w22 motofreio - weg. 2 w22 motofreio eficincia e confiabilidade para a indstria fundada em 1961, a...

Download W22 Motofreio - weg.  2 W22 Motofreio Eficincia e confiabilidade para a indstria Fundada em 1961, a WEG  uma das maiores fabricantes de motores eltricos do mundo

Post on 26-May-2018

215 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • --

    Motores | Automao | Energia | Transmisso & Distribuio | Tintas

    W22 Motofreio Motor Eltrico Trifsico

  • www.weg.net

    W22 Motofreio2

    Eficincia e confiabilidade para a indstria

    Fundada em 1961, a WEG uma das maiores fabricantes de motores eltricos do mundo. Presente em mais de 100 pases, conta com mais de 25 mil colaboradores e produz mais de 12 milhes de motores anualmente. Com uma ampla gama de motores a WEG destaca-se, tambm, em aplicaes dedicadas. Focada sempre na necessidade do cliente oferece solues para os mais diversos tipos de aplicao. Os motores WEG oferecem alta eficincia, baixos custos operacionais, vida til prolongada e principalmente, segurana!

  • www.weg.net

    W22 Motofreio 3

    1 Parafusos de fixao 6 Anel de Reteno

    2 Alavanca de destravamento 7 Cubo (hub)

    3 Estator do freio (eletroim) 8 Chaveta

    4 Disco de frenagem 9 Vedao

    5 Selo do freio 10 Tampa traseira

    2

    1

    3

    15

    14

    6

    11

    9

    10

    21

    87

    3

    5

    1

    23

    4

    1213

    ndice visual

    Principais componentes do motor

    Principais componentes do freio

    1 Vedao 8 Ventilador

    2 Tampa 9 Ponte retificadora

    3 Rolamento 10 Placa de bornes

    4 Eixo 11 Caixa de ligao

    5 Rotor 12 Carcaa

    6 Olhal de iamento 13 Estator

    7 Tampa defletora 14 Chaveta

    3 4 5

    68

    9

    10

    2 1

    7

  • www.weg.net

    W22 Motofreio4

    Para que uma empresa tenha produtividade e melhor performance preciso contar com equipamentos de confiana e que trabalhem em sintonia com o que lhe foi proposto. Essa a essncia do W22 Motofreio, promover sinergia no processo de produo e aumentar a agilidade.

    W22 Motofreio

    Com sistema de frenagem de alto torque e durabilidade o W22 Motofreio ideal para equipamentos onde soexigidas paradas rpidas por questo de segurana, posicionamento preciso e economia de tempo.

    J Estrutura de carcaa que reduz a disperso do ar e melhora a dissipao trmica J Caixa de ligao com maior volume interno e facilidade de manuseio J Ps macios que facilitam o alinhamento e a instalao do motor J Carcaa com alta resistncia mecnica e baixos nveis de vibrao

    A linha W22 Motofreio surge com novidades no sistema de frenagem e na plataforma, que passa a contar com as mesmas caractersticas inovadoras que fazem da linha W22 um sucesso:

  • www.weg.net

    W22 Motofreio 5

    Padro J Potncia nominal: 0,16 a 100 cv J Nmero de Polos: 2 a 8 J Carcaas: 63 a 250S/M J Frequncia: 60 Hz J Rendimento: IR2 ou IR3 Premium J Tenso:

    J 220/380 V (carcaas 63 a 200L) J 220/380/440 V (carcaas 225S/M e 250S/M)

    J Tenso de alimentao do freio: 220-240 V J Freio normalmente fechado J Categoria: N J Fator de servio: 1,15 J Classe de isolamento: F (DT 80K) J Grau de proteo:

    J IP55 (carcaas 63 a 132M/L) J IPW55 (carcaas 160M a 250S/M)

    J Forma construtiva: B3D J Mtodo de refrigerao: TFVE (Totalmente Fechado

    com Ventilao Externa) - IC411 J Material da carcaa e caixas de ligao: Ferro fundido FC-200 J Material do ventilador:

    J Plstico (carcaas 63 a 132M/L) J Alumnio (carcaas 160M a 250S/M)

    J Material do eixo: AISI 1040/45 J Rolamentos de esferas J Vedao mancal dianteiro:

    J Vring (carcaas 63 a 200L) J WSeal (carcaas 225S/M e 250S/M)

    J Vedao do mancal traseiro: retentor sem mola J Plano de pintura: 207A (carcaas 63 a 132M/L) e 203A

    (a partir da carcaa 160M), classificados com categoria de corrosividade C2, conforme ISO 12944:2

    J Forma construtiva: B35, B5, V1, V3, V6, etc. J Grau de Proteo: IP56, IP65, IP66 J Vedao do mancal dianteiro: W3 Seal, labirinto taconite,

    INPRO/SEAL J Nvel de vibrao: Grau B J Proteo trmica do enrolamento: termostato e termistor J Resistncia de aquecimento J Prensa cabos J Chapu para montagem vertical J Pintura interna tropicalizada J Encoder (a partir da carcaa 90S) J Parafusos em ao inoxidvel J Mtodo de refrigerao: TFVF J Classe de isolamento: H J Apto para operar com inversor de frequncia* J Destravamento manual do freio (at a carcaa 200L)** J Microswitch para monitoramento do entreferro ou de

    abertura do freio (a partir da carcaa 100L) J Tenso de alimentao do freio:

