universidade de sأƒo paulo escola de ... ... resumo nunes, m.r. rede social de adolescentes em...

Download UNIVERSIDADE DE SأƒO PAULO ESCOLA DE ... ... RESUMO NUNES, M.R. Rede social de adolescentes em liberdade

If you can't read please download the document

Post on 28-Sep-2020

1 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

    ESCOLA DE ENFERMAGEM DE RIBEIRÃO PRETO

    MARILENE RIVANY NUNES

    REDE SOCIAL DE ADOLESCENTES EM LIBERDADE ASSISTIDA:

    UM ESTUDO EXPLORATÓRIO

    RIBEIRÃO PRETO

    2015

  • MARILENE RIVANY NUNES

    REDE SOCIAL DE ADOLESCENTES EM LIBERDADE ASSISTIDA:

    UM ESTUDO EXPLORATÓRIO

    Tese apresentada à Escola de Enfermagem de Ribeirão

    Preto da Universidade de São Paulo, para obtenção do

    título de Doutor em Ciências, Programa de Pós-Graduação

    Enfermagem em Saúde Pública.

    Linha de pesquisa: Assistência à criança e ao adolescente

    Orientador: Profa. Dra. Marta Angélica Iossi Silva

    RIBEIRÃO PRETO

    2015

  • Autorizo a reprodução e divulgação total ou parcial deste trabalho, por qualquer meio

    convencional ou eletrônico, para fins de estudo e pesquisa, desde que citada à fonte.

    FICHA CATALOGRÁFICA

    Nunes, Marilene Rivany

    pppRede social de adolescentes em liberdade assistida: um estudo exploratório. Ribeirão

    Preto, 2015.

    pp.140 p.: il. ; 30 cm

    pppTese de Doutorado, apresentada à Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto/USP. Área de

    concentração: Enfermagem em Saúde Pública.

    pppOrientador: Marta Angélica Iossi Silva

    p

    1. adolescente . 2. crime. 3. rede social. 4. assistência à saúde

  • NUNES, Marilene Rivany

    Rede social de adolescentes em liberdade assistida: um estudo exploratório

    Tese apresentada à Escola de Enfermagem de Ribeirão

    Preto da Universidade de São Paulo, para obtenção do

    título de Doutor em Ciências, Programa de Pós-Graduação

    Enfermagem em Saúde Pública.

    Aprovado em ........../........../...............

    Comissão Julgadora

    Prof. Dra.______________________________________________________

    Instituição:____________________________________________________

    Prof. Dra.______________________________________________________

    Instituição:____________________________________________________

    Prof. Dra.______________________________________________________

    Instituição:____________________________________________________

    Prof. Dra.______________________________________________________

    Instituição:____________________________________________________

    Prof. Dra.______________________________________________________

    Instituição:____________________________________________________

  • Dedico esta tese à minha mãe,

    Elvira, e ao meu esposo, Jésus.

  • AGRADECIMENTOS

    Agradeço a Deus, pelo dom da vida e pela força espiritual para a realização desta tese.

    Aos meus pais, José Antônio Nunes e Elvira Maria de Jesus, pelo apoio incondicional.

    Ao meu marido, Jésus Ribeiro, pela paciência, pelo carinho, pela ajuda e pelas palavras de

    força e incentivo.

    Aos meus filhos, Nikos, Kalil, Danty e ao meu enteado Leo, filho de coração, pelo apoio e

    incentivo constante.

    À minha orientadora, Profa. Dra. Marta Angélica Iossi Silva, pela competência extraordinária

    como orientadora nesta trajetória. Sua compreensão, seriedade e, acima de tudo, tolerância e

    estímulo foram imprescindíveis para a construção desta tese.

    Ao corpo docente e discente do Curso de Pós-Graduação Enfermagem em Saúde Pública da

    Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP, nível doutorado, pela oportunidade do

    aprendizado.

    Às colegas Cleide e Isa, pelo apoio profissional e pela amizade. Minha eterna gratidão!

    À funcionária do Programa de Pós-Graduação Enfermagem em Saúde Pública da EERP-USP,

    Shirley Figueiredo, pela ajuda constante.

    Aos funcionários do CREAS Adan, Márcia, Dijorgiana, Marcelúcia e Maria Augusta que não

    mediram esforços para me apoiar na coleta de dados.

    Ao Centro Universitário de Patos de Minas (UNIPAM) e a Secretaria Municipal de Saúde de

    Patos de Minas, pela oportunidade de construir esta tese.

