domingo - 11/12/2011

Download Domingo - 11/12/2011

Post on 28-Mar-2016

223 views

Category:

Documents

7 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição Nº41182

TRANSCRIPT

  • R$1,00 CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM-ES DOMIngO, 11 DE DEzEMbRO DE 2011 n41182 WWW.FOLHADOES.COMS JESUS CRISTO SALVA !

    O projeto " bombeiros do Futuro" teve por inspirao a

    necessidade de se contrapor onda de violncia que ameaa

    crianas e adolescentes. Pag. 06

    Geral

    O Parati, com quatro pessoas, bateu de frente com uma carreta

    O trgico acidente aconteceu prximo ao trevo de acesso a Mimoso do Sul-ES

    pg. 15

    ACIDENTE COMQUATRO MORTOS

    NA BR 101 SUL

    Qual o tipo de trabalho que feito quando da realizao de concursos? Qual o tipo de pesquisa da vida pregressa do novo integrante? Pag. 02

    CORPORAOTemos a mania de dizer, ns os adultos, que o natal perde a graa, depois que crescemos. Mas temos que resgatar o nosso eu-criana em algum cantinho. Pag. 03

    ArtigoNATALINO

    A Reportagem do Papo de bola toma o caf da manh deste domingo com o presidente Adilson Conti, Presidente do Estrela F.C. Pag. 14

    EsportePAPO DE BOLA

    Os efeitos para a sade para jogadores e seus parceiros e parceiras incluem ansiedade, depresso, insnia entre outros. Pag. 13

    SadeVCIOS

    Editorial

    O TC do ES acolheu denncia sobre a abertura de concorrncia pela prefeitura de Kennedy-ES. Jos Antonio Pimentel, ser o relator do processo Pag. 05

    Poltica

  • 02 Folha do E. SantoDomingo, 11 de Dezembro de 2011 Cachoeiro de Itapemirim (ES)

    Esdras, 8:22b - A boa mo do nosso Deus sobre to-dos os que o bus-cam, para o bem deles; mas a sua fora e a sua ira, contra todos os que o abandonam // ERRATA PELA REVISTA LEIA: O pr-candida-to do Partido Pro-gressista, jornalis-ta Jackson Rangel, esclarece equvoco do co-lunista da Revista Leia e advogado Wilson Mrcio Depes sobre a nota A Con-fiana // A informao ga-rante que o senado Magno Malta (PR) decide uma elei-o em Cachoeiro de Itape-mirim-ES e no cita nome de quem ele apoiaria. A de-duo ficou por conta do co-lunista // O esclarecimento do prprio jornalista Jack-son Rangel // Hoje o Dia do Arquiteto // A coluna pa-rabeniza a esses profissio-nais // Semana que passou foi morna em poltica com poucas novidades // A cha-pa s continuou esquentan-do em Presidente Kennedy onde o prefeito Reginaldo Quinta pode ser afastado a qualquer momento // A de-ciso, caso seja tomada, ser do juiz Edmilson Sou-za Santos // Cachoeiro vol-ta em 2012 com infantil e ju-venil // Assaltantes atacando no centro da cidade e em plena luz do dia // Audcia dos marginais grande // Polcia precisa barrar a gan-gue dos malotes // Foram trs assaltos em menos de um ms // Fabrcio de Paula Miranda, hoje morando em Vitrio e sempre ligado na produo de shows // Ele filho do saudoso Cliveraldo Miranda // Cineclube Jece Valado produzindo vdeo cultural e destacando Athayr Cagnin // Valeu // Em Ca-choeiro est virando moda: prefeitura nada faz e mora-dores trabalham // Depois dos bairros Gilson Caroni e Nossa Senhora Aparecida, agora a vez da comunida-de do Santa Ceclia cons-truir uma escada // Todos pagam o IPTU em dia, mas nada de obras // Salmos, 116:6 - O Senhor vela pelos simples; achava - me pros-trado, e ele me salvou // A.W

    EditorialO que est acontecendo com a PM

    editorial@folhaes.com.br

    Desfolhando

    opinioCharge

    DE SUA OPINIO WWW.TWITTER.COM/FOLHAES

    ACONTECEU ONTEM...

    Kennedy-ES: edital para construo sob suspeita

    Acidente na BR-101 mata quatro pessoas

    A gratido a mais bela flor que brota da alma - Hosea Ballou

    O salmista faz para si mesmo a pergunta: Que darei ao Senhor por todos os seus benefcios?

    No mundo com oitocentos milhes de pessoas subnutridas eu posso comear agradecen-do a Deus o emprego com car-teira assinada; a famlia que te-nho; a sade, o ar que respiro; a gua que tomo; o alimento di-rio; o calado; a roupa; a salva-o em Jesus Cristo e muitas ou-tras coisas.

    Conte as muitas bnos, nos diz o poeta sacro.

    O apstolo Paulo afirma: Em tudo da graas, porque esta vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. I Tess. 5:18

    No salmo de n 100, que um salmo gratulatrio, vemos o salmista convidar todo o povo a celebrar diante do Senhor e ele mesmo d as razes para a cele-brao;

    1. Porque o Senhor Deus.

    Ele o Criador. No h outro Deus semelhante ao nosso Deus. Deus esprito, infinito, eterno e imutvel em seu ser, sabedoria, poder, santidade, justia, bonda-de e verdade. Ele o nico Deus que se revelou em Jesus Cristo. O seu retrato o de um Pastor que no abandona jamais o seu reba-nho; que sabe que as ovelhas de-pendem dele quanto ao alimento e proteo.

    2. A certeza que somos povo de Deus, a nao santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, o sacerdcio real.

    Um povo diferente, que fe-liz e faz toda a diferena com sua presena no mundo.

