uni£o europeia

Download Uni£o Europeia

Post on 14-Jun-2015

670 views

Category:

Education

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. Unio Europeia

2. Benelux O Benelux uma unio entre Blgica,Luxemburgo e Holanda, firmada em 1944. Foi uma unio de carter econmico, um passo importante na poca, no contexto da II Guerra Mundial. Hoje, o Benelux cada vez mais se aproxima de uma unio poltica, e serviu como inspirao para a posterior Unio Europeia. 3. Comunidade Europeia do Carvo e do Ao A Comunidade Europeia do Carvo e do Aofoi criada em 1951 atravs do Tratado de Paris, idealizada pelo ministro franco-alemo Robert Schumann. Foram seis os pases fundadores: Frana, Itlia, Alemanha Ocidental e o Benelux. 4. O principal objetivo da organizao eraunificar o mercado de matria-prima da Europa, assim evitando uma nova guerra como a I e a II Guerras. 5. Comunidade Econmica Europeia A CEE foi criada na mesma poca que a CECA,em 1957, depois da bem-sucedida experincia com a mesma, com o Tratado de Roma. O tratado estabelecia um mercado e impostos alfandegrios externos comuns, uma poltica conjunta para a agricultura, polticas comuns para o movimento de mo de obra e para os transportes, e fundava instituies comuns para o desenvolvimento econmico. 6. CEE aderiram posteriormente o ReinoUnido, Irlanda e Dinamarca (1973), Grcia (19 81), e, em 1986, Portugal e Espanha. O tratado havia sido assinado em Roma por uma questo simblica: o renascimento do Imprio Romano, que uniu a Europa. 7. Os primeiros anos da CEE foram conturbadosnos pases fundadores devido a alegada violao da soberania destes pases, alm da presena da Alemanha na organizao. As adeses de Reino Unido, Irlanda e Dinamarca tambm foram muito conturbadas por no haver um critrio que definisse a entrada de novos integrantes. 8. Ato nico Europeu O Ato foi a primeira grande reviso do Tratadode Roma. Incluiu emendas que propiciavam a formao de um mercado comum, e foi assinado em Luxemburgo e Haia em 1986. A maior parte dos pases submeteu a proposta ao voto parlamentar, com adeso total. Dinamarca e Irlanda submeteram a voto popular, sendo rejeitada. Os dois pases s aderiram ao Ato por manobra parlamentar-judicial. 9. Tratado de Maastricht O Tratado da Unio Europeia foi assinado emMaastricht, na Holanda, em 1992. O tratado substituiu as Comunidades Europeias pela Unio Europeia, transformando instituies independentes em uma nica organizao, formando os Trs Pilares: Integrao Poltica, Diplomtica e Judicial. 10. O tratado tambm deu maior intensidade apoltica ao Ato nico, levando a criao do Euro, em 2002. Estabeleceu tambm o Critrio Maastricht, que determinava metas econmicas para os futuros membros. A ratificao foi rpida na maior parte dos pases. 11. Tratado de Amsterd A Emenda do Tratado da Unio Europeia, oTratado das Comunidades e Outros Atos Relacionados, ou Tratado de Amsterd, foi assinado em 1997. Deu nfase a poltica de cidadania, a unio aduaneira, o livre trnsito, o compromisso com a democracia e a justia e o Parlamento Europeu. 12. A principal questo foi a representatividadedos pases dentro do Parlamento, visto que as populaes dos pases-membros eram muito distintas entre si. A questo s foi resolvida no Tratado de Lisboa, quase 10 anos depois. 13. Tratado de Nice O Tratado de Nice Emendando o Tratado daUnio Europeia, o Tratado das Comunidades e Outros Atos Relacionados foi assinado em 2001. Permite que Ex-Repblicas Comunistas aderem a EU, algo que deveria ser abordado em Amsterd, mas que no atingiu-se um consenso. 14. Tratado de Lisboa O Tratado de Lisboa Emendando o Tratadoda Unio Europeia e o Tratado das Comunidades, foi assinado em 2007. Propunha a Constituio Europeia, uma constituio nica para todos os pases da Europa. 15. Com a rejeio generalizada dos eleitorados,o tratado foi reformado, propondo uma centralizao menor que a inicialmente proposta. Continua estabelecida a Constituio Europeia, porm legislando de maneira bem mais limitada. 16. rea de Schengen O rea de Schengen uma conveno entrepases europeus sobre uma poltica de abertura das fronteiras e livre circulao de pessoas entre os pases signatrios. No deve ser confundida com a Unio Europeia: Trata-se de dois acordos diferentes, embora ambos envolvendo pases da Europa. Ele foi assinado em 1985 entre o Benelux, a Frana e a Alemanha. 17. O status Poltico da Unio A EU baseada na assinatura de tratados. Os tratados delegam poder a instituio eestabelecem instituies para exerc-lo. A Unio pode promulgar leis que afetam automaticamente todos os pases signatrios. Ela tambm possui Personalidade Legal. 18. Isto , pode assinar acordos com organismosinternacionais ou outros pases. Pelo princpio de supremacia, os pases que ratificaram tais tratados devem aplic-las, mesmo que signifique ignorar leis nacionais ou mesmo princpios constitucionais. A Irlanda fez manobras como essa repetidamente, mesmo que significasse desafiar a vontade popular. 19. O Governo da EU A Unio Europeia tem sete instituies:o Parlamento Europeu, o Conselho da Unio Europeia, a Comisso Europeia, o Conselho Europeu, o Banco Central Europeu, o Tribunal de Justia da Unio Europeia e o Tribunal de Contas Europeu. 20. O Parlamento Europeu e o Conselho da EUexercem o poder executivo do continente. O Parlamento eleito por voto direto e universal, cada pas elege um nmero proporcional de deputados, o maior colgio a Alemanha, com 96 cadeiras, e o menor Malta, com 6. O total 500. 21. J o Conselho da EU composto porministros dos pases-membros, indicados pelos chefes de estado. Os ministros da Frana, Alemanha, Itlia e Reino Unido tm, cada, 29 votos; Malta tem 3. Total de 345. 22. A Comisso o incumbido do PoderExecutivo da EU. Os comissionrios e o presidente so indicados e votados pelo Conselho da EU. J o Conselho Europeu, composto por todos os chefes de estado dos pases-membros, define a agenda poltica da organizao. 23. O Euro O euro () a moeda oficial de 17 dos 28 pases da Unio Europeia. O euro existe na forma de notas e moedas desde 1 de Janeiro de 2002, e como moeda escritural desde 1 de Janeiro de 1999. A ideia do estabelecimento da moeda nica na CEE nasceu j na dcada de 1970. No entanto, s pelo Tratado de Maastricht, de 1992 esta ideia saiu da teoria. 24. O Euro hoje uma das mais fortes moedas domundo e uma das maiores vitrias do projeto unionista da Europa. No entanto gera muita crtica por parte de alguns economistas, tendo em vista sua insustentabilidade e, supostamente, utilizado como uma forma de explorao de economias mais fracas da Europa Oriental.