x:1 tiposgeradosprovageradaswpdfub13 003 06 .menor escala, nos estados unidos da am©rica. ... o

Download X:1 TiposGeradosProvaGeradasWPDFUB13 003 06 .menor escala, nos Estados Unidos da Am©rica. ... o

Post on 16-Nov-2018

215 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • ||FUB13_003_06N355846|| CESPE/UnB FUB/2013

    CONHECIMENTOS ESPECFICOSAcerca de fatos referentes teoria e histria da arquitetura, bem

    como ao patrimnio cultural, ambiental e arquitetnico brasileiro,

    julgue os itens a seguir.

    51 O revivescimento gtico, movimento que objetivou reviver

    espiritualmente e tambm as formas da arquitetura gtica,

    surgiu no final do sculo XVIII, mas floresceu principalmente

    no final do sculo XIX, na Frana, Alemanha, Inglaterra e, em

    menor escala, nos Estados Unidos da Amrica.

    52 De acordo com disposio normativa do IPHAN, nos

    terrenos contguos Esplanada dos Ministrios s sero

    admitidas as edificaes necessrias expanso dos servios

    diretamente vinculados aos ministrios do governo federal,

    no podendo ser ultrapassada a cota mxima do coroamento

    dos anexos existentes.

    53 Na arquitetura, o Neoclassicismo identifica o estilo artstico

    prprio da Europa entre 1770 e 1830, influenciado pela

    Antiguidade grega.

    54 O incio da monocultura extensiva do caf no Rio de Janeiro

    foi contemporneo chegada da famlia real portuguesa,

    comeo da sucesso de transformaes polticas que levariam

    separao do Brasil de Portugal e ao amadurecimento da

    arquitetura acadmica classicizante.

    Com referncia a representao, mtodos e tcnicas de desenho

    tcnico, julgue os itens de 55 a 59.

    55 De acordo com a norma tcnica pertinente, as etapas de

    execuo da atividade tcnica do projeto de arquitetura

    obedecem seguinte sequncia de representao: (PN-ARQ);

    (LV-ARQ); (EV-ARQ); (EP-ARQ); (AP-ARQ); (PL-ARQ);

    (PB-ARQ-opcional); (PE-ARQ).

    56 No desenvolvimento de um projeto arquitetnico, a etapa de

    pr-execuo destina-se concepo e representao das

    informaes tcnicas provisrias de detalhamento da

    edificao e de seus elementos, instalaes e componentes,

    necessrios ao inter-relacionamento das atividades tcnicas de

    projeto e suficientes elaborao de estimativas aproximadas

    de prazos e de custos dos servios de obra implicados.

    57 Perspectiva axonomtrica que representa a altura, a largura

    e a profundidade do objeto considerado na mesma escala

    conhecida como perspectiva isomtrica.

    58 Em desenho tcnico, a linha denominada trao e ponto largo

    deve ser empregada para representar planos de corte.

    59 Array um comando do Software AutoCAD, que possibilita a

    criao de vrias cpias de um conjunto de objetos de maneira

    ordenada, que poder ser retangular ou polar.

    Com relao ao desenho tcnico, julgue os itens que se seguem

    luz das normas tcnicas pertinente a esse assunto.

    60 Em uma folha de desenho, as marcas de corte servem para

    guiar o corte da folha de cpias e so executadas na forma de

    um tringulo retngulo issceles com 15 mm de lado, ou com

    dois pequenos traos de 4 mm de largura em cada canto.

    61 De acordo com a norma tcnica brasileira que trata da

    representao de um projeto de arquitetura, as linhas de

    chamada que acabam dentro do objeto devem terminar em seta.

    62 As imagens abaixo, na ordem dada, representam,

    respectivamente, os seguintes materiais: 1-Madeira em vista,

    2-Concreto em corte e 3-Ao.

    63 De acordo com a norma pertinente, no espao para texto

    representado na figura abaixo, o quadro no qual se encontra a

    letra A deve conter a planta de situao.

    A

    6

  • ||FUB13_003_06N355846|| CESPE/UnB FUB/2013

    Julgue os itens de 64 a 70 luz das normas tcnicas pertinentes aos

    parmetros a serem seguidos quando da elaborao de desenhos

    tcnicos.

    64 Para a completa designao de uma escala, deve-se usar a

    palavra ESCALA seguida da indicao da relao

    representada, da seguinte forma: ESCALA 1:1, para escala

    natural; ESCALA X:1, para escala de ampliao (X > 1);

    ESCALA 1:X, para escala de reduo (X < 1).

    65 Em uma projeo topogrfica, a curva de nvel a interseo

    de um plano horizontal situado em nvel previamente

    determinado, abaixo ou acima do nvel de referncia, e a

    superfcie a representar.

    66 Um vo passante quadrado, na parte plana de determinada

    vista, sem o auxlio de sees adicionais, deve ser indicado por

    diagonais traadas em linhas contnuas estreitas.

    67 As peas simtricas podem ser representadas pela metade,

    quando a linha de simetria dividir a vista em duas partes iguais,

    ou pela quarta partes, quando as linhas da pea de simetria

    dividirem a vista em quatro partes. A diviso da pea por linha

    que no esteja situada no mesmo lugar da linha de simetria

    no admitida.

