redes e cidades inteligentes

Download REDES E CIDADES INTELIGENTES

Post on 09-Jan-2017

215 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Direito de EnergiaProfessora Responsvel: Doutora Suzana Tavares da Silva

    Andra Farias Cavalcanti

  • CIDADES INTELIGENTES No h uma definio consensual em relao ao

    conceito de cidade inteligente, existindo diversasinterpretaes.

    Verifica-se um aspecto comum entre os conceitos, taiscomo preocupao ambiental, a utilizao detecnologias de informao e comunicao comoferramenta de gesto inteligente e o desenvolvimentourbano sustentvel.

  • CIDADES INTELIGENTES A Unio Europeia em 2013 define cidades inteligentes

    como: um sistema de pessoas que interagem usando ofluxos de energia, materiais, servios e financiamentopara catalisar o desenvolvimento econmicosustentvel e a melhoria da qualidade de vida. Essesfluxos de interao so considerados inteligentes porfazer uso estratgico de infraestrutura e servios deinformao e comunicao em um planejamento egesto urbana para dar resposta s necessidades sociaise econmicas da sociedade.

  • CIDADES INTELIGENTES Segundo um relatrio elaborado pela Direo-Geral

    para as polticas internas do Parlamento Europeu dejaneiro de 2014, (Mapping Smart Cities in the UE)uma cidade pode ser considerada inteligente seabordar um ou mais dos seguintes aspectos:mobilidade inteligente, pessoas inteligentes, economiainteligente, governo inteligente, rede inteligente, vidainteligente e ambiente inteligente.

  • CIDADES INTELIGENTES As smart cities so cidades que promovem a sustentabilidade,

    incluso e inovao atravs de polticas integradas, fazendo comque as TICs assumam um papel importante para se chegar a metapretendida.

    A principal ideia para uma cidade inteligente de se tornar maissustentvel e garantir a populao uma cidade mais habitvel euma melhoria do bem-estar. As novas tecnologiasdesempenham um papel essencial para atingir essas metas.

    necessrio a aplicao de diversas medidas para uma cidade serconsiderada como inteligente, entre elas, a implementao darede inteligente.

  • REDE INTELIGENTE O nascimento das smart grids est relacionado com o

    processo de adaptao e modernizao das redes deenergia, seguindo alguns critrios de eficincia,sustentabilidade, capacidade, otimizao de recursos efiabilidade. O seu desenvolvimento indispensvelpara garantir uma maior presena de energiasrenovveis, devidas s suas particularidades e dautilizao sustentvel das mesmas.

  • REDE INTELIGENTE Smart grid nada mais que uma nova arquitetura de

    distribuio de energia eltrica, sendo mais segura,eficiente e inteligente, e que integra e possibilita aesa todos os usurios conectados a ela, em outraspalavras, uma rede inteligente capaz de integrar asaes de todos os interessados.

    Em termos gerais, a rede inteligente a aplicao detecnologia da informao para o sistema eltrico depotncia (SEP) integrada aos sistemas de comunicaoe infraestrutura de rede automatizada.

  • DIRETIVA 2012/27/UE Visa melhorar a eficincia energtica. Estabelece um conjunto de medidas para que a Unio

    Europeia atinja os objetivos propostos, ou seja, deacordo com essa diretiva todos os pases-membrosesto obrigados a utilizar a energia de forma maiseficaz em todas as fases da cadeia de energia da suaproduo para o seu consumo final.

  • REDE INTELIGENTE O artigo 15 da Diretiva 2012/27/UE dispe que: os

    Estados Membros, principalmente as autoridadesreguladoras nacionais do setor de energia devemincentivar e disponibilizar aos utilizadores da rede deservios medidas de eficincia energtica no contextodo desenvolvimento continuado de redes inteligentes.

    Prope que os Estados-Membros assegurem aeliminao dos incentivos em matria de tarifas detransporte e distribuio que prejudiquem a eficinciaglobal da produo, do transporte, da distribuio e dofornecimento de eletricidade.

  • REDE INTELIGENTE As redes inteligentes podem ser compreendidas como a

    rede eltrica que se utiliza de tecnologia digital avanadapara monitorar e gerenciar os transportes de eletricidadesem tempo real com fluxo de energia e de informaesbidirecionais entre o sistema de fornecimento de energia eo cliente final.

    A implementao da Rede acaba possibilitando novosmercados, e por isso, acaba se apresentando como uma dasfortes tendncias de modernizao do sistema eltrico emvrios pases, alm de ser um potenciador na defesa dasenergias renovveis, proteo ao meio ambiente e reduodas emisses de CO2.

  • REDE INTELIGENTE Caractersticas:

    A rede tem que ser flexvel e adaptvel evoluo dasnecessidades do sistema alm de bidirecional. Alm disso,deve ser inteligente e segura, pois precisa ter capacidadepara um bom funcionamento.

    A eficincia e a sustentabilidade tambm socaractersticas da rede, pois precisa permitir atender snecessidades energticas, minimizando a necessidade denovas infraestruturas.

  • REDE INTELIGENTE Segundo o relatrio, Smart Grid Technology

    Investment: Forcasts para 2010-2030 por lnnovationObservatory a Frana, Alemanha, Espanha e ReinoUnido so os principais pases europeus em termos deinvestimento em infraestrutura de rede inteligente.