    J 380-415 V J 440-480 V

    J Caixa de ligao adicional para as carcaas 160M a 250S/M

    Opcionais

    * Para motores aptos a operao com inversor de frequncia, a WEG recomenda o uso de proteo trmica no enrolamento. * * Disponvel somente para motores com grau de proteo IP55

    Caractersticas

  • www.weg.net

    W22 Motofreio6

    Otimizaes do sistema de frenagem

    Freio

    J Elemento de frico do freio promove menos desgaste e torna a frenagem mais seguraJ Segue plataforma de modelos de freios de referncia mundial (intercambivel) J Garante frenagens rpidas e precisasJ Sistema com menos partes mveis que reduz a necessidade de paradas para manuteno

    Alavanca de destravamento manual (opcional)

    J Possibilidade de deixar o eixo do motor livre em situaes de emergncia ou quando for necessrio

    Torques padronizados

    J Os torques so dimensionados por carcaa para proporcionar menores tempos de frenagem

    Retificador

    J Pode operar com variaes de tenso de at 10%J Construo robusta e compacta que o permite ficar alocado na caixa de ligao principal do motor

    Microswitch (opcional)

    J Sensor para monitoramento da abertura (I/O) ou desgaste do freioJ Informa quando o freio deve ser trocado, eliminando a necessidade de monitoramento manual

  • www.weg.net

    W22 Motofreio 7

    Caractersticas gerais

    Como funciona um freio? Para garantir paradas rpidas e precisas o sistema do W22 Motofreio age da seguinte forma: ao desligar o motor da rede, interrompida tambm a corrente da bobina do freio, que deixa de atuar. Com isso, as molas de presso empurram a armadura na direo do motor fazendo com que o disco de frenagem seja comprimido entre a armadura e a tampa traseira, freando o motor.

    Figura 1 - Representao dos componentes do freio.

    Em uma nova partida, o sistema simultaneamente liga o motor e energiza a bobina do freio. A armadura atrada contra a carcaa da bobina do freio vencendo a presso das molas e deixando o disco de frenagem livre, que se desloca axialmente, ficando afastado das superfcies de atrito. Assim, o disco liberado cessando a ao de frenagem e deixando o motor partir livremente. Alimentao da bobina do eletroim A alimentao da bobina do freio feita por corrente contnua, que pode ser fornecida diretamente por uma fonte de tenso contnua ou por uma ponte retificadora, que transforma a corrente alternada em contnua e filtra os picos indesejveis de tenso permitindo um rpido desligamento da corrente eltrica.

    Ideal para aplicaes onde paradas instantneas, precisas e seguras, controle de posicionamento e economia de energia so necessrios. O W22 Motofreio satisfaz as necessidades de aplicaes como elevadores de carga, talhas, guilhotinas, equipamentos de usinagem, teares, mquinas de embalagem, transportadores, mquinas de lavar e engarrafar, dobradeiras entre outras.

    Molas de presso

    Air gap (SL)

    Bobina do freioArmadura

    Tampa traseira

    Disco de frenagem

    Figura 2 - Detalhe da ponte retificadora dentro da caixa de ligao.

    Se a alimentao da bobina do freio for realizada por corrente contnua, esta deve ser conectada diretamente aos terminais do freio.

    A alimentao por corrente contnua proporciona maior rapidez e confiabilidade na operao do freio.A alimentao da ponte retificadora por corrente alternada (ver Figura 2) pode ser obtida de fonte independente ou dos terminais do motor, desde que o motor no seja alimentado por inversor de frequncia. Esta alimentao poder ser nas tenses de 220/230/240V, 380/400/415V ou 440/460/480V, de acordo com as caractersticas do conjunto ponte retificadora/bobina do freio. A bobina do freio pode funcionar continuamente dentro de 10% da tenso nominal.

    Ponte retificadora

  • www.weg.net

    W22 Motofreio8

    Potncia e resistncia do estator do freio

    Tabela 2 - Potncia e resistncia do estator do freio.

    Acessrios opcionais Para garantir ainda mais segurana e comodidade na aplicao, os motores W22 Motofreio podem ser fornecidos com alguns diferenciais:

    Alavanca de destravamento manual Permite que o eixo do motor possa ser liberado em casos de emergncia ou falta de energia. Pode ser fornecida para motores at a carcaa 200L.

    Figura 5 - Detalhe da alavanca de destravamento manual.

    Nota: Em condies normais de operao do motor a alavanca no pode estar acionada.

    Microswitch A partir da carcaa 100L os motores podem ser fornecidos com sensor de monitoramento de abertura (I/O) ou desgaste do freio. J Monitoramento de abertura: garante que o motor no partir se o freio estiver atuado (evita partidas do motor com o eixo travado);J Monitoramento de desgaste: indica o momento certo para fazer o ajuste ou a troca da lona do freio.

    Frenagem rpida Para frenagem rpida, a ponte retificadora deve ser alimentada conforme mostra o esquema de ligao indicado na Figura 4.

    Figura 4 - Esquema de ligao para frenagem rpida.

    Ajuste do entreferro Para garantir o bom funcionamento do freio importante que seja feita a verificao e o ajuste do entreferro (espao entre a armadura do freio e a carcaa), conforme valores indicados na Tabela 1. Tabela 1 - Valores para ajuste do entref