em cianorte, agência do banco do brasil apresenta créditos ... a 450/0435.pdf · a costela ao...

Download Em Cianorte, agência do Banco do Brasil apresenta créditos ... a 450/0435.pdf · a Costela ao Fogo

Post on 29-Nov-2018

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Edio n 435 - Quinta-feira, 13 de julho de 2017

    Edio n 435- Quinta-feira, 13 de julho de 2017

    Em Cianorte, agncia do Banco do Brasil apresenta crditos para Plano Safra

    O expediente comeou de uma maneira diferente na agncia do Banco do Brasil de Cianorte na manh dessa quarta-feira (12). Isto porque, empreendedores do meio rural assis-tiram a apresentao do Plano Safra 2017/2018, com o detalhamento de to-das as linhas de crdito aos produtores e cooperativas, tanto para operaes de custeio e comercializao quanto para investimento agropecurio. O Banco do Brasil vai desti-nar R$ 103 bilhes de recursos para o agricultor brasileiro financiar a pr-xima safra agrcola. Desse total, R$ 11,5 bilhes sero para as empresas da cadeia do agronegcio e R$ 91,5 para crdito rural aos produtores e coope-rativas. Um dos diferenciais atrativos a reduo, em 1 ponto percentual ao ano, das taxas de juros das linhas de custeio e de investimento, destacou Sergio Jos Pagnan, gerente da agn-cia, que tambm salientou detalhes do PRONAMP, PRONAF, PRONAF Mais Alimentos, do Programa Agricultura de Baixo Carbono e outros. A ocasio tambm contou com a participao do prefeito Bon-giorno, que discorreu sobre a impor-tncia do produtor rural para a eco-nomia nacional e local, bem como sobre a atuao da Prefeitura em prol de suas atividades. Somos todos de-pendentes do agronegcio, que um dos principais pilares da economia do

    municpio, graas viso empreen-dedora dos homens do campo e dos cuidados da Administrao Munici-pal, que oferece assistncia gratuita e condies para que as famlias per-maneam e se desenvolvam na zona rural, afirmou.

    PROJETOS GRATUITOS Em Cianorte, a Secretaria Municipal de Agricultura elabora gratuitamente os projetos para solicitao de cr-dito junto instituio financeira. Nossa equipe orienta e auxilia os agricultores familiares em todas as etapas de requisio, assegurando o cumprimento das exigncias e, consequentemente, aumentando as

    chances de aprovao, seja em projetos individuais ou coletivos, que seriam cobrados por empresas particulares, contou o prefeito. Segundo o gestor municipal, o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, o PRONAF, o principal recurso dos pequenos produtores cianortenses. Somente no ltimo ano, por meio dos projetos ela-borados pela Prefeitura, o programa j facilitou a aquisio de pick-ups, plan-tadeiras, bovinos e implementos, bem como permitiu a perfurao de poos, a reforma e ampliao de agroindstria e custeou a produo de caf, morango, mandioca, hortalias, soja e outros, ci-tou.

    Ocasio contou com a participao do prefeito Bongiorno, que destacou a elaborao gratuita, pela administrao municipal, de projetos para pequenos produtores

  • Edio n 435 - Quinta-feira, 13 de julho de 2017Est tudo pronto para o Festival Gastronmico de Cianorte

    Entre os dias 22 e 30 de ju-lho, a solidariedade vai tomar conta do Centro de Eventos Carlos Yoshito Mori. Isto porque, integrando a pro-gramao comemorativa dos 64 anos de Cianorte, o tradicional Festival Gastronmico ofertar 11 opes de pratos tpicos para a angariao de fundos para as entidades e clubes de servios da cidade. Os convites j esto venda, com valores que variam de R$ 25 a R$ 40, e os ltimos detalhes com relao organizao foram acertados nessa tera-feira (11), em reunio dos membros da Comisso Organizadora dos Festejos com representantes dos rgos envolvidos, na sede do Provo-par, entidade frente do evento. Para a coordenadora, Neide Ferreira, o encontro foi bastante pro-veitoso. Acertamos questes com re-lao ao uso do Centro de Eventos, dos utenslios de cozinha e outros instru-mentos comuns. Alm disso, tiramos dvidas e trocamos experincias, pois nosso objetivo o de sempre melho-rar o servio ofertado, afirmou. Nesse sentido, a primeira dama e presidente de honra do Provopar, Ftima Bon-giorno, agradeceu a todos pela con-fiana e ao conjunta em mais uma edio do festival. Este um trabalho

    realizado com amor para benefcio daqueles que mais precisam. Assim, no mediremos esforos para que tudo seja feito com excelncia, ga-rantiu. As opes para o horrio de almoo, servidas a partir das 12h, so a Comida Mineira do Lions Club Cianorte Sem Fronteiras (23/07, R$ 35), o Frango Desossado do Rotary Club Cinturo Verde (26/07, R$ 35) e a Feijoada da Casa Ester (30/07, R$ 30). J para o jantar, com incio s 20 horas, esto marcados a Picanha na Chapa do Rotary Club Furquim de Castro (22/07, R$ 40), o Strogonoff da Comunidade Bethnia (23/07, R$ 25), a Comida Italiana do Lions Club Cianorte (24/07, R$ 35), a Comida de Boteco do Provopar (25/07, R$ 30), o Sukiyaki da Colnia Japone-sa (26/07, R$ 35), o Porco no Tacho do Projeto Sou Vivo No Uso Dro-gas (27/07, R$ 30), a Leitoa Desos-sada da Maonaria (28/07, R$ 40) e a Costela ao Fogo de Cho e Frango com Polenta do Rotary Club Cianor-te (29/07, R$ 35). Comida com aroma de solidarie-dade importante lembrar que, independente do cardpio, a receita

