elvis hahn rodrigues - ufjf.br .3 371.671 r696e rodrigues, elvis hahn, 1982- entre as raças e o

Download ELVIS HAHN RODRIGUES - ufjf.br .3 371.671 R696e Rodrigues, Elvis Hahn, 1982- Entre as raças e o

Post on 30-Nov-2018

216 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1

    ELVIS HAHN RODRIGUES

    ENTRE AS RAAS E O TERRITRIO:

    OS PROJETOS DE NAO NA

    HISTRIA DO BRASIL DE JOO RIBEIRO

    Universidade Federal de Juiz de Fora

    Faculdade de Educao

    Programa de Ps-Graduao em Educao

    Juiz de Fora

    2011

  • 2

    ELVIS HAHN RODRIGUES

    ENTRE AS RAAS E O TERRITRIO:

    OS PROJETOS DE NAO NA

    HISTRIA DO BRASIL DE JOO RIBEIRO

    Orientador: Prof. Dr. Marlos Bessa Mendes da Rocha

    Juiz de Fora

    2011

    Dissertao de Mestrado apresentada ao

    Programa de Ps-Graduao em

    Educao. rea de concentrao: Gesto,

    Polticas Pblicas e Avaliao Educa-

    cional, da Universidade Federal de Juiz

    de Fora, como requisito parcial do grau

    de Mestre em Educao.

  • 3

    371.671

    R696e Rodrigues, Elvis Hahn, 1982-

    Entre as raas e o territrio: os projetos de nao na histria

    do Brasil de Joo Ribeiro / Elvis Hahn Rodrigues 2011.

    146 f. : il.

    Orientador: Marlos Bessa Mendes da Rocha.

    Dissertao (Mestrado) Universidade Federal de Juiz de

    Fora, Faculdade de Educao.

    Bibliografia: f. 135-138.

    1. Manuais escolares de histria. 2. Nao brasileira. 3. Joo

    Ribeiro. I. Rocha, Marlos Bessa Mendes da. II. Universidade

    Federal de Juiz de Fora. Faculdade de Educao. III. Ttulo.

  • 4

    TTEERRMMOO DDEE AAPPRROOVVAAOO

    ELVIS HAHN RODRIGUES

    ENTRE AS RAAS E O TERRITRIO,

    OS PROJETOS DE NAO NA HISTRIA DO BRASIL DE JOO RIBEIRO

    Dissertao aprovada como requisito parcial para obteno do ttulo de Mestre no

    Programa de Ps-Graduao em Educao da Faculdade de Educao da Universidade

    Federal de Juiz de Fora, pela seguinte banca examinadora:

    ___________________________________________

    Prof. Dr. Marlos Bessa Mendes da Rocha

    (Orientador)

    Programa de Ps-Graduao em Educao, UFJF

    ___________________________________________

    Prof. Dr. Alexandre Mansur Barata

    Programa de Ps-Graduao em Histria, UFJF

    ___________________________________________

    Prof. Dra. Rosana Areal de Carvalho

    Programa de Ps-Graduao em Educao, UFOP

    ___________________________________________

    Prof. Dr. Carlos Fernando Ferreira da Cunha Junior

    Programa de Ps-Graduao em Educao, UFJF

    Juiz de Fora, 01 de Abril de 2011.

  • 5

    AGRADE-CIMENTOS

    Bem, aps o termino de minha graduao, dezembro de 2008, ingressei no curso de

    mestrado, no sem a ajuda das pessoas j mencionadas num momento anterior. De l para c,

    o mundo deu mais trs voltas em torno do sol, muitas coisas aconteceram e o trmino de mais

    uma etapa de minha vida acadmica no seria possvel sem o auxlio dessas pessoas abaixo

    mencionadas, alis, at mesmo das pessoas no mencionadas, mas isso o silncio da histria

    e do arbtrio desse autor.

    Primeiramente, ao Programa de Ps-Graduao em Educao da UFJF pela

    oportunidade de ingressar e cursar o mestrado, tempo de aprendizado e amadurecimento

    intelectual e profissional, bem como pela concesso de bolsa de estudo da CAPES e pelo

    financiamento de apresentao de trabalhos pelos congressos afora. Isso me permitiu

    melhores condies de estudo e estabilidade para o desenvolvimento da pesquisa.

    Agradeo ao Professor Marlos pela oportunidade de orientao e desenvolvimento

    dessa pesquisa, um tempo de discusses, aprendizado e de amadurecimento intelectual que

    permitiu aprofundar nas veredas da histria da educao e histria intelectual, campo de

    conhecimento que nos permite perceber como outras esferas da realidade so capazes de

    interferir no processo histrico.

    Aos professores Alexandre Barata, Carlos Fernando, Rosana Areal e Sonia Miranda

    por aceitarem a participar desse trabalho, que com crticas e sugestes permitiram o

    amadurecimento desse trabalho, o que para mim, demonstra, entre avanos e retrocessos,

    como o conhecimento construdo coletivamente e no fruto de uma mente genial, da o

    sentido da palavra ns e no o eu ao longo da dissertao. Cabe ainda, o agradecimento

    especial a Rosana pela cumplicidade nessa caminhada desde os tempos de graduao.

