Zupi - ESPM

Download Zupi - ESPM

Post on 14-Dec-2014

3.533 views

Category:

Business

18 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

TRANSCRIPT

<ul><li> 1. Escola Superior de Propaganda e Marketing Projeto de Graduao ESPM 2008/1 Orientador: Luiz Fernando Garcia Monitor: Mauro Berimbau 2 3 </li> <li> 2. Agradecimentos Gustavo Zotini Eu gostaria de agradecer e dedicar este trabalho a quatro pessoas em especial: Gui, Hugo, Mxico e Rafa. Bruno Nakano Mais que para a ESPM, este PGE mostra a ns mesmos do que somos capazes. A aula acabou. Agora o que nos espera o mundo. Agradeo em primeiro lugar aos meus pais e familiares por terem acreditado e me incentivado em todos hora do show. os momentos. Ao Rafa, Gui, Hugo e Guz, parceiros de fora e pacincia durante os momentos difceis e estressantes. Thats a team, gentlemen! Hugo Medeiros Ao Will, Alvin, Ju, M, Lo e a todos os amigos que me apoiaram na concluso deste trabalho. Ione, Garcia e Mauro, pelo tempo e dedicao. Agradeo, inicialmente, a todos que me telefonaram para saber se eu ainda existia, depois das conturba- das semanas finais: minha famlia, namorada, amigos e colegas de trabalho. Work Hard &amp; be Nice to People. Falando em colegas de trabalho e amigos, agradeo ao Will, por sempre ter dado aquela forcinha extra. Valeu. Agradeo tambm meu irmo e meu pai, Higor e Joo. Enquanto eu quebro, eles ressucitam os laptops. Guilherme Rossi Agradeo aos energticos, cafs e outros estimulantes. Por fim, agradeo meu grupo: Cause we know when we add up all those inches thats going to make the Agradeo primeiramente minha famlia e minha namorada, que entenderam minha ausncia e me de- fucking difference between winning and losing, between living and dying. ram grande apoio psicolgico durante o trabalho, principalmente na fase final. Agradeo ao grupo. Foi muito bom passar esse ano com vocs, com certeza poderia ter sido muito mais difcil. Mesmo com tantas noites sem dormir, vou sentir falta das pausas para discusses filos- Rafael Buciani ficas, imitaes do Hugo, histrias do Gus, das risadas do Mxico e das frases do Rafa: Somos um grupo tranqilo. Isso bom. Mxico, Guilherme, Gustavo e Hugo. O convvio foi to agradvel quanto eu esperava. Tambm no posso deixar de agradecer Ione por vestir a camisa do grupo no momento da dia- gramao, ao Mauro pela pacincia e ateno e ao Prof. Garcia por todas as dicas, broncas e e-mails Luiz Fernando Garcia. Mauro Berimbau. Muito obrigado. engraados. Pai, Me, L, Ca pelo carinho e inspirao. Dea, pela compreenso. Ione, pela arte. Regiane, pelos bolos. Gui, pela casa. Hugo, pelos videos. Gus, pelas piadas. Mex, pelas risadas. Gabriel, pelo horrio. Marina, pelas dicas. Simon, Julia e Allan, pela Zupi. Muito obrigado. Que esse momento no seja o fim glorioso de uma poca. Mas o incio fantstico do resto das nossas vidas. 4 5 </li> <li> 3. ndice CONCORRNCIA 57 Identificao da Concorrncia 58 Revista Design Grfico 62 SUMRIO EXECUTIVO 9 Reviista Computer Arts 64 Revista Simples 66 INTRODUO 13 MERCADO 69 A EMPRESA 17 Mercado Editorial de Revistas 70 Histrico da Empresa 19 Revistas Segmentadas 73 Modelo de Negcio 20 Subsegmento da Revista Zupi 74 Estrutura e Equipe 23 MACRO-AMBIENTE 77 A REVISTA 25 A Revista, os Leitores e os Anunciates 27 DIAGNSTICO 83 Fatores Crticos de Sucesso 84 MIX DE MARKETING 29 e Quantificao de Variveis PARA O LEITOR SWOT 86 Produto 30 TOWS 88 Consumidor 34 Distribuio 40 PROGNSTICO 91 Produo 42 Preo 43 ESTRATGIA 99 Comunicao 44 Planejamento de Marketing 100 Plano Ttico 104 MIX DE MARKETING 47 PARA OS ANUNCIANTES VIABILIDADE FINANCEIRA 125 FINANAS 53 BIBLIOGRAFIA E ANEXOS 131 6 7 </li> <li> 4. SUMRIO EXECUTIVO 8 9 </li> <li> 5. Sumrio Executivo E nesse contexto, a Revista Zupi destaca-se por mesmo Para reverter essa perspectiva, o grupo estabeleceu com apenas dois anos de lanamento ser uma marca como objetivo dobrar o share de faturamento publicitrio forte frente aos concorrentes. No entanto, seu faturamen- de 3% para 6% e aumentar de 10% para 12% o share de to total (vendas a