    Se a primeira flor do jardim do nosso corao a gratido ao Senhor a segunda a obedin-cia. Como disse Samuel: obede-cer melhor do que sacrificar. (I Sm 15:22).

    Ore agradecendo a Deus to-das as bnos recebidas e supli-cando que tire toda a mgoa do seu corao. Deus o abenoe.

    Que darei ao Senhor por todos os seus benefcios para comigo? Salmo 116:12

    A GRATIDO

    bblico@folhaes.com.br

    Espao Bblico

    Que h bons e maus pro-fissionais em todos os se-tores de trabalho, sabemos claramente. Mas, os casos de desvios de conduta de integrantes da Polcia Mili-tar do Esprito Santo saltam aos olhos, espantam e inti-midam a populao

    Em menos de um ms, vrias ocorrncias respin-garam na respeitvel insti-tuio de segurana dos ca-pixabas. Um marginal que fazia parte da PM matou um caminhoneiro de forma covarde, em plena luz do dia, com trs tiros no peito na frente de vrias pessoas. Foi uma briga de trnsito e

    o militar estava completa-mente errado. Com certeza vai dar em nada

    No sul do Estado, em Cachoeiro de Itapemirim--ES, um policial baseado em Maratazes-ES amea-

    ou um motorista com um revlver. Basta dizer que o nibus estava lotado e o p-nico se instalou no coletivo. Uma vergonha

    No Capara, um co-mandante do 14 Batalho da PM e nove dos seus co-mandados acabaram pre-sos numa operao da Pol-cia Civil. As acusaes vo desde pistolagem, passando por extorso e outros tipos de crimes

    Na semana passada, um militar, que no teve o nome divulgado pela PM, entrou num bar em Vila Velha, be-beu quatro cervejas e no quis pagar a conta e ainda ameaou o dono do estabe-lecimento

    Detido e levado para o Quartel de Marupe, o sar-gento pouco tempo ficou no local. Est solto e pronto para se embriagar, de novo, e tentar agredir o dono do local

    Qual o tipo de trabalho que feito quando da rea-lizao de concursos? Qual o tipo de pesquisa social da vida pregressa do novo inte-grante da corporao?

    difcil entender o por-qu de tantas ocorrncias envolvendo policiais em questes de violncia. At quando?

    Qual o tipo de traba-lho que feito quando da realizao de con-cursos? Qual o tipo de pesquisa social da vida pregressa do novo inte-grante da corporao? difcil entender o porqu de tantas ocorrncias envolvendo policiais em questes de violncia. At quando?

    Responsvel Distribuio e Entrega:Representante responsvel: Adilson Santos

    JL Editora Ltda CNPJ: 01.846.837/0001-19

    Rua: Dr. Deolindo, n129 - baiminasCEP: 29300-000

    Cachoeiro de Itapemirim-ES

    Responsvel Impresso e Online:Jornalista responsvel: Jackson Rangel

    Editora Leia Tudo Ltda CNPJ: 05.234.994/0001-24

    Rua: Ludrio Fonseca, n54 - ArariguabaCEP: 29305-520

    Cachoeiro de Itapemirim-ES

    Responsvel pela impresso:Representante responsvelGrfica & Editora GracalAv. Aristides Campos, 191

    gilberto MachadoCachoeiro de Itapemirim-ES

    Sites da Editora LeiaJornalista responsvel: Jackson Rangel

    www.folhaes.com.brwww.leiapesquisa.com.brwww.olharfashion.com.br

    www.leiatudo.com

    www.folhaes.com.br - folhaes@folhaes.com.br

    www.folhadoes.com

  • 03Folha do E. SantoDomingo, 11 de Dezembro de 2011Cachoeiro de Itapemirim (ES)

    opinio

    IMAGENS DO DIA

    Gesto Pblica: Governo inchado por causa do clientelismo. Reduzir em 30% a mquina,

    qualificando e valorizando funcionrios efetivos. #JRV

    Gesto Pblica: ressuscitar os grandes festivais, com valorizao dos msicos da terra e a revelao de

    novos talentos. #JRV

    Gesto Pblica: Criao de Centros de Referncias

    de Recuperao de dependentes qumicos,

    com apoio de instituies filantrpicas. #JRV

    TWITTERS DO DIA

    Gesto Pblica: Criar rea de lazer multifuncional para ponto de encontro

    das famlias do Municpio, estimulando qualidade de

    vida. #JRV

    @jacksonrangel11

    @jacksonrangel11

    @jacksonrangel11

    @jacksonrangel11

    @jacksonrangel11

    O Natal est chegandoLuiz Carlos Amorim

    Os enfeites natalinos j es-to pela cidade toda, nas ruas, nas lojas, nas casas, nos jar-dins, os Papais Nois j inva-diram a televiso, os jornais, as revistas, o rdio e at a In-ternet. E eu me dou conta de que est chegando o Natal.

    Natal, ah, o Natal... essa poca mgica de desembru-lhar esperanas, de dar de pre-sente carinho, compreenso e amor, de construir e fortale-cer a paz e a f, de engavetar a saudade... Aquela saudade pe-quena, que vai ficando maior e que vai doendo um pouqui-nho mais medida que o Na-tal vai chegando. Saudade de almas queridas, como do Me-nino aniversariante, inquilinos

    vitalcios de nossos coraes...E est a o Natal, o mes-

    mo Natal que, quando ra-mos crianas, trazia Papai Noel com os brinquedos, tra-zia a rvore enfeitada, gulosei-mas e canes. Canes que falavam do nascimento de um Menino encantado que tinha o poder de modificar as nossas vidas, se quisssemos. Ele re-presentava o ano novo que vi-nha em seguida, a renovao, significava que a vida seria melhor, que ns, seres huma-nos, poderam