título: estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · entregue aos alunos um pedaço...

of 30 /30

Upload: phamcong

Post on 12-Dec-2018

218 views

Category:

Documents


0 download

TRANSCRIPT

Page 1: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo
Page 2: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

Autora Maria Auxiliadora de Miranda

Disciplina/área Língua Portuguesa

Escola de Implementação Colégio Estadual Horácio Ribeiro dos Reis- Ensino Fundamental e Médio

Município da Escola Cascavel

Núcleo Regional de Educação Cascavel

Professora Orientadora IES Sanimar Busse

IES vinculada UNIOESTE

Resumo

Esta Unidade Didática tem o objetivo de

apresentar uma proposta de trabalho com a

leitura no 6º Ano, do Ensino Fundamental, do

Colégio Estadual Horácio Ribeiro dos Reis,

pautada na concepção sócio-interativa de leitura.

Nessa concepção, a leitura é entendida como

processo de aquisição de conhecimentos, cultura

e desenvolvimento do espírito crítico e criativo.

O trabalho será efetivado a partir de estratégias

metodológicas que auxiliem o educando a ampliar

sua estrutura cognitiva; armazenar as

informações dela advindas; interagir

significativamente com o texto, interpretando

seus dizeres, aceitando-os ou recusando-os; e

utilizá-la como âncora para outros conhecimentos

e para a sua própria formação enquanto cidadão.

Esta unidade didática organiza-se a partir da

perspectiva de que, por meio da leitura, o leitor

compreende e até pode modificar seu

comportamento ao longo da história, interagindo

com o objeto de conhecimento, com a realidade

e com outros sujeitos a partir dos saberes

Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica para a aquisição de

conhecimentos, cultura e autonomia.

1

Page 3: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

previamente adquiridos. O trabalho com a

leitura, nesta perspectiva, deve ser tomado como

meio favorável para instrumentalizar e fomentar

atitudes mais integradoras entre homem-

conhecimento-mundo.

Palavras-chaveLeitura; estratégias de leitura; conhecimento; autonomia

Formato do Material DidáticoUnidade Didática

Público AlvoAlunos do 6º ano

2

Page 4: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

CAPÍTULO 1

1.1APRESENTAÇÃO

Caríssimos professores!

A presente Unidade Didática tem como finalidade apresentar uma proposta

de trabalho com a leitura voltada para os alunos do 6º ano, do Ensino

Fundamental, pautada numa concepção sócio-interativa no trabalho com o ensino

e a aprendizagem de leitura. A atividade de leitura é tomada como meio para

aquisição de conhecimentos, cultura e autonomia. Nesta perspectiva, as

estratégias metodológicas serão planejadas para auxiliar o aluno a ampliar sua

estrutura cognitiva, armazenar as informações dela advindas, interagir

significativamente e utilizá-la como âncora para outros conhecimentos.

Por meio da leitura, o leitor-aprendiz, ao mesmo tempo em que organiza e

desenvolve as estruturas cognitivas, compreende e até pode modificar seu

comportamento ao longo da história, interagindo com o objeto de conhecimento,

com a realidade e com outros sujeitos a partir dos saberes previamente

adquiridos.

A leitura é uma prática que requer uma responsabilidade compartilhada em

todas as disciplinas, é um processo que exige compromisso e a apropriação deste

conceito por parte de todos os profissionais que trabalham com a educação.

Necessita ainda de muita reflexão de todos os envolvidos para quebrar paradigmas

da nossa cultura acadêmica e romper com uma concepção utilitária da leitura.

Acreditando no papel do professor como agente multiplicador de

conhecimentos, exemplos e valores, convido-o (a) a colocar em prática,

juntamente com seus colegas de trabalho, esta Unidade Didática, que visa

fornecer práticas de leitura que poderão auxiliar no trabalho com a leitura para

criar o espírito crítico, criativo e autônomo.

Para isso, você professor (a), é convidado (a) a transformar sua sala de aula

em um ambiente agradável e interativo, buscando a participação social de todos!

Bom trabalho a todos!

3

Page 5: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

1.2JUSTIFICATIVA

Um dos múltiplos desafios da escola, hoje, é formar alunos capazes de

exercer a sua cidadania, compreendendo criticamente a realidade social e nela

agir, efetivamente. Para tanto, coloca-se como fundamental a articulação entre

conhecimento, conteúdo, história, cultura e cidadania, no trabalho em sala de

aula. Essa articulação não pode ser tomada sem considerar a escola como

pertencendo à sociedade, onde filtram-se, relacionam-se e, em alguns aspectos,

transformam-se informações, avaliações e atitudes.

O trabalho com a leitura, nesta perspectiva, deve ser tomado como meio

favorável para instrumentalizar e fomentar atitudes mais integradoras entre

homem-conhecimento-mundo.

Visando suprir a necessidade de um trabalho com a leitura de maneira mais

coerente e significativa, isto é, buscando valorizar o conhecimento de mundo do

aluno e ao mesmo tempo estimular a consciência de que é possível, ao ler um

texto, interpretar os dizeres, aceitando-os ou recusando-os, nesta Unidade Didática

pretende-se desenvolver um trabalho que viabilize o contato do aluno-leitor com

estratégias metodológicas de leitura que o instrumentalize para realização de

novas aprendizagens e para a sua formação enquanto cidadão.

