voz do povo 100

Download voz do povo 100

Post on 12-Mar-2016

214 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

voz do povo 100

TRANSCRIPT

  • Carro da semana

    Acesse: www.avozdopovo.com Fone: (19) 9733-7070 9850-0511 e-mail: comercial@avozdopovo.com

    Tempo Filmes em exibio Frase

    Moviecom TivoliSta Brbara d'Oeste (19)3458-7448 Cowboys & Aliens O Homem do Futuro Os Smurfs Planeta dos Macacos: A origem Premonio 5 (3D) Sem Sada

    Quinta . . . . . . . .Min 15c Max 32cSol com algumas nuvens. No chove.

    Sexta . . . . . . . . .Min 17c Max 34cSol com algumas nuvens. No chove.

    Sbado . . . . . . .Min 19c Max 35cSol com algumas nuvens. No chove.

    Domingo . . . . .Min 20c Max 34cSol e aumento de nuvens de manh. Pancadas

    de chuva tarde e noite.

    Fon

    te:

    Clim

    a Te

    mpo

    O PSDest aberto

    a todos

    Honda Fit 2012: Preo de tabela a partir de: 51.805,00

    Prefeito de So Paulo GilbertoKassab falando sobre o mais novo

    partido poltico do Brasil

  • O vereador Paulo Chocolate (PSC)participou no sbado (24) da 5 Marchapara Jesus em Americana. A marcha teveinicio na Avenida Cillos, seguindo at aPraa Comendador Mller, com apresen-taes de bandas gospel como Resgate,Oficina G3, leo da Uno e Fernan-dinho. O evento realizado anualmentepela Prefeitura de Americana desde a pro-mulgao da Lei 4.360/2006, de autoriado vereador Paulo Chocolate, que insti-tuiu a marcha no calendrio do munic-pio.

    De acordo com dados da secretaria deCultura e Turismo, a edio de 2011atraiu um pblico de aproximadamente20 mil pessoas. Participaram tambm doevento o prefeito de Americana, Diego deNadai (PSDB), a secretria de PromooSocial, Leila Pesotto, o secretrio deCultura e Turismo, Jos Vicente deNardo, o secretrio de Obras e ServiosUrbanos, Flvio Biondo, o secretrio deEducao, Luciano Corra, o diretor daGuarda Municipal, Marcelo Feola ediversos pastores e lderes religiosos domunicpio.

    2

    Dia 27 de SetembroDia Nacional do Idoso.

    Temos o que comemorar?No mais novidade para ningum que a

    sociedade brasileira vem passando por um acelera-do processo de envelhecimento. Por outro lado, noparece ter ficado claro para a comunidade em gerale para as autoridades as causas e as conseqnciasdesse processo de envelhecimento.

    O envelhecimento diz respeito diretamente prpria afirmao dos direitos humanos fundamen-tais. Atente-se para o fato de que a velhice significao prprio direito que cada ser humano tem de vivermuito, mas, certamente, viver com dignidade.

    Ora, se viver muito com dignidade um direito detodo ser humano, j que significa a prpria garantiado direito vida, o Estado precisa desenvolver edisponibilizar s pessoas envelhecidas toda uma redede servios capaz de assegurar a todas essas pessoas osseus direitos bsicos, como, por exemplo, sade,transporte, lazer, ausncia de violncia tanto noespao familiar como no espao pblico.

    Para que esses servios sejam adequadamentedesenvolvidos, as autoridades precisam conhecer operfil socioeconmico da populao atualmenteenvelhecida. Sem essa informao disposio esem planejamento, os Municpios, os Estados e aUnio no sero capazes de cumprir a sua misso.

    Sem o adequado conhecimento do perfil da po-pulao idosa nenhuma rede de promoo, pro-teo e defesa dos direitos das pessoas idosas tempossibilidade de manter-se com eficincia.

    A rede da qual se est falando deve ser formada,nos municpios maiores, por Promotoria do Idoso,Vara do Idoso, Defensoria do idoso, Conselho deDireitos do Idoso, atendimento domiciliar ao idoso,residncia temporria para idosos vtimas de violn-cia, Centro-dia para atendimento de idosos quenecessitam de atendimento dirio especializado econtinuo, oficina abrigada de trabalho para que oidoso complemente a sua renda, casas-lares, capaci-tao de cuidadores de idosos e conselheiros, reservade leitos em hospitais gerais, atendimento especia-lizados nos consultrios dos hospitais pblicos, osquais devem possuir mdicos geriatras.

    A interlocuo entre todos esses rgos e insti-tuies torna-se essencial para a garantia dos direitosdos direitos dos idosos, bem como para insero nosoramentos dos recursos necessrios para o atendi-mento das demandas das pessoas idosas.

    Por fim, preciso dizer que todasessas aes s sero efetivadas seos prprios idosos estiveremcomprometidos com a suadignidade.

    Marcelo Harteman, Jornalista e radialista,apresenta o Programa

    A Voz do Povo na SantaBrbara FM (95.9)

    MARCHAPARA JESUS Os vereadores membros da Comisso de

    Educao, Sade, Promoo Social, Cultura,Esporte e Turismo da Cmara Municipal deAmericana, Divina Bertlia (PDT) - presidente,Adelino Leal (PT) e Reinaldo Chiconi (PMDB)- membros reuniram-se nesta tera-feira (27)com o secretrio municipal de Educao,Luciano Corra, para tratar de um projeto de leique dever ser discutido em regime de urgnciana sesso ordinria de quinta-feira (29), que tratada municipalizao de cinco escolas estaduais.Tambm participaram da reunio a vereadoraLeonora do Postinho (PPS) e o vereador emexerccio Moacir Romero (PT).