  • REDE INTELIGENTE O Banco de Investimento Europeu (BEI) aprovou um

    projeto com o propsito de expandir o uso de redesinteligentes na Espanha com o objetivo de distribuirmelhor a eletricidade a partir de sistemas de energiasrenovveis

  • REDE INTELIGENTEESPANHA A Espanha transps a diretiva 2012/27/UE Elaborou o Real Decreto 56/2016, de 12 de fevereiro de 2016. O setor eltrico regulado pela Lei 24/2013, que

    estabeleceu a obrigao de separar jurdica e contabilmenteas atividades reguladas (transporte e distribuio)

    Real Decreto 1955/2000, de 1 de dezembro, que regula asatividades de transportes, distribuio, comercializao eprocedimentos de autorizao de instalao de energiaeltrica.

  • REDE INTELIGENTE Uma das principais caractersticas do sistema eltrico

    da Espanha a existncia de um mercado grossista degerao e o fato dos consumidores poderem escolherlivremente o fornecedor de eletricidade (a partir de 1de janeiro de 2003).

  • REDE INTELIGENTE A Lei 17/2007 define a Red Elctrica de Espaa (REE)

    como gestor da rede de transmisso, considerando-acomo nica transportadora em regime deexclusividade. Como responsvel da rede detransmisso, a REE tem a responsabilidade de manter eampliar a rede.

  • A REE uma sociedade com a maioria de capitalpblico.

    O objetivo da Red Elctrica de alcanar a segurana,qualidade e eficcia econmica no fornecimento deenergia.

  • REDE INTELIGENTE A Lei 24/2013 regula a estrutura e o funcionamento do setor

    eltrico dividido entre atividades reguladas e as no reguladas.Neste sentido, as instituies que fazem parte da regulao dosetor so:

    a) Parlamento y Governo, que estabelece a poltica energticanacional atravs da aprovao de leis que regulam o setor.

    b) Ministrio de Economia y Competitividade, que responsvelpela elaborao e a promulgao de polticas que melhorem aconcorrncia nos diferentes setores da economia, incluindo osetor de energia.

    c) Ministrio de Indstria, Energia y Turismo, responsvel pelaelaborao de polticas energticas atravs da Secretaria deEstado de Energia.

  • REDE INTELIGENTE d) A Secretaria de Estado de Energia a responsvel de elaborar

    propostas de normas para regular o setor e de aprovar a estruturatarifria, os preos de produtos energticos e os pedgios.

    e) Comissiona Nacional de Energia (CNE): o ente regulador dossistemas energticos, criado pela Lei 34/1998.

    f) Red Elctrica de Espaa (REE), uma empresa com a maioriado capital pblico que, alm de ser a proprietria das redes detransmisso tambm o operador do sistema eltrico espanhol,tanto na pennsula quanto nos sistemas no peninsulares.

    g) Operador do Mercado Ibrico de Energa (OMEL) o operadordo mercado, responsvel pela gesto econmica do sistema decompra e vendas de energia eltrica no mercado dirio.

  • REDE INTELIGENTE PROJETO:

    Projeto: Almacena/ ArmazenamentoDescrio: Instalao e testes de 1 MW em bateriaeletroqumica numa subestao da rede detransmisso.

  • REDE INTELIGENTE Projeto: Entre os projetos de redes inteligentes

    desenvolvidos na Espanha, o que mais se destaca oPRICE, liderado pela Gas Natural Fenosa, que envolvea implantao de redes inteligentes em uma rea queafeta 200.000 clientes, pilotando gesto da procura desolues, padronizao de rede, sistemas de regulaode tenso e energia reativa e integrao de energiasrenovveis (elica e fotovoltaica) na rea de Corredordel Henares (Madrid e Guadalajara).

  • REDE INTELIGENTEPORTUGAL A transposio da Diretiva da Unio Europeia para o

    ordenamento portugus teve incio em 2011, com apublicao dos Decretos-Leis n 77/2011 para o setor degs natural e tambm 78/2011 para o mbito daeletricidade. O decreto lei n 215/2012 e 215-B/2012 e65-A/2015, ambos completaram a transposio dadiretiva 2012/27/UE, estabelecendo regras comuns parao mercado interno de eletricidade.

  • REDE INTELIGENTE Em Portugal, a EDP Produo a principal

    distribuidora de energia eltrica e foi privatizada em2013.

    A Rede Eltrica Nacional (REN) opera a Rede Nacionalde Transporte (RNT) que liga os produtores aoscentros de consumo, assegurando o equilbrio entre aoferta e a procura.

    No mbito do respectivo contrato de concesso, a REN a nica entidade de transporte de eletricidade emPortugal.

  • REDE INTELIGENTE No setor de regulao, identifica-se os estatutos da

    DGEG regida pela lei orgnica Decreto-Lei n130/2014e da ERSE (Entidade Reguladora dos ServiosEnergticos)

  • REDE INTELIGENTE A Entidade Reguladora dos Servios Energticos a

    entidade responsvel pela regulao dos setores do gsnatural e da eletricidade.

    A ERSE uma pessoa coletiva de direito pblico,dotada de autonomia administrativa e fi