Edio 156 de 22/08/2009

Download Edio 156 de 22/08/2009

Post on 28-Mar-2016

225 views

Category:

Documents

11 download

DESCRIPTION

Nesta edio voc encontrar matrias como: "Guarda Civil prende chefe de trfico no Engenho Velho", "Carteiro Lumar conquista o Brasil no Programa do J", "Capivari uma das melhores cidades em aproveitamento do sistema Anglo em escolas municipais", "Estradas rurais de Rafard recebem cascalhamento"

TRANSCRIPT

  • reas de Circulao - Capivari, Rafard, Elias Fausto, Monte Mor, Mombuca e Rio das Pedras.

    Capivari, 22 de Agosto de 2009. Tiragem: 3.000 exemplares - Ano 3 - Edio n 156 Apenas R$ 2,00

    Guarda Civil prende chefe de trfico no Engenho Velho

    Na tarde desta sexta-feira,21, aps denncia annima, aGuarda Civil Municipal pren-deu o traficante Paulo, con-siderado o lder do trfico nobairro Engenho Velho. O trafi-cante j estava sendo investi-gado pela Polcia Civil por tr-fico e aliciamento de menores.

    No dia 15 outro flagrantede trfico de entorpecentes foiconstatado no Bairro Resi-dencial Santo Antonio, ondeaps denncias um traficantefoi preso em flagrante porAssociao ao Trfico.

    J no dia 20 de agosto adenncia de trfico de drogas

    no Bairro Engenho Velho le-vou a priso dos elementosRicardo M.B., L.H.A.B. eM.C.T. que foram conduzidos Delegacia de Policia ondeas medidas de Polcia Judici-ria foram tomadas.

    Foi ao som de samba queo carteiro de Capivari Lu-mar Baptista entrou no Pro-grama do J, da Rede Glo-bo. O apresentador logoperguntou se ele era sambis-ta ou carteiro Lumar Bap-tista respondeu que era osdois e santista, o J enga-tou em outra pergunta:Mas santista por que torcepelo Santos ou por que moraem Santos? e logo veio aresposta: No santista por-que vou a Igreja, disse o car-teiro. A plateia e o apresenta-dor caram na gargalhada.

    Mateus Scarso/JCR

    Assessoria de Comunicao

    Projeto para promoo de palestras preventivas decombate as drogas nas escolas aprovadana Cmara

    Pgina 04

    Carteiro Lumar conquista o Brasilno Programa do J

    Pgina 08

    Pgina 05

    Escolas estudam a reposio dasaulas suspensas devido a gripe

    O retorno s aulas em to-das as escolas de Capivarifoi normal nesta segunda-fei-ra, 17. Todas as escolas muni-cipais, estaduais e particulares,que entrevistamos, ministra-ram palestras orientativas no

    primeiro dia de aula, como for-ma de preveno da InfluenzaA (H1N1), ainda conhecidacomo gripe suna, seguindo asorientaes do Ministrio daSade.

    No dia 19 o Dirio Ofi-

    Capivari uma das melhorescidades em aproveitamento dosistema Anglo em escolasmunicipais Pgina 06

    Desfile beneficente trazsofisticao em trajes paracasamento Casa da Cultura

    Pgina 06

    OAB SP REALIZA I SEMINRIOINTERNACIONAL DE MEDIAO EARBITRAGEM E FAZ HOMENAGEM AMARCO MACIEL

    Pgina 03

    Cmara discutedestino certo parao leo de cozinhausado Pgina 05

    Estradas rurais deRafard recebemcascalhamento

    Pgina 07

    Pgina 09

    Capivariano empataem 1 x 1 no jogocontra o time dePaulnia

    cial publicou nota informan-do que todas as escolas deSo Paulo tero de cumprir200 dias letivos e completar800 horas.

    Pgina 03

    Lumar e J Soares durante entrevistaAmpolas de cocaina e papelotes de maconha apreendidas

    OAB SP realiza I Seminrio Internacionalde mediao e arbitragem e fazhomenagem a Marco Maciel

  • Funerrias SO JOO e CONSELVAN

    14/08/2009Joo Pereira de Faria, 82 anos.

    Argemiro Generoso Leite, 77 anos.

    15/08/2009Luiz da Silva Barbosa, 70 anos.

    Antonio Calse, 64 anos.

    16/08/2009Mariana Moraes de Cicco, 93 anos.

    Olga Rocco Alves, 98 anos.

    17/08/2009Robson Pignatari Leopoldino, 33 anos.

    clair de Oliveira Santos, 68 anos.19/08/2009

    Filomena de Oliveira Caetano, 70 anos.

    Todos os dias na imprensaso noticiados casos de mor-tes e situaes de riscos da gripeinfluenza A e alertas sobre o seuperigo. O que mais chama aateno a insistncia da im-prensa brasileira que transfor-mou a gripe A na mais nova emaior preocupao nacional.H estados em que enquantoregistra-se cerca de uma deze-na de casos de gripe A, regis-tra-se cerca de cinco mil ca-sos de dengue no mesmo peri-odo.

    Em Capivari h muitos bo-atos de casos da doenas ca-sos estes que Secretaria deSade no confirma.

    Diante da incerteza de fa-tos, afirmaes infundadas enoticias, ficamos ns, cida-dos, sem saber a dimensodessa tal gripe. Seria sensacio-nalismo da imprensa nacional?

    A gripe A e as notcias

    Capivari, 22 de Agosto de 2009.

    *A.C. Mendes Thame

    Introduo

    Esta coluna semanal tem oobjetivo de divulgar leis criadaspara proteger o cidado. Au-mentar o conhecimento de direi-to e deveres a forma mais efici-ente de valorizar a cidadania efazer valer os direitos individu-ais. Conhecer poder.

    Bancos podem quebrar sigilobancrio de correntista porordem da Fazenda Nacional

    Conforme deciso do Supe-

    Coluna Leis que nos defendem

    Seriam boatos os causadoresde tanto pnico? A Organiza-o Municipal da Sade e osmunicpios estariam omitindodados? Diante de tantas incer-tezas, cabe a ns, cidados pre-ocupados com nossa sade eem saber a verdade, basear-nosestritamente em fatos.

    Se ouvirmos um boato deque algum no municpio ouprximo a ns est contamina-do, cabe a ns, averiguar a ver-dade. Casos confirmados soapenas aqueles onde as pesso-as realizaram o exame e estesinalizou como positivo para adoena.

    Aos meios de comunicaocabe uma responsabilidade ain-da maior: alm de averiguar osfatos (ou seja atravs de exa-mes que comprovem a conta-minao), cabe ter uma visomais ampla sobre o que real-

    mente tem matado tantas pes-soas e ao expor este fato pre-cisam ter uma viso do todo.Os acidentes de automveismatam diariamente milhares depessoas. Nem por isso deixa-mos nossos carros na gara-gem. Como j afirmamos, adengue mata milhares de pes-soas, ser que todos os diasestamos atentos aos locaisonde o mosquito se prolifera?

    Esta realidade e o contrasteentre a preocupao com aepidemia e os casos de ver-dadeira calamidade pblica queocorrem no pas, que no me-recem maior ateno da im-prensa capitalista e da burgue-sia, levantam diversos questi-onamentos sobre a origem dadoena e os verdadeiros obje-tivos da burguesia mundial emdivulg-la.

    No difcil que seja uma

    tentativa de reeditar o caos quecausou a gripe espanhola logoaps a Primeira Guerra Mun-dial. Menos difcil ainda que adivulgao da doena e o alar-me feito em toda a imprensatenha objetivos polticos. Te-mos que tomar cuidado parano causarmos o caos por p-nicos, muitas vezes provoca-dos por falta de informaes ouinformaes irreais.

    O mais certo ficarmos deolho nos fatos, analisarmos aseriedade dos veculos de co-municao, principalmente m-dia nacional, e separarmos osboatos da efetiva realidadecomprovada por meio dos exa-mes. O cuidado com a doenadeve existir, mas muito mais doque com ela temos que ter cui-dado em quem e no que acre-ditamos antes de gerarmos p-nico nos que nos cercam.

    A histria da ptria eviden-cia a identificao, ao longo dotempo, do Exrcito com seupovo. Este se encontra integral-mente projetado naquele, semdistino de raas, credos,classes ou outras de quaisquerespcies. So homens e mulhe-res que cumprem no dia-a-diados quartis, orgulhosos dopassado e confiantes no futu-ro, o sublime ideal de servir.

    O Exrcito de hoje continuasendo o mesmo povo em ar-mas de outrora: o brao forteno qual a Nao se apia paragarantir a soberania, manter aordem e permitir o progresso

    do pas e a mo amiga na quala Nao encontra solidarieda-de em todos os momentos.

    Eis o Exrcito Brasileiro,formado por Soldados que le-

    rior Tribunal de Justia, se aFazenda Nacional determinar,os bancos e demais institui-es financeiras podem que-brar o sigilo bancrio de seuscorrentistas.

    No caso, a Fazenda Nacio-nal ordenou a dois bancos aquebra do sigilo bancrio deum correntista que estava sen-do executado por dvidas. Pos-teriormente, o correntista en-trou com uma ao de indeni-zao por danos morais contraas duas instituies financei-ras, tendo ganho de causa nasduas primeiras instncias.

    Os bancos entraram com re-cursos no STJ, que considerou

    que os mesmos no agiram porconta prpria, mas seguindo de-terminao de autoridade do se-tor financeiro, no caso a Fazen-da Nacional. O Tribunal afirmoutambm que a determinao daFazenda Nacional no apresen-tou nenhuma ilegalidade, pois aPortaria 493 de 1968 e o Comuni-cado Defis 373 de 1983 do BancoCentral (Bacen), que regulamen-tam a prestao de informaesprotegidas por sigilo bancrio,autorizam a Fazenda a solicitartais informaes.

    O Superior Tribunal destacouainda que, se as instituies fi-nanceiras se negassem a forne-cer as informaes, seriam puni-

    das com a multa estabelecida noartigo 7 da Lei n. 8.021, de 1990.Se houver ato ilcito, gerador dedireito a indenizao por danomoral, esse ato no de respon-sabilidade do banco, mas, sim daFazenda Nacional, concluiu.Com essa fundamentao, jul-gou improcedentes os pedidosde indenizao. (Processos:REsp 987385 e REsp 921494).

    Antonio Carlos Mendes Thame deputado federal (PSDB-SP),professor licenciado da ESALQ-USP e advogado (PUC-Campi-nas). Encaminhe sua sugesto ouquestionamento para o e-mail:dep.mendesthame@camara.gov.br

    EDITAL DE CONVOCAO

    O SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDSTRIAS DE LADRILHOS HIDR-ULICOS E PRODUTOS DE CIMENTO DE CAPIVARI, atravs de seu Presidente infra-assinado, CONVOCA todos os trabalhadores de sua base territorial das categorias de: CER-MICAS VERMELHA E BRANCA, ASSOCIADOS OU NO, todos com direito a voto, paraa ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINRIA, a realizar-se no dia 03 / 09 / 2.009 s 16:00horas, em nossa sede social na Rua Fernando de Barros, n 648 - centro, em Capivari - SP, a fimde deliberarem sobre a seguinte ordem do dia:1) Aprovao da Ata da Assembleia anterior;2) Apresentao, discusso e aprovao do Rol de Reivindicao da categoria da ConstruoCivil a ser apresentado para renovao das normas coletivas de trabalho da DATA-BASE de outubro;3) Concesso de poderes Diretoria do Sindicato para que juntamente com a Federao, dincio ao processo de negociao e possa firmar Acordo/Conveno Coletiva e posteriormen-te, se for necessrio, instaurar o competente Dissdio Coletivo (econmico/greve);4) Discusso e aprovao do desconto a ttulo de contribuio assistencial, para o custeio daorganizao sindical, descontada de todos os trabalhadores da categoria, associados ou no,beneficiados pelas clusulas normativas a serem firmadas;5) Decidir pela manuteno da Assembleia em carter permanente at final do processo de nego-ciao, mediante convocao quando se fizer necessrio.As deliberaes sero tomadas estatutariamente, fica desde j assegurado o direito de oposioao desconto da Contribuio Assistencial no prazo de 10 (dez) dias a partir da deliberao destaAssembleia, que dever ser manifestada junto secretria do Sindicato, pelo interessado.Se na hora acima aprazada no houver quorum a assembleia realizar-se- em segunda convo-cao, 1 hora aps, com os presentes cujas deliberaes tero plena validade, relativamenteaos assuntos em pauta, para toda a categoria.Capivari, 22 de Agosto de 2.009

    Emilio Alves ferreira JuniorPresidente

    SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDSTRIAS DACONSTRUO E DO MOBILIRIO, CERAMISTAS,

    LADRILHOS HIDRULICOS E PRODUTOS DE CIMENTODE CAPIVARI E REGIO

    25 de Agosto - Dia do Soldado!vam consigo a responsabilida-de de representar hoje o esp-rito herico e humano do Ma-rechal Luis Alves de Lima eSilva, o nosso DUQUE DECAXIAS, O PACIFICADOR!

    CAXIAS como conhecidoeste ilustre brasileiro, Intransigen-te com a desordem. Enrgicocom a rebeldia .Conciliador nasnegociaes. Humano no perdo.Artfice da integridade nacional.

    Nas ocasies em que o con-senso no foi possvel, mostrou-se decisivo e pertinaz no cum-primento de sua misso, sem,no entanto usar de fora desne-cessria, evitando humilhar ou

    gerar sentimentos de vingananos vencidos, que sempre fo-ram vistos como compatriotase no como inimigos.

    Deixou explcito em seu tes-tamento o orgulho que tinha deser Soldado quando escreveuque durante seu funeral dispen-sava as honras a que tinha di-reito como Oficial do ExrcitoBrasileiro, como tambm deixouexpresso o desejo de ser o seucaixo conduzido por seis Sol-dados rasos, dos mais antigose de melhor comportamento.

    CAXIAS: EXEMPLO DEHERI, ONTEM, HOJE ESEMPRE.

    Informao, algo que seconhece e em que se baseia

    Origem do conhecimentopara racionalizar. Creio que ainformao a base para to-das as decises, o alicercede todos os sbios, a estru-tura de todos os crticos.Epistemologia, que quer di-zer, teoria do conhecimento,explica a origem e funda-mentao do conhecimento.

    Ler um livro, uma revistaprodutiva, nos dar fundamen-to, com toda certeza esse fun-damento oriundo da leiturafeita por nossa pessoa, e te-

    remos como resultado o co-nhecimento.

    A origem do conhecimen-to a leitura, ler para saber,essas duas palavras esto im-plcitas nesta teoria e deveestar no mago de nossas ide-ologias.

    No podemos deixar asnotcias, as informaes pas-sarem, se elas no tm mag-nitude agora, mais tarde tero.A cada leitura tornamo-nosseres hbeis, prxis, empri-

    cos.O conhecimento adquirido

    atravs das leituras nos ensi-na desenvolver projetos ouqualquer outra atividade acu-rada. Todo o conhecimentoadquirido com boas leiturastorna-nos proativos, empreen-dedores. Conhecimento, cha-ve para o progresso.

    Evandro Milton Corratz.evandro@hotmail.com

  • Capivari, 22 de Agosto de 2009. 03

    Nos dias 20 e 21 de agosto,a Comisso de Mediao e Ar-bitragem da OAB SP promoveo I Seminrio Internacional deMediao e Arbitragem da Sec-cional Paulista da Ordem. Oevento, que acontecer no au-ditrio da Faap, est sob a co-ordenao de Arnoldo Wald Fi-lho, presidente da Comisso deMediao e Arbitragem da OABSP, membro do Corpo de Arbi-tragem da Fundao GetlioVargas e professor da Cmarade Comrcio Internacional deParis.

    A cerimnia de aberturacontar com a presena do se-nador Marco Maciel, que serhomenageado por ser o autorda propositura que se transfor-mou na Lei 9.307/96. Para Ma-ciel, essa lei de arbitragem co-locou o Brasil dentre as naesmais modernas do mundo, porconcorrer para reduzir a inse-gurana jurdica e permitir re-cursos conciliao, media-o e ao arbitramento. O pre-feito de So Paulo, GilbertoKassab j confirmou presena,entre outros.

    Os trabalhos do seminriocomeam s 8h30 do dia 20 deagosto, com o credenciamen-to. Para as 9h, est programadaa abertura, com a participaodo presidente da OAB SP, LuizFlvio Borges D'Urso; de Arnol-do Wald Filho; da presidente doConselho de Curadores da Faap,Celita Procpio de Carvalho; dodiretor-presidente da Faap, An-tonio Bueno Guillon; e do dire-tor da Faculdade de Direito daFaap, lvaro Villaa Azevedo.

    s 9h30 acontece o PainelEspecial "So Paulo como Cen-tro da Arbitragem Internacionalda Amrica Latina", com expo-sio de Arnaldo Wald filho,dos senadores Marco Maciel eJorge Bornhausen, do prefeitoKassab e do secretrio de Ne-gcios Jurdicos da prefeitura,Cludio Lembo.

    s 11h, o painel "Arbitra-gem Internacional" ter comoexpositores John Beechey, pre-sidente da Corte de Arbitragemda Cmara de Comrcio Inter-nacional de Paris; Jason Fry, se-cretrio geral da Corte de Arbi-tragem da Cmara de ComrcioInternacional de Paris; e PedroBatista Martins, professor emembro do corpo de rbitrosde diversas cmaras arbitrais.O presidente de mesa e do pai-nel ser Arnoldo Wald Filho.

    "A importncia da mediaoe arbitragem nas universida-des" o tema do painel das12h15, cuja mesa ser presidi-da por Arnoldo Wald Filho. Apresidente do painel, por suavez, ser a secretria de Educa-o Superior do MEC, MariaPaula Dallari. Os expositoressero o desembargador e vice-diretor da Faculdade de Direitoda FAAP, Jos Roberto NevesAmorim; o desembargador

    OAB SP REALIZA I SEMINRIO INTERNACIONALDE MEDIAO E ARBITRAGEM E FAZ

    HOMENAGEM A MARCO MACIELaposentado e professor da PUC-SP Donaldo Armelin; o profes-sor doutor da Faculdade de Di-reito da Universidade de SoPaulo Jos Carlos Magalhes; odesembargador e diretor da Es-cola Paulista de MagistraturaAntonio Rulli Jr; a conselheira daOAB SP e professora da Facul-dade de Direito da USP e direto-ra da ESA, Ivette Senise Ferrei-ra; o secretrio da Comisso deMediao e Arbitragem da OABSP e professor da Faculdade deDireito da FAAP Adriano AbroDib; e o advogado, engenheiro,diretor do Secovi e coordenadorda cmara de mediao SecoviMrcio Chede.

    s 15h30, comea o painel"Mediao pblica e privada aspectos prticos", cujo presi-dente da mesa ser SebastioTojal, professor da Faculdade deDireito da Universidade de SoPaulo. J a presidente do painelser Eugenia Zarenczanski, pre-sidente da Comisso de Concili-ao, Mediao e Arbitragem dasubseo de Santo Amaro e pro-fessora da ESA, e os exposito-res; Adolfo Braga Neto, profes-sor universitrio, especialista emmediao e membro da Comissode Mediao e Arbitragem daOAB SP; e Alessandra PinheiroFachada Bonilha, professora daFaculdade de Direito da FAAP emembro da Comisso de Media-o e Arbitragem da OAB SP.

    O ltimo painel do dia 20, "Ascmaras arbitrais brasileiras esuas experincias", est marca-do para as 16h45. O presidenteda mesa ser o advogado Pedrode Freitas, e o presidente do pa-inel, Antonio Luiz Sampaio Car-valho, advogado e representan-te da Cmara de Comrcio BrasilCanad. A exposio ficar a car-go de Cssio Telles Ferreira Neto,presidente do Conselho Nacio-nal das Instituies de Mediaoe Arbitragem (Conima); de LilianBrisola Santezi, representante daFederao de Comrcio do Esta-do de So Paulo; de Silvia Rodri-gues Pereira Pachikostki, repre-sentante da Cmara de Mediaoe Arbitragem da OAB SP; e deEduardo Damio Gonalves, re-presentante da Cmara de Medi-ao e Arbitragem da Cmara Por-tuguesa de Comrcio do Brasil.

    No dia 21 de agosto, os tra-balhos comeam s 9h30, com opainel "Sistemas de soluo deconflitos no Brasil: poder Judici-rio mediao e arbitragem",presidido por Arnoldo Wald Fi-lho. A exposio ficar a cargoda ministra do Superior Tribunalde Justia Eliana Calmon.

    s 11h15, ter lugar o painel"Mediao e arbitragem temasdiversos", presidido pelo advo-gado-geral da Unio Jos Anto-nio Dias Toffoli. O presidente damesa ser Arnoldo Wald Filho.O ministro aposentado do Supe-rior Tribunal de Justia Jos Ar-naldo da Fonseca e o professorda Faculdade de Direito da USP

    Heleno Torres apresentaro otema "Arbitragem e o poder p-blico". A ministra do SuperiorTribunal de Justia Ftima Nan-cy Andrighi, o assessor espe-cial da Secretaria de Reforma doJudicirio Marcelo Viera e o ad-vogado e professor da Facul-dade de Direito da FAAP Ale-xandre Nishiooka, por sua vez,falaro sobre "Mediao comopoltica pblica".

