PALESTRA: Novas Tecnologias Log C. G... Animais responsveis por controle de pragas naturais;

Download PALESTRA: Novas Tecnologias Log C. G... Animais responsveis por controle de pragas naturais;

Post on 08-Aug-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

  • Ps-Graduao

    Turma CCE 25 SP (252803/06)Disciplina: Negociao (CCE17)Professor: Cesar Adames

    www.aceptiva.com.br1

    PALESTRA:

    Novas Tecnologias Logsticas

    Prof. Ruy Falco

    www.aceptiva.com.br

    A Aceptiva uma empresa especializada em Logstica, possui solues corporativas que permitem a sua empresa realizar servios com excelncia e custos reduzidos.

    Possui uma soluo ERP (integrada) com todos os mdulos de gesto com um preo acessvel, voltada para pequenas e mdias empresas.

    Tambm oferece treinamentos na rea Logstica, Marketing e Vendas para capacitao e aperfeioamento dos seus profissionais.

    Ps graduao em logstica e reas afins.

    QUEM SOMOS:

  • Ps-Graduao

    Turma CCE 25 SP (252803/06)Disciplina: Negociao (CCE17)Professor: Cesar Adames

    www.aceptiva.com.br

    Mini-Currculo: Ruy C. G. Falco- Gerente de Negcios da BC&C Trade Consulting, com 23 anos de experincia na

    rea comercial, dos quais 18 em Comrcio Exterior. - Experincia de 9 anos em Armadores e mais 9 anos em Agentes de Carga

    Internacionais, desenvolvendo negcios no Brasil e no Exterior;- Consultor de Treinamento e Desenvolvimento, palestrante h mais de 10 anos nas

    reas de gesto de clientes & atendimento, vendas internacionais, motivao, planejamento estratgico, liderana e logstica;

    - Especialista em Logstica Multimodal, com 8 anos de experincia no seguimento de Marketing Internacional e Comrcio Exterior;

    - Consultor Snior de Logstica da Aceptiva;- Cursou Engenharia de Produo (com especializao em cidos Graxos e

    Derivados, e Qumica Ambiental) e Jornalismo, e escreve mensalmente a Coluna "Viso de Mercado" para o Portal Celex;

    www.aceptiva.com.br

    AGENDA Contedo programtico:

    Novas Tecnologias Logsticas- A Logstica no Passado;- A Logstica no Presente: Servios Multimodais;- A Logstica no Futuro: Conceitos interligados;- Preservando o Ambiente atravs da boa escolha logstica;- Alterando o Ecossistema e a Natureza por algo que,

    aparentemente, no problema seu;- Dimensionando a Logstica apropriada;- Adequando o produto ao mercado exterior: embalagem para

    transporte e rtulo;- Incoterms: Escolhendo o mais adequado;- Siscomex e Super Siscomex: O futuro da logstica mundial

    hoje;- Por qu no Brasil no podemos importar na condio DDP?- Por que melhor exportar na condio DDU?- Classificao de Produtos: Quem deve fazer e por qu?- Liberando uma importao no Brasil: ser que vai rpido?- Preparando uma exportao: Onde foram parar os impostos?

  • Ps-Graduao

    Turma CCE 25 SP (252803/06)Disciplina: Negociao (CCE17)Professor: Cesar Adames

    www.aceptiva.com.br

    Por muitos anos a Logstica no foi considerada um diferencial;Levou tempo at que os gestores percebessem o seu valor e eficincia;Foi impulsionada pela busca da reduo de prazos, de custos, e da eliminao de estoques desnecessrios (Sistema Ford);

    - A Logstica no Passado

    www.aceptiva.com.br

    Longos perodos de espera, poucos servios, pouca tecnologia, transit times elevados dependendo do destino e do servio;Custos elevado, independente da quantidade;

    - A Logstica no Passado: Martimo

  • Ps-Graduao

    Turma CCE 25 SP (252803/06)Disciplina: Negociao (CCE17)Professor: Cesar Adames

    www.aceptiva.com.br

    Transit time reduzido, com bem menos opes de destinos;Custo bastante elevado, indicado apenas para casos extremos;

    - A Logstica no Passado: Areo

    www.aceptiva.com.br

    Desde o final na dcada de 1950 o mais utilizado entre pases da Amricas, Europa, Oriente Mdio e sia, embora seja impossvel de se realizar em algumas pocas do ano, por conta de fatores climticos;Custo alto, varivel dependo da distncia e da poca do ano;

