transforme seu imposto de renda em uma ação solidária

Download Transforme seu imposto de renda em uma ação solidária

Post on 17-Apr-2015

108 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Slide 1
  • Transforme seu imposto de renda em uma ao solidria.
  • Slide 2
  • direito de todo o cidado ou empresa decidir o destino de parte do seu imposto de renda. Destin-los aos trabalhos sociais executados pelo Sistema Divina Providncia de Resgate da Dignidade Humana (SISTEMA), por meio do Fundo para a Infncia e a Adolescncia (FIA), usar o dinheiro que seria pago ao governo para financiar projetos que causam profundos impactos sociais.
  • Slide 3
  • Sistema Divina Providncia de Resgate da Dignidade Humana O Sistema Divina Providncia de Resgate da Dignidade Humana SISTEMA abrange uma rede composta por entidades de cunho social, filantrpico, humanista e cultural, que tem como misso a promoo da dignidade humana. Alm de garantir os direitos dos adolescentes estabelecidos no Estatuto da Criana e do Adolescente (ECA), os projetos do SISTEMA alcanam toda a famlia, fortalecendo o trabalho de melhoria na qualidade de vida de nossas crianas e adolescentes.
  • Slide 4
  • Profissionalizao Objetivando a sustentabilidade do indivduo, o Sistema Divina Providncia acredita que a formao profissional capaz de mudar a realidade das pessoas. Aprender uma profisso o primeiro passo para a construo de uma vida digna. Para oferecer cursos profissionalizantes acessveis populao de baixa renda, existem os Centros de Formao Profissional, que possuem certificao internacional de qualidade ISO9001 e apresentam cursos sintonizados com as necessidades do mercado.
  • Slide 5
  • Centros de Formao Profissional Os Centros de Formao Profissional esto localizados em bairros carentes de seis municpios de Minas Gerais : Belo Horizonte, Ribeiro das Neves, Contagem, Ibirit, Itajub e Santa Luzia. Atualmente existem 16 CFPs. Os mais novos: CFP Padre Donato em Itajub e CFP Professora Irene de Melo Pinheiro em Ibirit, foram inaugurados em fevereiro deste ano e j esto em plena atividade. Alm de contribuir para a capacitao profissional de jovens em situao de vulnerabilidade, os CFPs constituem-se como locais de socializao, em que os alunos desenvolvem habilidades e competncias.
  • Slide 6
  • Centros de Formao Profissional Objetivo: Promover a autonomia e melhoria da perspectiva de vida de jovens em situao de vulnerabilidade social, atravs da capacitao profissional. Justificativa: A falta de qualificao profissional um problema cada vez maior nas grandes cidades brasileiras. Sem qualificao, o indivduo encontra maiores dificuldades para se inserir em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo. Os CFPs constituem-se como uma oportunidade aos jovens e adolescentes menos favorecidos de adquirir conhecimentos para insero no mercado de trabalho, garantindo seus direitos estabelecidos pelo Art. 69 do ECA- Estatuto da Criana e do Adolescente de acesso profissionalizao. Pblico- alvo: jovens de baixa renda residentes nos bairros ou nas proximidades em que esto localizados os Centros de Formao Profissional. Meta: Atualmente com 16 CFPs o Sistema Divina Providncia tem como meta atingir a marca de 40 Centros at 2014.
  • Slide 7
  • Nmero de Certificados entregues em 2008 pelos CFPs UnidadeN de certificadosPorcentagem Cidade dos Meninos13.93733% Cursos Itinerantes3761% Dom Joo Resende Costa2.3686% Helena Stein Pena1.0572% Lar dos Meninos1.1953% Madre dos Anjos1.4803% Madre Teresa de Calcut2.5856% Nita Chaves4.95312% Nossa Senhora Aparecida2.2575% Primo Manganelli2.0315% Rafael Zica Geo1.9655% Santa Luzia9472% CETAI SantAna4.63011% So Jos2.7196% TOTAL42.500100%
  • Slide 8
