Teste 1 - Professor Mario

Download Teste 1 - Professor Mario

Post on 09-Jul-2015

2.599 views

Category:

Documents

1 download

DESCRIPTION

teste1 professor mario

TRANSCRIPT

TEXTO PARA AS PRXIMAS 2 QUESTES. (Enem 2007) A pele humana sensvel radiao solar, e essa sensibilidade depende das caractersticas da pele. Os filtros solares so produtos que podem ser aplicados sobre a pele para proteg-la da radiao solar. A eficcia dos filtros solares definida pelo fator de proteo solar (FPS), que indica quantas vezes o tempo de exposio ao sol, sem o risco de vermelhido, pode ser aumentado com o uso do protetor solar. A tabela seguinte rene informaes encontradas em rtulos de filtros solares.1. As informaes anteriores permitem afirmar que a) as pessoas de pele muito sensvel, ao usarem filtro solar, estaro isentas do risco de queimaduras.b) o uso de filtro solar recomendado para todos os tipos de pele exposta radiao solar.c) as pessoas de pele sensvel devem expor-se 6 minutos ao sol antes de aplicarem o filtro solar.d) pessoas de pele amarela, usando ou no filtro solar, devem expor-se ao sol por menos tempo que pessoas de pele morena.e) o perodo recomendado para que pessoas de pele negra se exponham ao sol de 2 a 6 horas dirias.

As informaes anteriores permitem afirmar que a) as pessoas de pele muito sensvel, ao usarem filtro solar, estaro isentas do risco de queimaduras.b) o uso de filtro solar recomendado para todos os tipos de pele exposta radiao solar.c) as pessoas de pele sensvel devem expor-se 6 minutos ao sol antes de aplicarem o filtro solar.d) pessoas de pele amarela, usando ou no filtro solar, devem expor-se ao sol por menos tempo que pessoas de pele morena.e) o perodo recomendado para que pessoas de pele negra se exponham ao sol de 2 a 6 horas dirias.2.

Uma famlia de europeus escolheu as praias do Nordeste para uma temporada de frias. Fazem parte da famlia um garoto de 4 anos de idade, que se recupera de ictercia, e um beb de 1 ano de idade, ambos loiros de olhos azuis. Os pais concordam que os meninos devem usar chapu durante os passeios na praia. Entretanto, divergem quanto ao uso do filtro solar. Na opinio do pai, o beb deve usar filtro solar com FPS 20 e o seu irmo no deve usar filtro algum porque precisa tomar sol para se fortalecer. A me opina que os dois meninos devem usar filtro solar com FPS 20.Na situao apresentada, comparada opinio da me, a opinio do pai a) correta, porque ele sugere que a famlia use chapu durante todo o passeio na praia.b) correta, porque o beb loiro de olhos azuis tem a pele mais sensvel que a de seu irmo.c) correta, porque o filtro solar com FPS 20 bloqueia o efeito benfico do sol na recuperao da ictercia.d) incorreta, porque o uso do filtro solar com FPS 20, com eficincia moderada, evita queimaduras na pele.e) incorreta, porque recomendado que pessoas com olhos e cabelos claros usem filtro solar com FPS 20.3. (Enem 2005) A gua um dos componentes mais importantes das clulas. A tabela a seguir mostra como a quantidade de gua varia em seres humanos, dependendo do tipo de clula. Em mdia, a gua corresponde a 70% da composio qumica de um indivduo normal.

Durante uma bipsia, foi isolada uma amostra de tecido para anIise em um laboratrio. Enquanto intacta, essa amostra pesava 200 mg. Aps secagem em estufa, quando se retirou toda a gua do tecido, a amostra passou a pesar 80 mg. Baseado na tabela, pode-se afirmar que essa uma amostra dea) tecido nervoso - substncia cinzenta.b) tecido nervoso - substncia branca.c) hemcias.d) tecido conjuntivo.e) tecido adiposo.4. (Enem 2003) Na embalagem de um antibitico, encontra-se uma bula que, entre outras informaes, explica a ao do remdio do seguinte modo:O medicamento atua por inibio da sntese protica bacteriana.Essa afirmao permite concluir que o antibiticoa) impede a fotossntese realizada pelas bactrias causadoras da doena e, assim, elas no se alimentam e morrem.b) altera as informaes genticas das bactrias causadoras da doena, o que impede manuteno e reproduo desses organismos.c) dissolve as membranas das bactrias responsveis pela doena, o que dificulta o transporte de nutrientes e provoca a morte delas.d) elimina os vrus causadores da doena, pois no conseguem obter as protenas que seriam produzidas pelas bactrias que parasitam.e) interrompe a produo de protena das bactrias causadoras da doena, o que impede sua multiplicao pelo bloqueio de funes vitais.5. (Enem 2003) Quando o corpo humano invadido por elementos estranhos, o sistema imunolgico reage. No entanto, muitas vezes o ataque to rpido que pode levar a pessoa morte. A vacinao permite ao organismo preparar sua defesa com antecedncia. Mas, se existe suspeita de mal j instalado, recomendvel o uso do soro, que combate de imediato os elementos estranhos, enquanto o sistema imunolgico se mobiliza para entrar em ao.Considerando essas informaes, o soro especfico deve ser usado quandoa) um idoso deseja se proteger contra gripe.b) uma criana for picada por cobra peonhenta.c) um beb deve ser imunizado contra poliomielite.d) uma cidade quer prevenir uma epidemia de sarampo.e) uma pessoa vai viajar para regio onde existe febre amarela.6. (Enem 2005) Um fabricante afirma que um produto disponvel comercialmente possui DNA vegetal, elemento que proporcionaria melhor hidratao dos cabelos.

