prova de contabilidade pblica trt 20 comentada disponibilizo a seguir os comentrios das nove...

Download Prova de Contabilidade Pblica TRT 20 comentada  disponibilizo a seguir os comentrios das nove questes exigidas ... # Contabilidade Pblica p/ TRT20

Post on 07-Feb-2018

216 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • # Contabilidade Pblica p/ TRT20 2016 # Prova Comentada

    Prof. Gilmar Possati www.estrategiaconcursos.com.br 1 de 16

    ANALISTA JUDICIRIO TRT 20 REGIO (Sergipe)

    Pessoal, disponibilizo a seguir os comentrios das nove questes

    exigidas no concurso do TRT 20 Regio para Analista Judicirio

    (Contabilidade). Os comentrios foram realizados pela nossa equipe

    composta alm de mim pelos companheiros Rodrigo Moreira e

    Fernando Morgental.

    A prova estava tranquila, sem maiores complicaes. Todos os

    conhecimentos necessrios para resolver a prova estavam

    contemplados em nossos cursos. Tenho certeza que nossos alunos

    realizaram uma excelente prova! No encontramos espao para

    recursos.

    Bons estudos!

    Gilmar Possati prof.possati@gmail.com

    Prova de Contabilidade Pblica TRT 20 comentada

    mailto:prof.possati@gmail.com

  • # Contabilidade Pblica p/ TRT20 2016 # Prova Comentada

    Prof. Gilmar Possati www.estrategiaconcursos.com.br 2 de 16

    Curta a nossa pgina e fique ligado(a) em todas as nossas atividades.

    www.facebook.com.br/profgilmarpossati

    Inscreva-se no nosso canal no YouTube: Contabilizando

    Siga-me no Instagram: @profgilmarpossati

    P.S. Para quem se interessar, est disponvel nas principais livrarias on-

    line um livro de minha autoria de Questes Discursivas de AFO.

    P.P.S. Aliste-se no nosso Exrcito Contbil. Estamos montando uma lista de

    alunos interessados em receber atualizaes, dicas, contedos relevantes entre

    outras informaes que de fato agreguem valor na sua preparao. Tudo de forma

    gratuita e exclusiva. J temos centenas de alunos cadastrados.

    Link para alistamento: http://eepurl.com/crI8YT

    http://www.facebook.com.br/profgilmarpossatihttps://www.youtube.com/c/Contabilizando?sub_confirmation=1https://www.instagram.com/profgilmarpossati/http://eepurl.com/crI8YThttp://eepurl.com/crI8YThttps://www.youtube.com/channel/UC1DGf24XZoRmCWinGXanSow

  • # Contabilidade Pblica p/ TRT20 2016 # Prova Comentada

    Prof. Gilmar Possati www.estrategiaconcursos.com.br 3 de 16

    1. (FCC/Analista Judicirio/Contabilidade/TRT20/2016) Determinada

    sociedade de economia mista recebeu, no exerccio de 2015, do ente

    controlador recursos financeiros destinados ao pagamento de despesas

    de pessoal e de custeio em geral, no valor de R$ 37.500.000,00.

    Considerando a destinao dos recursos transferidos pelo ente

    controlador, correto afirmar que trata-se de uma empresa estatal

    (A) dependente e est sujeita apenas as regras da contabilidade

    privada.

    (B) independente e est sujeita as regras da contabilidade

    oramentria e patrimonial.

    (C) dependente, mas no est sujeita as regras de contabilidade

    aplicada ao setor pblico.

    (D) independente cujos recursos financeiros repassados pelo

    controlador contribui para evitar prejuzos na empresa.

    (E) dependente e est sujeita as regras da contabilidade privada e da

    contabilidade aplicada ao setor pblico.

    Vamos ver o que abordamos na aula 0 do nosso curso:

    Se a pessoa de direito privado for uma empresa estatal, ou seja, uma

    empresa pblica ou uma sociedade de economia mista, ela somente

    aplicar a CASP se for uma empresa estatal dependente.

    E o que uma empresa estatal dependente? A LRF em seu art. 2 nos

    responde:

    Empresa Estatal Dependente: empresa controlada que receba do

    ente controlador recursos financeiros para pagamento de despesas

    com pessoal ou de custeio em geral ou de capital, excludos, no ltimo

    caso, aqueles provenientes de aumento de participao acionria

    Assim, objetivamente voc deve saber o seguinte:

  • # Contabilidade Pblica p/ TRT20 2016 # Prova Comentada

    Prof. Gilmar Possati www.estrategiaconcursos.com.br 4 de 16

    Empresa Estatal Dependente = aplica a CASP integralmente

    Empresa Estatal Independente = aplica a CASP parcialmente

    Esquematicamente, temos:

    Em nossa pgina do facebook inserimos uma dica em que comentamos

    o assunto:

    Esse e outros posts voc encontra na nossa pgina no facebook (curta!):

    www.facebook.com.br/profgilmarpossati

    INTEGRALMENTE

    PARCIALMENTE

    Entidades Governamentais (inclui estatais de-pendentes); Servios Sociais (Sistema S); Conselhos Profissionais.

