tese halitose

Download TESE halitose

Post on 23-Jul-2015

232 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

DEJANILDO JORGE VELOSO

Ao de fitoterpicos antimicrobianos sobre microrganismos bucais produtores de compostos sulfurados volteis: estudo in vitro .

PROGRAMA INTEGRADO DE PS-GRADUAO EM ODONTOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARABA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA PROGRAMA INTEGRADO DE PS-GRADUAO EM ODONTOLOGIA

JOO PESSOA 2006

DEJANILDO JORGE VELOSO

Ao de fitoterpicos antimicrobianos sobre microrganismos bucais produtores de compostos sulfurados volteis: estudo in vitro .

Tese apresentada ao Programa Integrado de Ps-Graduao em Odontologia da Universidade Federal da Paraba em cumprimento s exigncias para a obteno do ttulo de Doutor em Odontologia. rea de concentrao: Estomatologia.

Orientador: Prof. Dr. Fbio Correia Sampaio. Co-orientadora: Prof. Dr. Jane Sheila Higino.

2

JOO PESSOA 2006

DEJANILDO JORGE VELOSO

Ao de fitoterpicos antimicrobianos sobre microrganismos bucais produtores de compostos sulfurados volteis: estudo in vitro .

DATA DA DEFESA: 27/07/2006.

_______________________________ Prof. Dr. Fbio Correia Sampaio. Orientador. ________________________________ Prof. Dra. Clia Maria M. B. de Castro Examinadora. _________________________________ Prof. Dra. Brenda Paula F. D. A. Gomes Examinadora. __________________________________ Prof. Dra. Margareth de Ftima F. M. Diniz Examinadora. __________________________________ Prof. Dr. Eduardo de Jesus Oliveira Examinador.

3

AGRADECIMENTOSAo Prof. Dr. Fbio Correia Sampaio, um verdadeiro orientador. A Prof. Dra. Jane Sheila Higino, da UFPE pela orientao e produo dos extratos usados neste trabalho. A Prof. Dra. Brenda Paula Figueiredo de Almeida Gomes, da FOPUNICAMP, Piracicaba pela orientao e ajuda indispensveis com os testes realizados no laboratrio em Piracicaba. Ao Prof. Carlos Henrique Gomes Martins, da Universidade de Franca, SP pela orientao e amizade. A Prof. Dra. Maria do Socorro Vieira Pereira, A Pro. Dra. Nikeila Chacon Oliveira Conde, A Prof. Dra. Laurylene C. S. Vasconcelos, A Prof. Fbia Daniele S. C. M e Silvia, Ao Dr. Frederico Canato Martins, pelo laborioso trabalho e ajuda em Piracicaba, A Coordenao e Funcionrios do Programa Integrado de Ps-Graduao, Aos meus Mestres, Aos meus amigos, um pequeno e estimado grupo de heris. A todos que direta ou indiretamente contriburam para a realizao deste trabalho... Como bem lembrou minha querida Me.

4

E porque me faltam as palavras... Obrigado!

Quando chegarmos ao final da linha, perceberemos que nossa obsesso egosta no nos oferece esperana, e estaremos abertos para nos tornarmos obcecados por Deus.Larry Crabb.

5

RESUMO

A

produo

de

compostos

sulfurados

volteis

por

microrganismos da cavidade bucal a principal causa da halitose. O objetivo deste estudo foi de avaliar in vitro a atividade dos extratos de Caesalpinia ferrea Mart. (Juc), Cinnamomun cssia B. (Canela), Malva sylvestris L. (Malva), Punica granatum L (Rom), Rosmarinus officinalis L. (Alecrim),

Aeolanthus suaveolens (Als.) Spreng. (Macass), Sysygium aromaticum L (Cravo) e Tamarindus indica L. (Tamarindo) sobre microrganismos da

cavidade bucal produtores de compostos sulfurados volteis (CSV) utilizando diferentes testes de sensibilidade microbiana e um modelo de sedimento salivar. A atividade dos estratos foi avaliada sobre os microrganismos

Fusobacterium nucleatum, Peptostreptoccocus micros, Porphyromonas gingivalis e Prevotella intermedia isolados da cavidade bucal. Para o teste de difuso em agar foram utilizados os extratos puros depositados sobre o meio de cultura em cilindros de ao (8,0 X 10,0 mm com dimetro interno de 6,0 mm) e medidas as zonas de inibio. Foi tambm realizado o teste para determinao da Concentrao Inibitria Mnima (CIM) em meio lquido pelo mtodo da microdiluio com a resazurina como revelador da presena ou ausncia de atividade bacteriana. A quantidade de polifenis totais dos extratos foi medida pelo mtodo Azul da Prssia modificado por Graham. Para o teste com o sedimento salivar foi utilizado o mtodo de Kleimberg e Codipilly e o sedimento salivar foi exposto aos extratos de juc e rom seguindo-se a incubao e realizadas medidas organolpticas e com um

6

monitor de gases (Halimeter) em intervalos pr-estabelecidos. Ao teste de difuso os diferentes extratos demonstraram resultados variados com diferentes zonas de inibio ou ausncia destas. O extrato de rom foi o nico extrato que apresentou capacidade inibitria sobre todos os microrganismos testados. Os valores de CIM demonstraram tambm uma variao quanto a ao dos extratos sobre os diversos microrganismos. Os extratos usados para o teste de sedimento salivar determinaram uma menor formao de CSV quando comparado ao controle negativo. O uso de fitoterpicos pode representar uma alternativa para a abordagem

antimicrobiana nos casos de halitose de origem bucal.