    O painel "A relevncia douso da mediao e arbitragemna advocacia" est marcadopara as 15h30. O presidente demesa ser Arnoldo Wald Filho,e o presidente do painel, LuizFlvio Borges D'Urso. Os ex-positores sero Francisco JosCahali Filho, professor da PUCe membro do Conselho Nacio-nal de Justia; Lia Regina Cas-taldi Sampaio, advogada, me-diadora e presidente da ONGInterao Rede Social; e LiaJustiniano dos Santos, advo-gada, mediadora e presidentedo Centro de Referncia emMediao e Arbitragem.

    O ltimo painel, s 17h, sersobre "Aspectos gerais e arbi-tragem trabalhista". O presi-dente de mesa ser Jos EmlioPinto Nunes, advogado e pro-fessor especialista em Arbitra-gem. J o presidente do painelser Horcio Bernardes Neto,presidente do Centro de Estu-dos das Sociedades de Advo-gados e conselheiro da OABSP. A psicloga e conciliadorajudicial Maria Auxiliadora Se-rafim falar sobre "Aspectosgerais mudana de paradig-ma". J o tema "Evoluo daarbitragem no Brasil" ter comoexpositores Selma Maria Ferrei-ra Lemes, professora da Facul-dade de Direito da FGV, relato-ra da lei de Arbitragem e mem-bro da CCI; Rodrigo Garcia daFonseca, advogado e especialis-ta em Arbitragem; Jarbas Andra-de Marchioni, advogado e con-selheiro da OAB SP; FernandoMarques, advogado e ex-conse-lheiro do CADE; e a advogadaBruna Vieira de Vincenzi.

    Encerrando o seminrio, oadvogado trabalhista OsvaldoBretas Soares Filho, a presiden-te da Associao dos Advoga-dos Trabalhistas de So PauloAna Amlia Mascarenhas Ca-margos, a advogada e secret-ria geral do Conima Ana LciaPereira e o advogado e diretordo Conima, Edmir Francisco deOliveira apresentaro o painel"Arbitragem trabalhista", queser presidido por EstevoMallet, professor da Faculda-de de Direito da Universidadede So Paulo.

    Os interessados em partici-par do seminrio podero fazersua inscrio na sede da Ordem(Praa da S 385) ou pelo site

    www.oabsp.org.br, median-te a doao de uma lata de leiteem p integral de 400g paracada dia do evento.

    Regiane de Godoi Camargo

    O retorno s aulas em todasas escolas de Capivari foi normal,nesta segunda-feira, 17. Todas asescolas municipais, estaduais eparticulares, que entrevistamos,ministraram palestras orientativasno primeiro dia de aula, como for-ma de preveno da Influenza A(H1N1), ainda conhecida comogripe suna, seguindo as orienta-es do Ministrio da Sade

    Todas adotaram uma srie demedidas preventivas para com-bater a transmisso do vrus atra-vs de orientaes para seus alu-nos. As equipes de limpeza dasescolas foram orientadas a redo-brar os cuidados, disponibilizaramo lcool em gel em vrios pontose sabonetes nos banheiros, aosestudantes e professores para usona higienizao das mos. Almde informativos distribudos aosalunos, orientaes aos pais paraque no levem seus filhos esco-la quando estiverem gripadas,nestes casos as professoras ori-entaro a realizao das ativida-des em casa. Outras escolas pe-dem para que as crianas levem aprpria garrafa de gua.

    Escolas estaduais

    A Diretoria de Ensino e Diri-gente Rita de Cssia Trasferettiinformou que o estado destinou

    Escolas estudam a reposio das aulas suspensas devido a gripeuma verba de R$ 1,50 por alunopara a compra de copos descart-veis, lcool gel, toalha de papel esabonete. Os alunos das escolasestaduais ficaram 10 dias sem aula.

    Segundo ela cada escola, jun-to com o conselho de escola, ficaresponsvel por reorganizar ocalendrio. E salientou que a Se-cretaria da Educao j determi-nou o cumprimento dos 200 diasletivos e das 800 horas.

    Segundo ela o normal seriaterminar at o dia 20 de dezem-bro. Temos preocupao com oENEM Exame Nacional EnsinoMdio e com o Saresp - Sistemade Avaliao de Rendimento Es-colar do Estado de So Paulo,explicou. Rita ressaltou que a for-ma de reposio tem que ser comaula para atender o currculo.

    A Diretoria de Ensino no in-formou o nmero de alunos daRede Estadual.

    CNEC Campanha NacionalEscolas da Comunidade

    Unidade Capivari

    J na CNEC a Coordenadorada Educao Bsica Infantil eanos iniciais do Ensino Funda-mental Rita de Cssia Cristofole-ti informou que j est sendo fei-ta a reposio do contedo dasmatrias pelas professoras e ga-rantiu que a instituio vai cum-prir na ntegra a carga horria e

    os contedos especficos de to-dos os cursos oferecidos, desde aEducao Infantil at a ps gradu-ao. A melhor forma est sendoestudada. Temos at 31 de agos-to para entregar o novo calendriopara a diretoria de ensino, disse.O perodo de aulas obedecer aonovo calendrio letivo.

    E disse que o fim das aulas estprevisto para at 17 de dezembroj a faculdade 21 de dezembro.

    A CNEC possui EducaoInfantil, Ensino Fundamental I eII, Ensino Mdio, e vrios cur-sos de Educao Profissional,Superior e Faculdade Cenecistada Terceira Idade (FACETI) comum total de 920 alunos.

    Colgio Anglo

    A Coordenadora do EnsinoInfantil e Fundamental I do An-glo, Valria Datti Pacheco disseque as aulas tiveram incio no dia10 de agosto, mas foi interrompi-da no dia 12 e reiniciada no dia 17.

    A reposio de aulas aindano foi definida, pois ela disseestar aguardando orientaes.Uma das solues que encontra-mos foi de incluir uma hora/aulaa mais por dia, o que no muda-ria a rotina do Colgio, e aos s-bados apenas se necessrio fos-se para complet-las. Sabemos,por experincias anteriores, queaulas aos sbados no so pro-

    dutivas e o nmero de faltas grande. Por isso estamos aguar-dando determinao da secreta-ria da Educao e estudando asmelhores formas de reposio.

    O Colgio Cidade de Capiva-ri (Anglo) possui Educao In-fantil, Ensino Fundamental I e II,Ensino Mdio, Pr-Vestibular evrios cursos da UniversidadeLuterana do Brasil- ULBRA, comum total de 600 alunos.

    Escola Alegria de Crescer

    A Coordenadora Nancy Pa-checo Marturano disse que to-dos os professores do EnsinoFundamental 1 e 2 trabalharamministrando aulas via internet nasduas semanas em que as ativida-des escolares estavam suspen-sas, como forma de reposio.

    Por esse motivo as aulas dasltimas semanas no sero re-postas e o trmino est previstopara o dia 16 de dezembro.

    A Escola Alegria de Crescerpossui Educao Infantil, Ensi-no Fundamental I e II, EnsinoMdio e conta com 500 alunos.

    Escolas Municipais

    A Secretria da EducaoValria Stefanini Colaneri garan-tiu que no haver perda de con-tedos e dias letivos e disse quea equipe responsvel est estu-

    INFORME:

    dando as medidas legais maiscabveis e oportunas para a re-posio e conforme pronuncia-mento da Cmara de EducaoBsica do MEC para, juntamentecom a Secretaria de Estado daEducao, estabelecer a melhorforma possvel da efetivao destecumprimento o que, provavel-mente, poder ocorrer aos sba-dos, mas ainda no est definido.

    A Secretaria Municipal daEducao conta com 7.165 alu-nos distribudos em 18 escolasde Ensino Fundamental e 9 es-colas de Educao Infantil.

    O cumprimento dos 200 dias

    No dia 19 o Dirio Oficial pu-blicou nota informando que to-das as escolas de So Paulo te-ro de cumprir 200 dias letivos ecompletar 800 horas.

    A Secretaria da Educao jhavia garantido o cumprimentoda jornada, mas o Conselho Es-tadual de Educao voltou atrsda deciso na ltima semana eaprovou no dia 19, o cumprimen-to dos 200 dias letivos e as 800horas de efetivo escolar. As ori-entaes do Conselho Estadualde Educao - que apenas defi-ne de que maneiras as aulas po-dero ser repostas - valem tantopara as redes pblicas quantopara as privadas do Estado.

    Para fins de cumprimento

    dos mnimos de 200 dias letivose das 800 horas de efetivo traba-lho escolar, as escolas deveroreorganizar seu calendrio, redi-mensionando o nmero de diasa serem cumpridos e distribuin-do-os aos sbados, at a data-limite de 23 de dezembro de 2009,se necessrio.

    Atividades programadas forada escola no perodo que ante-cedeu o dia de 17 de agosto po-dero ser computadas como dialetivo, caso atendam s normasvigentes sobre dia letivo e ativi-dades escolares.

    Aps o retorno s aulas, casosurjam novos casos de alunos coma nova gripe, a escola dever ofere-cer atendimento e exerccios domi-ciliares, quando possvel, ou garan-tir a reposio do contedo escolaraps o retorno do estudante.

    Professoras grvidas

    No dia 20 o Ministrio Pbli-co do Trabalho, determinou quetodas as escolas particulares doEstado de So Paulo afastem asprofessoras e funcionrias grvi-das para evitar contaminao pelanova gripe e quem desobedecer aordem poder ser processado.

    A determinao prev tam-bm que os funcionrios que fa-am parte do grupo de risco se-jam retirados do contato diretocom os alunos.

    Adolescentes apedrejam e jogam entulhos em residnciaA residncia do Sr. Jos Al-

    berto Faulin, de 62 anos, foi ape-drejada no dia 14 de agosto. Se-gundo o Boletim de Ocorrncia,ao retornar com sua esposa daSanta Casa, porque seu filho ha-via passado por uma cirurgia,deparou-se com a frente da resi-dncia toda apedrejada. O vidrodo relgio de leitura e algumastelhas que encobriam o mesmoestavam quebrados, o vitro dasala foi perfurado e vrios vasosde flor, destrudos, alm disso,jogaram entulho na frente da re-sidncia.

    A Guarda Civil compareceuao local, e conseguiu localizaralguns suspeitos, mas eram to-dos menores de idade e foram le-vados aos pais. Faulin foi no s-

    bado a Delegacia prestar queixa.Entretanto, a casa j ape-

    drejada h quase dois anos e, se-gundo a vtima, o caso vai maisalm do que o apedrejamento.Seu filho Evanderson RobertoFaulin tem 33 anos, que sofre deepilepsia, passava por cirurgiaporque no dia 26 de julho foi es-faqueado na garagem de sua re-sidncia. Faulin informou que oguarda noturno est avisado quese a luz do corredor estiver ace-sa sinal de que precisa de algo.

    Neste dia algumas visitas es-tavam em sua casa e por isso aluz encontrava-se acesa, ento oguarda chamou ao porto eEvanderson saiu para atend-loe avisar que estavam com visi-tas. O guarda saiu do local quan-

    do o filho percebeu um vulto quese aproximou. Evanderson sofreuum corte na mo direita outra naesquerda e em seu peito a facafoi passada umas quatro vezes,foi o que relatou seu pai.

    Jos ouviu o barulho e logoa voz do filho lhe chamando. APolcia Militar e o Corpo de Bom-beiros foram acionados. No lo-cal foram feitos os primeiros so-corros, depois o encaminharama Santa Casa e no dia posterior jestava de alta.

    Os curativos eram feitos to-dos os dias em casa, mas na sex-ta ele voltou a Santa Casa parafazer enxerto, pois corria o riscode perder a mo direita. Foi nestedia que aconteceu o ltimo ape-drejamento.

    Kinzo furtado e s descobre 14 dias depoisA Delegacia foi notificada, no

    dia 20, sobre um furto no KinzoEletromveis. Segundo o Bole-tim de Ocorrncia, no dia 06 deagosto dois supostos clientesentraram na loja e logo aps maisdois. Enquanto trs distraiam os

    vendedores um deles roubou umCPU e um monitor, colocou em umasacola e saiu.

    Depois de um determinado tem-po entrou novamente no estabele-cimento e saiu com a pessoa quehavia chegado primeiramente.

    O furto s foi descoberto no dia17, quando os vendedores perce-beram a falta dos equipamentos evisualizaram as gravaes das c-meras de segurana. O CD com agravao foi apreendido pela auto-ridade policial para a percia.

  • 04Capivari, 22 de Agosto de 2009.

    Destaque Social

    Carteiro Lumar conquista o Brasil no Programa do JGeiza Graciano

    Foi ao som de samba que ocarteiro de Capivari Lumar Bap-tista entrou no Programa do J,da Rede Globo. O apresentadorlogo perguntou se ele era sam-bista ou carteiro Lumar respon-deu que era os dois e santista, oJ engatou em outra pergunta:Mas santista por que torce peloSantos ou por que mora em San-tos? e logo veio a resposta: Nosantista porque vou a Igreja, dis-se o carteiro. A platia e o apre-sentador caram na gargalhada.

    Aos 46 anos, Lumar trabalhapara os Correios h 23 anos sem-pre com muita alegria e bom humor.Foi por esse entusiasmo que ga-nhou o ttulo de melhor carteiro doBrasil, dentre 116 mil candidatos.

    Todo o tempo que estevepresente no Programa do J aplatia e o prprio apresentadorno pararam de rir. Lumar apre-sentou sua esposa Cisquinho deCana, sua filha Carvoeiro e seufilho Bola Oito.

    AcontecimentosO carteiro contou alguns

    acontecimentos pelos quais pas-sou nesses anos de profisso.Um deles foi quando encontrouum homem carregando uma tele-viso para o carro, que tambmhavia outras coisas. Lumar pen-sou que se tratava de uma mu-dana e ofereceu ajuda, no inte-rior da casa havia outro homem.Juntos os trs carregaram tudo

    de dentro da residncia. Ao che-gar em casa, o carteiro contoufeliz a mulher Cisquinho de Canaque havia feito uma caridade,pois dois homens faziam sozi-nhos a mudana.

    Entretanto, segundo ele, porvolta das 18h, um policial che-gou a sua casa e informou-o queo Delegado queria falar com ele.

    Ao chegar a Delegacia, pergun-taram como eram os homens queele havia ajudado a furtar a casa.No deu outra, logo o fato viroumotivo de piada, Lumar lembrouque um colega de trabalho brin-cava com ele que anunciaria nardio Mudana chame Lumar.

    As histrias no pararam pora, contou de quando ao pensarser um amigo seu deu um tapi-nha nas costas de um homemque estava a tomar caf e derru-bou o lquido em si mesmo. De-pois do ocorrido o carteiro des-cobriu que se tratava de um juiz.Relatou sobre quando foi can-didato a vereador e no palanquepediu voto para o candidato aprefeito da oposio e de quan-do foi receber a premiao emBraslia, como melhor carteiro dopas, e em seu discurso esque-ceu o nome do presidente Lula.

    No final do programa, Lumarentregou a J Soares uma cami-seta dos Correios e alguns selosexclusivos com a foto do apre-sentador. Alm disso, relembrouque Capivari a Terra dos Poe-tas e terra natal da artista Tarsilado Amaral.

    Aceitar as diferenas um grandepasso para encontrar o conhecimento

    e acabar com o preconceito.

    A grandeza de uma nao pode serjulgada pela maneira pela qual seus

    animais so tratados.

    Rute

    Mateus Scarso/JCR

    Lumar Baptista durante entrevista com J Soares

    Geiza Graciano

    O cantor gospel Naldo Cor-rea (foto), mais conhecidocomo Naldo, lanou seu pri-meiro CD intitulado como Cls-sicos da Msica Crist.

    Tudo comeou, h oitoanos, na Igreja do EvangelhoQuadrangular, onde cantoupor quatro anos e meio em umgrupo de louvor. At rever umamigo, que era ministro da pa-lavra e convidou-o para

    acompanh-lo em suas via-gens. A partir deste momen-to, Naldo comeou a cantarsolo.

    Atualmente, acompanhaum pastor evanglico em vri-os municpios da regio numaobra missionria e j se apre-sentou at mesmo no estadodo Paran.

    O CD, gravado no EstdioWA, em Rafard, foi concludono dia 07 de agosto e com-posto por nove msicas com

    Cantor capivariano lana CD Gospelmais de cem anos de existn-cia, com autorias liberais e quetem como caracterstica o pia-no clssico. Alm disso, emquatro canes Naldo faz due-to com a cantora Deyse.

    Eu sou grato a Deus, poisfoi atravs da palavra que mefoi mostrado o dom, disse ocantor.

    Quem tiver interesse em ad-quirir o CD pode entrar em con-tato pelo (19) 3491-4535 ou pelo9289-4776.

    Parabns Amanda e Everaldo !!!!!No ltimo dia 13 voc minha estrela Amanda completou 2 aninhos de

    vida nossa filha linda carinhosa , amorosa a alegria de nossas vidas doPapai Everaldo e da Mame Alessandra .

    No domingo dia 23 voc meu marido carinhoso e papai maravilhocompleta mais um ano de vida para encher nossos coraes de alegria .

    Meus amores desejo TUDO que esse mundo possa oferecer a vocsque o AMOR continue reinando em nossa famlia ..... PARABNS dasua Esposa e Mame Alessandra

    A famlia Silveira est em festa, pois no dia 17 de agos-to foi o aniversrio de Geraldo Silveira Leite e no dia 20quem comemorou mais um ano de vida foi o filho GeraldoSilveira Leite Jnior. A esposa e me Juventina, parentes eamigos desejam muitas felicidades aos aniversariantes.Parabns!

    Sob o carinho de familia-res e amigos, em especial dospais Dilson Reis / Maria deLourdes, comemora seus 40anos de vida hoje, sbado, 22/08, Durval Godoi. Parabnscom votos de muita sade, paze alegria. recebs os parabnsde irmos, tios, familiares eamigos. Felicidades!

    Hoje, sbado, 22/08, come-mora mais um ano de vidaDaniel Martins da Silva. Re-ceba os parabns todo especialda esposa Alaide e dos filhosVinicius, Lucas, Danilo, Richard,Renan e Rodrigo, do neto VitorHugo e noras. Que Deus teabenoe sempre... Felicidades!

    Festeja hoje, sbado, 22/08,a passagem de sua 8 primave-ra a linda garotinha da foto, Ryane.Ela filha do casal Jos Pagliar-di e Simone Reis Pagliardi. De-sejamos votos de muitos e mui-tos anos de vida com muita paz,sade e alegria. Parabns!

    Sob o carinho de familiares eamigos, festeja mais um ano devida na prxima tera-feira, 25/08, Luis Augusto Almeida.Receba os parabns dos filhosJulia, Gustavo e Tais, do netinhoGuilherme, familiares e amigos.Felicidades, que Deus te aben-oe sempre...

    Comemora 7 aninhos devida na prxima quarta-feira,26/08, o garoto Joo PedroGuitierrez. Receba os para-bns do papai Romeu, da ma-me Daniela e a tata Maria Vi-tria, da vov Creuza que estpreparando aquela festa, e to-dos familiares e amiguinhos.

    Felicidades!

    Aniversariou nesta ulti-ma sexta-feira, 21/08, acompetente professoraSilvana C. Pravatta. De-sejamos a voc Silvana,muitas felicidades, sadee que Deus a abenoesempre... So os desejosde seus amigos, alunos efamiliares. Parabns!

    Ontem, sexta-feira, 21/08, completou mais um anode vida Carlos EduardoMartins. Receba os cumpri-mentos de sua me Carmem,de sua irm Naiara, de to-dos os seus familiares, detoda a equipe do JCR e emespecial de sua esposa De-nise Martins. Parabns emuitas felicidades.

    O Saresp (Sistema de Ava-liao de Rendimento Escolardo Estado de So Paulo) seraplicado nas Escolas da RedeMunicipal de Capivari e Ra-fard. A novidade foi possvelgraas a um convnio firmadono dia 13, entre as prefeiturasdos dois municpios com o Go-verno do Estado.

    As provas do Saresp 2009sero realizadas entre os dias10 e 12 de novembro. A provatem como finalidade fornecerinformaes consistentes e pe-ridicas sobre a situao daescolaridade na rede pblica deensino paulista, visando orien-tar os gestores do ensino nomonitoramento das polticasvoltadas para a melhoria daqualidade educacional.

    De acordo com discursodo vice-governador, AlbertoGoldman, o Governo do Esta-do pagar todos os custosdos municpios em relao aavaliao estadual, oradosno valor de R$ 7,1 milhes.

    Neste ano, pela primeiravez, o Governo do Estado deSo Paulo assumir as despe-sas decorrentes da aplicaoda avaliao das redes munici-pais de ensino que manifesta-rem interesse em participar doSaresp. As escolas particula-res tambm podero aderir aoSistema, desde que respondampor suas despesas.

