Tic educa 2012

Download Tic educa 2012

Post on 23-Jul-2015

25 views

Category:

Education

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<ul><li><p>Criao de um Prot0po Educa0vo Mul0mdia integrado num Projeto de </p><p>Formao em E-Learning num Estabelecimento Prisional </p><p>Carlos Guimares Celes0no Magalhes </p><p>Jos Alberto Lencastre </p></li><li><p>O Projeto I </p></li><li><p>O Projeto </p><p>O ( e-Pris ) tem por obje0vo avaliar a viabilidade de </p><p>formao via e-learning em contexto prisional, </p><p>contribuindo para diminuir fatores de risco e excluso </p><p>social e uma melhor (re)insero social da populao, </p><p>fomentando a igualdade de oportunidades e de gnero. </p><p>I </p></li><li><p>O Projeto </p><p>Operacionalizao do projeto implica 3 dimenses base: educao/formao online incluso digital acompanhamento psicossocial e apoio (re)insero no mercado de trabalho empreendedorismo. </p><p>I </p></li><li><p>O Projeto </p><p>O problema </p><p>Inexistncia de produtos no mercado cer0cados e </p><p>adaptados formao conTnua "a distncia via e-learning </p><p>adequados s caracters0cas e necessidades das potenciais </p><p>formandas. </p><p>I </p></li><li><p>O Projeto </p><p>Os obje.vos iden0car as caraters0cas do pblico-alvo desenhar e criar um prot0po mul0mdia educa0vo </p><p>adequado formao a distncia via e-learning de adultos em contexto prisional </p><p> avaliar a usabilidade e a acessibilidade do prot0po </p><p>I </p></li><li><p>Introduo </p><p>Limitaes do trabalho impossibilidade em implementar este prot0po junto </p><p>do pblico-alvo Impossibilidade em realizar os testes de usabilidade </p><p>com uma amostra re0rada da populao das futuras u0lizadoras, procedimento que seria o adequado, como referem Carvalho (2004), Preece (2011), Nielsen (1993) ou Rubin; Chisnell (2008) </p><p>I </p></li><li><p>Metodologia de Inves0gao </p><p>Modelo ADDIA </p><p> O modelo ADDIA um processo de design intera0vo forma0vo, onde os resultados da avaliao forma0va de </p><p>cada fase podem levar o designer de volta para qualquer </p><p>fase anterior. </p><p> Obje0vo centrado no u0lizador e no na abordagem tradicional do formador (centrada na instruo), para que a </p><p>aprendizagem seja ecaz. </p><p>II </p></li><li><p>Metodologia de Inves0gao </p><p>Modelo ADDIA (adaptado de Clark, 2000) </p><p>II </p></li><li><p>Metodologia de Inves0gao </p><p>ANLISE DESENHO DESENVOLVIMENTO AVALIAO PUBLICAES </p><p>AVALIAO </p><p>II </p></li><li><p>Anlise III </p><p>(adaptado de Clark, 2000) </p></li><li><p>Anlise </p><p>P opu l a o - A l v o ( r e c l u s a s d e um estabelecimento prisional no situado no distrito do Porto) </p><p>Pr-seleo de 50 candidatas (entrevista individual/brainstorming) </p><p>Inqurito por ques.onrio. Foram validados 45 inquritos. </p><p>Seleo da amostra (grupo de estudo): 15 indivduos. </p><p>III </p></li><li><p>Anlise </p><p>Seleo do grupo de estudo (15 reclusas) </p><p>Critrios de seleo: Nvel de qualicao na u0lizao das ferramentas de Tecnologias </p><p>de Informao e Comunicao (TIC); </p><p> Possurem escolaridade ao nvel do 3. Ciclo; </p><p> Revelarem mo0vao e interesse no projeto de formao online. </p><p>III </p></li><li><p>Anlise </p><p>Aes forma.vas a desenvolver pelo projeto: </p><p> Inform0ca e Sistemas de Informao; Formao Social e Humana; Educao para a Cidadania; Lngua Inglesa Relaes Laborais (iniciao); Ambiente, Segurana, Higiene e Sade no Trabalho Conceitos </p><p>Bsicos; </p><p> Tcnicas de Procura de Emprego. </p><p>III </p></li><li><p>Anlise </p><p> Estas aes foram concebidas no mbito do Catlogo Nacional de Qualicaes, no sen0do de poderem obter cer0cao, de </p><p>acordo com a metodologia u0lizada para a formao modular </p><p>cer0cada. </p><p> Assim, no nal destas aes as formadas podero apresentar as mesmas e serem validades por um Centro de Novas </p><p>Oportunidades (CNO). </p><p>III </p></li><li><p>Anlise </p><p>O prot0po mul0mdia educa0vo criado incide sobre Tcnicas de </p><p>Procura de Emprego. Esta ao de formao ter uma durao de </p><p>36 horas e possui os seguintes obje0vos: </p><p> apoiar as reclusas na insero do mercado de trabalho, mediante a prospeo e apoio procura de emprego </p><p> valorizao do Curriculum Vitae tcnicas de preparao para entrevista de emprego </p><p>III </p></li><li><p>Anlise </p><p>1. Balano pessoal na procura a0va de emprego: autoconhecimento 2. Plano de ao 3. Anncios 4. Candidatura Espontnea 5. Carta de apresentao 6. Curriculum Vitae 7. Entrevista Contedos baseados e validados pelos referenciais do Catlogo Nacional de Qualicaes (CNQ). </p><p>III </p></li><li><p>Desenhar </p><p>O Desenho o processo onde pretendemos especicar a </p><p>forma e sequncia dos contedos a serem apresentados, </p><p>denir o contedo do projeto, determinar a estrutura das </p><p>a0vidades e planicar a avaliao. </p><p>IV </p></li><li><p>Desenho </p><p>Adaptado de Clark (2000) </p><p>IV </p><p>Desenho </p><p>Objetivos da Formao </p><p>Integrao das TIC </p><p>Interface </p><p>Avaliao Fontes de Informao </p><p>Estratgias de Ensino </p><p>e Motivao </p><p>Currculo </p></li><li><p>Desenho </p><p>Passos seguidos no desenho do prot.po: </p><p>1. Criao da pr-verso Moodle. </p><p>2. Denio dos obje0vos. </p><p>3. Recolha e seleo de contedos. </p><p>IV </p></li><li><p>Desenho </p><p>Passos seguidos no desenho do prot.po: </p><p>4. Denio das estratgias de ensino e mo0vao. </p><p>5. Denio da avaliao. </p><p>6. Denio da interface </p><p>IV </p></li><li><p>Desenho </p><p>Passos seguidos no desenho do prot.po: </p><p>7. Desenho da verso alpha do prot0po. </p><p>8. Avaliao Heurs0ca. </p><p>IV </p></li><li><p>Desenho </p><p>Personagens do prot.po </p><p>IV </p></li><li><p>Desenho </p><p>Layout com vdeo </p><p>IV </p></li><li><p>Desenho </p><p>Noutros contedos onde o texto predomina, existe a opo de as formandas escutarem a narrao em udio desse texto, possuindo a hiptese de controlarem o volume do som. </p><p>Narrao udio </p><p>IV </p></li><li><p>Desenho </p><p>Layout do prot.po Tcnicas de Procura de Emprego </p><p>IV </p></li><li><p>Desenho </p><p>Algumas preocupaes na construo do prot.po: </p><p>a) Estrutura b) Navegao c) Interface e layout d) Rapidez de acesso e) Nveis de intera.vidade f) Informao </p><p>IV </p></li><li><p>Usabilidade </p><p> A usabilidade traduz-se no facto de ser (i) fcil de usar e (ii) fcil de aprender a usar, bem como no grau de (iii) satisfao sentido pelo utilizador. </p><p> O design centrado nos utilizadores um dos aspetos mais importantes dos pacotes formativos de aprendizagem online. Tendo esta premissa em mente, o utilizador torna-se o centro no desenvolvimento do design dos cursos. </p><p>V </p></li><li><p>Usabilidade </p><p>Utilizamos cinco critrios para medir a usabilidade: