tribuna ecetista 032010

Download Tribuna Ecetista 032010

Post on 04-Jul-2015

484 views

Category:

Documents

5 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. 21 anos de Lutas e ConquistasBlog: sintectpi.blogspot.com Ano 21 Edio: 02 Maro de 2010ESPECIAL SINTECT-PI realiza Seminrio emhomenagem aos 21 anos da entidadeO 1 Seminrio do SINTECT-PI, realizado no novo auditrio da entida- de na Av. Campos Sales, reuniu nosameaa de privatizao da ECT, atravsda proposta de sua transformao emCorreios do Brasil S.A. encaminhadapelo governo Lula e a fuso de centraisa sociedade sobre o assunto para quetodos possam se preparar para lutarpela manuteno dos Correios comouma empresa 100% pblica e de quali- dias 05 e 06 de maro trabalhadoressindicais no sentido de fortalecer odade. dos Correios e representantes de vriasmovimento dos trabalhadores no pas. Leia abaixo um breve resumo entidades da sociedade civil para A inteno do sindicato promo- sobre o que foi discutido nos dias do discutir assuntos importantes como a ver o debate e a conscientizao de todaevento:Primeiro dia do evento reuniu representantes de vrias entidades O primeiro dia doda discusso, fazendo questi- Seminrio foi aberto sonamentos e acrescentando demais suas experincias pessoais c a t e g o- no sentido de enriquecer o rias dedebate e assim melhorar a t r a b a- compreenso de todos sobre l h a d o- o assunto, to presente em res e n o s s o socieda-cotidiano. de em Os geral e p a l e s- teve como palestrantes os trantes promotores de justia d e m o n s- Francisco de Jesus e Leidatraram Diniz, falando sobre a cor- p l e n o rupo nos poderes domnio do assunto, colocan- Judicirio, Executivo, do suas vivncias pessoais e Ecetistas e representandes da sociedade civil marcaram presena no evento Legislativo e Ministrio de profissionais do Direito Pblico. Os juristas fizeram como exemplos, mostrandoTAMBM NESTA EDIO: um bom apanhado sobre aque a conduta tica no noo de tica em todas as uma coisa impossvel e queSINTECT-PI convocaSeminrio rene sindica- matizes da sociedade, levan- ela deve no apenas serlistas e trabalhadores dedo os presentes a pensar exigida pela sociedade, como filiados para a eleio desobre a sua responsabilidade tambm praticada por todosdelegados sindicais emvrias categorias para diante da realidade do pas. para que tenhamos umaabril. Leia o edital nadiscutir a unificao deQuem estava assistin-realidade mais justa quepg. 4centrais sindicais. Pg.2do pde participar ativamenteatenda nossas necessidades.ASSEMBLIA GERAL EXTRAORDINRIALOCAL: AUDITRIO GETLIO PEREIRA (SEDE DO SINDICATO), AV. CAMPOS SALES, 964DATA: 25/03/2010, S 19:00 H PAUTAS: PRESTAO DE CONTAS DEZ/2007 FEV/2010 ESCOLHA DA COMISSO DE REFORMA DO ESTATUTO DO SINTECT-PI CONVOCAO PARA O 11 CONTECT