Sobre as caractersticas qumicas dessa molcula essencial vida, correto afirmar que o DNAa) de qualquer espcie serviria, j que tm a mesma composio.b) de origem vegetal diferente quimicamente dos demais, pois possui clorofila.c) das bactrias poderia causar mutaes no couro cabeludo.d) dos animais encontra-se sempre enovelado e de difcil absoro.e) de caractersticas bsicas assegura sua eficincia hidratante.7. (Enem 2005) A obesidade, que nos pases desenvolvidos j tratada como epidemia, comea a preocupar especialistas no Brasil. Os ltimos dados da Pesquisa de Oramentos Familiares, realizada entre 2002 e 2003 pelo IBGE, mostram que 40,6% da populao brasileira esto acima do peso, ou seja, 38,8 milhes de adultos. Desse total, 10,5 milhes so considerados obesos. Vrias so as dietas e os remdios que prometem um emagrecimento rpido e sem riscos. H alguns anos foi lanado no mercado brasileiro um remdio de ao diferente dos demais, pois inibe a ao das lipases, enzimas que aceleram a reao de quebra de gorduras. Sem serem quebradas elas no so absorvidas pelo intestino, e parte das gorduras ingeridas eliminada com as fezes. Como os lipdios so altamente energticos, a pessoa tende a emagrecer. No entanto, esse remdio apresenta algumas contra-indicaes, pois a gordura no absorvida lubrifica o intestino, causando desagradveis diarrias. Alm do mais, podem ocorrer casos de baixa absoro de vitaminas lipossolveis, como as A, D, E e K, poisa) essas vitaminas, por serem mais energticas que as demais, precisam de lipdios para sua absoro.b) a ausncia dos lipdios torna a absoro dessas vitaminas desnecessria.c) essas vitaminas reagem com o remdio, transformando-se em outras vitaminas.d) as lipases tambm desdobram as vitaminas para que essas sejam absorvidas.e) essas vitaminas se dissolvem nos lipdios e s so absorvidas junto com eles.8. (Enem 2003) A falta de gua doce no Planeta ser, possivelmente, um dos mais graves problemas deste sculo. Prev-se que, nos prximos vinte anos, a quantidade de gua doce disponvel para cada habitante ser drasticamente reduzida.Por meio de seus diferentes usos e consumos, as atividades humanas interferem no ciclo da gua, alterandoa) a quantidade total, mas no a qualidade da gua disponvel no Planeta.b) a qualidade da gua e sua quantidade disponvel para o consumo das populaes.c) a qualidade da gua disponvel, apenas no sub-solo terrestre.d) apenas a disponibilidade de gua superficial existente nos rios e lagos.e) o regime de chuvas, mas no a quantidade de gua disponvel no Planeta.9. (Enem 2003) Do ponto de vista ambiental, uma distino importante que se faz entre os combustveis serem provenientes ou no de fontes renovveis. No caso dos derivados de petrleo e do lcool de cana, essa distino se caracterizaa) pela diferena nas escalas de tempo de formao das fontes, perodo geolgico no caso do petrleo e anual no da cana.b) pelo maior ou menor tempo para se reciclar o combustvel utilizado, tempo muito maior no caso do lcool.c) pelo maior ou menor tempo para se reciclar o combustvel utilizado, tempo muito maior no caso dos derivados do petrleo.d) pelo tempo de combusto de uma mesma quantidade de combustvel, tempo muito maior para os derivados do petrleo do que do lcool.e) pelo tempo de produo de combustvel, pois o refino do petrleo leva dez vezes mais tempo do que a destilao do fermento de cana.10. (Enem 2007) H diversas maneiras de o ser humano obter energia para seu prprio metabolismo utilizando energia armazenada na cana-de-acar. O esquema a seguir apresenta quatro alternativas dessa utilizao.

A partir dessas informaes, conclui-se quea) a alternativa 1 a que envolve maior diversidade de atividades econmicas.b) a alternativa 2 a que provoca maior emisso de gs carbnico para a atmosfera.c) as alternativas 3 e 4 so as que requerem menor conhecimento tecnolgico.d) todas as alternativas requerem trabalho humano para a obteno de energia.e) todas as alternativas ilustram o consumo direto, pelo ser humano, da energia armazenada na cana.11. (Enem 2005) Pesquisas recentes estimam o seguinte perfil da concentrao de oxignio (O) atmosfrico ao longo da histria evolutiva da Terra:

No perodo Carbonfero entre aproximadamente 350 e 300 milhes de anos, houve uma ampla ocorrncia de animais gigantes, como por exemplo insetos voadores de 45 centmetros e anfbios de at 2 metros de comprimento. No entanto, grande parte da vida na Terra foi extinta h cerca de 250 milhes de anos, durante o perodo Permiano. Sabendo-se que o O um gs extremamente importante para os processos de obteno de energia em sistemas biolgicos, conclui-se quea) a concentrao de nitrognio atmosfrico se manteve constante nos ltimos 400 milhes de anos, possibilitando o surgimento de animais gigantes.b) a produo de energia dos organismos fotossintticos causou a extino em massa no perodo Permiano por aumentar a concentrao de oxignio atmosfrico.c) o surgimento de animais gigantes pode ser explicado pelo aumento de concentrao de oxignio atmosfrico, o que possibilitou uma maior absoro de oxignio por esses animais.d) o aumento da concentrao de gs carbnico (CO) atmosfrico no perodo Carbonfero causou mutaes que permitiram o aparecimento de animais gigantes.e) a reduo da concentrao de oxignio atmosfrico no perodo Permiano permitiu um aumento da biodiversidade terrestre por meio da induo de processos de obteno de energia.12. (Enem 2005) Um estudo caracterizou 5 ambientes aquticos, nomeados de A a E, em uma regio, medindo parmetros fsico-qumicos de cada um deles, incluindo o pH nos ambientes. O grfico I representa os valores de pH dos 5 ambientes. Utilizando o grfico II, que representa a distribuio estatstica de espcies em diferentes faixas de pH, pode-se esperar um maior nmero de espcies no ambiente:

a) A.b) B.c) C.d) D.e) E.13. (Enem 2005) H quatro sculos alguns animais domsticos foram introduzidos na Ilha da Trindade como "reserva de alimento". Porcos e cabras soltos davam boa carne aos navegantes de passagem, cansados de tanto peixe no cardpio. Entretanto, as cabras consumiram toda a vegetao rasteira e ainda comeram a casca dos arbustos sobreviventes. Os porcos revolveram razes e a terra na busca de semente. Depois de consumir todo o verde, de volta ao estado selvagem, os porcos passaram a devorar qualquer coisa: ovos de tartarugas, de aves marinhas, caranguejos e at cabritos pequenos.Com base nos fatos acima, pode-se afirmar quea) a introduo desses animais domsticos trouxe, com o passar dos anos, o equilbrio ecolgico.b) o ecossistema da Ilha da Trindade foi alterado, pois no houve uma interao equilibrada entre os seres vivos.c) a principal alterao do ecossistema foi a presena dos homens, pois animais nunca geram desequilbrios no ecossistema.d) o desequilbrio s apareceu quando os porcos comearam a comer os cabritos pequenos.e) o aumento da biodiversidade, a longo prazo, foi favorecido pela introduo de mais dois tipos de animais na ilha.14. (Enem 2007) Nos ltimos 50 anos, as temperaturas de inverno na pennsula antrtica subiram quase 6 C. Ao contrrio do esperado, o aquecimento tem aumentado a precipitao de neve. Isso ocorre porque o gelo marinho, que forma um manto impermevel sobre o oceano, est derretendo devido elevao de temperatura, o que permite que mais umidade escape para a atmosfera. Essa umidade cai na forma de neve.Logo depois de chegar a essa regio, certa espcie de pingins precisa de solos nus para construir seus ninhos de pedregulhos. Se a neve no derrete a tempo, eles pem seus ovos sobre ela. Quando a neve finalmente derrete, os ovos se encharcam de gua e goram."Scientific American Brasil", ano 2, n. 21, 2004, p.80 (com adaptaes).A partir do texto, analise as seguintes afirmativas.I - O aumento da temperatura global interfere no ciclo da gua na pennsula antrtica.II - O aquecimento global pode interferir no ciclo de vida de espcies tpicas de regio de clima polar.III - A existncia de gua em estado slido constitui fator crucial para a manuteno da vida em alguns biomas. correto o que se afirmaa) apenas em I.b) apenas em II.c) apenas em I e II.d) apenas em II e III.e) em I, II e III.15. (Enem 2007) Devido ao aquecimento global e conseqente diminuio da cobertura de gelo no rtico, aumenta a distncia que os ursos polares precisam nadar para encontrar alimentos. Apesar de exmios nadadores, eles acabam morrendo afogados devido ao cansao.A situao descrita acima a) enfoca o problema da interrupo da cadeia alimentar, o qual decorre das variaes climticas.b) alerta para prejuzos que o aquecimento global pode acarretar biodiversidade no rtico.c) ressalta que o aumento da temperatura decorrente de mudanas climticas permite o surgimento de novas espcies.d) mostra a importncia das caractersticas das zonas frias para a manuteno de outros biomas na Terra.e) evidencia a autonomia dos seres vivos em relao ao habitat, visto que eles se adaptam rapidamente s mudanas nas condies climticas.16. (Enem 2004) Um rio que localmente degradado por dejetos orgnicos nele lanados pode passar por um processo de autodepurao. No entanto, a recuperao depende, entre outros fatores, da carga de dejetos recebida, da extenso e do volume do rio. Nesse processo, a distribuio das populaes de organismos consumidores e decompositores varia, conforme mostra o esquema:Com base nas informaes fornecidas pelo esquema, so feitas as seguintes consideraes sobre o processo de depurao do rio:I. a vida aqutica superior pode voltar a existir a partir de uma certa distncia do ponto de lanamento dos dejetos;II. os organismos decompositores so os que sobrevivem onde a oferta de oxignio baixa ou inexistente e a matria orgnica abundante;III. as comunidades biolgicas, apesar da poluio, no se alteram ao longo do processo de recuperao.Est correto o que se afirma ema) I, apenas.b) II, apenas.c) III, apenas.d) I e II, apenas.e) I, II e III.17. (Enem 2005) Quando um reservatrio de gua agredido ambientalmente por poluio de origem domstica ou industrial, uma rpida providncia fundamental para diminuir os danos ecolgicos. Como o monitoramento constante dessas guas demanda aparelhos caros e testes demorados, cientistas tm se utilizado de biodetectores, como peixes que so colocados em gaiolas dentro da gua, podendo ser observados periodicamente.Para testar a resistncia de trs espcies de peixes, cientistas separaram dois grupos de cada espcie, cada um com cem peixes, totalizando seis grupos. Foi, ento, adicionada a mesma quantidade de poluentes de origem domstica e industrial, em separado. Durante o perodo de 24 horas, o nmero de indivduos passou a ser contado de hora em hora.Os resultados so apresentados a seguir.

Pelos resultados obtidos, a espcie de peixe mais indicada para ser utilizada como detectora de poluio, a fim de que sejam tomadas providncias imediatas, seriaa) a espcie I, pois sendo menos resistente poluio, morreria mais rapidamente aps a contaminao.b) a espcie II, pois sendo a mais resistente, haveria mais tempo para testes.c) a espcie III, pois como apresenta resistncia diferente poluio domstica e industrial, propicia estudos posteriores.d) as espcies I e III juntas, pois tendo resistncia semelhante em relao poluio permitem comparar resultados.e) as espcies II e III juntas, pois como so pouco tolerantes poluio, propiciam um rpido alerta.18. (Enem 2006) produo industrial de celulose e de papel esto associados alguns problemas ambientais. Um exemplo so os odores caractersticos dos compostos volteis de enxofre (mercaptanas) que se formam durante a remoo da lignina da principal matria-prima para a obteno industrial das fibras celulsicas que formam o papel: a madeira. nos estgios de branqueamento que se encontra um dos principais problemas ambientais causados pelas indstrias de celulose. Reagentes como cloro e hipoclorito de sdio reagem com a lignina residual, levando formao de compostos organoclorados. Esses compostos, presentes na gua industrial, despejada em grande quantidade nos rios pelas indstrias de papel, no so biodegradveis e acumulam-se nos tecidos vegetais e animais, podendo levar a alteraes genticas.Celnia P. Santos et al. "Papel: como se fabrica?" In: "Qumica nova na escola", n. 14, nov./2001, p. 3-7 (com adaptaes).Para se diminurem os problemas ambientais decorrentes da fabricao do papel, recomendvela) a criao de legislao mais branda, a fim de favorecer a fabricao de papel biodegradvel.b) a diminuio das reas de reflorestamento, com o intuito de reduzir o volume de madeira utilizado na obteno de fibras celulsicas.c) a distribuio de equipamentos de desodorizao populao que vive nas adjacncias de indstrias de produo de papel.d) o tratamento da gua industrial, antes de retorn-la aos cursos d'gua, com o objetivo de promover a degradao dos compostos orgnicos solveis.e) o recolhimento, por parte das famlias que habitam as regies circunvizinhas, dos resduos slidos gerados pela indstria de papel, em um processo de coleta seletiva de lixo.19. (Enem 2006) Na regio sul da Bahia, o cacau tem sido cultivado por meio de diferentes sistemas. Em um deles, o convencional, a primeira etapa de preparao do solo corresponde retirada da mata e queimada dos tocos e das razes. Em seguida, para o plantio da quantidade mxima de cacau na rea, os ps de cacau so plantados prximos uns dos outros. No cultivo pelo sistema chamado cabruca, os ps de cacau so abrigados entre as plantas de maior porte, em espao aberto criado pela derrubada apenas das plantas de pequeno porte.Os cacaueiros dessa regio tm sido atacados e devastados pelo fungo chamado vassoura-de-bruxa, que se reproduz em ambiente quente e mido por meio de esporos que se espalham no meio areo.As condies ambientais em que os ps de cacau so plantados e as condies de vida do fungo vassoura-de-bruxa, mencionadas anteriormente, permitem supor-se que sejam mais intensamente atacados por esse fungo os cacaueiros plantados por meio do sistemaa) convencional, pois os ps de cacau ficam mais expostos ao sol, o que facilita a reproduo do parasita.b) convencional, pois a proximidade entre os ps de cacau facilita a disseminao da doena.c) convencional, pois o calor das queimadas cria as condies ideais de reproduo do fungo.d) cabruca, pois os cacaueiros no suportam a sombra e, portanto, tero seu crescimento prejudicado e adoecero.e) cabruca, pois, na competio com outras espcies, os cacaueiros ficam enfraquecidos e adoecem mais facilmente.20. (Enem 2003) Considerando a riqueza dos recursos hdricos brasileiros, uma grave crise de gua em nosso pas poderia ser motivada pora) reduzida rea de solos agricultveis.b) ausncia de reservas de guas subterrneas.c) escassez de rios e de grandes bacias hidrogrficas.d) falta de tecnologia para retirar o sal da gua do mar.e) degradao dos mananciais e desperdcio no consumo.21. (Enem 2005) Foram publicados recentemente trabalhos relatando o uso de fungos como controle biolgico de mosquitos transmissores da malria. Observou-se o percentual de sobrevivncia dos mosquitos 'Anopheles sp.' aps exposio ou no a superfcies cobertas com fungos sabidamente pesticidas, ao longo de duas semanas. Os dados obtidos esto presentes no grfico a seguir.