Fcil de aprender: a capacidade com que os utilizadores conseguem </p><p>realizar tarefas bsicas quando usam o prottipo pela primeira vez. Eficiente para usar: aps os utilizadores terem aprendido o </p><p>funcionamento do prottipo, conseguem facilmente localizar a informao de que precisam. </p><p> Fcil de lembrar: depois de algum tempo sem utilizar o prottipo, conseguem facilmente recordar o seu funcionamento. </p><p> Pouco sujeito a erros: os utilizadores cometem poucos erros durante a utilizao do prottipo e, caso acontea, estes possuem um grau de gravidade baixo e so de fcil correo. </p><p> Agradvel de usar: os utilizadores sentem-se satisfeitos com a utilizao do prottipo. </p><p>V </p></li><li><p>Usabilidade </p><p> Para avaliar a usabilidade do prottipo, foram utilizados dois mtodos: Avaliao heurstica: realizada verso alpha do </p><p>prottipo multimdia educativo no final da fase de desenho e por peritos da rea, segundo as heursticas definidas; </p><p> Teste de Usabilidade: realizado por um grupo de utilizadores com caractersticas semelhantes s do pblico-alvo, realizado na fase de desenvolvimento. </p><p>V </p></li><li><p>Avaliao heurstica </p><p> A avaliao heurstica envolveu uma reviso do prottipo multimdia educativo por avaliadores que no tiveram participao no projeto. </p><p> Cada avaliador especialista apresentou os seus comentrios individualmente, de acordo com as heursticas definidas. </p><p> A avaliao heurstica do prottipo multimdia foi realizada por trs avaliadores, o que, segundo Nielsen (1994), e atendendo relao custo/benefcio, encontra-se dentro do nmero suficiente de avaliadores que permite identificar a maior parte dos erros de usabilidade. </p><p>V </p></li><li><p>Avaliao heurstica </p><p>Heursticas (Nielsen,1994): 1. Tornar o estado do sistema visvel 2. Falar a linguagem do utilizador 3. Utilizador controla e exerce livre-arbtrio 4. Consistncia e Adeso a Normas 5. Evitar erros 6. Reconhecimento em vez de Memorizao 7. Flexibilidade e Eficincia 8. Desenho de ecr esttico e minimalista 9. Ajudar o utilizador a reconhecer, diagnosticar e recuperar dos erros 10. Dar Ajuda e Documentao </p><p>V </p></li><li><p>Teste de Usabilidade </p><p> Realizado no ciclo de desenvolvimento, o teste de usabilidade certifica a usabilidade do prottipo multimdia educativo antes da sua distribuio. </p><p> O objetivo foi verificar como o prottipo multimdia educativo se enquadra em relao aos: </p><p> padres de usabilidade, padres de utilizao e padres educacionais. </p><p>V </p></li><li><p>Teste de Usabilidade </p><p> Nos testes de usabilidade realizados a recolha dos dados foi atravs de um inqurito por questionrio. </p><p> O questionrio (Guio de Participao) encontra-se subdividido em 3 partes: </p><p>Parte 1 Questionrio Pessoal </p><p>Parte 2 Consulta e Navegao pelo prottipo </p><p>Parte 3 Questionrio composto por 13 questes de resposta fechada e uma de resposta aberta. </p><p>V </p></li><li><p>Acessibilidade </p><p> Acessibilidade na Web sinnimo de possibilidade de todos acederem, de forma igual, ao prottipo multimdia educativo. </p><p> Em conformidade com o World Wide Web Consortium (W3C), acessibilidade significa que pessoas com deficincias possam usar a Web, isto , percebam, naveguem e interajam com a Web. </p><p> A acessibilidade definida por trs nveis de prioridade: </p><p>i. aspetos que os criadores de