taxonomia -2015

Download Taxonomia -2015

Post on 05-Dec-2015

24 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Microbiologia

TRANSCRIPT

  • Taxonomia Bacteriana

  • Principais grupos de bactrias

  • necessrio um sistema que organize a ordem do caos...Porque?

    ...Imagine tentar encontrar um livro numa pilha de livros desarrumados...

    Taxonomia

  • ...Seria mais fcil encontrar um livro em

    uma biblioteca...

  • ...Na biblioteca esto catalogados e organizados!!

  • *Diversidade de espcies*

  • - Os ns externos (A,B,C,D,E e F) representam as espcies em estudo. Os ns internos (1,2,3,4 e 5) representam as espcies ancestrais e o ramo apresenta o tempo de separao ou distncia entre as espcies.

    rvore filogenticas ou dendogramas

  • Schaechter et al., 2002.

    Fig. 10.1 Os principais grupos de bactrias clinicamente importantes. Essa ilustrao uma representao prtica dos principais grupos de bactrias patognicas. Pretende ser um auxiliar para estudo, e no uma rvore taxonmica ou filogentica

  • Bergeys Manual of Systematic Bacteriology

  • Taxonomia Bacteriana International Journal of Systematic and Evolutionary Microbiology.

    SGM, Marlborough House

    Society for General MicrobiologyMarlborough HouseBasingstock RoadSpencers WoodReading RG7 1AG, UK

    Tel. 0118 988 1800Fax 0118 988 5656

    http://sgm.ac.uk/http://intl-ijs.sgmjournals.org/

  • Taxonomia Bacteriana Coleo de culturas

    ATCC10801 University BoulevardManassas, Virginia 20110-2209 USA

    Internet: http://www.atcc.org/E-mail: news@atcc.org

  • Taxonomia bacterianaDefinio: Caracterizao/designao/organizao

    1. Nomenclatura

    2. Classificao

    3. Identificao

    4. Grupos bacterianos de interesse mdico.

  • Regulamentada: Cdigo internacional para a nomenclatura de procariontes

    Compreende as regras, princpios e recomendaes para a descrio de uma nova unidade de classificao (ou taxon, plural: taxa).

    Nomenclatura

  • O nome de uma espcie bacteriana baseia-se no sistema binomial desenvolvido pelo taxonomista sueco Carl von Linn para plantas e animais.

    Taxonomia

  • Nomenclatura combinao em latim constituda de duas partes, o nome do gnero e o nome especfico que denota a espcie.

    Exemplo: Nome: Sempre em Itlico

    Escherichia coli Gnero espcie

    Gnero: Primeira letra maiscula Espcie: primeiro letra minscula

  • Nomenclatura Quando se quer referenciar as diferentes espcies (ex: estafilococos) Coloca-se Staphylococcus species ouStaphylococcus spp.

    Nome especfico: no pode ser alterado, j o gnero sim: Ex: Streptococcus pneumoniae era chamado de Diplococcus pneumoniae.

    O nome pode ser abreviado representando o nome do gnero por uma letra maiscula: Ex: S. pneumoniae.

  • A taxonomia classifica os organismos: grupos com caractersticas similares diferentes nveis hierrquicos.

    Grupos

    Seces (ordem)

    Famlia

    Gnero

    Espcies

    cepas

  • Taxonomia

  • Principais caractersticas utilizadas em Taxonomia

    bacteriana

    So utilizadas diversas Caractersticas Fenotpicas e Moleculares para classificar e identificar microorganismos

