bariatrica apresentação (1) correta

Download Bariatrica Apresentação (1) Correta

Post on 09-Jul-2016

7 views

Category:

Documents

6 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Marcia FalcoNaiane de JesusCatarina NaiaraGssica SantosElisngela Arajo

  • A obesidade caracterizada pelo acmulo excessivo de gordura corporal no indivduo.

    Sedentarismo e excesso de comidaPsicolgicoGentico

  • Para o diagnstico em adultos, o parmetro utilizado mais comumente o do ndice de massa corporal (IMC).

  • -Reeducao alimentar-Atividade fsica-Medicao [em alguns casos]-Cirurgia baritrica

  • um interveno cirrgica(reduo do tamanho doestmago) para tratamentos mais graves da obesidade.

  • - IMC acima de 40kg/m.- Alimentao e exerccios - Obesidade mrbida Comorbidades(Diabetes e hipertenso)

  • - 5 anos de obesidade; -Vrios tratamentos clnicos; -Sem impedimento psicolgico.

  • - Tambm conhecido por bypass em Y de Roux ou Cirurgia de Fobi- Capella.- Tem por objetivo a perda de at 70% do peso inicial;- H reduo do estmago e alterao do intestino.

  • Essa tcnica instala uma cinta inflvel ajustvel ao redor do estomago. Essa cinta promove um estreitamento no estomago transformando-o numa ampulheta.

  • Conhecida tambm como "Sleeve Gastrectomy". Este procedimento diferente do clssico mais realizado no Brasil (Bypass Gstrico), pois no se mexe no intestino e na sua capacidade de absoro do mesmo. Assim como os outros procedimentos cirrgicos para obesidade tambm realizada por videolaparoscopia. Nessa tcnica, cortamos o estmago verticalmente de forma a transform-lo em um tubo fino e estreito.

  • Promove menor restrio ingesto dos alimentos, porm, maior reduo do intestino e, consequentemente, da absoro.Este tipo de cirurgia promove efeitos no metabolismo que independem da perda de peso, com alteraes hormonais e funcionais do tubo digestivo que levam ao controle e at a reverso das comorbidades,

  • -H 2 tcnicas dissabsortivas : Scopinaro e Duodenal Switch.

    -Ambas visam fazer a comida passar por apenas 30% do tubo digestivo

  • Esta operao o procedimento de by-pass da secreo blio-pancretica que passa a ter contato com os alimentos somente no intestino delgado distal. Esta tcnica pouco restritiva, pois mantm metade do estmago porm extremamente disabsortiva o que pode promover casos de diarreia crnica, flatulncias, desnutrio e outros problemas, passando a ser uma boa indicao quando as tcnicas de Capella/Fobi e Wittgrove/Clark no possam ser aplicadas.

  • -O Duodenal Switch (DS), tambm conhecido como derivao biliopancretica com Switch Duodenal (BPD-DS) um procedimento cirrgico para perda de peso que composto de um componente restritivo e um mal absortivo.-A poro restritiva da cirurgia envolve a remoo de cerca de 70% do estmago ao longo da curvatura maior semelhante a uma Gastrectomia Vertical ou Sleeve Gstrico.

  • -Fistula das cicatrizes;-Hemorragia grave;-Anemia crnica;-Sndrome de dumping.

  • -Seguir a dieta indicada pela nutricionista, que vai-se alterando ao longo das semanas;-Tomar suplementos vitamnicos;-Fazer o curativo do abdmen;-Retirar o dreno;-Tomar antiemtico;-Evitar esforosnos primeiros 30 dias.

  • -O preparo pr-operatrio tem inicio com a internao estendendo-se at o momento da cirurgia.Objetivo-Levar o paciente as melhores condies possveis para cirurgia, para garantir-lhe menores possibilidades de complicaes. Cada paciente deve ser tratado e encarado individualmente.

  • dividido em trs etapas:1 inicial: quando o paciente vai ser submetido a exames laboratoriais (exames pr-operatrios), que vo assegurar a viabilidade ou no da cirurgia.2 - na vspera da cirurgia: tem por objetivo remover toda a fonte de infeco, atravs da limpeza e desinfeco conseguida com um mnimo de esgotamento do paciente. 3 - no dia da cirurgia

  • Visam ajudar o recm operado a normalizar suas funes com conforto e da forma mais rpida e segura.Inclumos nesses cuidados o preparo da unidade para receber o paciente internado.Observao: nos hospitais que possuem no centro cirrgica sala de recuperao, ps-anestsica, recebem os pacientes nestes locais imediatamente aps a cirurgia dando-lhes assistncia at a normalizao de reflexos e sinais vitais

  • -Considerando-se a obesidade uma doena com causas multifatoriais, a sua abordagem deve seguir um padro interdisciplinar onde a diversidade do saber assume importncia relevante para que o paciente seja beneficiado.-Quando a obesidade mrbida e determina o tratamento cirrgico, a enfermagem desempenha importante papel, desenvolvendo atividades sistematizadas nas fases pr-operatria, intra-operatria e ps-operatria.