contedos Web tm que cumprir; </p><p>ii. aspetos que os criadores de contedos Web devem cumprir </p><p>iii. aspetos que os criadores de contedos Web podem cumprir. </p><p>VI </p></li><li><p>Acessibilidade </p><p> Escolher um mtodo ou uma tcnica para a realizar dependeu dos objetivos com que o fizemos para determinar, por exemplo, o seu nvel de conformidade. </p><p> Os nveis de conformidade atribudos dependem da verificao das prioridades assim: </p><p> nvel de conformidade "A , se foram satisfeitos todos os pontos de verificao de prioridade 1; </p><p> nvel de conformidade "AA", se foram satisfeitos todos os pontos de verificao das prioridades 1 e 2 e </p><p> nvel de conformidade "AAA", se foram satisfeitos todos os pontos de verificao das prioridades 1, 2 e 3. </p><p> Os testes de acessibilidade realizados foram baseados nas recomendaes WCAG 2.0 da W3C. </p><p>VI </p></li><li><p>Apresentao e Anlise dos Resultados </p><p> Avaliao heurstica: durante a avaliao heurstica foram recolhidos dados quantitativos nmero de transgresses observadas em cada uma das heursticas e dados qualitativos, atravs dos comentrios efetuados pelos avaliadores. </p><p> Sim No No Avaliado1. Tornar o estado do sistema visvel 100% 0% 0%</p><p>2. Falar a linguagem do utilizador 95% 0% 5%</p><p>3. Utilizador controla e exerce livre-arbtrio 58% 25% 17%</p><p>4. Consistncia e Adeso a Normas 100% 0% 0%</p><p>5. Evitar erros 83% 0% 17%</p><p>6. Reconhecimento em vez de Memorizao 97% 0% 3%</p><p>7. Flexibilidade e Eficincia 92% 0% 8%</p><p>8. Desenho de ecr esttico e minimalista 94% 0% 6%</p><p>9. Ajudar o utilizador a reconhecer, diagnosticar e recuperar dos erros 67% 0% 33%</p><p>10. Dar Ajuda e Documentao 80% 13% 7%</p><p>% de RespostasHeursticas</p><p>VII </p></li><li><p>Apresentao e Anlise dos Resultados </p><p> Das dez heursticas avaliadas, duas apresentaram problemas. As heursticas esto subdivididas em 62 sub-heursticas. </p><p> As heursticas e respetivas sub-heursticas com problemas foram classificadas de acordo com o grau de severidade do problema encontrado. </p><p> Das 62 sub-heursticas observadas, trs (cerca de 5%) apresentaram problemas de menor usabilidade e 59 (cerca de 95%) foram referenciadas como no apresentando qualquer tipo de problema. </p><p>VII </p></li><li><p>Apresentao e Anlise dos Resultados </p><p> Teste de Usabilidade: para a recolha de dados dos testes de usabilidade foram utilizadas/os: </p><p> Inqurito por questionrio, feito em papel e entregue s participantes no incio da sesso; </p><p> Observao, os dados e informaes foram registados em Grelhas de Observao (tempo gasto na realizao das tarefas, tempo gasto para concluir o teste e registo das classificaes obtidas pelas participantes). </p><p>VII </p></li><li><p> A seleo dos u0lizadores que realizaram os testes de avaliao da usabilidade foi feita tendo em conta dois critrios: caracters.cas pessoais (idade, gnero, habilitaes) e experincia tecnolgica (u0lizao de computador, u0lizao de documentos mul0mdia, u0lizao da Internet, conhecimentos dos contedos). </p><p> Devido ao elevado grau de especicidade do nosso pblico-alvo, no nos foi possvel sa0sfazer todas as caracters0cas apresentadas mas tentamos selecionar os u0lizadores com o maior nmero de caracters0cas em comum com este. </p><p>Caracters.ca Pblico-alvo U.lizadores Moodle </p><p>U.lizadores FRee Tcnicas de Procura