trabalhar no luxemburgo

TRABALHAR NO LUXEMBURGO
TRABALHAR NO LUXEMBURGO
Download TRABALHAR NO LUXEMBURGO

Post on 07-Jan-2017

220 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • TRABALHARNO LUXEMBURGO

    INFORME-SE ANTES DE PARTIR

    Para obter informaes sobre descontos para a Segurana Social no Luxemburgo, consulte o site do Ministrio da Segurana Social (Ministre de la Scurit Sociale)www.mss.etat.lu.

    IMPOSTOS

    O facto de sair do pas para trabalhar no significa que no mantenha obrigaes perante as autoridades tributrias portuguesas.

    Em matria de fiscalidade no existe legislao comum aplicvel ao nvel da UE que regulamente o modo como os trabalhadores e candidatos a emprego devem ser tributados.

    Para mais informaes, consulte os sites: Autoridade Tributria e Aduaneira:

    www.portaldasfinancas.gov.pt/at/html/index.html Administration des Contributions Directs:

    www.impotsdirects.public.lu/

    CUSTO DE VIDA

    O custo da habitao no Luxemburgo elevado, principalmente na capital e arredores.

    Em mdia, o preo da habitao situa-se entre os 15 e os 20 /m2, ou seja, a renda de um apartamento com 50 m2 poder custar cerca de 1.000 .

    Aos referidos custos acrescem outros encargos, como o condomnio, seguro, taxas camarrias e saneamento, bem como o indispensvel aquecimento.

    O preo mdio de compra de um imvel no Luxemburgo de 475.000 .

    Para mais informaes sobre habitao no Luxemburgo, consulte os sites especializados na matria:www.athome.lu e www.luxbazar.lu

    De referir, ainda, os seguintes valores: Consulta Mdico Generalista 35,90 ; Bilhete de transporte vlido por duas horas 1,50 ; Bilhete de transporte vlido por um dia 4,00 ; Seguro automvel 500 (mnimo).

    AO CHEGAR INSCREVA-SE NO CONSULADO GERAL DE PORTUGAL NO LUXEMBURGO

    CONTACTOS TEISEm Portugal:Direo-Geral dos Assuntos Consulares e Comunidades PortuguesasLisboaAv. Infante Santo, n 421350-179 LisboaTelefone: 213 946 901/92 Fax: 213 946 980 (9h00-17h30)www.secomunidades.ptcorreio@dgaccp.pt

    PortoRua do Rosrio, n 1354050-523 PortoTelefone: 223 395 450 Fax: 223 395 454 (9h00-17h30)www.secomunidades.pt dsr@dgaccp.pt

    Gabinete de Emergncia ConsularTelefone: 213 946 901/92 Fax: 213 946 980 (9h00-17h30)Telefone de Emergncia: Atendimento 24 horas 707202000Telefone de Emergncia: Atendimento 24 horas 961 706 472

    Gabinetes de Apoio ao Emigrante - http://portal-gae.dgaccp.pt

    Instituto do Emprego e Formao Profissional, I.P.Rua de Xabregas, 52 - 1949-003 LisboaTelefone: 21 861 41 00 Fax: 21 861 46 03www.iefp.pt iefp.info@iefp.pt Autoridade para as Condies do Trabalho Av. Casal Ribeiro, 18-A 1000-092 LisboaTelefone: 213 308 700 Fax: 213 308 706www.act.gov.pt geral@act.gov.pt

    Instituto da Segurana Social, I.P.Instrumentos InternacionaisTelefone: 213 101 300www.seg-social.pt

    Embaixada do Luxemburgo em PortugalRua das Janelas Verdes, 43 - 1200-690 LisboaTel: 213931940 Fax: 213901410http://lisbonne.mae.lu lisbonne.amb@mae.etat.lu

    No Luxemburgo:Embaixada de Portugal no Luxemburgo24, rue Guillaume SchneiderL - 2522 LuxemburgoTelefone: 00352 46 61 90/1 Fax: 00352 46 51 69luxemburgo@mne.pt

