Apresentação Fábulas - Pedagogia

Download Apresentação Fábulas - Pedagogia

Post on 23-Jun-2015

613 views

Category:

Education

3 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Apresentao Fbulas

TRANSCRIPT

  • 1. FBULAS

2. uma narrativa alegrica em prosa ou verso, cujos personagens so geralmente animais, que conclui com uma lio moral. Sua peculiaridade a apresentao direta das virtudes e defeitos do carter humano, ilustrados pelo comportamento semelhantes dos animais. O esprito realista e irnico e a temtica variada: a vitria da bondade sobre a astcia e da inteligncia sobre a fora, a derrota dos presunosos, sabiches e orgulhosos. 3. NARRATIVA: - Trabalha as imagens, que constituem a forma sensvel, o corpo dinmico e figurativo da ao. MORALIDADE: - Opera com conceitos ou noes gerais, que pretendem ser a verdade "falando" aos homens. 4. considerado o pai da fbula, Foi um fabulista grego que viveu antes de Cristo. personagem meio lendrio, que se representava como Indivduo feio, corcunda e gago. 5. Inovador e formal, ao fabulista latino atribudo o mrito de ter fixado a forma literria do gnero. Escritas em versos, suas fabulas so stiras amargas, bem ao sabor do gosto latino, contra costumes e pessoas de seu tempo. Mas tanto Fedro quanto Bbrio (sculo III da era crist) partiram dos modelos de Esopo, que reinventaram poeticamente. 6. Jean de La Fontaine nasceu na Frana em 1621, Poeta e Fabulista. Reeditou muitas das fbulas clssicas de Esopo, o pai do gnero. Suas fbulas so curtas, bem- humoradas e trazem sempre uma moral no fim. 7. No Brasil, temos o grande fabulista, Lobato. Alm de recontar as fbulas de Esopo e La Fontaine, cria suas prprias fbulas com a turma do Stio do Pica-Pau Amarelo. O escritor brasileiro usou fbulas para criticar e denunciar as injustias, tiranias, mostrando as crianas a vida como ela . 8. A GANSA DE OVOS DE OURO A RAPOSA E AS UVAS O LEOZINHO ORGULHOSO A FORMIGA E A POMBA A LEITEIRA E O BALDE O ALCE E OS LOBOS O GALO E A RAPOSA O LEO E O RATINHO A ASSEMBLEIA DOS RATOS 9. Moral da histria: DESPREZAR O QUE NO SE CONSEGUE CONQUISTAR FCIL. Morta de fome, uma raposa foi at um vinhedo sabendo que ia encontrar muita uva. A safra tinha sido excelente. Ao ver a parreira carregada de cachos enormes, a raposa lambeu os beios. S que sua alegria durou pouco: por mais que tentasse, no conseguia alcanar as uvas. Por fim, cansada de tantos esforos inteis, resolveu ir embora, dizendo: - Por mim, quem quiser essas uvas pode levar. Esto verdes, esto azedas, no me servem. Se algum me desse essas uvas eu no comeria. ESOPO 10. Erika Maria dos Santos Ilma Pereira do Carmo e Silva Karina Nunes Pereira Santana Paula Cristinia Oliveira Dias Trabalho apresentado Faculdade da Aldeia de Carapicuba - FALC, para disciplina de Metodologia do Ensino da Lngua Portuguesa Curso de Pedagogia Matutino. Professor Alessandro Lopes CARAPICUBA 2014