Tribuna Ecetista Nov2009

Download Tribuna Ecetista Nov2009

Post on 24-Jun-2015

253 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Tenha acesso, na ntegra, s informaes da mais nova edioTribuna Ecetista, do SINTECT-PI, publicada em novembro de 2009

TRANSCRIPT

<ul><li> 1. Ano 20 Edio: 10 Novembro de 2009Novembro de 2009Sede Administrativa do SINTECT-PI volta a funcionar na Casa do EcetistaDesde o dia 03/11 a sede administrativa do Sintect-PI, mesmorestando os acabamentos finais,voltou a funcionar na Casa doEcetista, na Avenida Campos Sales,964, Centro de Teresina. No segundopavimento funciona o setoradministrativo e um auditrio comcapacidade para receber 250trabalhadores. No primeiropavimento tambm j estfuncionando o alojamento com oitoapartamentos (cada um com duascamas e armadores para rede)disponveis para os trabalhadores edependentes do interior que precisamvir capital. Toda a categoria est deparabns, pois agora tem um espaoamplo e prprio, a CASA DOECETISTA. Mesmo com dificuldades, massempre com o objetivo de atender bemos seus filiados, a diretoria dosindicato est para concluir mais estavitria para os trabalhadores. Novidade: imagem frontal da sede do SINTECT-PI em concluso da reformaA luta continua CONTECT em 2010A imposio do ACT A ltima Plenria Bianual imposto pela ECTNacional da Fentect com o apoio dos decidiu pela realizao de sindicalistas traidores faz um Congresso Nacional com que muitos sindicatos Extraordinrio da do pas juntamente com quatro membros da CNN categoria no ano que vem. exgijam mudana deLeia a pgina 2 para direcionamento do maiores informaesSINTECT-PI realiza reunies setoriais movimento sindical dossobre este importantepara discutir as deliberaes da Plenria Correios. Pg. 3evento.Nacional da Fentect. </li></ul><p> 2. Comisso Nacional de Sindicatos contra o ACT BianualL ogo aps a campanha salarial deste ano e assinatura fraudulenta do Acordo denncia e vai investigar.Outro ponto foi o pedido de Anulao do Acordo Bianual e tambm foi decidido por chamar aSo Paulo nos dias 24 e 25de outubro com aparticipao de 130trabalhadores, sendo 90d e l e g a d o s e 1 7PT/CUT, e o PCdoB/CTB.Durante os dois diasde discusses muitas vezesacalouradas, foramdebatidos os rumos para Bianual, representantes 34 Plenria Nacional que,observadores mais as campanhas da categoria de 17 sindicatos (AM, RR, de acordo com artigo 32 doc o n v i d a d o s , ( salarial, PCCS, PLR, CE, PB, PE, PI, SE, GO, ES, Estatudo da Fentect, poderepresentando 25contra a privatizao dos MG, URA, SC, PR, RS, VP,ser convocada pela sindicatos, sendo 18Correios). CAS, SJO) juntamenteDiretoria Colegiada, peladefensores da PlenriaCom certeza, demos com os quatro membros damaioria do Comando de(AM, RR, CE, PB, PE, PI,um passo importante para CNN, realizaram reuniesMobilizao ou por umSE, AL, GO, ES, MG, URA,a m u d a n a d e em Braslia nos dias 01 e tero dos sindicatos SC, PR, RS, VP, CAS e SJO)direcionamento do 09/10, tomando algumasfiliados. Apesar da maioriae 7 representantes da movimento sindical dos d e l i b e r a e s e da Fentect no reconheceroposio organizada (SP,Correios no sentido de encaminhamentos paraa Plenria, ela legal, poisRJ, DF, PA, TO, MT e MS). uma retomada da expulsar a burocracia contou tanto a maioria doEstes companheiros eFederao para a defesa traidora da Fentect e decomando como com umc o m p a n h e i r a s dos interesses dos alguns sindicatos.tero dos sindicatos.representantes da Plenriatrabalhadores. Entre as decises, foi esto dispostos a avanar e pedida a anulao dasdar continuidade s Segue abaixo as Assembleias fraudulentasPlenria nacional em nossas lutas contra aprincipais do Mato Grosso e deSo Paulo (24 e 25/10) burocracia e a traio das deliberaes da Tocantins, onde, inclusive,correntes majoritrias da o Ministrio Pblico do Plenria:A 34 