universidade federal de santa catarina – ministrio da edcao ms – ministrio da sade mte –...

Download UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA   – Ministrio da Edcao MS – Ministrio da Sade MTE – Ministrio do Trabalho e do emprego PLANFOR – Programa de Formao Profissional

Post on 22-May-2018

215 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

    PROGRAMA DE PS-GRADUAO EM

    ENGENHARIA MECNICA

    SISTEMA ESPECIALISTA PROTTIPO DE SUPORTE AVALIAO DE

    COMPETNCIAS: ESTUDO DE CASO PARA A EDUCAO PROFISSIONAL

    DISSERTAO SUBMETIDA

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

    PARA A OBTENO DO GRAU DE

    MESTRE EM ENGENHARIA MECNICA

    SILVANA ROSA LISBOA DE S

    FLORIANPOLIS, MAIO DE 2005

  • ii

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA PROGRAMA DE PS-GRADUAO EM

    ENGENHARIA MECNICA

    SISTEMA ESPECIALISTA PROTTIPO DE SUPORTE AVALIAO DE COMPETNCIAS: ESTUDO DE CASO PARA A EDUCAO PROFISSIONAL

    SILVANA ROSA LISBOA DE S

    Esta dissertao foi julgada adequada para a obteno do ttulo de

    MESTRE EM ENGENHARIA

    ESPECIALIDADE ENGENHARIA MECNICA

    sendo aprovada em sua forma final.

    _______________________________________ Prof. Jonny Carlos da Silva, Dr. Eng. - Orientador

    _______________________________________ Jos Antnio Bellini da Cunha Neto, Dr. Coordenador do Curso

    Banca Examinadora

    _________________________________ Prof. Acires Dias, Dr.Eng.

    __________________________________ Prof. Andr Ogliari, Dr.Eng.

    __________________________________ Prof. Armando Albertazzi Gonalves Jr., Dr.Eng.

    __________________________________ Prof. Irlan von Linsingen, Dr.Edu.

  • iii

    Eu queria uma escola que cultivasse a curiosidade e alegria de aprender que em voc

    natural.

    Eu queria uma escola que educasse seu corpo e seus movimentos; que possibilitasse seu

    crescimento fsico, sadio e normal.

    Eu queria uma escola que lhes ensinasse tudo sobre a natureza, o ar, a matria, as plantas, os

    animais, seu prprio corpo, Deus.

    Mas que ensinasse primeiro pela observao, pela descoberta, pela experimentao.

    E que dessas coisas lhe ensinasse no s a conhecer, como tambm a aceitar, amar e

    preservar.

    E que dessas coisas lhe ensinasse tudo sobre a nossa histria e a nossa terra, de uma maneira

    viva e atuante.

    Eu queria uma escola que ensinasse a vocs a usar bem a nossa lngua: a pensar e a expressar

    com clareza.

    Eu queria uma escola que ensinasse a vocs a amar a nossa literatura e a nossa poesia.

    Eu queria uma escola que, desde cedo, usasse materiais concretos pra que vocs pudessem ir

    formando corretamente os conceitos de nmeros, as operaes...

    Usando palitos, tampinhas, pedrinhas... s porcarias!!!!...fazendo vocs aprender brincando.

    Deus que livre vocs de uma escola que tenham que copiar pontos.

    Deus que livre vocs de decorar sem entender, nomes, datas, fatos...

    Deus que livre vocs de aceitar conhecimentos prontos mediocremente embalados nos livros

    didticos descartveis.

    Deus que livre vocs de ficar passivos, ouvindo e repetindo e repetindo...

    Eu tambm queria uma escola que tambm desenvolvesse a sensibilidade que vocs j tm

    para apreciar o que terno e bonito.

    Eu queria uma escola que ensinasse a vocs a conviver, a cooperar, a respeitar, a esperar, e

    saber viver numa comunidade, em unio.

    Que vocs aprendessem a transformar e criar.

    Que lhes desse mltiplos meios de vocs expressarem cada sentimento, cada drama, cada

    emoo.

    Ah! E antes que eu me esquea: Deus me livre vocs de um professor incompetente.