  • Alguns dos cursos oferecidos nos CFPs: ALIMENTAO Cozinheiro bsico Salgadeira Cozinheiro industrial Garom Padaria Confeitaria Pizzaiollo INFORMTICA Digitao Informtica bsica Informtica avanada Manuteno em computadores CorelDraw Web Design BELEZA Manicura/pedicure Cabeleireiro Esttica facial Depilao Massagista Maquiadora Esttica corporal CONSTRUO CIVIL Armador ; Carpinteiro; Bombeiro hidrulico Pedreiro; Pintura predial; Eletricidade predial ADMINISTRATIVA Auxiliar administrativo; Secretariado; Auxiliar de escritrio; Telefonista/recepcionista Oficie boy/girl
  • Slide 9
  • Insero no mercado de trabalho Aps adquirirem conhecimentos sobre determinada profisso, os atendidos do Sistema tem acesso a unidades que responsveis por orient-los e direcion-los ao mercado de trabalho. So elas: Central de Empregos os atendidos so encaminhados para empresas cadastradas para receberem esses profissionais, podendo tambm ser contratados pela prpria entidade. Tendo um aproveitamento significativo nos cursos, o atendido pode se tornar instrutor ou coordenador. A Central tambm oferece treinamento e orientaes quanto a direitos e deveres trabalhistas. Banco Divina Providncia Banco de microcrdito que oferece emprstimos baixos juros para o novo profissional que deseja abrir um negcio prprio.
  • Slide 10
  • Como funciona o FIA O Fundo para a Infncia e Adolescncia FIA, autorizado pela Lei Federal 8242/91, um fundo criado para receber recursos destinados a polticas, programas e aes voltadas ao atendimento de crianas e adolescentes em situao de risco pessoal e social, atendendo aos direitos fundamentais estabelecidos pelo Estatuto da Criana e do Adolescente ECA (Lei Federal n. 8069/90). Os recursos podem ser de vrias fontes, dentre elas, a deduo de imposto de renda de pessoas fsicas e jurdicas. Pessoas fsicas podem destinar 6% do seu imposto devido e pessoas jurdicas, 1%, ao projeto escolhido. O FIA coordenado pelos Conselhos Municipais, Estaduais e Federal de Direitos da Criana e do Adolescente.
  • Slide 11
  • Informaes para doao pelo FIA De acordo com a legislao, todas as empresas tributadas pelo lucro real, podem deduzir contribuies para os Fundos da Infncia e da Adolescncia. Para as pessoas jurdicas a deduo esta limitada a 1% do IR devido ao ms, trimestre ou ano, calculado com base no lucro real. A soma dos valores de incentivos fiscais referentes destinao do FIA, Lei Rouanet e Audiovisual, limitada a 4% do Imposto de Renda Devido.
  • Slide 12
  • Passo a passo para doao 1- Efetue o depsito na conta do Fundo para Infncia e Adolescncia do municpio escolhido. Contagem Santa Luzia CNPJ 18.715.508/0001-31CNPJ 18.715.409/0001-50 Banco do Brasil Agncia: 0503-7Banco do Brasil Agncia: 2582-8 Conta Corrente: 26.847-0Conta Corrente: 12.938-0 IbiritRibeiro das Neves CNPJ 18.715.490/0001-78CNPJ 18.314.609/0001-09 Banco do Brasil Agncia: 2115-6Banco do Brasil Agncia: 2532-1 Conta Corrente: 21.121-4Conta Corrente: 42.563-0
  • Slide 13
  • 2-Envie o comprovante do depsito via fax, para (31) 3288-0015 (Associao Cultural) ou e-mail: penha.gracia@sistemadivinaprovidencia.org penha.gracia@sistemadivinaprovidencia.org NO SE ESQUEA DE NOS ENVIAR O COMPROVANTE DE DEPSITO Somente com ele poderemos fazer uso do recurso. 3- Aguarde o recibo do Conselho Municipal dos Direitos da Infncia e do Adolescente que ser entregue em sua residncia ou empresa. Guarde o recibo. 4 Informe a doao feita na declarao do imposto de renda. 5 Sua Doao ser destinada para nossa instituio por meio do Conselho Municipal dos Direitos da Infncia e do Adolescente.
  • Slide 14
  • Contatos Sistema de Resgate da Dignidade Humana Associao Divina Providncia: Rua So Vicente, 300 Olhos Dgua BH/ MG CNPJ: 00.981.069/0001-43 Telefones: (31) 3228-9240 -3288-0038 8675-5610 penha@redesolidariedade.org.br Penha Gracia Assessora de Parcerias Institucionais
  • Slide 15
  • Agora que voc j conhece esta maneira de declarar seu Imposto de Renda e ainda ajudar as crianas e os adolescentes, faa sua doao ao Fundo da Infncia e da Adolescncia. uma maneira simples, mas muito eficiente de participar e criar uma sociedade melhor.