Plenria da Fentect (ART/SIND, MSB e Trabalho j acolheu a Fentect foi realizada em parte da SS, ligada o Resolues da 34 Plenria Nacional da Fentect1 P romover ao ju rd icasindicatos do pas;por cima dos estatutos da Fentect; do PCCS de Dezembro/2008 e julhoanulatria do acordo bianual;9 Suspenso do repasse da verba 18 Repdio e medidas legaisde 2009;2 Continuar a campanha salarialadicional dos sindicatos, refere a contra o ofcio da ECT CT/DIGEP 3 Liberao de todos os membrosde 2009-2010; com aprovao de campanha salarial, para Fentect; 1012, que somente abona os dias de da Comisso do PCCS;Estado de greve; 10 Abertura da negociao da PLR greve daqueles que aceitaram a 4 Suspender o repasse adicional do3 Realizar acompanhamentopelo comando de negociao daproposta de acordo bianual e PCCS, caso a totalidade da comissojurdico no Estado do MT, TO e noFentect, conforme determina ovoltaram a trabalhar no incio dade negociao do PCCS no sejaMinistrio Pblico do Trabalho;acordo, no aceitando que agreve; liberada;4 Promover ao judicial contra ocomisso permanente da Fentect 19 Que os sindicatos da Fentect5 Protocolar no TST e na ECT todasPresidente da ECT Carlos Henriquenegocie a questo; no aceitem a 5 liberao deas decises da categoria referente aoCustdio, o Diretor de Recursos11 Realizao de Atos Nacionais nos dirigente sindical com nus para PCCS;Humanos , Pedro Magalhes Bifano,Estados, com data unificada, ECT, proposto no acordo bianual; 6 Realizar uma reunio comManoel dos Santos Oliveira cominando com um ato Nacional em 20 Ficam livres os sindicatos queadvogados dos sindicatos, paraCantoara, Coordenador Comite Braslia;quiserem participar da marcha repassar as decises sobre o PCCS,Permanente de Relaes do Trabalho 12 Confeccionar 50 mil panfletos e Braslia pelas 40 horas semanais noaps reunio poltica do movimentoe os Diretores Regionais Joo Rocha25 mil cartazes contra o acordodia 11/11/2009;sobre esta questo;do Mato Grosso do Sul e Nilton bianual; 21 Que os dirigentes sindicais que 7 Exigir a reunio da comisso doNascimento do Mato Grosso por13 Realizar um jornal sobre aaceitarem cargos na ECT, sejam PCCS marcada para o diacorrupo ativa e conluio com os questo, alm de outdor; expulsos da direo dos sindicatos 03/11/2009;sindicalistas da Fentect para14 Montar um dossi de todas as 21 - Convocar assemblia geral da8 Unificar a luta do PCCS dosaprovar o acordo bianual;denncias da campanha salarial e categoria at o dia 15 de novembro Trabalhadores;5 Promover ao judicial contra oenviar para a OIT e Ministrio de 2009, com a seguinte pauta:secretrio geral da Fentect, JosPblico do Trabalho; Questes sobre a FentectRivaldo, conhecido por Taliban, por15 Realizar no pas inteiro um a Ratificar as decises da 34corrupo passiva e conluio com aabaixo assinado contra o acordoPlenria Nacional da Fentect;1 Realizar em maio de 2010 umdireo da ECT para aprovar obianual; b Deflagao de Estado de greve; Congresso Nacional Extraordinrioacordo bianual.16 Aprovao de moo de repdio c- Deliberar pela rejeio de todo da Fentect, para renovao da6 Promover ao jurdica de nacional contra as declaraes dePCCS/2008 da ECT;diretoria da federao;anulao da assemblia do Estado Lula referente a greve de setembro2- Reunio em Janeiro de 2010, comdo MS; nos correios; um representante por sindicato e 7 Contratar um advogado para as17 Realizar um manifesto contraQuestes sobre o Ponto do PCCS com os diretores da Fentect, paraquestes jurdicas demandadas; Rogrio Ubine, Takashi, Jos Rivaldoanalisar qual o desenvolvimento da8 Realizar denncia sobre a e todos os demais diretores da 1 Anulao Legal do PCCS convocao do congresso.campanha salarial dos correios,noFentect que tentaram encerrar aaprovado em dezembro/2008 e julho3 - Promover mandado de seguranaMinistrio Pblico do Trabalho decampanha salarial, pois node 2009; contra parte da diretoria da Fentecttodos os Estados, por todos os representam a categoria passando 2 Realizar assemblia para rejeiopara cumprir o Estatuto. 