de Emprego </p><p>Mdia de idades 35,6 anos 14,2 anos 17,8 anos Gnero 100% Feminino 100% Feminino 100% Feminino </p><p>Habilitaes acadmicas 3. Ciclo: 33% Secundrio: 60% Ensino Superior: 7% </p><p>8. ano concludo: 100% 10. ano concludo: 100% </p><p>VII Apresentao e Anlise dos Resultados </p></li><li><p>Apresentao e Anlise dos Resultados </p><p> Relativamente aos testes de usabilidade dos prottipos e tendo em ateno as respostas apresentadas nos inquritos por questionrio feitos, consideramos uma escala onde a resposta Nunca corresponde a 0 e a resposta Sempre corresponde a 2. </p><p>Parmetros Questes</p><p>Mdia Prottipo Multimdia </p><p>"Tcnicas de Procura de Emprego" </p><p>Mdia Pr-Verso Prottipo </p><p>Multimdia "Moodle" </p><p>1. O ambiente grfico do prottipo agradvel? 1,8 22. A informao no prottipo encontra-se bem organizada? 2 23. A linguagem utilizada simples e clara? 1,8 1,6</p><p>4. Sentiu-se -vontade a usar o prottipo? 1,8 1,6</p><p>5. O prottipo permite uma fcil navegao? 1,6 1,86. Foi fcil encontrar a informao que precisou? 2 1,87. O prottipo tem as funcionalidades e capacidades que esperava? 2 28. A informao disponibilizada pelo prottipo foi til para completar as tarefas? 1,8 29. Conseguiu utilizar o prottipo sem necessitar de conhecimentos anteriores? 1,2 210. A informao fornecida pelo prottipo foi fcil de entender? 2 211. Conseguiu completar eficazmente o seu trabalho? 1,8 212. Na globalidade ficou satisfeito com o seu trabalho? 1,8 2</p><p>Erros 13. Quando fez uma seleo errada no prottipo, este permitiu-lhe voltar atrs e recomear? 1,8 1,8</p><p>Design</p><p>Facilidades de utilizao</p><p>Funcionalidades</p><p>Aprendizagem</p><p>Satisfao</p><p>VII </p></li><li><p>Apresentao e Anlise dos Resultados </p><p>Critrios Prottipo Multimdia FRee "Tcnicas de Procura de Emprego" Pr-Verso Prottipo Multimdia </p><p>"Moodle" </p><p>Fcil de aprender </p><p>Mdia de 46 min na realizao do teste (60 min) 80% das utilizadoras mostraram-se vontade com a utilizao do prottipo </p><p>Mdia de 16 min na realizao do teste (60 min) 100% das utilizadoras mostraram-se vontade com a utilizao do prottipo </p><p>Eficiente para usar </p><p>80% de sucesso na realizao das tarefas propostas. </p><p>100% de sucesso na realizao das tarefas propostas. </p><p>Maioria das utilizadoras indicou que a informao disponibilizada pelo prottipo multimdia foi fcil de entender e til para a realizao das tarefas propostas. </p><p>Fcil de lembrar Para medir convenientemente este critrio precisaramos de realizar o teste mais do que uma vez, o que no aconteceu. </p><p>Pouco sujeito a erros 80% das utilizadoras conseguiram recuperar dos erros cometidos (pela observao direta pudemos constatar que os erros que existiram deveram-se a distraes (fechar janela do browser em vez do separador, por exemplo)). </p><p>Agradvel de usar 80% das utilizadoras ficaram satisfeitas com o seu trabalho. 100% das utilizadoras ficaram satisfeitas com o seu trabalho. </p><p>VII </p></li><li><p>Apresentao e Anlise dos Resultados </p><p> Acessibilidade: Total Validator. O principal objetivo foi permitir que o prottipo </p><p>multimdia educativo passasse os testes de acessibilidade para a prioridade 1 (nvel de conformidade A). Submetemos o prottipo multimdia educativo ao validador automtico e obtivemos o seguinte resultado: </p><p>VII </p></li><li><p>Apres...</p></li></ul>