No grupo exposto aos fungos, o perodo em que houve 50% de sobrevivncia ocorreu entre os diasa) 2 e 4.b) 4 e 6.c) 6 e 8.d) 8 e 10.e) 10 e 12.22. (Enem 2006) Quando um macho do besouro-da-cana localiza uma plantao de cana-de-acar, ele libera uma substncia para que outros besouros tambm localizem essa plantao, o que causa srios prejuzos ao agricultor. A substncia liberada pelo besouro foi sintetizada em laboratrio por um qumico brasileiro. Com essa substncia sinttica, o agricultor pode fazer o feitio virar contra o feiticeiro: usar a substncia como isca e atrair os besouros para longe das plantaes de cana.Folha Cincia. In: "Folha de S. Paulo", 25/5/2004 (com adaptaes).Assinale a opo que apresenta corretamente tanto a finalidade quanto a vantagem ambiental da utilizao da substncia sinttica mencionada.

23. (Enem 2006) A anlise de esporos de samambaias e de plen fossilizados contidos em sedimentos pode fornecer pistas sobre as formaes vegetais de outras pocas. No esquema a seguir, que ilustra a anlise de uma amostra de camadas contnuas de sedimentos, as camadas mais antigas encontram-se mais distantes da superfcie.

Essa anlise permite supor-se que o local em que foi colhida a amostra deve ter sido ocupado, sucessivamente, pora) floresta mida, campos cerrados e caatinga.b) floresta mida, floresta temperada e campos cerrados.c) campos cerrados, caatinga e floresta mida.d) caatinga, floresta mida e campos cerrados.e) campos cerrados, caatinga e floresta temperada.24. (Enem 2003) A biodiversidade diz respeito tanto a genes, espcies, ecossistemas, como a funes, e coloca problemas de gesto muito diferenciados. carregada de normas de valor. Proteger a biodiversidade pode significar:- a eliminao da ao humana, como a proposta da ecologia radical;- a proteo das populaes cujos sistemas de produo e cultura repousam num dado ecossistema;- a defesa dos interesses comerciais de firmas que utilizam a biodiversidade como matria-prima, para produzir mercadorias.(Adaptado de GARAY, I. & DIAS, B. Conservao da biodiversidade em ecossistemas tropicais)DE ACORDO COM O TEXTO, no tratamento da questo da biodiversidade no Planeta,a) o principal desafio conhecer todos os problemas dos ecossistemas, para conseguir proteg-los da ao humana.b) os direitos e os interesses comerciais dos produtores devem ser defendidos, independentemente do equilbrio ecolgico.c) deve-se valorizar o equilbrio do meio ambiente, ignorando-se os conflitos gerados pelo uso da terra e seus recursos.d) o enfoque ecolgico mais importante do que o social, pois as necessidades das populaes no devem constituir preocupao para ningum.e) h diferentes vises em jogo, tanto as que s consideram aspectos ecolgicos, quanto as que levam em conta aspectos sociais e econmicos.25. (Enem 2003) Considerando os custos e a importncia da preservao dos recursos hdricos, uma indstria decidiu purificar parte da gua que consome para reutiliz-la no processo industrial.De uma perspectiva econmica e ambiental, a iniciativa importante porque esse processoa) permite que toda gua seja devolvida limpa aos mananciais.b) diminui a quantidade de gua adquirida e comprometida pelo uso industrial.c) reduz o prejuzo ambiental, aumentando o consumo de gua.d) torna menor a evaporao da gua e mantm o ciclo hidrolgico inalterado.e) recupera o rio onde so lanadas as guas utilizadas.26. (Enem 2003) A caixinha utilizada em embalagens como as de leite "longa vida" chamada de "tetra brick", por ser composta de quatro camadas de diferentes materiais, incluindo alumnio e plstico, e ter a forma de um tijolo (brick, em ingls).Esse material, quando descartado, pode levar at cem anos para se decompor.Considerando os impactos ambientais, seria mais adequadoa) utilizar soda custica para amolecer as embalagens e s ento descart-las.b) promover a coleta seletiva, de modo a reaproveitar as embalagens para outros fins.c) aumentar a capacidade de cada embalagem, ampliando a superfcie de contato com o ar para sua decomposio.d) constituir um aterro especfico de embalagens "tetra brick", acondicionadas de forma a reduzir seu volume.e) proibir a fabricao de leite "longa vida", considerando que esse tipo de embalagem no adequado para conservar o produto.27. (Enem 2003) Um grupo de estudantes, saindo de uma escola, observou uma pessoa catando latinhas de alumnio jogadas na calada. Um deles considerou curioso que a falta de civilidade de quem deixa lixo pelas ruas acaba sendo til para a subsistncia de um desempregado. Outro estudante comentou o significado econmico da sucata recolhida, pois ouvira dizer que a maior parte do alumnio das latas estaria sendo reciclada. Tentando sintetizar o que estava sendo observado, um terceiro estudante fez trs anotaes, que apresentou em aula no dia seguinte:I. A catao de latinhas prejudicial indstria de alumnio;II. A situao observada nas ruas revela uma condio de duplo desequilbrio: do ser humano com a natureza e dos seres humanos entre si;III. Atividades humanas resultantes de problemas sociais e ambientais podem gerar reflexos (refletir) na economia.Dessas afirmaes, voc tenderia a concordar, apenas, coma) I e IIb) I e IIIc) II e IIId) IIe) III28. (Enem 2003) Em um debate sobre o futuro do setor de transporte de uma grande cidade brasileira com trnsito intenso, foi apresentado um conjunto de propostas.Entre as propostas reproduzidas a seguir, aquela que atende, ao mesmo tempo, a implicaes sociais e ambientais presentes nesse setor a) proibir o uso de combustveis produzidos a partir de recursos naturais.b) promover a substituio de veculos a diesel por veculos a gasolina.c) incentivar a substituio do transporte individual por transportes coletivos.d) aumentar a importao de diesel para substituir os veculos a lcool.e) diminuir o uso de combustveis volteis devido ao perigo que representam.29. (Enem 2004) Programas de reintroduo de animais consistem em soltar indivduos, criados em cativeiro, em ambientes onde sua espcie se encontra ameaada ou extinta.O mico-leo-dourado da Mata Atlntica faz parte de um desses programas. Como faltam aos micos criados em cativeiro habilidades para sobreviver em seu habitat, so formados grupos sociais desses micos com outros capturados na natureza, antes de solt-los coletivamente.O grfico mostra o NMERO TOTAL DE ANIMAIS, em uma certa regio, a cada ano, ao longo de um programa de reintroduo desse tipo.