    Para o prefeito Mrcio Mi-namioka e diretora de Educa-o, este ser um importantemtodo de avaliao, que vira somar ao IDEB (ndice de De-senvolvimento da EducaoBsica).

    Rafard possui um ndicede 5,7, quando a mdia nacio-nal, para os anos inicias doEnsino Fundamental, de 4,2.

    Saresp ser aplicado nas escolasmunicipais de Capivari e Rafard

    Com a implantao do novomaterial do Sistema Anglo e odevido suporte aos alunos, es-peramos continuar superandoas expectativas, disse o pre-feito de Rafard.

    Avaliao

    Segundo as diretoras deEducao, Cristiane Rossi eIvone Roselys Pellegrini Orla-din, as prefeituras receberorelatrios pedaggicos que per-mitiro interpretar os resultadosde cada rede, incluindo o bole-tim de cada escola.

    Em novembro de 2009, se-ro aplicadas provas aos alu-nos da 2, 4, 6 e 8 sries doEnsino Fundamental e da 3srie do Ensino Mdio. Os com-ponentes curriculares a seremavaliados so lngua portugue-sa, redao, matemtica e cin-cias humanas (geografia e his-tria). O governo do Estado di-vulgar apenas os resultadosglobais do Saresp, cabendo aosmunicpios a divulgao deseus prprios resultados.

    A inteno no apenasidentificar as dificuldades e co-nhecimentos dos alunos, mastambm conhecer a escola comoela realmente , incluindo o tra-balho de seus funcionrios, di-retores e professores, afirmouo Vice-Prefeito Jnior Pacheco.

    Os resultados desta avalia-o sero utilizados para iden-tificar o rendimento escolar detodos os alunos do Estado deSo Paulo, visando melhorar aqualidade de ensino.

    As redes municipais tam-bm faro o questionrio soci-oeconmico que vai para ascasas dos alunos. O questio-nrio respondido pelos pr-prios pais.

    EDITAL DE CONVOCAO

    O SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDSTRIAS DE LADRILHOS HI-DRULICOS E PRODUTOS DE CIMENTO DE CAPIVARI, atravs de seu Presidente infra-assinado, CONVOCA todos os trabalhadores de sua base territorial das categorias de: MR-MORES E GRANITOS, ASSOCIADOS OU NO, todos com direito a voto, para a ASSEM-BLEIA GERAL EXTRAORDINRIA, a realizar-se no dia 03 / 09 / 2.009 s 16:00 horas, emnossa sede social na Rua Fernando de Barros, n 648 - centro, em Capivari - SP, a fim dedeliberarem sobre a seguinte ordem do dia:

    1) Aprovao da Ata da Assembleia anterior;2) Apresentao, discusso e aprovao do Rol de Reivindicao da categoria da Cons-

    truo Civil a ser apresentado para renovao das normas coletivas de trabalho da DATA-BASE de outubro;

    3) Concesso de poderes Diretoria do Sindicato para que juntamente com a Federao,d incio ao processo de negociao e possa firmar Acordo/Conveno Coletiva e posterior-mente, se for necessrio, instaurar o competente Dissdio Coletivo (econmico/greve);

    4) Discusso e aprovao do desconto a ttulo de contribuio assistencial, para o cus-teio da organizao sindical, descontada de todos os trabalhadores da categoria, associadosou no, beneficiados pelas clusulas normativas a serem firmadas;

    5) Decidir pela manuteno da Assembleia em carter permanente at final do processo denegociao, mediante convocao quando se fizer necessrio.

    As deliberaes sero tomadas estatutariamente, fica desde j assegurado o direito deoposio ao desconto da Contribuio Assistencial no prazo de 10 (dez) dias a partir dadeliberao desta Assembleia, que dever ser manifestada junto secretria do Sindicato, pelointeressado.

    Se na hora acima aprazada no houver quorum a assembleia realizar-se- em segundaconvocao, 1 hora aps, com os presentes cujas deliberaes tero plena validade, relativa-mente aos assuntos em pauta, para toda a categoria.

    Capivari, 22 de Agosto de 2.009

    Emilio Alves Ferreira JuniorPresidente

    SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDSTRIASDA CONSTRUO E DO MOBILIRIO, CERAMISTAS,

    LADRILHOS HIDRULICOS E PRODUTOS DE CIMENTODE CAPIVARI E REGIO

    Festeja a passagem deseu 9 aniversrio hoje,sbado, 22/08, o garotoTlio Caador Furlan.Receba os parabns todoespecial dos pais Yara /Jnior Furlan. Desejamosvotos de muita sade, paze alegria. Felicidades!

  • Capivari, 22 de Agosto de 2009. 05

    Homenagem ao Dia do MaonNo incio da sesso a Cmarahomenageou e entregou umcertificado ao Sr. Antonio Car-los Rossi da Loja Manica deCapivari em comemorao aoDia do Maon que ser come-morado no dia 20 de agosto.

    Coleta Seletiva de leoJorge Elias falou do projeto desua autoria sobre a coleta sele-tiva de leo de fritura para fa-bricao de sabo caseiro. Se-gundo ele o pessoal do Rota-ract tem inteno de trabalhar afavor do projeto. Uma socie-dade consciente no gera lixo esim materiais para reciclar. Te-mos que perceber que somosresponsveis pela vida no pla-neta terra, disse.Dr. Arnaldo disse ter constata-do atravs de pesquisa que ouso do sabo caseiro no aconselhvel, por no ser bio-degradvel.

    Valdir fez cobranasPediu a limpeza da Avenida doCarmo, perto da Santa Casa, eda Rua Sinhaninha Frota, pr-ximo ao Supermercado Dia,onde segundo ele, esto commuito entulho acumulado.Reclamou dos altos preos paralocao de caambas, pratica-dos a R$ 80,00.

    EntulhoJorge disse que foi informadopela diretora de Meio Ambien-te Claubijeine que o local ondese jogava o entulho no stioPortela, foi fechado por denn-cia e agora a rea tem de seraprovada pela CETESB que fezexigncias para a prefeitura,como a separao de lixo. Ex-plicou que a prefeitura j conse-guiu autorizao com o promo-tor para voltar a jogar entulho(restos de construo e galhos)no antigo local. E anunciou quea prefeitura j est procurandouma rea para licenciar e segun-do ele a Cetesb j deu autoriza-o a partir de 13 de agosto.Nelson disse que j foi iniciadono sbado uma fora tarefa parafazer a separao do lixo.Valdir disse que a prefeitura temque fazer um panfleto consci-entizando a populao da se-parao de lixo.

    AgradecimentosValdir agradeceu o atendimen-to ao seu pedido para reformada Ponte do Santouro, elogioua construo de caladas eco-logicamente corretas no bairroPitangueiras e parabenizou asecretaria de Obras pela insta-lao de pontos de nibus emfrente ao cemitrio e em frente Santa Casa.

    Guarda CivilVitor Riccomini informou queficou definido atravs de uma reu-nio formada por uma comissoda Guarda Municipal, com o co-mandante Hamilton e com o pre-feito, que a aquisio de uma uni-dade mvel da Polcia Militar fica-r para o ano que vem por causado alto custo de R$ 150 mil.Vitor disse que a proposta parapagamento da RTP Remune-rao pelo Trabalho Policial pagar 100%, mas frente reali-dade do municpio, chegou-sea um acordo e ser pago atra-vs de escalonamento. A partirde janeiro de 2010 o guarda ci-vil dever receber 20%, 30% em2011 e 40% em 2012.

    Verbas ConquistadasRiccomini anunciou os valoresdas verbas conquistadas porele e Rodrigo e relacionou: R$200 mil para atender a constru-o de uma Unidade Bsica deSade no Jardim Elisa, R$ 200mil conquistado pelo Deputa-do Rodolfo Costa e Silva paraaquisio de uma motonivela-dora, R$ 140 mil do DeputadoEstadual Campos Machadopara o esporte, mais R$ 107 mildo Deputado Federal CarlosSampaio para construo deuma quadra no Santa Rita, mais10 computadores do ProgramaAcessa So Paulo, mais R$ 500mil do Deputado Roberto Mo-

    rais, para a Santa Casa, R$ 90mil para sade bucal e R$ 500mil tambm do Roberto Moraispara asfalto no municpio, tota-lizando R$ 1.762 milho at apresente data para o municpiode Capivari.

    Palestras PreventivasMateus Scarso falou sobre oProjeto de Lei de sua autoria quecria a obrigatoriedade de exe-cuo de palestras semestraispreventivas de combate s dro-gas, bebidas e entorpecentespara a rede municipal. Muitascrianas aos 10 anos de idadej tem contato com bebidas eentorpecentes. E relatou que umrapaz o parou na rua e pediuajuda. A me estava desespera-da pois o filho j estava ven-dendo tudo que tinha em casapara comprar drogas, contou.

    Bairro Porto AlegreArnaldo Nacarato sugeriu (atra-vs de indicao) a construode uma rea de Lazer no BairroPorto Alegre, segundo ele, mo-radores relataram que existe umterreno perto de um campo defutebol que pode ser utilizadopara esse fim. Tambm fez umrequerimento para saber quaisempresas esto cadastradaspara participar de processos li-citatrios.Outro requerimento para saberquais os funcionrios no co-missionados que foram demiti-dos na gesto de 2009. Queroter certeza que nenhum funcio-nrio concursado foi demitido,justificou o vereador Arnaldo.ElogiosArnaldo disse que recebeu to-dos os processos licitatrios eno constatou nada irregular eressaltou que a prefeitura feztimas aquisies.

    SAMUDisse que em 23 de setembrosair a resposta definitiva seCapivari vai ter ou no o SAMUjunto com Piracicaba.Convnio da FunerriaA vereadora Gilceane fez umaindicao pedindo alterao noconvnio entre prefeitura e fu-nerria que atualmente faz tras-lado de falecidos apenas den-tro do municpio.Segundo ela pessoas carentestem procurado a secretria deDesenvolvimento Social, Sueli,relatando a dificuldade finan-ceira em contratar este tipo deservio. Pediu para que sejafeito um novo convnio parafazer o traslado gratuito de pes-soas que falecem em outras ci-dades para Cspivari.Outra indicao da vereadora para que a prefeitura forneapassagens interestaduais gra-tuitamente a famlias carentes,quando estas precisem visitaroutros parentes doentes.

    Reparos em BueirosNelson Soares pediu providn-cias ao SAAE para o consertode um bueiro que segundo eleest transbordando esgoto naRua Osvaldo Sovaia, no bairroEngenho Velho.

    Construo de Posto de SadeNelson anunciou a construodo Posto de Sade no bairroSanta Rita com verba de R$ 150mil conquistada atravs de pe-dido do prefeito ao deputadoRoberto Felcio.

    ConvniosNelson anunciou a realizao dequatro obras: Chiquinho Qua-dros R$ 500 mil, reforma do gi-nsio Castelani (verba de R$ 100mil), passarela do Morada doSol (R$ 80 mil), Asfalto da RuaD. Pedro II do Engenho velho(100 mil). Os convnios j estoassinados e o trmino previstopara as obras no final do anoou inicio do ano que vem.

    Rodzio de MscarasNelson comentou que algumaspessoas foram visitar parentes naSanta Casa e uma nica mscaraera dividida entre os visitantes.Sugeriu que a diretoria forneamscaras individuais e descart-veis para todos os visitantes.

    Resumo da 29. Sesso Ordinria da Cmarade Capivari dia 17 de Agosto de 2009

    Regiane de Godoi Camargo

    ter esses males,alertando sobre asconsequncias doseu uso nos diver-sos aspectos fsi-cos, psicolgicos,familiares e sociais.

    O autor do pro-jeto justificou que oavano do consumode drogas tem gera-do graves conse-quncias sade f-sica e psicolgicadas crianas e adolescentes,bem como srios comprometi-mentos famlia, aos jovens e asociedade. O mundo inteiro

    O projeto de lei n 029/2009,de autoria do vereador MateusScarso (PMDB) {foto}, que criaa obrigatoriedade de execuode palestras preventivas decombate s drogas, ao fumo, sbebidas e entorpecentes em ge-ral nas atividades das escolasmunicipais foi aprovado porunanimidade, na ltima sessode Cmara.

    De acordo com o projeto, aspalestras devero ser preventi-vas, informativas e educativas.As escolas municipais de Ca-pivari devero fazer constar emsua programao palestras comobjetivo de prevenir e comba-

    Projeto de palestras preventivas de combate asdrogas nas escolas aprovada na Cmara

    Regiane de Godoi Camargo

    O assunto comeou a ser dis-cutido quando o projeto de au-toria do vereador Jorge Elias foiapresentado na ltima sesso daCmara desta segunda-feira, 17.

    Em seu discurso Jorge expli-cou que o projeto de carter so-cial e que a proposta dos jovensdo Rotaract conscientizar apopulao e os alunos das esco-las atravs de palestras educati-vas para produo de sabo ca-seiro. Segundo ele, os jovens tminteno de colaborar atravs deauxlio na coleta do leo.

    Jorge explicou os danos queo leo causa quando jogado natubulao: um litro de leo nagua pode inutilizar mais de 10mil litros de gua. E frisou que oleo para fritura s pode ser reu-tilizado trs vezes, a partir dissoperde suas propriedades.

    Comentou a respeito da gra-vidade do lixo. Reciclagem re-

    O destino certo para o leo de cozinha usadoaproveitar produtos como outrosprodutos. Uma sociedade consci-ente no gera lixo e sim materiaispara reciclar. Somos responsveispela vida no planeta Terra.

    Falou sobre a importncia deseparar sacolas, sacos de papel,vidros, papis, doar ou vender oque possa ser reciclado atravsde compostagem e coleta seleti-va. E finalizou dizendo que aadoo deste tipo de atitude porparte de todos pode gerar rendacom a fabricao de sabo atra-vs do leo de cozinha usado.

    Durante a sesso o vereadorArnaldo disse ser contra a utili-zao do leo usado para fabri-cao de sabo caseiro, pois en-controu um estudo que no re-comenda o uso. Pases da Eu-ropa j proibiram a transforma-o o leo em sabo, por ser po-luidor da gua e no ter biode-gradabilidade e a destinao me-lhor para o leo para fazer bio-combustvel, explicou.

    Arnaldo tambm apresentouum clculo onde segundo eleCapivari tem uma capacidade derecolher at oito mil litros de leode cozinha. Todo esse leo re-colhido poderia ser enviado auma usina de biodiesel j exis-tente em Capivari, a a gente re-ceberia o biodiesel de graa paraa prefeitura, disse o vereador,ressaltando a compra de 517 millitros de biodiesel efetuada re-

    est mobilizadono sentido deajustar s suaslegislaes etambm trabalhara poltica de se-gurana pblica.A preveno uma questo desade pblica.

    O parlamentardisse ainda quealguns estudosrevelam que a pr-

    tica de aes preventivas dimi-nui a possibilidade de inserodos jovens no mundo das dro-gas. A droga tem sido uma cau-

    A transformao doleo usado em sabofoi um dos assuntosmais abordados naltima sesso daCmara destasegunda-feira, 17.

    centemente pela prefeitura que,segundo ele, gerou uma despe-sa de R$ 1 milho.

    E deu uma sugesto: A gen-te poderia usar a energia dos jo-vens do Rotaract para ajudar econscientizar a utilizao do leoe com a economia que a prefeitu-ra iria fazer daria para comprar de-tergente biodegradvel e doar apopulao mais carente.

    E finalizou: O importante tirar o leo de circulao, mas agente precisa estudar melhor amaneira de utilizao e dar umdestino certo para o leo usado,finalizou.

    A diretora de Meio AmbienteClaubijeine Cavalcanti disse serfavorvel a reutilizao do leousado para fazer sabo:

    Segundo ela a utilizao doleo de cozinha usado, para fazersabo um dos melhores desti-nos para esse resduo. A iniciati-va, incentivada pelo Governo doEstado atravs do Municpio Ver-de Azul, tima e vai melhorar aconscientizao da populaopara a preservao dos rios.

    A Coleta do leo de cozinhaser um dos pontos fortes noPrograma de Coleta Seletiva daAdministrao. Antes mesmode lanarmos a campanha, queroconvocar as donas de casa a se-pararem o leo em garrafas tipopet e entregarem aos coletores.As donas de casa so muito im-

    portantes para alcanarmos qua-lidade ambiental em Capivari.Minha sogra me ensinou a us-lo e garanto sua qualidade, ga-rantiu a diretora de Meio Ambi-ente Claubijeine Cavalcanti.

    Entramos em contato com oEngenheiro Agrnomo daESALQ Escola Superior deAgricultura de Piracicaba, Sr.Edgar Gomes Ferreira de Beucla-ir (que era responsvel pelo PloNacional de Biocombustveis)para saber qual a opinio delesobre a reutilizao do leo decozinha usado para transformarem sabo e ele nos informou quefez estudos aprofundados depesquisas sobre o assunto parasaber o destino certo do leo decozinha e afirmou que a melhorforma de utilizar o leo trans-form-lo em biodiesel.

    Segundo ele o sabo caseirocausa danos aos rios e polui oambiente. Comentou que foi au-tor de um projeto, em Piracicaba,propondo que as crianas levemo leo (em garrafas pet) at asescolas que armazenam o leo ede tempos em tempos algumasempresas (que ele conhece) fa-zem o recolhimento e a comprado leo para transformao embiodiesel. A renda com a vendadesse leo revertida para as es-colas. O engenheiro se disse adisposio para orientar sobredvidas a respeito do assunto.

    sa emergente do crescimento daviolncia no pais, assim como omau causador da destruio demuitos lares, s mesmo famliasque passam ou passaram peloproblema poderiam expressar ogrande sofrimento, concluiu.

    Agora o projeto dever serencaminhado ao prefeito LuisCampaci (PMDB) para sancio-n-lo. Utilizando o canal de co-municao Transparncia No-tcias, Campaci disse ser favo-rvel ao projeto. Temos quetrabalhar na preveno dessetipo de problema social. Sou100% a favor dessa idia, des-sa proposta.

    lamentar do mesmo partido e quetenha, de preferncia, a mesmaconvico poltica, definiu Nel-son. O vereador esteve na As-semblia Paulista, na ltimaquarta-feira, 19, onde se encon-trou com o assessor da deputa-da, Robson Malek. Ficou trata-do no encontro que Nelson ofi-cialize os pedidos de investimen-tos para a cidade. H tambm apossibilidade de ser realizadoum encontro regional do PR nacidade de Capivari contandocom a presena de Patricia Lima.

    O vereador capivariano Nel-son de Souza Soares (PR) ini-ciou contato para futuro traba-lho de parceria com a deputadaestadual Patricia Lima, do mes-mo partido. O objetivo da par-ceria, de acordo com o edil, estabelecer o intercmbio pol-tico visando a conquista de re-cursos do governo estadualpara Capivari. De uma formageral, os vereadores realizamtrabalho conjunto com deputa-dos e, no meu caso, quero esta-belecer esta relao com um par-

    Nelson inicia contatos para trabalho de parceria comdeputada Patricia Lima

    retor da DRS, Antnio RobertoStuvalli, explanou sobre toda ahistria do Programa, a forma decompra de medicamentos, distri-buio de servios, exames e ci-rurgias durante o decorrer dos 20anos de criao do Programa.At o ano de 1988 a sade noBrasil era um direito de poucaspessoas. S tinham atendimentoaqueles que trabalhavam comcarteira assinada. A partir disso,com a criao do SUS, a sadepassou a ser direito de todos, umdever do estado que atende ocidado seguindo diretrizes ti-cas e morais, disse.

    Um dos principais assuntosdiscutidos foi a necessidade dese padronizar os medicamentosoptando pelos genricos, o quepossibilitaria ao estado obter eco-nomia e poder investir em quan-tidade, garantindo a qualidade doque fornecido populao semque mdicos indicassem medica-mentos com a mesma frmula, defabricantes diferentes.

    Os vereadores e profissio-nais da sade puderam fazer per-guntas e esclarecer dvidas so-bre o Sistema nico de Sadecomo casos de prioridade, regio-nalizao do sistema, princpiosoperacionais facilitadores noatendimento, cura, recuperaoe comparao com sistemas de

    A Prefeitura de Capivari pormeio da Secretaria da Sade reu-niu os profissionais do setor domunicpio, assistentes sociais darea da sade, vereadores, o Se-cretrio Ermeson Guimares deOliveira e o Diretor de Planeja-mento da Diretoria Regional deSade 10 de Piracicaba AntnioRoberto Stivalli na ltima tera-feira (18) para falar sobre o Siste-ma nico de Sade (SUS). O en-contro aconteceu na CmaraMunicipal de Capivari e contoucom a presena tambm de vere-adores.

    O tema tratado na reunio foiO Acesso dos Usurios ao SUSSegundo os Princpios de Inte-gralidade e Equidade onde o Di-

    Secretaria da Sade discute acesso da populao ao SUS

    sade de outros pases.Stuvalli disse que o Brasil o

    nico pas no mundo que ofere-ce a gratuidade em consultas, exa-mes, procedimentos e medicamen-tos na rea da sade para toda apopulao, ainda que tenha umadifcil situao social se compara-do a pases desenvolvidos.