    de sucesso do Festival Gastronmico a mobilizao da sociedade em prol das entidades assistenciais e clubes de servios da cidade. Isto porque, o lucro obtido destinado s aes dos respon-sveis pelo prato tpico e faz a diferena no trabalho daqueles que se dedicam a ajudar o prximo. Para o Projeto Sou Vivo No Uso Drogas, por exemplo, a realizao do Porco no Tacho o que garante o pagamento do 13 salrio dos funcio-nrios. Nossa entidade no possui fins lucrativos e, por isso, depende de doa-es para sua manuteno. No entanto, os subsdios que recebemos represen-tam 30% dos custos mensais. O restan-te da demanda todo conquistado por meio de aes e eventos, como o Festi-val Gastronmico. Sem o valor gerado pela promoo desse jantar fica muito difcil investir nos servios que oferta-mos, afirma o presidente do Projeto, pastor Franois Dantas. Atualmente, a entidade de reinsero social possui duas atuaes: o Centro de Apoio Populao em Es-tado de Rua (CAPER), de carter ro-tativo e destinado ao acolhimento de andarilhos por at 30 dias; e a Comu-nidade Teraputica, que funciona em regime de internato, por nove meses,

    Entidades e clubes de servios ofertam 11 opes de pratos tpicos para o almoo ou jantar. Convites j esto venda e variam de R$ 25 a R$ 40

  • Edio n 435 - Quinta-feira, 13 de julho de 2017para a reabilitao de indivduos com vcios. O CAPER possui 32 leitos e atende cerca de 50 pessoas por ms. J a casa de recuperao tem a capacidade para acolher, com uma boa estrutura, 40 internos, no entanto est com 27, justamente por causa das condies fi-nanceiras, conta Franois. Alm disso, o Projeto Sou Vivo No Uso Drogas conta com o trabalho de 20 profissionais, como assistente social, psiclogo, enfermeiro, coorde-nadores, cuidadores e cozinheiros. As-

    sim, pedimos aos cianortenses que nos ajudem a manter o CAPER, a Comunidade Teraputica e a equipe tcnica, responsveis pela transfor-mao na vida de centenas de pesso-as. Para isso, contamos com a adeso ao Festival Gastronmico, pelo qual temos grande expectativa, salienta o presidente.

    Estacionamento beneficente Alm dos pratos tpicos, durante os feste-jos, as reas de estacionamento pri-

    vativo, prximas ao Centro de Eventos, tambm sero coordenadas por enti-dades, que tero a arrecadao em be-nefcio. Assim, condutores de carros e motos podero contribuir com a Casa da Sopa, Santa Casa, Sasbemc e Pasto-ral da Juventude. J as vans e nibus, que costumam trazer as excurses de outras cidades para os shows gratui-tos, tambm tero um espao especial, organizado pela equipe do Caf Futsal Feminino.

    Prefeitura entrega veculo Associao de Reciclagem

    Na tarde da ltima tera-fei-ra (11), a Associao Assistencial dos Agentes Ambientais de Reciclagem de Cianorte recebeu, da Prefeitura, um veculo Gol, quatro portas, seminovo. O repasse foi realizado no Pao Mu-nicipal, pelas mos do prefeito Bon-giorno e o objetivo auxiliar as tare-fas administrativas da entidade, que responsvel pela triagem e destinao correta de 80 toneladas mensais da co-leta seletiva.Cianorte uma cidade privilegiada por contar com a atuao dessa As-sociao, que contribui para a ma-nuteno da limpeza pblica, para a preservao do meio ambiente e para a gerao de renda de muitas famlias.

    Por isso, papel do poder pblico, bem como da populao, reconhecer o seu valor e ampar-la, afirmou o prefeito, acompanhado pelos secre-trios municipais Guilherme Comar Schulz (Meio Ambiente) e Marlene Aparecida Benalia Bataglia (Assis-tncia Social); pastas que apoiam di-retamente a entidade. Nesse sentido, a tesoureira da As-sociao, a biloga Katiane Rodri-gues de Souza, juntamente com o presidente, Valdomiro Valter Pego, salientou a importncia do Governo Municipal na manuteno e melho-ria da entidade, que j havia recebi-do um automvel da Prefeitura, em 2015, e que, recentemente, sofreu

    perda total por conta de terceiros. Este o nico automvel que temos para re-alizar as tarefas administrativas, como levar documentos em escritrios, fazer servios de banco, alm de meio para comparecer em reunies e cursos, contou Katiane.

    APOIO Entre as aes recentes do Governo Municipal em prol da Asso-ciao tambm se destacam o investi-mento de R$ 130 mil na construo de um barraco de 300 m, em alvenaria, para ampliao do trabalho na sede e a doao de uma mquina empilhadeira zero quilmetro, com transmisso au-tomtica e capacidade de elevao de at 2.500 kg, no valor de R$ 78 mil.