transparência, dados abertos e acesso à informação

Download Transparência, Dados abertos e Acesso à Informação

Post on 22-Jan-2018

157 views

Category:

Law

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  1. 1. TRANSPARNCIA, DADOS ABERTOS E ACESSO INFORMAO DIA DA TRANSPARNCIA DA UFAL Thiago Jos Tavares vila, Msc Macei, 20 de Julho de 2017 Universidade Federal de Alagoas - UFAL
  2. 2. TRANSPARNCIA X ABERTURA TRANSPARENT E ABERTO
  3. 3. TRANSPARNCIA X ABERTURA TRANSPARENT E ABERTO
  4. 4. LEI DE ACESSO INFORMAO LAI (LEI FEDERAL 12.527/2011) Regula o acesso a informaes previsto no inciso XXXIII do art. 5o, no inciso II do 3o do art. 37 e no 2o do art. 216 da Constituio Federal Na Unio, a Lei foi regulamentada pelo Decreto Federal N 7.724/2012 Comandos centrais da Lei O acesso informao a regra. O sigilo a exceo. Todas as informaes produzidas ou custodiadas pelo poder pblico e no classificadas como sigilosas so pblicas e, portanto, acessveis a todos os cidados.
  5. 5. QUEM DEVE CUMPRIR A LAI Art. 1, Pargrafo nico Estatais, Autarquias, Fundaes Ministrio Pblico e Corte de Contas
  6. 6. Cidado acessa as informaes governamentai s disponbilizadas a partir da LAI Pode solicitar as informaes no disponibilizada s via transparncia ativa Conhecendo as informaes pblicas, pode entender melhor como o governo funciona ... ... Fortalecer o controle social ... ... Propor melhorias sobre as atividades governamentai s ... ... E pode utilizar estas informaes para atender diversas necessidades Orientando o Governo sobre quais informaes so mais demandadas pela sociedade - Atividades acadmicas - Projetos empresariais - Novos negcios - Projetos governamentais - Estudos e pesquisas - Melhoria de softwares e sistemas de informao Acompanhamento de Polticas Pblicas MODELO CONCEITUAL DA LAI - CIDADO
  7. 7. MODALIDES DE ACESSO INFORMAO Transparncia Passiva: Divulgao de informaes em atendimento s solicitaes da sociedade. Transparncia Ativa: Divulgao de informaes por iniciativa do setor independente de solicitao
  8. 8. TRANSPARNCIA PASSIVA (CAP. IV DECRETO FEDERAL 7724/12) Instituies pblicas devem criar o Servio de Informao ao Cidado SIC (fsico, podendo tambm ser eletrnico) (Art. 9) Qualquer pessoa, natural ou jurdica, poder formular pedido de acesso informao (Art. 11), mediante formulrio padro disponvel de modo fsico e eletrnico Pedido no precisa ser motivado (Art. 14). Deve apenas conter a identificao do requerente e a especificao da informao (Art. 12); No deve ser genrico, desarrazoado ou exigir trabalhos adicionais de tratamento de dados (Art. 13). Pedido de informao Respostaimediatamente ou em at 20 dias (prorrog. +10)
  9. 9. TRANSPARNCIA PASSIVA - COMO OBTER INFORMAES? 9 http://www.acessoainformacao.gov.br/http://e-sic.al.gov.br/ http://www2.informa.maceio.al.gov.br/esicsolicitante/pages/login.jsf
  10. 10. TRANSPARNCIA PASSIVA http://www.cgu.gov.br/noticias/2017/06/ governo-federal-atinge-marca-de-500-mil-pedidos-de-acesso-a-informacao 111 mil pedidos de informao em 2016!!!! Mdia de 15 dias para processar cada pedido 10
  11. 11. TRANSPARNCIA ATIVA Art. 8 Toda instituio dever divulgar na internet as informaes de interesse coletivo ou geral por eles produzidas ou custodiadas. 1o Na divulgao das informaes a que se refere o caput, devero constar, no mnimo: E no mximo ??? No mnimo: Art. 8, I
