fluxo de caixa

Download Fluxo de caixa

Post on 01-Jul-2015

306 views

Category:

Economy & Finance

6 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Article about cash flow and his importance to entrerprises

TRANSCRIPT

  • 1. Revista Eletrnica de Contabilidade Curso de Cincias Contbeis UFSM VOLUME ii n. 2 jun-nov/2005 _____________________________________________________________________________________ FLUXO DE CAIXA SUA IMPORTNCIA E APLICAO NAS EMPRESAS Autor: Joo Friedrich1 Orientador: Gilberto Brondani2 RESUMO Ao realizar este trabalho, procurar-se- demonstrar a real importncia do Fluxo de Caixa, no dia-a-dia da empresas. Atravs de um estudo, que passou inicialmente por uma reviso bibliogrfica, onde os conceitos sobre fluxo de caixa foram analisados. E com base nestas analises foi evidenciada a sua importncia e tambm a forma como podem ser analisados os demonstrativos de Fluxo de Caixa, como ferramenta de gesto. Foram conceituados os tipos de Fluxo de Caixa, bem como relacionar os elementos que devem comp-lo, sua forma mais adequada de apresentao e como utiliza-lo de modo a obter os melhores resultados no processo decisrio, assim como aquelas operaes que no afetam o caixa. Palavras-chave: fluxo empresas - caixa. ABSTRACT Realizing this work, it is aimed to demonstrate the real importance of the flow of cash box in the day-by-day of companies throughout a study, which passed by a bibliographic review initially, in which concepts about flows of cash box were analyzed. Based on these analysis, it was verified the importance of this flow as well as the way that the demonstratives of the flow of cash box can be analyzed as a tool of management. Types of flow of cash box were identified as well as related to the elements which have to compose them. In addition, the most adequate form of the flow of cash box and the operations that do not affect the cash box were also analyzed in order to demonstrate the best results in the decisive process. Key-Words: flow company cash box 1 Especialista em Controladoria UFSM/RS. Email: joao.friedrich@bol.com.br 2 Mestre em Engenharia de Produo UFSM/RS, Professor do Departamento de Cincias Contbeis UFSM/RS. Email: brondani@ccsh.ufsm.br