    Carlos Drummond de Andrade

  • iv

    Dedico este trabalho a meu esposo Anderson,

    a meus filhos Anderson Jr. e Andresa,

    a meus pais Jos e Daura,

    a meus irmos Sandra, Srgio,

    Sidnei, Silvio, Saulo

    a minha sogra Isabel

    pelo apoio incondicional que ofereceram

    e por seu amor,

    que me confortou

  • v

    AGRADECIMENTOS

    Ao Prof. Jonny que aceitou o desafio da orientao deste tema, atuando com

    competncia e dedicao para o melhoramento da Educao.

    Ao Prof. Sadir Tomasi, que alm de ter desempenhado papel essencial neste trabalho

    me ensinou muito com seu profissionalismo e competncia.

    Aos professores Acires Dias, Andr Ogliari, Armando Albertazzi Gonalves Jr. e Irlan

    von Linsingen, por aceitarem participar da avaliao deste trabalho.

    Aos professores Andr Roberto de Souza e Bruno Manoel Neves por avaliarem o

    Mtron, contribuindo com crticas e sugestes valiosas.

    Ao Prof. Fernando Forcellini por me acolher no NeDIP, onde pude conviver com Luiz

    Fernando, Brasil, Fbio, Andria, Ivo, Mrcio, Aldrwin, Fernando, George, entre outros,

    partilhando de momentos acadmicos memorveis, e em especial a minha amiga Viviane por

    ouvir meus desabafos e me incentivar a vencer os desafios de uma pesquisa.

    Ao Programa de Ps-Graduo em Engenharia Mecnica de Universidade Federal de

    Santa Catarina, em possibilitar a realizao desta pesquisa.

    Ao Centro Federal de Educao Tecnolgica de Santa Catarina, que por seu perfil

    empreendedor possibilitou e suportou este trabalho, em especial a Consuelo, Regina, Zapelini,

    Gariba e Bruno que com suas experincias acadmicas no domnio desta pesquisa

    contriburam significativamente.

    Aos colegas da Gerncia Educacional de Metal Mecnica que forneceram comigo a

    energia necessria realizao deste trabalho, em especial a Felcio e Andr.

    Ao meu amigo Christian Fernandes por me acompanhar full time na reta final.

    A Karine, Anderson, Sandra e Daura, que cuidaram dos meus filhos, Anderson e

    Andresa, nos momentos de minha ausncia e toda a minha famlia que entendeu a importncia

    deste trabalho e me apoiou.

  • vi

    SUMRIO

    Lista de Figuras........................................................................................................................ix

    Lista de Tabelas.........................................................................................................................x

    Lista de Siglas...........................................................................................................................xi

    Resumo.....................................................................................................................................xii

    Abstract..................................................................................................................................xiii

    Captulo I ..................................................................................................................................1

    Introduo..................................................................................................................................1

    1.1 - O problema.....................................................................................................................1

    1.2 - Objetivos do trabalho.....................................................................................................6

    1.3 - Metodologia de Trabalho...............................................................................................6

    1.4 Justificativa....................................................................................................................7

    1.5 - Estrutura do Trabalho.....................................................................................................7

    Captulo II..................................................................................................................................9

    A Reforma da Educao Profissional......................................................................................9

    2.1 Introduo.....................................................................................................................9

    2.2 - A Reforma da Educao Profissional no Mundo........................................................10

    2.3 - A Reforma da Educao no Brasil..............................................................................15

    2.4 - A Reforma da Educao no CEFET/SC.....................................................................19

    2.5 - A Reforma da Educao no Curso Tcnico de Mecnica da GEMM........................20

    2.6 - Consideraes Finais do Captulo...............................................................................25

    Captulo III..............................................................................................................................27

    Avaliao de Competncias....................................................................................................27

    3.1 - Introduo...................................................................................................................27

    3.2 - A Pedagogia das Competncias..................................................................................28

    3.2.1 - Conceitos bsicos............................................................................................28

    3.2.2 - Princpios norteadores de uma pedagogia das competncias.........................33

    3.2.2.1 - Uma formao humana integral, slida e omnilateral s possvel

    com justia social..........................................................................................33

    3.2.2.2 - O significado da aprendizagem.......................................................33

    3.2.2.3 - O papel dos saberes dos alunos nas atividades educativas.............34

    3.2.2.4 - A diversificao das atividades formativas.....................................34

  • vii

    3.2.2.5 - O trabalho coletivo.........................................................................35

    3.2.2.6 - A investigao integrada ao ensino-aprendizagem.........................35