1.3OBJETIVOS

Esta Unidade Didática tem como objetivos:

- criar condições de leitura que possibilitem ao aluno-leitor desenvolver

ferramentas com as quais possa superar a mera decodificação e realizar uma

leitura crítica e criativa da realidade em que está inserido;

- ler de forma a atribuir sentido à leitura, interagindo significativamente

com outros conhecimentos e exercendo a sua cidadania.

4

Page 6: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

1.4 INTRODUÇÃO

Esta Unidade Didática aborda a leitura no contexto escolar e a função social

dessa prática, destacando o papel da escola e a sala de aula como espaço

significativo para efetivar uma leitura como um meio de articulação, na qual o

aluno possa ampliar sua estrutura cognitiva, armazenar as informações obtidas,

interagir significativamente e utilizá-la como âncora para outros conhecimentos,

como elemento intermediário importante na e para a construção de novos

significados. Por meio da leitura, o leitor-aprendiz, ao mesmo tempo em que

organiza e desenvolve as estruturas cognitivas, compreende e até pode modificar

seu comportamento ao longo da história, interagindo com o objeto de

conhecimento e com outros sujeitos a partir dos saberes previamente adquiridos.

Diante desta perspectiva, entende-se que como objeto de conhecimento que

é, a leitura precisa ser ensinada e aprendida: o sujeito-leitor precisa aprender a

decodificar e a usar as estratégias que levam à compreensão e ao seu controle; ao

mesmo tempo em que, os procedimentos ou estratégias de leitura precisam ser

explicitados,como, aliás, é comum acontecer no processo de ensino de outras áreas

do conhecimento. Solé (1998) esclarece que as estratégias têm como finalidade

ajudar o leitor na escolha de outros caminhos quando se deparar com problemas na

leitura, e acrescenta que, segundo seu entendimento,

[...] as situações de ensino/aprendizagem que se articulam em torno das estratégias de leitura como processos de construção conjunta, nos quais se estabelece uma prática guiada através da qual o professor proporciona aos alunos os “andaimes” necessários para que possam dominar progressivamente essas estratégias e utilizá-las depois da retirada das ajudas iniciais. (SOLÉ, 1998, p.76).

O nosso papel enquanto mediadores será o de fornecer práticas que ajudarão

na aprendizagem e que guiarão o aluno-aprendiz até que este esteja preparado

para atuar com autonomia, porém, muitas vezes o professor não sabe quais

estratégias ensinar ou como ensiná-las. Uma vez que estes veem a leitura como

uma atividade natural que não precisa de intervenção para ser desenvolvida. No

entanto, esta ideia não é defendida por Solé (1998, p.172), para a autora a ideia de

5

Page 7: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

leitura é um processo de construção lento e progressivo, que requer uma

intervenção educativa respeitosa e ajustada. Nesse sentido, Solé (1998) argumenta:

Não vamos esperar que os alunos aprendam o que não lhes foi ensinado, nem vamos esperar que aprendam de uma vez só e para sempre. Trata-se apenas de fazer com a leitura o que se faz com outros conteúdos do ensino: mostrar como um especialista os maneja, planejar situações em que o aprendiz possa abordar progressivamente este manejo e ajudá-lo para que, partindo de onde se encontra possa ir sempre um pouco além, no sentido do domínio autônomo. (SOLÉ, 1998, p.172)

A leitura ajuda os alunos a acionarem seu conhecimento prévio sobre o

assunto e formular hipóteses sobre o texto a ser lido. Assim sendo, os conteúdos

que o professor de Língua Portuguesa deverá eleger como prioritários para o

trabalho devem constituir-se como conhecimentos dos quais os demais professores

se utilizarão para realizar a leitura dos textos que selecionarem para trabalho. Os

conteúdos específicos de leitura não deverão, em si, ser focos do seu trabalho, mas

instrumentos e ferramentas a serem utilizadas para se buscar a compreensão do

conteúdo específico de sua área.

As atividades encaminhadas, nesta unidade didática, buscam, por meio do

trabalho que entrelaça conteúdo e forma, explorar o texto em todas as suas

dimensões, desde o contexto de produção até as possibilidades de interpretação

que se delineiam nos movimentos de referenciação e de explicitação nos elementos

que comportam a descrição de personagens, ambientes, fatos e ações.

6

Page 8: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

CAPÍTULO 2

SUGESTÕES DE ATIVIDADES

Caros professores,

Nossa primeira atividade de estímulo à leitura será a confecção da “caixa de leitura”, esta estará presente em todas as aulas de Português. A seguir descreveremos algumas sugestões para introduzirmos nossa “caixa de leitura”:

1. Encape a caixa com um papel liso (sem desenho), de preferência branco.

2. Apresente-a à turma.3. Convide-os a dar um colorido à “caixa de leitura”.4. Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno.5. Coloque uma música suave de fundo e estimule a cada um a desenhar

algo que goste muito, diga que este desenho vai ajudar a colorir a caixa.