  12. 12. I conter ferramenta de pesquisa de contedo que permita o acesso informao de forma objetiva, transparente, clara e em linguagem de fcil compreenso; TRANSPARNCIA ATIVA REQUISITOS DAS INFORMAES (ART. 8 3 - LAI) dever dos rgos e entidades pblicas promover [...] a divulgao em local de fcil acesso [...] de informaes de interesse coletivo ou geral por eles produzidas ou custodiadas. 1 Os stios na internet dos rgos e entidades devero atender, entre outros, aos seguintes requisitos:
  13. 13. V garantir a autenticidade e a integridade das informaes disponveis para acesso;
  14. 14. IV divulgar em detalhes os formatos utilizados para estruturao da informao;
  15. 15. VI manter atualizadas as informaes disponveis para acesso;
  16. 16. VII indicar local e instrues que permitam ao interessado comunicar-se, por via eletrnica ou telefnica, com o rgo ou entidade detentora do stio; e
  17. 17. VIII garantir a acessibilidade de contedo para pessoas com deficincia.
  18. 18. II possibilitar a gravao de relatrios em diversos formatos eletrnicos, inclusive abertos e no proprietrios, tais como planilhas e texto, de modo a facilitar a anlise das III possibilitar o acesso automatizado por sistemas externos em formatos abertos, estruturados e legveis por mquina; TRANSPARNCIA ATIVA REQUISITOS DAS INFORMAES (ART. 8) DADOS ABERTOS DADOS ABERTOS
  19. 19. 19 Lei 12.527/2011 - Art. 8 3 III - possibilitar o acesso automatizado por sistemas externos em formatos abertos, estruturados e legveis por mquina [...] DADOS ABERTOS
  20. 20. DADOS ABERTOS Dados so abertos quando qualquer pessoa pode livremente us-los, reutiliz- los e redistribu-los, estando sujeito a, no mximo, a exigncia de creditar a sua autoria e compartilhar pela mesma licena. Bittencourt, Ig (2015) apud OpenDefinition.org 20
  21. 21. POR QU DADOS ABERTOS???? 40 trilhes de gigabytes de dados em 2020 Volume ir dobrar 40x entre 2012-2020 (EMC, 2012) 1. LIMITAO HUMANA PARA PROCESSAMENTO E ANLISE DE DADOS E INFORMAES
  22. 22. POR QU DADOS ABERTOS???? Qual o montante destinado para a funo Educao no Oramento do Estado Brasileiro? Download de dados do Oramento Governo Federal Download de dados dos Oramentos das 27 Unidades Federativas Download de dados dos Oramentos dos 5565 Municpios + + 2. SUBSIDIAR A DESCOBERTA DE CONHECIMENTO
  23. 23. Base central Sistema cliente POR QU DADOS ABERTOS???? 23 API 3. INTEGRAO DE SISTEMAS
  24. 24. POR QU DADOS ABERTOS???? 24 4. SUBSIDIAR A INTELIGNCIA ARTIFICIAL
  25. 25. POR QU DADOS ABERTOS???? 25 5. MAIOR DISPONIBILIDADE DE DADOS PARA: NOVAS PESQUISAS APRIMORAR PESQUISAS EXISTENTES REPRODUZIR PESQUISAS (REPRODUCIBLE RESEARCH)
  26. 26. (Sayo e Sales, 2015)
  27. 27. (Sayo e Sales, 2015)
  28. 28. (Sayo e Sales, 2015)
  29. 29. Fonte: (Monteiro e SantAna, 2016) Resultados gerados sobre as 100 melhores universidades lusas do ranking da Webometrics 30
  30. 30. Universidades brasileiras com repositrios de dados ZERO (0%) Fonte: (Monteiro e SantAna, 2016) Resultados gerados sobre as 100 melhores universidades brasileiras do ranking da Webometrics A UFAL pode ser a primeira universidade brasileira a ter um repositrio institucional de dados abertos de pesquisa!!!!