A anlise do grfico permite concluir que o sucesso do programa deveu-sea) adaptao dos animais nascidos em cativeiro ao ambiente natural, mostrada pelo aumento do nmero de nascidos na natureza.b) ao aumento da populao total, resultante da reintroduo de um nmero cada vez maior de animais.c) eliminao dos animais nascidos em cativeiro pelos nascidos na natureza, que so mais fortes e selvagens.d) ao pequeno nmero de animais reintroduzidos, que se mantiveram isolados da populao de nascidos na natureza.e) grande sobrevivncia dos animais reintroduzidos, que compensou a mortalidade dos nascidos na natureza.30. (Enem 2004) O bicho-furo-dos-citros causa prejuzos anuais de US$ 50 milhes citricultura brasileira, mas pode ser combatido eficazmente se um certo agrotxico for aplicado plantao no momento adequado. possvel determinar esse momento utilizando-se uma armadilha constituda de uma caixinha de papelo, contendo uma pastilha com o feromnio da fmea e um adesivo para prender o macho. Verificando periodicamente a armadilha, percebe-se a poca da chegada do inseto. Uma vantagem do uso dessas armadilhas, tanto do ponto de vista ambiental como econmico, seriaa) otimizar o uso de produtos agrotxicos.b) diminuir a populao de predadores do bicho-furo.c) capturar todos os machos do bicho-furo.d) reduzir a rea destinada plantao de laranjas.e) espantar o bicho-furo das proximidades do pomar.31. (Enem 2006) A ocupao predatria associada expanso da fronteira agropecuria e acelerada pelo plantio da soja tem deflagrado, com a perda da cobertura vegetal, a diminuio da biodiversidade, a eroso do solo, a escassez e a contaminao dos recursos hdricos no bioma cerrado.Segundo ambientalistas, o cerrado brasileiro corre o risco de se transformar em um deserto.A respeito desse assunto, analise as afirmaes a seguir.I. Considerando-se que, em 2006, restem apenas 25% da cobertura vegetal original do cerrado e que, desse percentual, 3% sejam derrubados a cada ano, estima-se que, em 2030, o cerrado brasileiro se transformar em deserto.II. Sabe-se que a eventual extino do bioma cerrado, dada a pobreza que o caracteriza, no causar impacto sistmico no conjunto dos biomas brasileiros.III. A substituio de agrotxicos por bioinseticidas reduz a contaminao dos recursos hdricos no bioma cerrado. correto o que se afirmaa) apenas em I.b) apenas em III.c) apenas em I e II.d) apenas em II e III.e) em I, II e III.32. (Enem 2006) A MONTANHA PULVERIZADAEsta manh acordo eno a encontro.Britada em bilhes de lascasdeslizando em correia transportadoraentupindo 150 vagesno trem-monstro de 5 locomotivas- trem maior do mundo, tomem nota -foge minha serra, vaideixando no meu corpo a paisagemmsero p de ferro, e este no passa.Carlos Drummond de Andrade. "Antologia potica". Rio de Janeiro: Record, 2000.A situao poeticamente descrita sinaliza, do ponto de vista ambiental, para a necessidade deI. manter-se rigoroso controle sobre os processos de instalao de novas mineradoras.II. criarem-se estratgias para reduzir o impacto ambiental no ambiente degradado.III. reaproveitarem-se materiais, reduzindo-se a necessidade de extrao de minrios. correto o que se afirmaa) apenas em I.b) apenas em II.c) apenas em I e II.d) apenas em II e III.e) em I, II e III.33. (Enem 2007) A figura a seguir parte de uma campanha publicitria.

Essa campanha publicitria relaciona-se diretamente com a seguinte afirmativa:a) O comrcio ilcito da fauna silvestre, atividade de grande impacto, uma ameaa para a biodiversidade nacional.b) A manuteno do mico-leo-dourado em jaula a medida que garante a preservao dessa espcie animal.c) O Brasil, primeiro pas a eliminar o trfico do mico-leo-dourado, garantiu a preservao dessa espcie.d) O aumento da biodiversidade em outros pases depende do comrcio ilegal da fauna silvestre brasileira.e) O trfico de animais silvestres benfico para a preservao das espcies, pois garante-lhes a sobrevivncia.34. (Enem 2007) Se a explorao descontrolada e predatria verificada atualmente continuar por mais alguns anos, pode-se antecipar a extino do mogno. Essa madeira j desapareceu de extensas reas do Par, de Mato Grosso, de Rondnia, e h indcios de que a diversidade e o nmero de indivduos existentes podem no ser suficientes para garantir a sobrevivncia da espcie a longo prazo. A diversidade um elemento fundamental na sobrevivncia de qualquer ser vivo. Sem ela, perde-se a capacidade de adaptao ao ambiente, que muda tanto por interferncia humana como por causas naturais.Internet: (com adaptaes).Com relao ao problema descrito no texto, correto afirmar quea) a baixa adaptao do mogno ao ambiente amaznico causa da extino dessa madeira.b) a extrao predatria do mogno pode reduzir o nmero de indivduos dessa espcie e prejudicar sua diversidade gentica.c) as causas naturais decorrentes das mudanas climticas globais contribuem mais para a extino do mogno que a interferncia humana.d) a reduo do nmero de rvores de mogno ocorre na mesma medida em que aumenta a diversidade biolgica dessa madeira na regio amaznica.e) o desinteresse do mercado madeireiro internacional pelo mogno contribuiu para a reduo da explorao predatria dessa espcie.35. (Enem 2005) Uma expedio de paleontlogos descobre em um determinado extrato geolgico marinho uma nova espcie de animal fossilizado. No mesmo extrato, foram encontrados artrpodes xifosuras e trilobitas, braquipodos e peixes ostracodermos e placodermos.O esquema a seguir representa os perodos geolgicos em que esses grupos viveram.

