universidade federal fluminense escola de este trabajo tiene ... peter senge, complementada por la...

Download UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE   Este trabajo tiene ... Peter Senge, complementada por la sexta disciplina Conectividad, en sus tres ... by Peter Senge, complemented by the sixth

Post on 06-Feb-2018

216 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

    ESCOLA DE PS-GRADUAO EM ENGENHARIA DE PRODUO

    LABORATRIO DE TECNOLOGIA, GESTO DE NEGCIOS E MEIO AMBIENTE

    MESTRADO PROFISSIONAL EM SISTEMAS DE GESTO

    FLVIO BUYS GONALVES

    ORGANIZAO DE APRENDIZAGEM COM NFASE NA CONECTIVIDADE DAS PESSOAS:

    ESTUDO DE CASO

    Niteri, 2007

  • Livros Grtis

    http://www.livrosgratis.com.br

    Milhares de livros grtis para download.

  • 2

    FLVIO BUYS GONALVES

    ORGANIZAO DE APRENDIZAGEM COM NFASE NA CONECTIVIDADE DAS PESSOAS:

    ESTUDO DE CASO

    Dissertao apresentada ao Curso de Mestrado em

    Sistemas de Gesto da Universidade Federal

    Fluminense como requisito parcial para obteno do

    grau de Mestre em Sistemas de Gesto. rea de

    concentrao: Sistema de Gesto pela Qualidade Total.

    Orientador: Prof. Martius Vicente Rodrigues y Rodrigues, D.Sc.

    Niteri, 2007

  • 3

    FLVIO BUYS GONALVES

    ORGANIZAO DE APRENDIZAGEM COM NFASE NA CONECTIVIDADE DAS PESSOAS:

    ESTUDO DE CASO

    Dissertao apresentada ao Curso de Mestrado em

    Sistemas de Gesto da Universidade Federal

    Fluminense como requisito parcial para obteno do

    grau de Mestre em Sistemas de Gesto. rea de

    concentrao: Sistema de Gesto pela Qualidade Total.

    Aprovada em 29 de maio de 2007

    BANCA EXAMINADORA

    _____________________________________

    Prof. Martius V. Rodriguez y Rodriguez, D.Sc.

    Universidade Federal Fluminense - UFF - RJ

    ____________________________________

    Prof. Osvaldo L. G. Quelhas, D.Sc.

    Universidade Federal Fluminense - UFF - RJ

    _____________________________________

    Prof. Joaquim Felcio Jnior, D.Sc.

    Fundao Educacional de Caratinga - FUNEC - MG

  • 4

    AGRADECIMENTOS

    minha famlia pelo apoio dado ao longo dos anos de convivncia e amizade. Em

    especial ao pai Paulo Gonalves que, por motivos graves de sade, no pde

    acompanhar o desenvolvimento deste trabalho, meu enorme carinho e admirao

    por todos os ensinamentos e tempos inesquecveis que passamos juntos. A me

    Ayms Buys, que partiu quando eu era criana, meu agradecimento eterno por sua

    constante presena espiritual. A todos os irmos, em especial, ao irmo Paulo

    Dagoberto pela disponibilidade da amizade, confiana, inteligncia, pacincia e

    ajuda, em todos os sentidos, principalmente nestes dois ltimos anos, perodo em

    que estive envolvido com esta dissertao. Certamente, dentro e fora do contexto e

    ttulo deste trabalho, meu irmo uma "conexo humana" fora de srie!

    minha companheira e amiga Lecy pelo constante apoio, estmulo, cumplicidade e

    alegria, mesmo nos momentos mais difceis desta longa caminhada.

    Por fim, um agradecimento realmente muito especial e carinhoso minha filha

    Gabriela que por diversas vezes teve que "abrir mo" da minha companhia e

    exercitar a virtude da pacincia com serenidade. Agradeo, de corao, por me

    esperar.

    Universidade Federal Fluminense - UFF pela concesso da bolsa de estudos,

    obtida atravs de aprovao em provas e ttulos, dentro das cotas estipuladas aos

    servidores tcnico-administrativos, que permitiu que freqentasse e fosse aprovado

    neste prestigiado Mestrado Profissional em Sistemas de Gesto - MSG. Em

    retribuio e agradecimento, assumo o compromisso de aplicar a aprendizagem em

    sistemas de gesto e compartilhar todos os conhecimentos adquiridos, durante o

    perodo do mestrado, em reas de interesse da prpria UFF.

    A todas pessoas que compem a Unidade Corporativa de RH da Companhia de

    Energia, em especial a Beatriz Hallak, que se prontificaram a colaborar de forma

    direta e indireta para a elaborao e concluso desta pesquisa.

  • 5

    A todos os professores e colegas administrativos que trabalham na Faculdade de

    Direito da UFF, em especial no Departamento de Direito Privado / SDV e na Escola

    de Engenharia / LATEC, pela colaborao, pacincia e incentivos que me deram

    durante estes ltimos dois anos para desenvolver este projeto de dissertao de

    mestrado.