    O Secretrio da Sade Erme-son Guimares de Oliveira afir-mou que este encontro ajudouos profissionais a identificar asdificuldades da relao entre oSUS e os usurios e a forma demelhorar o atendimento ameni-zando os muitos problemas doenfermo que procura o SUS. En-tendemos que os servios demaior complexibilidade comograndes cirurgias esto em cida-des maiores, em hospitais degrande porte, mas o que o SUSfornece em Capivari, para casos

    mais simples, est enquadradonas normas do Sistema. Para isso preciso que os usurios este-jam inseridos nestas normas,completou o Secretrio.

    Ao final do encontro, foramlevantados temas como a distri-buio de cotas de internao,exames e operaes para os mu-nicpios e a possibilidade de au-mentar as cotas disponveis paraCapivari por meio da DRS 10, quearticula a regio coordenando oprocesso da estrutura de regio-nalizao dos servios dos SUSnos municpios. Existem par-metros de medio conforme de-manda pelo nmero de habitan-tes levantados pela assistnciasocial das Secretarias da Sade.Uma das propostas para melho-rar o atendimento em Capivari a solicitao de recursos federaisaos deputados, finalizou.

    Vereador Nelson Soares e o assessor Robson Malek

    Assessoria de Comunicao

    O encontro reuniuprofissionais daSecretaria da Sadee Vereadores paradiscutir asdificuldades dapopulao e domunicpio emrelao ao Sistemanico de Sade

    Vereador Arnaldo Nacarato, Secretrio Ermeson e Stuvalli da DRS-10

    Assessoria de Comunicao

  • Capivari, 22 de Agosto de 2009. 06

    Com o objetivo de firmarparceria entre Capivari e aUNILIVRE (UniversidadeLivre do Meio Ambiente), oprefeito, Luis Campaci nosdias 25 e 26 de agosto o pre-feito, Luis Campaci estarem Curitiba para encontroscom o Prefeito da Capital doEstado, Beto Richa e comdiversos segmentos da UNI-LIVRE.

    Alm da ideia de firmarparceria entre Capivari e aUNILIVRE, o intuito tam-bm firmar parceria entrea UNILIVRE e o Consor-cio das Bacias dos Rios Pi-racicaba, Capivari e Jundi-a, do qual o Prefeito LusCampaci Vice-Presiden-te para Projetos de Integra-o Regional. A UNILIVRE uma Universidade que

    Campaci quer parceriacom a Universidade Livrede Meio Ambiente

    funciona h 18 anos em Cu-ritiba, capacitando de formaespecial, de forma "aberta"pessoas e profissionais parapreservarem o Meio Ambi-ente.

    "Para mim e para Capi-vari pouco ou nada importase a parceria com a UNILI-VRE for feita com nossoMunicpio ou em nome doPCJ, do qual tenho orgulhode ser Vice-Presidente. Oimportante conseguir tra-zer a UNILIVRE para Ca-pivari", afirmou o Prefeito."Temos que considerar quevivemos num novo mundo,no qual no podemos buscardesenvolvimento sem a sus-tentabilidade ambiental",completou Campaci queafirmou conhecer a UNILI-VRE h uns 10 ou 12 anos.

    Diretoras e coordenadorasdas escolas do Sistema Mu-nicipal de Ensino foram reu-nidas pela Secretaria da Edu-cao no dia 13 de agosto, naCasa da Cultura para apre-sentarem os relatrios de ren-dimentos dos alunos na provado Anglo, aplicada para os alu-nos dos 5s e 9s anos no dia25 de junho, trmino do lti-mo semestre.

    A assessora da CentralAnglo So Paulo respons-vel pelas cidades convenia-das do interior, Eliane Vile-lla, apresentou e explicou osrelatrios. A avaliao ana-lisou os conhecimentos deportugus e matemtica dosalunos. A mdia geral deCapivari foi de 87,5%, o quecoloca a cidade entre as me-lhores dentre os 19 munic-pios conveniados que aplica-ram a prova Anglo. Por umaquesto de tica profissionalno podemos divulgar a co-locao especfica de cada

    Capivari uma das melhores cidades em aproveitamentodo sistema Anglo em escolas municipais

    Foi adiada para o dia 19 desetembro a segunda etapa daCampanha contra a ParalisiaInfantil. A vacinao que esta-va programada para o hoje, dia22 de agosto, foi adiada emrazo da nova gripe. A previ-so de que em setembro,principalmente pelo aumento

    Vacinao contra Poliomelite adiadaem razo da nova gripe

    O pblico presente no des-file beneficente de trajes paracasamento promovido peloFundo Social de Solidarieda-de na noite de sexta-feira, dia14 de agosto, na Casa da Cul-tura, pode conferir o que hde mais sofisticado em trajespara noivos, padrinhos e pa-jens. O evento apoiado pelaSecretaria de Assistncia eDesenvolvimento Social tevecomo grande parceira a lojaProla Noivas.

    A decorao do ambienteficou a cargo do Buffet DePiazza e Hlio Grisotto Jni-

    Desfile beneficente trouxe sofisticao em trajespara casamento Casa da Cultura

    or foi o responsvel pela pas-sarela. J a produo dosmodelos contou com o talen-to da cabeleireira JucianeParazzi (Art Cabelos) e ma-quiagem das profissionais daLacqua Di Fiori.

    Este evento o resultadoda unio de dezenas de cola-boradores e dividimos com eleso mrito do sucesso alcana-do, ressalta a Primeira-damae Presidente do Fundo, Moni-ca Reuwsaat Campaci.

    A agradvel noite foi con-duzida com entusiasmo con-tagiante por Adriana Panza e

    o momento mais esperado foio desfile dos belos vestidospara noivas da Prola Noivas,que apresentou modelos queagradaram a todos os estilos,do tradicional ao mais con-temporneo. Belssimos buqu-s de rosas e callas da Flori-cultura Primavera completa-ram o figurino.

    Alm de assistir ao belodesfile, o pblico presente foipresenteado com o sorteio dedezenas de brindes gentilmen-te doados por Lcia Campa-ci, Graziele Caluini, Rita Eli-as, Monica Campaci e Silva-

    de temperatura, os casos dadoena caiam drasticamente.

    A Poliomielite ou paralisiainfantil ataca as crianas comuma infeco causada pelo po-liovrus e pode ser moderadaou severa. Nos casos mais gra-ves, a poliomielite pode levar paralisia, que geralmente afeta

    as pernas e at mesmo podelevar morte se atingir a ms-culos usados na respirao edeglutio e a nica forma decontrolar a doena mantendoa maior taxa possvel de vaci-nao da comunidade. Por isso importante vacinar as crian-as com menos de cinco anos.

    cidade no ranking das con-veniadas que fizeram a pro-va, mas com este resultadode 87,5% de aproveitamen-to, Capivari se colocou en-tre as melhores cidades dointerior, disse Eliane.

    A avaliao serve comoum diagnstico detalhado dorendimento de cada aluno,

    Reflorestamento feito peloInteract Clube em parceria comDiretoria do Meio Ambiente

    Uma rea de proteoambiental na Avenida Coreo-lano, prxima a ponte Santorofoi reflorestada pelos jovens doInteract Clube em parceria doGoverno de Capivari por meioda Diretoria de Meio Ambien-te, no dia 12 de agosto.

    Em abril o local, que ficaentre as ruas Andr de Melloe Domingos Pavan, no acesso Cooperativa dos Plantadoresde Cana e SP-101, foi vtimade um crime ambiental.

    Com a participao de 12jovens capivarianos do Inte-ract Clube e dois funcionri-os da Diretoria, alm do apoioda Secretaria de Obras, foramplantadas cerca de 80 mudasao lado da rea que h 12anos conservada pelo se-nhor Luciano Pelegrine .

    O adubo foi doado pelaCooperativa dos Fornecedo-

    res de Cana (Canacap) e asmudas, vindas do ViveiroMunicipal variam entre jequi-tibs, ips roxos e amarelos,cabrivas, jamboles, jacaran-ds, palmeiras, dentre outros.

    A partir de agora as plan-tas devero receber cuidadosespeciais e ser regadas eacompanhadas de perto du-rante pelo menos um ano, paragarantir que cresam e sedesenvolvam, completando oreflorestamento da rea deproteo ambiental.

    A Diretoria de Meio Am-biente tem feito levantamen-tos detalhados de matas queesto no curso d'gua e fis-calizando pontos por todo omunicpio para que crimesambientais no aconteam.

    Denncias podem ser fei-tas pelo telefone 3492-1606,com sigilo absoluto.

    Assessoria de Comunicao

    cada escola e de toda a RedeMunicipal e indicar as aesque sero realizadas especi-ficamente para cada aluno,aprimorando as prticas peda-ggicas.

    A Secretria da EducaoValria Stefanini Colaneri dis-se que esse resultado com-prova a competncia de todos

    os profissionais do SistemaMunicipal de Ensino que tra-balham com dedicao, em-penho e motivao: Resulta-dos como estes s acontecemporque temos profissionaisvalorizados e estimulados,conscientes de seu papelcomo educadores. A educa-o a menina dos olhos dagesto Luis Campaci e J-nior Pacheco e estes resul-tados se do principalmentepelos investimentos em ca-pacitao e melhorias do en-sino que a Administraotem realizado, completou.

    A partir dos resultadosapresentados pelo Anglo pormeio de um detalhado rela-trio, as dificuldades de cadaaluno ficaram evidenciadas,servindo como base para queo Sistema Municipal de En-sino direcione as aes es-pecficas para cada um, me-lhorando ainda mais os re-sultados das escolas munici-pais.

    na Pacheco. Dentre as auto-ridades presentes ao evento,estavam o Vice-Prefeito J-nior Pacheco (PR) e os vere-adores Jorge Elias (PMDB)e Nelson Soares (PR).

    Quero registrar os nos-sos agradecimentos a todosque prestigiaram o desfile doFundo Social. O apoio da co-munidade fundamental parao sucesso das nossas ativida-des de promoo social nomunicpio, finalizou a Secre-tria de Assistncia e Desen-volvimento Social, Sueli Va-larine Batagin.

    Assessora Eliane Vilela apresenta relatrios; mdia deCapivari foi de 87,5%

    As vacinas atrasadas tambmpodero ser aplicadas no dia 19de setembro.

    A Campanha acontecer emtodo o pas no prximo msainda que nenhum caso da gri-pe A (H1N1) tenha sido con-firmado em Capivari. Vacineseu filho!

    O Grupo da Terceira Ida-de de Capivari participou com11 damistas do II Festival deJogo de Damas da MelhorIdade, e competiram com maisde 30 participantes das cida-des de Mogi Guau, Piracica-ba, So Paulo e Nova Odes-sa, divididos em quatro cate-gorias, masculinas e femini-nas. A competio ocorreuem Nova Odessa neste msde agosto.

    A competidora capivaria-na mais bem colocada no

    Terceira Idade de Capivari participa decampeonato de damas em Nova Odessa

    campeonato foi a SenhoraLeni Lourdes Costa, 61 anos,que se classificou em tercei-ro lugar na categoria at 64anos. Os outros competidorestambm tiveram lugares dedestaque nas classificaesgerais das demais categorias,tendo este campeonato comopreparatrio para os JogosRegionais do Idoso (JORI)que acontecem no ms deoutubro na cidade de Bragan-a Paulista.

    Agradecemos a todos os

    participantes que levaram onome de Capivari nesta com-petio. Com estas conquis-tas podemos perceber quenossa cidade caminha paragrandes conquistas nos JogosRegionais do Idoso, disse oDiretor da Terceira IdadeFrancisco de Jesus Camillo.

    O JORI um evento es-portivo realizado em sete eta-pas no interior e na Capital,promovido pelo Fundo de So-lidariedade e Desenvolvimen-to Social e Cultural do Estado

    de So Paulo, em parceriacom a Secretaria Estadual deEsporte, Lazer e Turismo emunicpios sede dos Jogos.Tm como finalidade estimu-lar a populao idosa prti-ca de atividades esportivas,promovendo a integrao doidoso na sociedade, a troca deexperincias com as demaisgeraes e a valorizao eestmulo prtica de ativida-de fsica como fator de pro-moo de sade e bem-estardas pessoas idosas.

    Assessoria de Comunicao Joel Araujo/JCR Joel Araujo/JCR

    Seis jovens desfilaram com vestidos de noiva em prol doevento beneficiente

    Membros do Interact no plantio das 80 mudasRita, Secretria Sueli, Monica Campaci e Cristiane

  • Capivari, 22 de Agosto de 2009. 07

    Estradas rurais de Rafard recebemcascalhamento A 13 Edio do Agita Ga-lera 2009 ser realizada na

    prxima sexta-feira, dia 28 deagosto, a partir das 8h, nasEscolas da Rede Municipal eEstadual. Com o tema macro-ginstica, que visa incentivara prtica da atividade fsicaentre pais e filhos, as Direto-rias estimam acumular pelomenos 30 minutos de ativida-de neste dia, com intensidademoderada, contnua ou acu-mulada.

    O programa Agita So Pau-lo promovido pela Secretariade Estado da Sade e CELA-FISCS (Centro de Estudos doLaboratrio de Aptido Fsicade So Caetano do Sul), emparceria com os municpios,para combater o sedentarismodo Estado de So Paulo, au-mentar o nvel de atividade fsi-ca e o conhecimento sobre osbenefcios para a sade.

    Segundo a diretora de Es-portes, Celma Regina da Sil-

    Agita Galera ser na sextava, o foco desenvolver jun-tamente com os professoresda Diretoria de Esportes, nasmodalidades de ginstica, fu-tebol, tnis de mesa, xadrez,teatro, entre outros, apenasginsticas aerbicas.

    Trata-se de um eventoque realizado anualmente,que busca conscientizar a po-pulao sobre a importnciada atividade fsica diria paramanter a sade em dia. A par-ticipao das escolas impor-tante dentro do objetivo de le-var os alunos a tomarem cons-cincia de que esporte e ati-vidade fsica representam sa-de e melhor qualidade devida, afirma a diretora de Es-portes e Lazer.

    Durante o evento, que seestender por todo o dia nasEscolas, os alunos da RedeMunicipal e Estadual de En-sino, podero participar desorteios e brindes, como for-ma de incentivo.

    Os cursos gratuitos de tor-nearia mecnica, eletricistainstalador, qualidade no aten-dimento ao cliente (vendas,recepcionista, balconista), cur-so de artesanato (tric, bor-dado em pedraria e bordado)e pintura em tecido tm va-gas disponveis para os mora-dores de Rafard.

    A idade mnima para al-guns cursos de 12 anos etem que estar cursando o 5ano do Ensino Fundamental outer concludo o Ensino Mdio.

    Para realizar as inscries,

    o interessado deve residir emRafard, apresentar uma cpiados documentos de identida-de, CPF, comprovante de en-dereo atual e atestado dematrcula para os cursos queexigirem estar estudando.

    O perodo das inscriesvai de 24 a 28 de agosto, noDepartamento de Assistn-cia Social, localizado na RuaNossa Senhora de Lourdes,n 20, e o horrio de atendi-mento vai das 8h s 17h. Maisinformaes pelo telefone(19) 3496-1317.

    Moradores de Rafardpodem participar decursos gratuitos

    As estradas rurais de Ra-fard passam por cascalha-mento desde a ltima sema-na. Para o reparo a Prefeitu-ra adquiriu 1.200 toneladas decascalho, investindo R$ 7.800,para os trechos mais crticos.

    O Bairro Monte Alto, al-guns trechos do Bairro Limo-eiro, a estrada do Bairro SeteFoges, o trecho de terra dapista que liga Rafard/PortoFeliz e Rafard/Tiet j rece-beram as melhorias. De acor-do com o chefe de fiscaliza-o urbana, Clio Conti partedo cascalho foi adquirido emcarter de emergncia, por-

    tanto as demais estradas irodepender de licitao para acompra do cascalho, que feita com rocha triturada.

    Caminho de lixo

    A Prefeitura de Rafard re-alizou tambm o conserto domotor, caamba e a pintura ereforma do caminho de lixo.Com esta melhoria, a Prefei-tura passa a ter dois cami-nhes, sendo que um atende-r a parte urbana e outro area rural duas vezes por se-mana, as segundas e quintas-feiras.

    Participaram de um en-contro comemorativo a XI Se-mana da Famlia da IgrejaMatriz Nossa Senhora deLourdes, trinta idosos do pro-jeto municipal Viver a Me-lhor Idade, juntamente comos integrantes do Lar So Vi-cente de Paula, na tarde detera-feira, dia 11, no SaloParoquial (antigo Asas).

    Durante o encontro, osidosos, coordenados pela psi-

    Idosos participam de Semanada Famlia

    cloga Alessandra Belini Pia-zza, e tambm pelas Diretori-as de Sade, Cultura e Turis-mo, Assistncia Social e Es-portes, receberam uma ben-o do Padre Luiz CarlosCaroni e realizaram atividadesde recreao.

    Na reunio os idosos pu-deram reencontrar os amigos,participar de palestras, de ati-vidades fsicas e tomar umcaf da tarde.

    Como plano de governo doprefeito Mrcio Minamioka edo vice-prefeito Heitor Turolla,a mdica pediatra Rebeca Ma-ria Biachim Bereta est aten-dendo de tera-feira e quarta-feira, uma mdia de 12 crian-as por dia, das 18h30 s 21h,

    no Espao Pedi-trico Raul Ca-navesi Morato.

    De acordocom o diretor deSade, IsaacResende Feres,as consultas soagendadas emfuno do pro-grama de pedia-tria e puericultu-ra desenvolvidaspela mdica.Tambm alm

    da mdica Rebeca, o Espaopossui mais quatro pediatriasque atendem de segunda-fei-ra a sexta-feira das 7h30 s17h.

    Mais informaes pelo te-lefone: (19) 3496-1566 ousade@rafard.sp.gov.br.

    Mdica pediatra atende duas vezespor semana no Espao Peditrico

    Assessoria de Comunicao de Rafard

    Estrada do bairro Monte Alto

    Assessoria de Comunicao de Rafard

  • Capivari, 22 de Agosto de 2009. 08

    A loja Prola Noivasapresentou no desfile bene-ficente em prol do FundoSocial de Solidariedade,

    Prola Noivas apresenta nova coleo em desfile beneficenterealizado na noite de sex-ta-feira, 14/08, na Casa daCultura, novidades emmodelos sofisticados de

    trajes para noivas, noivos,damas, madrinhas e pajens,para atender todos os esti-los.

    Datas to especiaisquanto essas, pedem umcuidado especial em todosos detalhes. Venham at a

    loja Prola Noivas e a nossaequipe especializada encon-trar um modelo certo paravoc!

    A Prola Noivas fica aRua Sinharinha Frota, 399,centro, Capivari

    Fone: 3491-5263

    Confiram as fotos !!!

    Cristiane e Rita, proprietrias da Prola NoivasNovas colees de vestidos de noivas voc pode conferir na Prola com qualidade e diversidade

    Fotos: Joel Araujo/JCR

    Santa Casa de Capivari recebe equipamentode ltima gerao para Centro Cirrgico

    A Santa Casa apresentoua imprensa nesta tera-feira,18, um aparelho de Raios Xmvel, destinado a gerao deimagens em tempo real paraauxilio a procedimentos deintervenes teraputicas, emmltiplas aplicaes clnicasque so realizadas na SantaCasa de Misericrdia de Ca-pivari. Com essa aquisio ospacientes do Sistema nicode Sade (SUS) que depen-

    dem de intervenes cirrgi-cas nas especialidades de neu-rocirurgia, ortopedia, cirurgiavascular e cirurgia geral, apartir de agora sero benefi-ciados.

    Este e outros equipamen-tos como 1 aparelho raios xfixo, mesa cirrgica, carrinhode urgncia para o Pronto So-corro e monitores multipar-metros foram adquiridos atra-vs de verba parlamentar da

    Secretaria Estadual de Sa-de no valor de R$275.000,00, conquistadapelo Deputado Estadual Ro-berto Morais atravs da soli-citao feita pelo VereadorRodrigo Proena e pelo co-laborador da entidade Sr.Fernando Quibao.

    A diretoria agradece aoDeputado Roberto Morais e atodos que colaboraram paraesta conquista.

    Divulgao

    Na tarde desta sexta-feira,21, a Guarda Civil Municipalprendeu o traficante Paulo, con-siderado o lder do trfico nobairro Engenho Velho. A prisoaconteceu por volta das 15h00,aps denncia annima de queum elemento estava traficandonas proximidades de um ponto denibus do ncleo habitacional.

    Ao ser flagrado pela Guarda,Paulo tentou se livrar dos en-torpecentes, mas os agentes desegurana localizaram a droga ca-muflada sobre a roupa do acusa-do e escondida nas proximidadesdo ponto de nibus. No total, fo-ram apreendidos 9 ampolas de co-cana e 48 papelotes de maconha.