    - A Logstica no Passado: Rodovirio

  • Ps-Graduao

    Turma CCE 25 SP (252803/06)Disciplina: Negociao (CCE17)Professor: Cesar Adames

    www.aceptiva.com.br

    Foi o primeiro a se estruturar, mas ficou relegado ao segundo plano a partir da administrao JK, e pouco funcional devido s vrias bitolas;Perfeito no custo;

    - A Logstica no Passado: Ferrovirio

    www.aceptiva.com.br

    E Evoluo do segmento Automobilstico: a Indstria das Indstrias;Revitalizao da Ford (Dcada de 1970) e da Chrysler (Dcada de 1980):

    Lido Anthony "Lee" Iacocca;

    -A Logstica Internacional no Presente: Fatos Importantes

  • Ps-Graduao

    Turma CCE 25 SP (252803/06)Disciplina: Negociao (CCE17)Professor: Cesar Adames

    www.aceptiva.com.br

    Lee Iacocca: conceitos revolucionrios excelncia em qualidade;Novas metodologias e ferramentas: maior controle Sistema Toyota;Sistema Kanban: cartes identificadores;Novos conceitos: J.I.T. Just In Time;Novos e modernos equipamentos: aumentando a produtividade;Supply Chain Manager: Considera os estoques em movimento, em produo, etc...;Sistema Puxado: O Cliente prepara o Forecast, e trabalha com a previso por perodos;Novas modalidades: para atender s necessidades e ao mercado;

    -A Logstica Internacional no Presente: Servios Multimodais

    www.aceptiva.com.br

    Surgimento do Container, e de servios peridicos e regulares;Transit time mais reduzido, dependendo do destino e do servio;Custos mais convidativos, independente da quantidade;

    - A Logstica no Presente: Martimo

  • Ps-Graduao

    Turma CCE 25 SP (252803/06)Disciplina: Negociao (CCE17)Professor: Cesar Adames

    www.aceptiva.com.br

    Mais companhias, servios diferenciados, e muito mais aeronaves;Transit time reduzido, vrias rotas e conexes;Relativamente mais acessvel (custo x benefcio);

    - A Logstica no Presente: Areo

    www.aceptiva.com.br

    Servios interligados, reduz o transit time e oferece mais conexes;Reduz o custo final (x benefcio);

    - A Logstica no Presente: Sea & Air

  • Ps-Graduao

    Turma CCE 25 SP (252803/06)Disciplina: Negociao (CCE17)Professor: Cesar Adames

    www.aceptiva.com.br

    o mais utilizado entre pases prximos, embora seja impossvel de se realizar em algumas pocas do ano;Custo beirando o martimo;

    - A Logstica no Presente: Rodovirio

    www.aceptiva.com.br

    Ainda pouco funcional na Amrica Latina devido s vrias bitolas;Alavancou o crescimento dos pases mais industrializados;Perfeito no custo;Complicaes no Transit time: demora entre conexes;

    - A Logstica no Presente: Ferrovirio

  • Ps-Graduao

    Turma CCE 25 SP (252803/06)Disciplina: Negociao (CCE17)Professor: Cesar Adames

    www.aceptiva.com.br

    Martimo: Transit time elevado dependendo do destino e do servio;Custos mais convidativos, independente da quantidade;

    Areo: Transit time reduzido;Custo ainda elevado;

    Sea & Air: Reduz o transit time;Reduz o custo final;

    Rodovirio: o mais utilizado entre pases prximos, embora seja impossvel de se realizar em algumas pocas do ano;Custo beirando o martimo;

    Ferrovirio: Ainda pouco funcional na Amrica Latina devido s vrias bitolas;Perfeito no custo;

    - A Logstica Internacional: Servios Multimodais

    www.aceptiva.com.br18

    OTM: Operador de Transporte Multimodal regulamentao em desenvolvimento no Brasil, ser de fato aps a implementao da NFe;Em atividade h mais de 20 anos em outros pases (DXI); com servios de transporte, interligao e sindicatos eficazes;

    Mais servios a um custo competitivo;Concorrncia entre conglomerados x servios em conjunto;Agenciamento funcional e servios acessrios (FFWDR);