6. Depois de um tempo, anteriormente determinado, peça que cada um apresente o seu desenho e depois cole-o na caixa;

7. Não esqueça de orientá-los a respeitar o espaço para que um desenho não esconda o desenho do colega.

8. Depois que todos colarem, recolha a caixa para trazê-la em outra aula envolvida com um grande laço e dentro dela os livros escolhidos para leitura diária.

9. Convide um membro da escola para tirar o laço da caixa diante da turma, tornando a atividade num momento solene.

10.Após a abertura da caixa e o agradecimento e despedida da pessoa convidada, comece a apresentação dos livros, se algum título for conhecido, explore este conhecimento.

11.Depois da apresentação dos livros, deixe estipulado que todas as aulas de português serão iniciadas com 15 minutos de leitura dos livros da “caixa de leitura”.

ATIVIDADE: EU LEIO, TU LÊS, ELE LÊ, TODOS NÓS LEMOS!

Conforme combinado no dia da inauguração da caixa, em todas as aulas os

alunos terão 15 minutos de leitura, onde encontrarão os seguintes títulos das

coleções:

Contos mágicos Persas.

Mãe África: mitos, lendas, fábulas e contos.

Meus contos africanos.

7

Page 9: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

Alguns contos e fábulas da Sibéria.

Alguns contos da América do Sul.

Alguns contos Chineses.

Depois que os alunos tiverem lido mais de um título, os mesmos serão

motivados a escolherem um e fazer uma apresentação em grupo; utilizando um dos

seguintes recursos: fantoche, teatro, jogral, desenho ou outro da preferência do

grupo. A data das apresentações dependerá do término da leitura dos alunos.

Obs: Os títulos acima mencionados são sugestões, cabe a você professor

selecionar os títulos que melhor corresponderem a sua realidade.

ATIVIDADE: ESTRATÉGIAS PARA UMA BOA LEITURA

Partindo do princípio de que o processo de leitura não é natural, automático

ou muito menos simples, mas um processo de interação entre um leitor e um texto,

Solé (1998, p. 114) propõe que sejam ensinadas estratégias aos alunos para que os

mesmos possam extrair o máximo dessa interação. A autora esclarece que as

estratégias têm como finalidade ajudar o leitor na escolha de outros caminhos

quando se deparar com problemas na leitura (SOLÉ, 1998, p.74).

Para a autora as estratégias são divididas em 3 etapas: antes, durante e

depois, porém, não precisam, necessariamente, seguir uma determinada ordem, já

que as mesmas devem adequar-se às necessidades do aluno de forma individual.

A primeira etapa corresponde ao ANTES, por isso professor, nesta etapa é

importante que você:

Seja o modelo de leitor para os seus alunos, antes que eles comecem a

apresentação eles tenham na sua leitura um modelo a seguir.

Faça um levantamento do conhecimento prévio de sua classe; em

especial, se algum aluno já leu algum dos títulos apresentados, explore

a opinião dele e os aspectos significativos, porém estimule a

curiosidade dos demais para após a leitura concordar ou não com a

opinião do colega.

8

Page 10: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

Explore os elementos como: capa, título, prefácio, exame de imagens;

Incentive a antecipação do tema ou ideia principal; anotando para após

a leitura fazer a comparação.

Tenha clareza do objetivo de cada leitura: ler para adquirir informação,

ler por puro prazer, ler para seguir instruções, etc..., pois este

esclarecimento norteará os encaminhamentos da leitura dos alunos.

Formule e verifique hipóteses e previsões sobre o que tratará o texto.

Depois de motivados os alunos iniciarão a atividade de leitura propriamente

dita, isto é, ocorrerá a segunda etapa que corresponde ao DURANTE da leitura. É

aqui que o leitor construirá uma interpretação textual.

Professor, você poderá abordar o texto utilizando diversas formas, destaco

aqui três abordagens de leitura:

1. Leitura dirigida, o professor através de perguntas conduz o aluno a suas

previsões anteriores e tornar a prever a partir do ponto da leitura em que se

encontra.

2. Leitura partilhada, aqui professor e alunos leem o texto por parágrafo

e fazendo pausas para resumir o que se leu, este procedimento é enriquecido com

o relato das experiências dos leitores.

3. Leitura silenciosa, nesta atividade o aluno tem oportunidade de pôr

em prática o que aprendeu, prevê, interpreta, faz perguntas, levanta hipóteses.

Articulando as estratégias, quando necessário, ele vai realizando uma leitura com

significado.

O trabalho DEPOIS da leitura deve favorecer a continuação da

aprendizagem, porém, de forma mais aprofundada. Nesta etapa espera-se que os

alunos tenham condição de buscar tanto o explícito quanto o implícito do texto:

Localizar a “ideia principal”;

Atualizar os conhecimentos prévios;

Encontrar o tema do parágrafo e identificar as ideias triviais;

Deixar de lado as informações repetidas;

Identificar uma frase resumo do texto;

Elaborar perguntas ao texto, porque ajuda o aluno a situar-se em

relação ao texto de diferentes maneiras.

