vox objetiva 37

Download Vox Objetiva 37

Post on 28-Mar-2016

218 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição 37 da revista Vox Objetiva

TRANSCRIPT

  • julh

    o/1

    4 E

    di

    o 37

    A

    no IV

    D

    istr

    ibui

    o

    grat

    uita

    ModeloholandsPedaladas paramelhorar otrnsito dacapital

    De olhosfechadosA espera dasfamlias e os relatos de quem voltoudo coma

    Campo de batalha

    Por trs da disputa em Belo Horizonte, Dilma e Acio travam briga

    velada por 2014

  • MetrOpOlIS OLHAR BH

    3

    Feira de coresCrianas, jovens, adultos e idosos. Pessoas de todas as idades e nveis sociais andam, observam e sorriem no quarteiro fechado da avenida Bernardo Monteiro. Toda sexta-feira assim: as enormes e aconchegantes rvores da alameda deixam de ser as protagonistas. Pelas vrias barracas que compem o cenrio da tradicional Feira de Flores, mais de 60 espcies de plantas alegram e fazem daquele espao uma das opes para um passeio tranquilo e agradvel na capital dos mineiros.

    Fernanda Carvalho

  • edItOrIal

    A matria de capa desta edio de Vox Objetiva deixa clara a importncia do resultado nas urnas em Belo Horizonte para o contexto poltico nacional.

    Se observarmos atentamente os dois lados em disputa, vamos constatar que a conquista pelo eleitor mineiro no est limitada apenas manuteno, ou no, de projetos locais para a melhoria das condies de vida da populao.

    Os projetos, inclusive, so muito semelhantes, se forem analisadas as origens de esquerda guerrilheira que marcam as trajetrias de Marcio Lacerda e Patrus Ananias.

    Para o pleito em Belo Horizonte, estamos diante de uma definio de futuro para as duas principais correntes ideolgicas que comandaram o Brasil nos ltimos 17 anos.

    Ao definirem claramente os apoios e influenciarem diretamente na campanha local, Dilma e Acio Neves deram incio largada para a reeleio ou para a troca de comando do pas dentro de dois anos.

    Vencer para o PT significa manter a era que comeou com Lula e garantir pelo menos mais seis anos de poder. Perder seria o ponto de partida para o fim da trajetria petista.

    No PSDB, vencer vai significar fortalecer o nome do principal opositor ao governo federal em 2014 e reacender as esperanas de corrigir os erros do passado neoliberal. J a derrota pode ter um efeito devastador: Acio perderia fora dentro de casa, no reuniria o apoio necessrio para ser candidato presidncia e dividiria de vez o partido de Fernando Henrique Cardoso, fortalecendo o isolado Jos Serra.

    Acertamos no ttulo. Estamos diante de um campo de batalhas.

    Os caminhos de Minas

    A Revista Vox uma publicao mensal da Vox Domini Editora ltda. Rua Tupis, 204, sala 218, Centro - Belo horizonte - MG CEP: 30190-060.

    ... o povo que conhece o seu Deus se tornar forte e ativo. (Daniel 11:32)

    EDIToR E joRnAlIsTA REsPonsVElCarlos Viana

    DIAGRAMAo E ARTEGraziele Martins

    CAPAEduardo Mendes

    REPoRTAGEMAndr Martinshenrique Andr

    EsTAGIRIos Fernanda CarvalhoBianca nazar

    CoRREsPonDEnTEsGreice Rodrigues -Estados unidosIlana Rehavia - Reino unido

    DIREToRIA CoMERCIAlsolange Viana

    AnnCIoscomercial@voxobjetiva.com.br(31) 2514-0990

    ATEnDIMEnTojornalismo@voxobjetiva.com.br(31) 2514-0990www.voxobjetiva.com.br

    REVIsoVerso Final

    TIRAGEM 30 mil exemplares

    Os textos publicados em forma de arti-gos, produzidos por colunistas convida-dos, expressam o pensamento individual e so de responsabilidade dos autores. todos os direitos reservados. Os textos publicados na revista Vox Objetiva s podero ser reproduzidos com autoriza-o dos editores.

    CarlOS VIanaEditor-Chefe

    carlos.viana@voxobjetiva.com.br

    expedIente

  • nOtaSE o PIB, oh...

    ... em queda livre. Assim pode ser caracterizada a projeo dos analistas econmicos para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro - a soma da riquezas produzidas pelo pas. Os nmeros do relatrio Focus, do Banco Central, indicaram a dcima reduo consecutiva do PIB no incio da segunda quinzena de julho. O ndice recuou de 2,01% para 1,9%. H um ms, a estimativa era de 2,3%. As sistemticas quedas indicam que o Brasil tem sentido os reflexos da crise externa.