    Mais rapidez: j incorporou o conceito da cadeia logstica (outsoucing);BIDs anuais;ISO 9001-2000; EXW;

    Maior eficincia: sistemas modernos e profissionais mais preparados;Cargo (Web) Tracking (ainda alimentado no - automaticamente);Cursos preparatrios e de extenso especficos;

    Multimodal: em funcionamento em vrios pases e continentes;

    Conceitos convergentes para atender a um mundo cada vez mais prximo;

    - Logstica no Futuro:

  • Ps-Graduao

    Turma CCE 25 SP (252803/06)Disciplina: Negociao (CCE17)Professor: Cesar Adames

    www.aceptiva.com.br

    Detalhes prticos: A diferena est em pensar nos detalhes que podem representar mais;O dimensionamento para cada cliente mostrar o caminho por segmento;

    Impacto sobre o comrcio;Cuidados em criar (ou recriar) cadeias logsticas preservando o meio;Analisar erros e elaborar solues auto gerveis;

    A conscientizao: Atravs da preservao se alcana a continuidade dos bons negcios;A preocupao com o meio se reflete na auto-preservao;

    Empresas Verdes:Preocupadas em manter e respeitar o meio: sustentabilidade;J so reconhecidas por organizaes internacionais comprometidas;

    Certificado Verde: Valor simblico com efeitos morais e comerciais;

    - Preservando o Ambiente atravs da boa escolha logstica;

    www.aceptiva.com.br

    Destruio da Flora: Desmatamento para acomodao humana;Agricultura, rodovias, fbricas, armazns, CDs, etc...;Impacto sobre o ecossistema e sobre a cadeia alimentcia;

    Destruio da Fauna;Invaso de reas naturais sem realocao das espcies;Casos de animais silvestres perdidos em meio a civilizao;

    Espcies em Extino: Animais responsveis por controle de pragas naturais;Desequilbrio natural por fora externa;Ataque a lavouras; aumento de espcies nocivas a outras e ao homem;

    Alteraes Climticas:Temperaturas atpicas, chuvas, secas, etc...;

    Estudo de impacto ambiental: Conduzido por especialistas com vistas sustentabilidade;

    - Alterando o Ecossistema e o Meio Ambiente por algo que, aparentemente, no problema seu:

  • Ps-Graduao

    Turma CCE 25 SP (252803/06)Disciplina: Negociao (CCE17)Professor: Cesar Adames

    www.aceptiva.com.br

    Sustentabilidade:Finanas equilibradas;Colaboradores satisfeitos e produtivos;Meio ambiente mantido;

    Preservando a Flora:Respeitando a vegetao natural em torno;Acomodando a todos dentro de conceitos de mtua subsistncia;Reduo ou inexistncia dos impactos ambientais;

    Respeitando a Fauna;Respeitando as reas naturais e as espcies;

    Desenvolvendo alternativas: Pensando no equilbrio sustentvel;

    Estabelecendo planos e metas:Objetivos ambientais to importantes quanto os comerciais;

    Escolhendo o modal mais apropriado: Pensando nas conseqncias e evitando alteraes ambientais;

    - Dimensionando a Logstica Apropriada:

    www.aceptiva.com.br

    Embalagem:Eventuais necessidades de adaptao ao novo mercado;

    Rtulo:Respeitando a legislao e exigncias do pas comprador;Meno de procedimentos em caso de emergncia;

    Transporte;Dando o exemplo desde a expedio at a entrega;Cuidando do meio ambiente do pas comprador (parcerias responsveis);

    Integridade do Produto: Acondicionamento e manuseio corretos;

    Integridade do Meio-Ambiente:Plano de Contingncia;Tcnicos responsveis (qualificao de representantes);

    - Adequando o Produto ao Mercado Exterior:

  • Ps-Graduao

    Turma CCE 25 SP (252803/06)Disciplina: Negociao (CCE17)Professor: Cesar Adames

    www.aceptiva.com.br

    Entendendo os Incoterms

    EXWFOB

    FCAFAS

    Em cada negociao so definidas responsabilidades, deveres e direitos das partes vendedor e comprador que so expressas nas siglas.