9

Page 11: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

É importante que o professor após a aplicação das 3 etapas das estratégias,

não retorne aos exercícios de compreensão e interpretação tradicionais, mas

aqueles que o aluno precisa pensar, buscar e principalmente perceber que as

estratégias assimiladas podem e devem ser aplicadas a toda leitura dentro e fora

do âmbito escolar.

ATIVIDADE: CONHECENDO AS DIFERENÇAS

De acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais/PCN (BRASIL, 1998,

p.117), o grande desafio da escola é reconhecer a diversidade como parte

inseparável da identidade nacional e dar a conhecer a riqueza representada por

essa diversidade etnocultural que compõe o patrimônio sociocultural brasileiro,

investindo na superação de qualquer tipo de discriminação e valorizando a

trajetória particular dos grupos que compõem a sociedade. O documento

também afirma que valorizar as diferenças étnicas e culturais não significa aderir

aos valores do outro, mas respeitá-los como expressão da diversidade, respeito

que é, em si, devido a todo ser humano, por dignidade intrínseca, sem qualquer

discriminação (BRASIL, 1998, p.121).

Estratégia: A turma será separada em grupos; cada grupo receberá a tarefa

de pesquisar aspectos relevantes sobre a cultura, sociedade e religião dos seguintes

países: China, Sibéria, Moçambique, Angola, Chile, Venezuela e Brasil.

Obs: Os títulos acima mencionados são sugestões, cabe a você professor

selecionar os títulos que melhor corresponderem a sua realidade.

ATIVIDADE: ARGUMENTANDO SOBRE AS DIFERENÇAS:

Possibilitar a prática discursiva do aluno-aprendiz deve ser uma metodologia

adotada nas atividades docentes, uma vez que, o domínio das práticas discursivas

possibilitará que o educando modifique, aprimore, reelabore sua visão de mundo e

10

Page 12: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

tenha voz na sociedade. Neste sentido, as atividades orais precisam oferecer

condições ao aluno de falar com fluência em situações formais, adequar a

linguagem conforme as circunstâncias (interlocutores, assunto, intenções);

aproveitar os imensos recursos expressivos da língua e, principalmente, praticar e

aprender a convivência democrática que supõe o falar e o ouvir (PARANÁ, 2008, p.

64 - 65).

Nesta etapa composta por dois momentos, os alunos serão orientados quanto

a exposição das pesquisas realizadas, conforme descrição abaixo:

1º Momento:

Comprometimento dos grupos que vão apresentar:

Apresentar na data estabelecida;

Utilizar algum recurso didático;

Exposição por parte de todos os componentes;

Respeitar o tempo estipulado.

Entregar uma cópia do assunto para a turma, no mínimo, com 3 dias

de antecedência.

Comprometimento dos grupos que vão assistir às apresentações:

Respeitar a apresentação dos colegas;

Ler previamente os textos informativos;

Fazer as perguntas sobre o assunto oralmente no dia da exposição e

também entregá-las por escrito ao grupo.

Anotar informações que extrapolem o conhecimento comum.

2º Momento

Em outra data estabelecida os grupos deverão:

Responder as perguntas realizadas no dia da exposição, de forma

aprofundada.

Argumentar sobre informações relevantes obtidas nas exposições dos

grupos.

11

Page 13: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

ATIVIDADE: QUEM CONTA UM CONTO, AUMENTA UM PONTO

“Uma história é uma história, e você pode contá-la como sua imaginação, sua essência e seu ambiente determinarem; e se sua história criar asas e passar a pertencer a outras pessoas, talvez você não consiga trazê-la de volta. Um dia ela retornará a você, enriquecida por novos detalhes e com uma nova voz”.

Nelson Mandela

Após a realização das atividades anteriores, onde o aluno pôde trabalhar

com o gênero conto por meio da execução das atividades de

pesquisa/exposição/leitura e análise linguística (paralela às produções) é a hora de

colocar em prática o que aprendeu através de sua própria produção, que poderá

ser uma adaptação de algum conto lido ou elaborado por ele mesmo. Para tal

atividade alguns procedimentos são necessários;

1º Reconhecimento do gênero, levando em consideração a sua estrutura, o

contexto de produção, a função social e o conteúdo temático, com perguntas de

decodificação, interpretação e compreensão.

2º Escolher os possíveis interlocutores. Os alunos serão orientados de que

os contos escritos por eles deverão ser lidos por outras pessoas, cabe a eles

escolherem de forma democrática qual será o público alvo.

3º Em seguida, o aluno escreverá a primeira versão sobre a proposta

apresentada, levando em conta a temática, o gênero e o interlocutor, selecionará

seus argumentos, suas ideias; enfim, tudo que fora planejado, uma vez que essa

etapa prevê a anterior (planejar) e a posterior ( rever o texto).

4º De posse da primeira produção do aluno e observados as principais

dificuldades encontradas nos textos, serão selecionados alguns fragmentos do texto

para ser trabalhado com o grupo, tendo em vista que a proposta de analise

12

Page 14: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

linguística adotada neste encaminhamento metodológico tem o texto do aluno

como unidade de estudo. O objetivo é produzir/ensinar/ aprofundar/produzir.