3. Representantes dos trabalhadores defendem interesses do governo e ECTCategoria no aceita sindicalistas traidores e vai expuls-lo do movimento INFORMES:Sempre houvee como a maioria doshoje somam de 20 a 35O governo Lula,traies contra ossindicatos dirigida por anos de servio e esto aps receber o relatriotrabalhadores dentro do membros do PT e do PC com a NM entre 15 e 17, do GTI (Grupo deComo se hospedar nomovimento sindical, mas do B, as reivindicaes igual a trabalhadores que T r a b a l h on a s q u e s t e s dos trabalhadores esto h apenas seteInterministerial), que fez alojamento da Casa dofundamentais, osacabaram ficando em anos na empresa. Comum estudo dos Correios Ecetista?dirigentes sindicais se segundo plano e aspreviso de ainda por dois anos j indicoup o s i c i o n a v a m traies so constantes,funcionar a agncia que quer transform-locorretamente a favor da pois preferem defenderunipessoal, ou seja, oem Sociedade Annima Quem filiado aosua classe. Um exemploos interesses da direotrabalhador tem que (S.A.), o que para ns bem claro foi durante o da empresa e do governo fechar a agncia parte do uma privatizao SINTECT-PI ougoverno FHC, que vendeu para se valorizarem expediente para fazer disfarada, pois vai abrir dependente diretoa maioria das estatais, individualmente e entrega de cartas e o capital da empresa,inclusive pretendia fortalecer suas correntes encomendas. hoje 100% pblica para a (cnjuge, pai, me, filhos eprivatizar os Correios, polticas. No ano passado,iniciativa privada, o queenteados), quando precisamas os sindicalistas de Com o apoio dos aps a greve de 21 dias,pode reduzir o nmero detodo o pas lideraram s i n d i c a l i s t a s , para fazer cumprir um empregos e precarizar os vir Teresina pode seuma grande campanha principalmente do bloco acordo j assinado pelo servios. A proposta dohospedar no alojamento.contra a privatizao,PT e PC do B, a ECT deu o governo e direo dagoverno j recebeu apoioinclusive, vrias vezes o golpe no Postalis,empresa em relao ao claro dos sindicalistas do Bastando para isso, ligarProjeto de Lei n 1491/99 encerrando-o de forma adicional para os PC do B (CTB) e parte do para a sede do sindicatoentrou em pauta, mas foiunilateral, sem a carteiros, criaram oPT.fortemente combatidoparticipao dos filiados Banco de Horas, que Os sindicatospara fazer a reserva, pelospelos sindicalistas com o e criou o Postal Prev,prejudicou visivelmente descontentes com astelefones: (86)3221-6541apoio da sociedade, que mais caro e que no os trabalhadores. traies que vmvrias vezes chegaram a garante os mesmos Na campanha acontecendo, esto seou 3221-8120 ou, ainda peloinvadir o Plenrio da benefcios do anterior. salarial deste ano aorganizando para 0800-280 1704.Cmara Federal para A ECT estempresa conseguiu expulsar os burocratasimpedir a votao doimplantando um PCCS impor o seu Acordotraidores da Fentect noProjeto.(Plano de CargosBianual 2009/2011,sentido de mudar oDepois que o PT Carreiras e Salrios) com porque teve o apoio dedirecionamento dochegou ao governo no Cargo Amplo, semsindicalistas que movimento sindical dossabemos mais quem, de melhorar o piso salarial, ajudaram a intervir emCorreios para que venha,fato, est do lado dossem reparar as perdas algumas direes de de fato, defender ostrabalhadores e quemsalariais dos cargossindicatos para interesses dosest contra. Vrios extintos, por exemplo, os conseguir o quorumtrabalhadores e volte asindicalistas passaramantigos Auxiliares de mnimo necessrio paraconquistar a suaocupar funes de gestoServios Postais, que a assinatura do ACT.confiana. Plenria Nacional convocaJos Rodrigues, Contect Extraordinrio para 2010Duarte e Uilson