umbanda- pontos cantados e memÓrias da escravidÃo

Download UMBANDA- PONTOS CANTADOS E MEMÓRIAS DA ESCRAVIDÃO

Post on 18-Jul-2015

290 views

Category:

Education

10 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1

    UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO

    CURSO DE LICENCIATURA EM HISTRIA

    RENATA POLIM

    UMBANDA- PONTOS RISCADOS E CANTADOS: MEMRIAS, NEGROS E

    INDIOS.

    SO PAULO 2014

  • 2

    RENATA DOS SANTOS POLIM

    UMBANDA- PONTOS CANTADOS E MEMRIAS DA

    ESCRAVIDO.

    TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO PARA

    OBTENO DE DIPLOMA DE LICENCIATURA

    EM HISTRIA PELA UNIVERSIDADE NOVE DE

    JULHO CAMPUS MEMORIAL DA AMRICA

    LATINA.SOB A ORTIENTAO DO PROFESSOR:

    LCIO DE MENEZES.

    SO PAULO 2014

  • 3

    Resumo

    Os pontos de Umbanda no nascem de uma simples inspirao composta pela literria ou pela

    potica, so essenciais no "Ritual da Lei de Umbanda. Dentro do mundo das religies e crenas,

    so encontrados diversos cnticos sagrados, salmos, mantras e hinos. Na Umbanda, so os pontos.

    Os pontos cantados na Umbanda no so apenas para alegrar ou animar os presentes atravs da

    msica. Segundo a doutrina das religies afro Brasileiras, so capazes de resgatar as entidades

    espirituais, e mover a natureza. Acredita se que as correntes magnticas so formadas atravs dos

    atabaques, que geralmente so tocados por homens, os (Ogans).Segundo a crena dos religiosos

    dessa matriz, a magia e vibrao desse som capaz de concentrar e preparar o mdium para uma

    incorporao. Acredita se tambm, que os pontos cantados e riscados so capazes de resgatar

    aquilo que foi vivido pelos escravos durante a escravido atravs das letras e recuperar a raiz

    histrica da vida de negros trazidos do continente Africano para o Brasil, e no somente o negro,

    mas tambm o ndio, e suas raizes. Por trs de muitas metforas e eufemismos existem narrativas

    do que foi a vida de um negro durante a escravido . A maioria dos pontos emitem mensagens de

    dor e sofrimento, porem resultam que apesar de tudo, agora, a misso dessas entidades a de

    ajudar seja negro , miscigenado ou branco, segundo os praticantes da Umbanda .

    As religies afro-brasileiras se baseiam em sistemas religiosos primevos, por isso possuem um carter

    extremamente absorvente. Todas as etapas da vida esto rodeadas de vrias caractersticas religiosas, sendo

    que estas permanecem constantes na vida dos crentes, que devem permanecer profundamente conscientes de

    sua relao com os poderes sobrenaturais. Deles se pode dizer que vive religiosamente, comem

    religiosamente e morrem religiosamente. por esse motivo que to fcil serem religies sincrticas.

    Palavras chaves: Umbanda, negro, religiosidade, afro Brasileiro.

    Definio Disponvel em: Jornal "A Tarde", de Salvador (http://www.atarde.com.br/mundoafro/?p=4259) Acesso em: Jan/2014

    PEREIRA, Linconly Jesus Alencar (http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3316)da Religio. Mestrando em Cincia da Religio (ambos pela

    PUC/SP) PPGEB - Dissertaes defendidas na UFC Acesso em: jan/2014.

    . Verger, Pierre. Notas sobre o culto aos Orixs e Voduns. So Paulo: Edusp, 2000. Especialista em Cincia da Religio. Mestrando em Cincia da

    Religio (ambos pela PUC/SP) PPGEB - Dissertaes defendidas na UFC Acesso em: jan/2014

  • 4

    Introduo

    Ao falar em religio o imaginrio das pessoas aguado, muitas vezes levando ao pr-conceito,

    principalmente no que diz respeito s religies afro brasileiras. Vale lembrar que cada religio tem

    a sua histria de formao e caractersticas que variam de localidades, etnias etc. De todas as

    religies afro-brasileiras, a Umbanda a que mais se aproxima de doutrinas Espritas Brasileiras e

    do sincretismo catlico.

    A mistura de fundamentos e preceitos religiosos no Brasil tem origem a quatro vertentes: Catlico,

    esprita, religio afro negro e a religio indgena (Pajelana).

    O Objetivo rememorar informaes sobre um passado colonial do Brasil, atravs da histria da

    Umbanda e do imaginrio de seus praticantes, para isso a metodologia utilizada a analise de

    pontos riscados e cantados em terreiros, alguns destes pontos foram sincronizados em msicas

    brasileiras como veremos em alguns exemplos ao desenvolver o artigo.

    Nas doutrina afro-brasileira da religio, so utilizados esses versos, aqui destacados e musicais

    denominados de "Pontos Cantados". No mbito geral, so poemas que caracterizam o mitolgico

    para rememorar o imaginrio dos praticantes com heris (assim denominado por eles), reis,

    representaes humanas em geral e fundamentos de sua religio.

    Aqui tambm destacaremos as representaes sociais no somente do negro, mas tambm do ndio

    e imigrante nordestino, que muito so citados nos pontos da Umbanda.

