workshop design thinking - semana acadêmica unila

Download Workshop Design Thinking - Semana Acadêmica Unila

Post on 07-Jul-2015

129 views

Category:

Business

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Atividades de design thinking realizadas na UNILA com as engenharias civil e de energias renováveis.

TRANSCRIPT

  • 1. metodologia

2. Alinhando expectativasO que ?Ferramentas e tcnicas que podem serutilizadas no dia a dia, pra ajudar a resolverproblemas de forma criativa.O que no ?Uma frmula mgica que resolver todos osseus problemas. 3. Contexto 4. Sustentabilidade Quais so as barreiras naConstruo Civil/Energias? Maiores problemas encontrados? Experincia do usurio. Conscientizao Gerao de NegciosTempo: 20 min 5. UNDERSTANDFerramentas de Empatia Pesquisa desk; Entrevistas; Sesso generativa Sombra Um dia na vida 6. Pesquisa DeskUtilizada para obter informaes preliminares do problema, mas emfontes de informao de pesquisa: sites, blogs, livros, revistas, etc.Registra-se a informao:Cartes de InsightMapas mentais 7. EntrevistasUtilizada para descobrir a histria por trs do problema, as experinciasdo usurio, as excees regra, sentimentos, medos, anseios esignificados.Ao mergulhar no ponto de vista de cada pessoa, percebe-se asperspectivas diferentes de um todo, sendo possvel identificarpolaridades que auxiliaro no desenvolvimento de Personas,fornecendo, assim, insumos para a gerao de ideias na fase de ideao. 8. Sesso generativaSesses para entender emoes, viso e necessidades onde os usuriospodem compartilhar suas experincias e expectativas. Com uma certaantecedncia dos encontros, distribuir os cadernos de sensibilizao(dirios) para que haja reflexo prvia sobre o tema, e assim ,maisprofundidade nos compartilhamentos 9. SombraUtilizada para observar todos os comportamentos do usurio eentender melhor seu dia-a-dia.O pesquisador segue o indivduo de maneira pouco intrusiva paraacompanhar sua interao com o produto ou servio em questo. Semperguntar ou interferir no contexto, o sombra deve registrar suasobservaes em um caderno, fotografar e/ou filmar discretamente oprocesso. 10. Um dia na vidaSituao direcionada para que o pesquisador experencie a vivncia sobo ponto de vista do usurio, usando de empatia e percebendo novasnecessidades.Os membros da equipe que forem vivenciar o contexto devem estudarsobre o tema de forma a aprender sobre os comportamentos, atitudes,limitaes a serem simuladas, e mimetizar o que o usurioexperimentaria. 11. Entendendo o usurioAtividade de campo:As hipteses levantadas inicialmente se confirmam?Como o usurio se sente?Quais seus anseios, necessidades, desejos, dificuldades?Levante o maior nmero de informaes possveis sobreo(s) seu(s) usurio(s).Tempo: 30min 12. UNDERSTANDFerramentas de Empatia (definio) Personas Mapa mental Jornada do usurio Mapa de empatia 13. PersonasDesenhos de arqutipos funcionais que sintetizam um grupo decomportamentos de um determinado usurioIdentifica-se as caractersticas: sexo, idade, classe social,comportamentos, hbitos. Com essas informaes monta-se ospersonagens. Pode-se utilizar o storytelling para personificar estesarqutipos. 14. Mapa mentalPara que os dados fiquem representados graficamente, facilitando avisualizao das informaes e relaes estabelecidas, gerar novasconexes e ter uma viso do "todo. 15. Jornada do UsurioPensar todas as etapas da interao e identificar gargalos, facilitarprocessoPode ser usada junto com as personas para explorar a relao dousurio com o produto, analisando cada etapa e buscando inovaes. 16. Mapa da empatiaQuando se tem muita informao sobre o publico, e precisa organiz-laspara entender melhor as pessoas e seus sentimentos. 