universidade federal de pelotas centro de letras e ... fernanda neves, janaأ­na brum, laura nunes,...

Download UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS Centro de Letras e ... Fernanda Neves, Janaأ­na Brum, Laura Nunes, Luciana

Post on 28-Jul-2020

0 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS

    Centro de Letras e Comunicação

    Programa de Pós-Graduação em Letras

    Área de Concentração em Linguística Aplicada

    Tese

    La Madre em lei:

    sujeito e sentido no discurso de luta pela Terra

    Cristina Zanella Rodrigues

    Pelotas, 2018

  • Cristina Zanella Rodrigues

    La Madre em lei:

    sujeito e sentido no discurso de luta pela Terra

    Tese de Doutorado apresentada ao Programa de

    Pós-Graduação em Letras da Universidade

    Federal de Pelotas como requisito parcial à

    obtenção do Título de Doutora em Letras.

    Orientadora: Aracy Graça Ernst

    Pelotas, 2018

  • Ao Ernesto,

    meu filho.

  • Agradecimentos

    Minha gratidão às pessoas que se fizeram presentes na produção escrita deste

    texto.

    Aos parentes. Minha mãe, por ter sido a mensageira da notícia sobre a Ley de

    Derechos de La Madre Tierra e aquela que deu o pontapé inicial com a pergunta: “não

    daria uma tese?”. Meu pai, pelas caronas e pelos baurus noturnos. Meu irmão, por

    tentar encarnar o bem viver no cotidiano, à sua moda. Aos tios e tias. Aos primos e

    primas. Aos agregados.

    À orientadora Aracy Ernst, pelo incentivo constante em direção à liberdade.

    Aos colegas de LEAD, pela capacidade do humor com refinamento teórico.

    Aos mais que amigos, aqueles que estão presentes com uma memória

    heterogênea de afetos. Os responsáveis pelos lapsos de linguagem, de sorrisos, de

    lágrimas e de caminhos. Cláudia Godinho, Everton Felix, Gessi Borges, Iná Grabin,

    Fernanda Neves, Janaína Brum, Laura Nunes, Luciana Pestano, Luciana Vinhas,

    Magnun Madruga, Rebeca Fiss, Ricardo Bezerra, Suzana Teixeira e companheiros da

    canoada pelo Xingu.

    Em especial, à Márcia Pires Borges, pela leitura acurada da primeira versão e

    pelas traduções das citações em inglês. E à Júlia Costa Mendes, pelo resumé e pelas

    aulas de francês.

    À parceria de Barão Geraldo e do IEL, pelo abrigo amável e pela oportunidade

    de vivenciar outra coisa.

    Ao PPGL da UCPel, pelo acolhimento do projeto de pesquisa.

    Ao PPGL da UFPel, pelo acolhimento do PPGL da UCPel.

    Ao IFSul e ao câmpus Santana do Livramento, pela confiança na qualificação

    do servidor público e concessão do afastamento.

    À CAPEs, pela bolsa de pesquisa.

    À banca, pela leitura crítica.

  • “Indígena sem terra

    é todos sem a Terra”.

    Carlos Rennó e Chico César

    “Yo soy todo lo que recuerdo y vos, todo lo que has olvidado

    Yo me muevo entre las cosas, vos entre fantasmas cansados”.

    Gabo Ferro

  • Figura 1 - Imagem da Terra a partir dos dados do satélite GOCE que, ao levantar dados sobre o campo gravitacional do planeta, possibilitou esta figura de rocha, sem mares ou ares, em que habitam mais de 7 bilhões de almas. Fonte: ESA, [20--]1

    1 Disponível em: . Acesso em: 19 nov. 2018.

    https://www.esa.int/spaceinimages/Missions/GOCE

  • Resumo

    A proposta da presente tese de doutorado é, a partir da Análise do Discurso pechêuxtiana, apresentar uma análise de duas leis: Ley nº 71/2010 (Lei de Derechos de La Madre Tierra) e a Ley nº 300/2012 (Ley Marco de La Madre Tierra y Desarrollo Integral para Vivir Bien), promulgadas no Estado Plurinacional de Bolivia e observar como a concessão de uma subjetividade jurídica à Madre Tierra irrompe na ordem do discurso jurídico positivista movimentando uma série de efeitos de sentido. A Madre Tierra passa a ser sujeito de direito e sua descrição legal fazem ecoar, do lugar da voz dos povos indígenas, uma cosmovisão como discurso da resistência contra o silenciamento de uma memória, a vir a ser atualizada no acontecimento da urgência em buscar outra forma de convívio e de produção de energia devido ao aumento da temperatura do planeta. O gesto de interpretação sobre o nomear e o descrever a Madre Tierra desnudaram o movimento de luta ideológica e de disputa de sentidos a partir do embate discursivo funcionando num texto de lei.