2. Revista Eletrnica de Contabilidade Curso de Cincias Contbeis UFSM VOLUME ii n. 2 jun-nov/2005 _____________________________________________________________________________________ 1. INTRODUO Tendo em vista a nova conjuntura econmica, exige-se que os administradores financeiros estejam preparados para novos desafios. Hoje, mais do que nunca preciso gerenciar com competncia os recursos financeiros da empresa. E isto somente ser possvel, se for realizado, atravs da participao e integrao de todos. No processo de elaborao de um fluxo de caixa devero ser utilizadas as tcnicas gerenciais, com vistas a que se projete as vendas e os custos da empresa, diminuindo ou eliminando os desperdcios dos seus caixas. Desta forma o fluxo de caixa constitui-se em instrumento essencial para que a empresa venha a ter agilidade e segurana em suas atividades. Logo, o fluxo de caixa dever refletir com preciso a situao econmica da empresa. A metodologia utilizada neste trabalho cientfico foi de pesquisas bibliogrficas e artigos publicados. Tratar-se- inicialmente os aspectos globais do fluxo de caixa na contabilidade, logo a seguir veremos a sua utilizao nas empresas. Depois trataremos os mtodos utilizados na sua elaborao. E por fim, alguns aspectos complementares. O que pode ser constatado neste trabalho que o fluxo de caixa uma ferramenta que possibilita o planejamento, a organizao, a colocao e o controle dos recursos financeiros da empresa em um determinado perodo. 2. O FLUXO DE CAIXA E A CONTABILIDADE Consideraes Iniciais A Contabilidade tem sido classificada, quanto s suas finalidades, como cincia social, embora na prtica leve em considerao o aspecto quantitativo. Reconhecida como um sistema de informaes, devidamente estruturadas, se constituindo, ao longo dos tempos, ferramenta indispensvel boa gesto das organizaes. A legislao atual Lei N 6.404/76 atravs da qual as Normas Contbeis so regulamentadas - obriga as empresas, Sociedades Annimas, a 3. Revista Eletrnica de Contabilidade Curso de Cincias Contbeis UFSM VOLUME ii n. 2 jun-nov/2005 _____________________________________________________________________________________ apresentarem, juntamente com seus balanos, a Demonstrao das Origens e Aplicaes dos Recursos. Para o futuro, existem alguns estudos que visam substituio da Demonstrao das Origens e Aplicaes dos Recursos pelo Fluxo de Caixa. A principal justificativa desta idia tem consistido, na facilidade e na praticidade de entendimento do Fluxo de Caixa. As informaes financeiras podem ser visualizadas de forma mais clara. Embora, a Demonstrao das Origens e aplicaes dos Recursos (DOAR) possua maior riqueza de informaes. Durante os ltimos anos, os contadores tm se desdobrado nas suas funes e no so mais apenas meros preenchedores de formulrios para o fisco. Pelo contrrio, tem se tornado parceiro dos proprietrios, administradores, entre outros, na produo de informes de natureza econmica e financeira, assim como, no processo de projees do futuro das organizaes. O fato das demonstraes contbeis representarem uma situao da empresa em um determinado momento, levou a que se adotassem os fluxos, a fim de melhor embasar as Demonstraes Contbeis. Esta prtica propicia a melhor compreenso das modificaes ocorridas no patrimnio da empresa. Pois o Balano Patrimonial representa os bens, direitos e obrigaes de uma empresa em um determinado momento. Para que se compreenda melhor a evoluo dos nveis de estoque, no Balano Patrimonial, precisamos recorrer a outras demonstraes que indiquem a sua movimentao em um determinado perodo. Esta anlise ganhar maior importncia se tomar por base, por exemplo, as informaes contidas na Demonstrao dos Resultados do Exerccio, pois nela esto contidas as movimentaes dos fluxos de receitas e despesas, a fim de que se possa concluir sobre a participao de cada componente no resultado obtido. Ao longo do tempo, muitas foram s vezes que as empresas tiveram que se contentar com os dados contidos no Balano Patrimonial e na Demonstrao dos Resultados do Exerccio. No entanto a necessidade de 4. Revista Eletrnica de Contabilidade Curso de Cincias Contbeis UFSM VOLUME ii n. 2 jun-nov/2005 _____________________________________________________________________________________ instrumentos mais dinmicos, com possibilidade de contemplar toda a movimentao financeira da empresa e no apenas em receitas e despesas, com base no regime de competncia. Para suprir esta necessidade, e com a pretenso de tornar-se um demonstrativo diferente dos demais, surgiu o Fluxo de Fundos. A expresso fundos de acordo com o perodo considerado, pode assumir muitas interpretaes. Deste modo, para uma anlise em funo das mudanas ocorridas em um perodo, o enfoque recomendvel o do Capital Circulante Liquido, e se o desejo de anlise o curtssimo prazo ento devemos analisar o caixa. Devemos, no entanto observar que a definio mais comum para o Fluxo de Fundos. Em nosso pas a Demonstrao de Origens e Aplicaes de Recursos (DOAR) foi adotada com base no conceito de Capital Circulante Lquido, e busca demonstrar a situao financeira da empresa de curto prazo. Fluxo de Caixa sua importncia O fluxo de caixa assume importante papel no planejamento financeiro das empresas. Compreende-se como Fluxo de Caixa, os registro e os controles existentes da movimentao do caixa, compreendendo assim as entradas e sadas dos recursos financeiros que tenham ocorrido em um determinado intervalo de tempo. Logo o fluxo de caixa uma prtica dinmica, que dever ser revista e atualizada constantemente, com vistas a ser til na tomada de decises. Neste trabalho, procurar-se- dar o enfoque contbil Demonstrao de Origem e Aplicao de Recursos como instrumento para anlise financeira das empresas e da Demonstrao do Fluxo de Caixa na perspectiva futura. Atravs do Fluxo de Caixa, a administrao da empresa poder adotar medidas que possibilitam a boa gesto dos seus recursos, evitando desta forma problemas de liquidez e insolvncia, que so a maior ameaa contabilidade das empresas. A correta aplicao da ferramenta fluxo de caixa, dar condies do administrador conhecer o quanto a sua empresa independente 5. Revista Eletrnica de Contabilidade Curso de Cincias Contbeis UFSM VOLUME ii n. 2 jun-nov/2005 _____________________________________________________________________________________ financeiramente. Atravs da anlise da sua capacidade de gerao de recursos com vistas a saldar seus compromissos e remunerar seus investimentos. Poder tambm avaliar a sua capacidade de financiamento do capital de giro prprio, ou ainda se depender de recursos externos. Conhecendo desta forma sua capacidade de expanso com recursos prprios, que foram produzidos a partir das suas operaes, aferindo assim, seu efetivo potencial para implementao de investimentos, financiamentos, distribuio de lucros ou pagamento de dividendos. Produzir ainda, indicadores do momento ideal para a realizao de emprstimos ou captao de recursos externos, com vistas a cobrir eventuais situaes deficitrias, ou implementaes que necessitem de recursos adicionais, alm de permitir a correta deciso sobre os excedentes de caixa, aumentando desta forma os ganhos da empresa. 3. FLUXO DE CAIXA - SUA UTILIZAO NAS EMPRESAS Fluxo de Caixa Projetado X Fluxo de Caixa Histrico So conhecidas duas formas para tratamento das informaes do Fluxo de Caixa; a primeira refere-se ao Fluxo de Caixa Histrico (ou Passado) que apresenta o desempenho passado; e a outra se refere ao Fluxo de Caixa Projetado (ou Oramento de Caixa) que procura antecipar as situaes relacionadas ao caixa das empresas. O Fluxo de Caixa Histrico apresenta-se como instrumento que vem complementar s demais demonstraes contbeis, especialmente ao Balano Patrimonial e a Demonstrao de Resultado do Exerccio. Ele esclarece as atividades operacionais de investimento e de financiamento. Estabelece tambm o rastreamento da atividade passada com a finalidade de esclarecer os pontos crticos no desempenho financeiro das empresas, fornecendo subsdios