anunciantes e leitores) o mais baixo vendas em banca para leitores. Paralelo a isso, aumentar do subsegmento em que atua (do qual pertencem as em 25% o nmero de assinantes, por ser um pblico es- revistas Computer Arts, Simples e Design-Grfico), com tratgico para a empresa. apenas 7,6% do total. Para isso, a estratgia foi desenvolvida e quebrada em No geral, dentre os problemas identificados, o principal dois planos tticos paralelos, um visando o anunciante e a pouca representatividade dos anunciantes no fatura- o outro visando o leitor. A Zupi Design uma marca criada pelo artista grfico mereceu sempre um foco de ateno duplo, com- mento da revista. Alm disso, a distribuio possui falhas Vale destacar que, por se tratar de um pequeno seg- Allan Szacher que visa divulgar contedo e estilo de vida preendendo de um lado seus leitores (seja atravs da que comprometem o sucesso da publicao com o p- mento de mercado, este ainda carece de uma base de especfico para pessoas com interesse em tudo que ro- aquisio em bancas ou pontos especiais de venda, blico leitor. E o sucesso com o leitor a alavanca para o dados histrica que permita uma anlise profunda, sendo deia o mundo das artes visuais de vanguarda e o de- seja atravs de assinatura) e, por outro lado, seus anun- sucesso com o anunciante. ainda muito pautada na opinio de seus participantes e sign. ciantes (sejam os de relacionamento direto, sejam os Dentre as oportunidades, destaca-se o fato do aumento em um processo de experimentao contnua. Isso levou A Revista Zupi, produto da Zupi Design, uma publi- que foram intermediados por agncias de propaganda). da procura por meios segmentados e qualificados entre o grupo, em vrios momentos, necessidade de con- cao que oferece aos leitores, basicamente, pequenas A Revista Zupi compete em um mercado extremamente os anunciantes e a possibilidade da Revista Zupi de prov- struo de cenrios e de estimativas quantificveis, para matrias e muitos trabalhos artsticos relacionados, prin- segmentado, inserido num contexto em que o interesse er essa demanda. o embasamento do diagnstico e conseqente tomada cipalmente, ao design grfico experimental e conceitu- por design, arte e cultura est crescendo na populao Foi prognosticado que se a Zupi no desenvolver de decises. al. ao mesmo tempo que novos competidores surgem. uma estratgia para aproveitar as oportunidades que o O projeto da Revista Zupi estuda o mercado editorial de O pblico anunciante busca, cada vez mais, associar mercado oferece (tanto o de leitores quanto o de anun- revistas ligadas ao universo das artes visuais e do de- sua marca a meios mais segmentados e relevantes para ciantes), a demanda latente ser aproveitada pela con- sign. o seu negcio, minimizando a disperso da mensagem corrncia e a Zupi, mesmo crescendo, ir perder share de Por se tratar de um meio de comunicao, a anlise entre os consumidores. mercado. 10 11 </li> <li> 6. Introduo 12 13 </li> <li> 7. 1-Introduo A Revista Zupi, as artes e o design A Revista Zupi uma publicao brasileira de design, ideal- O Design Grfico izada pelo artista grfico Allan Szacher. Em maio de 2008, fez De acordo com a ADG (Associaes dos Grficos), o design dois anos desde o seu primeiro exemplar. Suas pginas so : um processo tcnico e criativo que utiliza imagens e textos ilustradas por importantes nomes do design brasileiro e mun- para comunicar mensagens, idias e conceitos, com objetivos dial, mas tambm contribuem para a publicao uma grande comerciais ou de fundo social[2]. quantidade de jovens profissionais e estudantes. Esse con- No entanto, a Revista Zupi aborda temas mais abrangentes junto editorial, que mescla designers e artistas famosos (como que o Design descrito acima pela ADG, apesar de ser con- o designer Rico Lins ou a dupla de grafiteiros osgemeos) siderada uma revista de design para seus editores e seu com novos nomes do mercado ou o espao democrtico, pblico. Segundo os editores, a Zupi uma revista de artes como os editores descrevem a revista um dos seus prin-...</li></ul>