    Consulado-Geral de Portugal no Luxemburgo282, route de LongwyL - 1940 LuxemburgoTelefone: 00352 45 33 47/1 Fax: 00352 45 06 94mail@cglux.dgaccp.pt

    Ministrio da Educao Nacional e da Formao Profissional (Ministre de lducation Nationale et de la Formation Professionnelle)

    Servio da escolarizao das crianas estrangeiras (Service de la Scolarisation des Enfants trangers)CASNA - Clula de acolhimento escolar para alunos recm-chegados (Cellule daccueil scolaire pour lves nouveaux arrivant)29, rue AldringenL-1118 LuxemburgoTelefone: 00352 247 85277 / 00352 247 85207Fax: 00352 247 85140www.men.public.lu (na seco Enfants trangers)casna@men.lu

    Confederao Sindical OGBLEsch-Sur-Alzette42, rue de la LibrationL-4210 Esch-Sur-AlzetteTelefone: 00352 26 54 37 77 Fax : 00352 26 54 02 59www.ogbl.lu info@ogbl.lu

    Luxemburgo146, Boulevard de la PtrusseL-2330 LuxemburgoTelefone: 00352 26 54 37 77 Fax :00352 48 69 49www.ogbl.lu info@ogbl.lu

    Ettelbruck 6, rue Prince JeanL-9052 EttelbruckTelefone: 00352 26 54 37 77 Fax : 00352 81 97 13www.ogbl.lu info@ogbl.lu

    Confederao Sindical LCGB11, rue du CommerceL-1351 LuxemburgoTelefone: 00352 49 94 24 1 Fax: 00352 49 94 24 49www.lcgb.lu infocenter@lcgb.lu info@lcgb.lu

    PARA MAIS INFORMAOCONSULTE A BROCHURA TRABALHAR NO ESTRANGEIRO INSTITUTO DA SEGURANA SOCIAL, I.P.

  • TRABALHAR NO LUXEMBURGO

    INFORME-SE ANTES DE PARTIR.

    CONSELHOS GERAIS

    Antes de tomar a deciso de emigrar para o Luxemburgo conhea as oportunidades de trabalho e as condies de vida nesse pas.

    O Luxemburgo , semelhana de Portugal, um Estado-Membro da Unio Europeia (UE).Na qualidade de cidado da UE para: Estadias inferiores a trs meses apenas necessita do

    Bilhete de Identidade ou do Carto de Cidado vlido. No entanto, aconselha-se igualmente que seja portador da seguinte documentao: Carto da Segurana Social; Carto Europeu de Seguro de Doena; Certido de nascimento; Certido de casamento.

    Estadias superiores a trs meses dever requerer junto da Administrao Comunal (Cmara Municipal) do seu local de residncia no Luxemburgo uma Certido de Registo (Attestation dEnregistrement).

    Caso no se registe, no poder ser expulso do pas, mas poder ter de pagar uma multa.

    Para mais informaes, consulte os sites das seguintes entidades: Associao de Apoio aos Trabalhadores Imigrados:

    www.asti.lu; Confederao da Comunidade Portuguesa no

    Luxemburgo: www.ccpl.lu

    Durante a sua estadia no Luxemburgo deve ser tratado em igualdade de circunstncias com os nacionais desse pas, nomeadamente no que respeita ao acesso ao emprego, ao vencimento, s prestaes sociais e inscrio nas escolas.

    TRABALHO

    Para procurar ofertas de trabalho no Luxemburgo, consulte: O NETemprego: www.netemprego.gov.pt;

    O Centro de Emprego ou Delegao Regional do Instituto do Emprego e Formao Profissional;

    Um dos Conselheiros EURES em Portugal: www.iefp.pt/eures;

    O Portal Europeu da Mobilidade Profissional - EURES: http://ec.europa.eu/eures.