Observando esse esquema os paleontlogos concluram que o perodo geolgico em que haviam encontrado essa nova espcie era o Devoniano, tendo ela uma idade estimada entre 405 milhes e 345 milhes de anos.Destes cinco grupos de animais que estavam associados nova espcie, aquele que foi determinante para a definio do perodo geolgico em que ela foi encontrada a) xifosura, grupo muito antigo, associado a outros animais.b) trilobita, grupo tpico da era Paleozica.c) braquipodo, grupo de maior distribuio geolgica.d) ostracodermo, grupo de peixes que s aparece at o Devoniano.e) placodermo, grupo que s existiu no Devoniano.37. (Enem 2007) Fenmenos biolgicos podem ocorrer em diferentes escalas de tempo. Assinale a opo que ordena exemplos de fenmenos biolgicos, do mais lento para o mais rpido.a) germinao de uma semente, crescimento de uma rvore, fossilizao de uma samambaiab) fossilizao de uma samambaia, crescimento de uma rvore, germinao de uma sementec) crescimento de uma rvore, germinao de uma semente, fossilizao de uma samambaiad) fossilizao de uma samambaia, germinao de uma semente, crescimento de uma rvoree) germinao de uma semente, fossilizao de uma samambaia, crescimento de uma rvore38. (Enem 2004) O que tm em comum Noel Rosa, Castro Alves, Franz Kafka, lvares de Azevedo, Jos de Alencar e Frdric Chopin?Todos eles morreram de tuberculose, doena que ao longo dos sculos fez mais de 100 milhes de vtimas. Aparentemente controlada durante algumas dcadas, a tuberculose voltou a matar. O principal obstculo para seu controle o aumento do nmero de linhagens de bactrias resistentes aos antibiticos usados para combat-la. Esse aumento do nmero de linhagens resistentes se deve aa) modificaes no metabolismo das bactrias, para neutralizar o efeito dos antibiticos e incorpor-los sua nutrio.b) mutaes selecionadas pelos antibiticos, que eliminam as bactrias sensveis a eles, mas permitem que as resistentes se multipliquem.c) mutaes causadas pelos antibiticos, para que as bactrias se adaptem e transmitam essa adaptao a seus descendentes.d) modificaes fisiolgicas nas bactrias, para torn-las cada vez mais fortes e mais agressivas no desenvolvimento da doena.e) modificaes na sensibilidade das bactrias, ocorridas depois de passarem um longo tempo sem contato com antibiticos.39. (Enem 2003) A biodiversidade garantida por interaes das vrias formas de vida e pela estrutura heterognea dos habitats.Diante da perda acelerada de biodiversidade, tem sido discutida a possibilidade de se preservarem espcies por meio da construo de "bancos genticos" de sementes, vulos e espermatozides.Apesar de os "bancos" preservarem espcimes (indivduos), sua construo considerada questionvel do ponto de vista ecolgico-evolutivo, pois se argumenta que esse tipo de estratgiaI. no preservaria a variabilidade gentica das populaes;II. dependeria de tcnicas de preservao de embries, ainda desconhecidas;III. no reproduziria a heterogeneidade dos ecossistemas.Est correto o que se afirma ema) I, apenas.b) II, apenas.c) I e III, apenas.d) II e III, apenas.e) I, II e III.40. (Enem 2005) Foi proposto um novo modelo de evoluo dos primatas elaborado por matemticos e bilogos. Nesse modelo o grupo de primatas pode ter tido origem quando os dinossauros ainda habitavam a Terra, e no h 65 milhes de anos, como comumente aceito.

(Fonte: Raquel Aguiar "Cincia Hoje on-line" 13/05/02)Examinando esta rvore evolutiva podemos dizer que a divergncia entre os macacos do Velho Mundo e o grupo dos grandes macacos e de humanos ocorreu h aproximadamentea) 10 milhes de anos.b) 40 milhes de anos.c) 55 milhes de anos.d) 65 milhes de anos.e) 85 milhes de anos.41. (Enem 2005) As cobras esto entre os animais peonhentos que mais causam acidentes no Brasil, principalmente na rea rural. As cascavis ('Crotalus'), apesar de extremamente venenosas, so cobras que, em relao a outras espcies, causam poucos acidentes a humanos. Isso se deve ao rudo de seu "chocalho", que faz com que suas vtimas percebam sua presena e as evitem. Esses animais s atacam os seres humanos para sua defesa e se alimentam de pequenos roedores e aves. Apesar disso, elas tm sido caadas continuamente, por serem facilmente detectadas.Ultimamente os cientistas observaram que essas cobras tm ficado mais silenciosas, o que passa a ser um problema, pois, se as pessoas no as percebem, aumentam os riscos de acidentes. A explicao darwinista para o fato de a cascavel estar ficando mais silenciosa quea) a necessidade de no ser descoberta e morta mudou seu comportamento.b) as alteraes no seu cdigo gentico surgiram para aperfeio-Ia.c) as mutaes sucessivas foram acontecendo para que ela pudesse adaptar-se.d) as variedades mais silenciosas foram selecionadas positivamente.e) as variedades sofreram mutaes para se adaptarem presena de seres humanos.42. (Enem 2007) As mudanas evolutivas dos organismos resultam de alguns processos comuns maioria dos seres vivos. um processo evolutivo comum a plantas e animais vertebrados:a) movimento de indivduos ou de material gentico entre populaes, o que reduz a diversidade de genes e cromossomos.b) sobrevivncia de indivduos portadores de determinadas caractersticas genticas em ambientes especficos.c) aparecimento, por gerao espontnea, de novos indivduos adaptados ao ambiente.d) aquisio de caractersticas genticas transmitidas aos descendentes em resposta a mudanas ambientais.e) recombinao de genes presentes em cromossomos do mesmo tipo durante a fase da esporulao.43. (Enem 2004) A identificao da estrutura do DNA foi fundamental para compreender seu papel na continuidade da vida. Na dcada de 1950, um estudo pioneiro determinou a proporo das bases nitrogenadas que compem molculas de DNA de vrias espcies.

A comparao das propores permitiu concluir que ocorre emparelhamento entre as bases nitrogenadas e que elas formama) pares de mesmo tipo em todas as espcies, evidenciando a universalidade da estrutura do DNA.b) pares diferentes de acordo com a espcie considerada, o que garante a diversidade da vida.c) pares diferentes em diferentes clulas de uma espcie, como resultado da diferenciao celular.d) pares especficos apenas nos gametas, pois essas clulas so responsveis pela perpetuao das espcies.e) pares especficos somente nas bactrias, pois esses organismos so formados por uma nica clula.44. (Enem 2007) Todas as reaes qumicas de um ser vivo seguem um programa operado por uma central de informaes. A meta desse programa a auto-replicao de todos os componentes do sistema, incluindo-se a duplicao do prprio programa ou mais precisamente do material no qual o programa est inscrito. Cada reproduo pode estar associada a pequenas modificaes do programa.M. O. Murphy e l. O'neill (Orgs.). "O que vida? 50 anos depois - especulaes sobre o futuro da biologia". So Paulo: UNESP. 1997 (com adaptaes).So indispensveis execuo do "programa" mencionado acima processos relacionados a metabolismo, auto-replicao e mutao, que podem ser exemplificados, respectivamente, por:a) fotossntese, respirao e alteraes na seqncia de bases nitrogenadas do cdigo gentico.b) duplicao do RNA, pareamento de bases nitrogenadas e digesto de constituintes dos alimentos.c) excreo de compostos nitrogenados, respirao celular e digesto de constituintes dos alimentos.d) respirao celular, duplicao do DNA e alteraes na seqncia de bases nitrogenadas do cdigo gentico.e) fotossntese, duplicao do DNA e excreo de compostos nitrogenados.45. (Enem 2005) A Embrapa possui uma linhagem de soja transgnica resistente ao herbicida IMAZAPIR. A planta est passando por testes de segurana nutricional e ambiental, processo que exige cerca de trs anos. Uma linhagem de soja transgnica requer a produo inicial de 200 plantas resistentes ao herbicida e destas so selecionadas as dez mais "estveis", com maior capacidade de gerar descendentes tambm resistentes. Esses descendentes so submetidos a doses de herbicida trs vezes superiores s aplicadas nas lavouras convencionais. Em seguida, as cinco melhores so separadas e apenas uma delas levada a testes de segurana. Os riscos ambientais da soja transgnica so pequenos, j que ela no tem possibilidade de cruzamento com outras plantas e o perigo de polinizao cruzada com outro tipo de soja de apenas 1%.A soja transgnica, segundo o texto, apresenta baixo risco ambiental porquea) a resistncia ao herbicida no estvel e assim no passa para as plantas-filhas.b) as doses de herbicida aplicadas nas plantas so 3 vezes superiores s usuais.c) a capacidade da linhagem de cruzar com espcies selvagens inexistente.d) a linhagem passou por testes nutricionais e aps trs anos foi aprovada.e) a linhagem obtida foi testada rigorosamente em relao a sua segurana.46. (Enem 2005) Os transgnicos vm ocupando parte da imprensa com opinies ora favorveis ora desfavorveis. Um organismo ao receber material gentico de outra espcie, ou modificado da mesma espcie, passa a apresentar novas caractersticas. Assim, por exemplo, j temos bactrias fabricando hormnios humanos, algodo colorido e cabras que produzem fatores de coagulao sangnea humana.O belga Ren Magritte (1896-1967), um dos pintores surrealistas mais importantes, deixou obras enigmticas.Caso voc fosse escolher uma ilustrao para um artigo sobre os transgnicos, qual das obras de Magritte, a seguir, estaria mais de acordo com esse tema to polmico?

