tese ana paula final corrigida biblioteca

Click here to load reader

Post on 10-Jan-2017

220 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

ANA PAULA BENSEMANN GONTIJO

AVALIAO DO DESENVOLVIMENTO MOTOR GROSSO EM CRIANAS DE 0 A 18 MESES DE IDADE:

CRIAO DE CURVAS DE PERCENTIL PARA A POPULAO BRASILEIRA

Belo Horizonte

Escola de Educao Fsica, Fisioterapia e Terapia O cupacional 2012

II

ANA PAULA BENSEMANN GONTIJO

AVALIAO DO DESENVOLVIMENTO MOTOR GROSSO EM CRIANAS DE 0 A 18 MESES DE IDADE:

CRIAO DE CURVAS DE PERCENTIS PARA A POPULAO BRASILEIRA

Tese apresentada ao Programa de Ps-Graduao em Cincias da Reabilitao, da Escola de Educao Fsica, Fisioterapia e Terapia Ocupacional da Universidade Federal de Minas Gerais, como requisito obteno do ttulo de Doutor em Cincias da Reabilitao. rea de Concentrao: Desempenho Funcional Humano Linha de pesquisa: Avaliao do Desenvolvimento e Desempenho Infantil Orientadora: Prof. Dra. Livia C. Magalhes

Belo Horizonte

Escola de Educao Fsica, Fisioterapia e Terapia O cupacional 2012

III

O RIO E O OCEANO (Osho)

Diz-se que, mesmo antes de um rio cair no

oceano ele treme de medo. Olha para trs, para

toda a jornada, os cumes, as montanhas, o longo

caminho sinuoso atravs das florestas, atravs dos

povoados, e v sua frente um oceano to vasto que

entrar nele nada mais do que desaparecer para

sempre. Mas no h outra maneira. O rio no pode

voltar. Ningum pode voltar.Voltar impossvel na

existncia. Voc pode apenas ir em frente. O rio

precisa se arriscar e entrar no oceano. E somente

quando ele entra no oceano que o medo

desaparece. Porque apenas ento o rio saber que

no se trata de desaparecer no oceano, mas tornar-

se oceano. Por um lado desaparecimento e por

outro lado renascimento. Assim somos ns. S

podemos ir em frente e arriscar. Coragem !! Avance

firme e torne-se Oceano!!!

Meu eterno agradecimento a todas as pessoas que fazem parte do

meu caminhar

IV

PREFCIO

A presente Tese de Doutorado foi elaborada de acordo com as normas

estabelecidas pelo Colegiado do Programa de Ps-Graduao em Cincias da

Reabilitao da EEFFTO da UFMG.

A estrutura desta Tese compreende cinco captulos. O primeiro captulo contm a

introduo, o segundo captulo a reviso de literatura que abrange o histrico da

avaliao do desenvolvimento infantil, os modelos ecolgicos e referenciais tericos

que do suporte a estudos transculturais de desenvolvimento motor e o uso da

AIMS na clnica e na pesquisa. No terceiro captulo encontram-se os objetivos da

pesquisa e suas hipteses. O captulo quatro descreve a metodologia utilizada nos

dois estudos, produtos finais da Tese e o captulo 5 apresenta os resultados. No

sexto captulo desta Tese so apresentadas as consideraes finais relacionadas

aos resultados encontrados. Em seguida esto includas as referncias

bibliogrficas, os apndices nos quais se encontram os dois artigos e os anexos, de

acordo com as normas da ABNT.

Em relao aos artigos desenvolvidos, o primeiro artigo, uma reviso sistemtica,

intitulada Uso da Aberta Infant Motor Scale (AIMS) na avaliao motora grossa de

bebs de 0 a 18 meses: reviso descritivo-analtico da literatura foi formatado de

acordo com as normas de Vancouver, adotadas pelo peridico Jornal de Pediatra

para o qual este trabalho foi enviado para publicao. O segundo artigo, com os

dados finais da tese, intitulado Assessing the gross motor infant development from

zero to 18 month: identifying if new references values need to be established for

Brazilian children (Avaliando a funo motora grossa de lactentes de zero a 18

meses: identificando se novos valores de referncia precisam ser estabelecidos

para a populao brasileira) est formatado seguindo as normas de Vancouver,

adotadas pelo peridico Developmental Medicine and Child Neurology, para o qual

este trabalho ser posteriormente submetido para publicao.