    Aos amigos Marquinho e Sara pelas revises dos textos de qualificao e da

    dissertao final, respectivamente; afinal, tais leituras foram importantes para tornar nosso

    texto mais inteligvel e dentro dos procedimentos acadmicos.

    Aos amigos da Rocinha quilo no uma Repblica, um universo distinto que

    tornaram a jornada menos solitria e mesmo mais interessante, em conversas, papos, debates,

  • 6

    anseios, angstias e outras experincias mais. Alexandre & Carol, Diou & Josie Maria,

    Mateus & Dbora, Adriano & Slvia, Bartolomeu, Marquinho, Pablo e outros que a memria

    sempre nos trai na hora de escrever esse tipo de texto.

    Um agradecimento especial ao Wanderlei & Neiva por terem me acolhido to

    calorosamente em sua casa em Rio Pomba como um filho, desde o processo seletivo e durante

    o incio do curso, sem ajuda deles seria quase impossvel escrever essa dissertao. Assim,

    posso mencionar o Vitor e a Isis, e por fim ao Vincius, que virou um grande irmo ao longo

    dessa jornada.

    famlia, Sr. Dirlei e a Dona Maria sempre presentes, ainda que distantes, de forma

    a sempre serem um porto seguro para as aventuras de ns filhos, o que torna a condio de pai

    e me sempre especiais. Aos meus irmos Cris e a N, sempre companheiros de travessia, e

    Charles e Sionaide, pela cumplicidade intelectual e ajuda dispensada.

    E por fim, a minha Laura, a quem dedico esse trabalho, pela pacincia, amor,

    companheirismo e tudo que a vida possa nos reservar.

  • 7

    RESUMO

    A presente dissertao de mestrado tem como tema central o manual escolar Histria do

    Brasil, de Joo Ribeiro. A referida obra foi publicada primeiramente em 1900, destinada aos

    alunos do Colgio Pedro II. Em 1901, a obra foi dividida em duas verses: a primeira

    destinada s escolas primrias, e a segunda, destinada aos alunos do ensino cientfico e das

    Escolas Normais. Em funo do carter modelar que o Colgio Pedro II tinha em relao aos

    seus congneres estaduais, a obra de Joo Ribeiro tornou-se das mais proeminentes em seu

    tempo, sendo bastante difundida entre essas escolas. A problemtica desenvolvida a questo

    da nacionalidade manifesta na obra, a partir dos conceitos de raa e territrio, articulados em

    nosso estudo como os pilares da construo da nacionalidade brasileira. Assim, nosso objetivo

    central investigar os projetos de nao expressos na obra, isto , sua formulao sobre a

    nacionalidade brasileira, e como essa representao registro de um tempo histrico das

    ideias, localizado entre o perodo final da monarquia e o incio da Primeira Repblica. A

    partir dos conceitos de espao, de experincia e horizonte de expectativa, investigamos na

    ideia de raa e territrio, a construo da nacionalidade brasileira expresso em a Histria do

    Brasil. Deste modo, compreendemos a obra como expresso dos debates intelectuais de seu

    tempo, bem como uma interlocutora ativa, que marca a historiografia de sua poca, tornando-

    se um contraponto historiografia inaugurada por Varnhagen, na segunda metade do sculo

    XIX. Nosso trabalho aponta duas questes sobre o tempo histrico da obra: o primeiro est

    expresso pela aceitao das teses racialistas, embora no exclusivamente, como modelos

    explicativos para o atraso da sociedade brasileira diante do Ocidente civilizado e; a segunda

    na dimenso moral constituda na raa decada, a mameluca, expresso da raa nacional

    brasileira. Dentro da obra, essas duas questes esto subjacentes a um territrio ocupado ao

    longo de quatrocentos anos, que garantiria o direito histrico nao brasileira sobre o

    territrio que ocupa. Diante de tal estado social e moral, o horizonte de expectativa apontado

    por Joo Ribeiro para aquilo que seria a nao brasileira a longo prazo de um novo

    momento de miscigenao da raa mameluca aqui constituda com as novas levas de

    imigrantes europeus, recorrente no perodo. Esse movimento regeneraria biologicamente a

    raa brasileira que, ao mesmo tempo, seria remodelada, atravs da instruo pblica, para a

    vida civil e poltica republicana.

    Palavras Chaves: Manuais Escolares de Histria; Nao Brasileira; Joo Ribeiro

  • 8

    ABSTRACT

    This final paper is focused on the textbook Histria do Brasil written by Joo Ribeiro. This

    work was first published in 1900, aimed at students of the Colgio Pedro II. In 1901 his work

    was divided into two versions: one for primary schools, and the second for students in science

    and Regular Schools. Depending on the model that the Colgio Pedro II had in relation to

    their state counterparts, the work of Joo Ribeiro became the most prominent in his time and

    was widespread among these schools. The problem developed in his work is the question of

    nationality, based on the concepts of race and territory, placed in my study, as the

    cornerstones of the Brazilian nationality. Thus, my main objective is to investigate the project

    of nation expressed in the book, his formulation on the Brazilian nationality, and how that

    representation is a long record of historical ideas, located between the last period of the

    mon