todas aulas

Download Todas Aulas

Post on 27-Oct-2015

71 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • CURSO ON-LINE NOES DE ADMINSITRAO PBLICA E DE GESTO PBLICA TRTs (TCNICO JUDICIRIO REA:

    ADMINISTRATIVA)

    PROFESSOR: VINICIUS OLIVEIRA RIBEIRO

    1www.pontodosconcursos.com.br

    Aula 1 2 Convergncias e diferenas entre a gesto pblica e

    a gesto privada; 3 Gesto de resultados na produo de

    servios pblicos e 9 Gesto por Processos.

    Ol pessoal, vamos para a nossa Aula 1.

    9 Gesto por Processos

    Processo pode ser definido como uma ao continuada, um

    procedimento, estados intermedirios de uma transformao.

    sempre bom diferenciar dos projetos, que so caracterizados por

    possuir tempo determinado de execuo. Os processos no, eles so

    contnuos, seqenciais.

    Segundo Idalberto Chiavenato, gesto de processos uma forma de

    administrao focada nos processos.

    Em uma organizao, podemos pensar os processos como uma

    sequncia de atividades que transforma insumos (inputs) em

    produtos (outputs), gerando valor para o cliente. Vejamos a

    ilustrao.

  • CURSO ON-LINE NOES DE ADMINSITRAO PBLICA E DE GESTO PBLICA TRTs (TCNICO JUDICIRIO REA:

    ADMINISTRATIVA)

    PROFESSOR: VINICIUS OLIVEIRA RIBEIRO

    2www.pontodosconcursos.com.br

    Uma empresa funciona da seguinte forma: ela utiliza seus recursos

    (humanos, materiais e financeiros) para transformar a matria-prima

    ou a idia em um produto acabado ou em um servio disponvel,

    respectivamente. Os inputs so os recursos de entrada e os outputs

    so as sadas da empresa, ou seja, o que a organizao produz e

    expede para o mercado.

    Se pegarmos o quadro transformao e dermos um zoom, veremos

    que ele composto por vrias etapas. Mas a, cada empresa possui a

    sua prpria sequncia, cada produto requer uma determinada ordem

    de produo, e por a vai. importante saber o seguinte: a cada

    etapa de produo, dentro do processo de transformao, so

    agregados valores ao produto.

    Explicando melhor. Se o produto ir passar por 3 processos diferentes

    antes estar acabado, na 1 unidade, ele ir receber algum tipo de

    transformao. Essa transformao necessariamente agrega valor ao

    produto. A cana-de-acar, ao virar lcool, no est agregando valor?

    Qual mais caro? Isso, esse valor tambm financeiro.

  • CURSO ON-LINE NOES DE ADMINSITRAO PBLICA E DE GESTO PBLICA TRTs (TCNICO JUDICIRIO REA:

    ADMINISTRATIVA)

    PROFESSOR: VINICIUS OLIVEIRA RIBEIRO

    3www.pontodosconcursos.com.br

    Voltando explicao, ao sair da unidade 2, o produto ter mais

    valor agregado do que na unidade de produo 1 e, no fim (3

    unidade), ele atingir o mximo de valor que a empresa pretende

    agregar para ento comercializ-lo. Entendido?

    Outro tema importante em gesto de processos o mapeamento de

    processos. Podemos defini-lo como o estudo das atividades que

    compem um determinado processo a fim de orden-las. Com essa

    organizao, gera-se um fluxo das atividades.

    Convm definir tambm o conceito de fluxograma, que um produto

    do mapeamento de processos. Esse tipo diagrama uma

    representao grfica do processo (dos fluxos das atividades), com o

    objetivo de facilitar a visualizao e o entendimento das diversas

    atividades. Difere do organograma (esttico/ foto da estrutura) por

    ser dinmico. Veja a ilustrao.

  • CURSO ON-LINE NOES DE ADMINSITRAO PBLICA E DE GESTO PBLICA TRTs (TCNICO JUDICIRIO REA:

    ADMINISTRATIVA)

    PROFESSOR: VINICIUS OLIVEIRA RIBEIRO

    4www.pontodosconcursos.com.br

    Uma coisa que podemos notar, a partir da figura, que todos os

    smbolos do fluxograma podem ter vrias entradas e sadas. O

    losango requer licitao? possui como entrada o crculo alongado

    elaborar minuta de contrato e como sadas o retngulo elaborar

    justificativa de inexigibilidade ou dispensa e o losango prego?.

    Contudo, h duas excees nessa regra de entradas e sadas. O

    primeiro smbolo nunca ter entradas, j que o primeiro. Pela lgica

    tambm, o ltimo smbolo nunca ter sadas, j que representa o fim

    daquele determinado processo.

    Quando desenhamos um fluxograma, cada smbolo possui um

    significado especfico. Assim, temos:

    Crculo alongado: incio ou fim; Seta: sentido do processo;

    Elaborar minuta de contrato

    RequerLicitao?

    prego?

    Elaborar justificativa de inexigibilidade ou

    dispensa

    Verificar se ser eletrnico ou

    presencial

    Verificar a modalidade

    No

    No

    Sim

    Sim

  • CURSO ON-LINE NOES DE ADMINSITRAO PBLICA E DE GESTO PBLICA TRTs (TCNICO JUDICIRIO REA:

    ADMINISTRATIVA)

    PROFESSOR: VINICIUS OLIVEIRA RIBEIRO

    5www.pontodosconcursos.com.br

    Retngulo: aes; Losango: questes/alternativas, sempre com duas sadas.

