universidade federal de santa catarina centro .pessoas com doen§a pulmonar obstrutiva...

Download UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO .pessoas com Doen§a Pulmonar Obstrutiva Cr´nica,

Post on 01-Dec-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CINCIAS DA SADE

    DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM

    ANA SLVIA SINCERO DOS REIS DAIANE GABRIEL

    DANIELE CRISTINA PERIN

    CUIDADOS DE ENFERMAGEM NA PERSPECTIVA DE PESSOAS COM DOENA PULMONAR OBSTRUTIVA CRNICA INTERNADAS NUM HOSPITAL DE

    REFERNCIA ESTADUAL

    FLORIANPOLIS 2009

  • ANA SLVIA SINCERO DOS REIS

    DAIANE GABRIEL DANIELE CRISTINA PERIN

    CUIDADOS DE ENFERMAGEM NA PERSPECTIVA DE PESSOAS COM DOENA PULMONAR OBSTRUTIVA CRNICA INTERNADAS NUM HOSPITAL DE

    REFERNCIA ESTADUAL

    Trabalho de Concluso de Curso de Graduao apresentado ao Curso de Graduao em Enfermagem, da Universidade Federal de Santa Catarina, para obteno do grau de Enfermeira. Orientadora: Prof. Dr. Betina H. Schlindwein Meirelles.

    FLORIANPOLIS 2009

  • AGRADECIMENTOS

    Primeiramente Deus... Pela presena constante em nossas vidas, pela fora e sabedoria

    em todos os momentos e principalmente durante a realizao deste trabalho.

    A nossas famlias... Pelo apoio e amor incondicionais, que mesmo distantes estiveram

    sempre presentes para nos ouvir, acolher e consolar nos momentos difceis e que vibram

    com nossas vitrias ao longo destes quatro anos.

    Aos amigos... Que agentaram nossos momentos de mau humor, lgrimas, ataques de

    bobeira e risos, que juntos sorriram, brincaram, choraram. Que juntos, a cada final de

    semestre comemoraram... Que mesmo separados por campos de estgio, no deixaram de

    se encontrar nos aniversrios, churrascos, Happy hours, reuniezinhas. Enfim... Por

    todos os momentos que passamos juntos e pelos que ainda vamos passar.

    Aos amores... Que nos incentivaram, apoiaram e que souberam compreender nossa

    ausncia... Pela pacincia nos momentos difceis. Pelo abrao apertado aps semanas

    longe. Pelas ligaes dirias, trazendo palavras de carinho e amor.

    nossa orientadora Betina... Pelos ensinamentos e incentivo, por acreditar em nossa

    capacidade e nos mostrar o caminho para alcanar nosso objetivo. Pelas vrias horas de

    orientao, pelos e-mails respondidos de madrugada. Voc faz parte dessa Vitria!

    Aos nossos supervisores de estgio, Enfermeira Alzira, Enfermeiro Danton e em especial

    Enfermeira Isabel... Pela pacincia, ateno, confiana e compreenso. Por nos

    proporcionar oportunidades dirias de aprendizado e prtica profissional. E principalmente

    pela amizade.

    equipe de enfermagem da Unidade de Pneumologia do hospital Nereu Ramos, que

    contribuiu tambm para nosso aprendizado. Pelos momentos de brincadeiras e

    descontrao e tambm por confiar em nossa capacidade de atuao junto a eles.

  • RESUMO

    A Doena Pulmonar Obstrutiva Crnica est se tornando um grande problema de

    sade pblica, portanto o cuidado s pessoas com essa patologia um importante campo de ao para a enfermagem. Desta forma de extrema importncia estudos relacionados a este tema, principalmente no que se refere ao aprimoramento dos cuidados de enfermagem prestados a essas pessoas. Este trabalho teve como objetivo conhecer as necessidades de cuidado de enfermagem que as pessoas com Doena Pulmonar Obstrutiva Crnica consideram essenciais para a melhoria da sua qualidade de vida, em um servio de referncia estadual no atendimento em pneumologia. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, na modalidade convergente assistencial e de natureza exploratria. A coleta de dados foi de maro a abril de 2009, sendo realizadas entrevistas semi-estruturadas com seis pessoas com Doena Pulmonar Obstrutiva Crnica, adultos e idosos, de ambos os sexos, com tempo de diagnstico da doena igual ou maior que dois anos, internados no servio durante o perodo de coleta dos dados. Foram abordadas questes envolvendo problemas de sade e mudanas na qualidade de vida, percepo do cuidado recebido da equipe de enfermagem e de sua rede de apoio, como tambm questes scio-econmicas e possveis fatores de risco para o desenvolvimento da doena. Aps a anlise dos dados, constatou-se que as pessoas com Doena Pulmonar Obstrutiva Crnica percebem como cuidados de enfermagem essenciais a ateno e o carinho resultando em uma assistncia integral e humanizada. O cuidado de enfermagem pessoa com DPOC, que considere o vnculo entre profissionais e pacientes, estimulando e considerando as escolhas do paciente relacionadas ao seu cuidado, traz o respeito a sua autonomia e, maior participao do sujeito no seu cuidado. Palavras Chave: Enfermagem. Cuidado. Doena Pulmonar Obstrutiva Crnica.