    Se est desempregado e a receber subsdio de desemprego, pode procurar trabalho no Luxemburgo pelo perodo de trs a seis meses mantendo o direito a esse subsdio, desde que cumpra certas condies.Para mais informaes, consulte o site da Segurana Social em www.seg-social.pt ou dirija-se ao Centro Distrital do Instituto da Segurana Social da sua rea de residncia.Se no est a receber subsdio de desemprego e quer procurar trabalho deve dispor de um rendimento suficiente para se sustentar sem necessidade de apoio financeiro e para regressar a Portugal se no conseguir encontrar emprego durante a estadia permitida.Para trabalhar no Luxemburgo deve ter conhecimento de, pelo menos, uma das trs lnguas oficiais: francs, alemo e luxemburgus.

    Antes de assinar o contrato de trabalho deve recolher informao sobre:1. Se a empresa est legalmente constituda:

    Empresas localizadas em Portugal www.portaldaempresa.pt/CVE/pt/EOL Empresas de Trabalho Temporrio localizadas em Portugal www.iefp.pt Empresas localizadas fora de Portugal Embaixadas e Consulados acreditados em Portugal www.portugal.gov.pt/media/442786/livro-do-corpo-diplomatico.pdf;

    2. O empregador;3. O local de trabalho;4. A forma legal de contratao no Luxemburgo;5. O valor, periodicidade e forma (meio) de pagamento

    da retribuio;6. A existncia de valores estabelecidos como retribuio

    mnima nacional ou setorial;7. O reconhecimento prvio da profisso ou obteno

    de documento especfico de entidade representativa da profisso que condicione o seu exerccio;

    8. O perodo normal de trabalho (nmero de horas que o trabalhador se obriga a prestar) dirio e semanal;

    9. O horrio de trabalho;10. O seguro de acidentes de trabalho;11. As condies de proteo social (nomeadamente

    quanto a situaes de doena).

    ACONSELHA-SE QUE DATA DA PARTIDA J TENHA UM CONTRATO DE TRABALHO ESCRITO.

    Para mais informaes sobre o regime laboral, condies de trabalho, direitos e obrigaes do trabalhador no Luxemburgo, consulte o site do Ministre du Travail et de lEmploi, Administration de lEmploi: http://www.etat.lu

    Salrio mnimo no Luxemburgo a 1 de janeiro de 2012: Trabalhador com mais de 18 anos 1.801,49 /

    ms; Trabalhador no especializado/no qualificado

    10,4132 /hora; Trabalhador especializado/qualificado

    13,0165 /hora; Trabalhador com 17 anos 1.441,19 /ms; Trabalhador com 15 e 16 anos 1.351,12 /ms.

    ENSINO

    Enquanto cidados da UE, os seus filhos tm o direito de frequentar uma escola no Luxemburgo nas mesmas condies que os cidados nacionais.Para inscrever na escola as crianas dos 3 aos 11 anos, os pais devero dirigir-se diretamente ao seu municpio de residncia ou ao secretariado municipal.Os alunos dos 12 aos 17 anos so orientados para o ensino ps-primrio. Para isso, devero dirigir-se ao CASNA (Cellule daccueil scolaire pour lves nouveaux arrivant) que avaliar os seus resultados escolares e conhecimentos lingusticos, com vista a orient-los para uma turma de acordo com o seu perfil.Nesta fase sero necessrios os seguintes documentos: Bilhete de identidade/carto de cidado ou

    passaporte;

    Carto de segurana social;

    Registo biogrfico dos dois ltimos anos; Ficha familiar de estado civil (extrait des registres de

    la population) ou cpia do certificado de residncia (a obter junto do municpio de residncia).

    Para informaes adicionais sobre ofertas escolares, poder consultar a brochura Bem-vindo escola luxemburguesa! em www.men.public.lu

    Para mais informaes sobre o ensino, poder contactar:

    A Embaixada de Portugal no Luxemburgo (onde funciona a Coordenao de Ensino de Portugus);

    O Consulado-Geral de Portugal no Luxemburgo; A Coordenao de Ensino de Portugus no

    Luxemburgo: nepl@education.lu; O Ministrio da Educao luxemburgus (Ministre de

    lducation Nationale et de la Formation