  31. 31. 32 MAIOR FONTE DE DADOS ABERTOS DOS ESTADOS DO BRASIL (2016-2017) Alagoas responde por aproximadamente 7% da oferta de Dados do Portal Brasileiro de Dados Abertos
  32. 32. 33 INTEGRAO COM A INFRAESTRUTURA NACIONAL DE DADOS ABERTOS INDA (2016) Alagoas a primeira Unidade Federativa do Brasil a integrar a Infraestrutura Nacional de Dados Abertos INDA
  33. 33. ALAGOAS NO MAPA MUNDI DOS DADOS ABERTOS (2015-2017)
  34. 34. SEIJI ISOTANI (ICMC/USP) IG BITTENCOURT (IC/UFAL) LIVRO DADOS ABERTOS CONECTADOS
  35. 35. Origem Processo Brasil Manual para Elaborao de Plano de Dados Abertos; Plano de Dados Abertos - Ministrio do Planejamento do Brasil; Kit de Dados Abertos; Cartilha Tcnica para Publicao de Dados Abertos Chile Norma Tecnica para Publicacion de Datos Abiertos en Chile Colmbia Gua para la Apertura de Datos en Colombia Equador Gua de Poltica Publica de Datos Abiertos - Ecuador Uruguai Gua rapida de publicacion em datos.gub.uy Itlia Geolinked Open Data for the Municipality of Catania Internacional LOP - Capturing and Linking Open Provenance on LOD Cycle Internacional TWC LOGD: A portal for linked open government data ecosystems Internacional The Joy of Data - A Cookbook for Publishing Linked Government Data on the Web Grcia Applying Linked Data Technologies to Greek Open Government Data: A Case Study Internacional Managing the Life-Cycle of Linked Data with the LOD2 Stack Espanha Methodological Guidelines for Publishing Government Linked Data Unio Europia Methodology for publishing datasets as open data - COMSODE; Internacional Open Data Handbook PROCESSOS DE ABERTURA DE DADOS MODELO PIECE OF CAKE (VILA, 2015)
  36. 36. 6 11 7 3 11 8 6 4 9 5 0 2 4 6 8 10 12 Recomendaes 70 recomendaes para publicao de dados abertos (conectados) aplicveis ao setor pblico foram extradas da reviso de literatura Sumarizao das recomendaes identificadas na reviso de literatura (AVILA, 2015) PROCESSOS DE ABERTURA DE DADOS MODELO PIECE OF CAKE (VILA, 2015)
  37. 37. Viso Geral do modelo de processo Piece of Cake (AVILA, 2015) THIAGO VILA (ESTCIO e UFAL) 30 PROCESSOS DE ABERTURA DE DADOS MODELO PIECE OF CAKE (VILA, 2015)
  38. 38. http://www.ibict.br/Sala-de-Imprensa/noticias/2016/ibict-lanca-manifesto-de-acesso-aberto-a-dados-da-pesquisa-brasileira-para-ciencia-cidada 40
  39. 39. DADOS ABERTOS GOVERNAMENTAIS Decreto Federal 8.777/2016 Institui a Poltica de Dados Abertos na Administrao Pblica Federal Insere os Dados Abertos como requisito prioritrio para o cumprimento da LAI Determina que todos os rgos da APF elaborem e executem Planos de Abertura de Dados Determina a abertura de bases de dados de alta relevncia
  40. 40. http://paineis.cgu.gov.br/dadosabertos/index.htm
  41. 41. PLANOS DE DADOS ABERTOS IFES 1. IFAL - Instituto Federal de Educao, Cincia e Tecnologia de Alagoas 2. IFC - Instituto Federal de Educao, Cincia e Tecnologia Catarinense 3. IFMS - Instituto Federal de Educao, Cincia e Tecnologia do Mato Grosso do Sul 4. IFRJ - Instituto Federal de Educao, Cincia e Tecnologia do Rio de Janeiro 5. IFSul - Instituto Federal de Educao, Cincia e Tecnologia Sul-Rio-Grandense 6. UFAM - Universidade Federal do Amazonas 7. UFERSA-RN - Universidade Federal Rural do Semi-rido 8. UFES - Universidade Federal do Esprito Santo 9. UFG - Universidade Federal de Gois 10.UFMS - Universidade Federal do M

Recommended

View more >