teoria celular-101114160821-phpapp01

Click here to load reader

Post on 10-Jul-2015

288 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • TEORIA CELULAR

    Cincias Stimo Ano

  • Teoria Celular

    Em 1838-39, o botnico

    Schleiden e o zologo

    Schwann formularam a

    Teoria Celular.

  • Segundo esta teoria,

    todos os seres vivos so

    constitudos por clulas e,

    apesar da enorme

    biodiversidade existente

    na Terra, a clula a

    unidade bsica dos

    seres vivos.

  • A maioria das clulas

    invisvel "vista

    desarmada", pelo que

    o seu estudo apenas foi

    possvel com a

    descoberta e o

    aperfeioamento do

    microscpio.A inveno do microscpio, em 1590, permitiu

    desvendar vrias reas do conhecimento no

    campo da Biologia

  • Microscpio

    Os primeiros microscpios que se construram

    possuam apenas uma lente e chamavam-se, por isso,

    microscpios simples. Depois, associaram-se duas

    ou mais lentes surgindo, assim, os microscpios

    compostos.

  • Citologia

    A cincia que se ocupa do

    estudo da estrutura e

    funo da clula denomina-

    se Citologia.

    A Citologia permitiu que o

    conhecimento da clula

    evolusse ao longo do

    tempo

  • Princpios de citologia

    a clula a unidade mais pequena dos seres vivos

    que realiza os processos vitais;

    a clula a unidade morfolgica e fisiolgica do

    ser vivo;

    a clula a unidade gentica do ser vivo, isto ,

    cada clula resulta da diviso de outras pr-

    existentes.

  • Estes princpios tm,

    globalmente, um significado

    fundamental - ao

    estudarmos as clulas,

    estamos a estudar a

    prpria Vida.

  • As clulas, de acordo com a sua organizao bsica,

    classificam-se em procariticas e eucariticas.

  • Clulas Procariticas

    clulas que apresentam uma

    constituio muito simples.

    Nestas clulas, o material

    gentico no est envolvido

    por uma membrana nuclear.

    No apresentam, por isso,

    um verdadeiro ncleo, mas

    uma estrutura designada

    nucleide.

  • Salmonella typhimurium

  • Clula eucaritica

    clulas mais complexas e geralmente de maiores dimenses que as procariticas.

    O ncleo est bem definido e organizado, pois existe uma membrana nuclear a envolver o material gentico.

    Existem inmeros organitoscelulares (estruturas das clulas com formas e funes diferentes) no citoplasma, envolvidos por membranas.

  • Os animais , as plantas , os fungos e os protistas so os seres vivos da Terra que

    apresentam este tipo de organizao celular

  • Citoplasma - contedo celular delimitado pela membrana citoplasmtica.Ribossomas - estruturas onde se sintetizam protenas. So quimicamente diferentes dos ribossomas das clulas procariticas.Ncleo - estrutura que contm a maioria do DNA da clula e coordena as actividades celulares. Membrana citoplasmtica - estrutura que separa o meio intercelular do meio extracelular. Regula a passagem de materiais.Mitocndrias - estrutura responsvel pela obteno de energia necessria para a actividade celular.

  • Clula animal e vegetal

    Na Natureza, existem dois tipos de clulas

    eucariticas - clula eucaritica animal e clula

    eucaritica vegetal .

  • Existem algumas

    diferenas entre elas: a

    clula eucaritica

    vegetal apresenta

    parede celular e

    cloroplastos,

    contrariamente clula

    eucaritica animal.

  • Unicelulares

    Existem alguns seres vivos que so constitudos por

    uma nica clula. Esses seres vivos denominam-se

    unicelulares .

    Diatomcia e

    cianobactria

  • Pluricelulares

    Outros seres vivos,

    constitudos por vrias clulas

    que tm funes especficas e

    diversificadas, denominam-se

    pluricelulares

  • As clulas possuem formas muito variadas. Esta

    variedade de formas est relacionada com a

    funo que as clulas desempenham nos organismos

    a que pertencem e ao contacto que existe entre

    elas

  • Fotos