    Paulo figura conhecida nobairro Engenho Velho e vinhasendo investigado pela PolciaCivil por trfico e aliciamento demenores. O traficante foi autuadoem flagrante pelo delegado titularMarcel Willian Oliveira de Souzae conduzido ao Centro de Deten-o Provisria de Piracicaba.

    Veculo recuperado

    Ainda na tarde desta sexta-feira, aps informaes recebi-das por telefone, a Guarda CivilMunicipal recuperou um vecu-lo abandonado em um canavialprximo ao Loteamento JardimSanta Rita de Cssia, no acessoa Elias Fausto. O Honda Civiccom placas de Mato/SP havia

    sido roubado durante assalto nacidade de Sorocaba e os indciosrevelam que o carro passaria porum desmanche, pois as quatrosrodas j haviam sido retiradas.Documentos encontrados no in-terior do veculo ajudaram naidentificao do proprietrio.

    Flagrante de trficode entorpecentes

    No ltimo dia 15, por voltade 03h50, a guarnio compostapelo Sub inspetor Valdinei e peloGuarda Civil Savagin, durante pa-trulhamento pelo Bairro Residen-cial Santo Antonio, deparou comMauricio Rafael M. F. que, ao avis-tar a viatura, jogou no cho algunsinvlucros contendo substnciaaparentando ser crack e maconha.Imediatamente o suspeito recebeuvoz de priso e foi conduzido at aDelegacia de Policia e apresenta-do autoridade Policial, onde oDelegado ratificou a voz de prisoem flagrante. O autor, que tinhasido preso e aguardava transfern-cia para a Cadeia de Piracicaba,conseguiu fugir da cela onde aguar-dava na Delegacia.

    Por volta de 15h, aps denn-cia annima do possvel paradei-ro de Maurcio (preso fugitivo) aguarnio composta pelos Guar-das Civis de Paula e Ricardo lo-calizaram Pedro M. C., que esta-va aguardando o fugitivo paralev-lo para Itapetininga. Pedro

    foi levado para a Delegacia de Po-licia e apresentado autoridadePolicial, que o prendeu em Fla-grante por Associao ao Trficosendo conduzido ao Centro de De-teno Provisrio de Piracicaba

    O fugitivo Mauricio foi loca-lizado pulando diversos muros euma cerca de madeira. Ele foi re-capturado pela guarnio ClasseDistinta Antonio e Guarda CivilCampos com apoio do Sub Jonas eGuarda Civil Cardoso, que o recon-duziram Delegacia de Polcia e oreapresentaram ao Delegado.

    Trfico de Entorpecentes ecorrupo de menor

    No dia 20 de agosto, por vol-ta de 21h25, a guarnio com-posta pelo Classe Distinta Teixei-ra e pelos Guardas Civis Santos eSoares, aps solicitao do Cecon,averiguou denncia de trfico dedrogas no Bairro Engenho Velho.No local, os guardas avistaram trselementos, sendo que um deles foiat uma lixeira e jogou algo den-tro. Os suspeitos Ricardo M. B.,L.H.A.B e M.C.T. foram imedia-tamente abordados e com eles en-contrados R$ 89,00, alm 06 fla-conetes contendo substancia apa-rentando ser cocana escondidasdentro de uma lixeira e que haviamsido dispensados por eles. Os auto-res foram conduzidos Delegaciade Policia onde as medidas de Po-lcia Judiciria foram tomadas.

    Guarda Civil prende chefe de trficono Engenho Velho

    Aparelho foi apresentado imprensa na ltima tera-feira, 18

  • Capivari, 22 de Agosto de 2009. 09

    Ol, amigos leitores! OBrasileiro est emocionan-te. O Palmeiras que estavana liderana em uma situa-o confortvel, j v o SoPaulo no retrovisor com ape-nas um ponto atrs.

    O Tricolor bateu o Sportna rodada do final de sema-na, enquanto o Verdo ape-nas empatou em 1 a 1 com o

    Botafogo. J no meio da se-mana a equipe comandadapor Ricardo Gomes bateu oFluminense por 1 a 0 e aequipe comandada por Mu-ricy Ramalho foi derrotadapelo Coritiba por 1 a 0 noCouto Pereira. Falando narodada do meio da semana,essa foi um festival de erros,um show de irregularidades!Comeando pelo gol do Co-ritiba que foi marcado apspnalti inexistente que o r-bitro interpretou como faltade Marco em cima do ata-cante Thiago Gentil. Outroshow de erros, foi o jogo en-tre Internacional e Corinthi-ans no Beira-Rio, onde o Co-rinthians venceu a partida por

    2 a 1 tendo os dois gols ano-tados a favor da equipe alvi-negra em posio irregulardos marcadores. No final desemana, o Timo ganhou doAtltico Mineiro por 2 a 0 evoltou para a briga pelo ttu-lo, aps Mano Menezes j terjogado a toalha. Para mim, ocomentrio do tcnico corin-tiano foi apenas para tirar ofoco de seu time, para come-ar a comer pelas beiradas.

    O Santos que briga nesseBrasileiro por uma vaga naLibertadores do ano que vem,nada mais do que isso, em-patou em 0 a 0 com o Cru-zeiro no Mineiro e bateu oGrmio por 1 a 0 na Vila Bel-miro.

    Copa Sul-Americana

    Nessa semana teremosmais uma rodada da coadju-vante competio sul-ameri-cana.

    Na tera-feira, 20h15:Coritiba x Vitria

    Na quarta-feira, 21h50:Atltico Mineiro x Gois eFlamengo x Fluminense

    Capivariano empata em 1 x 1 nojogo contra o time de Paulnia

    Pela segunda rodada doCampeonato Paulista de Ju-niores, segunda diviso, sub-20, o Capivariano foi atPaulnia enfrentar a equipelocal e empatou em 1 a 1. OCapivariano saiu na frente,mas permitiu o empate. Fo-ram inscritos mais sete joga-dores e o time ficou bemmais forte.

    O tcnico Evandro deSouza que est no comandodo time h 15 dias tem ago-ra mais possibilidades e pro-mete mexer no time para re-velar mais talentos da cidadee conseguir bons resultados.

    Hoje, dia 22/08, sbado oCapivariano no joga, pois ogrupo tem 5 times e um tem

    que folgar. Com esse temponossa equipe poder treinarmais, pegar entrosamento evoltar para a terceira rodadacom melhor aproveitamento,disse o tcnico.

    Estamos elaborando umtrabalho planejando o profis-sional para que no prximoano possamos revelar jogado-res de Capivari, enfatizou oTcnico Evandro.

    A segundona paulista jterminou a segunda fase, e naltima rodada, tivemos os se-guintes resultados: Matonen-se 0x2 Guauano, Tup 0x3REDBULL, Amrico 0x1 SoJos, Paulnia 1x1 Porto Fe-liz, Atibaia 2x2 Mogi das Cru-

    zes, Lemense 0x3 Guaru-lhos, ELOSPORT 5x0 Fer-nandpolis, Taubat 7x0Mauaense, Jabaquara 0x0Araatuba, Jacare 3x2CAL/Bariri, Santacruzense2x1 Barretos e Palestra 4x1Palmeirinha.

    Para a prxima fase, clas-sificaram-se: REDBULL,ELOSPORT, Porto Feliz (es-tes 3 eram do grupo do Ca-pivariano), Lemense, Barre-tos, Paulnia, CAL/Bariri,Taubat, Guauano, Mogi dasCruzes, Palestra, eAtl.Araatuba

    No sbado, dia 29 deagosto, o Capivariano en-frente o Atibaia aqui em Ca-pivari.

    Wagner Prado de Oliveira28 anos (foto) participou nes-

    Atleta da cidade participa de campeonatode luta de brao

    te final de semana, 15 e 16,do Campeonato Brasileiro In-terclubes de Luta de Brao,realizado no Clube Semanalde Cultura Artstica em Cam-pinas.

    No sbado o atleta com-petiu seis vezes com o braoesquerdo garantindo o quintolugar. J no domingo compe-tiu quatro vezes com o braodireito garantindo a sexta co-locao. Ele competiu na ca-tegoria Snior Masculino Bra-o Esquerdo e direito, com 16atletas at 65 kg.

    O evento teve a participa-o de aproximadamente 270atletas de vrias cidades daregio e outros estados doBrasil.

    Wagner contou que foi onico participante da Acade-mia Fora Fsica, onde treinatodos os dias, quatro horaspor dia. Ele aluno do pro-fessor Marcelo Moreira, masquem o acompanhou na com-petio foi o treinador Mar-cio Moreira

    O atleta agradeceu o apoioda empresa Microsal.

    Washi-Ki-O conquista primeiro lugarna 5 Copa de Karat de Capivari

    O Ginsio de Esportes Ro-naldo Zaidan Pelegrini (Ronal-do) foi sede da 5 Copa dekarat de Capivari que ocor-reu no dia 16 de agosto e con-tou com a participao de cer-ca de 260 atletas de 20 acade-mias de 14 cidades da regio.

    Com 242 pontos a Washi-Ki-O de Capivari conquistouo primeiro lugar na Classifica-

    o Geral por academiasA organizao do evento

    foi elogiada pelo Secretrio daJuventude, Esporte e LazerPaulo Camargo: No tive-mos ocorrncias de leso cor-poral, contamos com pblicode mais de 500 pessoas noginsio Ronaldo e ainda fo-mos coroados com a brilhan-te conquista do 1o lugar geral

    da equipe de karatecas deCapivari, completou.

    A 5 Copa de Karat deCapivari foi a 6 etapa do Cir-cuito ACAK 2009 e teveapoio da Federao Paulistade Karat e da Secretaria deEsportes e Lazer do Municpiode Capivari,coordenada peloProf Edison Zuin da Associa-o Washi-Ki-O de Karat.

    Crianas produzem pipas para o torneio

    As crianas do Sistema Mu-nicipal de Ensino puderam parti-cipar, na quarta-feira, dia 19, deuma Oficina de Produo de Pi-pas. O evento promovido pelaPrefeitura de Capivari por meio daSecretaria de Cultura e Turismo foirealizado na Casa da Cultura du-rante os perodos da manh e datarde e os cerca de 20 alunos pro-duziram mais de 200 pipas. Asmesmas sero doadas e utilizadasno sbado, dia 29 de agosto, du-rante o Torneio de Pipas que serrealizado das 8h s 12h, no Est-

    dio Municipal Carlos Colnaghi, noBairro Engenho Velho.

    Alm disso, para estimular acriatividade e entusiasmar osparticipantes do Torneio, a Se-cretaria de Cultura far entregade trofus aos proprietrios daspipas que se destacarem nas ca-tegorias mais extica, mais origi-nal, maior pipa, menor pipa e mai-or distncia alcanada. Porm,para concorrer todas as pipas te-ro que alar voo.

    Este um evento para todaa famlia e convido a todos para

    participarem, pois certamenteser um agradvel encontro,convida o Secretrio Rogrio Al-ves. Aproveito tambm pararessaltar que o uso do cerol,como em qualquer outro local, totalmente proibido em nossotorneio, lembra o Secretrio.

    Mais informaes sobre oevento podem ser obtidas naSecretaria da Casa da Culturade segunda sexta-feira, das08h30 s 17h, na Rua SaldanhaMarinho, n 188, ou via telefo-ne, pelo 3491-1322.

    Diversos modelos e cores de pipas foram apresentadas pelas crianas

  • Capivari, 22 de Agosto de 2009. 10

    Equilibrio do oramento domstico

    Em 1867 o economista, fi-lsofo e pensador alemo KarlMarx escreveu em sua mais fa-mosa obra O CAPITAL (DasKapital) o seguinte: Os donosdo capital vo estimular a clas-se trabalhadora a comprar benscaros, casas e tecnologia, fa-zendo-os dever cada vez mais,at que se torne insuportvel.O dbito no pago levar osbancos falncia, que tero queser nacionalizados pelo Estado.

    Este pequeno trecho (mascom grande significado) daobra de Marx nos faz refletirduas questes importantes:

    1-) Nossas necessidades edesejos so ilimitados e nossos

    recursos so limitados (fini-tos), e somos diariamentebombardeados com diversascampanhas publicitrias nosjornais, rdios e TV, que insti-gam ainda mais nossos dese-jos por consumo o consu-mismo desenfreado;

    2-) As pessoas compramdesesperadamente at mesmosem ter o dinheiro e acabamficando endividadas nas lo-jas, nos bancos, no carto etc.Os bancos no recebem a sedesencadeia uma crise financei-ra que o Estado (governo) terde suportar. o caso da re-cente crise no mercado imobi-lirio americano.

    Diante desta situao im-perativo fazer um controle dooramento domstico. bompara voc, para sua famlia epara a economia do pas.

    Se voc daqueles quetodo ms tem aquela sensaoque o seu dinheiro acabou evoc no sabe com o que vocgastou est na hora de fazer umcontrole do seu oramento.

    Muitos se recusam em fa-zer um oramento colocando

    no papel as entradas de dinhei-ro (receitas) e as sadas de di-nheiro (despesas), justamentepara no ficar triste diante dasade financeira ruim.

    Ao contrrio deste pensa-mento a ideia de ter um ora-mento para nos preparar parao futuro estabelecendo um pla-nejamento financeiro, deixan-do-nos cada vez mais perto deconquistar nossos sonhos.

    O primeiro passo no fi-Jorge Jos Elias*

    E-mail: jorgejelias@gmail.comJorge Jos Elias - economis-ta, mestre em administrao eprofessor universitrio.

    Sbado, 22/08/2009Marcos pede ajuda a Geraldo

    para abrir um aeroclube. Padre Ben-to fica indignado por Otvio ter con-tratado Cleusinha, Jacira e Nina paraescrever as fofocas da cidade. Vadi-nho fica perdido diante das pergun-tas feitas por Nina, Cleusinha e Jaci-ra para o jornal de Otvio. PadreBento questiona a seriedade do jor-nal e entrega um artigo para Otvio.Aninha se incomoda ao saber queter que fotografar de biquni. DonaIda sente saudades de Aninha. Ma-ria Rita fica apreensiva vendo Geral-do fazer seu programa na rdio. Ani-nha fica constrangida ao ser ridicula-rizada no estdio de fotos. Zuleikaincentiva Maria Rita a mudar suavida. Aninha fica constrangida paraposar de biquni e enfrenta o diretor.Eleutrio tenta levar Zefa para seuquarto. Tobi estranha o comporta-mento de Eleutrio e Zefa. Eleut-rio espera Zefa em seu quarto e re-clama da sua demora. Rosinha, DasDores e Tonha chamam Zefa parapedir orientao na cozinha e ela ficairritada. Tobi diz a Zeca que se inte-ressa pela cooperativa e que preten-de trabalhar, sem descanso, para pro-gredir na vida. Rosinha frustra Eleu-trio ao bater na porta de seu quartono lugar de Zefa. Tobi e Zeca con-versam sobre Rosinha e Maria Rita.Padre Bento fica surpreso ao saberque no vai mais apresentar seu pro-grama na rdio. Edith conta paraDona Ida que Otvio est interessa-do em Maria Rita. Maria Rosa d asltimas instrues para Maria Rita.Mariana exige que Candinha oua oprograma de rdio com ela. Anterodecide ajudar Maria Rita e Zeca aficarem juntos depois que sair a anu-lao do casamento. Tobi diz a Zecaque Rosinha quer ir atrs de Tern-cio. Mariana manda Candinha ajoe-lhar-se para ouvir a reza na rdio.Maria Rita emociona a todos no pro-grama. Rosinha avisa a Zeca queMaria Rita vai rezar na rdio. Umamultido se rene em frente ao pr-dio da rdio para ver a Santinha eMarcos tenta acalmar Maria Rita.Maria Rosa no consegue dispersara multido.

    Segunda-feira, 24/08/2009Padre Bento manda os devotos

    embora e acompanha Maria Rita ata penso. Maria Rosa fica preocu-pada com o anncio que Geraldo fazdo programa de Santinha. Antero ficaorgulhoso de Maria Rita. Dona Ida eEdith estranham o comportamentode Maria Rita ao parabeniz-la porseu programa. Maria Rita pensa emcomo acabar com a devoo do povo.Otvio fica satisfeito com o trabalhode Nina, Cleusinha e Jacira. MariaRita impede Zeca de assistir suaaula. Zeca fica com cimes de Ot-vio com Maria Rita. Zuleika pergun-ta por Z Camilo e Nono fica enciu-mado. Zefa comenta que Zeca devetomar cuidado com Maria Rita agoraque est morando sozinha. Zeca eMaria Rita discutem por causa de

    Paraso18h00

    Otvio. Maria Rita diz que no pen-sou o que vai fazer se a anulao docasamento de Zeca no sair. Geraldoleiloa o patrocnio do programa deMaria Rita. Eleutrio reclama queZefa no dormiu em seu quarto. Ri-cardo no gosta do fato de Aninha irfotografar sozinha numa praia. Ninaajuda Zefa a escolher um presentede casamento para Maria Rosa e Ge-raldo. Das Dores repreende Rosinhapor ter deixado Terncio ir embora.Terncio no consegue esquecer Ro-sinha. Alfredo Modesto vai substi-tuir Isidoro na rdio para que elepossa ir ao casamento de Geraldo.Norberto se preocupa com a demo-ra de Maria Rosa. Toda cidade com-parece ao casamento de Maria Rosae Geraldo. Norberto teme o falat-rio ao ver o vestido de noiva de suafilha. Todos ficam espantados ao verMaria Rosa entrar na igreja.

    Tera-feira, 25/08/2009Alfredo Modesto faz um discur-

    so para homenagear os noivos e elogiado por Marcos. Nina, Cleusi-nha e Jacira tentam conseguir umadeclarao negativa de Padre Bentosobre o vestido de noiva de MariaRosa. Otvio afirma que vai escre-ver uma pequena nota sobre o casa-mento e deixa suas estagirias irrita-das. Aurora avisa Norberto que MariaRosa ir surpreender Geraldo. Ma-ria Rita admite querer agir comoMaria Rosa e no dar ateno para ofalatrio da cidade. Zeca se preocu-pa com a independncia de MariaRita. Otvio fica surpreso com a vi-sita de Maria Rita em seu jornal. Zecafala mal de Otvio para Tobi. Nina,Cleusinha e Jacira veem Otvio eMaria Rita indo juntos para a pen-so. Marcos afirma que vai tirar ardio do ar se Isidoro no aparecerpara rend-lo. Zeca vai at o quartode Eleutrio, e Zefa se esconde em-baixo da cama. Das Dores avisa queRosinha est passando mal e v Zefasair do quarto de Eleutrio. Tobi acre-dita que Rosinha esteja sendo casti-gada por ter enterrado o diabinho dagarrafa. Mariana tenta conversarcom Antero, mas ele no lhe d aten-o. Das Dores comenta com Tobique Rosinha no fala mais de Zeca.Terncio convence Z Camilo a tra-balhar com bfalos. Tobi se preocu-pa com Rosinha e teme que aconte-a algo ruim com ela. Zeca estranhaque Rosinha esteja com febre depoisde ser operada. Terncio fica agonia-do ao pensar em Rosinha. Marianavai at a penso chamar Maria Ritapara almoar com ela e Antero. Ma-ria Rita convida Otvio para almo-ar na fazenda com seus pais.

    Quarta-feira, 26/08/2009Jacira se oferece para ajudar Isi-

    doro na rdio enquanto Geraldo eMaria Rosa esto fora. Otvio tentaconquistar Mariana com seus comen-trios religiosos. O mdico que ope-rou Rosinha avisa que ela precisa fi-car em observao para que se recu-pere. Terncio confessa que temeencontrar Rosinha novamente. Ma-riana demonstra toda sua irritaoao saber que a filha trouxe Otviopara almoar. Maria Rita gosta quan-

    do Otvio diz a Mariana que se en-ganou com Maria Rosa. Eleutrio eZeca tentam consolar Zefa. DasDores briga com Tobi por comentarsobre a estranha visita de Zefa aoquarto de Eleutrio. Candinha fazalguns comentrios sobre Otvio quedeixam Maria Rita confusa. Anterodiz a Otvio que no aceita que Zecase separe de Rosinha por causa deMaria Rita. Mariana receia que An-tero aproxime Otvio e Maria Rita.Antero permite que Otvio tenteconquistar sua filha. Padre Bento ficapreocupado ao descobrir que MariaRita convidou Otvio para almoar.Dona Ida conforta Edith por no terconseguido se casar com Marcos.Nono pede Zuleika em casamentopara tentar faz-la esquecer Z Ca-milo. Bertoni pensa em internarNono em um asilo para mant-lo lon-ge de Zuleika. Otvio faz uma ora-o e Mariana se surpreende. Zecapromete a Rosinha que vai trazer Te-rncio de volta. Z Camilo no con-segue convencer Terncio a voltarpara a fazenda de Eleutrio. Otviorevela para Antero, Mariana e MariaRita que foi consagrado na religiocrist.