    Em diversas praticas das msicas brasileiras que aqui sero abordadas poderemos encontrar a

    hibridao de pontos cantados e riscados da Umbanda atravs do Samba e MPB, que resgatam

    memrias da cultura religiosa afro brasileira, o objetivo ao abordar as msicas do gnero poder

    sincronizar com os pontos , uma possvel Influncia centro-africana.

    Ao desenvolver o projeto, no foi possvel localizar muitos materiais que abordassem o assunto, ai

    est a importncia em destacar o papel fundamental do imaginrio presente nos ponto dentro da

  • 5

    Umbanda, para a formao cultural brasileira, as principais caractersticas presentes e as relaes

    sociais. Portanto o artigo produzido justifica-se exatamente pela necessidade de resgatar uma

    pesquisa cientifica no mbito da produo cultural da questo religioso afro brasileiro. A partir dos

    aspectos principais j citados esto presentes tambm o da msica (pontos) para o controle das

    entidades msticas, a variar por santos catlicos e Orixs, espritos indgenas (caboclos), espritos

    de ciganos, boiadeiros, baianos, escravos (Pretos Velhos e Pretas Velhas) etc.(MOREIRA 2008).

  • 6

    Por dentro da Umbanda

    Antes de iniciarmos as analises dos pontos cantados na Umbanda, levantarei alguns pontos

    importantes da doutrina, para que possamos entender a representao das entidades e suas linhas

    nos pontos que sero estudados.

    http://www.centroespiritaurubatan.com.br/estudos/sete-linhas-de-umbanda.html Acesso em: jan/2014

    Exus: OS Exus Sos guardies, soldados dos Caboclos e Preto velhos, a ponte entre os homens e

    os Orixs, lutador contra o mau, sempre de frente, sem medo, entidades destemidas segundo a

    doutrina Umbandista. (Jodelete 2001)

  • 7

    PRETOS VELHOS

    Iniciaremos analisando alguns pontos cantados de Pretos Velhos, na Umbanda.

    SAUDAAO AOS PRETOS VELHOS - ECOOU UM CANTO FORTE NA

    SENZALA

    Ecoou um canto forte na senzala (2x)

    Negro canta, negro dana

    Liberdade fez valer

    No existe sofrimento, no existe mais chibata

    S existe esperana para um novo amanhecer.

    Povo negro, povo forte

    Trabalhavam pro senhor

    E sofriam as maldades praticadas pelo feitor

    O sangue, o suor, e a lgrima

    Derrubavam s pra vida

    Pois sabiam que o sofrimento os preparavam para nova vida.

    Ecoou um canto forte na senzala...

    Dos tambores de Angola e de Minas

    Caminhavam mandou Cambinda

    So os velhinhos da Umbanda

    Esqueceram de toda a senzala

    Do cativeiro a crueldade

    Pois voltaram para essa terra para fazer caridade.

  • 8

    http://www.centroespiritaurubatan.com.br/estudos/sete-linhas-de-umbanda.html Acesso em: jan/2014

    [Esqueceu de toda a senzala

    Do cativeiro a crueldade

    Pois voltaram para essa terra

    Pra praticar a caridade]

    Pretos velhos, preta velha, vovo ou vov na Umbanda representam os negros escravos de idade j

    avanada, segundo a Umbanda so guias que vem a terra sob a forma de velhos escravos Africanos

    Que apesar dos maus tratos, da vida dura, e trabalhos forados nos cativeiros, conseguiram atingir

    idade avanada. Antes mesmo de trabalhar na Umbanda Brasileira, esses pretos velhos

    representavam grande importncia na cultura religiosa de Angola. So conhecedores de ervas e

    mandingas. Eram dedicados a cuidar espiritualmente e fisicamente de seus irmos nos

    cativeiros. Muitas vezes quando a medicina do homem branco, os senhores, falhavam eram

    chamados tambm a casa grande. Em anlise sobre os presentes temas nos cnticos, (Moreira

    2008) afirma que de prtica nos Pontos Cantados e riscados de Pretos Velhos, encontradas

  • 9

    temticas relativas vida destes escravos. Com padres que possam expressar as crenas msticas

    trazidas pelos africanos para a cultura Brasileirae claro , as representaes sociais .

    Antigamente preto apanhava, branco olhava e ria

    Hoje preto velho vem, branco senta no banco e chora

    Preto velho, portanto representam pessoas que vivenciaram o cativeiro at uma etapa mais

    avanada de suas vidas, no Brasil do sculo XIX, e tambm os negros escravos de idade avanada

    de Angola.

    Os Pretos Velhos, so Os espritos da humildade, sabedoria, experincia e pacincia. Segundo os

    praticantes da Umbanda os pontos de preto velhos , assim como os pontos de orixs servem para

    iniciar a presena das entidades, o d fora durante os trabalhos espirituais, que atraves da crenas

    desses praticantes uma fora capaz de envolver todos os presentes, com uma classe de

    sacerdotes denominados Ogans (ALMEIDA & SOUZA 2012). O ponto que irei citar a seguir

    presenciei sua entoao no templo de ME JUREMA, um terreiro localizado em So Paulo, qual

    me aceitou e deu espao para que eu possa acompanhar esses pontos.

    Ponto de preto velho:

    Saudao dos Pretos Velhos quando iniciada uma gira :

    Bate tambor

    l na Angola,