De capitania do rio negro a comarca do amazonas

Download De capitania do rio negro a comarca do amazonas

Post on 23-Jun-2015

6.410 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

  • 1. De Capitaniado Rio Negroa Comarca doAlto RioAmazonas

2. Estado do Gro- Par e Rio Negro e aindependncia do Brasil A elevao do Brasil acategoria de Reino Unido aPortugal e Algarves, noalterou o status do Gro-Par e Rio Negro. Estecontinuava distinto doBrasil. Quando D. Joo VI e suacorte retornaram a Lisboa,as autoridades do Gro-Parvoltavam a receber ordensde Portugal ignorando aregncia de D. Pedro no Riode Janeiro. 3. Comarca do Rio Negro ( 1824-1833) A regio do Rio doNegro recebeu umstatus inferior, deComarca da provnciado Par, neste caso aincorporao daAmaznia portuguesaao Brasil no alterou ocarter subalterno doRio Negro em relaoao Par. 4. 1)Conflitos dos Poderes InternosO governo provincialparaense adotou asseguintes medidas: Aboliu a junta governativado Rio Negro Reforou a autoridadejudiciaria do Ouvidor e amunicipal na Cmara deBarcelos, a ser transferidapara a Barra do Rio Negro Nomeou um comandantemilitar, o capito HilrioPedro Gurjo. 5. 2) MovimentoAutonomista do RioNegro de 1832 Observa-se orelacionamento tenso,embora pacfico, entre obacharel Manoel Bernardode Souza e Figueiredo e ocoronel Joaquim dos Reis.O primeiro havia assumidoa Ouvidoria no incio de1828, substituindo RamosFerreira, e mostrava-sesimptico as ideiasautonomistas, ao contrariodo segundo, nomeadocomandante militar, cujocomportamento hostil ascausas autonomistas eraconhecido. 6. 3)Represso dogovernoparaense O governo paraense, napessoa do presidente JosJoaquim Machado deOliveira, ao saber dosacontecimentos,condenou osprocedimentos dasautoridades e dapopulao do Rio Negro,enfatizando a ilegalidadeda separao. Alm dissoenviou foras militaresque tinham a incumbnciade restaurar a legalidadeconstitucional e punirrevoltosos. 7. 4) Quadro Geral daComarca do Rio Negro Era uma populaoque pouco tinhacrescido, secomparada com a docenso demogrfico de1796 que totalizou apopulao para aCapitania do RioNegro de 14.232habitantes 8. Comarca do alto Amazonas (1833-1850) Em 29 de setembro de 1832, aRegncia promulgou o Cdigodo Processo Criminal doImprio, unificando a legislaoque se encontrava dispersa.Pelo artigo 3 deste cdigo, asProvncias teriam que fazer umadiviso interna administrativo-judiciria, devido aos seusresultados ser submetidos aoparlamento imperial paraltima aprovao. 9. 1) Manaus, Sededa Comarca Por volta dessareforma, o Lugar daBarra do Rio Negro foielevado a categoria deVila, com o nome deManaus, pois setornou sede daComarca ondefuncionaria um juizadode direito, um derfos e umapromotoria pblica,alm da CmaraMunicipal. 10. 2) Novos Rumos, aLiderana deManaus Em 1834, a Comarca doAlto Amazonas voltou aviver momentosagitados. J em fevereirodaquele ano houveprotestos em Manaus,cuja populao livre foratingida e prejudicadapela medida do governoprovincial em retirar asmoedas de cobre, queeram o meio circulantemais comum na regio. 11. 3) Cabanagem noAltoAmazonas(1836-1840) A Cabanagem atingiu oAmazonas, que se iniciarano Gro-Par. Deve ser encarada comouma revolta aberta jque seus setorespopulares agiram deforma autnoma. Representou umaoportunidade de mudanasocial extremamenterevolucionaria para ascondies sociais. 12. Processo InsurrecionalCabano no Alto Amazonas Tomada do Amazonas Cabanos, Senhores doAlto Amazonas Conflitos Internos:Cabanos X Cabanos 13. Restabelecimento daLegalidade A movimentaoarmada paradesestruturar opoder cabano noAM ocorreu, emTef. 14. Alto Amazonas Ps-Cabanagem A situao da comarca setorna critica, sobretudoao nvel da geopoltica.Era perturbadora amplazona de fronteira,verdadeiramente portaaberta para penetrao. 15. A Decadncia Pra melhor estabelecermos aComarca do AM, as vsperasda sua elevao a categoria deProvncia, duas impresses sefazem necessrias:a. A primeira a do coronel JooMatosb. Revelaes do naturalistaAlfred Russel Eles fizeram uma serie deanotaes sobre a atividadecomercial e os costumes doshabitantes da cidade. 16. Referncias FRANCISCO, santos- Historia Geral da Amaznia-Ed.MemVaMem. PONTES, Filho. Estudos de Histria do Amazonas.Editora Valer

Recommended

View more >