    Quinta-feira, 27/08/2009Otvio deixa Mariana, Antero e

    Maria Rita boquiabertos ao confir-mar que fez parte de uma congrega-o religiosa. Rosinha acorda e Eleu-trio e Zefa acreditam na sua recu-perao. Zeca teme que Rosinha noresista. Z Camilo e Terncio che-gam fazenda de bfalos. Tobi pen-sa em um lugar onde poderia encon-trar Terncio. O dono da fazenda debfalos quer saber por que Z Cami-lo e Terncio saram da fazenda deEleutrio. Zefa conta para Rosinhaque se casou com Eleutrio. Maria-na acredita que Otvio vai cuidar deMaria Rita na penso. Zuleika ex-pulsa Bertoni de sua sorveteria eNono sai com ele. Maria Rita ficacismada com a cumplicidade de Ot-vio e Antero. Candinha questiona osuposto destino de Maria Rita eMariana fica sem saber como res-pond-la. Dona Ida questiona MariaRita sobre seus sentimentos em re-lao a Zeca e Otvio. Aninha recla-ma com Ricardo que sente saudadesde Dona Ida. Padre Bento fica deso-rientado quando Otvio lhe diz queest apaixonado por Maria Rita. Tobie Das Dores ficam aliviados com arecuperao de Rosinha. Antero ficasurpreso com os comentrios queMariana faz sobre Otvio. Zeca afir-ma para Tobi que vai encontrar Te-rncio e traz-lo de volta. Zefa rezapara que Rosinha no tenha uma re-cada durante a noite. Tobi teme queZeca no consiga encontrar Terncioe Z Camilo. Terncio pensa emRosinha ao ouvir Z Camilo cantar.Rosinha v Terncio ao lado de suacama e desmaia.

    Sbado, 22/08/2009Maya implora a Surya para que

    no conte nada sobre Niraj, mas amulher de Amithab no se sensibili- Fonte: Agncia Estado

    za com o pedido. Opash no acredi-ta que Puja tenha feito seu prpriodiscurso e conclui que Shankar deveter participado do processo. Hari diza Anusha que vai esper-la para secasarem. Chiara conta a Ilana que vaiaceitar o pedido de casamento deMike e ir para a Europa com ele.Melissa e Tnia encontram Tarso napraia. Yvone finge querer ajudar Nan-da e procura Haroldo para tentar con-venc-lo a dar o dinheiro a Mike.Haroldo diz a Mike que depositoumetade do dinheiro, mas o impostorexige o restante da quantia e ameaacolocar a gravao na internet. Muri-lo comenta com Silvia que as joiasque Yvone disse ter ganhado de umadmirador foram dadas por Ramiro.Silvia decide procurar Melissa no clu-be para averiguar se Yvone se envol-veu com Ramiro. Vargas confessa aAbel que foi ele quem enviou as car-tas annimas e Abel briga com o ami-go. Ramiro incisivo e pede que Ha-roldo conte por que quer tanto di-nheiro emprestado. O executivo con-fessa que est sendo chantageado.

    Segunda-feira, 24/08/2009Haroldo conta para Ramiro so-

    bre o envolvimento de Nanda comMike. Gaby oferece sua casa paraNanda ficar. Gopal avisa a Raul queeles iro surpreender Yvone em seuquarto. Abel comenta com Ana queno se interessa mais por Norma.Indra d para Raul a pesquisa quefez sobre Yvone na qual a vil constacomo procurada em Dubai, usandoo nome de Silvia Cadore. Ramiroconvence Haroldo a chamar a pol-cia. Nanda se despede de Yvone evai para a casa de Gaby. Yvone abreo cofre e fica tensa ao ver que seusdocumentos falsos no esto ali. Sil-via pergunta sobre Yvone Melissa,que no deixa transparecer o queaconteceu entre elas. Cadore mostrapara Ins a pgina que Indra pesqui-sou na internet sobre Silvia Cadore.Yvone comunica a Mike que vai tro-car de hotel e esperar seu passapor-te ficar ponto para sair do pas.Opash pergunta a Anusha se ela estfeliz com seu casamento e a meninaresponde que no. Puja tenta conso-lar Hari. Ramiro descobre que Mikeest sendo procurado pela Interpol.Manu diz a Opash que vai recuperarseu dinheiro nem que tenha que ir aoBrasil procura de Radesh. A mede Shivani surpreende a todos quan-do entra na festa de casamento deAnusha. Raj apresenta Maya para ame de Shivani, que percebe que foienganada por Surya. Gopal entra noquarto de Yvone, deixando a vil apa-vorada.

    Tera-feira, 25/08/2009Gopal exige que Yvone lhe d o

    dinheiro que roubou, a obriga a auto-rizar a entrada de Raul no hotel edepois deixa os dois sozinhos noquarto. Yvone tenta arrumar descul-pas para explicar o que fez com Raule obrigada por ele a comer um su-posto bombom envenenado. Gopale Raul se sentem vitoriosos por con-seguirem recuperar parte do dinhei-ro. Jlia vai ao cemitrio levar forespara o pai e se desespera ao ver o

    Caminho das ndiasGlobo, 21h00

    tmulo de Raul aberto e vazio. A mede Shivani aproveita um momento ass com Surya e pergunta por que ajovem a enganou. Kochi pede per-misso me de Shivani para procu-r-la fora dali. Ramiro e Cadore fi-cam perplexos com a invaso ao t-mulo de Raul e decidem averiguar oque aconteceu. Raul fica surpreso aosaber que foi Gopal quem providen-ciou a violao ao tmulo para livraro empresrio das mos de Yvone.Ramu avisa a Shankar que Laksmiquer falar com ele. Camila recebidacom alegria pela famlia de Opash. Odelegado comunica a Ramiro que jtem pistas sobre Mike. Yvone contaa Mike que Gopal e Raul pegaram odinheiro e os documentos falsos.Ashima, Indra e Suellen descobremque Raul no morreu. A me de Shi-vani avisa a Bahuan que uma pessoada famlia de Raj sabe que Niraj seufilho.

    Quarta-feira, 26/08/2009Bahuan se preocupa com o que

    pode acontecer Maya. Indra resol-ve procurar informaes sobre Raulna internet. Yvone pede dinheiro aMike para sair do pas. Chiara contaa Ilana os planos de Mike para elesviajarem, sem saber que o noivo um impostor. Norma esnoba Abel aoatravessar a rua, deixando o guardaintrigado. Mike manda fechar a con-ta do hotel e avisa a Chiara que elesviajaro. Raul comunica a Gopal queno deixar o Brasil sem encontrarCadore e planeja como ver o pai.Sonya tenta fazer com que Deva de-sista da viagem ao Brasil, mas a indi-ana insiste em resgatar o dinheiro dodote que Radesh roubou. Opash ficasabendo que Laksmi vai sair e resol-ve seguir a me. Kochi combina umencontro com a me de Shivani. Raulse disfara para observar Cadore sairde casa. Beca e sua turma se prepa-ram para sequestrar Ramiro. Indraconta a Suellen que Raul saiu do ho-tel, reforando a suspeita do indianoem relao ao empresrio. Suellen diza Ada que tem um catador de papelna rua igual a Raul Cadore. Yvonedescobre que Mike fugiu. Tarso ob-serva, com um binculo, a turma deBeca. Ramiro resolve caminhar. Tar-so tenta impedir que Ramiro saia decasa, mas ele no lhe d ouvidos. Becapega Raul por engano e uma dasmeninas da turma percebe a troca.

    Quarta-feira, 26/08/2009A amiga de Beca grita para ten-

    tar avis-lo sobre o engano, masele acaba sequestrando Raul. Ra-miro liga para a polcia. Tarso re-conhece a amiga de Beca e a acusade ser cmplice, mas o policial noleva a srio seu depoimento. Becadescobre que sua amiga foi pegapela polcia. Mike embarca paraMiami com Chiara. Suellen comen-ta com Ada e Dario que Beto, ca-tador de lixo do bairro, muitoparecido com Raul. Yvone vai casa de Silvia, se coloca como v-tima, e finge querer se reaproxi-mar da amiga. Haroldo conta aMurilo que Eric e Mike so a mes-ma pessoa. Beca diz a Jlia quesequestrou Ramiro. Kochi pede

    para a me de Shivani convencerBahuan a desmentir qualquer afir-mao de Surya sobre a paterni-dade do filho de Maya. Jlia pedepara falar com Ramiro e Beca con-corda, sem saber que sequestrouRaul por engano.

    Quinta-feira, 27/08/2009Cadore comenta com Ramiro

    que h muito tempo Tarso sinali-zava que havia pessoas vigiando acasa e que a jovem que estava como empresrio fazia parte do gru-po. Tarso diz a Sheila que o paidele era o alvo dos bandidos.Opash fica surpreso ao ver Laks-mi entrar na casa de Shankar. Laks-mi pede a Shankar que no apoiePuja. Opash interrompe a conver-sa de Shankar com Laksmi e ostrs discutem. Raj informa a Inse a Cadore o nome do hotel emque Gopal est no Brasil. Ins re-solve ir atrs do indiano, mas Ra-miro a impede dizendo que vai fa-lar com a polcia. Gopal deixa re-cado no celular de Raul avisandoque no vai esper-lo para embar-car. Deva e Sonya chegam ao Bra-sil. Manu decide que Komal ir aoBrasil atrs de Deva. Abel fica comraiva da saudade que sente de Nor-ma. Castanho explica a Ramiroque Tarso tem contato com a rea-lidade e, por isso, acredita nas in-formaes que ele deu. Gopal en-via o ltimo recado para Raul di-zendo que deixou sua passagem eescondeu o dinheiro embaixo docolcho.

    Sexta-feira, 28/08/2009Raul fica angustiado ao perce-

    ber que ir perder o voo para andia. Murilo comenta com Silviaque se sente aliviado por Ramirono consider-los mais suspeito deter fechado a conta de Raul. Jliadiz a Beca que est ansiosa parase encontrar com Ramiro. Yvoneliga para Silvia, dizendo que rou-baram seus documentos e dinhei-ro no hotel e pedindo ajuda paravoltar Espanha. Yvone manipu-la um kit de cosmticos indiano eenvia para Melissa, como vingan-a pela surra que levou. Ramirofica sabendo por Murilo queMike viajou para Miami. Gabyincentiva Nanda a reagir contra asdecises de Haroldo e lutar pelosseus direitos. Gaby supe queGopal o indiano cmplice deMike. Chanti comenta com Lei-nha sobre sua preocupao comGopal, que est sendo procuradopela polcia. Ada observa o inte-resse que Marcelo demonstra porLeinha. Deva revela a Sonya queelas esto hospedas no mesmo ho-tel de Namit, segundo informa-o da falsa me de Radesh. Pan-dit conta para Opash que os as-tros dizem que apenas uma desuas noras est grvida, e o co-merciante pensa imediatamenteque Camila est mentindo. Opashrene a famlia e revela que um deseus netos no existe. Jlia entrano cativeiro de Raul.

    car desesperado e comearpelo controle do seu oramen-to, organizando suas contasfazendo uma lista com as re-ceitas e as despesas. Inserimosuma tabela para ilustrar comovoc poder fazer o seu ora-mento.

    O prximo passo relacionar num papel todas as receitas edespesas, para isso construa uma tabela como, por exemplo:

    Desta forma voc poder ter um controle melhor do seuoramento e certamente estabelecer metas para poupar erealizar no futuro os seus sonhos.

  • Capivari, 22 de Agosto de 2009.

    Livros

    O Artfice(Richard Sennett)

    11

    Site Recomendado

    Voc gosta de estar por dentro das novidades do mundodos automveis. No site www.carroonline.terra.com.brvoc confere notcias, reportagens, entrevistas, lanamen-tos, testes, comparativos, vdeos, curiosidades e muitomais. Acesse!

    www.carroonline.terra.com.br

    A paralisia pela anlise

    A primeira e uma das mai-ores armadilhas no processode tomada de decises achamada analysis paraly-sis como se diz em ingls,ou seja a paralisia pela anli-se. Isso ocorre quando, em vezde decidir, ficamos buscandodados e mais dados, anlisessobre anlises, postergando adeciso indefinidamente.

    A segunda armadilha , aocontrrio da primeira, nobuscar dados e nem fazeranlise alguma, tomando a de-ciso com base exclusiva nofeeling ou no sentimento quese tem da situao.

    A terceira armadilha nosfixarmos apenas nas primei-ras informaes que recebe-

    mos e confiarmos demasiada-mente nelas, sem buscar no-vas evidncias. A quarta ar-madilha nos inclina a perpe-tuar erros do passado em fun-o dos valores j investidos.Como j investimos muito numprojeto, no temos coragem deacabar com ele, o que seria adeciso correta. A quinta ar-madilha o excesso de confi-ana. quando existe umaexagerada crena em nossacapacidade de prever, no fu-turo, quais so, na verdade,pouco previsveis.

    A sexta armadilha o ex-cesso de prudncia que pode nosfazer tomar decises acanhadasdemais e subestimar nossa ca-pacidade de realizao.

    A stima armadilha nolevarmos em conta brigas in-ternas de nossa organizaoe tomarmos decises em fun-o de presses grupais.

    A oitava armadilha bus-car apenas evidncias quecomprovem nossa opinio,sem dar o peso devido a opi-nies contrrias.

    A nona armadilha o au-toengano, quando buscamos

    Professor Marins - antro-plogo, consultor e conselhei-ro de empresas nacionais e in-ternacionais, palestrante, autorde diversos livros, dentre elesAdministrar Hoje (10 edio),Homo Habilis-voc como empre-endedor, Profisso: Vencedor.Apresenta o programa Moti-vao & Sucesso na Rede Vidade Televiso aos domingos das19h30 s 20h00.

    Professor Luis Marins*

    Ricardo Gallo, da Folhade S.Paulo

    Imagine uma universidadesem salas de aula, horrio deentrada nem conversa no fun-do. Professor, s pela tela docomputador. E voc estudaonde e a hora em que quiser.

    Interessado? a graduao distncia, modalidade quecresce em ritmo vertiginoso nopas e oferece cerca de 1,5milho de vagas em 145 insti-tuies, cerca de 70 das quaispblicas.

    Apenas entre 2007 e 2008,o nmero de alunos quase do-brou; saiu de 397 mil para 761mil, a participao dessa mo-

    Nmero de matriculados em graduao adistncia dobrou entre 2007 e 2008

    dalidade no ensino superior sal-tou de 4,2% para 7,5%.

    Se entrar fcil, desistirtambm: a evaso chega a 70%em alguns casos. Segundo co-ordenadores de cursos, s vaibem nesse tipo de curso quem organizado, disciplinado e temconcentrao para conseguirestudar em casa ou no traba-lho.

    Essa uma das razes paraos cursos de graduao dis-tncia atrarem um pblicomais velho do que o do vesti-bular de cursos convencionais.Cerca de 68% dos alunos tma partir de 25 anos, aponta cen-so de 2008 da Abed (Associa-o Brasileira de Educao a

    Distncia). o caso de Renato Ign-

    cio, 47, de Ribeiro Preto (SP),que voltou a estudar aps lar-gar duas faculdades e no que-ria trocar a convivncia famili-ar pela sala de aula. Ou de Ire-ne Lcio, 57, que diz aprendermelhor com o estudo individu-al. Igncio estuda sistemas deinformao na UFSCar (fede-ral de So Carlos); Irene, ad-ministrao na Anhembi Mo-rumbi.

    Os dois dizem se empenharporque estudar pouco, na edu-cao distncia, fracassocerto. Quem pensa que o cur-so de final de semana se dmal. Nosso aluno tem de estu-

    dar ao menos 24 horas sema-nais, diz Daniel Mill, coorde-nador de educao a distnciada UFSCar, que, no ltimo ves-tibular, ofereceu 650 vagas emcinco cursos. As inscriesneste ano comeam em dezem-bro.

    Para Igncio e Irene, o rit-mo puxado torna o aprendiza-do do aluno mais consistente.Voc aprende a raciocinar. Oconhecimento se solidifica,diz ele, que estuda de madru-gada. No presencial, divaga-se mais.

    Em 2007, o Enade (examedo Ministrio da Educao queavalia universitrios) revelouque alunos de cursos a distn-cia se saram melhor do que osde presenciais em sete de 13reas em que houve a compa-rao.

    Mas no sempre que edu-cao a distncia significa qua-lidade: em 2008, o MEC man-dou desativar 1.337 plos deeducao a distncia no pas,h mais de cinco mil.

    AulasNo ensino a distncia, as

    aulas so em vdeo ou commaterial didtico disponibiliza-do na internet. Dvidas so ti-radas on-line com o profes-sor ou nos plos, espcie defiliais da instituio, ondeocorrem as provas.

    informaes e dadosirrelevantes quando sabemosque so de pouco valor paraa soluo do problema pre-sente.

    A dcima armadilha re-petir decises passadas semlevar em conta as mudanasque ocorreram at o presen-te.

    As pesquisas mostramque mais da metade das de-cises nas organizaes tmsido desastrosas. Pense nes-tas 10 armadilhas e analisecomo o processo de toma-da de deciso em sua orga-nizao e veja se voc mes-mo no tem cado nestas ar-madilhas. Pense nisso. Su-cesso!

    desejo nos negado. Em umaabordagem original, Sennett ex-pande o conceito de artesana-to e impressiona ao mostrar oquanto possvel aprender so-bre si mesmo por meio do atode produzir manualmente.

    Preo: R$ 49,90Este livro voc encontra nas

    principais livrarias do pas e nainternet.

    Em seu mais ambicioso li-vro, Richard Sennett - um dosmais importantes intelectuaiscontemporneos - explora otrabalho manual no industria-lizado. Ele conecta o esforofsico a valores ticos e discorresobre o desejo de fazer as coi-sas da melhor maneira poss-vel e sobre a frustrao e osdanos causados quando esse

    Ateno - Pai de Santo: Baba Ori-Lc atende:Orientao espiritual p/ negcios.Limpeza e energizao de comr-cio indstria. Abertura de caminhos,banhos c/ essncias p/ negcios, po-sitividade, atrativos p/ amor, e etc...(Jogo de Bzios), Benzimentos gr-tis, c/ hora marcada sigilo absolu-to . Fone: (19) 3494-0147, (19)9686-8751 e (11) 9816-0691ou RuaAbro Zaidam Maluf, 56 M - Jd.Santa Rita de Cssia ( prx. ao tre-vo para Elias Fausto).

  • Capivari, 22 de Agosto de 2009. 12

    Queijo parmeso garantia bancria na ItliaDa France Presse

    Na Emilia Romana, centro daItlia e ptria do parmeso, osemprstimos bancrios concedi-dos aos agricultores so garan-tidos por fornadas de queijo par-meso, depositado nos bancosenquanto alcana o ponto ideal.

    O sistema, nico no mundo,nasceu nos anos 50 e no sculoXXI ainda utilizado por quatrobancos desta regio da Itlia: o

    Felizmente depois de umlongo perodo de frias esta-mos de volta s aulas! Mo-mento de grande alegria foirever os alunos, cheios deenergia e saudveis! Tere-mos, escola e famlia, que fa-zer um trabalho coletivo paraobjetivarmos, ainda mais, aaprendizagem de nossas cri-anas! Recentemente, tive a

    Feijo Abaporu de CapivariIngredientes: 500g de feijo vermelho cozi-

    do com uma folha de louro, at que os grosfiquem bem macios

    2 colheres (sopa) de leo vegetal250g de linguia calabresa fresca, sem as

    peles, desmanchados com um garfo1 cebola picada6 dentes de alho picados500g de mandioca descascada, cozida e pi-

    cada em cubos pequenos1 mao de escarola bem lavada, bem seca e

    cortada em tirinhas pequenasSal a gosto

    Preparo: Mantenha o feijo j cozido e cremosoem fervura moderada. Coloque o leo na panela pre-viamente aquecida; frite a linguia no leo, deixan-do-a macia e sem que escurea demais; junte a cebo-la e o alho, at que murchem. Acrescente a refoga detemperos ao feijo, mexa delicadamente e junte a man-dioca cozida em cubos; mexa mais uma vez e deixevoltar a ferver. Tempere com sal, mexa e acrescente aescarola; mexa mais uma vez e retire do fogo. Sirvabem quente, acompanhado de arroz.

    Renato Bueno Do G1em So Paulo

    Se voc sempre pensou emtrabalhar com games, bom sa-ber que dominar os segredos deWinning eleven e passar a vidaem Final fantasy no soatalhos garantidos nessemercado. Os produtores das prin-cipais empresas de games no Bra-sil avisam: alm de gostar muitode jogar, preciso ter uma boaformao e trabalhar bastante. Odesenvolvimento de jogos noBrasil est longe de ser compa-rado com os maiores produtoresdo mundo, como Japo e Esta-dos Unidos. Mas, recentemente,o crescimento de jogos on-line eo avano de portteis como iPho-ne e Nintendo DS mostram que aindstria vem se desenvolven-do. Enquanto isso, a Ubisoft,uma das maiores produtoras domundo, abre escritrio no Brasil,e a Tectoy, com sede em Campi-nas, desenvolve jogos para seuprprio videogame, o Zeebo.

    TectoyQuem associa automatica-

    mente o nome Tectoy aos ante-passados videogames MegaDrive e Master System pode es-tar perdendo de vista os avan-os mais recentes da empresa. ATectoy Digital, com sede em Cam-

    Produtores de games do dicas paraquem sonha em trabalhar na rea

    pinas, vem desenvolvendo eadaptando jogos para os port-teis iPhone e Nintendo DS, almde telefones celulares tradicio-nais.