47. (Enem 2004) Nas recentes expedies espaciais que chegaram ao solo de Marte, e atravs dos sinais fornecidos por diferentes sondas e formas de anlise, vem sendo investigada a possibilidade da existncia de gua naquele planeta. A motivao principal dessas investigaes, que ocupam freqentemente o noticirio sobre Marte, deve-se ao fato de que a presena de gua indicaria, naquele planeta,a) a existncia de um solo rico em nutrientes e com potencial para a agricultura.b) a existncia de ventos, com possibilidade de eroso e formao de canais.c) a possibilidade de existir ou ter existido alguma forma de vida semelhante da Terra.d) a possibilidade de extrao de gua visando ao seu aproveitamento futuro na Terra.e) a viabilidade, em futuro prximo, do estabelecimento de colnias humanas em Marte.48. (Enem 2007) O 'Aedes aegypti' vetor transmissor da dengue. Uma pesquisa feita em So Lus - MA, de 2000 a 2002, mapeou os tipos de reservatrio onde esse mosquito era encontrado. A tabela adiante mostra parte dos dados coletados nessa pesquisa.

De acordo com essa pesquisa, o alvo inicial para a reduo mais rpida dos focos do mosquito vetor da dengue nesse municpio deveria ser constitudo pora) pneus e caixas d'gua.b) tambores, tanques e depsitos de barro.c) vasos de plantas, poos e cisternas.d) materiais de construo e peas de carro.e) garrafas, latas e plsticos.49. (Enem 2004) Algumas doenas que, durante vrias dcadas do sculo XX, foram responsveis pelas maiores percentagens das mortes no Brasil, no so mais significativas neste incio do sculo XXI. No entanto, aumentou o percentual de mortalidade devida a outras doenas, conforme se pode observar no diagrama:

No perodo considerado no diagrama, deixaram de ser predominantes, como causas de morte, as doenasa) infecto-parasitrias, eliminadas pelo xodo rural que ocorreu entre 1930 e 1940.b) infecto-parasitrias, reduzidas por maior saneamento bsico, vacinas e antibiticos.c) digestivas, combatidas pelas vacinas, vermfugos, novos tratamentos e cirurgias.d) digestivas, evitadas graas melhoria do padro alimentar do brasileiro.e) respiratrias, contidas pelo melhor controle da qualidade do ar nas grandes cidades.50. (Enem 2005) Entre 1975 e 1999, apenas 15 novos produtos foram desenvolvidos para o tratamento da tuberculose e de doenas tropicais, as chamadas doenas negligenciadas. No mesmo perodo, 179 novas drogas surgiram para atender portadores de doenas cardiovasculares. Desde 2003, um grande programa articula esforos em pesquisa e desenvolvimento tecnolgico de instituies cientficas, governamentais e privadas de vrios pases para reverter esse quadro de modo duradouro e profissional.Sobre as doenas negligenciadas e o programa internacional, considere as seguintes afirmativas:I. As doenas negligenciadas, tpicas das regies subdesenvolvidas do planeta, so geralmente associadas subnutrio e falta de saneamento bsico.II. As pesquisas sobre as doenas negligenciadas no interessam indstria farmacutica porque atingem pases em desenvolvimento sendo economicamente pouco atrativas.III. O programa de combate s doenas negligenciadas endmicas no interessa ao Brasil porque atende a uma parcela muito pequena da populao.Est correto apenas o que se afirma em:a) I.b) II.c) III.d) I e II.e) II e III.51. (Enem 2005) Cndido Portinari (1903-1962), um dos mais importantes artistas brasileiros do sculo XX, tratou de diferentes aspectos da nossa realidade em seus quadros.

Sobre a temtica dos "Retirantes", Portinari tambm escreveu o seguinte poema:"(...)Os retirantes vm vindo com trouxas e embrulhosVm das terras secas e escuras; pedregulhosDoloridos como fagulhas de carvo acesoCorpos disformes, uns panos sujos,Rasgados e sem cor, dependuradosHomens de enorme ventre bojudoMulheres com trouxas cadas para o ladoPanudas, carregando ao colo um garotoChoramingando, remelento(...)"(Cndido Portinari. "Poemas". Rio de Janeiro: J. Olympio, 1964.)No texto de Portinari, algumas das pessoas descritas provavelmente esto infectadas com o verme 'Schistosoma mansoni'. Os "homens de enorme ventre bojudo" corresponderiam aos doentes da chamada "barriga d'gua".O ciclo de vida do 'Schistosoma mansoni' e as condies scio-ambientais de um local so fatores determinantes para maior ou menor incidncia dessa doena.O aumento da incidncia da esquistossomose deve-se presena dea) roedores, ao alto ndice pluvial e inexistncia de programas de vacinao.b) insetos hospedeiros e indivduos infectados, inexistncia de programas de vacinao.c) indivduos infectados e de hospedeiros intermedirios e ausncia de saneamento bsico.d) mosquitos, inexistncia de programas de vacinao e ausncia de controle de guas paradas.e) gatos e de alimentos contaminados, e ausncia de precaues higinicas.52. (Enem 2005) A atividade pesqueira antes de tudo extrativista, o que causa impactos ambientais. Muitas espcies j apresentam srio comprometimento em seus estoques e, para diminuir esse impacto, vrias espcies vm sendo cultivadas. No Brasil, o cultivo de algas, mexilhes, ostras, peixes e camares vem sendo realizado h alguns anos, com grande sucesso, graas ao estudo minucioso da biologia dessas espcies.