durante a Plenria Nacional da A principalFederao.direo da Federaobancrios, que teve osdeliberao da 34 Durante acontinue traindo os dias de greve abonados,FENTECT em So Paulo .Plenria Nacional foi a Plenria houve vrias trabalhadores.foi que a ECT divulgouaprovao do Congressodiscusses no sentido Uma prova em uma CI que abonariaExtraordinrio dosde rompimento inconteste que estesapenas os trs primeirosTrabalhadores dos imediato, desfiliando-sesindicalistas so dias da greve, e aqueles Expediente:Correios e Telgrafos da Federao, mas,serviais do governo e da trabalhadores que(Contect) da categoriaapesar de haver direo da ECT foi no permaneceram em grevePresidente: Jos Rodriguespara 2010. Foidivergncias polticas, a momento em que eles por mais tempo, teroVice: Edvar Soaresconcedido um prazo de m a i o r i ad o sconseguiram fraudar que compens-los 1 Sec. Jailson Tavares60 dias para que atrabalhadores usou oalgumas assembleias e atravs do banco de2 Sec. Jos de Ribamar (Bolinha)prpria Fentect chame o bom senso e decidiu conseguiram o qurumhoras. 1 Tesoureiro: RaimundoCongresso. Caso issoseguir as formalidadesmnimo para assinar oIsso demonstraNonato Paulinono acontea, osjurdicas, levando aACT Bianua no dia que a ECT s faz essas 2 Te s o u r e i r o : F r a n c i s c osindicatos e oposiesdiscusso para o02/10l sem sequer manobras porque tem oSilvestreque realizaram aContect. Se a Fentect exigir o abono dos dias apoio da parte podre doDir. de Imp. e Divulg.: JosPlenria, tm o poder no chamar o Congressoparados.movimento sindical dos Francisco Vianalegal de realizar o ou no reconhecer asS aps ampla Correios, mas isso estDir. Adm. Evandro PinheiroCongresso e neledeliberaes tomadas, mobilizao nacional, com os dias contados,Dir. Social: Clcio Soaresteremos autonomia paracom certeza, alm dapor conta das pois, felizmente a Dir. Form. Sind. Antnio Pereiratomar decises como:disputa poltica, assembleias na maioriamaioria dos sindicatos Dir. Rel. Intersindicais: Edlsonalterao do Estatuto noteremos uma disputa das bases sindicais paraesto tomandoNetesentido de desfiliar ou jurdica, pois noeleger os delegados paraencaminhamentos paradestituir a maioria dapodemos permitir que aa Plenria Nacional e expulsar os traidores da Jornalista: Tarcisio Bragadireo corrupta da maioria corrupta da aps o fim da greve dos categoria. 4. Metendo Bronca Gerente do CDD/NorteO sr. Osmar Teixeira tem pautado a ECT deve permanecer 100% pblica A chegada do governante que veio do povo, discrimina grevistasua atuao frente da DR/PI como se presidente Lula ao poderse prope a transformao da A DR dos Correios tem uma cartilha estivesse administrando umatrouxe esperana para osempresa pblica em Sociedade que determina as atuaes dos seus gestoresprefeiturazinha do interior base de favorestrabalhadores, pois noAnnima, atendendo s contra os trabalhadores que se organizam ouem troca de votos. Na busca tresloucada porpopularidade, ele tem se notabilizado pelas passado, com os governospresses do capital nacional e fazem greve. O gerente do CDD-Norte estandanas espalhafatosas nos diversosCollor e FHC houve muitas internacional, pretende-se seguindo risca, pois a mesma falha, praticada por seus subordinados, se for um setores de trabalho distribuindo sacos de privatizaes, fazendo comabrir o capital da empresa para ativista que participa da greve, abre logo uma macaxeira aos trabalhadores ecetistas, fato que muitas pessoas perdessema iniciativa privada. SIE (Solicitao de Informao doque beira o deboche e ridiculariza a ECT. seus empregos.S possvel defender Empregado), j para o no-ativista ou no Os trabalhadores ecetistasMas essa esperana foi a ECT 100% estatal se formos grevista, feito logo um acordo e nada necessitam, isto sim, de melhores apenas inicial, pois setorespara as ruas chamar o apoio da enca...</p>