    68 Ha dois mtodos de cotagem, e ambos podem ser utilizados

    em um mesmo desenho. Em um deles, as cotas so

    localizadas acima e paralelamente s suas linhas de cotas

    (exceo feita cotagem sobreposta); no outro, as cotas so

    apresentadas em interrupes feitas nas linhas,

    preferencialmente no centro delas.

    69 A indicao dos limites da linha de cota pode ser feita por

    seta, desde que desenhada com linhas curtas, formando

    ngulos entre 15 e 30. Essa seta pode ser aberta ou fechada

    e preenchida.

    70 Representao pictogrfica a representao em duas

    dimenses, tcnica e artstica de objetos que d a estes uma

    aparncia realista.

    O planejamento urbano entendido como o processo de criao e

    desenvolvimento de programas e aes que visam melhorar ou

    revitalizar aspectos relativos qualidade de vida da populao, em

    uma rea urbana nova ou pr-existente. No que se refere ao

    planejamento urbano, julgue os itens a seguir.

    71 A infraestrutura bsica dos empreendimentos situados em

    zonas habitacionais declaradas por lei como de interesse social

    (ZHIS) deve conter, no mnimo, sistemas de escoamento das

    guas pluviais, de abastecimento de gua potvel e de

    esgotamento sanitrio.

    72 O desenvolvimento do desenho urbano e o projeto das cidades,

    considerando o processo social conflituoso de demanda por

    espao, devem ser avaliados durante o planejamento urbano.

    73 Os zoneamentos de uso do solo, tambm conhecidos como leis

    de uso do solo, constituem os instrumentos legais que visam

    regular os diversos tipos de uso do solo e contribuem para o

    planejamento urbano.

    74 O parcelamento do solo urbano um instrumento de execuo

    da poltica de desenvolvimento e expanso urbana discutido no

    mbito estadual.

    75 Projetos urbansticos que abranjam rea superior a cem

    hectares tm de apresentar, no seu processo de licenciamento

    ambiental, os estudos de impacto ambiental e o relatrio de

    impacto ambiental.

    76 O estudo de impacto de vizinhana, previsto no Estatuto

    das Cidades, substitui o estudo de impacto ambiental e

    deve apresentar aspectos relacionados com a ventilao

    e a iluminao.

    7

  • ||FUB13_003_06N355846|| CESPE/UnB FUB/2013

    Julgue os itens seguintes, a respeito de subsistemas de infraestrutura

    urbana.

    77 Nos sistemas eltricos urbanos, um conjunto de dispositivos

    estabelece a comunicao entre a rede de distribuio e a

    instalao eltrica dos postes, sendo geralmente constituda de

    entrada da instalao consumidora no medidor de consumo.

    78 As redes de comunicaes, que, juntamente com a de energia,

    costumam ser estruturadas em sistemas areos de localizao

    de equipamentos, compreende as redes telefnica, de televiso

    a cabo e de Internet.

    79 Via expressa primria uma via de capacidade e velocidade

    bastante reduzidas, devido a eventuais intersees e permisso

    de acesso a determinados tipos de uso do solo.

    80 Os canais verdes so reas impermeveis que so instaladas

    nos sistemas de drenagem para evitar processos erosivos que

    possam danificar o subsistema.

    81 No dimensionamento de um sistema de abastecimento de gua,

    necessrio conhecer a populao consumidora e, no caso da

    existncia de unidade industrial a ser atendida por esse sistema,

    necessrio considerar, tambm, a equivalente populacional,

    que corresponde quantidade de pessoas que consumiriam a

    mesma quantidade que a unidade fabril.

    82 Para determinar o subsistema de esgotamento sanitrio

    necessrio calcular a vazo de esgoto domstico, que

    definida de acordo com a relao existente entre a quota

    per capita de abastecimento de gua e a produo de esgoto.

    Tendo em vista que o estudo da topografia permite investigar

    o locus no qual a mancha urbana se materializa, julgue os itens

    de 83 a 88.

    83 A declividade, quando expressa em porcentagem, corresponde

    ao resultado da diviso da diferena de nvel entre dois pontos

    (DN) pela distncia horizontal entre dois pontos (DH) no

    terreno multiplicado por 100.

    84 Tergo ou dorso uma superfcie cncava formada por duas

    vertentes.

    85 A distncia vertical constante entre as curvas de nvel recebe

    o nome de equidistncia e depende da escala adotada na

    representao.

    86 Define-se latitude como o valor angular do arco de meridiano

    compreendido entre o paralelo do equador e o paralelo do

    ponto a ser determinado, utilizando-se o centro da Terra como

    vrtice.

    87 A definio da longitude de um ponto deve ser feita sempre

    sobre a linha do equador, pois, caso no se projete o ponto, os

    valores dos arcos de paralelos sero diferentes ao longo de um

    mesmo meridiano devido convergncia meridiana.

    88 O centro da Terra, para efeitos de determinao de

    coordenadas geogrficas, entendido como a projeo do

    meridiano de Greenwich sobre o eixo de rotao.

    A Agenda Habitat o consenso obtido pelos pases p