Vespas parasitoides que atacam o bicho mineiro do cafeeiro

Download Vespas parasitoides que atacam o bicho mineiro do cafeeiro

Post on 24-Jun-2015

207 views

Category:

Technology

4 download

TRANSCRIPT

  • 1. VESPAS PARASITOIDES QUE ATACAM O BICHO MINEIRO DO CAFEEIRO Rogria Ins Rosa Lara Biloga, Dr., PqC do Polo Regional Centro Leste/APTA rirlara@apta.sp.gov.br Nelson Wanderley Perioto Eng. Agr., Dr., PqC do Polo Regional Centro Leste/APTA nperioto@apta.sp.gov.br O cafeeiro originrio das florestas tropicais da Etipia, Sudo e Qunia, onde vegeta naturalmente sob temperaturas mdias anuais entre 19 e 27C e pluviosidade que pode alcanar 3.800 mm/ano. O Brasil o maior produtor mundial de caf, responsvel por cerca de 30% do mercado internacional e, no Estado de So Paulo, o caf cultivado em cerca de 200 mil ha, que produziram cerca de quatro milhes de sacas de caf beneficiado. Muitos so os insetos que vivem nos cafezais, alguns dos quais so pragas importantes como o bicho-mineiro Leucoptera coffeella (Gurin-Mneville) (Lepidoptera: Lyonetiidae), a broca-do-caf Hypothenemus hampei (Ferrari) (Coleoptera: Curculionidae) e algumas espcies de cigarras (Hemiptera: Cicadidae). Nem todos os insetos que vivem nos cafezais atuam como pragas, muito pelo contrrio, existem muitas espcies de insetos que atuam como controladores naturais das populaes de pragas e, dentre esses, um grupo com muitas espcies de pequenas vespas, conhecidas por himenpteros parasitoides.

2. www.aptaregional.sp.gov.br ISSN 2316-5146 Pesquisa & Tecnologia, vol. 11, n. 1, Jan-Jun 2014 Os parasitoides so importantes na manuteno do equilbrio ecolgico e, dada sua diversidade, participam em grande parte dessa tarefa. Duas espcies de vespas parasitoides da famlia Braconidae (Hymenoptera) se destacam como controladores naturais das populaes de bicho mineiro: Orgilus niger Penteado-Dias e Stiropius reticulatus Penteado-Dias e so encontradas nas principais regies produtoras de caf. Este estudo, realizado por pesquisadores do Polo Centro Leste, Apta (Ribeiro Preto), teve por objetivo identificar bracondeos que emergiram de folhas de caf com minas de bicho mineiro de uma cultura de caf comercial. As amostragens foram realizadas na Fazenda Palmares (2118 S/ 4747 O) (Figura 1), em Cravinhos, SP, entre abril e novembro de 2009 atravs de coletas quinzenais de folhas minadas de caf, da variedade Obat. Em cada coleta foram retiradas cerca de 120 folhas minadas e/ou com pupas de bicho-mineiro (Figura 2). Figura 1. rea experimental, Fazenda Palmares, em Cravinhos, SP. Foto: PqC Dra. Rogria Ins Rosa Lara. 3. www.aptaregional.sp.gov.br ISSN 2316-5146 Pesquisa & Tecnologia, vol. 11, n. 1, Jan-Jun 2014 Figura 2. Larvas de bicho-mineiro Leucoptera coffeella (Gurin-Mneville) (Lepidoptera: Lyonetiidae). Fotomicrografia: PqC Dra. Rogria Ins Rosa Lara. As folhas minadas foram levadas para o Laboratrio de Sistemtica e Bioecologia de Parasitoides e Predadores do Polo Regional Centro Leste onde as folhas com minas ativas e/ou pupas de bicho-mineiro foram individualizadas em sacos plsticos e mantidas em condies controladas (25 2C, 12 horas de fotofase e 70 10% de UR). As folhas foram avaliadas a cada dois dias at a emergncia de adultos do bicho mineiro ou das vespas parasitoides. Em todo o perodo de amostragem foi constatada a presena de folhas infestadas pelas lagartas de bicho-mineiro. Foram coletadas 1860 folhas minadas e 299 folhas com pupas, de onde emergiram 332 exemplares de bracondeos, dentre os quais 296 de Orgilus niger (89,2% do total obtido) e 36 de Stiropius reticulatus (10,8%) (Figuras 3 e 4). As maiores frequncias de Orgilus niger foram registradas entre maio e julho de 2009 (179 exemplares, o que representou 60,4% do total obtido) e as de Stiropius reticulatus, em maio de 2009 (17 exemplares, o que representou 47,2% do total coletado). 4. www.aptaregional.sp.gov.br ISSN 2316-5146 Pesquisa & Tecnologia, vol. 11, n. 1, Jan-Jun 2014 Figura 3. Orgilus niger Penteado-Dias (Hymenoptera: Braconidae). Fotomicrografia: PqC Dra. Rogria Ins Rosa Lara. Figura 4. Stiropius reticulatus Penteado-Dias (Hymenoptera: Braconidae). Fotomicrografia: PqC Dra. Rogria Ins Rosa Lara. 5. www.aptaregional.sp.gov.br ISSN 2316-5146 Pesquisa & Tecnologia, vol. 11, n. 1, Jan-Jun 2014 Consideraes finais No cafezal estudado os perodos mais secos e frios do ano favoreceram o aumento da populao do bicho-mineiro e das vespas parasitoides. Neste perodo, a utilizao de inseticidas para o controle das populaes de bicho-mineiro deve levar em considerao a seletividade dos produtos aos inimigos naturais dado que estes organismos realizam o controle natural da praga. Referncias Bibliogrficas ABIC. Associao Brasileira da Indstria de Caf. Exportaes. Disponvel: . Acesso em: 20 dez. 2012b. IEA. Instituto de Economia Agrcola. Estatsticas de produo da agropecuria paulista. Disponvel em: . Acesso em: 24 ago. 2012. KRUG, C. A. World coffee survey. Roma: FAO, 292p. 1959. Le PELLEY, R. H. Pests of coffee. London: Longmans, 1968. 590 p. REIS, P. R.; SOUZA, J. C.; VENZON, M. Manejo ecolgico das principais pragas do cafeeiro. Informe Agropecurio, Belo Horizonte, v. 23, n. 214/215, p. 83-99, 2002.

Recommended

View more >