trajetórias de crescimento dos grupos sadia e perdigão

Download trajetórias de crescimento dos grupos sadia e perdigão

If you can't read please download the document

Post on 07-Jan-2017

251 views

Category:

Documents

6 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • TRAJETRIAS DE CRESCIMENTO DOS GRUPOS SADIA E PERDIGO: UM ESTUDO COMPARATIVO

    Iuri Filus Ludkevitch

    Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ

    Instituto COPPEAD de Administrao

    Mestrado em Administrao

    ORIENTADORA: DENISE LIMA FLECK, Ph.D.

    Rio de Janeiro Brasil

    2005

  • ii

    TRAJETRIAS DE CRESCIMENTO DOS GRUPOS SADIA E PERDIGO: UM ESTUDO COMPARATIVO

    Iuri Filus Ludkevitch

    Dissertao submetida ao corpo docente do Instituto COPPEAD de

    Administrao, Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ, como parte

    dos requisitos necessrios obteno do grau de Mestre em Cincias (M.Sc.).

    Aprovada por:

    ___________________________ - Orientadora

    Prof. Denise Lima Fleck, Ph.D. (COPPEAD, UFRJ)

    ___________________________

    Prof. Carlos Alberto Hemais, Ph.D. (IMA, UFRJ)

    ___________________________

    Prof. Jos Vitor Bomtempo Martins, D.Sc. (EQ, UFRJ)

    Rio de Janeiro Brasil

    2005

  • iii

    FICHA CATALOGRFICA

    Ludkevitch, Iuri Filus.

    Trajetrias de crescimento dos grupos Sadia e Perdigo: um estudo comparativo / Iuri Filus Ludkevitch. Rio de Janeiro, 2005.

    vii, 161 f. il.

    Dissertao (Mestrado em Administrao) Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ, Instituto COPPEAD de Administrao, 2005.

    Orientadora: Denise Lima Fleck

    1. Estratgia Empresarial. 2. Crescimento da Firma. 3. Indstria de Alimentos. Teses. I. Fleck, Denise Lima (Orientadora). II. UniversidadeFederal do Rio de Janeiro. Instituto COPPEAD de Administrao. III.Trajetrias de crescimento dos grupos Sadia e Perdigo: um estudo comparativo.

  • iv

    AGRADECIMENTOS

    Para comear, devo agradecer aos responsveis pelo princpio da minha

    trajetria de crescimento: meus pais Ruth e Armando. Desde o incio,

    trabalharam insistentemente para infundir bons valores ao meu carter, seja

    atravs da possibilidade da boa educao, como atravs dos exemplos

    irretocveis de conduta moral. Sem o amor e sacrifcio deles, nada disso seria

    possvel. Portanto, para eles que eu dedico esta obra.

    Tambm no posso deixar de agradecer ao meu irmo Igor e minha av

    Ana, sempre muito queridos. Juntos com meus pais, ofereceram suporte

    inestimvel. Recentemente, realizaram esforos extras para suportar meu mau

    humor, resultado de horas a fio na frente do computador, trabalhando nesta

    dissertao. Por isso, alm de agradecer, eu tambm peo desculpas a minha

    famlia por minha misantropia e rabugice.

    Agradeo aos amigos e amigas que j percorreram ou ainda percorrem

    comigo a trajetria. Alguns h mais tempo, como a turma de Viosa,

    principalmente o Caldeiro. So como irmos, pois compartilharam uma

    excelente fase de minha vida, entre 1994 at o incio de 1999. E mesmo com a

    distncia e com o tempo, so amizades cada vez mais fortes.

    Foi tambm em Viosa que tive a oportunidade de trabalhar com o

    Professor Carlos Arthur, como pesquisador de Iniciao Cientfica. Foi atravs

    do seu exemplo que decidi que deveria cursar o Mestrado. Portanto, aproveito

    para agradecer seus ensinamentos e constante apoio.

    Outra fase especial foi durante os dois anos de mestrado. Sinto-me

    privilegiado e orgulhoso de fazer parte da turma 2003 do COPPEAD. Encontrei

    bons colegas tanto para momentos de estudo como de lazer. Como esquecer

    os grupos de estudo para tentar entender a matria de custos? Como esquecer

    as reunies, onde a turma sempre se destacava por sua animao e tom de

    voz acima do socialmente recomendvel? E os churrascos na casa do Meletti?

    Foram vocs que tornaram estes dois anos inesquecveis.

  • v

    Em razo das dificuldades que passamos juntos, registro um

    agradecimento extra para o grupo de estratgia: Paulo (amigo sempre

    presente), Renato (dupla inseparvel nos trabalhos do curso), Jayme, Juliana e

    Luis.

    Agradeo aos professores do COPPEAD, que compartilharam comigo

    seus conhecimentos, me ajudando a perceber com mais clareza como

    funcionam as empresas e as pessoas.