5º Na sequência, é hora de reescrever o texto, levando em conta a

intenção que se teve ao produzi-lo: nesta etapa, o aluno irá rever o que escreveu

analisando uma ficha (que deverá ser elaborada por você professor, após a

observação dos erros mais recorrentes da turma), contendo um roteiro de

avaliação, a fim de orientá-los no processo de revisão, esta etapa é realizada de

forma individual.

6º Após realizarem a reescrita, os alunos entregarão o texto para ser

corrigido. Passados alguns dias terão o texto com as devidas orientações para ser

reescrito e apresentado a um colega para que o mesmo possa avaliá-lo. Juntos

receberão novamente a ficha roteiro para confirmarem se em ambos os textos não

há nada a ser alterado. Após esta etapa, se nada foi alterado, o aluno escreverá o

texto na versão final.

7º Os mesmos procedimentos destinados ao conto serão realizados no

momento de trabalharmos com os poemas e/ou fábulas.

8º Como forma de valorização, sugerimos a realização de uma exposição

com os trabalhos realizados pelos alunos.

REFERÊNCIAS

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais:terceiro e quarto ciclos: apresentação dos temas transversais/Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF,1998

Contos mágicos persas / [ seleção e adaptação Fernando Alves]. – 2. ed. – São Paulo: Paulus, 2009. 96p. – (Arca da sabedoria)

Meus contos africanos / seleção Nelson Mandela; tradução Luciana Garcia. – 2.ed. – São Paulo: Martins Fontes, 2009.

13

Page 15: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

PARANÁ. Diretrizes Curriculares da Educação Básica: Língua Portuguesa. SEED, 2008.

Separata de Contos da América do Sul; tradução Thereza Christina F. Stummer. São Paulo: Paulus, 1995. 31p. – (Alguns contos e fábulas)

Separata de Contos Chineses; tradução Thereza Christina F. Stummer. São Paulo: Paulus, 1996. 30p. – (Alguns contos e fábulas)

Separata de Contos da Sibéria; tradução Thereza Christina F. Stummer. São Paulo: Paulus, 1994. 16p. – (Alguns contos e fábulas)

SISTO, Celso. Mãe África: mitos, lendas, fábulas e contos / reconto e ilustração Celso Sisto. – São Paulo: Paulus, 2007. (Lendas e Contos)

SOLÉ, Isabel. Estratégias de leitura. 6. ed. Porto Alegre: Artmed, 1998.

14

Page 16: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

PROPOSTAS PEDAGÓGICAS

15

Page 17: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

Texto 1: A encantadora canção do Pássaro Mágico ( adaptação). O conto escrito na íntegra você encontra em Meus contos africanos / Seleção Nelson Mandela; tradução Luciana Garcia. – 2.ed. – São Paulo: Martins Martins Fontes, 2009. p.11-13.

TRABALHANDO O TEXTO

1) Marque, no texto, os itens listados abaixo, conforme solicitado:

a) personagens – sublinhar com lápis vermelho.

b) localidades – sublinhar com lápis verde

c) As reações das personagens quando viram ou ouviram o pássaro – sublinhar com lápis azul.

2) Algumas personagens do texto tinham uma imagem do pássaro, relacione a 1ª coluna de acordo com a 2ª, demonstrando qual era esta imagem:

1ª coluna 2ª coluna( a ) As pessoas que trabalhavam nas terras ( ) Era uma ave traiçoeira( b ) Para o chefe tribal ( ) Era um pássaro inocente( c ) Para os homens mais velhos ( ) Um pássaro gigantesco

16

O áudio deste conto você encontra em: http://suprawa.podomatic.com/entry/2010-05-26T17_05_19-07_00.

Page 18: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

3) Na sua opinião, por que cada uma das personagens formou esta imagem do pássaro?

_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

4) O título do conto é “ A encantadora canção do pássaro mágico”? Na sua opinião, quais personagens concordariam com o título? Escreva na frente uma das seguintes opções: concordaria / não concordaria / concordariam / não concordariam.a) As pessoas que trabalhavam nas terras._________________________________.b) O frustrado chefe da tribo.___________________________________________.c) Os homens mais velhos da aldeia._____________________________________.d) Os jovens da aldeia.________________________________________________.e) As crianças de braços fininhos._______________________________________.

5) Justifique duas respostas do exercício anterior, comprovando com passagens do texto.

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

6) O fato no texto que dá início ao conflito é:a) Os braços dos jovens rapazes tornaram-se fracos.b) A traiçoeira ave saqueou a criação de animais e os suprimentos do chefe tribal.c) Tudo o que os habitantes da aldeia plantavam nos campos desaparecia da noite para o dia.d) Os machados e os facões foram escorregando um a um das mãos dos homens.

