top varejo 16

Download Top Varejo 16

Post on 09-Mar-2016

219 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Revista da Câmara de Dirigentes Lojistas

TRANSCRIPT

  • 1

  • 3

  • 4 com muita alegria e entusiasmo que entramos no segundo semestre de 2013. Sabemos que as oportunidades de empreendermos chegaro at aqueles que trabalham arduamente e grandes conquistas sero os frutos.Nossa misso enquanto entidade respaldar o comrcio de Campo Grande com sabedoria, colocando em prtica aquilo que aprendemos, seja nas faculdades ou no dia a dia de trabalho. Cada varejista, cada empresrio tem a vontade de crescer, claro. E existem aqueles que com a viso de futuro, j fazem hoje como se o sucesso estivesse porta. Em meio s dificuldades onde tiramos fora e destreza para fazer diferente, para alar nossos voos, rumo a horizontes onde os valores e ticos so postos a prova e aprovados.O comerciante que passa por adversidades e sai dela entra em um novo momento da vida profissional, amadurecendo suas aes e antecedendo o que h de vir. Por isso no devemos nos abalar pelas crises, mas sim ter a criatividade para fazer mais e melhor. Acredito no cenrio atual e em um presente promissor. Para isso eu o convido a se preparar para esse futuro, prximo, que lhe trar surpresas inesperadas. No pare. No descanse e, sobretudo, no desanime. O crescimento fruto do trabalho mtuo e de profissionais que caminham juntos. Vamos luta, hoje e sempre!

    Ricardo KuninariPresidente da CDL CG

    PresidentePalavra do

  • 5

  • 6No Topo

    MulheresEmpreendedoras

    Comer Bem em Campo Grande

    A Vida de QuemChegou L

    ndice14

    58 18

    62

  • 7

  • Alexandre MorallesDiretor de arte.Diretor de marketing daCDL Campo Grande.Responsvel pela Top Varejo.

    Roberta BarbetaSuperintendente.

    Aline MachadoAdministrativo.

    Thiago ChaiaDiretor de Criao.

    Paulo AmorimDesigner Grfico.

    Alex MouraDiretor de Arte.

    Jos Tadeu FerreiraConsultor Comercial.

    Top Varejo uma publicao da Cmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande - MS

    Rua Antnio Corra, 417Monte Lbano - (67) 3320.4000Presidente da CDL

    Projeto de Execuo MV Agncia

    Ricardo Kuninari

    (67) 3348. 6700

    Kelly FernandesJornalista.

    Ederson SilveiraGestor Comercial.

    Danielle MolinoAdministrativo.

    Gabriel NogueiraConsultor Comercial.

    India FleischfresserPublicitria.

    Larissa CavalieriPublicitria.

    Edio 16 - Setembro 2013

    COLABORADORES

    Professora Elisa Silva, 31Chcara CachoeiraCampo Grande-MS67 3348 6700

  • 9 gratificante ver que o comrcio local j est tendo vantagens com a vinda do Shopping Bosque dos Ips e que outros j esto sendo pensados e construdos

    na regio. exatamente essa a ideia, fazer parte do desenvolvimento

    econmico daquela regio e da cidade. Murilo Loureiro

    Superintendente Shopping Bosque dos Ips

    O nosso prato principal fazer o melhor para nossos clientes.

    Eder MatozoSushi Ya

    Temos percebido que os compradores esto mais conscientes

    acerca de seu poder de compra. Sendo assim, quem est adquirindo, est fazendo de maneira sensata.

    Elaine TrinoImobiliria Casa X

    Tudo valeu a pena, cada dia trabalhado, cada esforo feito. Quando me lembro dos rostos que passaram por aqui, fico imensamente grata a todos os envolvidos nesse projeto de ensino, e nada pode ser maior que ver os

    resultados vivos disso. Adelina Spengler

    Instituto Educacional Paulo Freire

    Acredito na fora do trabalho, na marca que criamos e na

    capacidade de nossa equipe. Sem dvidas, estamos na nossa

    melhor fase. Maristela Sordi Morena Mulher

    TOP LINE

  • 10

    PALAVRA DA VEZ

    A fora domovimento lojistaRoque Pellizzaro Jr.Presidente da Confederao Nacional de

    Dirigentes Lojistas

  • 11

    PALAVRA DA VEZ

    Foram feitas pesquisas recentes sobre o perfil do varejista e do consumidor no Brasil. Qual o resultado?Nosso objetivo foi conhecer o comrcio brasileiro e o levantamento mostrou que 80% do setor so de micro e pequenas empresas e que esses empresrios no esto preparados para a gesto das empresas. Levamos esse resultado ao Sebrae Nacional e estamos estudando uma parceria para qualificar os gestores das empresas comerciais desse porte. O mundo est passando por um processo de concentrao. Se no nos atentarmos, vamos transformar o Brasil no que o Mxico hoje, onde no h mais espao para micro e pequenas empresas de varejo. J a pesquisa sobre o consumidor apontou que 41% dos brasileiros j foram ou esto impossibilitados de fazer compras a prazo por estarem com o nome sujo. Essa situao envolve principalmente as classes C e D. Os motivos principais so a falta de planejamento financeiro e a dificuldade de avaliar quanto efetivamente pagam quando fazem compras parceladas.

