trilha para deficientes visuais

Download Trilha para deficientes visuais

Post on 15-Aug-2015

28 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  1. 1. jul.2015
  2. 2. Sobre a empresa: O Parque Dois Irmos um zoolgico localizado na cidade de Recife- PE, que recebe incentivos pblicos e privados para hospedar animais selvagens e manter uma reserva ambiental de mata atlntica. *No projeto proposto para esta empresa, fazemos parte do corpo de profissionais do prprio parque, nos tornando clientes dos contratos deste projeto. jul.2015 2
  3. 3. Integrantes do projeto Waldemar Rodrigues Issara Gabriella Galdino de Brito rico Diniz Annes e Silva Felipe de Mesquita Caldeira Jorge Henrique Lima de Menezes Daniel Barbosa Edson Alvino Melo de Lima Valter Neri Santana Filho jul.2015 3
  4. 4. 1 - PROJETO TRILHA PARA DEFICIENTE VISUAL 1.1 - GERENCIAMENTO DE PROJETO 1.1.1 - CONTROLE 1.1.2 - PLANO DE PROJETO 1.2 - PREPARAO PARA TRILHA 1.2.1 - SINAIS SONOROS 1.2.2 - SOLICITAO DE LICENA AMBIENTAL 1.2.3 - INSTALAO DAS CORDAS 1.2.4 - DEMARCAO DO LOCAL 1.3 - DIVULGAO 1.3.1 - MARKETING SOCIAL 1.3.2 - PANFLETAGEM 1.4 - EXECUO DA TRILHA 1.4.1 - GARANTIA DA QUANTIDADE CORRETA DOS PARTICIPANTES 1.4.2 - ACOMPANHAMENTO PROFISSIONAL NO PERCURSO 1.4.3 - COMUNICAO SOBRE VESTIMENTA PARA O PERCURSO 1.4.4 - GARANTIA DA CARGA HORRIA DE 40 MIN 1.5 - RECURSOS HUMANOS 1.5.1 - AVALIAO 1.5.2 - TREINAMENTO TCNICO 1.5.3 - RECRUTAMENTO 1.6 - ENCERRAMENTO 1.6.1 - ENCERRAMENTO DO PROJETO 1.6.2 - LIES APRENDIDAS 1.6.3 - ENCERRAMENTO DE CONTRATOS WBS do projeto Pacotes Make Pacotes Buy jul.2015 4
  5. 5. 1. Oramento reduzido para maiores aquisies 2. Compartilhamento de riscos 3. Falta de recursos prprios (humanos, equipamentos) 4. Fornecedores especializados 5. Qualidade 6. Tempo de entrega 7. Confiana nos fornecedores 8. Garantias 9. Fiscalizao com viso externa (maior observao por parte do cliente, que observa ) Critrios adotados Make or Buy jul.2015 5
  6. 6. Mapa de Aquisies jul.2015 6
  7. 7. 1 - PROJETO TRILHA PARA DEFICIENTE VISUAL 1.1 - GERENCIAMENTO DE PROJETO 1.1.1 - PLANEJAMENTO 1.1.1.1 - MAPA DE AQUISIES 1.1.2 - CONTROLE 1.1.2.1 - RELATRIO DE PROGRESSO 1.1.3 - PLANO DE PROJETO 1.2 - PREPARAO PARA TRILHA 1.2.1 - SINAIS SONOROS 1.2.2 - SOLICITAO DE LICENA AMBIENTAL 1.2.3 - INSTALAO DAS CORDAS 1.2.4 - DEMARCAO DO LOCAL 1.3 - DIVULGAO 1.3.1 - MARKETING SOCIAL 1.3.2 - PANFLETAGEM 1.4 - EXECUO DA TRILHA 1.4.1 - GARANTIA DA QUANTIDADE CORRETA DOS PARTICIPANTES 1.4.2 - ACOMPANHAMENTO PROFISSIONAL NO PERCURSO 1.4.3 - COMUNICAO SOBRE VESTIMENTA PARA O PERCURSO 1.4.4 - GARANTIA DA CARGA HORRIA DE 40 MIN 1.5 - RECURSOS HUMANOS 1.5.1 - AVALIAO 1.5.2 - TREINAMENTO TCNICO 1.5.3 - RECRUTAMENTO 1.6 - ENCERRAMENTO 1.6.1 - ENCERRAMENTO DO PROJETO 1.6.2 - LIES APRENDIDAS 1.6.3 - ENCERRAMENTO DE CONTRATOS WBS revisada do projeto Pacotes Make Pacotes Buy Pacotes Inseridos ps reviso jul.2015 7
  8. 8. Anlise de Risco (Registros) jul.2015 8
  9. 9. Mapa de Aquisies (linha adotada) jul.2015 9
  10. 10. Declarao do trabalho (Sinais sonoros) jul.2015 10
  11. 11. WBS do Contrato (Sinais Sonoros) jul.2015 11