17

Page 19: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

TROCANDO IDEIA

1) Observe o fragmento abaixo do conto “A encantadora canção do pássaro mágico”:

a) Na sua opinião, a “solução” apresentado pelo chefe tribal foi a melhor. Argumente a sua resposta._______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

b) Escolha 3 colegas e apresente a sua argumentação para eles. Não esqueça de ouvir as argumentações deles.

c) Depois que o grupo ouviu as 3 argumentações, elabore uma só com opinião dos 3 alunos e apresente à sala.

18

O chefe tribal da aldeia arrancava seus cabelos de tanta frustração. Um dia, depois de a traiçoeira ave saquear sua própria criação de animais e os suprimentos que guardava para o inverno, ele ordenou que todos os homens mais velhos afiassem seus machados e facões e atacassem o pássaro. -- Cortem a árvore! Essa é a solução! – ele ordenou.

Page 20: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

PESQUISANDO NA MEMÓRIA

1) Outros substantivos no texto também estavam acompanhados de adjetivos. Localize quais são esses adjetivos no texto e assinale a alternativa correta:

a) aldeia pequeno pequenas pequenab) colinas baixas baixos baixac) aldeões arruinado arruinados arruinadasd) herói valente valentes valentee) mogobagôba antigas antiga antigosf) copa densa densas densog) ave traiçoeira traiçoeiras traiçoeirah) lâminas cintilantes cintilante cintilantei) árvore grandes grandes grandej) canção doce doces docêk) rapazes jovéns jovem jovens

O substantivo pássaro é comum porque nomeia as diversas espécies do mesmo gênero. Quando se diz pássaro, não se pensa em nenhum pássaro em particular. No conto lido o autor trata de determinado pássaro. Para determiná-lo, ele emprega vários termos, que vão acrescentando características (adjetivos) à ideia de pássaro.

19

Page 21: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

TROCANDO IDEIA

1) Agora é a sua vez de ficar “encantado”. Siga as orientações e chegará lá...a) Após receber uma folha em branco da professora, pense em algo que você faz muito bem, gerando, às vezes, até elogio. b) Escreva esta qualidade nas primeiras linhas da folha.c) Quando a professora orientar, caminhe entre os colegas perguntando sobre as qualidades deles e informando a sua.d) Escolha 7 qualidades de 7 colegas que você gostaria de possuir e escreva em sua folha.e) Na hora estipulada apresente à sala as suas 8 qualidades (uma que você já tem, mais sete que adquiriu ao entrar em contato com os colegas.)

Texto 2: A menina e o pássaro encantado. Adaptação. O texto na íntegra você pode ler em : As mais belas histórias de Rubem Alves, Lisboa, Edições Asa, 2003.

20

Também pode assisti-lo em: http://www.youtube.com/watch?v=GgN8MDQxKfo&feature=related

Se você gostou da amizade entre a menina e o pássaro encantado, você vai “amar” conhecer a amizade entre um príncipe e uma raposa... Procure na sua biblioteca pelo livro O PEQUENO PRÍNCIPE, de Antoine Saint-exupéry. Não perca tempo... vá hoje mesmo!!!

[...] As suas penas também eram diferentes. Mudavam de cor. Trazia nelas todo o encanto dos lugares por onde havia passado.

Page 22: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

PESQUISANDO NA MEMÓRIA

Ao se referir à personagem “pássaro”, o autor escolheu outras palavras que identificam de outra forma a ave, sem repetir essa palavra. Observe como ficaria o trecho abaixo sem a utilização deste recurso de substituição, reescrevendo-o novamente com a palavra pássaro no lugar das palavras destacadas.

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

TEXTO: O LAGO VERDE-OLIVAParte I

Há muito, muito tempo, havia uma pequena choupana perto do lago Verde-oliva, ao pé da montanha Oliva e nela viviam uma mãe e seu filho único.

À noitinha,quando terminava o trabalho,o filho ia tomar ar na soleira da cabana e olhava o sol se pôr no lago Verde-oliva: “Por que a água deste lago é tão turva, se ela vem de uma nascente?” – E se perguntava também: “Como é possível que nunca tenhamos dinheiro?” Eu trabalho tanto!”

Por isso, quando ouviu dizer que o Espírito da Montanha tinha resposta para toda pergunta humana, tomou a decisão de ir consultá-lo. Foi preciso aguardar um bom tempo antes de conseguir juntar uma quantidade suficiente de alimento para a mãe, que durasse ao longo da sua ausência – que poderia ser de até um mês.

Como o Espírito vivia a oeste dali foi naquela direção que ele seguiu rumo ao lugar onde toda tarde o sol mergulhava no lago os seus grandes pés de ouro.

21

Era uma vez uma menina que tinha um pássaro como seu melhor amigo. Ele era um pássaro diferente de todos os demais: era encantado.

Sua gaiola podia ficar sempre aberta, pois ao contrário dos outros pássaros ele voava livre e voltava quando sentia saudades!… As suas penas também eram diferentes. Mudavam de cor. Trazia nelas todo o encanto dos lugares por onde

havia passado.