    Em 2008, a empresaanunciou o Zeebo, videogame produzido no Brasil que no uti-liza cartuchos ou DVDs: os jo-gos so transmitidos via down-load a partir de uma rede comconexo 3G.

    Andr Penha, gerente geralda Tectoy Digital, diz que o Ze-ebo est ajudando a desenvol-ver um mercado de games inter-no no pas, que tem bons pro-fissionais da rea. Estamossempre de olho em novos pro-fissionais, disse.

    Um dos segredos para o bomprofissional, diz Penha, terconscincia do processo de de-senvolvimento de um game, eno querer simplesmente fazerum superproduo.

    Profissional brasileiroO brasileiro criativo, as-

    sim como o norte-americanotambm . Os profissionais quevm das escolas so bons pro-gramadores, mas preciso en-tender o processo de desenvol-vimento.

    Desafios As produes de jogos,

    Andra Baggio Amaral*andrea@baggioamaral.com.br

    * Psicolga Clnica, Mestreem Educao, Professora Uni-versitria da Cnec e do ColgioPiracicabano e presta assesso-ria s empresas na rea de RH.

    Jardins de inverno

    Os jardins de inverno podemtornar a decorao de sua casaainda mais encantadora e acon-chegante. essencial que o es-pao onde voc pretende proje-tar um jardim de inverno sejaanexo a um ambiente interno da

    casa. Pode ser uma varanda, oterrao ou uma rea construdaespecificamente para ser o jardimde inverno. Alm do espao, preciso prever iluminao, clima-tizao, revestimento de piso emobilirio especial para decora-o de jardim. Se voc mora emapartamento, uma tima opo transformar a varanda ou sacadado apartamento em um jardim deinverno anexo sala de estar, porexemplo. Dependendo do tama-nho da varanda, voc pode in-cluir um banco de madeira comvrios vasos cermicos e florei-ras em madeira com flores e fo-lhagens. Dependendo da estru-tura e altura da varanda, pode-setambm acrescentar uma lumin-ria artesanal. Caso voc resida emuma casa que tenha um espaomaior para criar um jardim de in-verno, voc pode criar mais de

    Marcelo Pachecomarceloapacheco@yahoo.com.br

    Marcelo Pacheco Arquiteto

    hoje, so bem vistas. Ns perce-bemos que a carreira promisso-ra, o mercado est melhor do quesempre foi. Mas ele ainda temmuito o que melhorar. So neces-srios trs pilares: integraocom a academia, desenvolvimen-to do mercado interno e integra-o do mercado.

    DicasEm tempos de Google, an-

    tes de partir em busca deuma carreira, pesquise sobre,corra atrs. A indstria de desen-volvimento de jogos depen-dente de dinheiro e de projetos. Portanto, qualquer jogo deve sepagar. No v tentar fazer umasuperproduo logo no incio.

    Vagas abertasEstamos sempre de olho,

    porque as oportunidades pas-sam muito rpido. Ns procura-mos quem tenha mandado curr-culo. No difcil contratar emCampinas, que uma fonte mui-to boa de profissionais.

    Perfil Procuramos quem est termi-

    nando ou terminou o curso, temfluncia em ingls, capacidade deanlise crtica. No geral, aquela pessoa que gosta de de-safios, e entende que ele tem mui-to o que aprender ainda.

    oportunidade de ler um textointitulado Lio de casa paraos pais. O artigo apresentaas dez principais descobertasdos especialistas sobre quan-do e como os pais podem aju-dar a despertar nos filhos odesejo pelo saber, por novosconhecimentos e, assim, ad-quirir um melhor desempenhoescolar. Para tanto, ter livrosem casa colabora com a mo-tivao pela leitura. Desper-tar o interesse para leitura co-labora, tambm, com o racio-cnio e a linguagem. Ento,junto dos livros importantereservar um lugar tranqilopara os estudos, de forma afavorecer a concentrao e aaprendizagem. De igual for-ma til que os pais verifi-quem as tarefas dos filhos,sem, contudo, dar as respos-tas certas. saudvel as cri-anas terem um tempo livre,

    isto , depois da escola, darealizao das tarefas, do es-tudo dirio para as provas etrabalhos. Este tempo impor-tante para descansar e se or-ganizar. Outro aspecto muitoimportante a reunio dospais. Freqent-la dar paraa criana uma idia de comoos pais reconhecem a impor-tncia dos seus estudos, as-sim como, manter um dilogocom a escola e monitorar oboletim revela que cada umtem o seu trabalho: os paistem sua profisso, os filhosesto se preparando para elae a escola oportunizando aaprendizagem e as relaesinterpessoais.

    Banco Agrcola Mantovana(MPS), o Popolare di Verona, oPopolare dellEmilia Romagna eo Credem (Crdito Emiliano), queabrigam mais de 400 mil formasde parmeso. A forma de parme-so, que pesa 40 quilos e vale300 euros, amadurece aps doisanos da fabricao.

    Durante os dois anos, osprodutores devem enfrentar osdiversos gastos e continuar pa-gando os fornecedores. Para per-

    mitir o acesso ao financiamentonecessrio, os bancos da regiode vocao agrcola decidiramcriar depsitos para parmeso,explica William Bizzarri, diretorgeral da Magazzini Generali delleTagliate (MGT), uma empresafundada pelo Credem em 1953.

    Os depsitos servem ao mes-mo tempo de garantia para os cr-ditos. Se o cliente no pagar ocrdito, o banco recupera o va-lor vendendo o queijo.

    uma utilidade para o mesmo am-biente. Por exemplo: em uma gran-de varanda coberta, pode-se ins-talar uma sala de estar com jardimde inverno. Ou, ainda, criar um ane-xo nos fundos da residncia, pr-ximo rea de cozinha com umaprgula de madeira coberta comtelhado de vidro, onde voc pos-sa acrescentar uma sala de almooprximo ao jardim de inverno. . Vocpode decorar o jardim de invernousando vasos suspensos comcip-uva, violeta pendente e ros-rio. Independente do tamanho doambiente disponvel, para adaptaro jardim de inverno importanteprever boa iluminao, ventilaoe climatizao adequada para o anointeiro. Providenciar uma sada degua (torneira) no ambiente tam-bm importante.

    Receita de: Fernando Kassab

  • Nova tecnologia alem permiteimprimir baterias

    Capivari, 22 de Agosto de 2009.

    Dante Pazzanese desenvolve 1corao artificial implantvel

    ONU v futuro problemtico semacordo sobre clima

    Da Folha Online

    O fracasso em agir rapi-damente para combater asmudanas climticas podeprovocar o aumento da violn-cia e uma grande instabilida-de no mundo, uma vez que ospadres climticos globaismudam drasticamente, disse osecretrio-geral da ONU, BanKi-moon.

    Se ns falharmos em agir,a mudana climtica vai inten-sificar as secas, as enchentese outros desastres naturais,disse Ban em um frum pr-ximo de Seul, que acontecesemanas antes de uma con-

    Do Terra

    Pesquisadores do Institu-to de Pesquisa para Nano-sistemas Eletrnicos, afiliadoao conceituado InstitutoFraunhoffer, na Alemanha,desenvolveram um novo tipode bateria que pode ser im-pressa. O produto poderser usado em eletrnica em-barcada em uma infinidadede objetos, de smart-cards debancos a cartes de aniver-srio eletrnicos.

    A bateria composta porvrias camadas ensanduicha-das, com um nodo de zincoe um ctodo de mangans,impressas com uma tcnica

    13

    Cludia Collucci, da Folhade S.Paulo

    O hospital estadual DantePazzanese, em So Paulo,inaugurou um centro de enge-nharia do sistema cardiovas-cular, que, entre outros proje-tos, vai desenvolver o primei-ro corao artificial implant-vel com tecnologia nacional.

    O aparelho ajudar pacien-tes com insuficincia cardacaavanada e que precisam deum transplante, at que surjaum doador compatvel. Ele nosubstitui o corao natural, mastrabalha ao lado dele.

    Segundo o cirurgio card-aco Jarbas Dinkhuysen, che-fe da seo de transplantes doDante e professor da Unifesp(Universidade Federal de So

    +Quando voc viaja, no precisa levar junto aspreocupaes com a preservao de seupatrimnio e de sua famlia. Deixe que nsnos preocupamos por voc. Faa seguro!Fone: 3491-5633Rua Padre Fabiano, 411- Centro - Capivari/SP

    MICHELAN CORRETORADE SEGUROS LTDA.

    Paulo), h muitos candidatosa transplantes que chegam aum estado to crtico que mor-rem em poucas horas ou dias.

    Se a gente implanta umaparelho desses, resgatamoso paciente e fazemos o trans-plante quase que em situaoeletiva. Ele conta que, naEuropa, um paciente conse-guiu esperar, com um coraoartificial similar, oito anos ato transplante.

    No Brasil, mais de 50%dos candidatos a transplantecardaco morrem na fila de es-pera. Se o pas j contassecom essa tecnologia, a estima-tiva que 80% dos pacientesseriam resgatados e, desses,80% conseguiriam esperar,com qualidade de vida, umtransplante.

    semelhante ao silk-screen. Atenso eltrica (popularmen-te conhecida como volta-gem) de 1.5 volts, e vriasbaterias podem ser combina-das em srie para a obten-o de tenses maiores.

    Completa, a bateria temmenos de um mm de espes-sura, e seu processo de pro-duo permite que seja im-pressa em vrios tamanhos,o que crucial j que quantomaior a rea, maior a capa-cidade. Como toda bateria,ela tem uma vida til limita-da, e recomendada para usoem eletrnicos descart-veis.

    O processo foi criado por

    uma equipe liderada peloProf. Dr. Reinhard Bau-mann, acompanhado de pes-quisadores da UniversidadeTcnica de Chemnitz (TU-Chemnitz), tambm na Ale-manha, e da MenipposGmbH, uma empresa espe-cializada em eletrnicos im-primveis.

    As primeiras baterias jforam produzidas em escalade laboratrio, e os pesquisa-dores trabalham agora naproduo em escala comer-cial. Espera-se que os primei-ros produtos baseados nasnovas baterias imprimveischeguem ao mercado j nofinal neste ano.

    ferncia do prprio secretrio-geral sobre as mudanas cli-mticas, em setembro.

    A falta de gua vai afe-tar centenas de milhes depessoas. A subnutrio vai tra-gar grandes partes do mundoem desenvolvimento. As ten-ses vo piorar. A instabilida-de social, incluindo a violn-cia, pode acontecer, afirmouBan no evento em Incheon.

    As emisses de gases cau-sadores do efeito estufa soconsideradas a principal cau-sa para o aquecimento global.Os pases vo se reunir emCopenhague em dezembropara trabalhar em um novo

    O corao artificial, expli-ca Dinkhuysen, tambm po-der beneficiar pacientes emestado grave que no tm in-dicao de transplante, apa-relho implantado em car-ter definitivo. Outro uso nasmiocardites (inflamao agu-da do corao).

    Segundo Aron Andrade,engenheiro biomdico do Dan-te, o novo centro desenvolve-r uma bomba de sangue cen-trfuga semi-implantada, umequipamento que ofereceruma ajuda temporria aos pa-cientes submetidos a cirurgi-as cardacas complexas, au-xiliando no bombeamento dosangue at que o corao serecupere.

    O projeto conta com re-cursos da Fapesp e do CNPq.

    acordo climtico global parareduzir as emisses que subs-tituir o Protocolo de Kyoto,que termina em 2012.

    Ban, que considerou a mu-dana climtica um tema fun-damental para a humanidade,pediu que lderes mundiaisatuem rapidamente para queum acordo possa ser alcana-do em Copenhague.

    Representantes de 180pases se renem em Bonn,Alemanha, para negociar so-bre o clima, em meio a aler-tas de que o tempo est pas-sando para que um acordobastante completo seja con-cretizado at o fim do ano.

  • Capivari, 22 de Agosto de 2009. 14

    Adriana Cabelo e Esttica: Novo endereo para melhor atender seus clientes!

    Reinaugurao!Corte, hidratao e tintura, grtis uma escova! BSK 50% de desconto, vista!

    A cada quatro escovas programadas dentro do ms, voc ganha a QUINTA!P e mo, grtis esfoliamento e massagem nos ps!Escova de Pedras Preciosas com 50% de desconto!

    Aceitamos cheque pr datado com 10% de desconto!

    Agora em novo endereo com estacionamento para clientes e avulso:Rua General Osrio, no. 380 - Centro Capivari - SP

    Fone: (19) 3492-2501

    DESTAQUE

    Fachada da clnica Adriana Cabelo e Esttica Equipamentos com qualidade e conforto Salo personalizado com atendimento de primeira

    Recepo

    Um convnio foi assinadopelo Governo de Capivari, nodia 10 de agosto, na Sede doDepartamento Regional deSade em Piracicaba, para re-

    ceber recursos estaduais paraa construo de uma Unida-de Bsica de Sade no BairroJardim Santa Rita. Foi solici-tado ao Deputado Roberto

    Felcio o valor de R$ 150 milque ser aplicado na obra eatender as necessidades dosmoradores daquele bairro, umdos mais distantes do centro

    do municpio. Como a verbasolicitada pelo prefeito, LuisCampaci, para a construo erade R$ 200 mil e a emenda deR$ 150 mil a prefeitura tam-bm entrar com uma parte dosrecursos para a construo.

    De acordo com a morado-ra Maria do Carmo Silva, aconstruo desta UBS umareivindicao antiga da comu-nidade local.

    Estamos muito felizescom a ateno do PrefeitoCampaci e do vice Jnior Pa-checo ao nosso bairro. Espe-ramos que as melhorias con-tinuem e que esta obra saia omais rpido possvel, pois uma necessidade emergenci-al, relatou.

    A nova UBS contar comrecepo, sala de pr e psconsultas, sala de consultas,sala para reunies, sala deinalao, copa, despensas euma sala especial para aguarda-civil.

    Entendemos que a soli-citao do prefeito era maisdo que justa e encampamosa proposta. Esperamos queesta unidade bsica de sadeatenda as necessidades detodos, completou RobertoFelcio .

    O prefeito lembrou queno incio do ano reuniu-secom os moradores do bairroe pediu que eles fizessemuma lista de prioridades e aUBS era uma das necessida-

    des mais emergenciais apon-tadas pelos muncipes.

    Estamos seguindo esta lis-ta de prioridades feita pelosmoradores e gradativamentecontribuiremos para melhoriade qualidade de vida dos mo-radores do Jardim Santa Ritade Cssia, disse.

    O Secretrio Ermeson disseque as expectativas so de quea verba para a unidade seja li-berada ainda neste ano: Assimque os recursos forem liberadosabriremos os processos de lici-tao e comearemos a obra 60dias a partir da concluso des-tes processos. Acredito que estaunidade seja entregue rapida-mente aos cidados de Capiva-ri, afirmou o Secretrio.

    Convnio assinado garantir construo de Unidade Bsica de Sadeno Jardim Santa Rita

  • Capivari, 22 de Agosto de 2009.

    Vende / Aluga / Compra (-se)

    15

    Carros

    Ideal para Escritrio ou Con-sultrio. Estacionamentopara clientes e rampa parapessoas especiais. Ver RuaAntnio Pires, 362 - Centro,ou pelos fones:(19) 3491-1413 ou (19) 3894-6055.

    VAGAS / EDITAL

    SALACOMERCIAL

    ALUGA-SE

    Aluga-se apartamento na PraiaGrande p/ 12 pessoas na Aveni-da do Forti. Tratar pelo fone 3491-1903 com Rubens Costa.

    Bolos decorados Alpino, Sen-sao, Prestgio, Brigadeiro,Sonho de Valsa, Frutas, Babade Moa, Clssico de nozes,Floresta negra, Trufado commorango, Mousse de chocola-te, Mousse de maracuj, Bolosdiet, tambm salgadinhos, do-cinhos e kit para festa escolarde seu filho, Rua Otvio Alvesde Souza, 130 (Residncia),fone: 3492-3094 Ndia.

    Vende-se Casa nova no JardimElisa: 2 quartos, sala, cozinha,banheiro, edcula e garagem p/dois veculos. Temos tambmcasa no Padovani e Rafard. Fone:(19) 3492-3456, (19) 9190-7160ou (19) 9190-6812.

    Vende-se - Casa na Av. Brigadei-ro Faria Lima, 388 Vila Ftimacom dois dormitrios, sala, cozi-nha, banheiro, lavanderia e quin-tal. Tratar direto com o proprie-trio pelo fone: 3491-6780.

    Precisa-se - Motorista com ca-tegoria D para entrega na regio,salrio fixo mais benefcio. Tele-fone para contato 3492-1004 ou9362-9111.

    Revenda - Voc est pensando emalgo para aumentar a sua rendafamiliar, seja um revendedor(a) detrufas, cones trufados, po de mel,alfajor, onde voc pode revenderpara seus vizinhos, amigos facul-dades, escolas ou em qualquer ou-tro local. Produtos de qualidade esaborosos. Rua Otavio Alves deSouza, 130 - Santa Rosa - Fone:3492-3094 falar com Ndia.

    Vende-se - Terreno (plano) na ruaPadre Haroldo, 300m (12x25).Fone: 3491-3200 ou 8152-7175.

    Vende-se ou troca-se casa (so-brado) na Vila Clemente comcasa trrea ou chcara no Can-cian. Sobrado c/ sala, cozinha, 4quartos sendo 2 sutes, 1WC soci-al, garagem p/ 2 carros, churras-queira e porto eletrnico c/ cme-ra e cerca eltrica. Tratar c/ Fabia-na, Fone: 3492-2939 9175-3420.

    Vende-se. Terreno (plano), ruaPadre Haroldo, 300m (12x30).Fone: 3491-3209 ou 8152-7175.

    Aluga-se - Salo com vista pa-normica, amplo estacionamen-to para casamentos, batizados,bodas, aniversrios e eventos deconfraternizao. Telefone paracontato 3491-1617 ou 9110-6113.

    Vende-se casa nova com habite-se, 182m de construo, terrenode 653m, jogo de sala e cozinhaembutido. Valor R$ 230 mil. A 600metros da praa central. Fone:3492-5646 ou 9745-2610.

    Vende-se Versalles Guia 2.0, l-cool original, ano 93, aceitomoto. Valor R$ 9.000. Fone: 3492-5646 ou 9745-2610.

    Vende-se. Kit SKY pr pago (01receptor, 01 controle e 01 ante-na) com manual do equipamentoe nota. Valor R$ 150,00. Tratarcom Simom, (19) 3491-4812.

    Vende-se. Um terreno 250m qua-dra 8 lote 17, Rua dos Flambo-yants, bairro Jardim Santa Ritade Cssia. Tratar pelo telefone(19) 3245-2404 ou 3245-7201, fa-lar com Julio Csar.

    Se voc precisa de uma linha te-lefonica comercial e quer eco-nomizar no perca a oportunida-de. Linha controle 80 por 42,89sem taxa de abilitao. 03 a 31agosto somente. Rosangela Qua-gliato (consultora de vendas) - (19)8132-5689 ou 3491-6084 (noite).

    Vende-se - Terreno no Jardim SoPedro, 356m - Rua 09 (esquina).Tratar pelo fone: 9128-5097 ou9346-4040.

    Vende-se - Gol Bola, ano 97 MI,branco, lcool. Tratar com Lean-dro pelo tel. (19) 81-01-0913.

    ABANDONO DE EMPREGOComparecer no departamento pessoal da empresa ALEX ZUIN BRA-GION-ME, situado nesta cidade de Capivari a Rua Padre Haroldo,45 Bairro Flamboyant, no prazo de 48 horas, em conformidadecom o artigo 482 letra I da CLT, por estar ausente do servio oseguinte funcionrio: JONAS MIKE CORREA DA SILVA CTPS n72695 e srie 00307. (22/08)

    Fao limpeza de lotes, chcarase jardins, tenho ferramentas emquinas prprias, que no pre-cisam utilizar energia eltrica.Tratar pelo tel. 3491-5299 ou pelocel. 8178-3735 falar com Joo Ba-tista da Rocha.

    Vende-se. Escort XR3, ano 89.cor vinho lcool. Tratar pelofone: 9814-8522 ou 9209-6567. Vende-se - Violo Preto maci-

    o, 21 trastes, 12 cordas, el-trico, 4 bandas, feito por LU-THIER. Valor R$ 650,00. Fone:(19) 9146-4826 (Srgio)

    ORAO A SANTO EXPEDITOEste santo mrtir sempre invocado para a soluo de negcios urgentes, eque uma demora poder prejudicar. o santo da penltima hora, aquele cujaresposta imediata, mas que exige o que lhe prometido imediatamente, semdemora. Pedido: Que a intercesso do glorioso Santo Expedito me recomente,oh! Meu Deus, junto a Vossa bondade o que os meus prprios mritos soimpotentes para alcanar.Glorioso Santo Expedito, honrado pelo reconhecimento daqueles que o invocamna ltima hora e para negcios urgentes, eu vos suplico que obtenha da bondademisericordiosa de Deus, por intercesso de Maria Imaculada (falar o dia e o ms),graa que com toda submisso, solicito da vontade divina. (P.A.C.)