  12. 12. Critrios eliminatrios 1. Ter os equipamentos solicitados e a quantidade devida de acordo com a especificao requisitada. 2. Ter participado de pelo menos 5 (cinco) instalaes de sinais em outros eventos de trilhas. 3. Estar situado na cidade de Recife-PE ou regio metropolitana. 4. Informar, no mnimo, duas referncias de empresas que j contrataram os servios do fornecedor. 5. Informar duas referncias bancrias. 6. Certides negativas de dvidas ativas da unio e trabalhistas. 7. Certificao de qualidade ISO 9001. jul.2015 12
  13. 13. Critrios classificatrios 1. Melhor garantia sobre o servio contratado 2. Menor preo entre os selecionados 3. Maior qualificao tcnica 4. Maior quantidade de benefcios inseridos alm do requisitado na especificao 5. Menor distncia logstica entre sua sede e o local das instalaes 6. Melhor condio de pagamento jul.2015 13
  14. 14. Sobre os critrios na Declarao do Trabalho (DT) Os critrios de avaliao no sero explicitados para o fornecedor, pelas seguintes razes: Possibilidade de escassez de fornecedores deste segmento na regio, gerando uma possvel flexibilidade nos critrios de avaliao. O fornecedor poder cobrar um alto valor caso ele saiba que existem poucos ou quase nenhum concorrente envolvido no processo. jul.2015 14
  15. 15. Sistema de Pontuao jul.2015 15
  16. 16. Documentos de aquisio adotados RFP REQUEST FOR PROPOSAL A escolha deste documento foi causada pela falta conhecimento especfico (core business) do cliente para o detalhamento do escopo desta entrega. Utilizamos a declarao de trabalho (DT) para solicitar uma proposta tcnica comercial, onde apenas o fornecedor ter competncia para declarar como ser desenvolvido o trabalho. jul.2015 16
  17. 17. Meio adotado para envio do convite 1. Anncios em jornais: Permite maior alcance aos fornecedores desconhecidos at ento pelo cliente. 2. E-mail: Contato direcionado com os fornecedores j conhecidos (lista de fornecedores), baseados em eventos anteriores e referncias mais prximas. jul.2015 17
  18. 18. Tipo(s) de contrato(s) utilizado(s) 1. Contrato: Preo fixo + EPC 2. Preo fixo: Preferncia deste tipo de contrato para fechar um preo com o fornecedor durante o perodo no qual os sinais sero utilizados, como tambm transferir o risco ao fornecedor, tendo em vista a falta de conhecimento especfico (know how) pela parte do cliente. 3. EPC: Preferncia deste tipo de contrato para obter mo de obra especializada em todas as fases de planejamento, instalao, testes e monitoramento dos sinais sonoros espalhados pela trilha. jul.2015 18
  19. 19. Conduo do contrato 1. Concorrncia privada Plano de GP Aprovado Divulgar RFP (Anncio em Jornal / E-mail) Receber propostas Analisar propostas (critrios) Negociar propostas Eleger fornecedor vitorioso Divulgar resultado Assinatura de proposta (pr- contrato) Assinatura de contrato Execuo da WBS do contrato Divulgao parcial/final das atividades Finalizao das entregas jul.2015 19
  20. 20. Controle da aquisio 1. Atitudes: Relao de parceria e respeito entre contratante e contratado Distino e sigilo de informao entre contratante e contratado Disponibilidade para comunicao (orientaes e esclarecimentos) no decorrer da fase contratual Disponibilidade de material para a conduo dos trabalhos pelo contratante e contratado 2. Fiscalizao: Monitoramento e acompanhamento das clusulas do contrato e dos documentos administrativos (CND, Balano) Solicitao de relatrios semanais de progresso Auditoria de qualidade Controle integrado de mudanas Solicitao de relatrio para monitoramento e controle de riscos Pesquisa e adio de lies aprendidas jul.2015 20