    CFRCIF

    C+F

    CPT

    CIP

    DAF

    DES

    DEQ

    DDUDDP

    www.aceptiva.com.br24

    Categoria dos IncotermsAgrupados em 4 por categorias por ordem crescente de obrigao do vendedor:

    GRUPO INCOTERMS DESCRIO

    E de Ex (PARTIDA - Mnima obrigao para o exportador) EXW - Ex Works

    Mercadoria entregue ao comprador no estabelecimento do vendedor.

    F de Free (TRANSPORTE PRINCIPAL NO PAGO PELO EXPORTADOR)

    FCA - Free Carrier Mercadoria entregue a um transportador internacional indicado pelo comprador. FAS - Free Alongside Ship

    FOB - Free on Board

    C de Cost ou Carriage (TRANSPORTE PRINCIPAL PAGO PELO EXPORTADOR)

    CFR - Cost and Freight O vendedor contrata o transporte, sem assumir riscos por perdas ou danos s mercadorias ou custos adicionais decorrentes de eventos ocorridos aps o embarque e despacho.

    CIF - Cost, Insurance and Freight

    CPT - Carriage Paid To

    CIP - Carriage and Insurance Paid to

    D de Delivery (CHEGADA - Mxima obrigao para o exportador)

    DAF - Delivered At Frontier O vendedor se responsabiliza por todos os custos e riscos para colocar a mercadoria no local de destino. DES - Delivered Ex-Ship

    DEQ - Delivered Ex-Quay

    DDU - Delivered Duty Unpaid

    DDP - Delivered Duty Paid

  • Ps-Graduao

    Turma CCE 25 SP (252803/06)Disciplina: Negociao (CCE17)Professor: Cesar Adames

    www.aceptiva.com.br

    Quadro de Incoterms

    www.aceptiva.com.br

    Siscomex:Sistema Integrado do Comrcio Exterior;

    Super-Siscomex:Em vigor desde Maro de 2008;Exigncias aos operadores, novas regras, multas e prazos;

    Siscomex Carga;Maior exigncia para com os agentes transportadores;Exigncias Legais on line;

    -Siscomex, Super-Siscomex e Super-Receita:

  • Ps-Graduao

    Turma CCE 25 SP (252803/06)Disciplina: Negociao (CCE17)Professor: Cesar Adames

    www.aceptiva.com.br

    DDP:Delivery Duty Paid;Entrega com Impostos Pagos;O Importador TEM que recolher os impostos;O Fornecedor NO est cadastrado na Receita Federal, e portanto no contribuinte;O Fornecedor e o(s) produto(s), em alguns casos, precisam estar pr-cadastrados nos Ministrios competentes;

    Previne:Sonegao de impostos;Importao indiscriminada de produtos no autorizados;Descontrole do Poder Pblico;

    Promove;Regularidade das empresas;Controle do Poder Pblico;

    -Por qu no Brasil no podemos importarna modalidade DDP?:

    www.aceptiva.com.br28

    DDU:Delivery Duty Unpaid;Entrega sem recolhimento de Impostos (no Pas de destino);O recolhimento dos impostos fica a cargo do Importador;

    Vantagens:No incluir responsabilidades legais de outros pases no clculo de custos do produto feito Brasil;Produtos Brasileiros destinados exportao so ISENTOS de impostos;Maior impacto comercial;

    Desvantagens;No h Crdito de Impostos pagos no Exterior;Todo o valor pago nesta condio, a no ser que pr-considerado na elaborao do custo, no recobrado;

    - Por qu melhor exportar na modalidade DDU?:

  • Ps-Graduao

    Turma CCE 25 SP (252803/06)Disciplina: Negociao (CCE17)Professor: Cesar Adames

    www.aceptiva.com.br29

    Classificao:Tabela do NCM: Nomenclatura Comum do Mercosul;Harmonized Sistem Code;Permite a verificao dos tributos incidentes, benefcios, isenes, etc...;

    Quem deve fazer a Classificao?:A Prpria Empresa;Consultoria e Assessoria Aduaneira;

    Critrios de Classificao Correta:A mais ampla e fidedigna ao produto, sua aplicao e caractersticas;

    Conseqncias de Classificao Incorreta: Multas;Sanes Federais;Suspenso do Radar;

    - Classificao de Produtos: Quem deve fazer e por qu?

    www.aceptiva.com.br30

    Fatores Fundamentais:Classificao;Documentao Completa e Correta;Empresa em dia com a Receita Federal;

    Processo Operacional:Embalagem devidamente aprovada;Bases logsticas e acessrios homologados;Consultoria Logstica e Aduaneira atualizada;

    Cases:Pallet no fumigado;Rtulo no traduzido em Portugus;Documentao em desacordo;Perda de Prazos legais;Indisponibilidade do Radar do Importador;

    -Liberando uma Importao no Brasil:Ser que vai ser rpido?

