uma breve história da computação

Download Uma breve história da computação

Post on 18-Jan-2016

242 views

Category:

Documents

20 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Livro Bsico

TRANSCRIPT

  • UMA BREVE HISTRIA UMA BREVE HISTRIA DA COMPUTAO DA COMPUTAO

    Material elaborado pela:Profa. Rosely Sanches (ICMC/USP)

  • 2

    Histrico do ComputadorHistrico do Computador

    O que um computador?O que um computador?

    Quem o inventou?Quem o inventou?

  • 3

    Histrico do ComputadorHistrico do Computador

    O computadorcomputador se desenvolveu paralelamente necessidade crescente de clculos rpidosclculos rpidos e exatos da humanidade

    Os ancestraisancestrais do computador remontam a mais de 30003000 anos

  • 4

    Primeiros Mtodos de Primeiros Mtodos de ClculoClculo

    quase certo que o primeiroprimeiro instrumento de clculo que o homem utilizou foram seus prprios dedosdedos

    DEDOSDEDOS

  • 5

    Primeiros Mtodos de ClculoPrimeiros Mtodos de Clculo DEDOSDEDOS

    MULTIPLICAO DOS ROMANOSMULTIPLICAO DOS ROMANOS

    Os romanosromanos s decoravam a tabuada da multiplicao at 55

    O resto dos clculos era feito com os dedosdedos

    9 X 7 = ?9 X 7 = ?

  • 6

    9 X 7 = ?9 X 7 = ?

    10 - 9 = 1 10 - 7 = 3

    Abaixar 1 dedo Abaixar 3 dedos

    Primeiros Mtodos de ClculoPrimeiros Mtodos de Clculo - - DEDOSDEDOS MULTIPLICAO DOS ROMANOSMULTIPLICAO DOS ROMANOS

    somasoma dos dedos erguidos algarismo das dezenasdezenas

    4 + 2 =4 + 2 = 66

    produtoproduto dos dedos abaixados algarismo das unidadesunidades

    1 x 3 =1 x 3 = 3 3

    9 X 7 =9 X 7 = 66 3 3

  • 7

    Primeiros Mtodos de Primeiros Mtodos de ClculoClculo

    Na medida em que os clculosclculos foram se complicandocomplicando e aumentando de tamanho, sentiu-se a necessidade de um instrumento que viesse em auxlioauxlio

    Surgiu assim, h cerca de 2.500 anos, o BACOBACO

  • 8

    Primeiros Mtodos de Primeiros Mtodos de ClculoClculo

    Formado por fiosfios paralelos e contascontas ou arruelas deslizantes, que de acordo com a posioposio, representa a quantidade a ser trabalhada.

    BACOBACO

    baco Chins

    baco Japons - soroban

  • 9

    Primeiros Mtodos de Clculo - BACO

    FIOSFIOS: posio dos dgitos

    CONTASCONTAS: dgitos

    Valem 5 unidades

    Valem 1 unidade

    5505005000

    1101001000

  • 10

    Primeiros Mtodos de Clculo BACO

    Representao do nmero 2727

    5505005000

    1101001000

    27 = 20 + 727 = 20 + 7

  • 11

    Primeiros Mtodos de Clculo BACO

    5505005000

    1101001000

    Representao do nmero 2727

    27 = 20 + 727 = 20 + 7

  • 12

    Primeiros Mtodos de ClculoPrimeiros Mtodos de Clculo BACOBACO

    SOMA EFETUADA NO BACOSOMA EFETUADA NO BACO236 + 61 = ?

    5505005000

    1101001000236236

    5505005000

    1101001000236 + 61 = 297236 + 61 = 297

  • 13

    Auxlios Manuais nos Auxlios Manuais nos Clculos EscritosClculos Escritos

    O mtodo de multiplicaomultiplicao utilizado hoje uma variao de um mtodo tabulartabular desenvolvido pelos rabesrabes

    MULTIPLICAO DOS RABESMULTIPLICAO DOS RABES

    2

    8

  • 14

    Auxlios Manuais nos Clculos Escritos Auxlios Manuais nos Clculos Escritos

    Multiplicao dos rabesMultiplicao dos rabes

    217 X 14 = ?

    2

    8

    1

    1 7

    1 7

    4

    2

    4 82

    feito o produto de cada dgito do nmero 217

    por 1

    feito o produto de cada dgito do nmero 217

    por 4 O produto a somasoma dos dgitos nas diagonais

  • 15

    3 03

    8

    Auxlios Manuais nos Clculos Escritos Auxlios Manuais nos Clculos Escritos

    Multiplicao dos rabesMultiplicao dos rabes

    217 X 14 = ?

    2

    8

    1

    1 7

    1 7

    4

    2

    4 82

    1111

    217 X 14 = 3 0 3 8

  • 16

    Auxlios Mecnicos para os Auxlios Mecnicos para os ClculosClculos

    16171617 - John NapierJohn Napier (inventor dos logaritmos) generalizou o procedimento tabular dos rabes e construiu um dispositivo simples e barato com bastes de osso: ossos de ossos de NapierNapier 0 0

    998

    76

    655

    78

    43

    221

    1

    34

    009

    987

    665

    5

    78

    43

    221

    1

    34

  • 17

    Auxlios Mecnicos para os ClculosAuxlios Mecnicos para os ClculosOssos de NapierOssos de Napier

    1

    2

    3

    4

    5

    6

    7

    8

    9

    0

    3

    6

    9

    2

    5

    8

    1

    4

    7

    0

    1

    1

    1

    2

    2

    2

    11 33

    137 x 4 = ?137 x 4 = ?

