tomada de decisão medidas culturais pragas e doenÇas ... ?· pragas e doenÇas septoriose do...

Download Tomada de decisão Medidas culturais PRAGAS E DOENÇAS ... ?· PRAGAS E DOENÇAS SEPTORiOSE DO MARAcujAzEiRO…

Post on 03-Dec-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Tratar assim que surgirem os primeiros sintomas e sempre que se verificarem as condies favorveis ao desenvolvimento do parasita: Temperaturas da ordem dos 25C; Humidade relativa elevada.

    Manter um bom espaamento entre as plantas e um sistema de conduo que permita um bom arejamento e a penetrao da luz solar;

    Evitar alta densidade de folhagem; Efetuar podas de limpeza; Destruio e queima dos resduos da cultura.

    Podero ser aplicados os seguintes produtos fitofarmacuticos (autorizados ao abrigo dos usos menores):

    Calda Bordalesa Sapec (sulfato de cobre); Ortiva (Azoxistrobina).

    Tomada de deciso

    Medidas culturais

    Luta qumica

    PRAGAS E DOENAS

    SEPTORiOSE DOMARAcujAzEiRO

    SEPTORiA PASSifLORicOLA PuNiTh.

    Direo de Servios de AgriculturaQuinta de S. Gonalo9500-343 PONTA DELGADA Tel. 296 204 350 | Fax. 296 653 026Email: info.dsa@azores.gov.pt

    SECRETARIA REGIONAL DOS RECURSOS NATURAISDIREO REGIONAL DA AGRICULTURA E DESENvOLvImENTO RURAL 2014

  • Figura 1 Sintomas de septoriose nas folhas.

    Sintomas

    Figura 2 Leses causadas pela septoriose.

    As plantas de maracuj podem ser afetadas por diversas micoses, responsveis pela desvalorizao comercial dos frutos e por quebras de produo.A septoriose uma doena que se manifesta essencialmente nos frutos e folhas, podendo tambm atacar as flores e os ramos.

    Figura 2 Leses causadas pela septoriose.

    Nos frutosA infeo dos frutos pode ocorrer em qualquer fase do seu desenvolvimento. Nos frutos, a doena manifesta-se pelo aparecimento de pequenas manchas pardacentas, com halo esverdeado, su-perficiais, circulares e de contorno bem definido, as quais podem coalescer e formar grandes leses necrticas, ligei-ramente deprimidas, de consistncia dura e que provocam o amadurecimen-to irregular do fruto. Sobre as manchas tambm possvel observar-se pontua-es negras picndios.

    Nas folhasPequenas leses dispersas pelo limbo, circulares ou levemente angulares, de contorno definido, acastanhadas, com uma aurola amarelada e com dimetro que varia entre os 5 e 10 mm. Sobre estas manchas formam-se pontuaes negras e salientes, que constituem as frutificaes do fungo. As folhas afetadas podem cair precocemente, o que resulta na seca dos ramos e, por vezes, na morte da planta.

    Nas flores e ramosNas flores, os sintomas manifestam-se no clice e pedicelo, causando aborta-mento, seca e queda prematura.Nas hastes, surgem pequenas leses, cir-culares ou alongadas, de aspeto agua-do. Quando as leses circundam os ra-minhos, estes secam e morrem.