    Quando mapeamos um processo e o representamos por meio de

    fluxograma, podemos identificar onde se situam possveis problemas.

    Esses problemas, tambm chamados de gargalos, uma vez

    identificados, podem ser solucionados para que os processos voltem

    ao seu curso (fluxo) normal.

    Exemplo: suponhamos que a empresa j conhece um problema que

    est tendo: o produto fabricado est com problemas de especificao

    (as suas caractersticas esto fora do padro estipulado). Assim, com

    o mapeamento dos processos, possvel detectar em que momento

    da fabricao a especificao no foi cumprida. Com a correta

    identificao desse momento, a soluo do problema fica mais clara.

    Vejamos algumas questes.

    1) (FCC PGE-RJ 2009) O modelo de gesto orientado para

    processos adequado para promover maior efetividade

    organizacional porque

    a) h uma eliminao de barreiras dentro da empresa,

    possibilitando a visualizao da organizao como um todo e

    uma maior interrelao entre os diferentes agentes da cadeia

    de valor: clientes, fornecedores e gestores do processo.

    b) elimina a estrutura vertical de comando, descentralizando

    o fluxo de decises, estimulando a participao e o

    envolvimento dos funcionrios com os objetivos estratgicos

    da empresa.

  • CURSO ON-LINE NOES DE ADMINSITRAO PBLICA E DE GESTO PBLICA TRTs (TCNICO JUDICIRIO REA:

    ADMINISTRATIVA)

    PROFESSOR: VINICIUS OLIVEIRA RIBEIRO

    6www.pontodosconcursos.com.br

    c) cada atividade pode ser controlada de forma independente,

    e no como uma srie de tarefas sequencialmente

    interrelacionadas e organizadas com a finalidade de produzir

    resultados especficos.

    d) favorece a formao de equipes de trabalho, composto

    por profissionais com diferentes competncias, orientados

    para o desenvolvimento de projetos especficos.

    e) permite que os esforos da empresa estejam direcionados

    para uma integrao entre processos e funes, tornando a

    diviso do trabalho de cada setor mais precisa e estvel.

    Vejamos item por item.

    a) Esse o nosso gabarito. A gesto de processos pressupe uma

    viso geral da empresa, uma viso integrada.

    b) Orientar-se para os processos no necessariamente elimina a

    estrutura vertical de comando na empresa. Uma gesto de processos

    pode conviver com a estrutura citada.

    c) Na gesto de processos, fundamental que haja interdependncia

    de tarefas. H vrias atividades na empresa, mas todas devem

    compor um sistema nico, com o mesmo objetivo principal.

    d) As pessoas no esto orientadas para desenvolvimento de projetos

    na gesto de processos.

    e) No podemos afirmar que a diviso do trabalho se tornar mais

    estvel. Com as mudanas constantes no mundo atual, comum que

    se alterem procedimentos para se adaptar s exigncias do mercado.

  • CURSO ON-LINE NOES DE ADMINSITRAO PBLICA E DE GESTO PBLICA TRTs (TCNICO JUDICIRIO REA:

    ADMINISTRATIVA)

    PROFESSOR: VINICIUS OLIVEIRA RIBEIRO

    7www.pontodosconcursos.com.br

    Gabarito: A

    Uma organizao pode ser definida como um processador, no

    qual os insumos pessoas, informao, conhecimento,

    espao, tempo, dinheiro e instalaes so geridos de modo

    a atingir, da melhor forma possvel, os objetivos que lhe so

    prprios. E, mediante o alcance desses objetivos, os

    fornecedores daqueles insumos so remunerados, o que os faz

    fornecer, novamente, os insumos para a transformao social.

    Dentro desse contexto de organizaes, julgue o item

    seguinte.

    2) (CESPE ANATEL 2009) Dentro dessa viso sistmica, a

    expresso stakeholder designa as pessoas interessadas na

    continuidade das organizaes, como os funcionrios, clientes

    e fornecedores.

    Pessoal, coloquei essa questo mais pelo enunciado, que faz uma

    definio tima envolvendo organizao e processos.

    Os stakeholders so as partes interessadas na empresa. So os

    agentes afetados positiva ou negativamente pelas decises da

    organizao. Nesse sentido, podem ser considerados stakeholders os

    funcionrios, os acionistas, os clientes, os fornecedores, etc.

    Gabarito: C

    3) (FCC BAHIAGS 2010) Um grupo de atividades realizadas

    numa sequncia lgica com o objetivo de produzir um bem ou

    servio que tem valor para um grupo especfico de clientes

    denominado

  • CURSO ON-LINE NOES DE ADMINSITRAO PBLICA E DE GESTO PBLICA TRTs (TCNICO JUDICIRIO REA:

    ADMINISTRATIVA)

    PROFESSOR: VINICIUS OLIVEIRA RIBEIRO

    8www.pontodosconcursos.com.br

    a) processo.

    b) ciclo PDCA.

    c) kaizen.

    d) fluxograma.

    e) just-in-time.

    Essa a definio de processos, ou seja, trata-se de um conjunto de

    ativ

Recommended

View more >