  • Morfolgicas, fisiolgicas e metablicas

    Morfologia macroscpica

    Morfologia microscpica

    Caractersticas de colorao

    Exigncias nutricionais

    Exigncias de atmosferas especiais

    Perfil bioqumico

    Perfil de resistncia

    Propriedades antignicas

    Caractersticas Fenotpicas

  • Morfologia Macroscpica

    Caractersticas fenotpicas

  • Morfologia Microscpicas

    Caractersticas fenotpicas

    MEV

  • 1. Cobrir a lmina com Cristal Violeta por 1 minuto

    2. Escorrer o corante e cobrir com Lugol por 1 minuto

    3. Lavar em gua destilada com baixa presso

    4. Descorar com alcool-cetona (5 a 10 segundos). Enxaguar com gua destilada

    5. Cobrir a lmina com fuccina de Gram por 30 a 60 segundos.

    6. Lavar e deixar secar expontaneamente ao ar

    Caractersticas fenotpicasCaractersticas de colorao

    Colorao de GRAM

  • Colorao de GRAM

    BACILO GRAM-NEGATIVO

    COCO GRAM-POSITIVO

  • Parede celular de Gram positiva e negativa

  • Caractersticas fenotpicasExigncias nutricionais:

  • Caractersticas fenotpicas

    Exigncias de atmosferas especiais:

    Aerbio Anaerbio Facultativo Microaerfilo Anaerbio aerotolerante

  • Caractersticas fenotpicas

    Perfil bioqumico

  • Caractersticas fenotpicasPerfil bioqumico

    Prova de coagulase

    catalase

    Fermentao de acares

    Sistema Api (BioMrieux)

  • Caractersticas fenotpicas

    Teste de sensibilidade aos agentes antimicrobianos

  • Caractersticas fenotpicas

    Teste de sensibilidade aos agentes antimicrobianos

    Vitek 2 2

    bioMrieux

  • MicroScan AutoSCAN-4

    Dade Behring

  • WalkAway

    Dade Behring

  • Critrios genotpicosCaractersticas moleculares

    Composio do DNA G/C

    Seqncia do DNA ou RNA

    Mtodos de tipagem

    Ribotipagem,

    PFGE,

    PCR (variaes da tcnica para tipagem)

  • Composio de DNA - G/C

    A determinao da composio de cidos nuclicos refere-se quantidade de guanina e citosina em relao ao total de bases (G, C, A e T). Mtodos: Cromatografia lquida de alta presso, centrifugao em gradiente de densidade e a desnaturao trmica.

    Sequenciamento de cidos nuclicos

    Sequenciamento de DNA e RNA comparar a estrutura genmica. Comparao permite delinear a relao entre diferentes taxas.

  • TipagemCaracterizao mais detalhada do microrganismo

    Isolado: Microrganismo de uma amostra que originou apenas umacolnia.

    Cepa: Isolado que foi caracterizado por uma tcnica de tipagem.

    Clone: Cepas idnticas.

  • Ribotipagem

    A ribotipagem permite que padres de bandeamento resultantes possam ser comparados com espcies conhecidas para determinar sua relao gentica e evolucionria.

  • Ribotipagem Automatizada - RT

  • Ribotipagem Automatizada - RT

  • PCR (Reao da Cadeia em Polimerase)

    Princpio da tcnica: amplificaes de seqncias repetitivas do DNA bacteriano Rep PCR.

  • PFGE (Pulsed-Field Gel Electrophoresis)

    A eletroforese em Gel de Campo Pulsado(Pulsed-Field Gel Electrophoresis) uma tcnica de separao de grandes fragmentos de DNA gerados pela digesto do DNA bacteriano por uma endonuclease de restrio que reconhece pouco stios ao longo do DNA cromossmico.

  • PFGE

    1 2 3 4 5Pulsed Field Gel Electrophoresis

    Fragmentos do mesmo DNA distribudos em linhas retas

  • Pulsed Field Gel Electrophoresis PFGE

  • Grupos bacterianos de interesse mdico

  • Bier, O. Microbiologia e Imunologia. 23edio, So Paulo, Melhoramentos, p.17-42, 1984;

    Brooks, G.; Butel, J. S.; Ornston, L. N. Microbiologia Mdica. 20 edio, Guanabara Koogan, Rio Janeiro, p. 27-33, 2000;

    Trabulsi, L. R.; Alterthum, F.; Gompertz, A. F. & Candeias, J. A. N. Microbiologia. 5 edio, So Paulo, Atheneu, p. 51-55, 2008;

    Bibliografia