universidade federal de pernambuco ... ... compositor baiano caetano veloso ao longo de seus 50 anos

Download UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO ... ... compositor baiano Caetano Veloso ao longo de seus 50 anos

If you can't read please download the document

Post on 14-Feb-2020

12 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

    CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO

    PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO

    UM ÍDOLO, UM PATETA, UM MITO DA MULTIDÃO:

    A CONSTRUÇÃO DA IMAGEM DE CAETANO VELOSO

    COMO ARTISTA E INTELECTUAL ATRAVÉS DA MÍDIA

    Carlos André Rodrigues de Carvalho

    RECIFE

    2015

  • UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

    CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO

    PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO

    UM ÍDOLO, UM PATETA, UM MITO DA MULTIDÃO:

    A CONSTRUÇÃO DA IMAGEM DE CAETANO VELOSO

    COMO ARTISTA E INTELECTUAL ATRAVÉS DA MÍDIA

    Carlos André Rodrigues de Carvalho

    Tese apresentada ao Programa de Pós-

    Graduação em Comunicação (PPGCOM) da

    Universidade Federal de Pernambuco (UFPE),

    como requisito para obtenção do título de

    doutor em Comunicação, sob orientação do

    professor Thiago Soares.

    Recife, abril de 2015

  • A minha mãe, por tudo.

  • AGRADECIMENTOS

    Ao meu orientador, Thiago Soares, tão amigo, tão gentil e o mais pop de todos os

    orientadores que já tive.

    A Maria do Carmo Nino, grande amiga, incentivadora e corresponsável por uma parte deste

    trabalho.

    A Cleodon Coelho, meu amigo há mais de duas décadas, apaixonado como eu por música

    popular, e que ao longo desses anos vem me presenteando com livros, discos, DVDs e

    incontáveis recortes de jornais e revistas que também compõem o corpus deste trabalho.

    A Karla Patriota, dona de uma generosidade sem igual e que sempre acreditou em mim, às

    vezes mais do que eu mesmo.

    A Zuleide Duarte, gentil, amiga e generosa, pelas dezenas de livros emprestados e pelas

    sugestões que ajudaram a enriquecer este trabalho.

    A todos os meus professores do doutorado, que compartilharam comigo seus conhecimentos.

    A Mauro Rogério, pela torcida e pela força em todos os momentos.

    A Solange Tavares, que, ao me levar para a docência, concedeu-me a oportunidade de

    redirecionar minha vida profissional.

    A Mariana Andrade, minha grande amiga e incentivadora.

    Ao meu cachorro, Chester, minha única companhia nas leituras e escrita deste trabalho nas

    muitas madrugadas insones.

    Aos sites Estante Virtual, Scridb, Mercado Livre e eBay, que me possibilitaram adquirir

    muitas das obras (algumas com edição esgotada) que constam nas referências bibliográficas

    deste trabalho.

  • “There is more to life than books

    you know but not much more”.

    Morrissey

  • RESUMO

    O objetivo desta tese é investigar as táticas de visibilidade midiática desenvolvidas pelo

    compositor baiano Caetano Veloso ao longo de seus 50 anos de trajetória artística e de que

    forma elas contribuíram ou não para a construção da imagem dele como artista e intelectual.

    As investigações são realizadas, principalmente, a partir de fragmentos de entrevistas do

    artista a revistas e jornais brasileiros e estrangeiros, a programas de televisão e filmes

    (documentários). O estudo parte da hipótese de que a ocupação midiática do compositor se dá

    por, entre outras estratégias, opiniões polêmicas sobre os mais diversos assuntos (política,

    religião, sexualidade, identidade nacional, estética etc.), bem como pelo atrito criado por ele

    com outras personalidades, além da sacralização do gosto do artista em vários campos e

    repercutido pela mídia.

    Palavras-chave: caetano veloso; visibilidade; mídia; música popular; entrevistas

  • ABSTRACT

    The objective of this thesis is to investigate the media visibility tacties developed by the

    bahian composer Caetano Veloso along its fifty years of artistic trajectory and how they

    contributed or not to build his image as an artist and intellectual. Investigations are conducted,

    mainly, through interviews fragments to brazilian and foreign magazines and newspapers,

    television shows and movies (documentaries). The study of the hipothesis that the media

    occupation of the composer gives by among other strategies, controversial opinions on

    various subjects (politics, religion, sexuality, national identify, esthetics etc.) as well as the

    troubles created by hm with others personalities, besides the consecreation of the artist's taste

    in various fields and reverberated by the media.

    Keywords: caetano veloso; visibility; media; popular music; interviews

  • Sumário

    INTRODUÇÃO ................................................................................................................... 11

    A entrevista midiática como ponto de partida ...............................................................................11

    O Estado da Arte de Caetano Veloso .............................................................................................14

    Caetano Veloso como sujeito midiático .........................................................................................22

    A identidade fragmentada do artista .............................................................................................28

    A estrutura da tese........................................................................................................................33

    CAPÍTULO I – Caetano como celebridade .......................................................................... 36

    1.1. Celebridade e mídia ................................................................................................................36

    1.2. O nascimento midiático de Caetano Veloso ............................................................................40

    1.3. Um pop star narcisista ............................................................................................................57

    1.4. Sexualidade, amor e amizade .................................................................................................64

    1.5. Caetano Veloso e a religião.....................................................................................................86

    CAPÍTULO II – Caetano como intelectual ......................................................................... 104

    2.1. Pop star intelectual ..............................................................................................................104

    2.2. O Brasil por Caetano .............................................................................................................121

    2.3. Caetano e a síntese da identidade nacional ..........................................................................137

    CAPÍTULO III - O gosto em Caetano Veloso .................................................................... 159

    3.1. A formação cultural ..............................................................................................................159

    3.2. Caetano e a música popular..................................................................................................171

    3.3. Caetano e o cinema ..............................................................................................................195

    3.4. Caetano e a literatura ...........................................................................................................208

    CAPÍTULO IV - A polêmica como espetáculo................................................................... 223

    4.1. Caetano e a crítica musical ...................................................................................................223

    4.2. Caetano e a imprensa ...........................................................................................................254

    4.3. Outros desafetos ..................................................................................................................271

    CONSIDERAÇÕES FINAIS ............................................................................................. 295

    REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ................................................................................ 304

  • LISTA DE IMAGENS

    Figura 1: Caetano na capa da Realidade, em 1966 ................................................................ 41

    Figura 2: O primeiro disco (1965) ........................................................................................ 42 Figura 3: Capa da Bravo! que Caetano não gostou da chamada ............................................ 53

    Figura 4: Caetano na capa do Notícias Populares ................................................................. 55 Figura 5: Caetano no espelho ............................................................................................... 59

    Figura 6: A imagem que não entrou no livro Homens e só foi publicada 34 anos depois; e a

    escolhida para o livro ............................................................................