    Aos adolescentes em liberdade assistida, por sua disponibilidade em participar desta pesquisa.

    A todos que contribuíram, direta ou indiretamente, para a realização deste trabalho.

  • Qualquer um pode julgar um crime tão bem quanto eu,

    mas o que eu quero é corrigir os motivos que levaram

    esse crime a ser cometido.

    Confúcio (551 a.C / 479 a.C)

    http://pensador.uol.com.br/autor/confucio/

  • RESUMO

    NUNES, M.R. Rede social de adolescentes em liberdade assistida: um estudo

    exploratório. 140f. Tese (Doutorado). Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto,

    Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015.

    Este estudo teve por objetivo analisar os sentidos da rede social de adolescentes em Liberdade

    Assistida – LA no município de Patos de Minas, estado de Minas Gerais, buscando analisar as

    características estruturais, as funções e os atributos dos vínculos presentes em suas redes

    sociais. Partiu-se do pressuposto de que esses adolescentes possuem capacidade de perceber e

    elencar as características de sua rede social. Argumentou-se que uma rede social, com

    vínculos fortes, tem impacto no que diz respeito à conduta dos adolescentes, pois ela pode

    afastá-los ou mesmo impedir o engajamento com o ato infracional. Para isso, realizou-se um

    estudo exploratório, descritivo, de abordagem qualitativa. Participaram 26 adolescentes com

    idades de 13 a 18 anos, os quais estavam em cumprimento da medida socioeducativa LA no

    Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), no referido município,

    durante os meses de janeiro a março de 2014, momento em que os dados foram coletados.

    Para a coleta dos dados, utilizou-se a entrevista semiestruturada e a construção de mapas de

    rede. Os dados foram analisados de acordo com os pressupostos do método de interpretação

    de sentidos. A partir da análise dos dados foram identificados quatro núcleos de sentido: 1)

    serviços e engajamento social; 2) membros da rede social, com destaque para figuras

    femininas; 3) essencialidade da rede social e 4) processo de adolescer e o cumprimento da

    LA. No conjunto, os dados das entrevistas e dos mapas revelaram ser significado o papel da

    família, com destaque da mãe, e do CREAS para o restabelecimento de um renovado convívio

    social dos adolescentes, possibilitando-lhes novos projetos de vida desvinculados de atos

    infracionais, como propõe a medida socioeducativa de LA. Todavia, os adolescentes não

    revelaram a existência de vínculos com profissionais de saúde. Dessa forma, pontuou-se, no

    trabalho, a necessidade de o enfermeiro, como profissional de destaque na atenção primária à

    saúde, atuar, junto a outros profissionais de saúde e educação, no sentido de fortalecer a rede

    social de adolescentes em conflito com a lei.

    Palavras-chave: adolescente. crime. rede social. assistência à saúde

  • ABSTRACT

    NUNES, M. R. Social Network of adolescents in probation: an exploratory study. 140

    pages. [PhD dissertation]. São Paulo: Ribeirão Preto College of Nursing, University of

    São Paulo, Ribeirão Preto, 2015.

    In this study we sought to analyze the meanings of social networks of adolescents in

    Probation in the city of Patos de Minas, Minas Gerais, aiming to understand the

    characteristics of the structure, functions and attributes of the ties in such networks. We used

    the assumption that adolescents in probation have the ability to perceive and rank the features

    of their social network, and argued that a social network with strong ties may impact their

    behavior, since it may drive them away from engagement with illegal acts. We then carried

    out an exploratory, descriptive, and qualitative study including 26 adolescents aged 13-18

    years, who were in compliance with probation in Specialized Reference Center for Social

    Assistance (CREAS) in the aforementioned municipality during the months from January to

    March 2014, at which time data were collected through semi-structured interview and

    construction of network maps. Data were analyzed according to the interpretation of meanings

    method. From the data analysis, we identified four units of meaning: 1) services and social

    engagement; 2) members of the social network, especially female figures; 3) essentiality of

    the social network and 4) process of adolescence development and compliance with

    Probation. Taken together, the data revealed the importance of the family – especially the

    mother –, and CREAS for promoting adolescents’ social life and a new life project without

    engagement with illegal acts. The adolescents, however, did not reveal the existence of ties

    with health professionals. In face of that, we highlighted the need for nurses, while prominent

    professionals in primary health

Recommended

View more >