  • Ps-Graduao

    Turma CCE 25 SP (252803/06)Disciplina: Negociao (CCE17)Professor: Cesar Adames

    www.aceptiva.com.br31

    Benefcios da Exportao:Iseno completa de todos os Impostos;ICMS;IPI;PIS + COFINS;

    Princpio Fundamental:No se exporta Tributos!!!Lei Kandir;

    vantagem Exportar?Desde que todos os detalhes envolvidos sejam observados: SIM!!!;

    Cuidados Bsicos:Legal: Empresa e Receita Federal;Comercial: conduo da negociao;Industrial: produtos, embalagem, rtulo, adaptaes gerais, etc...;Mercado: estudo do consumo e da cultura;

    -Preparando uma Exportao:Aonde foram parar os Impostos?

    www.aceptiva.com.br32

    Logstica:Ferramenta importante;Fundamental conhecer e se atualizar;Vai se desenvolver ainda mas com os novos sistemas;

    Meio Ambiente:Respeito e preservao;

    Sistemas:Inevitveis, irrevogveis, indispensveis, etc...;

    Decises Importantes:Mercados Definidos;Clientes selecionados;Parceiros competentes;Colaboradores Preparados;Operador Logstico (Multimodal);Consultoria e Assessoria Logstica;

    - Concluses:

  • Ps-Graduao

    Turma CCE 25 SP (252803/06)Disciplina: Negociao (CCE17)Professor: Cesar Adames

    www.aceptiva.com.br

    BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

    Receita Federal: www.receita.fazenda.gov.br

    www.aceptiva.com.br34

    Aguardamos o seu contato:

    Aceptiva Consultoria e Treinamento em Logstica;

    www.aceptiva.com.br

    Fones: (11) 5067-7037 / 5067-7038;

    consulting@aceptiva.com.br

    comercial@aceptiva.com.br

    AT BREVE!!!

    - Muito obrigado!!!

  • Ps-Graduao

    Turma CCE 25 SP (252803/06)Disciplina: Negociao (CCE17)Professor: Cesar Adames

    www.aceptiva.com.br

    Curso Data/horrio Local Investimento

    Abril de 2009

    Gerenciamento de Projetos 25, 27, 29 de Abril - 04, 06 e 09 de Maio Paulista - SP 3 x R$ 480,00

    Supply Chain 28 de Abril Imigrantes - SP 3 x R$ 187,00

    Impacto dos Tributos em Compras | Mdulo 1 28 de Abril Paulista - SP 3 x R$ 187,00

    Maio de 2009

    Impacto dos Tributos em Compras | Mdulo 2 05 de Maio Paulista - SP 3 x R$ 187,00

    SPED - Escriturao Digigal 12 de Maio Paulista - SP 3 x R$ 200,00

    Logstica Marketing e Vendas 09 e 16 de Maio Imigrantes - SP 3 x R$ 256,00

    Negociao Internacional (Ingls) 21 de Maio Imigrantes - SP 3 x R$ 200,00

    Junho de 2009

    Logstica Internacional 18 de Junho Imigrantes - SP 3 x R$ 187,00

    Gesto de Compras Mdulo 1 16 de Junho Paulista - SP 3 x R$ 187,00

    Gesto de Compras Mdulo 2 23 de Junho Paulista - SP 3 x R$ 187,00

    1. Os valores so por pessoa, preos especiais para aquisio em grupos de empresa.

    2. As datas do cursos podero sofrer alteraes.

    3. Nos valores acima esto inclusos despesas com material didtico, certificado, coffe-break, almoo.

    4. O parcelamento em 3x ser permitido para matrculas que antecedem o ms do curso.

    5. (*) Condies especiais para aquisio do dois mdulos.

    *O valor no inclui, almoo e estacionamento.

    35

    Agende j a sua inscrio em nossos cursos:- Muito obrigado!!!

    Emisso: Abril02009 | Datas e Valores Vlidos at Junho | 2009.