    4 21

    58

    137 x 4 = 137 x 4 = 5 4

    7

    4

    1

    8

    5

    2

    9

    6

    3

    0

    2

    3

    4

    4

    5

    6

    77

    1

    2

    82

    4

    8

    44

  • 18

    Ossos de NapierOssos de Napier

  • 19

    Ossos de NapierOssos de Napier

  • 20

    Auxlios Mecnicos para os Auxlios Mecnicos para os ClculosClculos

    16331633 - William Oughtred William Oughtred (sacerdote ingls) representou os logaritmos de Napier em

    escalas de marfim, chamando-os de CRCULOS DE PROPORO.

    Originou a RGUA DE CLCULOS :RGUA DE CLCULOS : o primeiro computador analgico da histria

  • 21

    Auxlios Mecnicos para os Auxlios Mecnicos para os ClculosClculos

    16231623 - primeira mquina de calcular Wilhelm Schickard

  • 22

    Auxlios Mecnicos para os Auxlios Mecnicos para os ClculosClculos

    16421642 - Blaise Pascal (filsofo francs) com 19 anos construiu Mquina de Somar (Pascalina)

    Auxiliar seu pai - coletor de impostos A mquina era constituda de

    engrenagens mecnicas A mquina utilizava o sistema decimal

    para os seus clculos de maneira que quando um disco ultrapassava o valor 9, retornava ao 0 e aumentava uma unidade no disco imediatamente superior

  • 23

    Mquina de Somar -PascalinaMquina de Somar -Pascalina

    primeira calculadora mecnica do mundo

  • 24

    Auxlios Mecnicos Auxlios Mecnicos AutomticosAutomticos

    17281728 - Basile Bouchon construiu Tear Para Tecer Desenhos de Seda

    Os desenhos eram cifrados em folha giratria de papel perfurado

    Somente trabalhavam as agulhas coincidentes com os furos

    18011801 - Joseph Marie Jacquard construiu Mquina de Tecer com Cartes Perfurados

  • 25

    Auxlios Mecnicos Auxlios Mecnicos AutomticosAutomticos

    17281728 - Basile Bouchon construiu Tear Para Tecer Desenhos de Seda

    Os desenhos eram cifrados em folha giratria de papel perfurado

    Somente trabalhavam as agulhas coincidentes com os furos

    18011801 - Joseph Marie Jacquard construiu Mquina de Tecer com Cartes Perfurados

    Esta idia seria aproveitada mais tarde

  • 26

    Auxlios Mecnicos Auxlios Mecnicos AutomticosAutomticos

    Mquina de Tecer de Jacquard

  • 27

    Auxlios Mecnicos Auxlios Mecnicos AutomticosAutomticos

    18201820 - - Charles Babbage (matemtico ingls) preocupado com os erros contidos nas tabelas matemticas de sua poca, construiu um modelo para calcular tabelas de funestabelas de funes (logaritmos, funes trigonomtricas, etc.) sem a interveno de um operador humano - Mquina Diferencial de BabbageMquina Diferencial de Babbage

    Baseado nos conceitos de diversos cientistas e no desenvolvimento que Jacquard efetuou com seus teares.

  • 28

    Auxlios Mecnicos AutomticosAuxlios Mecnicos Automticos Mquina Diferencial de Mquina Diferencial de BabbageBabbage 18231823 - governo britnico concordou em

    financiar a construo da mquinaas ferramentas da poca no eram

    suficientemente sofisticadas para construir a mquina

    Babbage gastou tempo construindo ferramentas

    por diversas vezes a construo da mquina parou por falta de fundos

  • 29

    Auxlios Mecnicos AutomticosAuxlios Mecnicos Automticos Mquina Diferencial de Mquina Diferencial de BabbageBabbage

    A mquina era composta de discos giratrios operados por manivela

  • 30

    18331833 - Babbage projetou mquina bastante aperfeioada - Mquina AnalticaMquina Analtica

    podia ser programada atravs de cartes perfurados

    calculava vrias funes diferentesdevido tecnologia pouco avanada, a

    mquina no foi concluda somente um sculo depois suas idias foram

    postas em prtica

    Auxlios Mecnicos AutomticosAuxlios Mecnicos Automticos Mquina Analtica de Mquina Analtica de BabbageBabbage

  • 31

    Mquina Analtica de BabbageMquina Analtica de Babbage

  • 32

    18331833 - Babbage projetou mquina bastante aperfeioada - Mquina AnalticaMquina Analtica

    podia ser programada atravs de cartes perfurados

    calculava vrias funes diferentesdevido tecnologia pouco avanada, a

    mquina nunca foi construda somente um sculo depois suas idias foram

    postas em prtica

    Para muitos Para muitos BabbageBabbage considerado considerado o verdadeiro o verdadeiro pai do computadorpai do computador

    Auxlios Mecnicos AutomticosAuxlios Mecnicos Automticos Mquina Analtica de Mquina Analtica de BabbageBabbage

  • 33

    Auxlios Mecnicos Auxlios Mecnicos AutomticosAutomticos

    Os dados do censo (que ocorre a cada 10 anos) de 1880 dos EUA levou quase 8 anos para ser processado

    Temia-se que os dados do censo de 1890 no estivessem processados em 1900

    Herman Hollerith (estatstico) foi encarregado pela Agncia Estatstica dos EUA de desenvolver uma tcnica para acelerar o processamento dos dados do censo

  • 34

    Auxlios Mecnicos Auxlios Mecnicos AutomticosAutomticos

    Hollerith usou a idia de Jackard e construiu a Perfuradora de Cartes Perfuradora de Cartes