estudo de caso - fusão sadia e perdigão

Click here to load reader

Post on 13-Apr-2017

872 views

Category:

Economy & Finance

4 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • ECONOMIA INDUSTRIAL Estudo de caso da Fuso Sadia-Perdigo

    Marden Rodrigues

    Economia Industrial

    2015.2

  • Fundao 1944 1934

    Patrimnio R$13,66 bi R$11,21 bi

    Valor de mercado R$10,98 bi R$11,94 bi

    Abertura de Capital 1971 1980

    Valor das Aes R$5,54 R$38,58

    Comparativos at 12/08

  • Comparativo das empresas em 2008

  • As condies da Sadia

    A dvida total somava R$ 8,549 bilhes.

  • As empresas assinaram o contrato e tiveram 15

    dias para enviar o requerimento ao CADE.

    Cpias do requerimento tambm foram enviadas

    para a Secretaria de Direito Econmico (SDE) e

    para a Secretaria de Acompanhamento

    Econmico (SEAE).

    Um relator para o processo foi

    escolhido.

    A SDE avaliou a documentao e deu o parecer.

    A SEAE recebeu a anlise e tambm deu o seu parecer.

    Com as anlises em mos, o CADE teve 60 dias para julgar o

    caso.

    O relator do CADE poder pedir mais

    informaes. A cada nova solicitao o prazo ficar

    congelado.

    Depois disso, o relator dar o seu voto por escrito.

    S a o caso ser julgado no CADE, que

    dar a sua deciso por meio da votao.

    Ser publicado o parecer, favorvel ou

    no, oficialmente.

    OS DEZ PASSOS PARA A FUSO

  • Crticas do

    A concentrao de mercado da BRF geraria aumento de preos de alimentos e de inflao.

    Aps 12 reunies, o conselheiro Carlos Ragazzo afirmava que a unio cria um cenrio extremamente danoso para o consumidor brasileiro.

    Isto porque o relator apresentou estudos que apontam que a fuso pe fim concorrncia em setores como o de carne processada.

    A concentrao de mercado da BRF vai dar a ela condies de aumentar os preos de seus produtos sem que isso resulte em queda nas vendas, j que a tendncia dos consumidores optar entre produtos de Sadia ou Perdigo as marcas mais fortes no setor de alimentos do pas.

  • Aspectos importantes

    - h possibilidade de, em um prazo de trs anos, de outras

    empresas do mesmo setor entrarem no mercado

    brasileiro e oferecerem concorrncia significativa

    empresa em questo;

    - se existem outras empresas no mercado que tenham

    condies de elevar a oferta de produtos para fazer

    rivalidade nova empresa;

    - se a importao de produtos semelhantes e similares aos

    da nova empresa for fcil e uma alternativa vivel em

    caso de aumento dos preos.

  • A marca Perdigo continuou sendo utilizada

    em produtos como:

    Empanados, hambrgueres, mortadela, pratos

    prontos congelados (exceto lasanha), bacon,

    comemorativos de aves, alm da linha de

    produtos in natura, entre outras.

    A avaliao do Cade que nessas reas a

    BRF no detm concentrao de mercado

    significativa.

  • Fundao 2009 (com aprovao em 2011)

    Constituio 68% Perdigo e 32% Sadia

    Produtos principais

    Categorias de marinados, congelados, aves

    especiais, inteiras e cortes, pratos prontos

    congelados, categorias em pores e produtos

    em fatias. Margarina, especialidades doces,

    sanduches, maionese e rao animal.

    Patrimnio (at 2014) R$15,7 bi

    Valor de mercado R$42,4 bi

    Preo da Ao (BRFS3) R$52,00

    Valorizao acionria em 5 anos 89,52%

  • Market Share

    A empresa de alimentos BRF informou nesta quarta-feira que fez acordo para vender suas unidades e marcas de lcteos para a Parmalat, empresa com sede na Itlia pertencente ao grupo Lactalis, por 1,8 bilho de reais, segundo fato relevante. Entre as marcas desse segmento vendidas pela empresa em meio a uma reestruturao, em busca de melhores margens, esto a Batavo e a Eleg.

  • Nmeros de 2014

    10 Fbricas no exterior

    47 Fbricas no Brasil

    104 mil Empregados

  • 120 Pases atendidos

    2.329 Produtos no portfolio

    4,3 mi Alimentos produzidos (ton)

    50 mil Fornecedores

  • Maior

    competitividade

    internacional

    Ganhos de

    sinergia

    Atualmente