  • LISTA DE SIGLAS

    ATS American Thoracic Society

    CEPSH Comit de tica em Pesquisa com Seres Humanos

    DPOC Doena Pulmonar Obstrutiva Crnica

    GOLD Iniciativa Global para a Doena Pulmonar Obstrutiva Crnica

    HNR Hospital Nereu Ramos

    OMS Organizao Mundial da Sade

    PCA Pesquisa Convergente Assistencial

    SM Salrio Mnimo

    SUS Sistema nico de Sade

    TCLE Termo de Consentimento Livre e Esclarecido

    UFSC Universidade Federal de Santa Catarina

    VEF1 Volume Expiratrio Forado no Primeiro Segundo

  • LISTA DE QUADROS

    Quadro 1: Perfil scio-econmico das pessoas com DPOC submetidas pesquisa...............29

    Quadro 2: Histrico sade/doena das pessoas com DPOC submetidas pesquisa. .............30

  • SUMRIO

    1 INTRODUO ..................................................................................................................10

    2 OBJETIVOS .......................................................................................................................12

    2.1 OBJETIVO GERAL ...........................................................................................................12 2.2 OBJETIVOS ESPECFICOS..............................................................................................12

    3 REVISO DE LITERATURA...........................................................................................13

    3.1 DOENA PULMONAR OBSTRUTIVA CRNICA (DPOC) .........................................13 3.2 CUIDADO DE ENFERMAGEM PESSOA COM DPOC ..............................................15

    4 METODOLOGIA...............................................................................................................18

    4.1 TIPO DE PESQUISA .........................................................................................................18 4.2 LOCAL DE PESQUISA.....................................................................................................19 4.3 SUJEITOS DA PESQUISA................................................................................................19 4.4 COLETA DE DADOS........................................................................................................19 4.5 REGISTRO DAS INFORMAES...................................................................................20 4.6 ANLISE DOS DADOS....................................................................................................20 4.7 ASPECTOS TICOS..........................................................................................................21

    5 RESULTADOS ....................................................................................................................23

    6 CONSIDERAES FINAIS..............................................................................................41

    REFERNCIAS .....................................................................................................................42

    APNDICES ...........................................................................................................................46

    ANEXOS .................................................................................................................................51

  • 10

    1 INTRODUO

    A transio epidemiolgica e demogrfica no Brasil vem ocorrendo

    significativamente desde a dcada de 60, com o aumento da expectativa de vida e diminuio

    da taxa de natalidade, resultando em um aumento significativo da prevalncia das doenas

    crnicas no transmissveis. Em 1930, as doenas infecciosas eram responsveis por cerca de

    46% das mortes em capitais brasileiras. Posteriormente, verificou-se uma reduo

    progressiva, sendo que em 2003, essas doenas foram responsveis por apenas, cerca de 5%

    das mortes (MALTA, 2006).

    O alto ndice de morbimortalidade causado pelas doenas infecciosas vem sendo

    substitudo pelas doenas crnicas no transmissveis, as quais atualmente, so responsveis

    por 60% dos casos em todo o mundo. O crescimento to intenso que, no ano 2020, 80% da

    carga de doena dos pases em desenvolvimento devem decorrer de problemas crnicos

    (ORGANIZAO PAN-AMERICANA DA SADE, 2003).

    Dentre os problemas crnicos de sade mais freqentes, a Doena Pulmonar

    Obstrutiva Crnica (DPOC) uma das principais causas de morbimortalidade em todo o

    mundo. Segundo Campos (2007), cerca de 40% a 70 % dos pacientes com DPOC morrem em

    at cinco anos aps o diagnstico, motivo pelo qual, est sendo considerado um grave

    problema de Sade Pblica em ascenso, sendo dentre as principais causas de doena e morte,

    a nica cujos indicadores vm aumentando gradualmente. Conseqentemente, se as taxas de

    mortalidade no se alterarem, em 2020 a DPOC estar em terceiro lugar no ranking global das

    causas de morte e de incapacitao.

    Neste contexto global, a DPOC responsvel atualmente por um crescimento

    significativo no nmero de morbimortalidade tambm no Brasil.

    Segundo Lorenzi (2004), em 2003, a DPOC foi a quinta doena na lista de

    internao do Sistema nico de Sade (SUS)

Recommended

View more >