    Fao um agradecimento especial minha orientadora, professora

    doutora Denise Fleck. Profissional sria, dedicada e tica, proporcionou os

    desafios que me obrigaram a superar os meus limites, fazendo valer todo o

    tempo investido no mestrado.

    Com relao dissertao, agradeo aos professores Hemais e Jos

    Vitor pelas preciosas contribuies para a qualidade deste trabalho. Alm

    disso, agradeo aos grupos Sadia e Perdigo, por se mostrarem to ricos e

    interessantes como assunto de pesquisa.

    Finalmente, agradeo a Marcela, companheira em todos os momentos.

    Principalmente durante o intercmbio na Frana, tornando-o to especial.

  • vi

    RESUMO

    LUDKEVITCH, Iuri Filus. Trajetrias de crescimento dos grupos Sadia e

    Perdigo: um estudo comparativo. Orientadora: Denise Lima Fleck. Rio de

    Janeiro : UFRJ/COPPEAD, 2005. Dissertao (Mestrado em Administrao).

    Os grupos Sadia e Perdigo apresentam caractersticas em comum em

    suas origens e trajetrias de crescimento, como por exemplo, as principais

    atividades iniciais, proximidade geogrfica, fundadores descendentes de

    italianos, movimentos de diversificao e esforo para o desenvolvimento das

    vendas para o mercado externo.

    Na primeira metade da dcada de 90, as duas empresas passaram por

    um perodo de crise, acarretando queda das vendas e faturamento. Contudo,

    ao final desta fase, as empresas apresentaram diferentes destinos. O grupo

    Sadia teve sua estrutura organizacional alterada, porm com a famlia do

    fundador do grupo mantendo o controle acionrio, alm da presena de

    membros proprietrios no Conselho Administrativo. J o grupo Perdigo entrou

    em processo falimentar, sendo alvo de um take-over que resultou em

    alteraes na composio acionria, bem como no quadro diretor, provocando

    sua extino pela venda para um pool de fundos de penso.

    Este estudo buscou explicar esta diferena, atravs de uma anlise

    longitudinal de carter qualitativo das histrias destas duas empresas. Para tal,

    foi realizada uma reviso da literatura associada ao processo de crescimento,

    institucionalizao e carter organizacional. Os sete traos organizacionais de

    Fleck (2001) foram utilizados para identificar como as empresas responderam

    aos desafios gerenciais advindos dos seus processos de crescimento.

    Os resultados encontrados indicaram diferentes polticas organizacionais

    orientando as aes das empresas. As polticas da Sadia esto mais

    associadas ao plo da autoperpetuao, enquanto o grupo Perdigo apresenta

    uma maior afinidade com o plo de autodestruio, com exceo do trao de

    resoluo de problemas. Estas evidncias ajudam a explicar as razes para os

    diferentes destinos das empresas.

  • vii

    ABSTRACT

    LUDKEVITCH, Iuri Filus. Trajetrias de crescimento dos grupos Sadia e

    Perdigo: um estudo comparativo. Orientadora: Denise Lima Fleck. Rio de

    Janeiro : UFRJ/COPPEAD, 2005. Dissertao (Mestrado em Administrao).

    The Sadia and Perdigo groups present similar characteristics in their

    origins and growth trajectories, such as main initial activities, geographic

    proximity, both founders were descendent of Italians, diversification movements

    and efforts to increase international sales.

    In the first half of the 90s, both companies went on a period of crisis,

    causing a decrease in sales and income. However, at the end of this period,

    they faced different outcomes. Sadia had its organizational structure modified,

    although the shareholders of the company were still of the founders family.

    Furthermore, the family kept some seats in the Board of directors. On the other

    hand, Perdigo entered in a bankrupt process ending in a act of take-over,

    which resulted in the replacement of the shareholders as well as the executive

    members, leading to its end through its sale to a pool of pension fund.

    This study tries to explain this difference, through a qualitative

    longitudinal analysis of the histories of these two companies. In order to do so,

    a revision of the literature associated with the process of growth,

    institutionalization and organizational character were carried. The seven traces

    of Fleck (2001) were used to identify how this companies answer to their

    managerial challenges due to their process of growth.

    The results indicated different organizational politics guiding the actions

    of the companies. The politics of Sadia are more associated to the pole of the

    self-perpetuation, while Perdigo presents a higher affinity with the self-

    destruction pole, with exception of the resolution of problems trace. These

    evidences help to explain the reasons for the different destinies of both

    companies.

  • viii

    LISTA DE EQUAES Equao 1 Indicador de tamanho proposto por Fleck, 2001....................................................9 Equao 2 Indicador de lucratividade proposto por Fleck, 2001............................................10 Equao 3 Indicador de produtividade proposto por Fleck, 2001 ..........................................10 Equao 4 Indicador de crescimento para a Sadia e Perdigo .............................................44

    LISTA DE FIGURAS Figura 1 Trajetrias de crescimento dos grupos Sadia e Perdigo..........................................2 Figura 2 Processo recorrente de crescimento....................................................................

View more