    Defina o Movimento Lojista?Certamente est em expanso, j que fundamos hoje uma mdia de dez entidades por ms em todo o pas, estando presentes em todos os estados brasileiros. A CDL (Cmara de Dirigentes Lojistas) a nica entidade com essa capacidade plural, visto que no recebemos recursos pblicos e mesmo assim temos lutado para manter o nvel de servios oferecidos para nossos colegas lojistas associados. Como por exemplo, o Servio de Proteo ao Crdito, o SPC e o Cadastro Positivo.

    Presidente da Confederao Nacional de Dirigentes Lojistas visita Campo Grande e conversa com a Top Varejo.

  • 12

    E por falar nisso, como funcionao Cadastro Positivo?Quando o comerciante utilizava o cadastro de clientes para fazer uso como ferramenta de pesquisa, geralmente via somente quem estava em dvida no mercado e por isso no ocorria a venda ou as condies no eram facilitadas. Com o Cadastro Positivo possvel verificar, com autorizao prvia do cliente feita na CDL de sua cidade, quo bom comprador ele , e com isso quais sero as taxas de juros, por exemplo, que ele ter na hora de comprar um veculo.

    Seria uma espcie de nivelamento?Esse tipo de nivelamento j existe, pois o brasileiro visto na mdia, ou seja, os bons compradores pagam pelos ruins, j que no h benefcios para aqueles que

    Texto Kelly FernandesFoto Mazo Ramires

    Ricardo Kuninari (Presidente da CDL CG) e Roque Pellizzari Jr. em vista CDL CG

    so compradores positivos. J o CP vem personalizar, deixando que o relatrio individual de cada comprador fale por si s.

    O senhor acredita que ento o brasileiro est aprendendo a lidar em ambiente de segurana econmica?Sim est. Est aprendendo a consumir, seja a prazo, seja vista. Comea a exigir mais qualidade e a compreender que esse processo de consumo precisa ser pensado. Havia uma demanda reprimida que fluiu quando as pessoas comearam a conviver com mais estabilidade no emprego, com renda melhor e com elevao do patamar social. A nsia do primeiro momento passou, a mola perdeu fora. As pessoas j compraram o que mais precisavam.

    PALAVRA DA VEZ

  • 13

  • 14

    Murilo Loureiro - Superintendente Shopping

    Bosque dos IpsTexto Kelly FernandesFoto Neopix

  • 15

    Um dos empreendimentos mais esperados dos ltimos anos pelos campo-grandenses, o Shopping Bosque dos Ips inaugurou. E chegou superando as expectativas. Com espaos amplos e aconchegantes, o Shopping tem arquitetura exclusiva e direcionada a cidade Morena. E frente deste marco est o superintendente Murilo Loureiro. Jovem, mas com uma bagagem profissional invejvel, Murilo focado no que faz. Com o tom de voz baixo, mas incansvel, mostra no vocabulrio e na desenvoltura da fala sua capacidade de inovar. Lder nato, ele faz questo de enfatizar sim, que se considera um workholic, mas que j esta desacelerando com a ajuda da meditao e retorno s atividades fsicas. Formado em Engenharia Eltrica, concluiu os ltimos semestres na Alemanha. De volta ao Brasil, fez carreira como consultor em grandes empresas e multinacionais. Atuou em outros pases da Europa, Mxico e Estados Unidos. O convite para fazer parte da equipe do grupo Jereissati veio e hoje Murilo est aqui, na cidade dos Ips, para continuar sua brilhante carreira, desta vez como superintendente.

    de SucessoEmpreendimentoNO TOPO

  • 16

    A ideiaA estratgia do grupo Jereissati Centros Comerciais foi projetar uma estrutura com conceito regional, que houvesse identificao com a cidade de Campo Grande, j que os demais Shoppings do grupo so referenciais nas cidades onde atuam, como o Shopping Iguatemi, em Fortaleza no Cear. Por isso ter um nome que s fosse legal do ponto de vista do marketing, mas no falasse nada ao corao das pessoas, o efeito no seria o mesmo. O cidado de Campo Grande faz parte da estrutura do Bosque dos Ips, j que estamos em uma rea onde h potencial de expanso. Murilo no est se referindo somente a rea de 144.500 metros quadrados do terreno onde est construdo o Shopping. Ele v alm, j que outros empreendimentos esto tomando forma, como o condomnio Alphaville e o Parque Municipal Cnsul Assaf Trad. gratificante ver que o comrcio local j est tendo vantagens com a vinda do Shopping e que outros j esto sendo pensados e construdos na regio. exatamente essa a ideia, fazer parte do desenvolvimento econmico daquela regio e da cidade.

    Diferencial arquitetnicoAbrir mo de um nome reconhecido internacionalmente (Iguatemi) para agregar valor cidade foi uma das situaes optadas. Mas h outros fatores tangveis que fazem do Shopping Bosque dos Ips diferente, conta Murilo. Elaborado pela empresa RTKL, um dos maiores escritrios de arquitetura comercial do mundo, o projeto concilia o uso de tecnologias e materiais de alta qualidade, com toques regionais que esto presentes na ambientao e no paisagismo. No aspecto

    da preservao do meio ambiente, todo o projeto foi pensado focando o uso racional de energia, gua e dos demais recursos naturais, atravs de tecnologias autossustentveis. Poderamos ter empregado menos recursos na concretizao do Shopping? Sim. Mas nosso desejo desde o incio foi que todas as pessoas tivesse