O texto na íntegra você encontra em Separata de Contos Chineses; tradução Thereza Christina F. Stummer. São Paulo: Paulus, 1996. p. 3 e 4. – ( Alguns contos e fábulas)

Page 23: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

TRABALHANDO COM O TEXTO

1. Observe as palavras sublinhadas e indique por que elas foram empregadas:( 1 ) nela ( 2 ) seu ( 3 ) deste ( 4 ) ela ( 5 ) eu ( 6 ) lo ( 7 ) ele ( 8 ) seus

( ) Refere-se ao filho.( ) Refere-se ao Espírito da Montanha.( ) Refere-se à Montanha.( ) Refere-se à água.( ) Refere-se ao filho.( ) Refere-se ao sol.( ) Refere-se à mulher.( ) Refere-se ao lago.

2. Qual o tempo verbal predominante nessa parte do conto? Assinale a alternativa correta:

( ) presente ( ) pretérito/passado ( ) futuro

3. Observe atentamente o texto e responda: a) No primeiro parágrafo há uma palavra que está empregada em outro sentido.

Qual é esta palavra? Qual é o significado que a palavra expressa no texto?R. ___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

b) Pesquise que outros sentidos há para esta palavra.____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

c) No segundo parágrafo há outra palavra no sentido “figurado”. Qual é esta palavra?

R.

4. Analisando o exercício 3, assinale as frases que apresentam palavras no “sentido figurado”:

( ) Meu amigo deu uma linda flor para a namorada dele no dia dos namorados.( ) Viviane é uma flor.( ) Meu rosto pegou fogo, quando ouvi a professora chamar o meu nome.( ) Pegou fogo em mais um terreno abandonado.( ) O vento acariciava seus cabelos.( ) Sônia acariciava o seu velho gato.

22

Page 24: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

5. Agora é a sua vez, indique o sentido e o significado das palavras em destaque de cada frase, de acordo com seu contexto:

a) Construímos um muro de pedra no nosso sítio.b) Toda novela tem uma vilã com coração de pedra.

6. Assinale a alternativa que explica o que é “sentido figurado”:( ) É o sentido comum que costumamos dar as palavras.( ) Quando as palavras assumem um significado diferente, dependendo do contexto que são usadas.

7. Assinale os sentimentos mais presentes nas interrogações: “Como é possível que nunca tenhamos dinheiro? Eu trabalho tanto?

( ) inquieto e triste.( ) inconformado e satisfeito( ) curioso e inconformado

8. Nesta primeira parte do conto ocorre uma mistura de fatos reais e fantasiosos. Retire do texto 2 fatos reais e 2 fantasiosos.

______________________________________________________________________________________________________________________________________

Construção de texto

1. Narrativa em prosa O conto lido é uma narrativa em prosa. Dizemos que um texto está em prosa quando é organizado em frases contínuas formando parágrafos.

23

Você acabou de ler um fragmento do conto O lago Verde-oliva. Vamos conhecer melhor esse gênero de texto, analisar a forma como foi construído, sua organização, sua linguagem.

Page 25: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

Quantos parágrafos tem o texto lido? Não se esqueça de que o parágrafo pode também começar por travessão, sinal que introduz a fala de uma personagem.

2. Momentos da narrativaOs momentos de uma narrativa tradicional podem ser organizados da seguinte maneira;Situação inicial: situação de equilíbrioConflito: motivos que desencadeiam a ação da história Clímax do conflito: momento de maior tensão na históriaDesfecho: final e resolução do conflito

Diante do conflito vivido pelo jovem viajante, como você escreveria um desfecho? Compartilhe o seu desfecho com mais dois colegas e conheça o desfecho de cada um deles.

3. PersonagensAs histórias de tradição oral passam de boca em boca. Tanto o contador como o ouvinte irão dar mais atenção aos fatos que ao nome das personagens. Assim, as personagens geralmente são identificadas por meio de uma característica e não pelo nome.

Escreva em seu caderno como são identificadas as personagens do conto lido.

4. Tempo

As histórias de tradição oral passam de uma geração para a outra e assim acabam não sendo localizadas num tempo determinado.

Copia da I parte do conto palavras que comprovem esta indeterminação.

24

Page 26: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

A LINGUAGEM DA ARTE

1. Releia o parágrafo abaixo do conto O Lago Verde-oliva:

Neste parágrafo, a sala é descrita como magnífica, em uma folha separada desenhe como você imagina esta sala.

Agora, compartilhe com um colega o seu desenho, escolha algo do desenho dele para você acrescentar no seu e permita que ele desenhe algo que você desenhou no desenho dele.

Finalize o seu desenho e prepare-o para ser exposto no mural da sala.

Todo contente, o moço pediu para ser recebido pelo Espírito, e o porteiro o fez entrar numa sala magnífica, como ele nunca tinha visto nem imaginado em toda a sua vida. No centro da sala, sentado num trono, estava um nobre ancião de longos cabelos e barbas de prata, que o observava com um amável sorriso.