17. Entendendo o usurioAgora j possvel comear a definir o usurioE seus Problemas.O mapa de empatia e as outras ferramentaspodero te ajudar.Tempo: 30min 18. Ferramentas de Ideao Brainstorming Cardpio de ideias Workshop de co-criaoCREATE 19. BrainstormingTer ideias inusitadas e teis que contribuam para criatividade einovao.Crticas no devem atrapalhar o processo criativo e a gerao de ideiasousadas. O foco deve estar em aprimorar e produzir ideias, adiando aavaliao para um momento posterior. As ideas devem ser dadas,dentro de um tema delimitado, e as ideias principais serem anotadas epost-its. interessante delimitar tempo tambm. 20. Cardpio de IdeiasConsiste em registrar as ideias que vo sendo geradas e queimediatamente esto impossibilitadas de serem colocadas em prtica,mas que podem contribuir com o projeto..Lista-se as ideias em um lugar especfico, caderno, quadro, caixa deideias, etc. 21. Workshop de Co-criaoUtilizado para estimular a criatividade e o trabalho em equipe na buscade solues com atividades dinmicas e grupos de trabalhos focados embuscar uma determinada soluo. As atividades escolhidas dependerode cada projeto e suas necessidades 22. Gerando ideias! Quais so as possveis solues a partir destes insights? Que produtos, processos, servios so criados? Como resolver esses problemas?Valorize at as ideias mais loucas! Tempo: 30min 23. Ferramentas de prototipao Prottipo em papel; Encenao; Storyboard; StorytellingDELIVER 24. Prottipo em papelRepresentar graficamente ideias, wireframes, fluxos, apps. Pode serexecutado a mo, desenho livre, colagens, etc 25. EncenaoA vivncia capaz de contribuir com uma melhora significativa daempatia e da experenciao do processo simulando a cena que desejamelhorar ou testar, seja com pessoas ou bonecos, demonstrando comoa realidade acontece. uma espcie de "teatro". 26. StoryboardUtilizado para representar visualmente o que se deseja. Mas para isso preciso ter uma ideia bem definida do que se quer passar. Com basenisso, elaborar um roteiro da histria, e em seguida a sua representaografica, seja a mo, digital, etc. 27. Storytelling utilizado para contar histrias por meio de imagens, udios edesenhos, com um contedo relevante e de fcil compartilhamento eentendimento. 28. Entregando a soluoQual a melhor forma de entregar asoluo encontrada?Com os materiais disponveis, desenvolvaseu prottipo com as ideias que foramgeradas pelo grupo.Solte sua criatividade!!Tempo: 30min 29. Entregando a soluoAPRESENTAES Formato de pitch 3 min por equipeSEJA CRIATIVO. MOSTRE VALOR. EMPATIZE COM O PBLICO! 30. No design thinking, prevalece sempre: 31. O cerne da proposta do design thinking o ser humano. E as soluespropostas visam atender trs importantes pontos:DesejabilidadeSerhumanoPraticabilidade Viabilidade 32. Desafios do design thinking Entender o problema; Fazer as perguntas certas; Colocar ideias em prtica rapidamente; Entender e aceitar que o erro faz parteda aprendizagem; Aprender com as falhas; 33. A experimentao permite que:Mais ideias sejam testadasMenos recursos sejam dispendidosSolues mais criativas e inovadoras sejas criadasGerando maiores e melhores condies de competitividade. 34. Onde saber maisLivros: Design Thinking - Tim Brown Design Thinking Inovao em negcios Mauricio ViannaSite: designkit.org 35. Referncias bmgenbrasil.com/oquee/designthinking/#.VCmusvldWs0 blog.totvs.com/melhorando-a-experiencia-de-uso-no-software-de-pdv-com-design-thinking/ blog.rodrigoseoane.com Design Thinking: uma metodologia poderosa para decretar o fim dasvelhas ideias. Tim Brow. Design Thinking Inovao em negcios Mauricio Vianna 36. Obrigada!Contatos:debora@magnidea.com.br@brauhardtwww.magnidea.com.brwww.vivendoeempreendendo.com