    Sem conversaO Sindicato Nacional dos Docentes das Instituies

    de Ensino Superior (Andes) recomendou aos professores das instituies federais rejeitar a proposta do governo de elaborar um novo plano de carreira para os docentes. A Andes props ainda a radicalizao das aes da greve. De acordo com o sindicato, o movimento tem o apoio, total ou parcial, dos professores de 56 das 59 universidades federais do pas. Na ltima semana de julho, o governo vai tentar entrar em concordata com a classe, em greve h dois meses. Em trs anos, o reajuste custaria R$ 3,9 bilhes aos cofres pblicos.

    Eleies 2012Ao todo, 138.492.811 brasileiros vo comparecer

    s zonas eleitorais, no dia 7 de outubro, para escolher prefeitos e vereadores. Os dados so do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Caso haja segundo turno, a disputa vai acontecer trs semanas depois, no dia 28 de outubro. Segundo o TSE, at agora o rgo recebeu os pedidos de candidatura de 79.467 polticos. So 2.012 candidatos a prefeito, 2.016 a vice e 75.439 a vereador. O processo de apurao em todo o pas deve findar at o dia 12 de outubro. Mas desde a implantao do sistema informatizado de votao, a maioria das cidades brasileiras tem as definies na noite do dia de votao.

    ..................................................................................

    ..................................................................................

    5

    Truvada A Agncia Federal de Alimentos e Medicamentos (FDA) dos Estados Unidos acaba de reconhecer a Truvada como a primeira plula que tem poten-cial para prevenir contra o vrus HIV em grupos de risco. Testes realizados com 2.499 homens que mantinham relaes sexuais com outros homens mostram que os indivduos que tomaram o me-dicamento regularmente tiveram 73% menos infeces. Especialistas acreditam que o resul-tado do estudo seja a primeira demonstrao de que a plula pode reduzir a propagao do HIV.

    Elza Fiza/ ABr

    Divulgao

  • Capa .................................................................. POLticA o RAChADireita e esquerda se dividem e lutam pela aprovao de projetos independentes

    VerbO .................. entRevistA WIlson GoMEsPesquisador de comunicao avalia o papel da imprensa na democracia

    2216

    12

    8

    SuMrIO

    artIgOS.............................................................................IMOBILIRIO Knio Pereira A cobrana de honorrios advocatcios ................................15

    POLTICA Paulo Filho A poltica como ela (no Brasil) .........................................26

    PSICOLOGIA Maria Anglica Falci Tempo meu .........................................................................31

    JUSTIA Robson svio Segurana ou barbrie? ......................................................34

    Arquivo Pessoal

    CRNICA joanita Gontijo Em defesa das patroetes .................................................. 50

    SalutarIS ....................................................................... ReceitA PAlADAR Fil a cavalo .....................................................................32

    vinHOs DEGusTAo o vinho e a msica ..........................................................33

    MetrOpOlIS ............................................. ciDADes PEDAlAnDoOs planos de BH para resolver problemas de trnsito com a ajuda da bicicleta

    MetrOpOlIS ............................................. ecOnOMiA PoR MAIs RECuRsosMinas Gerais inicia campanha pela revi-so da alquota dos royalties do minrio

    66

    Antnio Bruz/ ABrAdo de souza

    omar Freire/Agncia Minas

    Fernanda Carvalho

  • SalutarIS ................................................. sADe DEslIGADosAs experincias daqueles que passaram pelo coma e a longa espera das famlias

    Vanguarda ............................................. RetR e vintAge RoDADo Os carros antigos desfilam imponentes e disuputam olhares nas ruas

    pOdIuM......................................................... esPORtes PAssAnDo A lIMPoAtltico contrata e convence nas primei-ras rodadas do Brasileiro

    kultur ......................................................... cineMA nA EsTRADA Walter Salles leva s telonas adaptao de clssico da Gerao Beat

    kultur ......................................................... QUADRinHOs unIDos PElA ARTEOs irmos mineiros que atraram os olha-res do cartunista Maurcio de Souza

    36

    40

    42

    44

    stock.xchng

    Bianca nazar

    27

    7

    Paula Markiewicz

    Gabriel Castro

    Divulgao/ Play Arte

  • Filsofo e professor de comunicao Wilson Gomes analisa reflexos de escndalos, como o mensalo e o caso Cachoeira

    na poltica, imprensa e democracia

    Tempos difceis

    O Brasil vive uma era de exploses de escndalos polticos na imprensa. Os casos mais marcantes da histria recente so o julgamento do mensalo no Supremo Tribunal Federal previsto para o dia 2 de agosto e a CPI do Cachoeira, que culminou na cassao do Senador Demstenes Torres/GO. A comisso parlamentar tem escancarado as prticas de polticos que trabalharam em favor dos interesses do bicheiro Carlinhos Cachoeira. Com grande repercusso, esses eventos inevitavelmente transformam o cotidiano democrtico.

    Nesse sentido, a imprensa se tornou uma grande aliada da sociedade. Porm, como fica a populao diante dos bombardeios de escndalos nas pginas impressas e em noticirios de rdio e telejornais? H mais de 20 anos, o pesquisador de comunicao e poltica da Universidade Federal da Bahia (UFBA) Wilson Gome