    Demais Entidades (inclui estatais independen-tes); Pessoas Fsicas Equiparadas; Objetivo Prestao de Contas e Instrumenta-lizao do Controle Social

    http://www.facebook.com.br/profgilmarpossati

  • # Contabilidade Pblica p/ TRT20 2016 # Prova Comentada

    Prof. Gilmar Possati www.estrategiaconcursos.com.br 5 de 16

    De posse desse conhecimento, vamos analisar a questo.

    A questo informa que determinada sociedade de economia mista

    recebeu, no exerccio de 2015, do ente controlador recursos financeiros

    destinados ao pagamento de despesas de pessoal e de custeio

    em geral, no valor de R$ 37.500.000,00.

    Logo, estamos diante de uma empresa estatal dependente, conforme

    conceito acima explicado (art. 2 da LRF).

    Alm disso, como se trata de uma estatal dependente, ela deve aplicar

    integralmente as regras da Contabilidade Aplicada ao Setor Pblico

    (CASP). Ademais, por se tratar de uma Sociedade de Economia Mista,

    aplicam-se, ainda, as regras da Contabilidade Societria (privada).

    Gabarito: E

    2. (FCC/Analista Judicirio/Contabilidade/TRT20/2016) O

    Departamento de Contabilidade de um rgo pblico federal emitiu no

    ms de novembro de 2016, nota de empenho no valor de

    R$ 170.000,00, destinada aquisio de dois veculos novos. Os

    veculos foram entregues em dezembro de 2016 e o pagamento ser

    efetuado no ms de fevereiro de 2017. Com relao aos

    demonstrativos contbeis do exerccio de 2016, correto afirmar que

    os veculos adquiridos sero evidenciados no:

    (A) Balano Oramentrio no grupo de restos a pagar.

    (B) Balano Patrimonial no ativo no circulante.

    (C) Balano Financeiro no grupo despesas de capital.

    (D) Balano Oramentrio no ativo imobilizado.

    (E) Demonstrativo das Variaes Patrimoniais no grupo de despesas

    Investimentos.

    Pessoal, estamos diante de um fato em que foi empenhado um valor

    (novembro de 2016), liquidado (dezembro de 2016) e somente ser

    pago em fevereiro de 2017. Logo, o fato configura-se como restos a

    pagar.

    Conforme estudamos na aula 3 do nosso curso:

  • # Contabilidade Pblica p/ TRT20 2016 # Prova Comentada

    Prof. Gilmar Possati www.estrategiaconcursos.com.br 6 de 16

    Os restos a pagar so as despesas empenhadas, mas no pagas at o

    dia 31 de dezembro, distinguindo-se as processadas das no

    processadas.

    Perceba que o conceito de restos a pagar est ligado aos estgios de

    execuo da despesa (empenho, liquidao e pagamento)

    classificando-se em restos a pagar processados e no processados.

    Os restos a pagar no processados decorrem das despesas

    empenhadas e no liquidadas. Representam, portanto, as despesas

    em que esto pendentes a entrega do bem ou a prestao do servio,

    ou seja, o direito do credor ainda no lquido e certo.

    Os restos a pagar processados decorrem das despesas que foram

    empenhadas, liquidadas, mas no pagas. Representam, portanto,

    as despesas em que o credor j cumpriu com sua obrigao (entrega

    do bem ou prestao do servio) tendo, assim, direito lquido e certo

    ao pagamento.

    Veja que no caso dessa questo estamos diante de um RP processado.

    Porm, temos que analisar o que a questo solicita...

    Veja que ela quer saber em qual demonstrao os veculos

    adquiridos sero evidenciados.

    Portanto, o foco da questo no est nos restos a pagar, mas sim na

    evidenciao dos veculos adquiridos, independentemente se eles j

    foram pagos ou no...

    Vamos analisar as assertivas.

    a. Errado. Apesar de os restos a pagar serem evidenciados no balano

    oramentrio no quadro auxiliar prprio para isso, os veculos

    adquiridos no so evidenciados nessa demonstrao contbil.

    Lembre-se do disposto no art. 102 da Lei n 4.320/64:

    Art. 102. O Balano Oramentrio demonstrar as receitas e despesas

    previstas em confronto com as realizadas.

    b. Certo. Segundo o MCASP, o ativo no circulante compreende os

    ativos tm expectativa de realizao aps doze meses da data das

  • # Contabilidade Pblica p/ TRT20 2016 # Prova Comentada

    Prof. Gilmar Possati www.estrategiaconcursos.com.br 7 de 16

    demonstraes contbeis. Integram o ativo no circulante: o ativo

    realizvel a longo prazo, os investimentos, o imobilizado, o

    intangvel e eventual saldo amortizar do ativo diferido.

    O imobilizado compreende os direitos que tenham por objeto bens

    corpreos destinados a manuteno das atividades da

    entidade ou exercidos com essa finalidade, inclusive os decorrentes

    de operaes que transfiram a ela os benefcios, os riscos e o controle

    desses bens.

    Logo, percebe-se que os veculos se enquadram dentro do ativo no

    circulante imobilizado, grupo evidenciado no balano patrimonial.

    c. Errado. Os veculos adquiridos no so evidenciados no balano

    financeiro. Lembre-se do que dispe a Lei 4.320/64:

    Art. 103. O Balano Financeiro demonstrar a recei

Recommended

View more >