethernet A) 802.1q, que carrega a identificao da VLAN em um campo de seis bytes (Rtulo VLAN) adicionado ao cabealho do

    quadro. B) 802.1p, que carrega a identificao da VLAN em um campo de quatro bits (Rtulo VLAN) adicionado ao cabealho do

    quadro. C) 802.1q, que carrega a identificao da VLAN em um campo de quatro bits (Rtulo VLAN) adicionado ao cabealho do

    quadro. D) 802.1q, que carrega a identificao da VLAN em um campo de quatro bytes (Rtulo VLAN) adicionado ao cabealho do

    quadro. E) 802.1p, que carrega a identificao da VLAN em um campo de quatro bytes (Rtulo VLAN) adicionado ao cabealho do

    quadro. Questo 75 Sobre o protocolo HTTP, ERRADO afirmar: A) Existem dois tipos de mensagens HTTP: Requisio e Resposta. As mensagens de Requisio so divididas em Linha de

    Requisio (a primeira) e Linha de Cabealho (as outras); As mensagens de Respostas so divididas em Linha de Estado, Linhas de Cabealho e Linhas do Corpo.

    B) O protocolo HTTP no precisa se preocupar com dados perdidos entre uma comunicao cliente e servidor, pois esta tarefa fica a cargo da camada de transporte, mais especificamente do protocolo TCP.

    C) Os clientes WEB fazem requisies HTTP aos servidores WEB, que por sua vez respondem s requisies HTTP aos clientes. As mensagens HTTP (requisio e resposta) usam protocolo de transporte TCP.

    D) O protocolo HTTP define como o cliente WEB (geralmente WEB Browsers) e o servidor HTTP iro trocar mensagens entre si.

    E) Se um cliente solicita ao servidor HTTP o mesmo objeto mais de uma vez em poucos segundos, o servidor responde requisio do cliente com um cdigo de erro avisando que j enviou aquele objeto e cancela o envio.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 23

    BANCO DE DADOS E GESTO DA INFORMAO

    Questo 76 A descrio concisa dos requisitos de dados dos usurios, que inclui descries detalhadas de tipos entidades, relacionamentos e restries, expressos usando os conceitos fornecidos pelo modelo de dados de alto nvel, conhecida como esquema A) conceitual. B) lgico. C) fsico. D) interno. E) externo. Questo 77 Seja a relao EMP-PROJ(CPF, NumProj, Horas, NomeEmp, NomeProj, LocalProj) onde {CPF, NumProj} a chave primria de EMP-PROJ e as seguintes dependncias funcionais: {CPF, NumProj} Horas {CPF} NomeEmp {NumProj} {NomeProj, LocalProj} A relao EMP-PROJ, com estas dependncias funcionais, viola qual forma normal? A) Primeira forma normal. B) Segunda forma normal. C) Terceira forma normal. D) Forma normal de Boyce-Codd. E) Quarta forma normal. Questo 78 Sobre a organizao de arquivos de registros desordenados (Heap Files), usada frequentemente em sistemas de gerenciamento de banco de dados, correto afirmar que A) possvel usar pesquisa binria sobre campo chave. B) seus registros so armazenados em rvores-B. C) permite o uso de ndices primrios. D) requer uma funo de hashing externo. E) incluir um novo registro muito eficiente.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 24

    Questo 79

    Na modelagem dimensional de dados para Data Warehouse, existem dois tipos de tabelas, representando os fatos contendo os dados granulares e os pontos de entrada especficos chamados de dimenses que descrevem os fatos. A modelagem dimensional facilita as consultas com operaes OLAP (de Processamento Analtico On Line, em Ingls). A operao OLAP que permite relacionar fatos diferentes atravs de dimenses compartilhadas denominada

    A) pivoteamento. B) drill down. C) drill up. D) drill across. E) slice and dice. Questo 80 Qual o tipo de descoberta de conhecimento atravs de minerao de dados (do ingls data mining), em que se relaciona a presena de conjuntos de itens diversos, como por exemplo: Quando uma mulher compra uma bolsa em uma loja, ela est propensa a comprar sapatos? A) Hierarquias de classificao. B) Padres sequenciais. C) Regras de associao. D) Sries temporais. E) Agrupamentos por similaridade.

    QUESTO DA PROVA DISCURSIVA

    Suponha que a sua organizao possui um Plano Diretor de Tecnologia de Informao (PDTI), que

    estabelece a obrigatoriedade do planejamento nas contrataes de TI, em consonncia com a Estratgia Geral de

    TI do SISP e com a Instruo Normativa (IN) SLTI/MP n 04, de 12 de novembro de 2010. Descreva sucintamente

    as cinco etapas da fase de Planejamento que devem ser seguidas no processo de contratao de TI, para que esteja

    de acordo com o PDTI.

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 25

    RASCUNHO PARA QUESTO DISCURSIVA

    1

    2

    3

    4

    5

    6

    7

    8

    9

    10

    11

    12

    13

    14

    15

    16

    17

    18

    19

    20

    21

    22

    23

    24

    25

    26

    27

    28

    29

    30

  • Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

    Analista em Tecnologia da Informao

    Prova objetiva e Prova discursiva Pgina: 26

Recommended

View more >