    Palavras-chave: Madre Tierra; subjetividade; lei; discurso.

  • Resumé

    Cette thèse de doctorat a pour but de, à partir de l'Analyse du Discour de Pêcheux, présenter une analyse de deux lois: Loi n° 71/2010 (Loi sur les Droits de la Terre-Mère), (Ley de Derechos de La Madre Tierra), et Loi n° 300/2012 (Loi-cadre de la Terre Mère et Développement Intégral pour Bien Vivre), (Ley Marco de La Madre Tierra y Desarrollo Integral para Vivir Bien), promulguées dans l'État plurinational de la Bolivie et d’observer comment la concession d'une subjectivité légale à la Terre-Mère arrive à l'ordre du discours juridique positiviste déclenchant toute une série d'effets de sens. La Terre- Mère devient sujet de droit et sa description légale fait écho à partir de la voix des peuples indigènes à une vision du monde comme discours de résistance contre l'étouffement d'une mémoire, à être actualisée en raison de l’urgence de chercher une autre manière de cohabitation et de production d'énergie à cause de l’augmentation de la température de la planète. Le geste d'interprétation à propos de la dénomination et de la description ont dépouillé le mouvement de lutte idéologique et de conflit de sens à partir du choc discursif en cours dans un texte de loi.

    Mots-clés: Terre-Mère; subjectivité; loi; discours.

  • Abstract

    The present doctoral dissertation’s proposal is, stemming from Pecheutian Discourse Analysis, to present an analysis of two Laws:Ley no 71/2010 (Ley de Derechos de La Madre Tierra) and Ley no 300/2012 (Ley Marco de La Madre Tierra y Desarrollo Integral para Vivir Bien) enacted in the Plurinational State of Bolivia. It also aims at observing how the concession of judicial subjectivity to Madre Tierra bursts in the order of a positivist judicial discourse by actifying a series of effects of meaning. Madre Tierra becomes a subject of law and its legal description echoes — through the indigenous peoples’s voices—a worldview acting as a resistence speech against the silencing of a memory; being updated in the ocurring urgency in order to seek another way of coexisting and of energy production due to the planet’s raising temperature. The gesture of interpretation of Madre Tierra’s naming and describing despoils the ideological struggle’s and the meaning dispute’s movements as a result of the discursive struggle employed in a text of Law.

    Keywords: Madre Tierra; subjectivity; law; discourse.

  • Lista de Ilustrações

    Figura 1 Imagem da Terra a partir dos dados do satélite GOCE....................... 07

    Figura 2 Gráfico que aponta a concentração de CO2 na história do planeta.... 22

    Figura 3 Gráfico que aponta o aumento de temperatura no planeta………...... 23

  • Lista de Abreviaturas e Siglas

    AD Análise do Discurso

    BASIC Coalizão Brasil/África do Sul/Índia/China

    CIDOB Confederación de Pueblos Indígenas de Bolivia

    CNMCIOB

    “BS”

    Confederación Nacional de Mujeres Campesinas Indígenas

    Originarias de Bolivia “Bartolina Sisa”

    CMPCC Conferencia Mundial de los Pueblos sobre em Cambio Climático

    CONAMAQ Consejo Nacional de Ayllus y Markas del Qullasuyu

    CSCIB Confederación Sindical de Comunidades Interculturales Originarios de

    Bolivia

    CSUTCB Confederación Sindical Única de Trabajadores Campesinos de Bolivia

    COP Conferência das Partes

    CO2 Óxido de Carbono

    CP Condições de Produção

    IPCC Intergovernmental Panel on Climate Change

    ISA Instituto Socioambiental

    FD Formação Discursiva

    FI Formação Ideológica

    GOCE Gravity field and steady-state Ocean Circulation Explorer

    NASA National Aeronautics and Space Administration

    NOAA Nacional Oceanic and Atmospheric Administration

    OC Observatório do Clima

    OMM Organização Meteorológica Mundial

    ONU Organização das Nações Unidas

    OIT Organização Internacional do Trabalho

    SD Sequência Discursiva

    UN-NGLS United Nations Non-Governmental Liaison Service

    WMO World Meteorological Organization

  • Sumário

    1 Introdução........................................................................................................ 16

    2 A história legal: a construção das condições de produção........................ 20

    2.1 A terra febril: sintomas do aquecimento.................................................... 21

    2.2 Antropoceno, Capitaloceno e Chthuluceno............................................... 29

    2.3 Estado Plurinacional, Pacto de la Unidad y Anteproyecto de la Ley de

    La Madre Tierra...................................................................................................

    37