V

RESUMO

Profissionais da rea de reabilitao infantil no Brasil tm demonstrado crescente

interesse pela documentao objetiva do desenvolvimento neuropsicomotor de

lactentes. No entanto, grande parte dos instrumentos padronizados de avaliao do

desempenho infantil foi desenvolvida na Amrica do Norte, Canad e Europa.

Problemas relacionados ao uso de testes normativos importados vo desde

tradues inacuradas a validade scio-tnica-cultural inadequada. Visando

contribuir para a oferta de recursos adequados para avaliao infantil, o objetivo

geral desta tese foi descrever o desempenho motor grosso de crianas da regio

metropolitana de Belo Horizonte/MG, desde o nascimento at a aquisio da

marcha independente, para examinar a adequao das normas da Alberta Infant

Motor Scale para lactentes brasileiros. Dentro deste propsito, os objetivos

especficos foram: 1) caracterizar o desempenho motor grosso de crianas

brasileiras na faixa etria compreendida entre zero e 18 meses; 2) comparar o

desempenho motor grosso de crianas brasileiras com os dados normativos da

amostra de padronizao canadense; 3) investigar a relao entre desenvolvimento

motor grosso e as condies sociais, representadas pelo ndice de desenvolvimento

humano (IDH) e Classificao socioeconmica (ABEP). Para alcanar esses

objetivos, 660 lactentes foram avaliados com a AIMS, sendo 330 do sexo feminino e

330 do sexo masculino, estratificados em grupos por idade entre zero e 18 dezoito

meses, em nmero proporcional ao grupo canadense original, e agrupadas em trs

blocos de acordo com o ndice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M) da

regio metropolitana de Belo Horizonte-MG. Para cada grupo de idade, zero a 18

meses, foi calculado a mdia do escore total da AIMS e o desvio-padro. Os dados

de cada idade foram comparados com os dados normativos canadenses por meio

do student t-test. Lactentes brasileiros apresentaram escores mais baixos nos

grupos de idade 1

VI

encontradas no percentil 5th aos 9< 10 e 10

VII

ABSTRACT

Professionals in the field of childrens rehabilitation in Brazil have shown a growing

interest in objective documentation of the neurodevelopment in infants. However,

most standardized instruments for assessing children's performance was developed

in North America, Canada and Europe. Problems related to the use of imported

normative tests range from inaccurate translations to inadequate socio-cultural-

ethnic validity. To contribute to the provision of adequate resources for child

assessment, the general objective of this dissertation was to describe the gross

motor performance of infants from the metropolitan region of Belo Horizonte / MG,

from birth to the acquisition of independent walk, in order to examine the adequacy

of the standardized norms of the Alberta Infant Motor Scale for Brazilian infants. In

this regard, the specific objectives were: 1) characterize the gross motor

performance of Brazilian infants ages between zero and 18 months old, 2) compare

the gross motor performance of Brazilian children with the normative data from the

Canadian standardization sample, 3) investigate the relationship between gross

motor development and social conditions, represented by the human development

index (HDI) and socioeconomic classification (ABEP). To achieve these goals, 660

infants were evaluated with the AIMS, in a sample comprised by 330 females and

330 males, stratified by age groups from zero to 18 eighteen months, in proportions

similar to the original Canadian group, and distributed in three blocks according to

the Human Development Index (HDI) of the metropolitan region of Belo Horizonte-

MG. For each age group, zero to 18 months, we calculated the average total AIMS

scores and standard deviation. The data for each age were compared to the

Canadian standard data by means of Student's t-test. Brazilian infants showed lower

scores in the age groups 1

VIII

10

IX

SUMRIO 1 INTRODUO................................................................................................... 11

2 REVISO DA LITERATURA.............................................................................. 13

2.1 A avaliao do desenvolvimento infantil............................................................. 13

2.2 Modelos ecolgicos e referenciais tericos que do suporte a estudos

transculturais de desenvolvimento motor ................................................................. 16

2.3. O que a AIMS e como usada na clnica e na pesquisa ...............................20

2.4. Utilizao da AIMS no cenrio mundial .............................................................25

3 OBJETIVOS DO ESTUDO ................................................................................ 27

4 MATERIAIS E MTODO ................................................................................... 29

4.1. ESTUDO 1 Uso da Alberta Infant Motor Scale (AIMS) na avaliao motora

de bebs de 0 A 18 Meses: estudo analtico-descritivo da literatura ...................... 28

4.2 ESTUDO 2 - Avaliando o desempenho motor grosso de lactentes de zero a 18

meses de idade: identificando se novos v