2. Sindicalistas e categorias discutem a unificao de CentraisGALERIApossvel fuso das centrais sindicais presentes a participarem de uma acalorada discusso sobre a Conlutas e Intersindicalimportncia da unidade para que como uma proposta deo movimento sindical se fortalea soluo para fortalecer osno pas. trabalhadores na luta pela O processo de unificao garantia dos direitos democrtica e de luta das centrais trabalhistas e na luta por um tema que h muito tempo novos.vem sendo discutido pelosParticiparam datrabalhadores e ser definido nos discusso o presidente do dias 03, 04, 05 e 06 de junho deste PSTU e coordenadorano em Santos-SP, onde acontece nacional do Conlutas, o Congresso Nacional de Jos Maria de Almeida, aUnificao, que reunir as Dona Jesus, viva deA 2 mesa do dia 05 coordenadora da centrais sindicais envolvidas e colocou em foco a discusso do Intersindical, Lujam Maria vrios movimentos sociais eGetlio Pereira, recebeatual momento do movimento Bacelar e o coordenador do PCO,definir se a proposta de fuso sindical, levantando a questo daAntnio Carlos, convidando osrealmente ser concretizada. do presidente do sindica- to, Jos Rodrigues, a Ecetistas so convocados ao debate no 2 dia do Seminriorplica da placa em O segundo dia doesclarecimentos sobre o homenagem a seu marido, Seminrio foi dedicado assunto categoria. especialmente aos trabalhado- Os debatedores, que foi o primeiro presi- res dos Correios e teve incio percebendo a necessidade com a entrega oficial do de um maior amadureci-dente do SINTECT-PI mento das discusses Auditrio Getlio Pereira, eleito democraticamente.contando com a presena da sobre o assunto em pauta famlia do homenageado,junto categoria e tambm Getlio Jorge de Fariasaos advogados das entida- Pereira, primeiro presidente dodes, chegaram concluso SINTECT-PI eleito democrati- de que preciso realizar camente. uma reunio tambm deEm seguida foi a vezrepresentantes da assesso- da primeira mesa do dia, com o ria jurdica das entidades e tema: A situao do movimen- propuseram um encontro to sindical dos trabalhadoresdos advogados dos sindica- dos Correios aps a campanha tos para troca de experin- salarial 2009 e o ACT Bianual:Rodrigues (Geraldinho), ocias na prxima reunio do PCCS, PLR e Campanha Salarial coordenador nacional da corrente Bloco dos 17 Sindicatos Contra o 2010, com o secretrio de polticas Ecetistas em Luta, Pedro Paulo deACT Bianual e os Correios do sindicais da FENTECT e coordena-Abreu e o presidente do SINTECT- Brasil S.A., que ser realizada em dor do Conlutas, Geraldo FranciscoPI, Jos Rodrigues dos SantosBraslia-DF, nos dias 17 e 18 de Neto, que prestaram importantesmaro. Presidente do PSTU e Pesquisador do Ilaese expe palestra sobre o relatrio do GTIcoordenador nacional do Ainda no segundo dia do transforma em Sociedade (S.A) eampliando Conlutas, Jos Maria, evento, o pesquisador do ILAESEabre seu capital para a iniciativa a s s i m a (Instituto Latino-Americano de privada, iniciando assim umparticipao durante entrevista para a Pesquisas Scio-Econmicas), processo de privatizao.do capital Antnio Fernandes Neto, fez umaEm sua exposio, op r i v a d o ,TV Assemblia. anlise esclarecendo ospalestrante usou exemplos de enriquecendo trabalhadores da categoria sobre osoutras empresas, como aos grandes riscos do relatrio do GTI (Grupo de Petrobrs, que passou pelo mesmo empresrios e Trabalho Interministerial) que processo e, apesar de ainda realizar precarizando as relaes de Expediente: prope a reestruturao dosconcursos pblicos, reduz cada vez trabalho, contribuindo para Correios que, na verdade, omais o nmero de vagas,aumentar a desigualdade social no Presidente: Jos Rodrigues substituindo-os por terceirizados, pas. Vice: Edvar Soares 1 Sec. Jailson TavaresAnlise jurdica dos Correios S.A. encerra o ltimo dia do Seminrio A ltima mesa do eventomais precrio direitos trabalhis- 2 Sec. Jos de Ribamar contou com a presena dosp a r aotas j garantidos e (Bolinha) advogados do SINTECT-PI, Dr. trabalhador.pela conquista de 1 Tesoureiro: Raimundo Cleiton Leite de Loiola e Dr. Flvio Osnovos sero cada Nonato PaulinoSoares que fizeram uma anlise j u r i s t a s vez maiores. 2 Tesoureiro: Franciscosobre as repercusses jurdicasressaltaram a A reunio Silvestre da ameaa de transformao daimportncia dos advogados dos Dir. de Imp. e Divulg.: JosECT em Correios do Brasil S.A. Deda luta dos 17 Sindicatos e acordo com os advogados da t r a b a l h a d o-Oposies Francisco Viana entidade, a novidade teoricamen- res para queFENTECT j foi Dir. Adm. Evandro Pinheirote no mudaria os contratos de os Correios seconfirmada e o Dr. Dir. Form. Sind. Antniotrabalho dos funcionrios, mas mantenham Flvio Soares Pereira pode influenciar negativamente como empre- representar o Dir. Rel. Intersindicais: Edlson em vrios pontos, como negocia-sa 100% pblica, pois, caso SINTECT-PI no evento buscando Neteo de salrios, por exemplo, que, realmente se transforme emmais informaes sobre o que Jornalista: Tarcisio Bragadevido grande presena deempresa Sociedade Annima,mais muda para os trabalhado- terceirizados na empresa,como prope o governo, os res com os Correios do Brasil deixaria o processo de negociaodesafios para a manuteno dosS.A. 3. Desaposentadoria: Aposentados que seguem na ativa pedem reviso do benefcioUma onda de aes judiciais contra o INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) invadiureduz o valor dos benefcio de quemse aposenta mais cedo. No STJ(Superior Tribunal de Justia) h entrar na justia com esse tipo de aes, pois no Piau grande o nmero de aposentados que Metendo os tribunais do pas para garantir aos aposentados o direito de se d a s a p o s e n t a r . A desaposentao, como est sendouma tendncia favorvel aosaposentados nos casos dedesaposentao, apesar de aindano existir jurisprudncia sobre o continuam na ativa nos Correios. Desvantagem O aposentado precisa Bronca. chamada, permite a quemassunto. Entre os juzes de 1 e 2entrar na justia para reivindicar oFalta material de escri- permaneceu trabalhando aps se instncias, as decises tm sido direito de se desaposentar. Em aposentar, renunciar ao benefciodiversas.primeira instncia, alguns juzestrio na AC de Campo que recebe para obter um novoOs Tribunais Superiores no reconhecem o direito. H ainda Maior benefcio de maior valor.tm que sumular esse assunto, ou o os que reconhecem, masCom a permanncia nagoverno tem que regulamentar,determinam a devoluo dosTrabalhadores tm reclamado atividade, o aposentado continua dizer como devem ser as regras, valores recebidos na 1afirma o coordenador do Centro de no sindicato que na AC - Campo contribuindo para a Previdncia e aposentadoria. A tramitao do consegue reduzir o impacto Estudos de Seguridade Social,Maior est faltando material de processo demora, em mdia, de 3 a escritrio. Para se ter uma idia, negativo do chamado FatorWladimir Novaes Martinez.5 anos. Previdencirio, mecanismo queO SINTECT-PI pretendeat as canetas os funcionrios tm que trazer de casa, senoSINTECT-PI defende uma PLR linear e maior que em 2010fica impossvel realizar seuApesar da ECT ter obtidouma forte reao da base dosentre empresa DEST e Fentect.trabalho. lucro de mais de R$ 1 bilho emtrabalhadores, culminando emO movimento sindical 2009, na primeira reunio da uma ameaa de greve, o mesmoexige da maioria da Federao um empresa com a Comisso diretor informou no Primeira Hora plano de lutas