  21. 21. Relatrios - Controle da aquisio 1. Relatrio semanal de acompanhamento 2. Relatrio de monitoramento de riscos 3. Boletim de medio jul.2015 21
  22. 22. Relatrios - Controle da aquisio Modelo 1 Relatrio semanal de acompanhamento jul.2015 22 Id Situao % Data de ncio Data de trmino Semana: Preenchido por: Atividade Relatrio Semanal de Acompanhamento (RSA) Form.01/2015 Data: Observaes
  23. 23. Relatrios - Controle da aquisio Modelo 1 Relatrio semanal de acompanhamento (Dicionrio) jul.2015 23 Semana: Perodo semanal (limite) Preenchido por: Autor do preenchimento Id: Identificador da atividade Atividade: Descrio da atividade Situao (%): Situao (status) da atividade Data (incio e trmino): Perodo da atividade Observaes: Informaes adicionais atividade
  24. 24. Relatrios - Controle da aquisio Modelo 2 Relatrio de monitoramento ao risco jul.2015 24 Id Ocorrido (S/N) Resposta ao Risco Atividade impactada Preenchido por: Data: Risco Observaes Relatrio de Monitoramento ao Risco (RMR) Form.02/2015
  25. 25. Relatrios - Controle da aquisio Modelo 2 Relatrio de monitoramento ao risco (Dicionrio) jul.2015 25 Preenchido por: Autor do preenchimento Id: Identificador do risco Risco: Descrio do risco Ocorrido: Se de fato o risco previsto ocorreu Resposta ao risco: Resposta para controle do risco Atividade impactada: Atividade que est relacionada ao risco Observaes: Informaes adicionais atividade
  26. 26. Relatrios - Controle da aquisio Modelo 3 Boletim de medio jul.2015 26
  27. 27. Relatrios - Controle da aquisio Modelo 3 Boletim de medio (Dicionrio) jul.2015 27 Preenchido por: Autor do preenchimento Autorizado por: Autor da autorizao Id: Identificador do item do contrato Itens do contrato: Descrio dos itens a serem entregues pelo contrato Ud: Unidade de medida Quantidade: Quantidade de itens a serem disponibilizados pela entrega Valor unitrio: Valor financeiro unitrio do produto envolvido na entrega Valor total: Valor financeiro total de todos os produtos envolvidos na entrega Critrio de medio (%): Percentual/peso das entregas no projeto Medio fsica: Avano real da entrega do projeto Medio financeira: Avano financeiro da entrega do projeto
  28. 28. Controle do contrato (Fluxograma ) Reunio inicial (kick off) Anunciar gestor do contrato e auxiliar Monitorar e controlar clusulas contratuais Solicitar relatrios (riscos, acompanhamentos , boletins) Monitorar tempo das atividades Realizar controle da qualidade e acompanhar aes corretivas Validar e controlar o escopo Elaborar termo de aceitao Homologar aceitao parcial da entrega Realizar liberao do dinheiro jul.2015 28
  29. 29. Encerrar o contrato (Fluxograma ) Homologar aceitao final da entrega Realizar liberao final do dinheiro Arquivar documentos do projeto Registro de lies aprendidas 1. Encerrar Contrato por terminao: 2. Encerrar contrato por Contrato por resilio: 3. Encerrar Contrato por resciso: jul.2015 29 Homologar conjunto de aceitaes parciais da entrega Analisar e realizar liberao de saldo devedor (dinheiro) Arquivar documentos parciais do projeto Registro de lies aprendidas Homologar conjunto de aceitaes parciais da entrega Analisar e realizar liberao ou levantamento de multa (dinheiro) Arquivar documentos par

Recommended

View more >