    Segundo o secretrio, a municipalizao dasescolas trar benefcios s crianas. "As escolas doestado apresentam ensino e estrutura defasada secomparadas com as escolas municipais. Comessa municipalizao, o ensino ser de qualidadee igual para todos", disse Corra.

    "Nessas cinco escolas, esto utilizando apenasuma pequena parte das salas, deixando a outraparte ociosa e sem nenhum tipo de uso. Vamospegar essas escolas, fazer um remanejamento edisponibilizar duas delas para sries iniciais, duasde quinta a nona srie e uma passando a ser umacreche com disponibilidade para 200 vagas",explicou o secretrio.

    A vereadora Divina, presidente da comisso,elogiou a iniciativa do secretrio em agendar areunio para prestar esclarecimentos sobre o pro-jeto. "A iniciativa tima. O projeto vem emregime de urgncia, ento agente fica inseguroem votar sim ou no, mas dessa vez o secretrioteve a iniciativa de procurar a comisso de edu-cao para prestar esclarecimento e explicartodos os pontos apresentados no projeto. Issopassa uma maior tranquilidade", analisou a par-lamentar.

    REUNIO

    Cerca de oitenta alunos da oitava srie da EEJardim do Lago, localizado no bairro Praia Azul,participaram nesta tera-feira (27) no PlenrioDr. Antonio lvares Lobo de sesso simulada doprojeto educacional "Cmara Jovem" da CmaraMunicipal de Americana.

    Ainda na escola, os alunos apresentaram pro-jetos, moes e indicaes e elegeram osvereadores para a sesso simulada. J no Plenrio,discutiram as propostas e debateram temas comoavisos sobre os crimes praticados contra as crianas e adolescentes, inscries em braile nospontos de nibus e a criao de um projeto con-tribuindo para a limpeza da cidade. A MesaDiretora foi composta por Alan Ferreira dosSantos (presidente), Bianca Santiago Aljona(primeira secretria), e Natalia Ventura (segundasecretria). Foram discutidos trs projetos de lei,trs requerimentos e cinco moes.

    Os vereadores Adelino Leal (PT) e ThiagoBrochi (PSDB) estiveram presentes e utilizarama palavra para agradecer a participao dosalunos, falar sobre a qualidade do debate e dosprojetos apresentados e entregar os certificadosde participao.

    CMARAJOVEM

  • Reportagem3

    Cielo se diz mais forte do que emXangai e projeta recorde no Pan

    ASeleo Brasileira de natao sereuniu nesta segunda-feira paraum treinamento em conjunto,seguido de bateria de exames e entrevistano Rio de Janeiro. Dois dos destaques dogrupo, Cesar Cielo e Thiago Pereira,falaram sobre a expectativa em superar noPan-Americano de Guadalajara o recordede medalhas da edio anterior, no Rio deJaneiro.

    Exibindo confiana, Cielo, o grandenome da equipe, disse que voltou a nadarnormalmente e se declarou mais magro emais forte do que no Mundial de Xangai(disputado em julho, onde conquistoudois ouros). J Pereira, que brilhou no Rioem 2007 - quando o Brasil obteve 25 demedalhas (dez de ouro, seis de prata e novede bronze) - prometeu o maior nmero depdios possvel, apesar de temer efeitos daaltitude que marcaro os Jogos.

    "Desta vez no terei que enfrentar semi-finais, mas em compensao sero 1500mde altitude. Estou treinando muito bem,mas no sei como ser nadar essa quanti-dade de provas em lugar to alto. S vousaber quando chegar l mesmo. Vai serum obstculo para mim, mas pra todomundo tambm. Ento chegar l e fazero melhor. Vamos com o objetivo de tra-zer o maior nmero de pdios possvel",comentou Thiago Pereira, o nadadorbrasileiro que mais vezes cair na piscinano Pan, disputando sete provas (200 mcostas, 200 m e 400 m medley, 200 mpeito, 100 m costas, 4x200 m livre e

    no Mundial de Xangai 2011 (dois ouros). O nadador paulista, que enfrentou

    problemas recentes com doping, comen-tou sobre a responsabilidade. "A expecta-tiva de bater o nmero de medalhas doPan de 2007, e o time vem forte e defen-dendo ttulos tanto no feminino quantono masculino", destacou.

    "Agora a hora de botar tudo em prti-ca, apesar do Pan no ter sido o foco prin-cipal do ano. Estou em melhores condi-es fsicas do que estava no Mundial deXangai, onde tinha perdido seis quilos. Leu estava mais fraco, mas nadei bem, sque agora voltei a nadar o meu normal.Hoje sou um nadador bem melhor doque era em 2007, fui evoluindo muitocom o passar dos anos e sei que hoje soumais completo e preparado", declarouCielo.

    Lder do grupo, Cielo valorizou a pre-sena de jovens na delegao para o Pan."Desde quando acabou o Mundial deXangai a 'luzinha' da Olimpada j estacesa. No precisa terminar o ano paracomear a pensar nisto. Falta menos deum ano, e pra gente o ano olmpico jcomeou. Eu e o Albertinho (tcnico)queremos muito o bi olmpico e o objeti-vo tirar o melhor tempo da minha vida.J o time do Pan est cheio de caras novase esse primeiro contato com o grupo foiimportante, vai ajudar em Guadalajara",disse.

    Fonte: terra

    4x100 m medley). Se Pereira - com seis ouros, duas pratas e

    dois bronzes - era a grande estrela danatao nacional durante o Pan do R