    A todos os professores citados a seguir pelo aprendizado e pelas suas "conexes"

    que, de alguma forma, influenciaram ou contriburam para a elaborao e concluso

    desta dissertao:

    Ao professor Mrcio Brando pelas trocas de conhecimento e aconselhamentos;

    Ao professor Antonio Plastina, pelo aprendizado de bondade e amizade;

    Ao professor Edson Alvisi, pelas dicas e oportunidades profissionais;

    Ao professor Ricardo Perlingeiro, exemplo de determinao em relao aos

    objetivos traados e metas atingidas;

    Aos irmos e professores Vanir e Vainer, pela ajuda sincera e bons conselhos em

    todas as horas;

    Ao professor Emmanuel de Paiva Andrade, exemplo de como se obter resultado e

    energia positiva;

    Ao professor e colaborador Joaquim Felcio Jnior, l de Minas Gerais, sempre

    disposto a participar e ajudar de forma sincera e assim, como eu, conectado pela

    maior e melhor rede que existe: a humana;

    Ao professor e orientador Martius V. Rodriguez y Rodriguez pela pacincia,

    conhecimentos, orientao e apoio dados ao longo desta dissertao.

    Por fim, agradeo pela amizade, sinceridade, objetividade, aprendizagem, conselhos

    e orientaes, inclusive em relao s correes finais desta dissertao de

    mestrado, recebidos do professor e coordenador geral do Mestrado Profissional em

    Sistemas de Gesto - MSG / UFF, Osvaldo L. G. Quelhas.

  • 6

    A mente que se abre a uma nova idia, jamais voltar ao seu tamanho

    original.

    (Albert Einstein)

    No h como desenvolver a potencialidade da nossa inteligncia seno

    pela interao com outras inteligncias. Esta interao consiste no trabalho

    de integrar recursos, integrar pessoas, integrar solues. Vejo este trabalho

    como indelegavelmente humano. Afinal, ainda no inventaram a vontade

    virtual, a simpatia eletrnica, a preferncia eletiva por controle remoto. A

    Conectividade Humana no consiste seno da compatibilidade na relao

    de troca entre duas ou mais pessoas, cada uma oferecendo outra a

    dinmica do conjunto dos seus potenciais que incluem sentimento e razo.

    (Heitor Chagas de Oliveira, 2004 - grifo nosso)

    O relacionamento a grande fonte do crescimento humano. A interao

    com colegas, superiores, subordinados, clientes e parceiros nos

    proporciona aprendizado, recicla nossos conhecimentos, estimula nossa

    criatividade, nos faz sentir atuantes. A conectividade que leva ao sucesso -

    nosso e da empresa - a que existe entre os seres humanos, no entre as

    mquinas.

    (Leila Navarro, 2006 - grifo nosso)

  • 7

    RESUMO

    Este trabalho tem como objetivo conhecer as prticas da gesto de aprendizagem

    organizacional e da gesto das conexes humana, funcional e organizacional

    atravs da percepo da Unidade Corporativa de Recursos Humanos da Companhia

    de Energia e compar-las com as caractersticas e variveis propostas no modelo

    conceitual de uma Organizao de Aprendizagem com nfase na Conectividade das

    Pessoas. O modelo conceitual proposto tem por base o modelo das cinco disciplinas

    da Organizao que Aprende, de Peter Senge, complementada pela sexta disciplina

    Conectividade, em suas trs dimenses, Humana, Funcional e Organizacional,

    proposta por Heitor Chagas de Oliveira. Foi utilizada estratgia de estudo de caso

    com pesquisa exploratria. Na comparao, constata-se que a maioria das

    caractersticas e variveis propostas aproxima a Companhia de Energia do modelo

    conceitual de uma Organizao de Aprendizagem com nfase na Conectividade das

    Pessoas.

    Palavras-chave: Aprendizagem Organizacional; Organizao de Aprendizagem;

    Conectividade das Pessoas.

  • 8

    RESUMEN

    Este trabajo tiene por objetivo conocer las prcticas de la gestin de aprendizaje

    organizacional y de la gestin de las conecciones humana, funcional y

    organizacional a travs de la percepcin de la Unidad Corporativa de Recursos

    Humanos de la Compaa de Energa y compararlas a las caractersticas y variables

    propuestas en el modelo conceptual de una Organizacin de Aprendizaje con

    nfasis en la Conectividad de las Personas. El modelo conceptual propuesto tiene

    por base el modelo de las cinco disciplinas de la Organizacin que Aprende, de

    Peter Senge, complementada por la sexta disciplina Conectividad, en sus tres

    dimensiones, Humana, Funcional y Organizacional, propuesta por Heitor Chagas de

    Oliveira. Se utiliz estrategia de investigacin de caso con pesquisa exploratoria. A

    la comparacin, constatase que la mayora de las caractersticas y variables

    propuestas aproxima la Compaa de Energa al modelo conceptual de una

    Organizacin de Aprendizaje con nfasis en la Conectividad de las Personas.

    Palabras llave: Aprendizaje Organizacional; Organizacin de Aprendizaje;

    Conectividad de las Personas.

  • 9

    ABSTRACT

    The objective of this research is to investigate the practices of organizational learning

    management and the management of human, functional and organizational

    connections from the perspective of the Energy Company's Human Resources

    Corporate Unit and to compare them with the characteristics and variables proposed

    in the conceptual model of a Learning Organization with Emphasis on People

    Connectivity. The proposed conceptual model is based on the five-discipline model

    from Learning Organization, by Peter Senge, complemented by the sixth discipline

    Connectivity, in its three dimensions, Human, Functional and Organizational,

    proposed by Heitor Chagas de Olivei