Os crustceos decpodes, por exemplo, apresentam durante seu desenvolvimento larvrio, vrias etapas com mudana radical de sua forma. No s a sua forma muda, mas tambm a sua alimentao e habitat. Isso faz com que os criadores estejam atentos a essas mudanas, porque a alimentao ministrada tem de mudar a cada fase.Se para o criador, essas mudanas so um problema para a espcie em questo, essa metamorfose apresenta uma vantagem importante para sua sobrevivncia, poisa) aumenta a predao entre os indivduos.b) aumenta o ritmo de crescimento.c) diminui a competio entre os indivduos da mesma espcie.d) diminui a quantidade de nichos ecolgicos ocupados pela espcie.e) mantm a uniformidade da espcie.53. (Enem 2005) Caso os cientistas descobrissem alguma substncia que impedisse a reproduo de todos os insetos, certamente nos livraramos de vrias doenas em que esses animais so vetores. Em compensao teramos grandes problemas como a diminuio drstica de plantas que dependem dos insetos para polinizao, que o caso dasa) algas.b) brifitas como os musgos.c) pteridfitas como as samambaias.d) gimnospermas como os pinheiros.e) angiospermas como as rvores frutferas.54. (Enem 2005) O desenvolvimento da maior parte das espcies de insetos passa por vrios estgios at chegar fase adulta, quando finalmente esto aptos reproduo. Esse desenvolvimento um jogo complexo de hormnios. A ECDISONA promove as mudas (ecdases), mas o HORMNIO JUVENIL impede que o inseto perca suas caractersticas de larva. Com o tempo, a quantidade desse hormnio diminui e o inseto chega fase adulta.

Cientistas descobriram que algumas rvores produzem um composto qumico muito semelhante ao HORMNIO JUVENIL dos insetos. A vantagem de uma rvore que produz uma substncia que funcione como HORMNIO JUVENIL que a larva do inseto, ao se alimentar da planta, ingere esse hormnio ea) vive sem se reproduzir, pois nunca chega fase adulta.b) vive menos tempo, pois seu ciclo de vida encurta.c) vive mais tempo, pois ocorrem poucas mudas.d) morre, pois chega muito rpido fase adulta.e) morre, pois no sofrer mais mudas.55. (Enem 2005) Em uma rea observa-se o seguinte regime pluviomtrico:

Os anfbios so seres que podem ocupar tanto ambientes aquticos quanto terrestres. Entretanto, h espcies de anfbios que passam todo o tempo na terra ou ento na gua. Apesar disso, a maioria das espcies terrestres depende de gua para se reproduzir e o faz quando essa existe em abundncia. Os meses do ano em que, nessa rea, esses anfbios terrestres poderiam se reproduzir mais eficientemente so dea) setembro a dezembro.b) novembro a fevereiro.c) janeiro a abril.d) maro a julho.e) maio a agosto.56. (Enem 2003) Houve uma grande elevao do nmero de casos de malria na Amaznia que, de 30 mil casos na dcada de 1970, chegou a cerca de 600 mil na dcada de 1990. Esse aumento pode ser relacionado a mudanas na regio, comoa) as transformaes no clima da regio decorrentes do efeito estufa e da diminuio da camada de oznio.b) o empobrecimento da classe mdia e a conseqente falta de recursos para custear o caro tratamento da doena.c) o aumento na migrao humana para fazendas, grandes obras, assentamentos e garimpos, instalados nas reas de floresta.d) as modificaes radicais nos costumes dos povos indgenas, que perderam a imunidade natural ao mosquito transmissor.e) a destruio completa do ambiente natural de reproduo do agente causador, que o levou a migrar para os grandes centros urbanos.57. (Enem 2006) Na transpirao, as plantas perdem gua na forma de vapor atravs dos estmatos. Quando os estmatos esto fechados, a transpirao torna-se desprezvel. Por essa razo, a abertura dos estmatos pode funcionar como indicador do tipo de ecossistema e da estao do ano em que as plantas esto sendo observadas. A tabela a seguir mostra como se comportam os estmatos de uma planta da caatinga em diferentes condies climticas e horas do dia.Considerando a mesma legenda dessa tabela, assinale a opo que melhor representa o comportamento dos estmatos de uma planta tpica da Mata Atlntica.

58. (Enem 2007)

So caractersticas do tipo de reproduo representado na tirinha:a) simplicidade, permuta de material gnico e variabilidade gentica.b) rapidez, simplicidade e semelhana gentica.c) variabilidade gentica, mutao e evoluo lenta.d) gametognese, troca de material gnico e complexidade.e) clonagem, gemulao e partenognese.59. (Enem 2006) Em certas localidades ao longo do rio Amazonas, so encontradas populaes de determinada espcie de lagarto que se reproduzem por partenognese. Essas populaes so constitudas, exclusivamente, por fmeas que procriam sem machos, gerando apenas fmeas. Isso se deve a mutaes que ocorrem ao acaso nas populaes bissexuais. Avalie as afirmaes seguintes, relativas a esse processo de reproduo.I. Na partenognese, as fmeas do origem apenas a fmeas, enquanto, nas populaes bissexuadas, cerca de 50% dos filhotes so fmeas.II. Se uma populao bissexuada se mistura com uma que se reproduz por partenognese, esta ltima desaparece.III. Na partenognese, um nmero x de fmeas capaz de produzir o dobro do nmero de descendentes de uma populao bissexuada de x indivduos, uma vez que, nesta, s a fmea pe ovos. correto o que se afirmaa) apenas em I.b) apenas em II.c) apenas em I e III.d) apenas em II e III.e) em I, II e III.60. (Enem 2006) Os efeitos dos antiinflamatrios esto associados presena de inibidores da enzima chamada ciclooxigenase 2 (COX-2). Essa enzima degrada substncias liberadas de tecidos lesados e as transforma em prostaglandinas pr-inflamatrias, responsveis pelo aparecimento de dor e inchao.Os antiinflamatrios produzem efeitos colaterais decorrentes da inibio de uma outra enzima, a COX-1, responsvel pela formao de prostaglandinas, protetoras da mucosa gastrintestinal.O esquema a seguir mostra alguns antiinflamatrios (nome genrico). As setas indicam a maior ou a menor afinidade dessas substncias pelas duas enzimas.

Com base nessas informaes, correto concluir-se quea) o piroxicam o antiinflamatrio que mais pode interferir na formao de prostaglandinas protetoras da mucosa gastrintestinal.b) o rofecoxibe o antiinflamatrio que tem a maior afinidade pela enzima COX-1.c) a aspirina tem o mesmo grau de afinidade pelas duas enzimas.d) o diclofenaco, pela posio que ocupa no esquema, tem sua atividade antiinflamatria neutralizada pelas duas enzimas.e) o nimesulide apresenta o mesmo grau de afinidade pelas enzimas COX-1 e COX-2.61. (Enem 2006)

A partir desses dados, foram feitas as afirmaes a seguir.I. As famlias brasileiras, em 30 anos, aumentaram muito o consumo de protenas e gros, que, por seu alto valor calrico, no so recomendveis.II. O aumento do consumo de alimentos muito calricos deve ser considerado indicador de alerta para a sade, j que a obesidade pode reduzir a expectativa de vida humana.III. Doenas cardiovasculares podem ser desencadeadas pela obesidade decorrente das novas dietas alimentares. correto apenas o que se afirma ema) I.b) II.c) III.d) I e II.e) II e III.