7

ABSTRACT

The

production

of

volatile

sulfur

compounds

(VSC)

by

oral

microorganisms is the main cause for halitosis. This in vitro study evaluated the antibacterial activity of plant extracts from Caesalpinia ferrea Mart., Cinnamomun cassia B. , Malva sylvestris L., Punica granatum L , Rosmarinus officinalis L. , Aeolanthus suaveolens (Als.) Spreng. , Sysygium aromaticum L e Tamarindus indica L. The bacteria tested were

Fusobacterium nucleatum, Peptostreptoccocus micros, Porphyromonas gingivalis e Prevotella intermedia obtained from clinical trials. The

antibacterial activity was determined by means of agar diffusion and broth microdilution test.. Stainless-steel cylinders (8.0 x 10 mm inside dia. of 6.0 mm) were placed on the agar plates and the test extracts were applied inside the cylinders. Zones of inhibition of bacteria growth around the cylinders were measured and recorded after incubation time. Resazurin was used as an indicator of bacteria growth in the microdilution test. In order to test for bactericidal or bacteriostatical effect from the extract on bacteria, 20 L from the well indicating the Minimal Inhibitory Concentration (MIC) and three more wells were dispensed in agar plates. Results for growing of bacteria were recorded after appropriated incubation time. Determination of total

polyphenols in the plant extracts was carried out by the Prussian blue method as described by Graham. The extracts of Punica granatum L. and Caesalpinia ferrea Mart. showed the highest values for total polyphenols and were chosen for the test with the suspended salivary system (SSS) method. The salivary

8

sediment were exposed to the extracts and the amount of odor was measured both with organoleptic test and by a sulfide monitor (Halimeter ) after appropriated periods. The agar diffusion and the microdilution tests demonstrated different results with the Punica granatum extract being able to inhibit the growth from all the bacteria tested by the diffusion method. The results from the test with the SSS method show that when the extracts were exposed to the extracts the production of VSC was smaller than the production from the negative control. The results suggest that some plant extracts may be useful for the antibacterial approach for the treatment of oral halitosis.

9

LISTA DE ILUSTRAES

10

LISTA DE TABELAS

11

LISTA DE ABREVIATURAS

12

SUMRIO1. INTRODUO 2. REVISO DA LITERATURA 2.1. HALITOSE 2.1.1. CONCEITO DE HALITOSE 2.1.2. AVALIAO DO HLITO 2.1.3. PEVALNCIA DA HALITOSE 2.1.4. ETIOLOGIA DA HALITOSE 2.2. ABORDAGEM ANTIMICROBIANA NA HALITOSE 2.3. USO DE PLANTAS MEDICINAIS E FITOTERPICOS 2.3.1. USO DE PLANTAS MEDICINAIS E FITOTERPICOS NA ODONTOLOGIA 2.3.2. USO DE PLANTAS MEDICINAIS E FITOTERPICOS NO TRATAMENTO DA HALITOSE 2.4. POLIFENIS 3. PROPOSIO 4. METODOLOGIA 4.1. PREPARAO DO EXTRATO DAS PLANTAS 4.1.1. EXTRAO DOS MARCADORES QUMICOS 4.1.2. CONCENTRAO DA SOLUO EXTRATIVA 4.2. DETERMINAO DA ATIVIDADE ANTIMICROBIANA 4.2.1. TESTE DA DIFUSO EM AGAR

13

4.2.2. DETERMINAO DA CONCENTRAO INIBITRIA MNIMA (CIM) E EM MEIO LQUIDO 4.3. DETERMINAO DA CONCENTRAO DE POLIFENIS DOS EXTRATOS 4.4. DETERMINAO DA CAPACIDADE INIBITRIA DOS EXTRATOS SOBRE A FORMAO DE COMPOSTOS SULFURADOS VOLTEIS (CSV) E OUTROS ODORES 4.4.1. PREPARAO DOS SEDIMENTOS 4.4.2. COLETA DOS DADOS 4.5. ANLISE ESTATSTICA 5. RESULTADOS 5.1. ATIVIDADE ANTIMICROBIANA 5.2. CONCENTRAO DE POLIFENIS DOS EXTRATOS 5.3. AO DOS EXTRATOS DE JUC E ROM NA FORMAO DE COMPOSTOS SULFURADOS VOLTIS E OUTORS ODORES. 6. DISCUSSO 7. CONCLUSES REFERNCIAS

14

1. INTRODUO.

Foi na dcada de 70 que J. Tonzetich usando cromatografia gasosa, demonstrou que era possvel identificar e quantificar os compostos sulfurados volteis (CSV) a partir de amostras de ar cavidade bucal, estabelecendo a importncia destas substncias na formao do mau odor bucal. Como principais componentes foram identificados: sulfidreto (H2S), metilmercaptana (CH3SH), e com uma participao menor o dimetilsulfeto [CH3]2S. Os compostos sulfurados volteis j haviam sido identificados como resultantes de processos putrefativos da saliva atravs de anlise por espectrometria de massa, contudo este mtodo no era sensvel o suficiente para a avaliao do ar no interior da boca. Em seu estudo Tonzetich, 1971 mostrou que a concentrao de compostos sulfurados volteis na boca varia para o mesmo indivduo, quando examinado em diferentes horrios num mesmo dia. Os nveis mais altos de concentrao destas substncias correspondem aos nveis de maior intensidade do mau hlito. Foi verificado ainda que a aplicao de mtodos de higiene bucal reduz significativamente a quantidade de compostos sulfurados na boca, concluindo-se que a formao destas substncias se deve aos processos putrefativos ocorrendo no int