25

Page 27: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

TROCANDO IDEIA1. Observe o diálogo abaixo:

Em grupo de quatro, vocês devem tentar chegar a um consenso – um acordo de ideias e opiniões: ou todos a favor ou todos contra. Para isso, é preciso que:

• Cada um apresente e justifique qual pergunta deve ser deixada de lado.• Cada um ouça com atenção e boa vontade o ponto de vista do colega.• Cada um esteja disposto a concordar com os colegas, se ficar convencido de

que estão certos.• Se o grupo não chegar a um consenso, mantenham o dissenso – a diferença

de ideias e opiniões: alguns contra, outros a favor.• Cada grupo expõe, para o professor e a turma suas conclusões.

26

_ Gostaria de obter resposta a quatro perguntas – balbuciou ele, muito emocionado.

_ Quatro? Saiba que entre nós existe uma regra: Uma pergunta você pode apresentar, mas duas, não dá para aceitar. Três também é possível examinar, mas quatro, uma delas deve-se cortar. Aqui o exigido é o ímpar e o proibido é o par. Você deseja resposta a quatro perguntas. Portanto, terá de deixar uma delas de lado. Pense bem no que vai perguntar.

Page 28: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

NOSSA LÍNGUA

1. Observe as 4 frases abaixo e. após analisá-las, assinale as alternativas corretas quanto ao emprego das palavras onde e aonde:

_ E aonde vai, meu jovem amigo?_ Olá meu jovem, aonde você vai assim?_ Bom velhinho, sabe onde mora o Espírito da Montanha?_ Mora aqui, ora essa; onde mais iria morar?

( ) A única diferença é de escrita.( ) Onde nos fornece a noção de permanência,( ) Aonde sempre acompanha um verbo de movimento ( ir, levar, entregar e etc...)( ) Onde aparece com o sentido de em que lugar.( ) Aonde é uma palavra que indica movimento.( ) Onde se refere a lugar em que se está ou se fica.

2. No exercício a seguir, as respostas estão sem as perguntas. Escreva-as empregando onde ou aonde:

a) ____________________________________________________Eu moro em Cascavel.

b) ____________________________________________________O comício vai ser em frente a Prefeitura.

A língua portuguesa proporciona muitas possibilidades de escolha de palavras para compor um texto. No uso que faz da língua, você, a todo momento, faz escolhas sem perceber. Isso já faz de você um conhecedor da língua portuguesa: sabe usá-la, faz-se entender e entende outras pessoas. Reconhecer os tipos de palavras com que contamos para nossas escolhas é uma maneira de aperfeiçoar o uso que já fazemos da língua. Nesta unidade, você desenvolver um pouco mais de conhecimento para melhor fazer as suas escolhas.

27

Confirme suas respostas lendo sobre o emprego dos advérbios onde e aonde:1º - A palavra onde indica lugar, lugar físico e, portanto, não deve ser usada em situações em que a ideia de lugar não esteja presente.2º - Não se deve confundir onde com aonde. O aonde só pode ser usado quando na expressão existir a ideia de destino.

Page 29: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

c) ____________________________________________________Eu sei. Eles foram ao cinema.

d) ____________________________________________________Fabíola se dirigiu ao aeroporto.

____________________________________________________

3. Assinale a alternativa em cada exercício que não apresenta o mesmo significado:

a) Na noite do sétimo dia, estava tão esgotado que mal teve forças para bater à porta de uma choupana que havia à beira da estrada.

( ) Na noite do sétimo dia, estava tão cansado que mal teve forças para bater à porta de uma choupana que havia à beira da estrada.

( ) Na noite do sétimo dia, estava carregando um peso, que mal teve forças para bater à porta de uma choupana que havia à beira da estrada.

( ) Na noite do sétimo dia, estava tão abatido que mal teve forças para bater à porta de uma choupana que havia à beira da estrada.

b) O jovem pôs-se a pensar, mas estava perplexo( ) O jovem pôs-se a pensar, mas estava surpreso.( ) O jovem pôs-se a pensar, mas estava admirado.( ) O jovem pôs-se a pensar, mas estava com dor de cabeça.

c) Ele era honesto e queria cumprir com a palavra dada. ( ) Ele era meu irmão e queria cumprir com a palavra dada. ( ) Ele era íntegro e queria cumprir com a palavra dada. ( ) Ele era correto e queria cumprir com a palavra dada.

4. Qual foi o raciocínio que te ajudou a resolver o exercício 4?__________________________________________________________________________________________________________________________________

PESQUISANDO NA MEMÓRIA

Observe as palavras destacadas e classifique-as de acordo com sua classe gramatical:

28

Page 30: Título: Estratégias de leitura: uma proposta metodológica ... · Entregue aos alunos um pedaço de papel pequeno. 5. ... jogral, desenho ou outro da preferência do grupo

a ) O jovem rapaz caminhou sete dias e sete noites antes de alcançar a outra margem.

( ) substantivo ( ) adjetivo

b) Depois de comer e beber aquilo que a velha lhe dera, o moço adormeceu como uma pedra.

( ) substantivo ( ) adjetivo c) Minha filha é muda de nascença, embora seja muito bela e inteligente.

( ) substantivo ( ) adjetivo

d) O vento trouxe uma pesada nuvem negra.( ) substantivo ( ) adjetivo

e) A serpente ofereceu-se então para transportá-lo para a margem oposta. ( ) substantivo ( ) adjetivo

29