    Sindicato dos Empregados no Comrcio deCapivari, Piracicaba e Regio

    Rua: Baro do Rio Branco, 460 - Centro - Capivari/SP - Fone: (19) 3491-7106 - CEP 13.360-000CGC: 00.135.628/0001-02 - R. Sindical: 46000.004041/95 - Cd.Sindical 005.133.90822-5 SRT 02573

    SITE: WWW.SECCPR.COM.BR E-MAIL: SECCPR@SECCPR.COM.BRELIAS FAUSTO - E-MAIL: ELIASFAUSTO@SECCPR.SPEEDYCORP.COM.BR MONTE-MR - E-

    MAIL: SECCPRMMOR@SECCPRMMORSPEEDYCORP.COM.BR

    Base Territorial: Capivari; Piracicaba; Rafard; Mombuca; Elias Fausto; Cardeal; Monte Mor; Cerquilho; Jumirim,Laranjal Paulista; Laras; Maristela; Tiet; guas de So Pedro; Charqueada; Guamium; Ibitiruna; Paraisolandia, Rio

    das Pedras; Saltinho; Santa Maria da Serra; Santa Terezinha de Piracicaba; So Pedro e Tupi.Sub-sedes: Elias Fausto/SP - Rua 21 de Abril, 62 - CEP. 13.350-00 - Fone (19) 3821.1939

    Monte-Mor/SP - Rua 25 de Janeiro, 48 - CEP. 13.190-000 - Fone (19) 3889.2220Rio das Pedras/SP. Rua Prudente de Morais, 566 - Sala: 5 - Fone (19) 3493.3948

    EDITAL DE CONVOCAO DE ASSEMBLIA GERALO Presidente da entidade supra, no uso de suas atribuies legais e estatutrias, convoca

    todos os integrantes da categoria de sua base territorial para participarem da AssembliaGeral, a ser realizada as 19:00 horas nos dias citados : 04 de Setembro de 2009 de em Capivari-SP na Rua Padre Fabiano n413, Centro; no dia 08 de Setembro de 2009 em Elias Fausto naRua 21 de Abril n. 62 Centro e no dia 09 de Setembro de 2009 em Monte Mor na Rua 25 dejaneiro n 48 - Centro, a fim de deliberarem sobre a ordem do dia: A) apresentao, discussoa aprovao da pauta de reivindicaes a ser apresentada junto ao patronal para o ano de 2009/20010. B) discusso e deliberao dos porcentuais, bem como a forma e prazo para descontoem folho de pagamento dos abrangidos pela norma coletiva, das contribuies Assistenciaise para o custeio confederativo (Constituio Federal. Inciso IV do artigo 8), inclusive a formae prazo para a oposio pelos integrantes da categoria ao desconto das contribuies. C)Discusso e aprovao das condies em que haver paralisao coletiva caso as a categoriapatronal se recusem a discutir as reinvidicaes constantes da pauta a ser aprovada, bem assimse recusem a cumprir avena coletiva, depois de formalizada; D) Concesso de poderes aoSindicato no Comercio de Capivari, Piracicaba e Regio, para afirmar formas coletivas, ouinstaurar Dissdio Coletivo de Trabalho, se for o caso. Na forma do artigo da CLT. A assembliasomente poder deliberar em primeira convocao com a presena e votao de 1/3 (um tero)dos empregados no comercio e integrantes da categoria, e em segunda convocao, uma horaaps com qualquer numero de comercirios presente.

    Capivari, 20 de Agosto de 2009.

    NELSON DOS SANTOSPRESIDENTE

  • Capivari, 22 de Agosto de 2009.

    Dr. Annibal C. G. Rossi

    Clnica e Cirurgia VascularCRM-39562

    Consultrio:Rua Joo Vaz, 36 - Capivari/SP - Fone: (19) 3491-2973

    Residncia: (19) 3491-1042

    Dr. Renato Lembo Silveira

    Fisioterapia nas reas de: Ortopedia - Neurologia - Pneumologia- Reumatologia / Geriatria - R.P.G. (Reeducao Postural Global)

    FisioterapeutaCrefito 13210-F

    Rua Sinharinha Frota, 700 - Centro - Capivari / Fone: 3491-2236 / 3492--2605

    Convnios: Unimed, Amhpla, Sade Bradesco, Sindicatos,Funerrias e HOSPITAL VERA CRUZ

    Dra. Renata de Ftima Scontre

    Rua Baro do Rio Branco, 709 - Centro - CapivariFone: (19) 3492-2539

    Cirurgi-DentistaCROSP 89705

    CLNICA GERAL: Endodontia - Prteses - Periodontia - Dentstica(Clareamento Dental, Coroas, Facetas, Tratamento Restaurador)

    Atendimento a adultos e crianasCONVNIOS: Uniodonto, Unimed, Aferc, Funerria So Joo e Conselvan, Sind. do Vesturio

    Dra. Bianca Stefanini Colaneri

    Rua Sinharinha Frota, 578, Centro - CapivariTelefone: (19) 3492-5678

    Cirurgi-DentistaCRO 69.789

    CONVNIOS:Funerrias, Sindicato dos Vesturios, Unimed, Sind. Metalurgicos, Racheltex, Apadani.

    Dra. Renata Stefanini ColaneriCirurgi-Dentista

    CRO 74.825

    Dr. Joo F. ReisClnica Geral

    CRM 26.405

    Consultrio:Rua Baro do Rio Branco, 490 - Telefone: (019) 3491-3343Residncia:Rua Joo Vaz, 67 - Telefone: (019) 3491-1820

    16

    Dr. Daniel Lamas

    Clnica Geral - Ortodontia

    Cirurgio-DentistaCROSP 54.937

    Graziele Garcia CaluiniPODLOGA

    CEE: 1728/80

    TRATAMENTO DOS PSHigienizao, Calos, Calosidades, Verru-gas, Plantares (olho de peixe), Unhas En-cravadas e Inflamadas, Fissuras, Micoses,

    Corte Tcnico das Unhas, Ortese(fibra de memra, acrlica, metlica),Correo para Unhas Encravadas,

    Ps Diabticos, Gestantes,Pediatria, Reflexologia eMassagens para os Ps.

    Travessa Padre Bento, 207 - Centro - CapivariFone: (19) 3492-3587 - 3488-7203

    Rua Coronel Delfino, 812 - Centro - Capivari

    Prescrio de culos - Lentes de contato- Cirurgias de catarata de ltimagerao, correo de miopia, astigmatismo e hipermetropia com laser

    Dr. Pedro LamasOftalmologista

    CRM 77.572

    Fone: (19) 3491-2764

    Rua Coronel Delfino, 812 - Centro - CapivariFone: (19) 3491-2764

    ESPAO ANAMASTE - Esttica CorporalAv. Brig. Faria Lima, 155 Vila Ftima Fone: 3491-6909

    Massagem: Relaxante, Anti-stress, Modeladora, Massofilaxia, Drenantee tambm com as novidades: Bambuterapia e a Massagem TurbinadaTratamentos para: Reduo de medidas, gordura localizada,celulite, flacidez, estrias e banho de lua, gomagem corporal,vinhoterapia, cafeterapia

    Voc vai fazer ainda chocolaterapia, preparando sua pele parareceber o vero ou inverno. Depilao e aplicao de Reike

    Patrcia Casares Corra 3491-6909 9212-5557

    Tel: 19-3492-4206R. Santa Maria, 62 Po de Acar - Capivari

    Rua Padre Haroldo, 436 - Centro - CapivariFone: (19) 3491-1621

    Dra. Caroline Ghiraldini VieiraOftalmologista

    CRM 107.862

    Dr. Rovilson VieiraOftalmologista

    CRM 26.160

    - prescrio de culos e lentes de contato- cirurgia para correo miopia/hipermetropia

    astigmatismo - cirurgia catarata porfacoemulsificao - cirurgia plstica ocular.

    Convnios com Unimed e Sindicatos

    Alpha VisionOftalmologia Clnica e Cirrgica

    Dra. Mrcia B. Quagliato Carnicelli

    - Orientao Nutricional (inclusive p/ gestantes)- Reduo de peso- Reeducao alimentar- Dietas especiais (diabetes, hipertenso arterial)- Dislepidemias (colesterol e triglicrides alterados)

    NutricionistaCRN 18.309

    POLICLNICA - CMT: RUA FERNANDO DE BARROS, 668 - CENTRO - CAPIVARITEL.(19) 3491-3547 / 3492-3111 - E-mail: marcianutri04@hotmail.com

    CONSULTAS COM

    HORA MARCADA

    CONVNIOS: Sindicatos, Funerrias e agora AMHPLA (com guias)

    Dr. Reinaldo C. de Mello

    Rua Padre Fabiano, 637 - Centro - CapivariFone: (19) 3492-2549

    E-mail: reinaldomello@hotmail.com

    Cirurgio-DentistaCirurgia Oral, Implantodontia

    e Clnica GeralCROSP 77533

    Dra. Paula Cristina BarnabCirurgi-Dentista (CROSP 88.703)

    Clnica Geral - PrteseTratamento Canal

    Convnios: Funerrias, Sind. Vesturio, Sind. Servidores Pblicos

    Fone: 3491-4262Avenida Jos Annicchino, n 1068 - Res. Santo Antnio - Capivari

    ESTTICA E DEPILAO

    - Esteticista Facial;- Drenagem Linftica Facial e Corporal ps cirrgico;- Bambuterapia; (relaxante, drenante e modeladora)- Depilao;- Extenso de clios 3D; (implante)- Designer de Sobrancelhas;- Massagem Facial com pedras frias;-Tratamento facial Nutritivo e Firmante;- Peeling Desintoxicante e clareador;- SPA para os ps com vinhoterapia;- Massagem Linfo-energtica;- Oligoterapia para Gordura localizada e celulite;- Tratamento esttico e Teraputico para Gestante;- Envoltura Corporal com Mascara negra de Caf ( reduo de medidas)- Mineral force (reduo de medidas);

    PARA NOIVAS PACOTES ESPECIAIS;VALE PRESENTE PARA OCASIES ESPECIAIS

    (forme o seu pacote)

    ATENDIMENTOCOM HORA MARCADA!!!!

    Cecilia Panza PagottoRua Coronel Delfino, 663 centro - Capivari/SP

    (19) 3491-4296 / (19) 8118-3491

    Especialista em crianas e adolescentes queapresentam dificuldades de aprendizagem, com-

    portamento e socializao. Com 7 anos de experi-ncia em Arte Terapia, tem realizado um trabalho

    inovador que atravs do desenho e pintura emtelas consegue-se um resultado maravilhoso,

    sendo visvel a evoluo da pessoa.J atua na cidade de Capivari com grupos de

    vrias escolas. Atendimento em grupo de6 pessoas, sendo turmas pela manh e pela tarde.

    Atendimento com hora marcada.

    Telefone: (19) 3491-8057Celular: (19) 9220-4932

    PsicoterapeutaMarta Piemonte

    CLNICA ESTTICAFLOR DE LIZ

    ESTTICACORPORAL, FACIAL,

    DEPILAO

    TRATAMENTOSEXCLUSIVOS

    SPA DA PELE

    Lucimara ParazziMoreira

    PODOLOGIA / ESTTICAMalvdia Alves Drigo

    DTM - Disfuno Temporomandibular e Dor Orofacial

    Rua Antonio Pires, n 383 - Centro - CapivariTel.: (19) 3491-4251 ou (19) 3023-2679

    Cirurgio DentistaClnica Geral

    Atendimentos aos sbados

    Dr. Fbio Gardin Pellegrini

  • Flvia Mantovani, da Folhade S.Paulo

    Uma a cada 214 pessoas temdoena celaca em So Paulo, deacordo com um levantamento fei-to com trs mil doadores de san-gue; o ndice considerado eleva-do e semelhante ao encontradona Europa, diz a especialista emgastroenterologia peditrica VeraLcia Sdepanian, da Unifesp (Uni-versidade Federal de So Paulo).

    Foram 35 anos convivendocom os mais diversos sintomas,principalmente gastrointestinais.O que a acompanhou por maistempo foi a anemia: Marilis Mal-donado Moraes, 48, teve o pro-blema a vida inteira. Vivia to-mando injees de ferro e se lem-bra de ter feito uma transfusode sangue aos seis anos. Apesardos tratamentos, a melhora eras temporria.

    Aos dez anos, foi diagnosti-cada com colite crnica. Tomoucorticoides, mas os sintomas con-tinuaram. Tinha diarreias repetiti-vas, falta de apetite e perda de

    peso. Passou toda a infncia e aadolescncia assim e no melho-rou no incio da vida adulta. Tra-balhava na rea de marketing deuma multinacional. Sempre queficava mais nervosa, ia direto parao banheiro, com diarreia, conta.

    Casou-se, tinha empregada,mas ningum podia fazer comidaem casa -o cheiro a enjoava.Marilis passou a se alimentar dasrefeies preparadas pela vizi-nha. Alm de no sentir o chei-ro da preparao, era um tempe-ro diferente, lembra.

    Foi em 1996, quando ela ti-nha 35 anos, que a situao saiudo controle. As crises de diarreiaficaram extremamente constan-tes, ela se debilitou muito e pas-sou a ser internada com frequn-cia. Mas seu problema continua-va uma incgnita. Os mdicosme revistaram, pediram um mon-te de exames e nada. Acharamque era um problema de fundoemocional, conta.

    Nessa poca, Marilis emagre-ceu tanto que chegou a pesar 32quilos -mede 1,61 m. A barriga,

    no entanto, ficava estufada. Nofim do ano, teve que andar, porcerca de um ms, com uma sondapermanentemente acoplada aoseu pescoo para repor os nutri-entes que perdia. Uma enfermei-ra foi contratada por sua empre-sa para ajud-la com o procedi-mento. Tambm fazia tratamentopsiquitrico contra depressoprofunda.

    Quando se internou parasubstituir a sonda, trocou deequipe mdica. Foi quando umagastroenterologista imaginou,pelos sintomas, que ela tivessedoena celaca. Pediu uma biop-sia do intestino delgado, queconfirmou a suspeita: seu orga-nismo era intolerante ao glten,uma protena encontrada no tri-go, na aveia, na cevada, no cen-teio e no malte.

    A soluo parecia radical:cortar qualquer resqucio de gl-ten da dieta. Mas a nova alimen-tao comeou j no hospital -e,com um ms, ela tinha ganhadodois quilos. Em seis meses, esta-va recuperada.

    Vanessa C. Lobo Gardin

    RUA FERNANDO DE BARROS, 1084 - CENTRO - CAPIVARI

    Tcnica em Podologia comaperfeioamento em P diabtico

    FONE: (19) 3491-7167 | 3491-4251Atendimento com hora marcada.

    REGINALDO A. DE MARIAPsiclogo/Professor

    CRP.SP 06.60610

    (Ms da Psicologia) 47 anos de regulamentaoda profisso - 2009.

    (Estaremos fazendo 47 avaliaes gratuitas) 27infantil, 10 adolescentes, 10 adultos.

    Obs: Avaliao no psicoterapia.Fone: 9150-7987 ou 3491-3993 - Rua Madre Valeria, 155,

    Centro, Capivari/SP

    Dra. Letcia F. Favarelli da Rocha

    Atendimento domiciliar nas reas de:- Neurologia - Ortopedia - Postura - Reumatologia

    - Geriatria - Respiratria - Massagem de Relaxamento

    Fone: 3491-5829 ou Cel (19) 9666-8471Rua Jlio Forti, 460 - Nova Aparecida - Capivari-SP

    FISIOTERAPEUTA - CREFITO 34142 LTF

    Mulher leva 35 anos para ter diagnstico de doena celaca

    Capivari, 22 de Agosto de 2009.

    A podloga Vanessa CalzaLobo Gardin explica algumaspatologias e como trat-las:

    Unha infeccionada:Sintomas: dor incomoda e

    persistente no canto da unha,geralmente no dedo maior(hlux)

    Caractersticas: ocorre apenetrao de um pedao daunha (espcula), na pele daprega/ sulco da unha, atingin-do as camadas internas, de-senvolvendo uma inflamao,podendo ou no surgir um gra-nuloma, que desaparece apsa remoo da espcula.

    Causas: corte incorretodas unhas, m formao, cal-ados apertados, bico fino,salto alto e acidentes.

    Como trat-los:1 Identificar a causa, re-

    mover a espcula, fazer cura-tivos at a cicatrizao.

    2 Correo do arco daunha com aplicao de rte-ses metlicas ou de fibra dememria molcula, que irotracionar a unha, corrigindosua curvatura.

    Podloga fala sobre patologias P Diabtico:So complicaes que

    ocorrem nos ps do pacientecom Diabetes Mellitus, sendoas mais comuns a neuropatiaperifrica (perda progressivada sensibilidade protetora nop e no tornozelo) e a doenavascular perifrica que predis-pe a formao de lceras.

    Como trat-los:Preveno das leses dia-

    riamente:- Examine seus ps diaria-

    mente, lave-os com sabo neu-tro e gua morna (cuidado coma temperatura da gua).

    - Seque muito bem entreos dedos, verifique a cor e atemperatura da pele.

    - Nunca ande descalomesmo em casa, use meias dealgodo e sapatos confort-veis.

    - Mantenha as unhas apa-radas em ngulo reto.

    - Hidrate seus ps paraevitar rachaduras.

    - Evite cumes gordurososque aumentam o atrito com osapato, propiciando leses.

    - Procure uma podlogapara auxili-lo no tratamentode seus ps.

    17

  • Capivari, 22 de Agosto de 2009. 18

    2009

    Horscopo de 21 27 de agosto de 2009 com professor Michel.

    Agindo em comum acordo com os colegas de trabalho conseguir re-sultados acima do esperado. Harmonia na vida a dois.

    Poder fechar associaes vantajosas. Bom tambm para marcar noi-vado ou casamento.

    Negcios que estavam parados ganham apoio dos astros. Bom climacom a pessoa amada.

    Chances em jogos e sorteios. Escute o que a pessoa amada tem a dizer.Fique perto da famlia e amigos.

    Ser uma semana em que deve se empenhar para alcanar os objetivosno trabalho. Entrada extra de dinheiro.

    Profissionalmente o perodo de muito sucesso. Unio afetiva firme eduradoura. Sade normal.

    Os astros indicam que as vitrias comeam a surgir no trabalho. Nadade novo no amor.

    No tome decises de cabea quente. Dificuldades financeiras atrapa-lharo a vida a dois.

    Os astros acenam com a oportunidade de resolver assuntos relaciona-dos a imveis. Amor com ternura.

    Conte com a proteo de pessoas influentes nos negcios. Tudo azulno amor. Evite viajar.

    Conseguir dar novo rumo ao trabalho. Positivo para compras ou mu-danas em seu lar. Boas perspectivas no romance.

    poca positiva no trabalho. Transaes comerciais devem render aci-ma do esperado. No amor, romantismo.

    Palavras Cruzadas

    HumorO BaixinhoCerta vez, um baixinho desses bem baixinhos mesmo, estava passando por uma rua em queacabara de ocorrer um acidente de carro. Aquele monte de gente, no deixava o baixinho vernada do acidente.Ele tentava passar por baixo das pessoas, mas no tinha espao nenhum. Ento ele teve umabrilhante idia e saiu gritando: Abram espao! Chegou o irmo do morto! Eu sou o irmo da vtima!Todo mundo saiu da frente.Quando ele conseguiu passar, e olhar a vtima, percebeu que era um burro, que um caminhotinha atropelado.

    A Confiana Mata o Homem Eu estou me demitindo! diz a faxineira do banco para o gerente, irada. O senhor noconfia em mim! Mas o que isso, Maria? exclama o gerente, espantado. A senhora trabalha aqui hvinte anos, eu at deixo as chaves do cofre em cima da minha mesa! Eu sei! diz a faxineira, chorando Mas nenhuma delas funciona!

    Para ter consultas e outros servios espirituais do Prof. Michel, ligue: (19)3433-2254. Site: www.almamistica.com.br

    riesTouro

    21/04 a 20/05

    Cncer

    Virgem23/08 a 22/09

    Escorpio23/10 a 21/11

    Capricrnio22/12 a 20/01

    Peixes20/02 a 20/03

    Aqurio21/01 a 19/02

    Sagitrio22/11 a 21/12

    Libra

    Leo22/07 a 22/08

    Gmeos21/05 a 20/06

    21/03 a 20/04

    23/09 a 22/10

    21/06 a 21/07

    Capa.pdfPagina 02.pdfPagina 03.pdfPagina 04.pdfPagina 05.pdfPagina 06.pdfPagina 07.pdfPagina 08.pdfPagina 09.pdfPagina 10.pdfPagina 11.pdfPagina 12.pdfPagina 13.pdfPagina 14.pdfPagina 15.pdfPagina 16.pdfPagina 17.pdfPagina 18.pdf